Browsing Category

Sem categoria

Destaques, Internacional, Meio Ambiente, Sem categoria, Turismo,

Passeios de barcos suspensos no lado argentino das Cataratas do Iguaçu

Os passeios de barcos pelo rio Iguaçu, no lado argentino das Cataratas do Iguaçu, dentro do Parque Nacional do Iguaçu, estão suspensos.

A medida é em função do baixo nível do rio Iguaçu, anotou a jornalista Kelly Ferreira, do portal La Voz de Cataratas.

O volume das águas do rio Iguaçu no principal atrativo da Tríplice Fronteira entre Brasil, Paraguai e Argentina estava, na manhã desta quarta-feira (6), em 628 metros cúbicos por segundo.

O fluxo normal, quando todas as 275 quedas têm água, é de 1,5 mil metros cúbicos por segundo.

Não existe previsão de retorno dos passeios no atrativo.

Foto: LaVozDeCataratas

Destaques, Estadual, Meio Ambiente, Política, Sem categoria,

Júlio Gonchorosky eleito diretor de Meio Ambiente e Ação Social da Sanepar

O oceanógrafo e mestre em Geologia, Júlio César Gonchorosky, que já foi diretor do Parque Nacional do Iguaçu em Foz do Iguaçu, acaba de ser eleito pelo Conselho de Administração diretor de Meio Ambiente e Ação Social da Companhia de Saneamento do Paraná (Sanepar).

Gonchorosky tomou posse no dia 7 de fevereiro e já comanda a Diretoria que abrange todo o Paraná e com ações voltadas para reduzir e minimizar impactos ambientais.

O setor tem a responsabilidade direta em coletar e destinar os resíduos de esgotos até o processo final para devolução da água limpa para os corpos receptores dentro dos padrões estabelecidos pelo Instituto Ambiental do Paraná (IAP), quando dos licenciamentos ambientais.

Gonchorosky atuou como diretor do Parque Nacional do Iguaçu por quase 10 anos e conhece bem a realidade dos municípios lindeiros ao Lago de Itaipu operados pela Sanepar.

O oceanógrafo possui bom relacionamento com a cidade de Foz do Iguaçu e tem amigos saneparianos de longa data.

Em Foz do Iguaçu, a Sanepar possui o Certificado Ambiental ISO 14001, versão 2004 que mantém a recertificação até hoje.

A empresa produz energia elétrica em projeto piloto em umas das cinco estações de tratamento de esgotos em Foz do Iguaçu.

No local, o lodo gerado no processo é tratado e vira adubo que é distribuído aos agricultores, que aplicam nas culturas de milho, trigo e soja.

Destaques, Itaipu, Meio Ambiente, Sem categoria,

Itaipu leva tecnologia e agroecologia ao Show Rural Coopavel

Empresa estreia novo estande, com espaço para palestras. Confira a programação de atividades e oficinas

A Itaipu Binacional participa da 31ª edição do Show Rural Coopavel com um estande totalmente renovado e diversas oficinas e atrações abertas ao público. De 4 a 8 de fevereiro, as principais ações da usina e de seus parceiros na região Oeste do Paraná estarão expostas aos visitantes do evento, realizado em Cascavel (PR) e considerado um dos maiores do setor agropecuário de todo o Brasil.

O principal evento da programação do estande é o lançamento do livro infantil “O Mistério do Ribeirão Vermelho”, sobre conservação de solos e plantio direto, na sexta-feira (8), às 13h30. O evento deve contar com a presença da ministra da Agricultura, Pecuária e Abastecimento Tereza Cristina Corrêa da Costa Dias, e do governador Carlos Massa Ratinho Jr.

O estande da Itaipu ocupará um espaço total de aproximadamente 700 m², que incluirá três estruturas principais em formato de domo, um pergolado, uma árvore digital com acesso gratuito a wi-fi e um jardim. Um pequeno café estará localizado em um dos domos, servindo como espaço de convivência e para pequenas reuniões.

Cada domo trará diferentes atrações para os visitantes, não somente sobre projetos da Itaipu, mas também sobre iniciativas do Parque Tecnológico Itaipu (PTI), Centro Internacional de Energias Renováveis–Biogás (CIBiogás) e Programa Oeste em Desenvolvimento (POD). Um deles será um auditório com espaço para 80 cadeiras, onde serão realizadas oficinas, reuniões e eventos.

A nova estrutura do estande da Itaipu, que, posteriormente, deve ser levada a outros eventos, é mais leve, espaçosa e resistente, além de ter uma montagem mais rápida e prática. A preocupação com a sustentabilidade, marca da empresa binacional, também se faz presente: neste ano, os materiais impressos foram trocados por painéis LED, com impacto ambiental reduzido.

Dia a dia
A programação de eventos no estande da Itaipu começa já na tarde de segunda-feira (4), com reuniões do Programa Cidades Sustentáveis, com representantes dos 54 municípios da região participantes, e do Projeto Encontros e Caminhos, para alinhamento da agenda anual.

Na terça-feira (5), às 9h, o público poderá participar da palestra “Valorização Agronômica e Energética de Resíduos Orgânicos”, com a professora Mônica Sarolli, coordenada pelo CIBiogás. Em seguida, serão realizadas três reuniões fechadas com parceiros do POD: do Conselho de Sanidade Agropecuária do Oeste, da Câmara Técnica do Frango e das secretarias de Agricultura dos municípios da Região Oeste do Paraná.

Na quarta-feira (6) à tarde, o público poderá participar de uma palestra sobre “O potencial da energia solar no agronegócio”, às 13h; e da oficina “Show de Plantas: Conhecendo as Plantas Medicinais” às 16h30.

O CIBiogás lança, na quinta-feira (7), às 9h, o livro “Energias Renováveis na Região Sul do Brasil”. Em seguida, oferece ao público três palestras, apresentando o projeto Microgrid (10h30), o projeto ERNEX (11h) e o projeto Toledo (11h30). À tarde, o tema é aquicultura: às 14h, Celso Buglione apresenta palestra sobre bioflocos e, às 15h30, Elias Nunes fala sobre Melhoramento Genético da Tilápia.

O lançamento do livro infantil “O Mistério do Ribeirão Vermelho”, sobre conservação de solos e plantio direto, às 13h30, é o principal evento da sexta-feira (8), e deve contar com a presença da ministra da Agricultura, Pecuária e Abastecimento Tereza Cristina Corrêa da Costa Dias, e do governador Carlos Massa Ratinho Jr.

Antes, às 10h, uma oficina vai abordar o tema das plantas alimentícias não convencionais: “PANC! O que é isso? Dá para comer?”. Em seguida, às 11h, o público poderá conhecer mais informações sobre plantas medicinais, em palestra ministrada por técnicos da Itaipu. Às 13h, o estande se enche de música com a apresentação do projeto Viola Lindeira com Ricardo Denchuski.

Todas as atividades, exceto quando informado previamente, são gratuitas e abertas ao público em geral, com capacidade máxima para 80 pessoas.

Vitrine de Agroecologia
Paralelamente ao estande principal, a Itaipu, em parceria com 11 instituições de ensino e pesquisa em agropecuária e agrotecnologia, apresenta a Vitrine Tecnológica de Agroecologia “Vilson Nilson Redel”. O espaço de 2.600 m demonstra, na prática, os princípios e conceitos da Agroecologia às pessoas que visitam o Show Rural.

O foco da Vitrine Tecnológica de Agroecologia este ano está em tecnologias para a agroecologia. Serão demonstradas diversas técnicas, metodologias e equipamentos que potencializam o desenvolvimento da agricultura agroecológica.
Outras novidades incluem uma feira de produtos orgânicos, comercialização de livros sobre agroecologia e de sementes orgânicas, e demonstração de alternativas para produção de peixes em sistema orgânico.

Show Rural Digital
No Show Rural Digital, uma novidade do evento neste ano, o público vai poder conhecer projetos de tecnologia que trazem benefícios ao agronegócio. Entre esses projetos serão apresentados o Sistema de Monitoramento de Estações Meteorológicas (SMEC2), lançado na última semana em parceria com o PTI e o Instituto Agronômico do Paraná (Iapar). O sistema reúne dados de 105 estações no Estado e pode auxiliar produtores rurais na tomada de decisão e assim obter melhores resultados.

Cinco empresas incubadas na Incubadora do PTI vão apresentar produtos no Show Rural Digital. A EVAH.io, por exemplo, desenvolve soluções para impulsionar vendas online que podem ser úteis ao agronegócio. A Embio mostra o fertilizante biológico, desenvolvido para aumentar a produtividade das lavouras e reequilibrar o solo.

Outra incubada que estará no evento é a AIS, que atua com ambientes virtuais e vai demonstrar a aplicação dessas tecnologias na agroindústria. A Brexbit, empresa que trabalha com criptomoedas, está desenvolvendo um projeto para substituição das guias de transporte animal para garantir a rastreabilidade dos animais. Já a STAC leva à feira sua solução desenvolvida para gestão e automação de aviários, que integra o avicultor e as cooperativas.

A Itaipu
Com 20 unidades geradoras e 14 mil MW de potência instalada, a Itaipu Binacional é líder mundial na geração de energia limpa e renovável, tendo produzido, desde 1984, mais de 2,6 bilhões de MWh. Em 2016, a usina brasileira e paraguaia retomou o recorde mundial anual de geração de energia, com a marca de 103.098.366 MWh. Em 2018, a hidrelétrica foi responsável pelo abastecimento de 15% de toda a energia consumida pelo Brasil e de 90% do Paraguai.

Sem categoria,

Cabeza News de segunda, 21

Encrenca federal
Não está fácil para o presidente Jair Bolsonaro iniciar seu governo. Depois que vieram à tona as movimentações suspeitas envolvendo o motorista Fabrício Queiroz, ex-assessor do senador eleito Flávio Bolsonaro, não param de surgir notícias ruins para a família. O jornal O Globo revelou no final de semana, mais um trecho da investigação do Coaf, revelando que Queiroz não movimentou R$ 1,2 milhão de forma estranha em um ano – foram R$ 7 milhões em três anos.

Encrenca II
Nos arquivos do órgão federal de controle de atividades financeiras consta que Queiroz transacionou um volume de dinheiro substancialmente maior do que o que veio a público em dezembro. Segundo o próprio Jair Bolsonaro disse em entrevista, Queiroz “fazia rolo”. “Haja rolo”, comentou o jornalista Lauro Jardim.

Só atrapalham
Por falar nos filhos do presidente Bolsonaro, os deputados do PSL, que fazem parte da comitiva que foi à China, a convite do governo comunista daquele país, identificaram eles como os autores da polêmica em torno da agenda deles no Oriente Médio.

Cortina
Segundo os futuros parlamentares, tudo não passou de armação para desviar a atenção do pedido de Flávio Bolsonaro, para o STF não investigar as movimentações financeiras suspeitas dele e do ex-assessor Queiroz.

CBN, adeus!
O decano do jornalismo paranaense, Luiz Geraldo Mazza, não faz mais parte dos quadros da CBN Curitiba, onde fez comentários nos últimos 20 anos. A saída de Mazza da emissora aconteceu nas vésperas dele completar 88 anos de idade (dia 10 de fevereiro).

Mazza II
O jornalista é um dos mais independentes do radialismo paranaense das últimas sete décadas, tendo militado em veículos como a Última Hora, Gazeta do Povo, Correio de Notícias e TV Paranaense (Globo), entre outros. Mantém ainda coluna diária na Folha de Londrina.

Loira x loira
Se depender da disposição da deputada federal eleita por São Paulo, a paranaense Joice Hasselmann, o que veremos nos microfones da Câmara Federal nos próximos quatro anos, será um confronto dela com a presidente nacional do PT, a deputada federal eleita pelo Paraná, Gleisi Hoffmann.

PSL x PT e PSOL
Aliás, os futuros deputados eleitos pelo partido de Bolsonaro, escolheram o PT e o PSOL como adversários da próxima legislatura, que começa em 1º de fevereiro. A intenção é, como no futebol, marcação homem a homem. Além de Joice, Gleisi vai ter pela frente os deputados Filipe Barros, que é do Paraná e Carla Zambelli, de São Paulo.

Governo militar
Para quem pedia uma intervenção militar constitucional, os primeiros dias do governo Bolsonaro está saindo a pedida. Os militares nomeados ou prestes a serem nomeados já passam de 45, espalhados por 21 áreas da gestão.

Ronildo Pimentel
Editor

Destaques, Justiça, Sem categoria,

Médium João de Deus se entrega à polícia e é preso em Goiás

Encontro dele com as autoridades ocorreu em encruzilhada de uma estrada de terra em Abadiânia

O médium João de Deus foi preso neste domingo (16) após denúncias de abuso sexual. O líder religioso, que estava foragido desde a tarde deste sábado (15), se entregou à polícia mais de 24 horas após ter sua prisão decretada pela Justiça de Goiás, na sexta-feira (14).

A notícia da prisão rapidamente se espalhou pelos sites nacionais de comunicação. A informação foi confirmada para a RecordTV pelo advogado Hélio Braga Júnior, que compõe a defesa do médium ao lado do advogado criminalista Alberto Toron.

De acordo com informações da Polícia Civil, ele se entregou em uma estrada vicinal, na BR-060, localizada no município de Abadiânia, após uma negociação entre o advogado criminalista Toron e o delegado-geral da Polícia Civil, André Fernandes.

O pedido de prisão preventiva foi feito pelo Ministério Público, que já recebeu mais de 300 denúncias de mulheres que teriam sido sexualmente abusadas pelo médium. O processo corre em segredo de Justiça.

Policiais civis fizeram buscas em cerca de 20 endereços na sexta-feira, mas não conseguiram localizar João de Deus. O delegado-geral, André Fernandes, afirmou que não o consideraria foragido porque a defesa estava em contato com as autoridades para que ele se entregasse.

O prazo estipulado para que ele se apresentasse era até o meio-dia deste sábado. Após as denúncias de abuso sexual, o médium teria retirado R$ 35 milhões de suas contas bancárias e aplicações.

Na tarde desta sexta, a defesa do médium enviou um comunicado à imprensa após o pedido de prisão.

Nota da defesa de João de Deus

1. Na última segunda-feira, dia 10/12/2018, estivemos no MP estadual em Goiania para obter cópias dos depoimentos prestados pelas vitimas e amplamente noticiados pela imprensa. O pedido foi negado sob o argumento da preservação do sigilo.

2. Agora veio o decreto de prisão preventiva e, estranhamente, nos disseram que o processo fora encaminhado de Abadiânia para Goiânia a fim de que o MP tomasse ciência da decisão. Sim, é importante que o órgão acusatório tome ciência, mas ninguém se preocupou em disponibilizar uma simples cópia da decisão para a defesa.

3. É inaceitável a utilização de pretextos e artifícios para se impedir o exercício do direito de defesa. Sobretudo no que diz com o direito básico de se aferir a legalidade da decisão mediante a impetração de habeas corpus. Até mesmo o número do processo não se disponibiliza à defesa.

4. Que a autoridade judiciária queira impor a preventiva, embora possamos discordar, é compreensível, mas negar acesso aos autos, chega a ser assombroso.

Curitiba, Destaques, Política, Sem categoria,

Abrabar volta cobrar a regulamentação do setor gastronômico de Curitiba

A Associação Brasileira de Bares e Casas Noturnas (Abrabar) voltou a cobrar, nesta semana, a regulamentação do setor gastronômico de Curitiba.

“Ontem (quarta-feira, 5) participamos da inauguração de mais um complexo Gastronômico, o Vila Urbana, no centro de Curitiba, empreendimento que vai reoxigenar a área central da cidade”, disse o presidente da Abrabar, Fábio Aguayo.

“Lembrando que está fazendo aniversário a nossa proposta de regulamentação do setor em Curitiba, inclusive dos polos Gastronômicos de ruas”, recordou o líder da entidade de classe.

Que concluiu: “Vamos voltar a cobrar a regulamentação com tudo!!!”.

Curitiba, Destaques, Política, Sem categoria,

A grande festa dos Ratinho. Eles chegaram lá

Não tem como negar: o ano de 2018 foi pura magia para a família Ratinho. O filho mais velho, Junior, elegeu-se governador enquanto o Programa do Ratinho atingiu, no SBT, índices globais de audiência. E para coroar tudo isso, Alana, a primeira neta, completou 15 anos e pediu aos avós paternos uma comemoração em grande estilo, que aconteceu na semana passada em Curitiba. As informações são de Ruth Bolognese, no Contraponto.

A revista Caras, especializada em reportagens sobre ricos e famosos, trouxe três páginas com momentos da festa com o título “Com o coração a mil”, que teve o funkeiro Jerry Smith e uma apresentação surpresa da dupla sertaneja Edson & Hudson.

Alana usou três vestidos, o primeiro assinado pelo estilista Julio Borck, o segundo um deslumbrante longo branco no estilo Cinderela, com direito a tiara nos cabelos, e o terceiro um curto para curtir a balada na madrugada.

Os vestidos a rigor, os smokings, a decoração riquíssima, um bolo de aniversário com mais de metro e a foto do avô Ratinho Jr conduzindo a debutante pelo salão, numa cena clássica que lembra Sissi, a Imperatriz, mostram que a família está em plena ascensão, social e financeira. Uma conquista e tanto de uma geração apenas, e com um começo de vida lá em Jandaia do Sul, quando Ratinho pai chegou a roubar um pedaço de bolo de uma panificadora porque não tinha como pagar, como ele mesmo gosta de contar.

Sob o sucesso televisivo do pai e o eleitoral do filho, os Ratinho, definitivamente, chegaram lá.