1 cabeza 2022 (150 px × 50 px) (1)

Assembleia Legislativa do Paraná homenageia fundadora do Grupo Rafain

Proposta pelo deputado Soldado Fruet (PROS), solenidade concedeu o Título de Cidadã Honorária do Paraná à Philomena Maria Morello Raffagnin

A Assembleia Legislativa do Paraná prestou, na noite desta terça-feira (06), uma homenagem à trajetória de uma das mais importantes personalidades do turismo e empreendedorismo do Estado, senhora Philomena Maria Morello Raffagnin. Aos 93 anos de idade, a matriarca da família recebeu o Título de Cidadã Honorária do Estado do Paraná. Ao lado do marido Olímpio Raffagnin, ela fundou o Grupo Rafain, na cidade de Foz do Iguaçu. A homenagem foi proposta pelo o deputado estadual Soldado Fruet (PROS).

Para o parlamentar, a entrega do Título de Cidadania Honorária à Philomena Raffagnin se justifica pela importância do trabalho desenvolvido por mais de meio século em favor do turismo paranaense. “A dona Philomena representa o turismo de nossa região. Ela foi a precursora do setor em Foz do Iguaçu. Eles foram os primeiros a acreditar no potencial da cidade, por isto é uma referência. Portanto, não há nada mais significante do que oferecer esta homenagem a ela. O Grupo Rafain representa muito para o turismo do Paraná”, afirmou.

Veja também

Fruet destacou, na justificativa do projeto, que “em razão da devoção pelo trabalho e bom atendimento à comunidade protagonizado durante toda a vida por Philomena, o Grupo Rafain se tornou um dos maiores grupos empresariais e empregadores de Foz do Iguaçu. Além de tocar os empreendimentos do Grupo, auxiliando o município a se tornar um polo do turismo e gastronomia, ela também atuou em projetos sociais”.

No plenário da Assembleia, Philomena Raffagnin se disse emocionada com a solenidade. “Estou muito feliz em receber esta homenagem. Quero agradecer a todos os presentes por isso”, comentou. A matriarca da família Raffagnin aproveitou a solenidade para relembrar do grande companheiro de vida, Olímpio Raffagnin. “Meu esposo iria ficar muito feliz de participar de um momento como este. Esta homenagem é muito importante para mim”, reforçou.

O ex-governador do Paraná, Beto Richa, compareceu à solenidade e destacou a importância do Grupo Rafain para a economia e o turismo do Estado. “Estou satisfeito e honrado por ter sido convidado para esta homenagem. Tenho um apreço especial pela família Raffagnin. São grandes empreendedores e pessoas de muito respeito. Esta é uma grande homenagem dos paranaenses à matriarca da família Raffagnin”, definiu.

Trajetória

Philomena Maria Morello Raffagnin nasceu em 9 de janeiro de 1929, em Sananduva, no Rio Grande do Sul. Casou-se com Olímpio Raffagnin, com quem teve oito filhos biológicos e dois adotivos. A família chegou ao Paraná em 1955, na cidade de Corbélia. No ano seguinte, foi para Cascavel, onde trabalhou em um armazém de secos e molhados. Em 1958, Olímpio entrou para o ramo de churrascarias, já em Foz do Iguaçu. A família se mudou para a cidade definitivamente em 1961.

A família também atuou no ramo de transporte e retornou ao ramo alimentício em 1967, quando abriu a Churrascaria Rafain. Na década seguinte, o casal inaugurou um restaurante e uma churrascaria com o nome da família. Em 1981, foi inaugurado o Rafain Palace Hotel (atual Rafain Palace Hotel & Convention Center), inaugurando uma trajetória de sucesso no ramo da hotelaria e turismo.