Author

Brasil, Destaques, Geral, Internacional, Itaipu, Saúde, Turismo,

Covid-19: Itaipu estende home office e mantém turismo fechado na usina até Semana Santa

Os protocolos recomendam distanciamento social. Por decreto municipal, escolas e comércio em geral estão fechados. A cidade-sede da usina faz fronteira com Paraguai e Argentina, que também estão fechadas

Depois de reavaliar o cenário atual da propagação do novo coronavírus, com base nos protocolos adotados até agora pelo Ministério da Saúde e Secretaria da Saúde, a diretoria da margem brasileira da Itaipu decidiu prorrogar o sistema de home office e manter suspensas as visitas de turismo na usina até a Semana Santa, 13. Uma nova avaliação será feita após esse período. A prorrogação foi decidida durante reunião da diretoria, nesta quarta-feira, 1º de abril.

Em Foz do Iguaçu existem 13 casos confirmados da covid-19, nenhum por contaminação comunitária, ou seja, dentro do próprio município. Por decreto municipal, escolas e comércio em geral estão fechados. A cidade-sede da usina faz fronteira com Paraguai e Argentina. As fronteiras estão fechadas.

A medida, ao mesmo tempo, preserva a tranquilidade do corpo funcional da empresa e a normalidade do funcionamento da geração de energia elétrica. Itaipu responde por 90% do consumo da eletricidade do Paraguai e mais de 10% da demanda do Brasil.

Itaipu não para. É essencial para garantir o desenvolvimento do Brasil e do Paraguai. Desde o início do ano, já gerou 22.325.491 megawatts-hora (MWh) ante 21.905.898 MWh no mesmo período de 2019. Essa quantidade seria suficiente para atender o consumo da cidade de São Paulo por nove meses e 23 dias; do Estado do Paraná por oito meses e 14 dias; do Brasil, por 17 dias; e do Paraguai, por 15 meses e nove dias.

Hoje, cerca de 80% dos empregados da margem esquerda estão em casa fazendo teletrabalho.

“Neste momento que requer atenção de todos, nossa usina tem sido, mais uma vez, essencial, para os sistemas elétricos do Brasil e do Paraguai. Vamos garantir a normalidade dos serviços sem prejuízos para a geração e a nossa gente”, diz o diretor-geral brasileiro de Itaipu, general Joaquim Silva e Luna.

A empresa vem seguindo à risca a todas as recomendações do Ministério da Saúde e da Organização Mundial da Saúde (OMS). Apenas quem não pode fazer o serviço em casa – como, por exemplo, profissionais das áreas de Operação e Manutenção, entre outros – permanece na usina.

Brasil, Destaques, Estadual, Itaipu, Saúde,

Boa notícia: Hospital Costa Cavalcanti já está habilitado para até 480 exames rápidos por dia para detectar covid-19

Mantido por Itaipu, hospital aguarda a chegada de mais kits. Os insumos já foram adquiridos

O Hospital Ministro Costa Cavalcanti (HMCC), mantido pela usina de Itaipu, já está habilitado pelo Laboratório Central do Estado (Lacen) a fazer testes rápidos (Real Time – PCR) para detecção da covid-19, com diagnóstico em até duas horas.

A resposta da autorização do credenciamento chegou nesta segunda-feira, 30, por volta das 14h30, num momento bastante aguardado pelos organismos de saúde de Foz do Iguaçu e região.

Esses exames ajudarão no mapeamento epidemiológico da doença e na tomada de decisões dos municípios da 9ª Regional no enfrentamento da doença.

Já há no HMCC um estoque de 90 kits para exames rápidos, mas a expectativa é de receber nesta semana mais 1.500 dos 4 mil que foram adquiridos, o que depende do fornecedor internacional.

Todos os exames só serão feitos mediante encaminhamento da Vigilância Sanitária de Foz e região. Até esta segunda (30), dez casos da doença haviam sido confirmados em Foz do Iguaçu. Outros 112 continuam sendo investigados.

Todos os casos suspeitos de covid-19 dos municípios da 9ª Regional, que compreende, além de Foz, Itaipulândia, Matelândia, Medianeira, Missal, Ramilândia, Santa Terezinha de Itaipu, São Miguel do Iguaçu e Serranópolis do Iguaçu, poderão ser testados pelo HMCC, independentemente do local de entrada, seja por uma unidade de pronto atendimento ou por um hospital público, como o Hospital Municipal Germano Lauck.

Para os laboratórios de Análises Clínicas e, especialmente, de Saúde Única do Centro de Medicina Tropical, foram adquiridos equipamentos de automação e de reagentes para realizar exames diagnósticos, com destaque para o PCR para a covid-19.

Missão de Itaipu

Desde 26 de fevereiro de 2019, quando assumiu a usina de Itaipu, o diretor-geral brasileiro, general Joaquim Silva e Luna, direcionou mais de R$ 700 milhões obtidos com a economia e cortes de convênios e ações sem aderência à missão da usina, para obras estruturantes e demais iniciativas a favor do bem-estar da população da região. Dentro desta lista, só para o HMCC, que também atende pacientes dos SUS, foram destinados mais de R$ 60 milhões.

“Todos os investimentos têm como foco apoiar o desenvolvimento do Oeste do Paraná. Continuamos reforçando todas essas medidas. Agora, mais especificamente na área de saúde, por intermédio do HMCC e do Grupo de
Trabalho que monitora a evolução do vírus da região, além das ações de proteção dos empregados da usina”, explicou.

O diretor superintendente do Hospital Ministro Costa Cavalcanti, Fernando Cossa, conclama todos a colaborar. “O ideal é unir todas as instituições de saúde num mesmo esforço em comum para ganhar essa guerra”. E complementa: “Hoje um grande passo foi dado. Essa é uma conquista muito importante pra toda a região”.

Ala exclusiva para coronavírus

Atualmente, o hospital conta uma ala exclusiva para atendimento de pacientes de covid-19, com 27 leitos, 15 só na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) e 12 de semi-intensiva. O HMCC também gerencia um fundo emergencial de aproximadamente R$ 15 milhões voltados para a reestruturação da instituição e ajuda Foz do Iguaçu e municípios vizinhos no enfrentamento à pandemia do novo coronavírus.

Com os testes rápidos (Real Time – PCR) da covid-19 é possível obter o diagnóstico, num primeiro momento, em até três horas. E, com a automação, o tempo pode ser reduzido para até duas horas.

Já se antecipando à crise causada pela covid-19, a Fundação Itaiguapy, que administra o HMCC, fez compras antecipadas de equipamentos de proteção pessoal, de materiais e medicamentos (cloroquina e azitromicina, entre outros), incluindo 35 aparelhos de ventilação mecânica, 50 monitores multiparamétricos e 40 camas hospitalares.

O HMCC contratou aproximadamente 80 colaboradores e médicos plantonistas para atuar em setores específicos no tratamento à covid-19, além de uma infectologista e um coordenador de medicina interna dedicados
exclusivamente ao combate à doença. Mais de 200 pessoas estão em treinamento, aptas para uma possível crise.

Plano de contingência

O hospital também colocou em vigor um plano de contingência. Foi criado um núcleo de inteligência covid-19, responsável pela elaboração e divulgação de boletins diários internos sobre tratamentos, treinamentos e simulações, em apoio ao HMCC e ao Hospital Municipal Germano Lauck.

O HMCC também abriu um pronto atendimento para queixas respiratórias e criou um bloco exclusivo para internações de pacientes com covid-19, seguindo rigorosamente as indicações técnicas dos melhores centros de referência.

Além disso, o HMCC cedeu para o município equipamentos de proteção individual, máscaras cirúrgicas, luvas e monitores, entre outros. Também fez um convênio com um hotel para hospedagem de profissionais de saúde que atuam na linha de frente do combate à pandemia. Com a reestruturação, o Centro Clínico tem agora dois prontos atendimentos, um para pacientes sem sintomas respiratórios e o outro voltado para os casos de sintomas respiratórios.

Melhores do Brasil

O Hospital Ministro Costa Cavalcanti aparece em décimo oitavo lugar numa lista das 41 melhores unidades hospitalares do Brasil. O ranking, que tem entre outros hospitais o Albert Einstein e o Sírio Libanês, primeiro e segundo lugares respectivamente, foi divulgado no site da revista Newsweek recentemente. O ranqueamento levou em consideração as recomendações de profissionais médicos, entrevistas com pacientes e
indicadores-chave de desempenho médico.

Hospital de qualidade

Das mais de seis mil unidades hospitalares existentes no Brasil, somente 342 têm a chancela de Acreditação Hospitalar. O Costa Cavalcanti está entre os 2,95% de instituições brasileiras (177) com Acreditação com Excelência (Nível III).

Estadual,

Prevenção ao coronavírus: Itaipu, margem esquerda, suspende três atrativos turísticos

A medida atende a diretrizes internas e em consonância aos protocolos adotados pela OMS, Ministério da Saúde do Brasil e dos governos municipal, estadual e federal. A panorâmica prossegue, mas com restrições.
A partir desta quarta-feira, 18, os passeios de três atrativos turísticos de Itaipu, margem esquerda, estarão cancelados temporariamente. A medida preventiva é em decorrência da propagação do coronavírus, pandemia mundial, e vale inicialmente por 15 dias.

São eles: a visita técnica, que representa atualmente 12% do total da visitação; a Itaipu Iluminada, apresentada ao público às sextas-feiras e sábados e esporadicamente; além do Ecomuseu, localizado fora da usina. A panorâmica, a mais procurada, será mantida, mas de forma contingenciada, com grupos de, no máximo, 30 pessoas. Antes eram feitos com até 70 visitantes. Os ônibus só circularão com ocupação do andar superior.

A medida atende a diretrizes internas e em consonância aos protocolos adotados pela Organização Mundial da Saúde, Ministério da Saúde do Brasil e dos governos municipal, estadual e federal.

Desde o dia 10 de março, a Itaipu está adotando uma série de medidas preventivas, sempre acompanhando atentamente os cenários nacional e internacional da doença. Nenhum caso do Covid-19 foi confirmado em Foz do Iguaçu. No domingo, o prefeito Chico Brasileiro proibiu eventos com grandes aglomerações. Com isso, o filme institucional exibido no Centro de Recepção ao Visitante(CRV), na entrada da barreira, foi cancelado.

Mesmo sem propagação do coronavírus, a Itaipu vai recorrer a um fundo emergencial para poder preparar o município e cidades vizinhas (da 9ª regional) ao enfrentamento de um possível surto da doença. A gestão desse recurso, na ordem de US$ 3 milhões, será feita pela Fundação Itaiguapy, que administra o Hospital Ministro Costa Cavalcanti. O HMCC terá uma central para tirar todas as dúvidas sobre como esse convênio vai funcionar.

Algumas viagens para o destino estão sendo canceladas de forma espontânea. Eventos também estão sendo reagendados para próximas datas. Desde a confirmação da propagação do coronavírus, com casos importados da doença.

Segundo o diretor-geral brasileiro, general Joaquim Silva e Luna, “a Itaipu, margem esquerda, vai continuar seguindo rigorosamente os protocolos da OMS e do Ministério da Saúde”. Ele reforça mais uma vez o alinhamento com os governos federal, estadual e municipal “para que todas as decisões sejam tomadas, sem criar alarde”.

Dúvidas sobre visitas turísticas podem ser esclarecidas pelo telefone (45) 3529 2060.

Destaques, Economia, Estadual, Internacional, Itaipu, Meio Ambiente, Turismo,

Itaipu vai distribuir 100 mil cartilhas com dicas para combater a dengue

Alunos de escolas da rede pública de todo o Oeste do Paraná receberão o material durante o mês de março

Estudantes do ensino fundamental da rede pública de Foz do Iguaçu e dos 56 municípios da região Oeste do Paraná estão recebendo, a partir da segunda quinzena de março, a cartilha “Operação Fora Mosquito Aedes aegypti”. A ação é uma iniciativa da Itaipu Binacional, por meio da Divisão de Educação Ambiental, em parceria com o Conselho de Desenvolvimento dos Municípios Lindeiros ao Lago de Itaipu.

Serão distribuídas, ao todo, mais de cem mil cartilhas. Empregados, estagiários e jovens aprendizes da Itaipu também receberão o material, a partir desta terça-feira (17), assim como os funcionários das principais empresas prestadoras de serviço na Itaipu.

“A ideia é que a cartilha possa ser entregue a uma criança da família ou conhecida, com o objetivo de ampliar a divulgação das ações de prevenção à dengue”, explicou Rodrigo Cupelli, da Divisão de Educação Ambiental da Itaipu.

Com ilustrações coloridas e texto de fácil compreensão, as cartilhas são destinadas a crianças de seis a 11 anos. As informações, porém, são do interesse de todos.

“A linguagem é pedagógica, com intuito de sensibilizar e alertar não só alunos, mas suas famílias e a população em geral. É muito importante que o material chegue até as famílias e que todos se envolvam”, disse Cupelli.

Itaipu contra a dengue

A ação também é uma forma de lembrar o Dia Mundial da Água, celebrado em 22 de março – afinal, o cuidado com a água parada é fundamental no combate à dengue. A Itaipu está comprometida com isso.

Foz do Iguaçu vive uma das mais graves epidemias de dengue de sua história. Segundo a Divisão de Vigilância Epidemiológica da Prefeitura de Foz do Iguaçu, até a semana passada mais de 2,5 mil pessoas haviam contraído a doença recentemente na cidade e outros 14 mil casos estavam sob análise. A Região Norte da cidade, onde ficam a usina e a Vila C, concentra 27% dos casos confirmados, o que representa 692 ocorrências. Em termos proporcionais, é a área mais acometida.

Preocupada com a situação, a Diretoria Geral Brasileira formou um grupo de trabalho multissetorial, para planejar e desenvolver ações voltadas ao combate ao mosquito transmissor da dengue – tendo como foco principalmente o público interno da empresa e as vilas A, B e C. Medicina do Trabalho, Imprensa, Imagem Institucional, Educação Ambiental, Áreas Protegidas e Informática são algumas das áreas envolvidas neste trabalho.

A cartilha “Operação Fora Mosquito Aedes aegypti” integra o rol de ações apoiadas pelo grupo. Outras estão a caminho, como, por exemplo, um hotsite com diversas informações educativas e quadros estatísticos sobre a doença em Foz do Iguaçu, e ações comunitárias na região.

Destaques, Estadual, Meio Ambiente, Notícias,

7ª Pesca Internacional ao Tucunaré reúne 5 países e 9 estados em STI

A equipe do Sanatório e Cia, de Marechal Cândido Rondon, foi a primeira colocada da competição, com o total de 236.7 cm de peixe pescado

Nove estados brasileiros (Tocantins, Minas Gerais, Santa Catarina, São Paulo, Rio Grande do Sul, Paraná, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul e Rio de Janeiro) e cinco países do Mercosul (Brasil, Argentina, Paraguai, Bolívia e Uruguai) estiveram representados na 7ª Pesca Internacional ao Tucunaré, realizada no último fim de semana, no terminal turístico de Santa Terezinha de Itaipu.

O evento realizado pela Associação de Pesca Esportiva de Santa Terezinha de Itaipu (Pesti), com o apoio do governo municipal, reuniu 750 pescadores na água e milhares de pessoas que circularam pelo local. Considerada pelos adeptos da pesca esportiva como sendo a melhor edição, a pescaria rendeu elogios quanto à estrutura, organização e receptividade.

Alex Roberto Silva, de Palmas (no Tocantins), viajou 2,5 mil km para participar do evento, que segundo ele, é o melhor do Brasil. “A organização da pesca ao tucunaré é uma das melhores do país. Esse é o quinto ano que participo, porém, com um diferencial: trouxe minha família nesta edição, para que conhecessem um pouco desse hobby”, disse.

A aprovação também foi compartilhada por Lucas Santangelo (Argentina) e Hernan Loayza Ruiz (Bolívia). “Muito organizada e com boas premiações. Vale a pena participar”, avaliaram.

Para o prefeito Cláudio Eberhard, que esteve presente em todos os momentos da confraternização entre os pescadores, “esse é um evento que cresce a cada ano, superando as expectativas da organização nessa nova formatação adotada entre o poder público e a Pesti”.

Ele assegurou, que ficou definido o terminal turístico como sendo palco da pesca em todas as edições. “A cada ano consolidamos o crescimento dessa festa que une os adeptos da pesca esportiva e seus familiares”, destacou o gestor público.

O torneio de pesca foi exclusivamente embarcado e da espécie Tucunaré, na modalidade de arremesso com iscas artificiais, sendo obrigatório o pesque e solte. Os pescadores mediram os peixes dentro do barco, ficando o registro por conta de fotos e filmagens, devidamente analisadas pela comissão organizadora.

Vencedores – A equipe Sanatório e Cia, de Marechal Cândido Rondon, foi a primeira colocada da competição, com o total de 236.7 cm de peixe pescado. “Foi gratificante participar da competição. Batalhamos pelo prêmio e tivemos a felicidade de encontrar os peixes e captura-lós”, disse Ricardo Andrei Krause, representante da equipe vencedora.

As equipes da TPA Megabass, Marine e Faca na Rede, de Palmas (TO), conquistaram o segundo lugar, com 234.7 cm de peixe pescado. Em terceiro lugar, ficou a equipe Macuco Safari e Vidal e Marcas, de Foz do Iguaçu, com 232 cm de peixe pescado.

Prêmios – Além da cerimônia de entrega de troféus aos dez primeiros colocados, houve sorteio de prêmios aos participantes que permaneceram por mais de duas horas na água. As equipes vencedoras do sorteio foram: Água Viva, de Santa Terezinha de Itaipu, que levou para casa uma embarcação Megabass modelo master e uma carreta odne.

As equipes Pérola Negra, de Cascavel; NB Terraplanagem Polimentos de Santa Terezinha de Itaipu e Jacomi Fishing também de Santa Terezinha, ganharam no sorteio, uma embarcação de seis metros beira rio, carreta odne e um motor mercury 15hp. A equipe que levou para casa uma moto Honda foi a Mandioca STI. Também foram sorteados quites para as demais equipes.

O encerramento do evento contou com música ao vivo no “Buteco da Pesti”. “Esse ano mudamos a estrutura do evento, saindo de dentro da praia para o atracadouro externo. Felizmente, a população e os participantes aprovaram e o evento foi sucesso em mais uma edição. Só temos a agradecer a parceria da administração municipal, que tem contribuindo para a consolidação do evento”, finalizou o presidente da Pesti, Eduardo Ramos de Oliveira.

Estadual, Notícias, Política,

PP disponibiliza orientação on-line para pré-candidatos

O Progressistas vai disponibilizar a partir desta semana aulas de capacitação e orientação on-line para pré-candidatos a vereador em todos os municípios do Paraná. O pedido foi uma determinação da presidente, deputada estadual Maria Victoria, em razão dos riscos que envolvem reuniões neste momento de emergência sanitária causada pela pandemia do coronavírus.

De acordo com a deputada, todo o suporte do partido aos pré-candidatos se manterá, mas seguindo as instruções das autoridades de saúde do país.

“São muitas ações até Outubro e a partir desta semana nossos encontros estão suspensos. Todas as orientações serão feitas por vídeos, tutoriais e diversas outras plataformas que possam auxiliar a todos”, disse.

O partido tem orientado sobre a legislação e as regras eleitorais para a disputa, a importância das atividades de pré-campanha e as ações que podem ou não serem realizadas nos próximos meses.

“Vamos continuar atendendo todos os municípios. Esta decisão é uma forma de acalmarmos nossos pré-candidatos e ainda assim dar a devida atenção que merecem neste momento”, explicou Maria Victoria.

A medida vem ao encontro de determinação do presidente nacional do Progressistas, senador Ciro Nogueira, que também cancelou todos os eventos públicos e com grande aglomeração de pessoas programadas pelo partido para as próximas semanas.

Destaques, Educação, Estadual, Notícias, Política, Saúde,

Coronavírus: Escolas particulares de Foz do Iguaçu e aderem à suspensão das aulas

Medida é parte das ações de combate ao coronavírus

Representantes das instituições de ensino particulares de Foz do Iguaçu participaram na tarde de hoje, 16, de uma reunião com o Secretario Municipal da Saúde, Nilton Bobato e o Corpo Técnico Municipal de enfrentamento a Covid-19.

Atendendo às recomendações do Decreto da Prefeitura Municipal, as instituições resolveram suspender suas atividades por pelo menos 15 dias.

Os alunos dos cursos de graduação e pós-graduação terão as aulas suspensas a partir de amanhã (17), enquanto os alunos do Ensino Fundamental e Infantil poderão seguir o calendário estabelecido por cada uma das escolas até sexta-feira, dia 20.

A Prefeitura irá publicar um novo decreto incluindo a rede particular e também com recomendações para as instituições Federais e Estaduais com sede no município.

Ação faz parte da série de medidas iniciadas no último domingo no sentido de prevenir o alastramento do coronavírus.

Estadual, Notícias, Política, Saúde,

Romanelli defende uso do fundo eleitoral no combate do coronavírus

O deputado Romanelli (PSB) defendeu nesta segunda-feira, 16, o uso do fundo eleitoral no combate a pandemia do coronavírus que chegou ao Brasil. Já são 200 casos confirmados no País – seis deles no Paraná. “Para enfrentar a pandemia do coronavírus, o correto é usar o dinheiro previsto no fundo eleitoral para a campanha de 2020 no SUS, repassando diretamente para os estados e municípios”, disse Romanelli.

Ao fundão, como é chamado, estão reservados R$ 2 bilhões no orçamento. Os recursos constam na Lei Orçamentária Anual, sancionada pelo presidente Jair Bolsonaro. Esse dinheiro, segundo Romanelli, devem se somar aos R$ 5 bilhões já aprovados no Congresso Nacional e destinados ao Sistema Único de Saúde.

A previsão do uso dinheiro do fundão previsão será na campanha dos partidos nas eleições de 4 de outubro, onde serão eleitos prefeitos e vereadores. 

Casos – O Ministério da Saúde aponta que até domingo, 15, há 200 casos em todo o país. De acordo com levantamento diário, 1.917 pessoas em 26 estados e no Distrito Federal são monitoradas por suspeitas de estarem infectadas. Nenhuma morte foi registrada no Brasil desde o início da transmissão da doença.

Na quarta-feira (11), a Organização Mundial da Saúde declarou pandemia de coronavírus. O termo é usado quando uma epidemia – grande surto que afeta uma região – se espalha por diferentes continentes com transmissão sustentada de pessoa para pessoa.

O Paraná, com seis casos, ainda não registrou nenhum caso comunitário – as seis pessoas infectadas estavam em viagem no exterior. Cidades como Foz do Iguaçu e Cascavel já suspenderam as aulas, universidades federais também suspenderam as aulas por 14 dias. A Assembleia Legislativa restringiu o acesso às galerias e suspendeu as audiências públicas por um mês. 

Orientações – O Estado lançou uma campanha que intensifica orientações sobre os métodos de prevenção, para evitar a propagação do vírus e também para tranquilizar a população. Todo o conteúdo está disponível no site www.coronavirus.pr.gov.br.  

Os principais sintomas da Covid-19, doença causada pelo novo coronavírus, são semelhantes ao de um resfriado, como febre, tosse seca, dificuldade para respirar e insuficiência renal nos casos mais graves. Em caso do registro dos sintomas, é importante procurar ajuda médica imediata para confirmar o diagnóstico e iniciar o tratamento. 

Além das unidades de saúde, o paciente também pode entrar em contato pelo telefone 0800 644 4414 ou pelo Whatsapp (41) 3330-4414.

Destaques, Economia, Estadual, Notícias, Política, Turismo,

Bares e restaurantes estudam férias e cobram isenções até passar a Covid-19

Abrabar defende a elaboração de um plano emergencial para evitar falências e demissões no setor

O setor de gastronomia e entretenimento estuda antecipar férias de colaboradores para evitar prejuízo maior no período de orientação para evitar aglomeração e cobra desconto ou isenção de taxas e impostos do governo. As propostas serão discutidas nesta terça-feira (17), a partir das 14h na Secretaria de Saúde de Curitiba, com participação da Abrabar, autarquias do Governo do Paraná e sindicatos dos trabalhadores.

“Nós já estamos conversando com sindicatos de nossos trabalhadores sobre as possibilidades de negociarmos férias, parcelamento de salários e outras situações e possibilidades que possam evitar demissões e quebra das empresas”, informou o presidente da Associação Brasileira de Bares e Casas Noturnas (Abrabar), Fábio Aguayo.

A principal sugestão, de acordo com ele, é de garantir preferencialmente férias aos colaboradores com idade acima de 60 anos casos individuais. “No geral, estamos defendendo férias coletivas, para que eles não precisem pegar transporte público neste período de controle total da Covid-19 (doença do novo coronavírus)”, frisou.

No último final de semana, o primeiro após o alerta geral sobre o avanço da doença, as “baladas” de Curitiba e do Paraná registraram movimento normal. A iniciativa atendeu orientação da Abrabar, informa Aguayo. No entanto, o momento exige cautela. “Não vamos entrar em histeria, mas se for para fechar, vamos colaborar”, disse.

A intenção, de acordo com o presidente da Abrabar é adotar as medidas cabíveis e necessárias para evitar falências. O objetivo é garantir o setor forte para evitar demissões. Para a reunião foram convidados representantes do Sindicato dos Trabalhadores no Comércio Hoteleiro, Meios de Hospedagem e Gastronomia de Curitiba e Região (Sindehoteis).

Impostos
A Abrabar também articula, junto ao Governo do Estado, medidas de compensação, como a redução ou isenção de taxas e impostos durante uma possível quarentena dos bares e restaurantes, à exemplo do que ocorre na Europa e outras regiões afetadas pelo mundo. “O setor precisa de desconto de água e luz, ou suspende a cobrança no período em que ficar fechado”, disse Aguayo.

“Já procuramos o secretário Renê Garcia (da Fazenda) para negociar estas pautas”, afirmou. Ele lembra que os bares e restaurantes já se anteciparam as medidas de prevenção, como dispor aos clientes álcool em gel para higienização e torneiras para lavar as mãos com água e sabão.

“Nossa categoria tende a ser a mais afetada junto com o turismo, já que temos o segundo destino mais visitado por turistas estrangeiros do país”, completou Aguayo. A Abrabar também está procurando o Secovi, para discutir o pagamento parcelado dos aluguéis no período.


Estadual, Geral, Notícias, Turismo,

Parque das Aves permanece aberto e reforça ações contra o novo Coronavírus

O Parque das Aves adotou algumas medidas preventivas após a Organização Mundial da Saúde (OMS) considerar o coronavírus (Covid-19) uma pandemia, em sintonia com ações estratégicas e assertivas sendo praticadas pela Prefeitura Municipal de Foz do Iguaçu.

As medidas visam proteger as pessoas sem criar alarmismo, para evitar pânico na população. O Parque das Aves reconhece a importância de atuar como comunidade, implementando as medidas mais rígidas sempre, pensando no bem de todos.

AQUI para ver as medidas adotadas