Author

Destaques, Paraná, Saúde,

Mesmo com pandemia, Paraná mantém protagonismo em doações e transplantes

Mesmo com a pandemia, o Paraná se mantém líder em doações de órgãos, transplantes de rim e menor recusa familiar no ranking nacional do último ano. O Estado atingiu a marca de 41,5 doações de órgãos por milhão de população (pmp) em 2020, ficando à frente de todos os estados brasileiros e muito acima da média nacional, que fechou em 18,1 pmp. Os dados são da Associação Brasileira de Transplante de Órgãos (ABTO) e foram divulgados nesta semana.

Além da liderança no número de doações, o Paraná foi o Estado que mais realizou transplantes de rim e o segundo em transplantes de fígado, com uma média de 40,6 e 20,1 transplantes pmp, respectivamente.

No ano passado, o Estado teve 1.161 notificações de potenciais doadores e 475 doações efetivas, as quais corresponderam a 698 transplantes de órgãos sólidos realizados no Estado.

“Mesmo com o enfrentamento da pandemia, o trabalho do Sistema Estadual de Transplantes se manteve no Paraná, permanecendo no topo do índice nacional durante todo o ano de 2020. Os números de procedimentos e doações representam vidas que foram salvas graças à solidariedade dos paranaenses”, afirmou o secretário de Estado da Saúde, Beto Preto.

Os dados também mostram que o Estado teve queda na taxa de recusa familiar. No último ano, apenas 23% das famílias recusaram a doação de órgãos, sendo este o índice mais baixo já registrado na história do SET/PR.

“O paciente que se encontra em fila aguardando por órgão ou tecido para transplantes no Paraná tem a certeza que ele vai conseguir. Cada dia mais a população do Estado tem se mostrado mais solidária e consciente da importância da doação. Estamos felizes em realizar este trabalho e continuar fazendo a diferença para que tenhamos sempre melhores resultados”, disse a coordenadora do SET/PR, Arlene Terezinha Cagol Garcia Badoch.

Entrevista Familiar– No Brasil, as doações de órgãos ocorrem somente após o diagnóstico da morte encefálica e precisam ser autorizadas pela família, mesmo que o paciente tenha registrado em vida a vontade de ser doador. Todas as famílias dos potenciais doadores conversam com as equipes de saúde para esclarecer dúvidas e receberem orientações quanto à possibilidade da doação de órgãos.

O sucesso deste processo é possível por meio do trabalho do Sistema Estadual de Transplantes, estruturado pela Central Estadual de Transplantes (CET/PR) e quatro Organizações de Procura de Órgãos (OPOs) que atuam com as 67 Comissões Intra-Hospitalares de Doação de Órgãos e Tecidos para Transplante nas ações de identificação de potenciais doadores, acolhimento e entrevista familiar.

A CET/PR conta com uma equipe médica intensivista que fica 24 horas à disposição, todos os dias da semana, para auxiliar os profissionais dos hospitais notificantes quanto ao protocolo de morte encefálica e manutenção hemodinâmica do potencial doador.

Neste último ano, buscando aperfeiçoar ainda mais a qualidade do serviço, o SET/PR estruturou um setor de pós-transplante, cujo objetivo é monitorar os resultados de sobrevida dos pacientes transplantados e verificar a qualidade dos serviços transplantadores.

Covid -19 – No Paraná todos os potenciais doadores de órgãos estão sendo testados para a Covid-19, através do exame RT-PCR, garantindo segurança aos receptores e tranquilidade aos profissionais de saúde envolvidos no processo.

As informações são de Agência de Notícias do Paraná

Destaques, Foz do Iguaçu, Geral,

Equipes de fiscalização de Foz do Iguaçu aplicam 46 multas por descumprimento dos decretos

Festa clandestina, circulação de pessoas fora do horário permitido e desacato aos servidores foram algumas das ocorrências

Nesta quarta-feira, 17, os agentes de fiscalização da Prefeitura de Foz do Iguaçu aplicaram 46 multas para pessoas e estabelecimentos que descumpriram os decretos municipal e estadual com medidas restritivas para evitar a transmissão coronavírus.

Um dos casos foi registrado na pista de caminhada da Avenida Paraná, onde diariamente equipes compostas por servidores voluntários da administração municipal têm acompanhado a circulação de pessoas e o uso obrigatório de máscara. Um jovem que estava sem máscara desacatou uma servidora, com palavras de baixo calão e ofensa, e se negou a utilizar o equipamento de proteção individual.

Além da aplicação da multa, ele foi encaminhado à Polícia Civil para o registro da ocorrência. Ainda na noite de quarta 14 pessoas foram autuadas em uma festa clandestina numa chácara de eventos, localizada no Jardim Niterói.

Outros 32 autos de infração foram emitidos para motoristas que trafegavam após às 20h sem a apresentação de justificativa. A Prefeitura segue intensificando as fiscalização para garantir o cumprimento das medidas, a fim de reduzir o número de casos e mortes pela Covid-19.

Nesta quinta-feira, foram registrados 210 novos casos e nove mortes pela doença. Desde o início da pandemia, 523 pessoas morreram pela Covid-19 em Foz do Iguaçu.

Destaques, Foz do Iguaçu, Itaipu Binacional,

Bolsonaro anuncia general Silva e Luna como novo presidente da Petrobras

O presidente Jair Bolsonaro anunciou nesta sexta-feira (19) que substituirá o atual presidente da Petrobras, Roberto Castello Branco, pelo general Joaquim Silva e Luna, atual diretor brasileiro da Itaipu Binacional. O anúncio foi feito em rede social.

“O governo decidiu indicar o senhor Joaquim Silva e Luna para cumprir uma nova missão, como conselheiro de administração e presidente da Petrobras, após o encerramento do ciclo, superior a dois anos, do atual presidente, senhor Roberto Castello Branco”, diz a publicação.

A nota foi publicada em rede social como uma imagem, com cabeçalho atribuído ao Ministério de Minas e Energia. O texto foi publicado na página do ministério em seguida, quando Bolsonaro já havia feito a divulgação da troca.

Para que a substituição seja concretizada, a indicação ainda precisa do aval do Conselho de Administração da Petrobras. A estatal informou que o conselho tem reunião ordinária prevista para a próxima terça (23) – a pauta do encontro não foi divulgada.

O Conselho de Administração da estatal é composto por até onze membros. Sete deles são indicados pelo acionista controlador, que é a União; três nomes vêm dos outros acionistas, e o último é escolhido pelos empregados da Petrobras.

Brasil,

Governo federal lança sistema para simplificar a abertura de empresas

O Ministério da Economia lançou hoje (20) o Balcão Único, um projeto que permitirá aos cidadãos abrirem uma empresa “de forma simples e automática, reduzindo o tempo e os custos para iniciar um negócio no Brasil”. A primeira cidade a aderir ao projeto foi São Paulo, que já disponibilizou o novo sistema no dia 15. A próxima cidade a oferecer a ferramenta será o Rio de Janeiro. As informações são da Agência Brasil.

De acordo com o ministério, por meio de um formulário único e totalmente digital, empreendedores podem abrir empresas em apenas um dia e sem necessidade de percorrer vários órgãos públicos.

Tudo poderá ser feito no mesmo ambiente virtual: recebimento das respostas necessárias da prefeitura; registro da empresa; obtenção do número do Cadastro Nacional de Pessoa Jurídica (CNPJ) e inscrições fiscais; desbloqueio do cadastro de contribuintes; recebimento das licenças, quando necessárias; e ainda o cadastro dos empregados que serão contratados. O Balcão Único permitirá ainda que os empreendedores possam, no momento da abertura da empresa, realizar o cadastro de empregados pelo e-Social.

Em nota, a pasta explicou que, segundo relatório do Banco Mundial, para abrir uma empresa nas cidades do Rio de Janeiro e São Paulo era necessário cumprir 11 procedimentos – alguns, em órgãos distintos – o que levava, em média, 17 dias e gerava um custo que representa 4,2% da renda per capita. Esses dados colocaram o Brasil na 138ª posição no quesito abertura de empresas, entre os 190 países avaliados pelo Banco Mundial.

“A transformação digital em um Balcão Único no modelo de one stop shop fará o Brasil ganhar posições no ranking mundial quanto à facilidade de fazer negócios”, disse o Ministério da Economia.

Depois de São Paulo e Rio de Janeiro, o governo federal quer expandir o sistema para todo o Brasil.

O projeto é liderado pela Receita Federal e pela Secretaria Especial de Desburocratização, Gestão e Governo Digital e foi desenvolvido pelo Serviço Federal de Processamento de Dados (Serpro).

Paraná,

Usinas de cana-de-açúcar do interior Paraná se unem para diminuir custos e aumentar competitividade na exportação

No interior do Paraná, produtores e usinas de cana-de-açúcar se uniram para criar terminais de transbordo conjuntos com capacidade para armazenar 100 mil toneladas do produto. A ideia fez com que os custos caíssem e a competitividade na hora de exportar aumentasse.

“Nós criamos um padrão de produto, seja ele produzido por qualquer usina, ele é semelhante”, afirmou o presidente da Associação de Produtores de Bioenergia do Estado do Paraná (Alcopar), Miguel Tranin.

 

O açúcar produzido por diversas propriedades embarca junto pelas ferrovias do estado, que levam até o Porto de Paranaguá. “Na hora que está embarcando no Porto, sabemos que o produto é igual e isso dá uma celeridade que traz ganhos às usinas do estado”, disse Tranin.

Outra mudança que trouxe mais competitividade para o setor paranaense foi a criação de um terminal de embarque exclusivo para o produto, com capacidade para carregar até 36 mil toneladas por dia nos navios.

O gerente do terminal de embarque, Eric Ferreira de Souza, explicou que o sistema é todo interligado.

“A velocidade do carregamento ajuda no embarque de navio cada vez mais rápido. Na época de safra, o período varia de três a cinco dias”, comentou.

Com mais agilidade, a oferta dos produtores chamou a atenção de outros países. Na última safra, o Paraná exportou 2,4 milhões de toneladas de açúcar.

Para os países árabes, a venda somou US$ 350 milhões, tendo como principal destino o Iraque.

“Nós estamos renovando em uma velocidade maior o canavial, buscando uma produtividade maior. Acho que ainda nós temos muito a ganhar com toda essa logística que foi construída no estado”, declarou o presidente da Alcopar.

Brasil,

Veja os números da Mega da Virada, com prêmio de R$ 325 milhões

Os seis números da Mega da Virada sorteados, às 20h25 , nesta sexta-feira (31) foram: 17-20-22-35-41-42 O prêmio é o maior da história das loterias da Caixa: R$ 325,2 milhões.

Como nos demais concursos especiais, o prêmio principal da Mega da Virada não acumula. Não havendo apostas premiadas com seis números, o prêmio será rateado entre os acertadores de cinco números – e assim sucessivamente.

Segundo a assessoria da Caixa, a 12ª edição da Virada pagará o maior prêmio da história das Loterias CAIXA. Segundo o órgão, o volume de apostas superou as expectativas.

Foram feitas mais de 260 milhões de apostas em todo o país, totalizando R$ 1,17 bilhão em arrecadação.

O sorteio da Mega da Virada foi realizado às 20h25, nos estúdios da TV Globo, em São Paulo, com transmissão ao vivo também pelo SBT, Record, Band e Rede TV.

Antes da Mega da Virada 2020, os maiores prêmios das Loterias CAIXA, também da Mega da Virada, foram registrados em 2017, no concurso nº 2.000, quando 17 apostas dividiram o prêmio de R$ 306,7 milhões, e no ano passado, em que uma aposta de Juscimeira (MT), uma de Criciúma (SC) e duas de São Paulo (SP) dividiram R$ 304,2 milhões do concurso 2.220.

Geral,

WhatsApp vai parar de funcionar em alguns aparelhos a partir de 1º de janeiro; veja lista

A partir do dia 1 de janeiro, o WhatsApp vai parar de funcionar em alguns modelos mais antigos de smartphones. Por isso, se você está com seu aparelho há um bom tempo, é bom se prevenir para não ser pego de surpresa e ficar sem poder enviar mensagens a partir de 2021.

O encerramento anual do suporte do aplicativo para algumas versões mobile não é novidade para o público, mas agora há um diferencial: esta será a primeira vez em que o primeiro iPhone, lançado em 2007, não poderá rodar o app de mensagens.

Confira a lista dos smartphones e celulares em que o WhatsApp deixará de funcionar:

  • iPhone
  • iPhone 3G e 3GS
  • iPhone 4
  • LG Optimus Black (e modelos anteriores)
  • Motorola Droid Razr
  • Samsung Galaxy S2
  • HTC Desire

Já os seguintes aparelhos continuarão rodando o WhatsApp normalmente, desde que estejam com o sistema operacional atualizado. Será necessário iOS 9 ou Android 4.0.3 para os modelos:

  • iPhone 4S
  • iPhone 5 e 5S
  • iPhone 6 e 6S
  • LG Lucid
  • Motorola Droid 4
  • Sony Xperia Pro
  • HTC Sensation
  • HTC Thunderbolt 4G
  • Samsung Galaxy Note
  • Samsung Galaxy S3 (e modelos posteriores)
Paraná,

Polícia fecha 15 estabelecimentos em Curitiba durante feriado de Natal

A Ação Integrada de Fiscalização Urbana (AIFU), coordenada pela Polícia Militar fechou 15 estabelecimentos comerciais em Curitiba durante o feriado de Natal. A ação, realizada para conter a perturbação de sossego e garantir o cumprimento do decreto estadual de combate ao COVID-19, atuou em Curitiba e no Litoral entre os dias 23 e 27 de dezembro. Leia mais em Agência de Notícias do Paraná.

Destaques, Economia, Paraná,

Paraná gera 61.586 empregos até novembro, mostra Caged

O Paraná criou 61.586 empregos formais de janeiro a novembro de 2020 e se mantém como o segundo maior empregador com carteira assinada do País. O saldo acumulado até novembro é o dobro do que registrado até outubro. Especificamente em novembro, o Estado manteve a trajetória de recuperação de vagas no mercado de trabalho e registrou 29.818 mil novos empregos.

Os dados são do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) do Ministério da Economia divulgados nesta quarta-feira (23). Com isso, o Estado se mantém como o segundo maior empregador com carteira assinada do País. “Em um ano tão difícil, marcado por uma pandemia que abalou a economia do mundo todo, o Paraná mostra mais uma vez a sua força, a sua vocação para o crescimento e para a geração de emprego e renda”, afirmou o governador Carlos Massa Ratinho Junior.

“Chegamos a mais de 61 mil novos postos de trabalho abertos. Um resultado excelente, que comprova o acerto nas medidas tomadas pelo Governo do Estado para a retomada econômica”, completou o governador. “Emprego é a melhor política social que existe. “Dentro do possível, o paranaense vai ter um Natal e fim de ano feliz”.

Os setores que mais colocaram pessoas no mercado de trabalho, em novembro, foram:  Comércio com um saldo de 11.832 empregos criados, seguido de Serviços (10.134), Indústria de Transformação (6.956), Construção (2.158).

Ranking

O resultado paranaense, no saldo acumulado, ficou à frente de São Paulo, que ocupa a 3º colocação, com saldo de 40.856. “Estados que geralmente apresentam bons números, não tiveram bom desempenho, como Rio Grande do Sul, na 26º colocação (-19.532) e Rio de Janeiro, na 27º colocação com saldo negativo de 133.754 empregos”, informa o secretário de Justiça, Família e Trabalho, Ney Leprevost.

O resultado de novembro foi o segundo melhor registro desde o início da pandemia. Este resultado colocou o estado na 5º colocação no ranking das unidades federativas, para o mês.

De acordo com a chefe do Departamento do Trabalho e Estímulo à Geração de Renda da Secretaria da Justiça, Família e Trabalho, Suelen Glinski, esse número se manteve na boa onda da recuperação de empregos. “Estes resultados do estado apresentam uma reação às ações produzidas e uma considerável melhora na situação atual, com sinais de uma revitalização e avanços para a retomada da economia no Paraná”.

Cidades que mais empregam no Paraná

Curitiba lidera a relação dos municípios com um saldo de 6.861 novos postos de trabalho no acumulado do ano (janeiro a novembro). Confira o ranking completo:

  • Curitiba: 6.861
  • Ponta Grossa: 5.854
  • Cascavel: 2.773
  • Ortigueira: 2.676
  • Toledo: 2.602
  • Arapongas: 1.982
  • Rolândia: 1.825
  • Matelândia: 1.706
  • Umuarama: 1.682
  • Colombo: 1.279