Author

Destaques, Foz do Iguaçu, Geral, Itaipu Binacional,

Cerimônia marca entrega oficial de equipamentos do Programa Vila A Inteligente

Programa tem como objetivo desenvolver tecnologias que também poderão servir de modelo para replicação em outros bairros e municípios.

Representantes do Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI), da Agência Brasileira de Desenvolvimento Industrial (ABDI), do Parque Tecnológico Itaipu (PTI-BR) e da Itaipu Binacional, além de outras autoridades, participaram, na manhã desta sexta-feira (16), da entrega oficial de equipamentos do Programa Vila A Inteligente, em Foz do Iguaçu (PR).

Antes da solenidade, as autoridades fizeram uma visita guiada pelo Itaipu A (nome oficial do bairro) para conferir como funcionam as novas tecnologias, entre elas, pontos de ônibus, semáforos e luminárias inteligentes e o Centro de Controle e Operações (CCO) do programa, instalado no Gramadão da Vila A.

O evento marcou o encerramento da primeira fase do programa, contemplado com investimentos de mais de R$ 10 milhões – sendo R$ 6 milhões da Agência Brasileira de Desenvolvimento Industrial (ABDI) e R$ 4 milhões da Itaipu Binacional.

A partir de agora, o foco do Vila A Inteligente será a atração de empresas para atuarem no projeto por meio da instalação de ambientes experimentais (sandbox) no bairro. O lançamento on-line, no último dia 7, atraiu mais de cem interessados. O edital está disponível em hubiguassu.pti.org.br.

Segundo o secretário de Empreendedorismo e Inovação do MCTI, Paulo Cesar Rezende de Carvalho Alvim, esse tipo de projeto é um investimento que se desdobra. “O que a gente tem aqui é não só o aperfeiçoamento de produtos que já estão no mercado, é também o desenvolvimento de um universo de aplicações que incluem segurança, mobilidade, saneamento, saúde, educação, energia, e que ainda beneficiam a gestão pública”.

O programa é desenvolvido em parceria pela Itaipu Binacional, PTI-BR, ABDI, Prefeitura de Foz do Iguaçu e Copel; e integra as ações do Programa Acelera Foz, movimento que nasceu em 2020 para diversificar a economia do município e acelerar a retomada do crescimento no período pós-pandemia de covid-19.

O diretor-geral brasileiro da Itaipu, general João Francisco Ferreira, reforçou a importância do envolvimento das diversas instituições apoiadoras do projeto. “Vejo parceiros motivados, cooperativos e unidos pelo mesmo objetivo, e a Itaipu continuará apoiando a iniciativa em todos os momentos”, garantiu.

O general Eduardo Garrido, diretor-superintendente da Fundação PTI-BR, corroborou a importância das parcerias: “Juntos, somos mais inovadores”, resumiu. Ele também aproveitou para agradecer o apoio dos moradores do bairro. “Na verdade, eles é que sofrem os impactos, e são eles que estão nos ajudando nessa experimentação”, disse o general.

O Vila A Inteligente foi lançado no final de julho de 2020 com o objetivo de contribuir para qualidade de vida dos moradores, melhorar o acesso e a disponibilidade dos serviços públicos, favorecer o empreendedorismo e gerar novos negócios, com a atração de startups e empresas de base tecnológica. Também poderá servir de modelo para replicação em outros bairros e municípios.

“É um projeto que começou pequeno, em um laboratório, e foi, a partir dos parceiros, crescendo dia após dia”, afirmou o presidente da Agência Brasileira de Desenvolvimento Industrial (ABDI), Igor Calvet. “Hoje, temos aqui a concretização de algo que estava nos nossos sonhos, que era transformar uma cidade por meio da tecnologia.”

Também participaram da cerimônia, no Parque Tecnológico Itaipu (PTI-BR), o prefeito de Foz do Iguaçu, Chico Brasileiro; o superintendente geral de Inovação do Paraná, Marcelo Rangel, que representou o governador Ratinho Junior; o diretor de Desenvolvimento de Negócios da Copel, Cassio Santana da Silva; o diretor de Coordenação da Itaipu, general Luiz Felipe Carbonell; entre outras autoridades.

Sobre o programa

O Vila A Inteligente atua em quatro grandes eixos: segurança pública, mobilidade, meio ambiente e integração com a comunidade. Tecnologias relacionadas ao conceito de Cidades Inteligentes foram implantadas para transformar o espaço urbano no primeiro bairro público sandbox do Brasil, ou seja, um ambiente de testes reais e de validação das soluções.

Alguns desses equipamentos começaram a funcionar, em caráter experimental, no início do ano. É o caso dos semáforos inteligentes, instalados nos quatro principais cruzamentos da Vila A – na Avenida Silvio Américo Sasdelli, Avenida Garibaldi, Avenida Tancredo Neves e BR-277.

Os novos semáforos conseguem ajustar o intervalo de sinal aberto ou fechado conforme o movimento da via, em tempo real, melhorando o fluxo de veículos. Também podem detectar ambulâncias, para garantir agilidade no transporte de vítimas de acidentes, e emitem sinal sonoro para deficientes visuais.

Outros equipamentos que entraram em operação são as câmeras inteligentes de alta resolução e as luminárias com telegestão (controle a distância). Softwares de reconhecimento facial e monitoramento de veículos por placas também estão operando no bairro, o que permite maior planejamento ou ações pontuais na área da segurança pública.

Em abril, foram instalados quatro pontos de ônibus inteligentes, três na Avenida Silvio Américo Sasdelli e um na Avenida Gramado. Os pontos estão equipados com painéis LED que mostram informações úteis, como as linhas de ônibus, horários e itinerários, têm iluminação própria (o que aumenta a segurança à noite) e entrada USB para carregamento de celular. No futuro, terão rede Wi-Fi gratuita e informações do tempo, entre outros serviços.

Todas as tecnologias são monitoradas no Centro de Controle e Operações (CCO), na Concha Acústica do Gramadão. O centro dispõe de monitores integrados a um software de video wall, o que permite a visão integral de todas as imagens obtidas pelas câmeras do projeto distribuídas na Vila A.

Busão Foz, Destaques, Paraná, Política,

Aumento do fundão eleitoral teve apoio de 14 deputados federais do Paraná

Veja como votou cada deputado federal do Paraná nesta quinta-feira na aprovação da Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) que prevê o aumento do fundo eleitoral de R$ 3.7 bilhões para R$ 5,7 bilhões, destinado ao financiamento de campanhas políticas no próximo ano. Foram 278 votos favoráveis, 145 contrários e 1 abstenção.

A favor do aumento:
Aline Sleutjes – PSL
Aroldo Martins – Republicanos
Christiane Yared – PL
Felipe Francischini – PSL
Filipe Barros – PSL
Fernando Giacobo – PL
Luciano Ducci – PSB
Luiz Nishimori – PL
Luizão Goulart – Republicanos
Paulo Martins – PSC
Evandro Roman – Patriota
Valdir Rossoni – PSDB
Sergio Souza – MDB
Vermelho – PSD

Contra o aumento:
Aliel Machado – PSB
Diego Garcia – Podemos
Enio Verri – PT
Gleisi Hoffmann – PT
Gustavo Fruet – PDT
Leandre – PV
Rubens Bueno – Cidadania
Sargento Fahur – PSD
Zeca Dirceu – PT

Não votaram
Boca Aberta – PROS
Hermes Parcianello – MDB
Luisa Canziani – PTB
Pedro Lupion – DEM
Ricardo Barros – PP
Stephanes Junior – PSD

Abstenção:
Toninho Wandscheer – PROS

As informações são do Blog do Tupan.

Coronavírus, Destaques, Geral, Política,

Pedro Wosgrau, ex-prefeito de Ponta Grossa, morre em decorrência da Covid-19

Morreu nesta terça-feira, Pedro Wosgrau, ex-prefeito de Ponta Grossa vítima da Covid-19. Pedro tinha 73 anos e estava internado na UTI do Hospital Geral Unimed desde o domingo, 6 de junho, quando precisou ser intubado.

O ex-prefeito administrou a cidade por 3 mandatos (1989 – 1992, 2005 – 2008 e 2009 – 2012). Ele deixa a esposa, Maria Isabel Wosgrau, e os filhos Pedro Wosgrau Neto, Alexandre Wosgrau e Rafael Wosgrau.

Busão Foz, Destaques, Foz do Iguaçu, Geral, Saúde,

Conheça a história do pequeno Gael e veja como ajudar

Gael, um iguaçuense, que com apenas 6 meses de vida já tem demonstrado sua garra.

No dia 06 de janeiro, Gael nascia e pouco tempo depois apresentou crises convulsivas e ali começava sua luta com a medicina. Ele foi diagnosticado com más formações cerebrais, com causas sugestivas de falta de oxigênio em algum momento da gestação, nada ainda conclusivo para os médicos.

Seus primeiros dois meses de vida, foram de lutas e idas e vindas da UTI, onde ficou entubado e sedado por vários dias.

Hoje Gael está em casa, para uma melhor qualidade de vida faz acompanhamentos com neurologista, fisioterapia, terapeuta ocupacional e fonoaudióloga, porém ainda precisa de cuidados constantes, medicações, acompanhamento e tratamentos não custeados pelo SUS.

Para que o pequeno guerreiro continue com sua qualidade de vida, sua família está promovendo uma ação entre amigos, com prêmios para os dois primeiros lugares. O valor da rifa é de R$ 10,00. O sorteio será no dia 20 de setembro e acontecerá através de uma live nas redes sociais para todos que quiserem acompanhar.

Caso tenha interesse em participar a compra pode ser feita com a mamãe Hilda pelo whatsapp (45)98429-8554.

Coronavírus, Destaques, Saúde,

Paraguai analisa volta às aulas com 60 mil professores vacinados contra a covid-19

O Ministério da Educação e Ciências (MEC) do Paraguai analisa o retorno seguro às aulas após as férias de inverno, considerando que cerca de 60 mil professores já foram imunizados nas últimas semanas.

“Entendo que estamos todos ansiosos para voltar e a vacinação nos dá um pouco de esperança. Temos 3 semanas de férias de inverno e temos esse tempo para discutir e planejar se haverá uma volta às aulas”, disse o ministro Juan Manuel Brunetti.

Continue lendo no Última Hora

Destaques, Foz do Iguaçu, Geral,

Iguaçuenses conquistam quatro medalhas no Sul-Americano Sub 20 de Atletismo, no Peru

Érica Geni Barbosa conquistou três medalhas de ouro e Felipe Izidoro garantiu o bronze, representando a Seleção Brasileira

O fim de semana dos jovens atletas iguaçuenses foi repleto de conquistas durante o Sul-Americano Sub 20 de Atletismo, disputado em Lima, Peru. Dois atletas do Instituto do Atletismo de Foz do Iguaçu representaram a seleção brasileira e retornaram com quatro medalhas.

Érica Geni Barbosa conquistou três medalhas de ouro, nas provas de 200 metros rasos, 400 metros rasos e no revezamento 4×400 misto. Já Felipe Izidoro da Silva conquistou a medalha de bronze na prova do salto triplo. O técnico do Instituto, Edson Corassini, fez parte da comissão técnica brasileira e foi o responsável pelas equipes de revezamento.

A conquista fez com que a dupla iguaçuense se destacasse ainda mais no cenário de promessas do esporte brasileiro. As medalhas dos atletas da cidade contribuíram para que o Brasil terminasse o campeonato com o primeiro lugar geral, tanto no masculino como no feminino.

Érica conta que todas as conquistas são fruto do trabalho realizado de todos esses anos com os técnicos e equipes do instituto. Já com 18 anos, está em seu último ano na categoria sub-20, pronta para integrar a seleção principal. “Entrei em todas as provas muito focada, disposta a dar o meu melhor. Estou muito realizada por mais um objetivo alcançado”, detalhou.

Aos 17 anos, esse foi o primeiro torneio internacional da carreira de Felipe Izidoro. “Mesmo não alcançando o ouro, comemoro muito essa medalha em minha primeira experiência. Isso só aumenta a minha vontade de ir para os próximos campeonatos e trazer ainda mais medalhas”, contou.

Essa foi apenas a primeira etapa dos importantes torneios que serão disputados. A dupla da fronteira já realiza os últimos preparativos para voltarem a representar o Brasil no Campeonato Pan Americano de Atletismo sub-20, de 16 a 18 de julho em Santiago (Chile), e o Campeonato Mundial de Atletismo sub-20, de 17 a 22 de agosto em Nairobi (Quênia).

“Vou continuar com esse ciclo de treinamentos, com o mesmo trabalho e tentando sempre buscar melhorar um pouquinho. Cada detalhe pode fazer toda a diferença. Estou focada e concentrada para essas competições”, disse Érica.

Instituto do Atletismo

Desde a implantação do projeto Jovens Atletas, Campeões do Futuro, mantido pela Prefeitura de Foz, por meio da Secretaria Municipal de Esporte e Lazer, e Itaipu Binacional, vários atletas já foram revelados e importantes títulos foram conquistados.

Segundo o coordenador-geral do projeto Sérgio Muniz, o Quick, “este é um trabalho em longo prazo, mas que com muita dedicação e graças a todo apoio recebido da SMEL, Itaipu e demais patrocinadores, estamos conseguindo alcançar nossos objetivos”.

Coronavírus no Paraná, Destaques, Paraná, Saúde,

Na manhã deste domingo, Governador Ratinho Junior é imunizado contra a Covid-19

O governador Carlos Massa Ratinho Junior foi vacinado contra a Covid-19 na manhã deste domingo (11), em Apucarana. Ele chegou por volta das 9h30 no Ginásio de Esportes Lagoão e ficou cerca de 20 minutos na fila. Ele estava acompanhado do secretário de estado da saúde, Beto Preto.

Ratinho Junior foi vacinado no município onde a campanha de Domingo a Domingo foi lançada em 26 de março, com o objetivo de dar mais agilidade à imunização dos paranaenses. Desde o início da campanha, mais de um milhão de cidadãos foram imunizados aos finais de semana em todo o estado.

“Feliz de estar aqui hoje recebendo a minha vacina, chegando na minha idade de ser imunizado. E ao ser vacinado aqui em Apucarana, cidade onde lançamos a campanha de Domingo a Domingo e terra natal do secretário Beto Preto, quero prestar minha homenagem a ele e às equipes de saúde de todo o Paraná que há um ano e meio estão trabalhando de forma incansável no combate desta pandemia”, disse o governador. 

“Estamos conseguindo ter uma velocidade muito boa na vacinação com este projeto de Domingo a Domingo. Temos um cronograma que pretende vacinar, até agosto, 80% da população acima de 18 anos. E 100% desta população até setembro. Tenho certeza que vamos cumprir este cronograma em todos os municípios do Paraná e, acima de tudo, proteger a nossa população para que tenhamos um Natal diferente, de festa, de vida”.

Destaques, Foz do Iguaçu, Geral,

Mais de mil famílias do bairro Morumbi III terão as residências regularizadas por meio do programa Moradia Legal

Prefeitura de Foz do Iguaçu aderiu ao programa do Tribunal de Justiça do Paraná para garantir o direito à habitação segura aos moradores da cidade

O sonho que Dona Irene de Oliveira, de 63 anos, mantém há 25 anos será finalmente realizado. Ela e outras mil famílias do bairro Morumbi III terão as moradias regularizadas graças à adesão da Prefeitura ao programa Moradia Legal, criado pelo Tribunal de Justiça do Paraná (TJPR), com o objetivo de regularizar moradias em áreas de posse que não tenham disputa judicial.

Na quinta-feira (8), o presidente do TJPR e autoridades municipais estiveram no bairro para o evento de lançamento da proposta aos moradores. O projeto foi detalhado e segue para a apreciação da Câmara de Vereadores.

“É um sentimento muito ruim, porque não consigo fazer muitas documentações sem a escritura da casa. Não tem uma prova verdadeira que a casa é da gente. Mas agora, graças a Deus, eu sinto que vai dar tudo certo e eu vou ter essa confirmação de que eu moro em um lugar que é meu”, contou Dona Irene, com alegria.

A região foi escolhida por já cumprir os requisitos de infraestrutura cobrados pelo TJPR para que a regularização aconteça, como iluminação pública, pavimentação, drenagem, saneamento básico e coleta de lixo.

Essa é a segunda etapa do programa em Foz, que já regularizou cerca de 180 residências nos bairros Jardim Paraná, Vila Borges e Novo Mundo. De acordo com o levantamento do Fozhabita (Instituto de Habitação de Foz do Iguaçu), mais de nove mil famílias residem em terrenos irregulares na cidade.

Para Isaque Pereira, 41, morador do bairro há 24 anos, o sentimento de posse de um terreno fará toda a diferença. “Sempre dizemos que se tivermos o documento, ninguém vai poder negar que é nosso. Isso faz toda a diferença. Sem contar que o bairro se torna muito mais valorizado, por estar em conformidade com a lei”, contou.

O prefeito Chico Brasileiro definiu o lançamento do programa como um momento histórico para Foz do Iguaçu. A Prefeitura aderiu à iniciativa em setembro de 2020, após uma série de estudos e encontros com os representantes do TJPR.

“Este é um dia memorável, pois essas famílias tentaram por muito tempo e agora podem ficar tranquilas, pois em alguns meses já terão as escrituras. Estamos diante de um programa extraordinário, que garante justiça social a todas essas famílias”, disse o prefeito.

Como será feito

De acordo com o juiz de direito Ricardo Piovesan, coordenador do programa Moradia Legal, não haverá cobrança de nenhuma taxa por parte do poder judiciário. Os custos para a regularização serão apenas referentes a documentação e levantamento de dados por parte da empresa conveniada que irá realizar a formalização. Os valores poderão ser negociados e parcelados em até 40 vezes.

“O cunho do programa é totalmente social. São áreas onde os moradores não têm a condição para a contratação de advogados para realizar todo esse processo. Vamos entregar os títulos de moradias para essas pessoas que esperam até por gerações um momento como esse. Não há como medir essa importância”, comentou Piovezan.

Entre os dias 12 e 13 de julho, será montado um plantão de cadastramento na Escola Municipal Emílio de Menezes, Avenida Mario Filho, 1252. Para evitar aglomerações, os moradores receberam um documento com o horário e dia agendado para levar a documentação necessária para dar início aos trabalhos.

Na data marcada, será necessário apresentar os documentos pessoais: RG e CPF (caso sejam casados, do marido e da esposa); Certidão de casamento (para os casados); certidão de nascimentos (solteiros); divorciados ou separados devem levar a certidão de casamento e a certidão de divórcio; certidão de casamento e certidão de óbito (para viúvos); casais com união estável devem levar as certidões de nascimento.

Os documentos relativos ao terreno exigidos são: histórico da primeira ligação de energia, que pode ser emitido diretamente na Copel (Rua Dr. Alastair Munro, 220 – Jardim Eldorado).

Para mais informações, é possível entrar em contato pelos telefones: (45) 99906-8330 (Arnaldo) ou (45) 98433-4066 (Giovana).

Programa Moradia Legal

A iniciativa do TJPR tem como objetivo promover a regularização fundiária em todo o estado do Paraná. Segundo o presidente do Tribunal de Justiça, desembargador José Laurindo Neto, uma cidade tão importante como Foz do Iguaçu não poderia deixar de aderir a essa projeto que trará dignidade aos moradores.

“Foz do Iguaçu é um dos cartões postais do nosso Paraná, não apenas pelas belezas naturais, mas também por contar com um povo que trabalha, uma comunidade que se dedica diariamente. Para nós é uma grande alegria poder lançar neste bairro esse marco”, afirmou o desembargador.

O desembargador Abraham Lincoln Merheb, supervisor geral do programa Moradia Legal, elogiou a busca da administração municipal para a participação.

“Estamos falando de muito mais do que um simples pedaço de papel. Desde as nossas primeiras reuniões tratamos de como isso seria bom para a cidade. Cada vez mais nos orgulhamos de trazer desenvolvimento. Este é um trabalho que entrará para a história”, citou.

“Vamos em frente! O município está contando com programas cada vez mais importantes e que vão ser lembrados por muitos anos. Nossa cidade merece e nossos moradores poderão sempre contar conosco”, afirmou o vice-prefeito de Foz,. delegado Francisco Sampaio.

Participações

O evento também contou com a presença do presidente da Câmara de Vereadores, Ney Patrício; do secretário de Planejamento e Captação de Recursos, Leandro Costa; da diretora superintendente do Fozhabita, Sílvia Palandi; do auxiliar da presidência do TJPR, juiz Anderson Fogaça; o coordenador técnico do programa, Ricardo Paludo, além dos vereadores Kalito Stoeckl e Edivaldo Alcântara.

Brasil, Destaques, Foz do Iguaçu,

VÍDEO: Festa na Argentina após vitória da seleção chama atenção no lado brasileiro da fronteira. Assista!

A vitória por 1×0 sobre o Brasil e a equebra de um longo jejum sem título movimentou milhares em Puerto Iguazú, no lado argentino da Tríplice Fronteira, incluindo o Paraguai.

A Avenida Beira Rio, que margeia o rio Iguaçu, ficou tomada por veículos e um buzinaço, chamando a atenção de quem estava no lado brasileiro da fronteira, como foi o caso de Cassiano Preve, que captou o vídeo a partir do Restaurante Cabeza de Vaca, do Marco das 3 Fronteiras.

O craque Lionel Messi venceu o duelo contra a equipe brasileira comandada por Neymar e de quebra garantiu o primeiro título dele com a seleção da Argentina.

“O Marco torce para a Argentina, Brasil e Paraguai. Tudo certo. É o ponto de encontro da festa latina”, diz a assessoria de comunicação do atrativo, que gentilmente enviou o vídeo abaixo.

Coronavírus no Paraná, Destaques, Geral, Paraná,

Secretário da Saúde, Beto Preto, afirma que debate sobre público nos estádios do Paraná deve começar em outubro

Beto Preto citou exemplo das Olimpíadas para pedir precaução quanto ao assunto

O Secretário de Saúde do Paraná, Beto Preto, afirmou, em entrevista exclusiva à Banda B, que a discussão sobre a volta de público aos estádios no estado. Para Preto, a liberação deve acontecer em ainda neste ano, com diversos protocolos. Porém, isso deve vir a pauta daqui três meses.

“É possível sim que em algum momento tenhamos uma liberação, desde que com distanciamento, entrada fracionada das pessoas na determinada arena esportiva, mas não vejo que seja agora em agosto. Eu vejo que isso possa ser mais discutido a partir de outubro ou de novembro“, afirmou.

Entretanto, é válido lembrar que a presença da torcida em competições nacionais, como o Campeonato Brasileiro, depende da CBF, para que todos os times possam ter público em seus jogos. Caso a liberação estadual venha antes da nacional, a população terias acesso a partidas da segunda e terceira divisão do Paranaense 2021.

Beto Preto destacou que, muitas vezes, as discussões acabam deixando de lado o momento que o mundo está passando, como se a diminuição de casos excluísse o problema da pandemia.

“Toda a sorte de discussão pode existir, o que muitas vezes essas discussões se esquecem de colocar como pauta é que nós ainda estamos numa emergência de saúde pública internacional, que é a pandemia do corona vírus. Apesar de estarmos passando por um momento de diminuição de casos, ainda continuamos com a pandemia, com o vírus circulando e com a variante Delta entrando no Paraná”, pontou.

Veja mais em: Banda B.