Author

Cascavel, Colunistas, Coronavírus no Paraná, Destaques, Economia, Fabio Aguayo,

Fazer um rodízio no comércio pode frear um pouco os contágios de Covid no transporte coletivo?

O presidente da Associação Comercial do Paraná (ACP), Camilo Turmina, tem defendido um sistema de rodízio no comércio como estratégia para reduzir as transmissões do novo Coronavírus (Covid-19), especialmente nas aglomerações dentro dos ônibus de transporte coletivo.

Turmina falou da sua ideia em recente audiência com o presidente do Tribunal de Contas do Estado (TCE-PR), conselheiro Fábio Camargo, o qual busca alternativas para evitar a superlotação nos ônibus de Curitiba.

“Quantos por cento queremos que fiquem em casa? Se for 50% é bem simples. Um dia abre uma atividade econômica, no dia seguinte outra. Ninguém precisa de 800 farmácias abertas ou de todos os petshops abertos ao mesmo tempo”, explicou Turmina.

Na audiência, o presidente da ACP falou de outras propostas para reduzir a superlotação dos ônibus e frear os contágios por Covid-19.

Quer ver quais são elas? Acesse a íntegra da reportagem no portal Cabeza News

Destaques, Geral, Política,

ÁUDIOS: Ademir Bier assina termo de posse e volta à Assembleia Legislativa

O ex-deputado da região de Marechal Cândido Rondon, Ademir Bier, acaba de assinar, ao lado do primeiro-secretário e o presidente, Claudio Romanelli e Ademar Traiano, respectivamente, o termo de posse e retornou à Assembleia Legislativa do Paraná.

Ele foi convocado por Traiano para a cadeira que ficou vaga com o falecimento do deputado Delegado Rubens Recalcatti (PSD) na última semana (AQUI para recordar).

Nas eleições de 2018, Bier recebeu 26.015 votos, ficando na terceira suplência da coligação PSC/PSD.

– Ademir Bier durante ritual para posse na Assembleia (Foto: Reprodução/TV Alep)

Ex-prefeito de Marechal Cândido Rondon, ele já foi deputado estadual por cinco mandatos.

Abaixo áudios de Traiano convocando Bier:

Destaques, Itaipu Binacional, Paraná,

General Silva e Luna é aprovado novo conselheiro da Petrobras. Ato abre caminho para eleição a presidente

O general Joaquim Silva e Luna foi aprovado, nesta segunda-feira (12), novo conselheiro da Petrobrás (Companhia Brasileira de Petróleo). O nome dele foi chancelado durante assembleia do Conselho de Administração.

O ato abre caminho para a eleição de Silva e Luna como novo presidente da companhia e também do próprio conselho. A posse dele deve ocorrer entre sexta ou segunda-feira (16 ou 19 de abril, respectivamente).

Silva e Luna, que até o final de março era diretor-geral brasileiro da Itaipu Binacional, foi convidado para a função pelo presidente Jair Bolsonaro e terá como primeira missão equalizar interesses do mercado e da sociedade.

O futuro presidente da Petrobrás tem um perfil conciliador e vai colocar toda sua experiência como CEO no novo desafio.

Em Itaipu, ele fez uma revolução. Reestruturou a gestão e, sem consenso por parte dos paraguaios, sócios no empreendimento, não pode baixar a tarifa da energia elétrica.

Como alternativa de compensação, devolveu boa parte desses recursos em forma de legado. Em dois anos e um mês, reordenou investimentos que não tinham a ver com a missão de Itaipu em obras estruturantes.

Entre os destaques estão a segunda ponte entre o Brasil e Paraguai, duplicação de um trecho importante de uma rodovia turística na cidade e praticamente um novo aeroporto em Foz do Iguaçu, com capacidade de receber aeronaves de grande porte, transformando o terminal num hub logístico.

Busão Foz, Destaques, Foz do Iguaçu, Meio Ambiente,

Itaipu amplia Capacita Foz para 1,5 mil profissionais de turismo

Lançado no ano passado para 150 guias, agora o curso de capacitação com bolsa de estudo de R$ 550,00 mensais, 100% custeada pela usina, vai diversificar o público-alvo

A usina de Itaipu, margem brasileira, vai ampliar o público-alvo do Capacita Foz de 150 para 1,5 mil profissionais do segmento turístico, um dos mais atingidos pela pandemia da covid-19, em Foz do Iguaçu. A iniciativa é da Comunicação Social e do setor de Turismo da Itaipu por meio de um convênio com o Instituto Polo Internacional Iguassu. A data do início da capacitação será informada nos próximos dias.

Para o programa que terá duração de dois anos serão aportados R$ 3.329.400,00 com bolsa de estudo no valor de R$ 550 mensais. Será feito um mapeamento dos profissionais em situação mais vulnerável, a partir de um levantamento da Secretaria de Assistência Social, tendo com base o Cadastro Único e Agência do Trabalhador.

O Instituto Polo Internacional Iguassu vai criar uma plataforma integrada de capacitações, divulgação e oferta de serviços desses profissionais. O foco é a geração de renda e formação continuada.

– Primeira turma em visita ao Mirante Central da Itaipu (Foto: Assessoria de Imprensa/Polo Iguassu)

A primeira fase será o treinamento propriamente dito com as bolsas de estudo e depois a manutenção da plataforma. Nela, os usuários poderão recorrer a profissionais mais qualificados, como, por exemplo, recepcionistas, mensageiros, camareiras, garçons, motoristas de aplicativos, prestadores de serviços na área de eventos, artesãos, transporte turístico e pequenos produtores rurais, entre outros. Numa terceira etapa, a vitrine on-line servirá como um canal de contato entre empresas e profissionais autônomos.

De cada quatro empregos em Foz, um é ligado ao turismo. Durante anos, a oferta de empregos gerada nos setores de serviço e comércio da cidade abriam vagas, mas havia falta de mão de obra qualificada. O Capacita Foz tem como desafio mudar essa realidade ajudando na retomada econômica da cidade.

O programa também permitirá concentrar um banco de talentos único e atualizado com profissionais de diferentes áreas de atuação. Com isso, o visitante poderá optar pelos melhores profissionais para prestar serviços de excelência.

Para o diretor-geral brasileiro, general João Francisco Ferreira, é urgente e necessário garantir oportunidade a pessoas em situação mais vulnerável, com dignidade. “Queremos promover a reinserção destes profissionais no mercado de trabalho o mais rápido possível incentivando o potencial da nossa gente.”

– Aos 77 anos, a argentina Rosa Saucedo deu um exemplo de perseverança e participou da primeira edição do curso (Foto: Sara Cheida/Itaipu Binacional)

A missão de Itaipu prevê, entre outras iniciativas, o desenvolvimento sustentável, turístico, energético, tecnológico e pesquisas de inovação. Todas essas iniciativas são feitas em consonância com as diretrizes do governo federal. Esse convênio foi possível graças ao reordenamento de orçamento de outras ações de Itaipu, como é o caso de patrocínios, que tiveram uma redução significativa por causa da pandemia.

Ações pontuais e estruturantes

No total, Itaipu investiu quase R$ 80 milhões em diversas ações no enfrentamento à covid-19. Entre os investimentos, foram vários aportes tanto para o Hospital Ministro Costa Cavalcanti (HMCC), que pôde criar 50 leitos de UTI e outras 22 unidades de transição, como para o Hospital Municipal Padre Germano Lauck, num convênio de R$ 15 milhões. Lembrando que ambas estruturas atendem pacientes do Sistema Único de Saúde (SUS).

Turismo saúde

A Itaipu também está viabilizando com o HMCC a construção em Foz do Iguaçu do Hub de Saúde das Américas – um espaço especializado e diversificado de serviços médicos, que terá como um dos focos as cirurgias de pequena e média complexidade, como intervenções plásticas, dermatológicas, oftalmológicas e otorrinolaringológicas. A proposta é atrair os chamados “turistas de saúde”, o que pode aumentar o tempo de permanência de visitantes na cidade em até 15 dias.

Turismo

Os investimentos R$ 2,5 bilhões, com geração de mais de 2,5 mil empregos, como a duplicação do acesso e área de manobra do aeroporto, a ampliação da pista do aeroporto, a ampliação e modernização do Hospital Costa Cavalcanti, assim como Perimetral Leste (acesso à BR-277) – acesso à Ponte da Integração, segunda ponte internacional Brasil-Paraguai (metade da obra concluída), duplicação da Rodovia das Cataratas (BR-469), ciclovias Vila A, mercado público de Foz, Gramadão, serão imprescindíveis para preparar a cidade para a pós-pandemia e retomada do crescimento.

A proposta é tornar a cidade melhor para os moradores e para aumentar a permanência dos turistas no destino. Por isso, alguns convênios estão sendo feitos para ajudar o setor, como é o caso deste com o Polo Iguassu.

O Polo Iguassu foi escolhido para gerir o convênio por se tratar de uma entidade sem fins lucrativos, que atua há 24 anos no apoio às iniciativas, instituições e movimentos orientados para a integração, estruturação e desenvolvimento da Região Trinacional do lguaçu (Brasil, Paraguai e Argentina) e do Mercosul.

Destaques, Foz do Iguaçu, Geral,

VÍDEO: Policial de Foz do Iguaçu sofre surto e faz refém no aeroporto de Guarulhos, em São Paulo. Assista!

Um integrante da 5ª Companhia da Polícia Ambiental de Foz do Iguaçu, que se identifica como soldado Resende, sofreu um surto psicólógico e fez uma jovem de refém no Aeroporto Internacional de Guarulhos, em São Paulo.

O caso ocorreu na noite deste domingo (11) e, como mostra trechos de vídeos enviados pelo WhatsApp, ele diz coisas meio sem nexo de que estaria sendo ameaçado de prisão ou de morte, dele e de seu comandante, Capitão Cesar, por supostamente não aceitar participar de ilícitos.

Ao manter imobilizada uma funcionária de companhia aérea, utilizando um objeto cortante, ele pedia a presença da Polícia Federal e, após muita conversa, ele acabou se entregando.

Em breve mais informações

Destaques, Geral, Paraná,

Ex-deputada estadual Irondi Pugliesi morre por complicações da Covid-19

O Hospital do Norte Paranaense (Honpar) confirmou em boletim agora pouco o falecimento da ex-deputada estadual e ex-vereadora de Arapongas, Irondi Pugliei, aos 73 anos de idade.

Irondi, como adiantado pelo site, estava internada desde o dia 16 de março lutando contra uma infecção pelo novo Coronavírus (Covid-19), mas não resistiu às complicações geradas pela doença.

A ex-deputada estadual é esposa do ex-deputado (federal e estadual) e três vezes prefeito de Arapongas, Waldyr Pugliesi.

Em grupos de WhatsApp, o ex-governador Orlando Pessuti confirmou o falecimento:

“Recebi há pouco a informação da morte da nossa querida amiga Ex Deputada Irondi Mantovani Pugliesi. Perdemos uma guerreira em favor dos direitos humanos e em favor da democracia. Que Deus conforte o coração de todos em especial de seus familiares”, escreveu.

Tragédia familiar

Irondi é a terceira integrante da família Montovani a perder a vida para a Covid-19. O pai dela, Liberto Mantovani, de 97 anos, faleceu no último 28 de março, também vítima da Covid-19. Ele também estava internado no Honpar.

A ex-deputada perdeu a irmã Irahi Mantovani de 75 anos, a pouco tempo, também por complicações do novo coronavírus.

Ainda não fora divulgadas pela família informações sobre o sepultamento.

Com informações do TN Online

Destaques, Foz do Iguaçu, Itaipu Binacional,

VÍDEO: Presidente Jair Bolsonaro volta a destacar a importância da Itaipu Binacional em sua live semanal

Nessa quinta-feira (8), o presidente Jair Bolsonaro voltou a citar a Itaipu em sua tradicional live semanal, transmitida em seu canal no Youtube e em seus perfis nas mídias sociais. Nos últimos meses, o presidente vem citando a Itaipu e enaltecendo a administração brasileira da usina com bastante frequência.

Desta vez, o tema principal foi a visita a Foz do Iguaçu, na quarta-feira (6), quando participou de dois eventos: a entrega da obra civil da pista de pouso e decolagem do Aeroporto Internacional de Foz do Iguaçu e as inaugurações da ampliação do pátio de manobras e da duplicação da via de acesso ao terminal (obras viabilizadas com recursos da Itaipu); e a solenidade de transmissão de cargo de Diretor Geral Brasileiro da Itaipu, dos generais Joaquim Silva e Luna para João Francisco Ferreira.

Assista abaixo o trecho em que o presidente destaca a Itaipu

“Fiz, na quarta-feira, uma visita à região de Foz do Iguaçu. Inauguramos uma extensão de pista de 600 metros no aeroporto e agora lá podem pousar aviões do mundo todo”, destacou o presidente, durante a transmissão ao vivo. Ele lembrou ainda que “as Cataratas do Iguaçu são no Brasil o segundo ponto turístico mais visitado [por estrangeiros]”.

“Também sobrevoamos a região da segunda ponte, que está sendo feita com o Paraguai. Recursos da Itaipu Binacional”, disse. “[A Itaipu] Depois da administração do general Silva e Luna, investiu dois bilhões e meio de reais no Oeste paranaense”, afirmou.

Indicado para a presidência da Petrobras, Silva e Luna aguarda a aprovação do seu nome pela assembleia do Conselho de Administração da maior estatal brasileira, marcada para o próximo dia 12.

Bolsonaro ainda ressaltou a importância estratégica destas obras para a região e, também, o papel da Itaipu como agente transformador da infraestrutura do Paraná. “Quem gosta disso, obviamente, é o governador do Paraná, Ratinho Junior”, disse, em tom informal e bem-humorado.

Busão Foz, Destaques, Economia, Foz do Iguaçu,

Fotos exclusivas mostram interior da maior duty free do Brasil. Loja inaugura hoje, em Foz do Iguaçu

A Cellshop, grupo de capital paraguaio, inaugura nesta quinta-feira (8), em Foz do Iguaçu, a maior duty free (loja franca) do Brasil.

– Cellshop Dutty Free de Foz do Iguaçu (Foto: Jarvas Jarvas Iunovich)

A estrutura, de 2,4 mil metros quadrados, está no Shopping Catuaí Palladium na Rodovia das Cataratas (BR-469), próximo ao trevo de acesso à Argentina.

– Cellshop Dutty Free de Foz do Iguaçu (Foto: Jarvas Jarvas Iunovich)

O grupo Cellshop investiu aproximadamente R$ 25 milhões na montagem da duty free (AQUI para relembrar), a segunda loja franca de Foz do Iguaçu com impostos de reduzidos em produtos importados e desnacionalizados.

– Cellshop Dutty Free de Foz do Iguaçu (Foto: Jarvas Jarvas Iunovich)

Na duty free haverá seções de perfumaria e cosméticos, bebidas e alimentos, brinquedos, produtos esportivos, moda casual, vitaminas, eletrônicos, camping e aventura, além de acessórios de viagem.

– Cellshop Dutty Free de Foz do Iguaçu (Foto: Jarvas Jarvas Iunovich)

As imagens que ilustram este artigo é do fotógrafo Jarvas Iunovich, que visitou a loja hoje pela manhã.

Busão Foz, Destaques, Foz do Iguaçu, Itaipu Binacional,

Parceria reafirmada: Prefeito Chico Brasileiro agradece Silva e Luna e dá boas vindas a general Ferreira, novo diretor-geral brasileiro da Itaipu

Solenidade de posse do novo diretor contou com a presença de diversas autoridades, entre elas o presidente Jair Bolsonaro; Brasileiro fez o discurso de abertura

O prefeito Chico Brasileiro foi a primeira autoridade a discursar na posse do novo diretor-geral brasileiro da Itaipu Binacional, general João Francisco Ferreira, na tarde desta quarta-feira (07), em substituição ao general Joaquim Silva e Luna, que assume a presidência da Petrobrás.

Brasileiro fez um agradecimento especial a Silva Luna que, nas palavras dele, “é um homem de grandeza, de visão, que chegou em Foz e mudou o destino da sua região, deixando um legado para todo o Brasil”.

O novo diretor-geral brasileiro da Itaipu Binacional, general João Francisco Ferreira, reafirmou, ao lado do presidente Jair Bolsonaro, na solenidade de posse, a continuidade das bem-sucedidas parcerias já feitas com Foz do Iguaçu e toda a região Oeste do Paraná. A margem brasileira da binacional investiu R$ 2,5 bilhões em obras estruturantes no Paraná – a maior parte delas no entorno de Foz.

Estes investimentos estão movimentando a economia local, com a geração de 2,5 mil empregos diretos e indiretos. Entre as principais parcerias do município e a binacional, estão convênios na área da saúde.

A Itaipu repassou ao Hospital Municipal Padre Germano Lauck cerca de R$ 15 milhões para o enfrentamento da pandemia da covid-19. Outras ações nesta área já haviam sido feitas por meio de convênios com o Hospital Ministro Costa Cavalcanti e o Hospital Madre de Dio, que mantém uma reserva técnica para atender pacientes vítimas do novo coronavírus.

Em relação às obras estruturantes, além da segunda ponte, com quase metade da obra construída, a grande expectativa é em relação ao próprio Aeroporto Internacional de Foz do Iguaçu, que recebeu várias melhorias e, de fato, está se transformando em um hub internacional, com capacidade para receber aeronaves de grande porte e voos de grande distância sem necessidade de pouso em outras cidades. A outra é a duplicação de um trecho de 8,5 quilômetros da BR-469, conhecida como a Rodovia das Cataratas.

“Sem dúvida, a Itaipu tem um papel primordial para o desenvolvimento do Brasil e do Paraguai, em especial a região onde está inserida. Desde a semana passada, venho fazendo uma transição com o general Silva e Luna, meu antecessor, de todas as informações de como a empresa vem sendo conduzida”, disse o general João Francisco Ferreira.

“Já pude ter um mapeamento geral da empresa, o que facilita verificar o que vem dando certo, como são estas obras estruturantes que vão colocar Foz do Iguaçu e região em um novo ciclo econômico”, complementou.

Para o prefeito de Foz do Iguaçu, Chico Brasileiro, o anúncio do novo diretor-geral brasileiro de Itaipu traz bastante alívio para o município, que tem uma relação muito próxima da binacional. “Temos feito parcerias em várias frentes com ganhos para toda a população de Foz do Iguaçu. Silva e Luna deixou um legado em dois anos e um mês à frente da usina, e temos certeza, pela própria fala do general Ferreira, que este trabalho será honrado”, ressaltou o prefeito.

Emocionado, o general Silva e Luna despediu-se da Itaipu, afirmando que “esses dois anos voaram!”. “Saio agradecido, sereno e confiante por entregar a direção-brasileira da Itaipu em mãos mais preparadas que as minhas, que certamente melhor conduzirão, em harmonia com a direção-geral paraguaia, os destinos da nossa binacional”. “Surte, amigo”, desejou ao general Ferreira.

O presidente Jair Bolsonaro afirmou, em relação ao novo diretor-geral brasileiro de Itaipu, que “considerando o seu ciclo de amizades, vida pregressa e quem te indicou, os senhores fiquem tranquilos, que continuarão tendo uma excelente administração aqui na Itaipu”.

Destaques, Foz do Iguaçu, Itaipu Binacional,

Chico Brasileiro participa de despedida do general Silva e Luna da Itaipu

O prefeito de Foz do Iguaçu, Chico Brasileiro, participou agora pouco, no centro de recepção de visitantes, da despedida do general Joaquim Silva e Luna da direção-geral brasileira da Itaipu Binacional.

O ato foi coordenado pelo presidente Jair Bolsonaro, que visitou a cidade nesta quarta-feira (7), para entregar obras de melhorias no Aeroporto Internacional e dar posse como diretor-geral brasileiro da binacional, ao general João Francisco Ferreira.

No encontro, o prefeito agradeceu os investimentos de mais de R$ 2,5 bilhões da Itaipu em Foz do Iguaçu, viabilizado nos dois anos da gestão Silva e Luna a frente da empresa.