Author

Brasil, Destaques, Justiça,

VÍDEO: Polícia Federal apreende 247 kg de droga no Aeroporto de Foz do Iguaçu

A Polícia Federal (PF) realizou, na última semana, a maior apresentação de maconha no Aeroporto Internacional das Cataratas em Foz do Iguaçu, no Oeste do Paraná.

A droga, aproximadamente 250 quilos, foi descoberta em três caixas grandes de madeira no setor de cargas do terminal aeroportuário.

As caixas haviam sido despachadas através de uma das empresas aéreas que atuam no local e tinham como destino a cidade de Recife, em Pernambuco.

Para tentar iludir a fiscalização os criminosos camuflaram a carga ilícita sob ferramentas diversas.

Após a apreensão da droga a PF realizou diligências e conseguiu identificar o responsável pela remessa das caixas ainda durante a tarde.

O homem, de 20 anos, foi preso em flagrante delito pela prática do crime de tráfico de drogas.

Destaques, Educação, Política,

Servidores estaduais de Foz fazem ato pela manutenção da licença especial e por valorização da categoria

Mobilização na Praça do Mitre reuniu educadores, policiais, agentes penitenciários e profissionais da área da saúde

Servidores estaduais realizaram manifestação neste domingo, 13, na Praça do Mitre, em Foz do Iguaçu, para defender a manutenção da licença especial, direito do funcionário público paranaense obtido a cada cinco anos de serviço. A categoria também exigiu valorização por parte do Governo do Estado.

Participaram do movimento educadores, policiais, agentes penitenciários e profissionais da área da saúde e seus familiares. O ato público ainda contou com a presença de parlamentares com representação na Câmara de Vereadores e na Assembleia Legislativa do Estado do Paraná (ALEP).

Os servidores se concentram na praça, onde fizeram falas públicas e divulgaram a pauta do movimento à população. Em seguida, caminharam pelas ruas centrais da cidade exibindo faixas, seguindo até a Praça da Paz, onde apresentaram as reivindicações ao público da Feira Livre da JK.

Na próxima terça-feira, 15, está prevista na ALEP a votação, em segunda discussão, do Projeto de Lei Complementar (PLC) nº 9/2019. Para os servidores, essa proposta do governador Ratinho Junior (PSD) na prática vai extinguir a licença especial a novos funcionários públicos e para quem já é concursado.

“O governador Ratinho Junior quebrou o acordo firmado com os servidores na última greve, pois ele tinha se comprometido em não mexer na licença especial”, disse a presidenta da APP-Sindicato/Foz, Cátia Castro. “O governo segue com a agenda de ataques contra o serviço público, e quem sai perdendo com isso é principalmente a população”, completou.

Conforme Cátia, se o PLC nº 9/2019 for aprovado pelos deputados estaduais, vai aumentar o adoecimento dos servidores e a precarização do serviço público. “Vamos adoecer mais, haverá mais afastamento do trabalho por causa de problemas de saúde física e emocional”, denunciou.

A licença especial, expõe a educadora, foi instituída no Paraná há mais de 30 anos. Esse direito serve como compensação para o funcionalismo, que não dispõe, por exemplo, de Fundo de Garantia por Tempo de Serviço ou indenizações rescisórias quando deixa o serviço público ou se aposenta.

Licença especial e atendimento à população

Para Sirlei Eleodoro da Silva, policial militar da reserva remunerada – benefício obtido depois de 35 anos de serviço nas ruas –, a licença especial é necessária para que o servidor público possa reunir as condições essenciais para atender bem a população.

“A retirada da licença significa perda de qualidade de vida do funcionário público”, sublinhou. “Nós, policiais militares, temos uma das profissões mais estressantes, conforme as organizações internacionais em saúde. O número de suicídio e de atestado médico da classe é altíssimo.”

“Portanto, não é privilégio. A certa altura de trabalho, precisamos de um descanso para a reposição física e mental, que é a licença especial”, frisou Sirlei. “Mas estamos cada vez mais perdendo direitos, a exemplo da data-base, que não recebemos”, apontou a policial militar.

Movimento na Assembleia Legislativa

As entidades que representam os servidores estão convidando a categoria para acompanhar a votação do PLC nº 9/2019 em Curitiba (PR). O objetivo é convencer os deputados estaduais que o projeto não apenas retira um direito fundamental como vai causar a piora dos serviços à população. Os ônibus de Foz do Iguaçu sairão na segunda-feira, 14, à noite.

Na primeira votação, o projeto de lei complementar recebeu 39 votos favoráveis. Pela manutenção do direito dos servidores, votaram 12 parlamentares. O projeto só irá para a sanção do governador se for aprovado em duas votações na plenária da ALEP.

Fonte: APP-Sindicato/Foz

Cultura, Geral,

Começa em Foz do Iguaçu, a semana de conscientização de acolhimento familiar

Nesta segunda-feira, 14, começa em Foz do Iguaçu, a Semana da Conscientização sobre o Acolhimento Familiar promovido pela Associação Fraternidade Aliança (AFA) em parceria com a Secretaria de Assistência Social. As ações visam conscientizar a comunidade acerca da importância do acolhimento familiar.

A AFA conta com o programa família acolhedora que proporciona proteção às crianças e adolescentes através do acolhimento temporário, o que contribui na garantia do direito à convivência em ambiente familiar e comunitário.

As ações da AFA, com o Município, buscam cumprir o preceito básico da Constituição no capítulo sobre a proteção da criança e do  adolescente. “É dever da família, da sociedade e do Estado assegurar à criança e ao adolescente, com absoluta prioridade, o direito à vida, à saúde, à alimentação, à educação, ao lazer, à profissionalização, à cultura, à dignidade, ao respeito, à liberdade e à convivência familiar e comunitária, além de colocá-los a salvo de toda forma de negligência, discriminação, exploração, violência, crueldade e opressão”, diz o artigo 277.

Segundo o plano municipal de acolhimento, são 100 das crianças e adolescentes que se encontram sob medida de proteção, 63 estão vivendo em acolhimento institucional sem a convivência familiar conforme preconiza o ECA (Estatuto da Criança e do Adolescente). “Este dado reforça a importância da manutenção e incentivo ao acolhimento familiar em nosso município”, diz a AFA.

Apoio – Para reordenar o serviço de acolhimento, desde o segundo semestre do ano de 2013, a prefeitura em parceria com a AFA, desenvolve o serviço de acolhimento familiar que atendeu mais de 115 crianças e adolescentes, bem como suas respectivas famílias. Para atendimento destes acolhimento, a entidade também já capacitou e certificou 55 famílias acolhedoras.

O Programa Família Acolhedora objetiva o acolhimento temporário de crianças e adolescente sem proteção em família e também cadastra, seleciona e capacita famílias para tal fim. Atualmente, o programa tem 32 famílias aptas e 37 crianças e adolescentes estão em acolhimento familiar aguardando a conclusão do processo.

Além dessas atividades, a equipe do programa busca apoio de empresários e líderes comunitários para viabilizar os serviços do programa e, se possível, até ampliar seu alcance. Mais informações poderão ser obtidas através do telefone (45) 3527-2856 ou na rua Paulino Ferreira, 56 – Bairro Boa Esperança, na Associação Fraternidade Aliança – (AFA) atrás do Caic do Porto Meira.

Brasil, Cultura, Destaques, Internacional,

Irmã Dulce é canonizada pelo papa e se torna a primeira santa brasileira

Religiosa baiana (1914-1992) teve dois milagres reconhecidos e passa a ser chamada de Santa Dulce dos Pobres

A religiosa baiana Maria Rita Lopes Pontes, a Irmã Dulce (1914-1992), foi canonizada neste domingo (13) pelo papa Francisco e se tornou a primeira santa brasileira. Ela teve dois milagres reconhecidos pela Igreja Católica e agora passa a ser chamada de Santa Dulce dos Pobres.

A cerimônia de canonização aconteceu na praça São Pedro, no Vaticano, em frente à basílica de mesmo nome, diante de autoridades e fiéis.

Iniciada às 5h10 (horário de Brasília), a missa teve uma liturgia específica para canonizações. Logo após cantos iniciais e a saudação do papa, o cardeal Angelo Becciu, prefeito da Congregação das Causas dos Santos, fez o pedido formal ao papa para que cincos beatos fossem considerados santos.

Leia o restante do artigo na Folha de S.Paulo

Brasil, Destaques, Economia, Política,

Menos FGTS e multa de rescisão: governo estuda novo contrato de trabalho para jovens e desempregados há mais de 2 anos

A equipe do ministro da Economia, Paulo Guedes, estuda propor a criação de uma nova modalidade de contrato de trabalho para jovens de 16 a 24 anos e também para pessoas em qualquer idade que estejam sem emprego formal há pelo menos dois anos, informa Laís Alegretti na BBC.

Com o discurso de estimular a geração de empregos, o projeto em discussão traz medidas para baratear a contratação de mão de obra.

A proposta é que, nesses contratos, as empresas não precisem pagar a contribuição patronal ao Instituto Nacional do Seguro Social (INSS). Além disso, prevê que os empresários tenham “descontos” na hora de pagar o FGTS (Fundo de Garantia do Tempo de Serviço) dos funcionários contratados nessa modalidade.

Segundo a BBC News Brasil apurou, o texto que está hoje na mesa prevê que, em vez de a empresa pagar uma alíquota de 8% da remuneração do funcionário à conta dele no FGTS, essa taxa fique em 2% nesses contratos.

Outro benefício para os empresários seria a redução da multa rescisória paga ao trabalhador em caso de demissão sem justa causa: 20% em vez dos atuais 40% do valor depositado na conta do trabalhador.

Leia o restante do artigo no site da BBC

Destaques, Estadual, Geral,

Foz Cataratas goleia o Campo Mourão no Futsal. Veja fotos!

O Time das 3 Fronteiras venceu Campo Mourão por 5 a 1, no jogo de ida pelas quartas de final da série ouro, no sábado, 12, em partida realizada no Ginásio Costa Cavalcanti, em Foz do Iguaçu. A torcida compareceu em peso, jogou junto com a equipe e mostrou a força das arquibancadas do Caldeirão Azul.

O Foz Cataratas dominou o confronto em todos os momentos. O grande destaque ficou por conta do jovem Fernandinho de apenas 19 anos, atleta da base do Foz Cataratas, que incendiou o jogo marcando dois gols nos primeiros minutos do confronto.

O jogo – Anderson abriu o placar com um belo gol no ângulo do goleiro Deivd. Na sequência Fernandinho, muito bem em quadra, marcou o segundo e terceiro gol para o Time das 3 Fronteiras. O primeiro tempo terminou em 3 a 0 para o Foz Cataratas.

No segundo tempo, Henrique Rafagnin fez um um gol da sua área, enquanto o adversário usava o goleiro linha. O Campo Mourão descontou com o pivô Fabio. Willian Mineiro fechou a goleada, aproveitando a falha do adversário, que seguia usando o goleiro linha.

Jogo de volta – O Foz Cataratas jogará contra o Campo Mourão, no domingo, 27 de outubro, às 11 horas, na Arena UTFPR. “O empate dá a vaga para o Time das 3 Fronteiras, porém, o Foz Cataratas vai buscar a vitória”, afirma o treinador Marlus Sokolowski.

Agenda – O Time das 3 Fronteiras jogará pelos Jogos Abertos do Paraná, de 16 a 20 de outubro, na cidade de Toledo. A competição contará com 12 equipes do estado.

Créditos fotografias: Nilton Rolin

AQUI para ler mais

Brasil, Destaques, Economia, Justiça, Política,

Abrabar vai replicar em Brasília ações contra cobrança do ECAD

A Associação Brasileira de Bares e Casas Noturnas (Abrabar) atendeu o pedido de empresários do Distrito Federal e vai replicar na capital brasileira ações na Justiça contra a cobrança de taxas pelo Escritório Central de Arrecadação e Distribuição (ECAD).

“Estamos organizando a categoria para obter, em Brasília, a mesma vitória que tivemos no Paraná”, disse Fábio Aguayo, presidente da entidade de classe, que esteve na capital federal durante a semana. No Paraná, empresários garantiram na Justiça uma vitória contra a cobrança praticada pelo ECAD.

O dinheiro, que foi arrecadado em conta judicial no período em que tramitou a ação, foi devolvido aos empresários associados da Abrabar. A intenção, segundo Aguayo, é levar as ações contra o ECAD para todo o Brasil e assim garantir decisão favorável aos setores de shows, eventos, bares e casas noturnas.

“Contamos com o apoio e participação de todos da categoria. A Justiça está do nosso lado, basta enfrentá-los e acabar com as chantagens e achaques, principalmente desmascará-los, que não são órgãos públicos e muito menos tem poder de fiscais. São meros arrecadadores e sem poder de polícia ou fé pública”, afirmou.

De acordo com Aguayo, para o próximo dia 22 de outubro, está prevista uma Assembleia Geral Extraordinária da entidade em Brasília. Durante o evento, programado para às 15h no Bamboa Brasil Show, os empresários irão autorizar a Abrabar entrar na Justiça para defender os interesses e cessar os abusos do ECAD no Distrito Federal.

Cultura, Destaques, Economia, Estadual, Geral, Meio Ambiente, Turismo,

Lindeiros ao lago Itaipu já estão em contagem regressiva para temporada do verão 2019/2020

No próximo fim de semana, a praia mais agitada da Costa Oeste começa a receber os turistas com um megashow gratuito

Os municípios localizados na orla do Lago de Itaipu já estão em contagem regressiva para o início da temporada das prainhas em seus respectivos balneários. A primeira abertura oficial será em poucos dias.

No próximo fim de semana, a praia mais agitada da Costa Oeste começa a receber os turistas com um megashow gratuito, informa O Paraná.

A abertura da Temporada de Verão 2019/2020 em Santa Helena (foto acima) contará com apresentação da banda Skank já no próximo sábado (19) a partir das 23h com acesso gratuito. Além dessa programação ocorre a 6ª Santa Helena Motorcycle.

O encontro de motociclistas é organizado pelo Grupo Forasteiros do Oeste em parceria com a prefeitura e ganhou forças desde o ano passado quando foi incorporado na programação da abertura da temporada.

Neste ano, a expectativa é receber turistas de todo o Brasil e de países vizinhos. A temporada se estende até fevereiro de 2020.

Há outros destaques ainda na programação de abertura. Na noite da próxima sexta-feira grupos locais e regionais fazem apresentações musicais.

No sábado ocorre a recepção dos motociclistas com café de manhã e, no decorrer do dia, as bandas comandam o espetáculo no palco central. Tudo de graça.

Após o show do Skank, sábado, haverá mais dois grupos musicais para fechar a noite. No domingo, a festa continua com música e show de manobras.

Santa Helena é conhecida nacionalmente por possuir espaços adequados para o turismo de eventos.

Para este ano, o balneário recebeu novos investimentos por meio de um convênio com a Itaipu Binacional e conta com iluminação em LED, quadras esportivas reformadas, areia nova, banheiros melhorados, segurança e manutenção cotidiana dos canteiros, ruas e quiosques.

Mais sossego
Não muito longe dali, no Distrito de Porto Mendes, em Marechal Cândido Rondon, está outro ponto bastante procurado pelos turistas na alta temporada, sobretudo por famílias com crianças.

As adequações estão na reta final e a temporada começa oficialmente de 15 a 17 de novembro com o Campeonato Sul-Brasileiro de Jet Ski com mais de 60 participantes, além de convidados do Paraguai, do Uruguai e da Argentina.

Segundo o secretário de Indústria, Comércio e Turismo, Sérgio Marcucci, o ecoturismo terá espaço de destaque por lá nesta temporada.

O primeiro grande evento nesse sentido já foi realizado com os Jogos de Aventura e Natureza no mês passado.

Entre as melhorias na estrutura está o recapeamento asfáltico na via principal do parque de lazer, a pintura dos atracadouros, postes, mesas e bancos do camping, além da troca de areia da quadra e a instalação de nova tela, a colocação de novos superpostes e a implantação de mais pontos de iluminação e refletores.

Brasil, Destaques, Economia, Itaipu,

Ponte da Integração: obra avança em Foz do Iguaçu

A nova ponte internacional, bancada com recursos da  usina de Itaipu, está com cronograma adiantado.

O consórcio responsável pela construção da Ponte da Integração Brasil-Paraguai, entre Foz do Iguaçu (PR) e Presidente Franco, já conclui a terraplenagem do canteiro de obras, iniciou a edificação do setor administrativo e está terminando os diques que vão permitir a execução das fundações da torre principal, na margem brasileira do Rio Paraná. Outro pilar idêntico, que terá 190 metros de altura, será construído na margem paraguaia.

A escavação para a construção da torre também está adiantada. A expectativa é que até o final de outubro comece a fase de desmonte de rochas. “Estamos dentro do cronograma, inclusive com algumas atividades adiantadas no lado brasileiro”, afirmou o gerente de contrato do consórcio, Osman Bove.

A construção da Ponte da Integração está sendo feita com recursos de Itaipu Binacional. Nesta sexta-feira (11), o diretor de Coordenação, general Luiz Felipe Carbonell, e empregados da diretoria estiveram no canteiro de obras e puderam acompanhar a evolução dos trabalhos. Cerca de cem empregados do setor, que é responsável pelo acompanhamento das obras, participaram da atividade.



“É um momento histórico para o pessoal da Diretoria de Coordenação, representando aqui Itaipu como um todo”, afirmou Carbonell. “Estamos muito satisfeitos de poder trazer esses profissionais que fazem parte da diretoria e trabalham diuturnamente para fazer com que isso aconteça.”
Carbonell também disse estar otimista com o ritmo de trabalho no canteiro de obras. “Temos a certeza de que vamos conseguir concluir essa ponte dentro do prazo estabelecido. É um desejo nosso, é um desejo do diretor-geral brasileiro, general Joaquim Silva e Luna, para que se cumpra essa meta”, salientou.

No lado paraguaio, o consórcio aguarda a resolução de entraves burocráticos para a passagem de equipamentos de uma margem a outra do rio. Essas mesmas dificuldades já foram sanadas no lado brasileiro, com a publicação de uma instrução normativa da Receita Federal que estabelece regime especial para a obra e dá mais agilidade aos processos aduaneiros.

“Todos os órgãos que necessitam estar envolvidos [para resolver o problema] já estão conversando e buscando um acordo, como o Ministério de Relações Exteriores e a Receita Federal. A Itaipu está fazendo a mediação para que isso ocorra o mais rápido possível”, indicou Carbonell.

Silva e Luna lembrou que a decisão de investir na construção da nova ponte internacional está em sintonia com as diretrizes do governo do presidente Jair Bolsonaro, priorizando recursos para obras estruturantes e que deixem um legado para a sociedade. Além da ponte, Itaipu está viabilizando recursos para outros projetos importantes, como a ampliação do Aeroporto Internacional de Foz do Iguaçu e modernização do Hospital Ministro Costa Cavalcanti (HMCC) – entre outros.

O diretor-geral brasileiro lembrou que a viabilidade dessas obras só é possível graças aos esforços de cada empregado da usina. “Queremos que no futuro todos da empresa tenham orgulho de ter feito parte dessa história. Um sentimento de pertencimento que deve ser compartilhado por toda nossa gente”, disse.

Como vai ser
A Ponte da Integração vai ligar Foz do Iguaçu (Brasil) a Presidente Franco (Paraguai) e ajudará a aliviar o trânsito de veículos pesados Ponte da Amizade, hoje única ligação entre os dois países sobre o Rio Paraná.
A nova estrutura terá 760 metros de comprimento e vão-livre de 470 metros, com duas torres de 120 metros de altura. A pista será simples, com 3,7 metros de largura de cada lado, acostamento de 3 metros e calçada de 1,70 metro.

O investimento previsto é de R$ 463 milhões, dos quais R$ 323 milhões serão usados na ponte e R$ 140 milhões nas obras da Perimetral Leste, ligação entre a nova ponte e a BR-277. A previsão é que as obras sejam concluídas em três anos. O Governo do Estado é responsável pela gestão da obra.

A Itaipu
Com 20 unidades geradoras e 14 mil MW de potência instalada, a Itaipu Binacional é líder mundial na geração de energia limpa e renovável, tendo produzido, desde 1984, mais de 2,6 bilhões de MWh. Em 2016, a usina brasileira e paraguaia retomou o recorde mundial anual de geração de energia, com a marca de 103.098.366 MWh. Em 2018, a hidrelétrica foi responsável pelo abastecimento de 15% de toda a energia consumida pelo Brasil e de 90% do Paraguai.