1 cabeza 2022 (150 px × 50 px) (1)

Cabeza News desta quinta, 29

Brasília(DF), 25/04/2016 - Eleição dos membros do Comissão Especial que analisará processo de impeachment da presidente Dilma Rousseff no Senado Federal - Na foto senador Renan Calheiros - Foto: Daniel Ferreira/Metrópoles

Contra Requião
Cada vez mais está tomando corpo a articulação dentro do MDB, para tirar da presidência estadual o senador Roberto Requião. Esta semana, uma ala do partido decidiu radicalizar para conter o que consideram “desmandos” com os últimos acontecimentos. Capitaneados por prefeitos e lideranças históricas, o grupo enviou ofício ao presidente nacional, o senador Romero Jucá, pedindo o afastamento de Requião da presidência e realização imediata de convenção.

Argumentos
Na carta, listam atos e ações que consideram fundamentais para terem o pleito atendido. Entre os argumentos o desempenho fraquíssimo do partido nas eleições deste ano. Em 2014 o MDB fez 771 mil votos e ganhou oito cadeiras na Assembleia Legislativa. Este ano, fez 271 mil votos, 65% a menos e fez duas cadeiras.

Argumentos II
Para a Câmara Federal, os números praticamente se repetiram. Em 2014, o MDB conquistou 747 mil votos, elegendo quatro parlamentares. Este ano, o número caiu para 302 mil votos (redução de quase 60%) e apenas duas cadeiras

Mimo federal
O Congresso em Foco adianta que o Senado pagará em janeiro R$ 101.289,00 para cada senador reeleito, o equivalente a três salários dos congressistas. Isso porque, além do subsídio referente àquele mês, os oito reeleitos receberão duas vezes o valor de R$ 33.763, referente à chamada “ajuda de custos”.

Mimo II
O decreto que regulamenta a verba indenizatória diz que a ajuda serve para “compensar as despesas com mudança e transporte”. O pagamento é feito sempre no início e no fim do mandato.

Mimados
Os “contemplados” serão os oito senadores reeleitos Ciro Nogueira (PP-PI); Eduardo Braga (MDB-AM); Humberto Costa (PT-PE); Jader Barbalho (MDB-PA); Paulo Paim (PT-RS); Petecão (PSD-AC); Randolfe Rodrigues (Rede-AP), e Renan Calheiros (MDB-AL, foto). Desses, só Braga e Randolfe informaram publicamente que vão abrir mão do auxílio.

Cultura na praça
O próximo sábado (1º de dezembro) será de cultura na Praça 7 de Setembro, na região do bairro Morumbi em Foz do Iguaçu. Trata-se da sétima edição do Festival de Cultura, organizado pelos coletivos Underground e Morumbi, que terá diversas formas de manifestação cultural – música, danças, circo, teatro e DJs.

Praça II
A programação será das 16h às 22h30, segundo adiantou Giovani Fagundes, o Lixo. No set list estão Professor Ligth Holder, Davi Sebastian Blues, Banda Expressão Latina, Jam Punk, DJ Meira, Tributo ao Queen (Niltinho), Mil Réis, Sync Your Life e a cantora Estela Rodrigues.