1 cabeza 2022 (150 px × 50 px) (1)

Cabeza News desta quinta, 6

Fazer história
O deputado federal reeleito e primeiro-secretário Fernando Giacobo (PR) quer fazer história e ser o primeiro paranaense a chegar à presidência da Câmara Federal. “Vai bem, posso dizer que vai bem, estamos trabalhando. Não é algo tão fácil”, disse ele, em recente passagem por Foz do Iguaçu. “É a disputa mais acirrada que vou enfrentar nos meus cinco mandatos como deputado federal”, ressaltou.

História II
“É um cargo importantíssimo e um paranaense pode ocupar pela primeira vez na história política do Paraná, que nunca teve um presidente da Câmara Federal”, comentou Giacobo. Que completou :”Mas nós vamos firme, se Deus quiser nós vamos encarar esta de cabeça erguida”. O sucessor do presidente Rodrigo Maia (DEM-RJ) deverá ser definido no dia 1º de fevereiro de 2019.

Nova política
O governador eleito do Paraná, Ratinho Junior, participou ontem (5) de um conversa com o apresentador Luciano Huck, no Rio de Janeiro. Huck, que chegou a ser cotado para candidato a presidente da República, lidera um movimento da nova política.

Política II
“Foi um conversa prazerosa e com muita sintonia. Discutimos como renovar a política a partir do engajamento dos cidadãos comuns”, detalhou Ratinho Junior, segundo o Bem Paraná.

Madero
Na avaliação do futuro governador, a sintonia com Huck inclui preocupações com o Paraná. O apresentador se tornou sócio do empresário paranaense, de Prudentópolis, Júnior Durski, do Madero, rede de restaurantes que deve encerrar o ano com 140 filiais pelo Brasil.

Tô fora
Um dos herdeiros do clã Richa, Marcello Richa (foto), não quer saber mais de política, segundo notas veiculadas em blogs da capital ontem. A decisão foi motivada pelos problemas enfrentados pelos pais dele – Beto Richa e Fernanda Richa, que acabaram presos durante a campanha eleitoral, junto com o tio Pepe Richa.

Fora II
Marcello liberou os assessores para procurarem novos caminhos, já que deseja ficar “longe de confusões”. Bom recordar que seu avô, o ex-governador José Richa, não queria que seu filho, Beto Richa, entrasse para a política, mas depois acabou aceitando e até apoiando.

Mais ou menos
O PR, partido com a terceira maior bancada no Congresso Nacional, recebeu ontem (5) o presidente eleito Jair Bolsonaro. Logo após o tête-à-tête, o presidente Valdemar Costa Neto saiu dizendo que o PR irá apoiar Bolsonaro, mas sem garantia de voto.

Justificativa de voto
Os eleitores que não votaram no primeiro turno das eleições deste ano, em 7 de outubro, têm até hoje (6) para regularizar sua situação eleitoral. No Brasil, o voto é obrigatório para cidadãos a partir de 18 e menores de 70 anos de idade.

Justificativa II
Quem não votou e não justificou no dia da eleição, pode ser punido com multa. A quitação com a Justiça Eleitoral é necessária para, por exemplo, tomar posse em cargo público, fazer matrículas em instituições de ensino superior e, no caso de servidor público, receber o salário e tirar passaporte.