Browsing Category

Busão Foz

Busão Foz, Destaques, Economia, Foz do Iguaçu, Política,

Prefeito Chico Brasileiro decreta fim no contrato do transporte coletivo urbano de Foz do Iguaçu

Prefeitura declara situação de emergência no sistema de transporte coletivo e empresas devem prestar serviços por mais 45 dias

O prefeito Chico Brasileiro decretou nesta quarta-feira, 22, a caducidade do contrato com o Consórcio Sorriso, que opera o sistema de transporte público de Foz do Iguaçu desde 2010. O contrato venceria daqui a quatro anos, mas uma série de irregularidades durante e na pós-pandemia levaram, após processo administrativo instaurado em junho, culminou no fim da concessão das três empresas do consórcio.

Um dos principais fatores considerados no processo administrativo é o descumprimento em relação à frota, reduzida de 158 ônibus para 104 sem autorização da prefeitura, o que causou prejuízos aos usuários, como superlotação e atrasos.

A caducidade vale após 45 dias, a partir da publicação do decreto, para que os serviços prestados não sejam interrompidos abruptamente. Neste período, as empresas do consórcio devem manter a operação das linhas aos usuários, nas mesmas condições definidas no contrato de concessão.

Solução definitiva

Chico Brasileiro afirmou que técnicos da prefeitura e do Foztrans estão há meses estudando uma solução definitiva para o atual colapso no sistema. “Mas, isso, claro, dentro da legalidade e respeitando todos os procedimentos necessários, para que não haja um retrocesso. O decreto da caducidade é resultado de todo este esforço”, completa.

Brasileiro aponta sete considerações para decretar o fim do contrato, entre elas, as normas e princípios administrativos que determinam a garantia de atendimento à população de forma ética, eficaz e eficiente. E ainda ao disposto na lei federal de concessão e permissão ao considerar que o “serviço adequado é o que satisfaz as condições de regularidade, continuidade, eficiência, segurança, atualidade, generalidade, cortesia na sua prestação e modicidade das tarifas”.

Ainda considerou que o consórcio Sorriso tem descumprido as determinações e que o Poder Concedente (Município) tem o dever de, preventivamente, neutralizar quaisquer ameaças à prestação regular e estancar a deterioração do serviço, tendo por objetivo central assegurar sua adequada continuidade em ordem a obviar situações de indesejável transtorno social.

Serviços

Expirado o prazo de 45 dias, o Consórcio Sorriso deverá “disponibilizar os equipamentos, hardware, software e dados do sistema de bilhetagem eletrônica e da central de vendas de créditos eletrônicos, nos termos da cláusula 28ª do contrato nº 135/2010”, diz o parágrafo 1º do artigo 2º do decreto.

Para garantir a continuidade dos serviços e o direito dos usuários, a concessionária deverá, no prazo de 48 horas, disponibilizar o acesso integral a todos os dados que compõem o sistema de bilhetagem eletrônica – diz, em suma, o parágrafo 2º do mesmo artigo.

As três empresas e o consórcio também foram suspensos por dois anos de participação em licitação e contratar com a administração pública.

O artigo 4º também declara a emergência no transporte coletivo municipal para evitar a descontinuidade do serviço e autoriza a prefeitura à contratação emergencial, nos termos legais, de serviços.

Comissão especial

O prefeito ainda constitui comissão especial para a transição até que ocorra a contratação emergencial da nova empresa que vai explorar o serviço público de transporte coletivo municipal.

Integram a comissão José Elias Castro Gomes (secretário da Governança e Transparência), Licerio Santos (superintendente do Foztrans), José Borges Bomfim Filho (Secretaria de Turismo e Projetos Estratégicos), Enir Becker Foztrans) e Raphael Buiar Pereira de Camargo ( Secretaria de Administração). A comissão será presidida por José Elias Castro Gomes.

O decreto que será publicado ainda hoje é assinado pelo prefeito Chico Brasileiro e pelos secretários Nilton Bobato (Administração), Licerio Santos (Foztrans) e José Elias Castro Gomes (Transparência e Governança).

“A comissão terá a importante missão de realizar um processo rápido, dentro da legalidade, com transparência e eficiência. E o mais importante: que atenda à população iguaçuense, que precisa ter um transporte público da qualidade, à altura de Foz do Iguaçu, uma cidade prestigiada nacionalmente e internacionalmente”, afirma José Elias Castro Gomes.

Leia aqui a íntegra do decreto: https://bit.ly/3FoT0Fn.

Busão Foz, Foz do Iguaçu, Geral,

Foz Cataratas Futsal feminino sub 20 conquista vice campeonato paranaense

As meninas do Foz Cataratas Futsal (Sub-20) feminino conquistaram o vice campeonato da categoria, no certame final realizado na cidade de Londrina, de 11 a 12 de dezembro. As meninas do Azulão disputaram 10 jogos no campeonato paranaense, ganharam seis partidas, empataram dois jogos e sofreram duas derrotas.

O desempenho da equipe foi muito positivo em 2021.Em especial, no paranaense, a equipe disputou em alto nível com jogos de alta intensidade, em um espaço curto de tempo. As meninas venceram o Marechal e Colombo, e infelizmente, perdeu o último jogo para as donas da casa, a equipe de Londrina.

Para a treinadora, Mayara, o ano foi muito produtivo e de conquistas. “A equipe conseguiu melhorar o entrosamento jogo a jogo. O grupo ganhou forma e os resultados apareceram. Chegamos a fase final deste disputado campeonato e conquistamos o vice campeonato’’, destacou Mayara.

Formação Foz Cataratas Futsal feminino (Sub-20) – A equipe vice-campeã do campeonato paranaense é dirigido pela treinadora Mayara, e tem na comissão técnica, Cindy (auxiliar técnica) e Talia Zilch (fisioterapeuta). O elenco de jogadoras contou com Brenda, Karina, Ana Maria, Duda, Julia, Bruna, Gesielly, Mayra, Lais, Letícia, Ingrid, Gabriela e Dudinha.

Busão Foz, Foz do Iguaçu, Geral,

Prefeitura de Foz do Iguaçu com instabilidade em sistemas e internet

A Prefeitura de Foz do Iguaçu, por meio da Secretaria de Tecnologia da Informação, esclarece que nesta segunda-feira (13) alguns sistemas ficaram inacessíveis devido ao rompimento de fibra óptica que interliga uma das estruturas que armazena os servidores da infraestrutura da administração municipal.

Entre os sistemas afetados, estão plataformas de uso interno e administrativo, e o portal da prefeitura. Ainda na data de ontem, as equipes terceirizadas restabeleceram os serviços, que agora estão operando dentro da normalidade.

Internet
Desde a última semana, a internet nos prédios públicos da prefeitura tem apresentado instabilidade. A Secretaria de Tecnologia da Informação, juntamente com a empresa responsável pelo serviço, tem atuado para que o problema seja resolvido o mais rapidamente possível, a fim de não prejudicar os serviços prestados à população.

Os equipamentos estão em garantia e a previsão é que sejam entregues ainda nesta terça-feira duas novas máquinas que devem normalizar os serviços.

Fonte: Assessoria

Busão Foz, Economia, Foz do Iguaçu, Paraná,

Pedidos no “Registrar é Legal” podem ser solicitados até 20 de dezembro

Programa da Prefeitura de Foz do Iguaçu facilita condições para regularização do Imposto de Transmissão de Bens Imóveis

O prazo de pedidos no Registrar é Legal, programa de incentivos para regularização do ITBI – Imposto de Transmissão de Bens Imóveis, vai até o próximo dia 20 de dezembro, alerta a secretária municipal da Fazenda, Salete Horst.

As solicitações valem para imóveis comprados até 31 de dezembro de 2020. “Os proprietários que fizerem o pedido até o dia 20 terão um dia para efetuar o pagamento”, disse.

O “Registrar é Legal” regulariza na prefeitura a casa ou terreno comprado sem o devido registro na prefeitura. “A pessoa tem esse imóvel e, por algum motivo, não fez o registro. Ela tem o contrato de compra e venda, e até a escritura, mas não fez o registro, que é o documento final que vai dizer se esse imóvel de fato é seu”, disse Salete.

Ao adquirir um imóvel é preciso pagar o ITBI, que tem uma alíquota de 2% sobre o valor total. O programa criou uma tabela com desconto para as pessoas que adquiriram antes do dia 31 de dezembro do ano passado.

“Este alerta é justamente para as pessoas que estão com a casa, ou que conhecem alguém que comprou um imóvel e ainda não fez o registro. A intenção é ajudar justamente essas pessoas que por algum motivo ainda não têm o registro definitivo do imóvel, facilitando as condições para o pagamento”.

Como fazer

Os pedidos podem ser feitos pelo protocolo digital no site da Secretaria da Fazenda. Após preencher o requerimento, é preciso anexar o contrato de compra e venda ou a escritura do imóvel.

Toda a documentação é avaliada pela Secretaria Municipal da Fazenda. O contribuinte tem até 21 de dezembro para fazer o pagamento e iniciar a transferência do mesmo. “Assim, a pessoa poderá ficar tranquila e virar o ano sabendo que aquele imóvel é regular e é dela”, disse Salete.

Projeção de redução da alíquota do ITBI pelo Registrar é Legal:

  • Lotes não edificados com valor base de cálculo de até R$ 150.000,00 alíquota de 0,5%;
  • Lotes não edificados com valor base de cálculo de R$ 150.000,01 até R$ 300.000,00 alíquota de 1,0%;
  • Lotes não edificados com valor base de cálculo de R$ 300.000,01 até R$ 500.000,00 alíquota de 1,5%;
  • Lotes edificados com base de cálculo até R$ 300.000,00 alíquota de 0,5%;
  • Lotes edificados com base de cálculo de R$ 300.000,01 até R$ 500.000,00 alíquota de 0,75%;
  • Lotes edificados com base de cálculo de R$ 500.000,01 a R$ 1.000.000,00 alíquota de 1%;
  • Lotes edificados com base de cálculo acima de R$ 1.000.000,01 alíquota de 1,50%.
Busão Foz, Foz do Iguaçu, Justiça, Paraná,

Fronteira de Foz do Iguaçu terá reforço da Força Nacional de Segurança

Força Nacional vai atuar em conjunto com policiais estaduais e federais no combate ao contrabando, tráfico de drogas e de armas

O Ministério da Justiça e Segurança Pública autorizou nesta segunda-feira (29) a atuação de 80 policiais da Força Nacional de Segurança Pública em Foz do Iguaçu e outras três cidades do Paraná (Guaíra, Icaraíma e Alto Paraíso) na fronteira com o Paraguai. O reforço ficará na fronteira entre 1º de dezembro e 5 de março de 2022.

O efetivo, de acordo com portaria do ministro Anderson Torres publicada no Diário Oficial da União, busca fortalecer e colaborar nas ações conjuntas com as forças policiais de fronteiras. Entre as atividades atribuídas à Força Nacional estão a fiscalização, pontos de bloqueios, patrulhamentos e abordagens com o intuito de localizar criminosos, contrabandistas, armas, drogas e outros ilícitos.

O secretário estadual de Segurança, Romulo Marinho Soares, disse que os policiais da Força Nacional fortalecem o combate aos crimes na região que, comumente, podem aumentar nesta época do ano. Marinho se refere principalmente ao contrabando e o tráfico de armas e de drogas.

Atuação conjunta

“É importante ressaltar que nesse período do ano, estamos com maior fluxo de pessoas devido às compras, viagens, férias, além da Operação Verão e da abertura das cancelas dos pedágios. Por isso, pedimos este reforço, que é bem-vindo e vai ajudar muito a população da região de fronteira”, destacou.

A operação terá o apoio logístico da Secretaria Estadual da Segurança Pública e em caso de necessidade, a presença dos policiais da Força Nacional poderá ser prorrogada. “A Força Nacional vai combater, junto com as forças estaduais que já fazem um excelente trabalho, a criminalidade em toda área”, disse Marinho.

Desde 2004 a Força Nacional tem atuado em conjunto com as forças estaduais, por meio de programa de cooperação federativa entre a união através do Ministério da Justiça e Segurança Pública e os estados. O efetivo é composto por policiais militares e civis, bombeiros militares e profissionais de perícia.

Busão Foz, Destaques, Educação, Foz do Iguaçu, Geral,

Prefeitura de Foz credencia papelarias para receber cartão da criança escolar

Abertura do credenciamento dos estabelecimentos que poderão fornecer material para os alunos da rede municipal de ensino foi autorizada pelo prefeito Chico Brasileiro na segunda-feira (22)

O prefeito Chico Brasileiro anunciou na segunda-feira (22) a abertura do credenciamento de papelarias e empresas afins, no centro e nos bairros, que estarão aptas a receber o cartão da criança escolar e fornecer material para 27 mil alunos das escolas e centros municipais de educação infantil de Foz do Iguaçu. Chico Brasileiro também assinou a licitação para compra de 1,5 mil tablets aos estudantes do quarto ano e todos os professores da rede pública municipal infantil de ensino.

O programa de auxílio de material escolar prevê investimentos de R$ 4 milhões. A Secretaria Municipal de Educação também iniciou a entrega de vale-livros para estudantes e professores interessados na feira do livro. A pasta reservou R$ 500 mil para esta ação. “No próximo ano, vamos entregar um auxílio para tal fim. Este ano, o aluno e o professor poderão escolher um livro na feira”, disse a secretária Maria Justina da Silva.

O cartão escolar, segundo o prefeito, vai atender todas as crianças matriculadas na rede pública municipal, desde do maternal ao berçário. “Serão R$ 80 (berçário), R$ 120 (maternal), R$ 160 (pré-escola – infantil 4 e 5), R$ 165 (ensino fundamental, do 1º ao 3º ano) e R$ 180 (alunos do 4º e 5º ano do ensino fundamental). Para a Educação de Jovens e Adultos serão destinados R$ 160 por aluno”.

Tablets

“É o maior investimento da história de Foz do Iguaçu na educação pública municipal”, destacou Chico Brasileiro. A rede pública municipal é formada por 50 escolas e 42 centros de educação infantil. Cada aluno vai receber um cartão eletrônico com chip e/ou tarja magnética, com utilização restrita a compra dos materiais nos estabelecimentos credenciados.

Nas papelarias, só poderão ser adquiridos itens especificados na lista disponibilizada pela Secretaria Municipal da Educação. Poderão participar estabelecimentos varejistas de artigos de papelaria e material escolar, que tenham o CNAE de papelaria definido em sua atividade primária, com sede em Foz do Iguaçu. Com os cartões, as famílias terão até 180 dias para adquirir os produtos.

Os tablets, adianta o prefeito, servirão de suporte para pesquisas e implementação completa do livro de registro de classe, sistema de registro digital de notas e presenças dos alunos. O investimento do município é de R$ 2,4 milhões. “Esses equipamentos, com tecnologia de ponta, vêm para auxiliar o professor em sala de aula, potencializando as diversas formas de ensino”, afirma.

Busão Foz, Destaques, Foz do Iguaçu, Itaipu Binacional,

Turismo de Itaipu retoma visitas técnicas nos finais de semana e feriados

Venda de ingressos para o Itaipu Especial já está aberta no site do Complexo Turístico Itaipu (CTI). Serão adotados protocolos rigorosos de segurança, incluindo a exigência das duas doses da vacinação contra a covid-19

Fechado desde 18 de março de 2020, por causa da pandemia de covid-19, o passeio Itaipu Especial, um circuito técnico com passagens por áreas internas e externas da usina de Itaipu, volta a receber turistas neste final de semana. As primeiras visitas serão no sábado (27) e no domingo (28), em dois horários: às 10h e às 15h. Os ingressos já podem ser comprados no site do CTI (www.turismoitaipu.com.br).

Para garantir a segurança de visitantes e equipe técnica, o Complexo Turístico Itaipu (CTI) adotou protocolos rigorosos, incluindo a exigência do ciclo completo de vacinação contra a covi-19, com a última dose tomada no mínimo depois de 14 dias. O turista deverá apresentar a carteira de vacinação antes do embarque, no Centro de Recepção de Visitantes (CRV). Também será obrigatório o uso de máscara em todo o percurso.

Por enquanto, o Itaipu Especial será oferecido apenas nos finais de semana e feriados, com disponibilidade entre 20 e 40 vagas por saída. Após um período de testes, o passeio poderá ser ampliado para outros dias da semana. A gerente de negócios do CTI, Silvana Gomes, diz que o avanço da vacinação em todo o País e a queda do número de casos e internações permitiram a retomada do atrativo.

A expectativa é que a procura pelo passeio seja elevada em função do início da alta temporada, a partir de dezembro. “O Itaipu Especial é um dos passeios mais desejados pelo turista que visita Foz do Iguaçu. Nós nos preparamos para recebê-lo com qualidade e segurança”, disse Silvana.

O diretor-geral brasileiro de Itaipu, general João Francisco Ferreira, avalia que o retorno das visitas técnicas à usina representa um marco para a retomada da principal atividade econômica de Foz do Iguaçu, que foi um dos setores que mais sofreram com a pandemia.

“O Destino Iguaçu fez a sua lição de casa, a vacinação avançou no Brasil mais do que em muitos países da Europa, e hoje somos um dos destinos mais seguros do Brasil para visitar. Projetamos um 2022 com intensa movimentação, com benefícios para toda o segmento do turismo”, afirmou o general.

Por dentro da usina

O Itaipu Especial oferece um giro completo pela gigante de energia, com paradas dentro e fora da hidrelétrica. Além do Mirante Central, que permite uma vista panorâmica da barragem, o turista vai conhecer a Sala de Comando Central (CCR); passar ao lado dos condutos forçados (os enormes tubos brancos por onde escoam cerca de 700 mil litros de água por segundo); e percorrer a galeria dos geradores, de onde é possível ver as tampas das 20 unidades geradoras.

O visitante também terá a oportunidade de descer de elevador até a cota 92 acima do nível do mar e observar o eixo de uma das turbinas em pleno funcionamento; e depois subir ao topo da barragem, na cota 225 acima do nível do mar, e contemplar a imensidão do reservatório. Todo o passeio é guiado (em português, inglês e espanhol), com informações técnicas e curiosidades sobre os pontos visitados.

Por ser um circuito em área industrial, onde a produção de energia não para, o turista deverá atender a alguns requisitos, como ter 14 anos ou mais; usar calçado sem salto ou salto com até três centímetros de altura; largura mínima também de três centímetros, preso ao calcanhar; e roupa na altura do joelho, sem fendas ou transparências.

O valor do ingresso é de R$ 130. Moradores dos municípios da região binacional e lindeiros ao Lago de Itaipu têm desconto de 50%.

Outras novidades

A volta do Itaipu Especial não é a única novidade do Turismo de Itaipu. A partir de dezembro, os passeios voltam a ser diários, com exceção do Refúgio Biológico Bela Vista (RBV), que fechará para manutenção somente nas segundas-feiras. Desde março, todos os atrativos (incluindo o Refúgio) não abriam na terça-feira.

Também a partir do dia 1º de dezembro, os passeios terão novos preços. O Itaipu Panorâmica passa de R$ 42 para R$ 46; a Itaipu Iluminada, de R$ 45 para R$ 48; e o Refúgio Biológico, de R$ 30 para R$ 35. Nesses três passeios, moradores dos municípios lindeiros não pagam ingresso.

Todas as informações, como preços e horários, e compra antecipada dos ingressos, podem ser feitas diretamente no site do Turismo Itaipu (www.turismoitaipu.gov.br).

Confira o roteiro do Itaipu Especial

  • Apresentação no Centro de Recepção de Visitantes de Itaipu;
  • Deslocamento de ônibus para a usina para visita às áreas externas e internas;
  • Passagem pelo Canal da Piracema, sem parada;
  • Cota 144 – Barragem Principal (catedrais), com vista do leito original do Rio Paraná;
  • Cota 145 – Sala de Despacho de Carga (SDC);
  • Cota 139 – Sala de Controle Central (CCR);
  • Cota 108 – Hall dos Geradores;
  • Cota 92 – Eixo da turbina de unidade geradora;
  • Cota 225 – Crista da Barragem, com parada;
  • Mirante do Vertedouro, com parada;
  • Mirante Central, com parada e exibição do filme institucional da usina;
  • Término da Visita e retorno ao Centro de Recepção de Visitantes.
Busão Foz, Foz do Iguaçu, Paraná,

Domingo é dia de torcer no Caldeirão Azul

O Azulão das 3 Fronteiras tem um grande duelo pela semifinal da Liga Nacional neste domingo, 21 de novembro, às 11 horas, no Ginásio Costa Cavalcanti, o Caldeirão Azul. O Foz Cataratas vai jogar diante da sua torcida e planeja conquistar um importante resultado, neste primeiro jogo, contra o Magnus.

A torcida é fundamental para esse jogo. O evento será mais uma celebração do time com os torcedores, depois de tanto tempo distantes, por conta da pandemia. Para o técnico Banana, a torcida de Foz do Iguaçu dará mais um show neste domingo. “Essa torcida é única no Brasil, é uma torcida apaixonada pelo time, é uma torcida que joga junto com o time”, elogiou Banana.

Expectativa – O ala e capitão do time, Neto, conta que o time está focado na primeira partida. “A atmosfera do grupo e a dedicação aos treinamentos farão a diferença mais uma vez. Aproveito para convidar a população de Foz do Iguaçu. Venham ao Caldeirão Azul ajudar o time. Vamos repetir a festa dos últimos jogos”

O povo de azul no ginásio – O time convida todos os torcedores a comparecem ao Ginásio Costa Cavalcanti, no domingo, com a camisa do Foz Cataratas Futsal para ajudar a equipe a obter a vitória e encaminhar a vaga para a final. Quem não tiver uma camisa do time, venha com outra camisa azul. O importante é estar com azul. Para esse jogo serão disponibilizados três mil ingressos. O serviço de bar do ginásio funcionará com a venda de água, chope e refrigerante.

Venda de ingressos – Os ingressos antecipados para a partida do domingo, 21, são vendidos exclusivamente nas lojas Leve, localizadas na Avenida Brasil, 1.079 (Leve Calçados), e Avenida Brasil, 884 (Leve Confecções). O valor antecipado é de R$ 30 (inteiro) e R$ 15 (meia-entrada).

Compras de entradas acima de R$ 50 podem ser parceladas no cartão de crédito. Os ingressos são limitados. No final de semana, o time fará a venda dos tíquetes na bilheteria do ginásio, sábado (manhã e tarde) e domingo (manhã), conforme a disponibilidade de ingressos.

Tudo sobre o Foz Cataratas Poker Futsal:
www.fozcataratasfutsal.com.br
fozcataratasfutsal@gmail.com
Whats atendimento torcedor: (45) 9137-6713

Canais nas redes sociais:
Facebook: @cataratas.futsal
lnstagram: @fozcataratas_futsal
Twitter: @Futsalcataratas

Brasil, Busão Foz, Destaques, Foz do Iguaçu, Turismo,

Vídeo mostra panorâmica da Tríplice Fronteira, do alto da roda gigante, novo atrativo turístico de Foz. Assista!

Circula em grupos de WhatsApp um vídeo mostrando uma panorâmica em 360 graus do alto da roda gigante, mais novo atrativo turístico de Foz do Iguaçu, que fica ao lado do Marco das 3 Fronteiras.

Na peça, é possível observar o rio Paraná com a margem paraguaia ao fundo, as torres da futura Ponte Internacional da Integração que vai unir o Brasil ao país vizinho, a foz do rio Iguaçu com o rio Paraná, os marcos das fronteiras e a margem argentina ao fundo.

Na margem do Paraguai vista do alto da roda gigante a partir de Foz do Iguaçu, ao fundo, temos a cidade de Presidente Franco. No lado argentino, ao fundo, encontramos Puerto Iguazú.

Assista abaixo:

Num dos detalhes é possível observar a diferença na coloração das águas dos dois rios no ponto exato da Tríplice Fronteira entre Brasil, Paraguai e Argentina.

A roda gigante de Foz do Iguaçu deverá ser inaugurada ainda em novembro deste ano (AQUI para relembrar).

Busão Foz, Destaques, Foz do Iguaçu, Paraná,

16ª Feira Internacional do Livro de Foz do Iguaçu irá homenagear a autora paranaense Alice Ruiz

Poetisa fará a abertura do evento, no sábado, 20. Edição de 2021 preza pela diversidade de gêneros e literatura

A Fundação Cultural de Foz do Iguaçu divulgou a programação da 16ª Feira Internacional do Livro, que será realizada de 20 a 27 de novembro, no Clube Gresfi. A escritora homenageada será a poetisa paranaense Alice Ruiz, que fará a abertura do evento no sábado (20).

Nesta edição, a curadoria prezou pela diversidade de gênero e literatura, como a presença do escritor indígena Daniel Munduruku, que também estará na abertura do evento, no sábado (20), e Eliane Potiguara, também escritora e ativista indígena, que fará uma palestra na terça-feira (23).

A lista de convidados também inclui Kiusam de Oliveira, autora de livros infantis com enfoque na luta antirracista por meio da literatura. Ela irá se apresentar na quarta-feira (24).

O evento terá autores de renome no Paraná, como Yuri Al’hanati; Caê Guimarães e Giovana Madalosso.

Entre as presenças do cenário nacional estão Henrique Rodrigues; Marçal Aquino; Aline Bei e André de Leones. Como presença internacional, o argentino Luciano Lamberti, para falar sobre a literatura e integração Latino-Americana.

Reencontro com a população

O diretor-presidente da Fundação Cultural, Juca Rodrigues, destaca que será o momento esta edição da Feira do Livro ganha um destaque especial após o cancelamento da edição de 2020, por conta da pandemia. “Em ações de promoção cultural, a Feira do Livro é um carro-chefe, pois se trata de uma semana dedicada à literatura, arte e cultura. A programação que escolhemos é muito rica em diversidade, o que combina com uma cidade como Foz, que acolhe tantas culturas distintas”, afirmou.

A organização é feira por uma junção de trabalho das secretarias de Turismo, Trabalho, Juventude e Capacitação, Educação e Fundação Cultural. Para a diretora de Cultura, Thaisa Praxedes, é importante que toda a comunidade prestigie o evento e compareça para conhecer novos autores e obras.

“O universo literário é muito encantador. Todos os dias há algo novo para descobrir, ler e pesquisar, por isso temos essa semana separada para enriquecer ainda mais a nossa cidade com a cultura”, ressaltou.

Distribuição de vale-livros

Como já é tradição durante as edições da Feira do Livro, a Secretaria Municipal da Educação começou a distribuir os mais de 20 mil vale-livros para os alunos matriculados na Rede Municipal de Ensino. As trocas poderão ser feitas no estande da secretaria.

A distribuição começou na última semana e ocorre de forma escalonada para os diretores das 50 escolas e 41 CMEIS (Centros Municipais de Educação Infantil). A Prefeitura de Foz do Iguaçu investiu R$ 606 mil na aquisição dos livros.

A Secretaria da Educação também utilizará uma reserva com mais de 3 mil exemplares que serão direcionados aos professores.

Os alunos farão visitas programadas à Feira do Livro com as próprias escolas, mas também poderão escolher os títulos durante visitas com os familiares. O projeto vale-livro existe desde 2014 na Rede Municipal de Ensino e tem como proposta incentivar a leitura entre os estudantes.

Confira a programação

SÁBADO | 20/11

Horário 20h – 21h

Alice Ruiz e Daniel Munduruku

Literaturas em tempos de paz e guerra (Daniel)

Pode haver um dia

em que a poesia

mude de endereço? (Alice)

DOMINGO | 21/11

Henrique Rodrigues e Yuri Al’Hanati

“Crônica e a poética do cotidiano”

SEGUNDA | 22/11

Marçal Aquino (virtual)

Memória, história e literatura na construção da ficção.

TERÇA | 23/11

Eliane Potiguara (virtual)

Escrever: a que será que se destina?

QUARTA | 24/11

Escritores paranaenses

Kiusam de Oliveira (virtual)

Antiracismo e literatura

QUINTA | 25/11

Caê Guimarães e Giovana Madalosso

Lutar com palavras é a luta mais vã?

SEXTA | 26/11

INTERNACIONAL Luciano Lamberti (virtual)

Literatura e integração latino-americana

SÁBADO | 27/11

Aline Bei e André de Leones

Companheiros, companheiras e fantasmas: escrita e processo.