Browsing Category

Coronavírus no Paraná

Busão Foz, Coronavírus no Paraná, Destaques, Foz do Iguaçu, Geral,

Morre Walter Negrão, líder dos camelôs de Foz do Iguaçu, por complicações decorrentes da covid

Morreu neste domingo (25), aos 67 anos, o vendedor autônomo Walter de Barros Negrão, líder dos camelôs e liderança social atuante de Foz do Iguaçu. Ele já foi candidato a vereador e estava internado devido complicações de saúda devido a infecção do coronavírus (covid-19).

Com a chegada da pandemia, Walter Negrão passou a militar mais intensamente nas redes sociais. Defensor do presidente Jair Bolsonaro e do tratamento precoce da doença, em suas últimas postagens no Facebook, no início de junho, fez críticas a CPI da Covid no Senado.

Na ocasião, saiu em defesa da Doutora Nise Yamaguchi, defensora do uso da Ivermectina contra a covid-19 e que foi ouvida pela comissão. Walter Negrão era muito conhecido em Foz do Iguaçu e mantinha sua banquinha em um ponto bastante movimentado da Avenida Brasil, no centro da cidade.

De acordo com o registro do obituário, ele estava internado no Hospital Municipal Padre Germano Lauck, já havia superado o vírus, mas não resistiu as sequelas. O sepultamento será no Cemitário Municipal do Jardim São Paulo.

Coronavírus, Coronavírus no Paraná, Destaques, Paraná, Saúde,

Mais de 5,5 milhões de paranaenses já foram vacinados contra a Covid-19

Entre os municípios que mais vacinaram com D1 e DU, Foz do Iguaçu tem um total de 141.286

Com 5,5 milhões de pessoas que receberam pelo menos uma dose da vacina contra a Covid-19, o Paraná chega a 64,86% da população adulta que já iniciou a imunização. O novo marco foi alcançado nesta sexta-feira (23), quando o Estado chegou a 5.656.768 primeiras doses e doses únicas (DU) aplicadas.

No total, 7.350.271 doses já foram administradas no Paraná. São 5.369.295 primeiras doses (73% do total), 1.693.503 segundas doses (23%) e 287.473 doses únicas (3,9%). 22,72% da população está completamente imunizada, considerando a soma das segundas doses com doses únicas. Os dados são do Vacinômetro do Sistema Único de Saúde (SUS), vinculado ao Ministério da Saúde.

“O Paraná é o quinto estado que mais imunizou no País. A agilidade logística do Estado em distribuir os imunizantes para os municípios e ações de incentivo como a campanha De Domingo a Domingo, além do esforço ininterrupto das prefeituras, são alguns dos motivos para o sucesso da vacinação com as doses já disponibilizadas”, afirmou o secretário estadual de Saúde, Beto Preto.

Atualmente, três em cada quatro cidades paranaenses estão vacinando a população geral na faixa dos 30 anos, reforçando a isonomia entre municípios promovida pela Secretaria estadual desde o início do plano de imunização. As exceções ficam por conta de regiões que receberam mais doses por se tratarem de grupos prioritários – como populações quilombola e indígena e, mais recentemente, cidades que fazem fronteira com outros países.

“Com exceção de casos excepcionais, de cidades em que boa parte da população foi atendida dentro das prioridades elencadas pelo Ministério da Saúde, há uma uniformização na aplicação dos imunizantes, com a maioria dos municípios vacinando a mesma faixa etária. É o que sempre buscamos desde o início: equilíbrio e agilidade para os paranaenses”, completou o secretário.

GRUPOS VACINADOS – Considerando as pessoas que receberam uma dose (D1 ou DU), o Paraná é terceiro entre os estados que mais vacinaram a população em geral: o Estado administrou 2.151.319 doses na população de 18 a 59 anos, atrás apenas de São Paulo (10.258.294) e Rio de Janeiro (2.376.375).

O grupo é o que mais recebeu doses no total. Na sequência, os grupos prioritários mais vacinados são as pessoas com comorbidades (561.824), as pessoas de 60 a 64 anos (518.300), os trabalhadores da saúde (448.849) e as pessoas de 65 a 69 anos (428.831).

MUNICÍPIOS – Entre os municípios que mais vacinaram com D1 e DU, em números absolutos, Curitiba lidera com 977.471 aplicações. Na sequência, estão Londrina (273.828), Maringá (265.133), Cascavel (169.810), Ponta Grossa (149.384), Foz do Iguaçu (141.286), São José dos Pinhais (130.192), Colombo (102.030), Paranaguá (91.629) e Guarapuava (78.204).

Já considerando a proporção da população vacinada entre os municípios, Pontal do Paraná lidera a aplicação da primeira dose, com 73,59% da população contemplada. A cidade é seguida por Maringá (72,13%), Guaraqueçaba (69,03%), Santa Cecília do Pavão (68,73%) e Barra do Jacaré (66,74%). Considerando as doses únicas, se destacam Porto Vitória (9,08%), Itaperuçu (8,82%), Sertanópolis (8,17%), Siqueira Campos (7,98%) e Manoel Ribas (7,07%).

Já com relação à segunda dose, lideram a vacinação Miraselva (26,15%), Pontal do Paraná (25,8%), Barra do Jacaré (25,27%), Terra Roxa (24,62%) e Nova Laranjeiras (24,38%). Os dados são do Ranking de Vacinação criado pela Secretaria de Estado da Saúde.

As informações são de Agência de Notícias do Paraná.

Coronavírus, Coronavírus no Paraná, Destaques, Paraná, Saúde,

41,6% das cidades do Paraná não registram mortes por Covid-19 há 2 semanas, apontam dados

Levantamento feito pelo G1 com base nos dados da Sesa indicam que 116 dos 399 municípios não registram óbitos pela doença desde 7 de julho. Setenta cidades não tiveram mortes nos últimos 30 dias.

41,6% das cidades do Paraná não registram mortes por Covid-19 há duas semanas, segundo um levantamento feito pelo G1 com base nos dados da Secretaria de Estado da Saúde (Sesa). No total, 116 dos 399 municípios não têm óbitos provocados pela doença desde 7 de julho.

O levantamento leva em consideração o último boletim divulgado pela Sesa, na quarta-feira (21). Segundo a secretaria, o estado registra o total de 33.804 mortes e 1,3 milhão de casos.

O Paraná registra queda de 24% na média móvel de mortes, de acordo com o levantamento do consórcio de veículos de imprensa, com dados da Sesa, publicado às 20h de quarta.

Geralmente, os levantamentos da Sesa trazem mortes que aconteceram em dias ou meses anteriores. Sendo assim, os dados podem sofrer alterações nas próximas semanas.

Das 116 cidades que não registraram mortes nas últimas duas semanas, 70 estão sem óbitos por Covid-19 há um mês.

Geralmente, os levantamentos da Sesa trazem mortes que aconteceram em dias ou meses anteriores. Sendo assim, os dados podem sofrer alterações nas próximas semanas.

Das 116 cidades que não registraram mortes nas últimas duas semanas, 70 estão sem óbitos por Covid-19 há um mês.

Veja mais em G1 Globo.

Busão Foz, Coronavírus no Paraná, Foz do Iguaçu, Saúde,

Pessoas com 26 anos ou mais podem agendar vacina contra covid-19 em Foz do Iguaçu

Agendamento está disponível no site da prefeitura (vacinacao.pmfi.pr.gov.br)

A Secretaria Municipal de Saúde ampliou a faixa etária para a vacinação contra covid-19 para pessoas com 26 anos ou mais. O agendamento está disponível no site da prefeitura (vacinacao.pmfi.pr.gov.br).

As doses serão aplicadas nesta quinta-feira (21) em 29 Unidades Básicas de Saúde (UBS) e na Vigilância em Saúde.

Na terça-feira e quarta-feira foram vacinadas as pessoas com mais de 28 anos. Na agenda aberta para a quinta, devido a uma menor procura pelo agendamento, a Secretaria Municipal de Saúde optou por reduzir ainda mais a idade da população em geral a ser vacinada.

“Temos o compromisso desde o início da campanha, e agora reforçado com a conquista das doses extras, de não deixar vacinas paradas. Os esforços das nossas equipes estão sendo sempre com o objetivo de agilizar a imunização em Foz do Iguaçu”, afirma a secretária municipal de Saúde, Rosa Maria Jerônymo.

No dia da vacinação, é necessário levar os documentos pessoais (RG e CPF), cartão SUS (quando possuir) e um comprovante de residência. Serão disponibilizadas 6.400 doses para esta quinta-feira.

Foz do Iguaçu já tem 73% da população adulta vacinada com a primeira dose. Desde o início da vacinação, em janeiro, foram aplicadas 190.643 doses da vacina contra a Covid-19, 144.608 de primeira dose, 39.556 de segunda dose e 6.479 doses únicas.

Coronavírus, Coronavírus no Paraná, Destaques, Paraná, Saúde,

63% dos adultos já receberam uma vacina contra Covid-19 no Paraná

No número absoluto total de aplicações, Foz do Iguaçu esta com a quantidade de 174.221 aplicações de vacina contra covid-19

O Paraná ultrapassou, nesta terça-feira (20), o marco de 7 milhões de vacinas aplicadas contra Covid-19. A data é alcançada dois dias após a campanha de imunização completar seis meses. São 7.094.359 aplicações: 5.232.935 primeiras doses (73,8% do total aplicado), 1.581.346 segundas doses (22,3%) e 280.078 doses únicas (3,9%).

Da população adulta paranaense, estimada em 8.720.953 pessoas, 63,21% já receberam ao menos uma dose. A meta da Secretaria Estadual da Saúde é atingir 80% até agosto, e 100% até setembro.

Já o percentual da população completamente imunizada, que já recebeu a segunda dose ou dose única, está em 21%. Os dados são do Vacinômetro do Sistema Único de Saúde (SUS), vinculado ao Ministério da Saúde.

O mês de julho também se destaca pela agilidade na imunização. Até o dia 19, foram 1.264.048 doses aplicadas no mês: uma média de 66.529 doses por dia. O número é o maior de toda a campanha de imunização. Até então, os maiores índices foram registrados em junho (média de 62.627 doses/dia) e abril (49.153 doses/dia).

“O Paraná está cada vez mais próximo de atingir a meta de vacinação, e já estamos criando um escudo imunológico contra o coronavírus. A vacina nesse momento é fundamental, ninguém pode deixar de tomar a segunda dose, ninguém pode simplesmente se recusar a tomar a vacina. Ela não é obrigatória, mas é uma opção que tem que ser levada em conta de maneira firme. Essa é uma decisão de amor, de solidariedade humana”, afirma o secretário estadual de Saúde, Beto Preto.

População em geral – Um dos destaques na vacinação do Paraná é a população em geral, faixa com maior número de imunizantes administrados. Com 2.033.701 doses aplicadas, o Paraná é o terceiro estado mais avançado no grupo, atrás de São Paulo (9.875.913) e Rio de Janeiro (2.197.416) e à frente de Rio Grande do Sul (1.913.983) e Minas Gerais (1.855.654).

Em números absolutos, o segundo grupo que mais recebeu doses no Estado foi o de pessoas de 65 a 69 anos (781.489), seguidos por trabalhadores da saúde (744.583), pessoas de 70 a 74 anos (603.835) e de 60 a 64 anos (599.142). No quadro geral, mulheres (55,6%) foram mais vacinadas que homens (44,4%).

Entre as aplicações, a maior parte (47,1%) foi fabricada pela Fundação Oswaldo Cruz, na parceria com a AstraZeneca e a Universidade de Oxford. A Coronavac (Instituto Butantan/Sinovac) representa 35,4%; a Cominarty (Pfizer/BioNTech) equivale a 13,5%; e a Janssen (Johnson & Johnson), 3,9%.

Municípios – Entre os municípios com a maior porcentagem da população vacinada com a primeira dose, de acordo com Ranking de Vacinação contra a Covid-19 no Paraná, estão Maringá (72,13%), Pontal do Paraná (71,51%), Santa Cecília do Pavão (68,73%), Guaraqueçaba (67,96%) e Barra do Jacaré (65,09%).

Na segunda dose, se destacam Barra do Jacaré (29,85%), Miraselva (23,95%), Nova Laranjeiras (23,71%), Terra Roxa (23,28%) e Esperança Nova (22,44%). Já na dose única, lideram a vacinação Itaperuçu (8,78%), Porto Vitória (8,76%), Sertanópolis (7,97%), Siqueira Campos (7,32%) e Manoel Ribas (7,15%).

No número absoluto total de aplicações, Curitiba lidera o ranking com 1.255.727 doses. Na sequência, estão Londrina (362.911), Maringá (342.350), Cascavel (216.049), Ponta Grossa (185.914), Foz do Iguaçu (174.221), São José dos Pinhais (159.665), Colombo (117.309), Paranaguá (111.927) e Guarapuava (92.848).

As informações são de Agência de Notícias do Paraná.

Coronavírus no Paraná, Destaques, Paraná, Saúde,

141 mil vacinas contra a Covid-19 chegam ao Paraná

Mais 141 mil vacinas contra a Covid-19 chegaram ao Paraná na noite desta segunda-feira (19). São 88.200 doses da CoronaVac/Butantan e 52.800 da Covishield/AstraZeneca. Os imunizantes fazem parte do lote com 453,7 mil vacinas anunciado pelo Ministério da Saúde ao Estado.

As doses devem ser direcionadas para a continuidade da vacinação na população em geral acima de 18 anos. A CoronaVac contempla o esquema vacinal completo, sendo metade para primeira dose e metade para segunda aplicação.

Os imunizantes ficarão armazenados no Centro de Medicamentos do Paraná (Cemepar) para conferência e divisão das doses, até que sejam enviados para as 22 Regionais de Saúde.

A previsão é que entre terça-feira (20) e quarta-feira (21) o Paraná recebe mais 312,7 mil novas doses, segundo a previsão do Ministério da Saúde.

Até o momento, o Paraná já recebeu 8.568.170 vacinas, sendo 4.311.230 doses de AstraZeneca, 2.900.600 CoronaVac, 1.031.940 Pfizer e 324.400 Janssen.

Destas, o Estado já aplicou 7 milhões de doses entre primeiras, segundas e únicas.

Busão Foz, Coronavírus no Paraná, Destaques, Paraná, Saúde,

Ministério da Saúde confirma o envio de mais 453,7 mil vacinas contra a Covid-19 ao Paraná

O Ministério da Saúde confirmou neste domingo (18) o envio ao Paraná, nos próximos dias, de mais 453.780 vacinas contra a Covid-19. A remessa será composta por 296.550 doses do imunizante Covishield, da AstraZeneca; 88.200 da CoronaVac, do Instituto Butantan/Sinovac; e 69.030 doses da Comirnaty, produzida pela Pfizer/BioNTech.

As vacinas vão garantir o avanço da imunização em todo o Estado na população em geral, e serão destinadas tanto para primeira quanto para a segunda aplicação (D1 e D2). O governo federal ainda vai confirmar a data da distribuição.

Das vacinas Covishield, 52.800 chegam por meio do consórcio Covax Facility, destinadas à primeira dose. Já as outras 243.750, enviadas diretamente pelo Ministério da Saúde, terão 96.608 voltadas à segunda aplicação. As 88.200 doses da Coronavac serão destinadas para D1 e D2. Já das 69.030 Comirnaty, que completam o lote, 29.966 são para segunda dose.

Assim que chegarem ao Estado, os imunizantes serão recebidos e separados pela Secretaria de Estado da Saúde, no Centro de Medicamentos do Paraná (Cemepar), em Curitiba, para serem distribuídos rapidamente entre as 22 Regionais de Saúde.

Até o momento, o Ministério da Saúde já entregou ao Estado 8.332.670 imunizantes, sendo que 6.975.101 doses já foram aplicadas nos paranaenses – outra parte está reservada para a segunda dose dos grupos já iniciados.

De acordo com o Vacinômetro do Sistema Único de Saúde (SUS), foram aplicadas 5.151.816 primeiras doses e 1.823.285 pessoas já estão completamente imunizadas com a segunda ou com a dose única.

Calendário – O objetivo da Secretaria de Estado da Saúde é aplicar pelo menos a primeira dose em 80% da população com mais de 18 anos no Paraná até o final de agosto. O restante da população adulta será imunizado até o final de setembro.

As informações são de Agência de Notícias do Paraná.

Coronavírus no Paraná, Curitiba, Geral,

Fiscalização fecha 13 pontos comerciais e dispersa aglomerações em Curitiba

As equipes da Ação Integrada de Fiscalização Urbana (AIFU), sob a coordenação da Polícia Militar do Paraná, fecharam 13 pontos comerciais e aplicaram 26 multas administrativas de quinta-feira até a madrugada deste sábado (15 a 17), em Curitiba. Cerca de 730 pessoas foram dispersadas dos locais abordados.

A ação visa dar cumprimento às medidas de prevenção e combate à Covid-19 estabelecidas por decretos do Estado e do município. O balanço do trabalho dos policiais militares, bombeiros, guardas municipais e agentes da prefeitura aponta, ainda, que nos dois dias de ações houve a lavratura de 39 autos de infração de trânsito, sete veículos recolhidos e duas pessoas encaminhadas para Termo Circunstanciado, por descumprirem os horários e determinações dos decretos referentes à Covid 19. Também houve a apreensão de 25 máquinas caça-níqueis, dinheiro e equipamentos eletrônicos.

Na quinta-feira, por volta de 19h15, as equipes abordaram uma casa de massagem no bairro Prado Velho, onde havia cerca de 80 pessoas no local. O responsável pelo estabelecimento foi autuado em R$10 mil e encaminhado para lavratura de Termo Circunstanciado. O ponto comercial foi interditado pelos agentes municipais.

O outro ponto com aglomeração foi uma boate no Parolin, por volta de 20 horas. Os policiais militares encontraram cerca de 150 pessoas sem respeitar o uso de máscara. O local também foi interditado e o responsável encaminhado para lavratura do Termo Circunstanciado. Os agentes da prefeitura aplicaram uma multa de R$40 mil ao estabelecimento.

Foto: PMPR/SESP-PR

Já no Alto da XV, ainda na quinta-feira, os policiais militares encontraram um ponto comercial com bingo e jogo de azar. Durante a abordagem foram encontradas as 25 máquinas caça-níqueis, além de dinheiro, equipamentos eletrônicos e outros objetos.

PORTAS FECHADAS – Outros pontos com aglomeração foram abordados na noite de sexta-feira. O primeiro foi no bairro Sítio Cercado, onde os policiais militares abordaram um bar que funcionava a portas fechadas e concentrava 75 pessoas. As equipes da AIFU encontraram os frequentadores sem máscara. O estabelecimento recebeu uma multa de R$40 mil pela Secretaria Municipal do Urbanismo (o local já era reincidente), mais R$5 mil pela Secretaria Municipal do Meio Ambiente.

Outro ponto com aglomeração na sexta-feira foi no bairro Hauer, em uma tabacaria. Cerca de 65 pessoas estavam no local no momento da abordagem dos policiais e foi aplicada uma multa de R$50 mil ao estabelecimento.

AS informações são de Agência de Notícias do Paraná

Coronavírus no Paraná, Destaques, Foz do Iguaçu, Saúde,

Foz do Iguaçu divulga mais dois óbitos e registra 31 novos casos de Coronavírus nas últimas 24 horas

A Vigilância Epidemiológica de Foz do Iguaçu confirma na data de hoje, 18/07/2021, 31 casos de covid-19. No total, são 41.525 casos da doença no município desde o início da pandemia. Destes, 40.189 pessoas já estão recuperadas.

Dos 31 novos casos, 22 são mulheres e 9 homens, com idades entre 1 e 68 anos. Todos estão em isolamento domiciliar.

Do total de casos ativos, 187 pessoas estão em isolamento domiciliar, com sinais e sintomas leves, e 87 estão internadas.

Óbitos

Foz do Iguaçu registrou 2 óbitos em consequência da covid-19. As vítimas são 2 homens de 44 e 53 anos. No total, são 1.062 mortes pela doença no município desde o início da pandemia.

Coronavírus, Coronavírus no Paraná, Destaques, Paraná, Saúde,

Profissional da saúde é denunciada por tomar 3 doses de vacina contra Covid-19, no Paraná

Ela teria tomado duas doses da Coronavac, em Londrina, e uma dose do imunizante da Pfizer em Cambé.

Uma profissional da saúde, auxiliar de odontologia, foi denunciada pela Prefeitura de Cambé, no norte do Paraná, por suspeita de ter tomado três doses da vacina contra a Covid-19.

O Ministério Público do Paraná (MP-PR) recebeu a denúncia na quinta-feira (15). O documento afirma que a auxiliar tomou duas doses da Coronavac, em Londrina, e uma dose do imunizante da Pfizer em Cambé.

Com base nos dados do Sistema de Informações do Programa Nacional de Imunizações (SIPNI), anexados pela prefeitura à denúncia, a profissional de saúde tomou as duas primeiras doses nos dias 3 de abril e 14 de maio no Pronto Atendimento Infantil (PAI), em Londrina. No dia 1° de julho, tomou a terceira dose.

O município informou que a profissional utilizou um comprovante de residência do pai para receber uma dose de Pfizer em Cambé.CONTINUA APÓS PUBLICIDADE

A auxiliar de odontologia nega que recebeu as duas doses em Londrina à Secretaria Municipal de Saúde.

As informações são de TN Online.