Browsing Category

Coronavírus no Paraná

Busão Foz, Coronavírus no Paraná, Destaques, Foz do Iguaçu,

Foz do Iguaçu confirma mais três óbitos e registra 85 novos casos de coronavírus nas últimas 24 horas

A Vigilância Epidemiológica de Foz do Iguaçu confirma na data de hoje, 10/05/2021, 85 casos de covid-19. No total, são 34.645 casos da doença no município desde o início da pandemia. Destes, 33.256 pessoas já estão recuperadas.

Dos 85 novos casos, 40 são mulheres e 45 homens, com idades entre 8 e 79 anos. Entre eles, 80 estão em isolamento domiciliar e 5 internados.

Do total de casos ativos, 441 pessoas estão em isolamento domiciliar, com sinais e sintomas leves, e 139 estão internadas.

Óbitos

Foz do Iguaçu registrou 3 óbitos em consequência da covid-19. As vítimas são 1 homem de 66 anos e 2 mulheres de 57 e 92 anos. No total, são 809 mortes pela doença no município desde o início da pandemia.

Nos próximos dias, o Hospital Municipal Padre Germano Lauck, terá mais 10 leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) para pacientes de Covid-10 com sintomas graves.

Os equipamentos foram aprovados na última semana pelo Ministério da Saúde.

Busão Foz, Coronavírus no Paraná, Foz do Iguaçu,

Boletim confirma mais três óbitos e 53 novos casos de coronavírus nas últimas 24 horas em Foz do Iguaçu

A Vigilância Epidemiológica de Foz do Iguaçu confirma na data de hoje, 09/05/2021, 53 casos de covid-19. No total, são 34.560 casos da doença no município desde o início da pandemia. Destes, 33.174 pessoas já estão recuperadas.

Dos 53 novos casos, 36 são mulheres e 17 homens, com idades entre 3 e 75 anos. Todos estão em isolamento domiciliar.

Do total de casos ativos, 448 pessoas estão em isolamento domiciliar, com sinais e sintomas leves, e 132 estão internadas.

Óbitos

Foz do Iguaçu registrou 3 óbitos em consequência da covid-19. As vítimas são 2 homens de 60 e 75 anos e 1 mulher de 85 anos. No total, são 806 mortes pela doença no município desde o início da pandemia.

Busão Foz, Coronavírus no Paraná, Destaques, Foz do Iguaçu, Saúde,

Foz do Iguaçu começa a vacinar todas as pessoas com mais de 18 anos que possuem comorbidades

Agendamento para aplicação da dose na próxima segunda-feira (10) já pode ser feito no site da Prefeitura

A partir de segunda-feira (10) a vacinação contra covid-19 em Foz do Iguaçu para pessoas com comorbidades e com deficiência permanente que recebem o Benefício de Prestação Continuada (BPC) será ampliada para todos que tiverem mais de 18 anos.

O objetivo da Secretaria Municipal de Saúde é acelerar a imunização da população de Foz do Iguaçu. Para que não haja aglomeração, a aplicação das doses será feita por agendamento – já disponível no site da Prefeitura (vacinação.pmfi.pr.gov.br) – e em 20 Unidades Básicas de Saúde (UBSs).

“Não queremos deixar vacinas paradas, por isso temos feito esforços para ampliar sempre que possível o público atendido. Além disso, também temos feito a busca ativa para as pessoas que não voltaram para tomar a segunda dose. E pedimos a todos: venham, vacinem, porque é a nossa chance de vencer esta pandemia”, ressalta a secretária municipal de Saúde, Rosa Maria Jeronymo.

A lista das comorbidades que estão aptas a receber a vacinação nesta etapa da campanha está disponível no link: http://vacinacao.pmfi.pr.gov.br/comorbidades.html.

Comprovação da comorbidade

No momento do agendamento, o sistema identifica as pessoas que fazem tratamento pelo Sistema Único de Saúde (SUS), que não precisam de comprovação da comorbidade. Caso a comorbidade não seja identificada, é necessário apresentar o formulário elaborado pela Secretaria Municipal de Saúde, disponível no link
https://www5.pmfi.pr.gov.br/pdf-2385&publicacao. O documento deve ser preenchido, assinado e carimbado pelo médico.

Também serão aceitos atestados médicos que, obrigatoriamente, apresentem as seguintes informações: nome do paciente, número da Classificação Internacional de Doenças (CID), e nome, CRM e carimbo do médico. Os atestados que não apresentarem todos os dados não serão aceitos pela Secretaria de Saúde.

Outros grupos

Nesta etapa da campanha de vacinação contra a covid também são contemplados gestantes, pessoas com síndrome de down e puérperas (mulheres em período pós parto de até 45 dias) com mais de 18 anos.

Busão Foz, Coronavírus no Paraná, Foz do Iguaçu,

Foz do Iguaçu confirma mais dois óbitos e registra 92 novos casos de coronavírus nas últimas 24 horas

A Vigilância Epidemiológica de Foz do Iguaçu confirma na data de hoje, 08/05/2021, 92 casos de covid-19. No total, são 34.507 casos da doença no município. Destes, 33.106 pessoas já estão recuperadas.

Dos 92 novos casos, 44 são mulheres e 48 homens, com idades entre 3 e 89 anos. Entre eles, 87 estão em isolamento domiciliar e 5 internados.

Do total de casos ativos, 458 pessoas estão em isolamento domiciliar, com sinais e sintomas leves, e 140 estão internadas.

Óbitos

Foz do Iguaçu registrou 2 óbitos em consequência da covid-19. As vítimas são 1 homem de 75 anos e 1 mulher de 42 anos. No total, são 803 mortes pela doença no município desde o início da pandemia.

Busão Foz, Coronavírus no Paraná, Destaques, Foz do Iguaçu, Saúde,

Foz do Iguaçu tem redução das mortes por covid, mas número de internamentos é alarmante

Prefeito Chico Brasileiro pede que toda população mantenha os cuidados, especialmente no próximo domingo (09), quando é comemorado o Dia das Mães

Nenhuma morte por covid-19 foi registrada em Foz do Iguaçu nas últimas 24 horas. É um alívio, depois de mais de dois meses com óbitos todos dias, mas não é motivo para descuido. A média móvel dos casos confirmados nesta sexta-feira (07) em relação à semana anterior é 58% maior. A ocupação dos leitos de UTI (Unidade de Terapia Intensiva) do Hospital Municipal Padre Germano Lauck está em 100%.

A situação epidemiológica da cidade preocupa os integrantes do Comitê de Enfrentamento à Covid-19 da Prefeitura de Foz do Iguaçu, que reuniram-se na tarde desta sexta. Em todos os canais de atendimentos dos casos suspeitos de covid do sistema municipal de saúde houve aumento nos atendimentos e no registro de casos graves da doença – no hospital municipal, na UPA (Unidade de Pronto Atendimento) Dr. Walter Cavalcante Barbosa, nas unidades de saúde que atendem casos de covid e no plantão coronavírus.

Embora a queda das mortes tenha sido significativa em relação à última semana – de aproximadamente 35% -, o número de internamentos pela covid-19 tem se mantido estável. Nesta semana, até sexta-feira, foram registrados 27 óbitos em decorrência da covid, enquanto na última foram 20. “Embora a redução de mortes tenha sido expressiva, o número de internamentos se mantém em 130, 140 por semana. Essa pressão hospitalar não diminui”, avalia o gerente da Vigilância Epidemiológica, Roberto Doldan.

“Nossos leitos de UTI estão 100% ocupados. O pronto-socorro continua lotado. Pioramos em relação à semana passada, tanto na taxa de ocupação, como em relação à gravidade do estado dos pacientes”, afirma o diretor do hospital municipal, Sérgio Fabriz.

Ele alertou, ainda, sobre a quantidade de jovens que já chegam ao hospital com o quadro agravado da doença. “É preciso que as pessoas, independentemente da idade, busquem o atendimento logo nos primeiros sintomas”, complementou Fabriz.

Em Foz do Iguaçu, para facilitar o acesso e incentivar que os pacientes com sintomas respiratórios busquem atendimento, desde meados de março 10 Unidades Básicas de Saúde (UBSs) recebem casos suspeitos de covid-19.

Manter os cuidados é fundamental

O prefeito Chico Brasileiro demonstrou preocupação, especialmente em virtude do Dia das Mães – data em que são tradicionais as reuniões familiares. “Todos nós queremos estar próximos daqueles a quem amamos nestas datas especiais. Mas, justamente por esse afeto e essa vontade de querer estar com essas pessoas, é que devemos manter todos os cuidados necessários – máscara, higienização constante das mãos e distanciamento -, para que esses momentos não sejam perdidos”, ressaltou.

“E nesta data não podemos deixar de nos solidarizar com todos aqueles que perderam suas mães, ou mães que perderam os seus filhos, pela doença. Vamos juntos nos unir para que não sejam perdidas mais vidas”, destacou o prefeito.

Busão Foz, Coronavírus no Paraná, Destaques, Foz do Iguaçu,

Número de vítimas fatais do novo coronavírus em Foz passa de 800

A Vigilância Epidemiológica confirmou, nesta quinta-feira (06), mais seis óbitos em Foz do Iguaçu, em decorrência de complicações do coronavírus (covid-19). Desde o início da pandemia, em março do ano passado, mais de 800 moradores da cidade perderam a vida por conta da doença. O município, que registrou ontem 88 novos infectados, vai receber mais 10 leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) para pacientes com a doença.

A lista das mais recentes vítimas da covid-19 em Foz do Iguaçu inclui um homem, de 36 anos de idade. Os seis óbitos divulgados ontem são do sexo masculino. Os demais tem 43, 64, 69 77 e 83 anos. Entre os iguaçuenses que perderam a vida, dois morreram no mês de abril, porém ainda estavam em investigação. No total, são 801 mortes pela doença no município desde o início da pandemia.

Com o registro de novos óbitos, a taxa de letalidade no município passou para 2,34% do total de infectados, ante 2,33% na quarta-feira (05). O índice é superior ao registrado na 9ª Regional de Saúde (2,08%) e inferior ao do Paraná, que é de 2,41%. No Brasil, a taxa de letalidade está em 2,77% e no mundo 2,09%.

A Vigilância Epidemiológica registrou ainda ontem, 88 novos casos de covid-19. No total, são 34.258 registros da doença no município desde o início da pandemia. Destes, 32.934 pessoas já estão recuperadas. Dos 88 novos casos, 40 são mulheres e 48 homens, com idades entre 6 meses e 84 anos. Todos estão em isolamento domiciliar. Dos casos ativos, 380 pessoas estão em isolamento domiciliar, com sinais e sintomas leves, e 143 estão internadas.

As informações são de GDia

Busão Foz, Coronavírus no Paraná, Destaques, Foz do Iguaçu, Saúde,

Vacinação contra a Covid-19 em Foz do Iguaçu, para grupo entre 50 a 54 anos com comorbidade, começa sábado, 08

Agendamento para a faixa etária foi liberado nesta sexta-feira (07) pela Secretaria de Saúde

A faixa etária da vacinação contra a covid-19 para o grupo prioritário de comorbidades será ampliada para as pessoas entre 50 a 54 anos a partir deste sábado (08) pela Secretaria de Saúde de Foz do Iguaçu. A vacinação dos grupos prioritários está ocorrendo nas Unidades Básicas de Saúde (UBS).

O agendamento pode ser feito no site da prefeitura pelo link http://vacinacao.pmfi.pr.gov.br/, opção ‘comorbidades’, ou ainda nos postos de saúde e na central de agendamento pelos telefones 2105-1105/1106/1120. As vinte unidades de saúde e a Vigilância em Saúde vão abrir no sábado das 8h às 14h.

A vacinação do grupo de comorbidades, assim como ocorreu com os idosos, é feita de forma escalonada. “Iniciamos a vacinação no grupo de comorbidades de 55 a 59 anos na quinta-feira (6) e percebemos que já é possível ampliar essa faixa etária. Entendemos que será necessário mais suporte para orientar a população e, por isso, estamos mobilizando as equipes de saúde tirar dúvidas e dar o atendimento a todos que possuem comorbidades aptas a receber a vacina”, disse a secretária de Saúde, Rosa Jeronymo.

Comprovação da comorbidade

No momento da vacinação, o sistema identifica as pessoas que fazem tratamento pelo Sistema Único de Saúde (SUS), que não precisam de comprovação da comorbidade. Caso a comorbidade não seja identificada, é necessário apresentar o formulário elaborado pela Secretaria Municipal de Saúde, disponível AQUI. O documento deve ser preenchido, assinado e carimbado pelo médico.

Também serão aceitos atestados médicos que, obrigatoriamente, apresentem as seguintes informações: nome do paciente, número da Classificação Internacional de Doenças (CID), e nome, CRM e carimbo do médico. Os atestados que não apresentarem todos os dados não serão aceitos pela Secretaria de Saúde.

Outros grupos

Nesta etapa da campanha de vacinação contra a covid também são contemplados gestantes, pessoas com síndrome de down e puérperas (mulheres em período pós parto de até 45 dias) com mais de 18 anos. Pessoas com deficiência permanente que recebem o Benefício de Prestação Continuada (BPC) de 55 a 59 anos começaram a ser vacinadas na quinta-feira (6) e a faixa etária será ampliada para 50 a 54 anos no sábado (8).

No primeiro dia de vacinação dos novos grupos prioritários foram imunizadas 759 pessoas com comorbidades. A faixa etária para este grupo será reduzida conforme a chegada de mais doses no município. Até quinta-feira (06) foram aplicadas 67.564 doses da vacina contra a covid-19 em Foz do Iguaçu, sendo 43.940 primeira dose e 23.624 segunda.

Busão Foz, Coronavírus no Paraná, Destaques, Foz do Iguaçu,

Foz do Iguaçu não registra óbito por Covid-19 nas últimas 24 horas. Cidade confirmou 157 novos casos da doença

A Vigilância Epidemiológica de Foz do Iguaçu confirma na data de hoje, 07/05/2021, 157 casos de covid-19.

No total, são 34.415 casos da doença no município desde o início da pandemia. Destes, 33.008 pessoas já estão recuperadas.

Dos 157 novos casos, 84 são mulheres e 73 homens, com idades entre 4 meses e 92 anos. Entre eles, 155 estão em isolamento domiciliar e 2 internados.

Do total de casos ativos, 463 pessoas estão em isolamento domiciliar, com sinais e sintomas leves, e 143 estão internadas.

Óbitos

Foz do Iguaçu não registra óbitos em consequência da covid-19 nas últimas horas. No total, foram 801 óbitos pela doença no município desde o início da pandemia.

A última vez que Foz do Iguaçu ficou sem registrar óbito por conta da doença foi no dia 23 de fevereiro.

Colunistas, Coronavírus no Paraná, Curitiba, Fabio Aguayo,

Índice de transmissão da Covid-19 volta subir e Curitiba pode ter novas restrições

A imprensa estadual destacou nesta quinta-feira (06) que o índice de transmissão da Covid-19 voltou a acelerar em Curitiba. A notícia nos trás uma reflexão diante da doença, que pode trazer novas medidas restritivas afetando principalmente a gastronomia e entretenimento e todas as atividades correlatas ao turismo

Entre os destaques na imprensa está o alto risco de contaminação pelo coronavirus dentro dos terminais e dos ônibus do transporte coletivo de Curitiba e região metropolitana. Na Câmara Municipal, a vereadora Carol Dartora propôs à prefeitura de Curitiba a implementação de um sistema de rodízio de horários no comércio e nos serviços da capital paranaense.

Tal medida, aprovada pelos vereadores, traria impacto, também, no transporte coletivo, reduzindo as aglomerações, em certo horários de pico, como já constatado em fiscalização rigorosa feita pelos técnicos do Tribunal de Contas do Estado (TCE-PR), como mostra a foto do alto que ilustra esta nota.

Essa questão do rodízio de horários no comércio já foi me apresentada pelo presidente da Associação Comercial do Paraná (ACP), Camilo Turmina, em um encontro para debatermos ideias para auxiliar no combate à Covid-19. O momento é de diálogo, união e ações, entre as instituições, para reduzirmos a curva de contaminação.

O que falta agora é transparência e planejamento e debater com a sociedade civil quais serão as medidas a serem adotadas. Temos ciência de que se continuar este crescimento serão inevitáveis as restrições. O decreto atual tem validade até o dia 12 de maio.

Coronavírus no Paraná, Paraná,

Presidente eleito da UVEPAR, Luiz Alberto Antônio, o “Betão” morre aos 53 anos por complicações da Covid-19

Faleceu neste domingo (02), em Curitiba, o vereador, presidente da Câmara de Vereadores de Wenceslau Braz e presidente eleito da Uvepar, Luiz Alberto Antônio, aos 53 anos de idade.  

O Betão do Esporte, como era conhecido, foi eleito pela primeira vez em 2008, atualmente cumpria o seu quarto mandato como vereador (2009-2012, 2013-2016, 2017-2020, 2021-2024), sendo pela segunda vez o presidente da Câmara.

Por sua liderança regional Beto foi eleito Presidente da UVEPAR – União de Câmaras, Vereadores e Gestores Públicos do Paraná, gestão 2021 / 2025.  

Sempre muito ligado ao esporte, incentivava especialmente as crianças em idade escolar, quando na gestão 2005-2008, atuou como Secretário de Esportes. Vereador atuante, trabalhou muito para conquistas importantes da comunidade de Wenceslau Braz. Na Câmara, ao longo dos anos se destacou em criticar e ao mesmo tempo apontar soluções para os problemas, elogiar e reconhecer o que o gestor do município fazia com os recursos públicos em prol da população.  

Beto nasceu em Tomazina e deixa esposa e 3 filhos.

As informações são de UVEPAR