Browsing Category

Curitiba

Curitiba, Geral, Política,

MDB de Curitiba dá largada para 2020

“Vamos ter candidatos a prefeito na maioria das cidades do Paraná”, diz João Arruda

O MDB de Curitiba realiza nesta quarta-feira, 26, a partir das 19h na sede do diretório estadual, o primeiro encontro com vistas às eleições municipais de outubro de 2020. “Vamos estabelecer um plano de trabalho de fortalecimento do partido. Teremos coordenadores regionais nos bairros, comissões temáticas e vamos reafirmar o compromisso com a candidatura própria a prefeito”, disse o presidente estadual, o ex-deputado João Arruda.

Do encontro, vão participar os deputados Anibelli Neto e Requião, a vereadora Noêmia Rocha e o vereador Professor Silberto, além de lideranças e da militância de vários setores do partido. No segundo semestre, segundo João Arruda, o MDB vai eleger, através de convenção, um novo diretório que vai escolher a chapa de vereadores e o candidato do partido que disputará a prefeitura de Curitiba.

A escolha dos candidatos a vereador passará pela coordenações que o MDB vai implantar na maioria dos bairros. “Teremos comissões temáticas por segmento que vão contribuir na construção de um plano de governo que terá como prioridades as áreas de educação, saúde pública, transporte, infraestrutura e emprego. Teremos também comissões na área da cultura, do esporte, meio ambiente e todas as outras áreas”.

Candidatos – O partido, adianta João Arruda, terá candidatos a prefeito na maioria – e principalmente nas grandes – cidades paranaenses. Ele citou os pré-candidatos Julio Küller em Ponta Grossa e João Nieckars em Guarapuava. “Nas grandes cidades, com televisão e rádio, vamos ter candidato próprio, Isso vai ajudar a alavancar as candidaturas a vereador”.

“O MDB se tornou atrativo porque não tem muitos parlamentares. Isso faz com que novos grupos, novas pessoas, novas lideranças venham construir o partido e com chances reais de se eleger. Vamos ter chapas de vereador nas maiores cidades do Paraná e os deputados federais e estaduais estão cuidando das cidades menores”, completa João Arruda.

O plano de governo do partido – além da saúde e educação públicas de qualidade – vai focar na geração de emprego e renda. “Já fomos referência em relação à política de incentivos a pequenas empresas. Queremos aprimorar esse trabalho através de campanhas municipais para implantar um modelo semelhante para os municípios, agregando a capacitação, qualificação e incentivo à produção”.

Arco de alianças – O presidente ainda deu a linha do perfil das candidaturas a vereador e a prefeitos pelo partido. “Os candidatos terão que ter afinidades com as bandeiras do MDB na saúde pública, educação, serviço público de qualidade, a causa animal e ambiental, entre outras. A partir do segundo semestre do ano que vem, teremos encontros regionais, cursos de capacitação e campanhas de filiação em todo o estado do Paraná”, adianta.

O MDB, segundo João Arruda, também avalia o arco de alianças para 2020 sem os partidos dos extremos (esquerda e direita). “Queremos assumir uma posição de centro, de equilíbrio, de maturidade, e de construção de uma sociedade através de propostas viáveis, com os pés no chão, sem mentiras, sem falsas promessas, mas com programas que melhorem a vida das pessoas”.

“Vamos dialogar com todos os partidos que queiram um projeto equilibrado, maduro, viável, que apresente respostas diante da realidade que vivemos. A população está decepcionada em relação aos governos Bolsonaro e Ratinho Junior e nós vamos apresentar um projeto para as cidades do Paraná, buscar aliados que tenham o mesmo entendimento, que queiram fortalecer as cidades e as políticas públicas que melhorem a vida das pessoas”, completou João Arruda.

Foto: Eduardo Matysiak

Curitiba, Destaques, Economia, Estadual, Turismo,

Segmentos de lazer, gastronomia e turismo não serão afetados com Portaria da União

A portaria editada pelo Ministério da Economia (604/2019), autorizando o trabalho aos domingos e feriados para determinados setores, não interfere nos quadros de colabores das áreas de lazer, gastronomia e turismo nos municípios do Paraná.

A referida portaria da União, “não altera nem aborda a respeito da escala de folgas, pagamento em dobro nem compensação de jornada de trabalhos em domingos e feriados”, afirma parecer do Jurídico da Associação Brasileira de Bares e Casas Noturnas (Abrabar/SindiAbrabar).

A medida serve “tão somente para fins de autorização” permanente do trabalho aos domingos e feriados “para determinados setores, que em parte antes estavam impedidos, conforme artigo 68 da CLT (Consolidação das Leis Trabalhistas)”, ressalta Fábio Aguayo, presidente da Abrabar/SindiAbrabar e vice-presidente da Federação das Empresas de Hospedagem, Gastronomia, Entretenimento e Similares do Paraná (Feturismo).

De modo geral, lembra Aguayo, setores sem autorização normativa continuam sem poder trabalhar aos domingos e feriados em hipótese alguma. “Salvo em caso de força maior ou necessidade imperiosa do serviço, vide artigo 67 da CLT”, orienta o parecer.

“Portanto, aludida portaria não interfere para o setor de bares e restaurantes nos Municípios do Paraná”, destaca Aguayo. Que completa: “estes segmentos já dispõe de autorização de trabalho aos domingos e feriados prevista em Convenções Coletivas de Trabalho vigente”.

Curitiba, Geral, Política,

João Arruda mobiliza a tropa do MDB, em Curitiba

O presidente estadual e pré-candidato do MDB a prefeito de Curitiba, o ex-deputado federal João Arruda, vai mobilizar a militância do partido, em reunião na próxima quarta-feira (26).

“Venha participar do encontro dos amigos do MDB de Curitiba, sua presença é muito importante. Até lá!”, destaca convite para o encontro na sede do diretório, na Avenida Vicente Machado, 988, no bairro do Batel.

O ato, convocado em conjunto com o presidente do diretório municipal do MDB, Rafael Xavier, tem presenças confirmadas dos deputados estaduais Anibelli Neto e Requião Filho.

Curitiba, Destaques, Economia, Estadual, Internacional, Itaipu,

Transferência de 150 empregados da Itaipu de Curitiba vai incrementar toda a economia da fronteira

Benefício será para todos os setores, em especial para o imobiliário de Foz, que está num bom momento para investimentos

A transferência de quase 150 empregados do escritório de Itaipu em Curitiba vai acrescentar cerca de R$ 22 milhões por ano à economia de Foz do Iguaçu. Hoje, a folha de salários de Itaipu representa 11,41% de toda a massa salarial da cidade; com a migração, esse percentual subirá para 12,34%, segundo o matemático Luiz Carlos Kossar.

Os reflexos serão sentidos em vários setores, desde o imobiliário até o de supermercados, passando por toda uma cadeia econômica, como a venda de móveis e eletrodomésticos, turismo, bares, restaurantes e comércio em geral.

A transferência desses empregados coincide com um bom momento da cidade. Foz do Iguaçu passa por uma grande transformação, com o início das obras da Ponte da Integração Brasil-Paraguai (a segunda ponte), a conclusão do Mercado Municipal e os investimentos em outras áreas, como o estudo para implantação do novo Plano Diretor do município.

A Itaipu tem sido a principal protagonista dessa mudança de status da cidade. “Vamos fazer de Foz do Iguaçu a melhor cidade para a nossa gente, empregados e população”, diz o diretor-geral brasileiro de Itaipu, general Joaquim Silva e Luna.

“Eu moro aqui há quatro meses e já me sinto iguaçuense. Fui muito bem acolhido. Tenho certeza de que nosso pessoal de Curitiba vai se sentir em casa.”

Para venda

O primeiro setor beneficiado com a migração dos empregados de Itaipu é o mercado imobiliário de Foz, que aguarda com expectativa a chegada dos novos moradores. O ranking anual do setor, preparado pela revista Exame, mostra que Foz é uma das 100 melhores cidades do Brasil para se investir em imóveis.

Com boas ofertas e preços bem abaixo dos praticados em outros centros urbanos, os imóveis para venda são bastante atrativos. A defasagem nos preços de imóveis à venda, segundo Cássia Regina, diretora de Construção Civil e Setor Imobiliário da Associação Comercial e Industrial de Foz do Iguaçu (Acifi), chega a 15%. Isso significa que, para quem vai adquirir uma casa ou um apartamento, a valorização é quase certa.

Comparação

O preço do metro quadrado em Foz do Iguaçu varia de R$ 3 mil, para um apartamento em prédio antigo, até cerca de R$ 6 mil, em apartamento novo. Cascavel, Maringá, Londrina e Curitiba, diz Cássia Regina, têm preços mais elevados.

“Até em Medianeira (a 60 quilômetros de Foz) o metro quadrado é mais caro”, compara. Medianeira é seis vezes menor que Foz. Em Curitiba, o preço médio do metro quadrado, em 2018, estava em R$ 4.727. Em bairros nobres, como o Batel e o Alto da Glória, o preço sobe para mais de R$ 7.500.

Mudança

A migração dos empregados de Itaipu em Curitiba para Foz do Iguaçu, que ocorrerá de 1 ° de julho até 31 de janeiro de 2020, é resultado das novas medidas de austeridade adotadas pela atual gestão da hidrelétrica binacional, no lado brasileiro. O objetivo é reduzir custos e gastos, para poder investir em obras estruturantes e, também, para permitir que, ainda antes de 2023, a tarifa de energia fique mais barata para o consumidor brasileiro.

Para Itaipu, a manutenção em Curitiba de um pequeno escritório de representação, a exemplo do que ocorre em Brasília, terá dois resultados práticos: redução dos gastos com aluguel do prédio e com passagens aéreas mais as diárias dos empregados que se deslocavam entre Foz e a capital (a despesa anual chegava a R$ 12 milhões); e a possibilidade de finalmente reunir, na cidade-sede da usina, todo o comando da empresa e praticamente todos os seus empregados.

“A proximidade do comando da empresa com o corpo funcional torna a gestão mais eficiente, com melhor aproveitamento da mão de obra e possível redução de duplicidade de funções, como ocorre com o escritório na atual formatação”, diz Silva e Luna.

Aplicativo

Para dar as boas-vindas aos colegas de Curitiba, o pessoal da área de Recursos Humanos de Itaipu criou um mapa interativo que facilita a integração à cidade. O mapa traz informações importantes sobre o município, como localização, bairros, população e até sugestões de lugares para morar e onde estão os melhores pontos para fazer compras ou se divertir, entre outras dicas.

Foto: Alexandre Marchetti/Itaipu Binacional

Curitiba, Destaques, Geral, Política,

Programa “A Hora do João” ganha transmissão ao vivo no Facebook

O presidente estadual do MDB, o ex-deputado João Arruda, que voltou para a o rádio no início do ano, aderiu de vez as redes sociais.

Nesta semana, o programa “A Hora do João”, levado ao ar diariamente pela Rádio Cidade 670 de Curitiba, ganhou um novo ingrediente – transmissão ao vivo pelo canal da emissora no Facebook.

A primeira edição do programa com ao vivo pela rede social contou com as participações especiais da analista transacional Makul Almeida e do analista Nello Morlotti.

Na rádio, João Arruda trata de temas relacionados à política nacional e estadual e coisas do cotidiano curitibano.

Curitiba, Estadual, Geral, Política,

Hussein Bakri e Sandro Alex anunciam entrada da BR-476 no Anel de Integração

Em visita à rodovia ao lado do Líder do Governo, Secretário de Infraestrutura do Paraná garantiu revitalização e duplicação da rodovia já a partir do ano que vem

Após reunião em Brasília na última semana, o Secretário Estadual de Infraestrutura e Logística, Sandro Alex, revelou que a BR-476 – entre União da Vitória e Curitiba – será incluída no novo Anel de Integração das rodovias do Paraná. O anúncio foi feito ao lado do Deputado Hussein Bakri (PSD) durante vistoria a obras no município, na última sexta-feira (14). O trecho também será duplicado e revitalizado já a partir do ano que vem, atendendo a um antigo clamor de moradores e empresários de todo o Sul do Estado.

“Esse era um pleito da sociedade civil organizada da região, que me encaminhou um documento assinado por diversas entidades. Entre as reivindicações, a recuperação da BR-476 estava no topo da lista, devido à grande importância que tem para o escoamento de produtos”, afirmou Hussein Bakri, que é Líder do Governo Ratinho Junior (PSD) e representante do Sul do Paraná na Assembleia Legislativa.

Os atuais contratos do pedágio no Paraná foram assinados em 1997 e vencem em novembro de 2021. Desde janeiro, a atual gestão estadual vem discutindo com o Governo Federal um redesenho desse modelo, que garanta obras e tarifas pelo menos 50% mais baratas. Na última terça-feira (11), Ratinho Junior e Sandro Alex acordaram com o Ministro da Infraestrutura, Tarcísio Freitas, que o novo Anel de Integração passará dos atuais 2,6 mil quilômetros de estradas para 4,1 mil quilômetros, nos quais estará incluída a BR-476. Além disso, para permitir a duplicação e revitalização da rodovia mais rapidamente, a União vai antecipar a concessão do trecho já para 2020, permitindo o início das obras com antecedência.

“O Deputado Hussein Bakri me fez esse pedido e eu levei a preocupação dele até Brasília. De pronto, fomos atendidos pelo Ministro Tarcísio, que tem sido um parceiro do nosso Governo. Faremos da 476 um corredor de exportação, que vai trazer desenvolvimento a todo o Sul do Estado”, declarou Sandro Alex. Ele ressaltou a importância do trecho como elo entre Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul, por onde passam diariamente cerca de 15 mil veículos.

A inclusão de pelo menos mais mil quilômetros no novo Anel de Integração tem o objetivo de promover uma integração mais efetiva da malha rodoviária paranaense e garantir o desenvolvimento regional para além das cidades-polo do Estado. Essa capilaridade maior vai criar corredores de escoamento de safra e produção industrial, inclusive ampliando a ligação com os estados de Santa Catarina, São Paulo e Mato Grosso do Sul.

“É preciso ressaltar também que os novos contratos serão pautados pela transparência, lisura, probidade, para que nunca mais aconteça no Paraná o que a Justiça e o Ministério Público infelizmente encontraram no nosso pedágio ao longo dos últimos 20 anos”, defendeu Sandro Alex.

Curitiba, Destaques, Economia, Geral,

“Top ten”: Foz do iguaçu entre as melhores cidades para investir em imóveis

O mercado imobiliário de Foz do Iguaçu está em clima de festa, com a vinda dos empregados da Itaipu em Curitiba.

A cidade, que já aparecia entre as 100 melhores do Brasil para se investir em imóveis, deverá receber mais de cem pessoas – ou famílias – de bom poder aquisitivo e dispostas a adquirir ou alugar um imóvel de médio/alto padrão.

A decisão da diretoria de Itaipu, de manter em Curitiba só um escritório de representação, com a transferência dos cerca de 150 empregados para cá (nem todos virão, mas a maioria, sim), beneficia Foz do Iguaçu em todos os sentidos, do setor imobiliário ao comércio em geral.

Leia mais no Portal H2FOZ

Curitiba, Destaques, Economia, Geral, Internacional, Turismo,

Bares de Curitiba e Londrina na expectativa da Copa América, para movimentar o setor

A festa de abertura da Copa América de Futebol está animando empreendedores de bares e casas noturnas filiados a Abrabar (Associação Brasileira de Bares e Casas Noturnas) em Curitiba e Londrina, no interior do Paraná.

Eles decidiram apostar e estão promovendo atrações para conquistar os fãs do esporte e de vantagens em dias especiais, como esta sexta-feira (14) e nos outros jogos da Seleção Brasileira.

A abertura da importante competição no continente, pode dar uma reposta e movimentar o setor, acreditam eles, que afirmam a procura de reservas está abaixo de outras datas festivas.

Os empreendedores buscam ainda dar uma resposta aos consumidores, que estão questionando, especialmente nas redes sociais, de quais estabelecimentos irão transmitir os jogos.

A expectativa é boa para todos, por iniciar em uma sexta-feira, data que coincide com o dia internacional do Happy Hour.

Muitos talvez não tenham casa cheia por conta exclusiva do futebol, mas sim pela tradição da sexta-feira e conciliando os dois desejos, esperamos um bom movimento, afirmam Fabio Aguayo, presidente da Abrabar e o empresário André, do Saint Patrick Pub.

Abaixo estabelecimentos que estão engajados na abertura da Copa América e no Jogo do Brasil:

LONDRINA:
Errejota
Entrada Free para mulheres que chegarem até as 20hs.
Open Bar & Food:
Mesa de petiscos no valor de R$ 21,90.
Cerveja 600 ml (Burguesa ou 1500) e Caipirinha de Limão R$ 15,90
Quiosque da BRAHMA
Happy de Chopp e porções, em preços promocionais até às 21hs.
Caipirinha de cachaça R$ 9,00

CURITIBA:
Choripã
A cada Gol do Brasil, rodada de cachaça
Espetinharia do Almir
Quem estiver com a camisa do Brasil, ganha 10% de desconto na conta de despesas
Fundição 52
Double de Gin Tônica, até às 21:30hs
O Equilibrista Bar
Promoção Chopp Brahma por R$ 6,90
Silzeus Bar
Promoção de Cervejas e Caipirinha
Saint Patrick Pub
Promoção de Happy Hour, paga 300ml e bebe 500ml, de qualquer Chopp, das 18 às 20hs.
Chapa Quente
Vai transmitir e não informou promoção
Espaço Gastronômico Santa Villa
Vai transmitir e não informou promoção

Curitiba, Destaques, Economia, Turismo,

Curitiba: Terceiro destino mais procurado para o turismo de negócios

Curitiba é o terceiro destino de negócios mais procurado por estrangeiros, de acordo com a Demanda Turística Internacional, pesquisa realizada pelo Ministério do Turismo e a Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (Fipe) e divulgada nesta terça-feira (11/6).

De acordo com o MTur, Curitiba passou a ser o terceiro destino mais procurado para o turismo de negócios, eventos e convenções. O primeiro lugar ficou com a cidade de São Paulo, seguida por Rio de Janeiro. No ano passado, a capital paranaense estava em quarto lugar no ranking, atrás de Porto Alegre.

O estudo também mostra que 95,9% dos visitantes para negócios chegam a Curitiba por via aérea e apenas 4,1% por via terrestre.

Para Tatiana Turra, presidente do Instituto Municipal de Turismo, o resultado é um reconhecimento ao bom trabalho feito e à qualidade do receptivo. “Temos várias ações para impulsionar o turismo de negócios e eventos e os números revelam que estamos no caminho certo”, disse ela.

Curitiba conta com uma excelente infraestrutura para eventos com espaços para até sete mil pessoas, hotelaria de qualidade com 20 mil leitos, além de uma extensa e variada oferta gastronômica, atrativos turísticos, e ainda incentivo fiscal para atrair novos parceiros.

Curitiba, Destaques, Estadual, Política,

Alexandre Frota diz que está magoado e em rota de colisão com Bolsonaro. Veja esta e mais na CabezaNEWS

Frota magoado O deputado federal por São Paulo, Alexandre Frota, um dos principais articuladores do PSL na Câmara Federal, concedeu longa entrevista ao UOL e não escondeu sua mágoa com quem ajudou a eleger. Frota afirmou que gosta “demais do Jair Bolsonaro”, mas tem tido “muitas divergências” com o presidente.

Magoado II Frota também não tem economizado nas críticas públicas ao governo e a colegas de partido, como o deputado federal Eduardo Bolsonaro, filho do presidente. Eduardo assumiu o comando do PSL paulista na segunda (10), e Frota promete judicializar a questão. “Eu estou em rota de colisão pelo que eu acho certo”, diz.

Por Moro Adianta o Blog do Tupan que o movimento social “Mais Brasil Eu Acredito” está preparando nova manifestação em Curitiba, para o dia sete de julho, em apoio ao ministro da Justiça de Bolsonaro, Sérgio Moro.

Moro II A mobilização começou antecipadamente para garantir um número expressivo de apoiadores, para superar a de 26 de maio, em defesa de Bolsonaro, diz o blog.

Na mídia Por falar em Moro, o vazamento de conversas dele, quando juiz federal, com procuradores da Lava Jato, continuou dominando a mídia ontem (12). A Câmara saiu na frente e aprovou uma convocação do ministro. O mesmo deverá será aprovado no Senado.

X 9 O aplicativo Telegram descartou a ação de hacker no vazamento das conversas de Moro com procuradores e o coordenador da Lava Jato, Deltan Dalagnol. Com isto, começa tomar corpo entre arapongas de inteligência a suspeita de que as mensagens podem ter sido entregues para publicação por integrante do grupo do aplicativo do qual fazia parte o atual ministro da Justiça.

Privatizações O custo das tarifas, integração de território, funções sociais e da soberania nacional com o projeto privatista do Governo Bolsonaro será debatido em audiência pública segunda (17) na Assembleia Legislativa. Representantes de estatais sairão “Em Defesa das Empresas Públicas”.

Privatizações II O evento é uma iniciativa do deputado Tadeu Veneri e vai contar com representantes dos Correios, Caixa Econômica Federal, Banco do Brasil e Petrobras, além de outras estatais e deputados federais.

Em queda Levantamento do Ministério da Justiça e Segurança Pública divulgado ontem aponta queda de 23% no número de homicídios no primeiro bimestre de 2019 país. A redução foi registrada nos nove tipos de crimes que compõem as estatísticas oficiais, na comparação com o mesmo período de 2018.

Ronildo Pimentel
Editor