Browsing Category

Curitiba

Curitiba, Estadual, Política,

Mais grave são os altos salários! Artigo de Thiago Chamulera

A Previdência assusta, mas o monstro mesmo são os altos salários do funcionalismo público. Muito se tem discutido sobre previdência, e de fato são primordiais a discussão e a efetiva reforma. A resistência sobre a correção, por incrível que pareça, vem dos funcionários públicos, que estão na iminência de perderem os privilégios carinhosamente outorgados pelo falido sistema que hoje se discute.

Mais grave que isto é a postura dos servidores, que tumultuam o debate e confundem a sociedade com alegações de que quem perde é o trabalhador – mentira! A título de exemplo um único funcionário público que hoje se aposenta aos 65 anos com um salário de R$ 30 mil, ao chegar aos 75, terá sido agraciado com a bagatela de R$ 3,5 milhões e meio de reais, pagos com o suor dos nossos esforços – praticamente é como ganhar na loteria!

Mas como dissemos, a previdência assusta, mas não é a mãe da gravidade! O monstro são os altos salários pagos aos servidores públicos, mais precisamente os considerados de alto escalão. Neste ano de 2019, o Tribunal de Justiça de Santa Catarina divulgou edital para concurso de juiz substituto com ganhos iniciais acima de 28 mil reais, e quando o futuro magistrado assumir, ainda terá a sua disposição, assessores para o exercício da função, pagos é claro, com o nosso dinheiro.

Se estivéssemos na Europa, talvez ficasse mais fácil aceitar esta realidade, mas a saúde financeira e social brasileira não suporta mais este cenário. Com apenas 05 meses de salário, este tipo de servidor praticamente compraria um imóvel do Programa Minha Casa Minha Vida, quando o contribuinte comum demoraria 10 ou 15 anos para adquirir.

Já do ponto de vista da eficiência e produtividade, temos um exército de funcionários públicos, protegidos por uma estabilidade inimiga da eficiência e do retorno mínimo à sociedade. Alguns agem como se estivessem fazendo um favor, enquanto, na verdade, deveria ser uma obrigação, afinal quem paga os salários somos nós. O sonho é passar em um concurso e ter a vida ganha.

Por conta disto a maioria dos Estados e municípios já não sobrevivem com seus próprios recursos, pois os nossos impostos são consumidos para pagar servidores e seus privilégios. Diante do cruel cenário, além de aprovar a reforma da previdência, é preciso iniciar discussões sobre a revisão dos salários pagos ao funcionalismo público, afinal quem quer ficar rico, que vá para a iniciativa privada.

𝘛𝘩𝘪𝘢𝘨𝘰 𝘊𝘩𝘢𝘮𝘶𝘭𝘦𝘳𝘢, 𝘢𝘥𝘷𝘰𝘨𝘢𝘥𝘰 𝘦𝘴𝘱𝘦𝘤𝘪𝘢𝘭𝘪𝘴𝘵𝘢 𝘦𝘮 𝘥𝘪𝘳𝘦𝘪𝘵𝘰 𝘢𝘥𝘮𝘪𝘯𝘪𝘴𝘵𝘳𝘢𝘵𝘪𝘷𝘰 𝘦 𝘦𝘭𝘦𝘪𝘵𝘰𝘳𝘢𝘭, 𝘮𝘦𝘴𝘵𝘳𝘦 𝘦𝘮 𝘥𝘪𝘳𝘦𝘪𝘵𝘰 𝘤𝘰𝘯𝘴𝘵𝘪𝘵𝘶𝘤𝘪𝘰𝘯𝘢𝘭, 𝘦 𝘱𝘳𝘰𝘧𝘦𝘴𝘴𝘰𝘳 𝘥𝘦 𝘨𝘦𝘴𝘵ã𝘰 𝘱ú𝘣𝘭𝘪𝘤𝘢 𝘦𝘮𝘣𝘢𝘳𝘤𝘢 𝘯𝘰 𝘮𝘢𝘪𝘰𝘳 𝘱𝘳𝘰𝘫𝘦𝘵𝘰 𝘥𝘦 𝘴𝘶𝘢 𝘤𝘢𝘳𝘳𝘦𝘪𝘳𝘢 𝘭𝘢𝘯ç𝘢𝘯𝘥𝘰 𝘴𝘶𝘢 𝘱𝘳é-𝘤𝘢𝘯𝘥𝘪𝘥𝘢𝘵𝘶𝘳𝘢 à 𝘗𝘳𝘦𝘧𝘦𝘪𝘵𝘶𝘳𝘢 𝘥𝘦 𝘊𝘶𝘳𝘪𝘵𝘪𝘣𝘢.

Curitiba, Destaques, Economia, Estadual, Política,

Curitiba avança em legislação para conter os furtos e roubos

Presidente da Abrabar, Fábio Aguayo e o vereador Tito Zeglin

A Câmara de Vereadores de Curitiba aprovou, em segunda discussão nesta terça-feira (23), projeto de lei que permite a cassação do alvará de estabelecimentos flagrados comercializando produtos de origem criminosa.

A iniciativa, do vice-presidente Tito Zeglin, representa um avanço na legislação para combater furtos e roubos, afirma a Associação Brasileira de Bares e Casas Noturnas (Abrabar/Sindiabrabar).

O setor de lazer e gastronomia da capital paranaense é um dos mais afetados por ações de marginais, principalmente aqueles que se valem da madrugada para agir.

A nova legislação mira estabelecimentos comerciais ou empresas licenciadas flagradas vendendo, adquirindo, transportando, estocando ou revendendo produtos oriundos de ações criminosas como furto, roubo ou outros tipos ilícitos penais”.

“Estivemos na Câmara Municipal de Curitiba, prestigiando o Vice-presidente da Casa, Vereador Tito Zeglin e dando apoio de nossa categoria ao seu Projeto”, destacou o presidente da Abrabar, Fábio Aguayo.

“Inclusive fizemos uma sugestão que se inclua através de novo PL a Cassação de quem comercializar produtos de descaminho e contrabando”, ressaltou.

De acordo com Aguayo, a proposta foi prontamente atendida pelo vereador Tito Zeglin. A iniciativa, “tem apoio também do secretário estadual de Fazenda do Paraná, Renê Garcia”, completou o presidente da Abrabar.

Contexto
O projeto aprovado pelos vereadores, acrescenta um inciso ao artigo 197 do Código de Posturas do Município (lei 11.095/2004), em que detalha os casos nos quais a administração municipal poderá cassar o alvará de localização e funcionamento da empresa.

Para entrar em vigor, a proposta deve ser transformada em lei pelo prefeito Rafael Greca. Em caso de veto parcial ou total, as objeções do Executivo serão reavaliadas pela Câmara Municipal.

Curitiba, Destaques, Estadual, Justiça, Política,

MP recebe denúncia de criação de cargos para “abrigar” comissionada na Câmara de Curitiba

A vereadora Maria Leticia Fagundes (PV) protocolou na Promotoria do Patrimônio Público do Ministério Público do Paraná (MP-PR), pedido de investigação supostas ilegalidades no Projeto de Lei nº 005.00051/2019.

A matéria, apresentada pela Comissão Executiva da Câmara de Curitiba, na prática cria mais um cargo que seria destinado para “abrigar” uma comissionada na Casa de Leis.

A proposição revoga a Lei Municipal 14223/2013 e sugere alterações na estrutura organizacional do legislativo.

Entre as alterações está a criação de novo cargo comissionado no quadro de funcionários da CMC.

É o de “Assessor de Controle de Admissibilidade e Redação Legislativa da Comissão de Constituição e Justiça”, com salário de R$ 12.393,83.

“É justamente a criação deste cargo que está sendo questionada por Maria Leticia, que aponta indícios de desvio de finalidade e ofensa aos princípios da impessoalidade e da moralidade”, destaca o portal Porém.

De acordo com a vereadora, a proposta pode estar tramitando com urgência no legislativo com o intuito de favorecer uma servidora que já trabalha na CMC.

A denúncia justifica-se pelos prazos curtos da análise do PL na Procuradoria Jurídica e nas comissões internas junto à uma correspondência eletrônica que circulou no sistema interno (SPL) da CMC.

Encaminhado pela servidora Jussana Carla Marques, diretora do Departamento de Plenário e Processo Legislativo (Deprole), o e-mail solicita “urgência máxima na aprovação destes projetos por causa da situação do Charlesson e da Rhuanita”.

A correspondência eletrônica teria sido recebida por engano por uma ex-assessora que encaminhou ao conhecimento da parlamentar.

Curitiba, Destaques, Geral, Política,

Chico Brasileiro é finalista no Prêmio Sebrae Prefeito Empreendedor

O Prefeito Chico Brasileiro é finalista estadual do Prêmio Sebrae Prefeito Empreendedor, com dois projetos inovadores, o “Pró Educação: MEI na Escola” e o “Foz Desenvolve”, ambos voltados à geração de emprego e ao desenvolvimento social e econômico do município.

Brasileiro concorre com prefeitos de vários municípios do estado nas duas categorias. Foram poucos municípios que chegaram à final com dois projetos. O anúncio dos prefeitos vencedores acontecerá no dia 22 de abril, em Curitiba. Esta premiação reconhece os prefeitos que implantaram projetos com resultados comprovados, com foco no desenvolvimento dos pequenos negócios do município.

“É uma alegria muito grande ser finalista de um prêmio tão importante quanto esse. Mas é claro que o mérito é de toda a equipe da prefeitura e importantes parceiros que se dedicaram para implantar estes programas e estão envolvidos em transformar a cidade. Quando existe vontade e compromisso, os projetos se tornam realidade e ajudam milhares de pessoas”, disse o prefeito.

MEI na Escola

Implantado há dez meses, o programa MEI na Escola dá oportunidade para que pequenos empresários prestem serviços na rede pública de ensino. Mais de 100 micro empreendedores individuais estão cadastrados no programa, atendendo a 90% das escolas municipais.

O programa busca, entre outros objetivos, incentivar e fomentar a economia local, possibilitando que os pequenos empresários possam ser contratados pelas Associações de Pais, Mestres e Funcionários (APMFs), para realizarem serviços hidráulicos, elétricos, de alvernaria, jardinagem, entre outros, nas escolas municipais e CMEIS (Centro Municipal de Educação Infantil).

Atualmente, as APMFs contam com recursos que chegam a quase R$ 2 milhões por ano. O significativo valor só está disponível devido aos esforços da atual gestão que elevou a verba de subvenção dos estabelecimentos de ensino para 100%, passando de R$ 2,50 para R$ 5,00 por aluno.

Foz Desenvolve

Elaborado pela Prefeitura e diversos parceiros, o programa Foz Desenvolve facilita e desburocratiza o acesso do empreendedor a inúmeros serviços, como o associativismo, a tributação diferenciada, acesso ao crédito, educação empreendedora, inovação e tecnologia, acesso à justiça, fortalecimento empresarial e atração de empreendimentos.

O programa oferta ações e serviços estruturantes para o empresariado local, com foco na ampliação do desenvolvimento econômico e social de Foz do Iguaçu. “O formato do programa apresenta benefícios imediatos e futuros que asseguram a transformação positiva do município, se caracterizando como um dos maiores programas de desenvolvimento empresarial já visto na cidade”, lembrou Chico Brasileiro.

O Foz Desenvolve foi construído com a contribuição e integração entre Poder Público e iniciativa privada, a partir da atuação do Comitê Gestor de Desenvolvimento Municipal (CGDM) onde participam instituições como Sebrae, Acifi, Câmara de Vereadores, PTI, Sincofoz, Sescap/PR, Sindhoteis, Unioeste, CRC/PR, Sicoob, Cesufoz, UDC, Banco do Brasil, Observatório Social, Amefoz, Unila, Uniamérica e diversas secretarias municipais.

Para a Secretária da Administração Salete Horst, nos dois projetos finalistas estaduais, “fica evidente que quando há vontade de transformação da realidade local por parte da gestão municipal, preocupação com o desenvolvimento da cidade e o bem-estar da população, torna-se possível realizar grandes ações, apenas reordenando a aplicação dos recursos disponíveis. Assim, alcança-se uma gestão mais humana, que visa ao desenvolvimento econômico e, também, social”

Prêmio

Nesta quinta-feira (14/03), o prefeito Chico Brasileiro e o vice Nilton Bobato participaram de uma reunião com consultores do Sebrae Estadual para avaliação dos projetos. O encontro aconteceu na sede do COMTUR e foi organizado pela Secretária da Administração Salete Horst, que também está à frente dos projetos.

Um dos micro empreendedores contemplados com o programa MEI na Escola também participou do encontro. Wagner Serafim presta serviços de manutenção predial em diversas escolas da cidade. “A ação da prefeitura foi um divisor de águas na minha vida e da minha família. Agradeço o apoio de todos os servidores da Casa do Empreendedor e também ao ótimo trabalho do prefeito que tem olhado para os pequenos empreendedores”, disse.

Também participaram da reunião, a secretária de Educação, Maria Justina da Silva; os secretários da Fazenda, Ney Patrício; de Planejamento, Elsidio Cavalcante; da Agricultura, Michieu Platini; de Tecnologia e Informação, Evandro Ferreira; de Assistência Social, Elias Oliveira, além de diretores das secretarias e representantes do SEBRAE.

Brasil, Curitiba, Estadual, Política,

Gleisi promove aula pública sobre a reforma da Previdência em Curitiba

A presidente nacional do PT, a deputada federal Gleisi Hoffmann, dedica a tarde desta véspera de sexta-feira santa para falar e debater sobre o projeto de reforma da Previdência do presidente Jair Bolsonaro, que está em discussão no Congresso Nacional.

A aula pública acontece em barraca montada praça Generoso Marques, na região central de Curitiba, como mostram as fotos enviadas pelo fotógrafo Eduardo Matysiak.

“A aposentadoria vai acabar. Primeiro, porque eles sugerem o aumento da idade. 62 anos para mulher e 65 para homem. Muitos podem dizer o seguinte: não é tão velho assim, hoje a população vive mais e pode trabalhar mais”, explica Gleisi.

Que completou: “O problema é que eles não fazem diferença na função que a população exerce. Não importa se você está na construção de sol a sol ou se você está num escritório. Não importa se você ganha um salário, ou cinco, 10 e 15”.

O ex-deputado estadual e federal Ângelo Vanhoni também participa da aula pública.

Curitiba, Destaques, Economia, Justiça,

Reportagem retrata drama de proprietários de bares de Curitiba, com seguidos furtos e roubos. Assista!

O programa Brasil Urgente levado ar nesta quinta-feira (11) pela Rede Bandeirantes, destacou o drama diário de proprietários de bares de Curitiba com os seguidos furtos e roubos.

A reportagem traz o caso do empreendedor Marcelo, que chegou pela manhã no estabelecimentos, no Centro Cívico da capital, e descobriu que estava sem energia no interior do estabelecimento, devido ao furto de fios durante a madrugada.

O presidente do Sindiabrabar, Fábio Aguayo, também fala do drama dos empreendedores da categoria, que estão desistiu de manter abertos os estabelecimentos, contribuindo no aumento de desemprego em Curitiba.

Assista abaixo a íntegra da reportagem

Curitiba, Estadual, Geral, Política,

Somos reféns de nossas escolhas, por Thiago Chamulera

Peço sua licença para perguntar: qual é o mais criminoso, o corrupto ou aquele que desconhece o que faz? É exatamente isto que vivemos.

Além da grande quantidade de políticos desonestos, temos um exército de gestores que não sabem quase nada de administração. A frase “desconhecimento é irmão da corrupção” faz todo o sentido nos dias atuais.

Vários municípios não recebem recursos porque não sabem administrar, não compreendem a execução de um projeto, ou desconhecem a lei de licitações.

Prefeitos que desconhecem a estrutura administrativa e quando não desviam, aplicam mal os recursos, Vereadores que não sabem fiscalizar e Servidores descomprometidos com a eficiência, amparados por uma estabilidade inimiga dos resultados e, por consequência, da população.

Conhecer os caminhos da boa administração pública, além de gerar resultados, diminui o espaço da corrupção e fortalece políticas públicas de qualidade.

Vivemos em um momento que não se admite mais negligência, imprudência ou imperícia com dinheiro público, pois quem sangra com uma decisão errada somos nós.

Chega!

A máquina pública tem que funcionar e gerar resultados, focando no que realmente importa – menos política e mais gestão.

Do contrário ainda dormiremos com a dúvida: quem é o pior, o ladrão ou o incompetente?


Thiago Chamulera – advogado especialista em direito administrativo e eleitoral, mestre em direito constitucional, e professor de gestão pública embarca no maior projeto de sua carreira lançando sua pré-candidatura à Prefeitura de Curitiba.

Curitiba, Destaques, Estadual, Geral, Justiça,

Donos de bares e restaurantes de Curitiba vivem epidemia diária de furtos e roubos

No início da semana o Sindicato de Bares e Casas Noturnas (Sindiabrabar-PR) trouxe a público o drama dos donos dos empresários de lazer e gastronomia da região central e bairros próximos de Curitiba, cujos estabelecimentos se tornaram alvo de marginais e pessoas em situação de rua.

A partir daí, o presidente da organização, Fábio Aguayo, não parou mais de receber relatos de novos casos, em outras regiões da cidade.

O alvo desta noite foi o Trip Bar, estabelecimento conhecido da Rua Mateus Leme: “Mais um Bar e Restaurante vítima de roubo/furto na madrugada Curitibana, pesadelos sem fim. O cabo ou fiação elétrica é um dos campeões de prejuízos”, disse Aguayo.

“Drama sem fim! Essa madrugada roubaram a fiação elétrica externa , quem vem da rede da Copel. Amanhecemos sem energia elétrica. Prejuízo . Há uma rede de receptação desses materiais que é imbatível! Mais uma história que se repete…”, contou o empresário.

Que completou: “acabo de chegar e encontrei o bar sem luz e vi a fiação cortada. Já ocorreu com meus vizinhos, várias vezes, agora comigo”.

“Está uma epidemia de furtos e roubos por toda a cidade e simultaneamente. Ele vai ter que restabelecer a energia para verificar às imagens”, relatou Fábio Aguayo.

O presidente do Sindiabrabar defende o uso de inteligência nas ações dos órgãos de segurança e a implantação de sistema de identificação de moradores de rua com biometria e sistema de reconhecimento facial, uma vez que os autores dos crimes quase sempre são os mesmos.

Mendigos e pedintes

A difícil rotina dos empreendedores de gastronomia e lazer inclui pessoas em situação de rua, não se sabe se todos são, que amedrontam e afugentam os clientes.

“É uma vergonha você ter um restaurante na Praça Osório, na hora do RUSH vem mulheres, mendigos e outros cara de paus, se instalam em frente aos RESTAURANTES, com crianças pequenas no colo, carrinho de catador de papel etc. pedem a todos que saem dos bares e restaurantes comida dinheiro etc”, relatou o proprietário de um estabelecimento.

Que ressaltou: “ESTOU PENSANDO EM FECHAR O ESTABELECIMENTO DI GRILL, desempregar 8 empregados e viver em paz. Por falta das autoridades municipais etc. O que roubam no estabelecimento nem do queixa porque não tomam nenhuma medida. NO FINAL QUEM LEVA O PREJUÍZO TOTAL É O EMPRESÁRIO”.

Curitiba, Destaques, Economia, Justiça,

Sindiabrabar denuncia onda de assaltos a bares da região central e entorno em Curitiba

Fábio Aguayo: “Esta manhã recebemos dezenas de relatos e reclamações de ações que ocorreram durante a noite e madrugada nos últimos dias”

Bares, restaurantes e casas noturnas da região central e entorno de Curitiba enfrentam uma onda de arrombamentos, principalmente nos bairros onde tem polos gastronômicos. A denúncia é Sindiabrabrar, que representa a categoria e vem recebendo comunicados sobre os crimes, que ocorrem à noite ou durante a madrugada.

“Esta manhã recebemos dezenas de relatos e reclamações de ações que ocorreram a noite e madrugada e nos últimos dias”, afirma o presidente do Sindiabrabar (Sindicato dos Bares e Casas Noturnas), Fabio Aguayo. “São reclamações de furtos e roubos de televisores, equipamentos, bebidas, dinheiro, entre outros”, destacou.

“O que impressiona que é em horário de expediente e o mais comum de madrugada. Por incrível que pareça, nas filmagens de monitoramento são sempre as mesmas pessoas, muitos dos indivíduos em situação de rua”, afirma Fábio Aguayo.

A entidade cobra uma postura mais firme e trabalho de inteligência para tirar de circulação estas pessoas e principalmente um combate rigoroso para controlar está epidemia de transtornos que está tirando o sono dos empresários do setor e causando um prejuízo coletivo incalculável.

Números que assustam
Segundo o presidente do Sindiabrabar, na madrugada desta segunda-feira (8), no Habibs, da Silva Jardim, furtaram duas caçambas da transresiduos que ficam dentro da lixeira. Na sexta-feira (5), a furtaram um veículo dentro do estacionamento, por volta das 19hs, também no Habibs.

Os relatos não param por aí. Nesta segunda-feira (8), do Ball Bull Água Verde, roubaram 2 televisores. Na última “visita” ao Trip Bar, em janeiro, roubaram dois botijões de gás, 1 engradado de cerveja e baldinhos de alumínio.

Na Praça da Espanha, entraram no Backyards e lolla Bar, furtando equipamentos eletrônicos e TVS. Em um ano e meio, na Rua Mateus Leme, o Amsterdam foi alvo de quatro arrombamentos, o último dia 20 de fevereiro. A Carmela Pizzeria , no Água Verde, roubaram os refletores por duas vezes.

Curitiba, Estadual, Política,

Fim das coligações pode mudar o panorama político de Curitiba

Com o fim das coligações previstas para acontecer pela primeira vez na eleição de 2020, o mapa eleitoral da Câmara Municipal de Curitiba deve passar por uma mudança radical, já que os partidões que só sobreviviam com chapões, serão obrigados a entrarem no varejo atrás de candidatos. Informações do Blog do Tupan.

Legendas como o PDT com cinco vereadores, o PSD com quatro, PSB e PSDB com três podem ter dificuldades na organização das chapas e correm o risco de perder vagas na casa legislativa.

A situação mais confortável é do PSD, que pode aumentar o número de vereadores, com a provável candidatura de Ney Leprevost.