Browsing Category

Destaques

Destaques, Educação, Foz do Iguaçu, Geral,

Foz do Iguaçu promove festival de Ginástica Rítmica

Primeira edição do festival será no Sábado (4), a partir das 9h, no ginásio do SEST/SENAT

Mesclando os movimentos da ginástica tradicional com a dança, a Ginástica Rítmica vem cada vez mais conquistando espaços em Foz do Iguaçu. Uma prova desse sucesso será mostrada no amanhã (4) no 1º Festival de Ginástica Ritmica de Foz do Iguaçu.

Organizado pela iguaçuense Escolinha de Ginástica Rítmica Mania Sports & Ellen Soares, o evento contará com a presença também de ginastas dos polos da Secretaria Municipal de Esportes e Lazer de Foz do Iguaçu, Secretaria Municipal de Esportes e Lazer de Medianeira e Escola Luigi Salvucci. O evento tem início programado para às 9h, no ginásio de esportes do SEST/SENAT /Foz do Iguaçu.

Desenvolvida com movimentos corporais baseados nos elementos do balé e da dança teatral, numa mistura de arte, criatividade e capacidade física, cuja execução é realizada em sincronia com a música, a modalidade famosa devido aos Jogos Olímpicos, pode ser executada por crianças a partir de 6 anos de idade e também por adultos.

Em Foz do Iguaçu a atividade vem sendo desenvolvida pela professora Ellen Soares, que atua com Ginástica Rítmica há 15 anos. “ A ginástica rítmica trabalha a leveza, a delicadeza, a fluidez do movimento. Estamos em alguns núcleos do município e, em especial, aqui no Mania Sports do Jardim Nacional, onde já trabalhamos com três turmas”, conta Ellen.
Segundo a professora, a prática tem atraído inclusive a as mães das crianças. “ Às vezes algumas mães fazem junto a atividade. A parte do alongamento, toda parte de flexibilidade, de equilíbrio é para desenvolver para a vida”, finaliza.
Para conhecer um pouco mais sobre a Ginástica Rítmica ligue ou envie um whats para o Centro de Treinamento Mania Sports (45) 999463905 / 998021689

Credito Fotos: arquivo

Cultura, Destaques, Foz do Iguaçu, Itaipu Binacional, Paraná,

Natal de Águas e Luzes e Jogos de Aventura e Natureza marcam reabertura do Gramadão, neste sábado (4)

Neste Sábado, dia 4 de dezembro a partir das 18h está previsto a abertura do Natal de Águas e Luzes no Gramadão da Vila A;

Após um ano de expectativa, o Gramadão da Vila A reabre para o público neste sábado (4) com uma celebração especial. Além das melhorias trazidas pela revitalização, que teve início em outubro de 2020, os visitantes ainda poderão conhecer dois dos principais atrativos do Natal de Águas e Luzes: a Floresta Encantada do Papai Noel e a Vila de Natal. O espaço também será palco do encerramento dos Jogos de Aventura e Natureza 2021, organizados pelo governo do Estado.

Com investimento total de quase R$ 4 milhões, recursos da margem brasileira da Itaipu Binacional, as obras corrigem velhos problemas do local, como a falta de sombreamento, sem acabar com as principais características do Gramadão – um espaço público, aberto e de uso múltiplo.

Haverá um bosque com árvores de médio e grande portes, projetado para melhorar o conforto térmico, e mais de 20 mil metros quadrados de área gramada. O playground será mantido.

Ao lado da entrada do Centro Executivo foram construídas arquibancadas para o público descansar e acompanhar o pôr do sol. Ao lado, será instalada uma fonte seca (sem espelho d’água), com jatos verticais de água e iluminação especial.

O novo Gramadão vai se integrar a outras melhorias em andamento na região, como o Mercado Municipal (também em fase de conclusão) e as ciclovias com pista de caminhada da Avenida Tancredo Neves e da Vila A – todas com recursos da Itaipu Binacional.

A iniciativa é da área de Comunicação Social da empresa, responsável pela gestão do espaço, e da Diretoria de Coordenação.

Natal de Águas e Luzes

A abertura das festividades de Natal, na última quarta-feira (1º), reuniu milhares de pessoas na Praça da Paz. Neste sábado, a festa chega também à Vila A, com uma decoração especial no Gramadão. De roda-gigante a feira de artesanato, incluindo voo cativo de balão, apresentação de BMX Freestyle (bicycle motocross) e interações com trupe circense, haverá atrações para todas as idades – e, é claro, a presença do Papai Noel.

Promovido pela Itaipu, Prefeitura de Foz e Fundo Iguaçu, o Natal de Águas e Luzes tem uma proposta inovadora, que favorece elementos e tecnologias sustentáveis e modernas para integrar à simbologia tradicional das festas natalinas as Cataratas do Iguaçu e a própria usina hidrelétrica. Serão 35 dias de decoração em dez pontos da cidade.

Além do Gramadão, a programação inclui projeções mapeadas inéditas no Colégio Mitre e Matriz São João Batista, iluminação cênica da Ponte da Amizade e da Catedral Nossa Senhora de Guadalupe, paradas (desfiles) e autos de Natal de grupos renomados.

Também estão programadas apresentações do cantor Daniel, no dia 19, e do padre Reginaldo Manzotti, em 22 de dezembro, ambos no Gramadão. Todas as atrações são gratuitas. Ao longo da programação, haverá coleta de alimentos não perecíveis para quem puder doar.

Encerramento dos Jogos de Aventura e Natureza

Os Jogos de Aventura e Natureza (JANS) são uma realização do Governo do Paraná, por meio da Superintendência do Esporte em parceria com as Federações Esportivas do Paraná.

É um projeto que une a prática esportiva, o turismo e a natureza em um evento itinerante, que beneficia a população paranaense tanto esportivamente quanto economicamente.

Sua edição inaugural, em 2019, contou com a participação de mais de 20 mil atletas nas competições, realizadas em 26 municípios. O Gramadão sediou a abertura dos Jogos, em setembro daquele ano.

Na edição deste ano, os JANS acontecem em duas etapas, em 20 municípios de duas regiões do Estado: Litoral e Lindeiros, num total de 30 modalidades.

Fotos da montagem de Natal. Divulgação.

Destaques, Foz do Iguaçu, Mundo,

Brasileiros terão horário restrito para abastecer em Puerto Iguazú

Os moradores de Foz do Iguaçu, ou mesmo de das cidades paraguaias em um raio de 50 quilômetros da Ponte Internacional Tancredo Neves, terão horário diferenciado para abastecer os veículos em Puerto Iguazú (Argentina). É o que prevê um projeto apresentado pela vereadora Ramona Britez e o ex-vereador Gabriel Llamas. A venda irregular do produto, tem sido uma alternativa para os moradores da cidade.

De acordo com a proposta, que já ganhou apoio da sociedade local, o horário para estrangeiros abastecer os veículos será estabelecido das 18h às 6h, de segunda-feira a domingo, informa o portal LaVozDeCataratas. A matéria, que foi discutida na noite de ontem (02) pelo Conselho Deliberativo de Puerto Iguazú, prevê uma campanha forte de fiscalização para que os postos de abastecimentos cumpram o horário.

Os estrangeiros que forem até Puerto Iguazú serão alertados do horário em cartazes nos pontos de fronteira e na entrada da cidade, separada de Foz do Iguaçu pelo rio Iguaçu. A intenção é evitar que moradores locais acabem penalizados, ou pela falta do produto, ou pelas longas filas que se formam nos locais de reabastecimento.

A normativa, em caso de aprovada e sancionada, terá duração de seis meses, levando em consideração os feriados de Natal e Réveillon e também o verão. Terminando o período, poderá ser renovada automaticamente, se continuar o panorama atual de falta de combustível e infraestrutura dos postos de Puerto Iguazú.

Desde a reabertura da Ponte Tancredo Neves, no início de novembro, muitos proprietários de veículos de Foz do Iguaçu têm reabastecido em Puerto Iguazú, atraídos pelo preço da gasolina, que custa em média a metade do valor no Brasil. Entre as medidas já adotadas no país estão a limitação do volume de reabastecimento, o que não impediu o esgotamento do produto.

Revenda

Em uma segunda reportagem, o LaVozDeCataratas aborda uma pesquisa própria, onde constatou que muitos moradores de Puerto Iguazú encontraram na revenda de gasolina uma alternativa de renda. Os proprietários de veículos vão até os postos, enchem os tanques de combustíveis, que é estocado em “latas” de azeitonas para facilitar a comercialização.

Os moradores até modificam o veículo, colocando mangueiras nos tanques, que são conectadas a tambores, para que consigam levar mais do que o permitido. Alguns destes “revendedores”, mandam motociclistas abordar os estrangeiros na fila de reabastecimento, divulgando a venda paralela.

Muitos aceitam comprar em diferentes bairros de Puerto Iguazú, pagando um preço mais elevado do produto, para se livrar da espera nas filas. “Em residências particulares de diferentes bairros, podem ser vistos cartazes de ‘venda de gasolina’, sem nenhuma objeção, apesar de não serem apenas ilegais, mas extremamente perigosos”, informa o portal.

Foto: LaVozDeCataratas

As informações são de GDia

Destaques, Foz do Iguaçu, Itaipu Binacional,

Com ministros e governador, cerimônia marca o plantio de 24 milhões de árvores na Itaipu

Autoridades destacaram o pioneirismo da binacional, referência para o setor elétrico mundial nos cuidados com o meio ambiente

Com a presença de ministros de estado, do governador do Paraná, prefeitos e parceiros da região Oeste do estado, a Itaipu Binacional comemorou nesta sexta-feira (3) o plantio da 24ª milionésima árvore na margem brasileira da usina. A marca coroa os esforços de restauração florestal que a empresa iniciou em 1979 e a colocam como referência mundial em cuidados ambientais.

Para o ministro do Meio Ambiente, Joaquim Leite, não se trata de um ato simbólico, uma vez que Itaipu efetivamente plantou 24 milhões de árvores. Ele, que liderou a missão brasileira à Conferência Mundial do Clima (COP 26), lembrou dos desafios que o mundo enfrenta: a necessidade de produzir energia limpa, recuperar a biodiversidade e sequestrar os gases de efeito estufa. “E é uma satisfação muito grande ver que a Itaipu Binacional faz tudo isso ao mesmo tempo”, enfatizou.

O ministro Bento Albuquerque destacou a Itaipu como referência na aplicação dos princípios ESG (Meio Ambiente, Social e Governança, em inglês): a governança permite à empresa estabelecer recordes de produtividade e garantir o abastecimento mesmo em tempos de seca; o social se traduz em programas não apenas para pessoas em vulnerabilidade, mas também na geração de emprego e melhorias na infraestrutura regional; e o cuidado ambiental fica evidente no cuidado com a restauração florestal, por exemplo.

E destacou o pioneirismo da Itaipu em temas urgentes da agenda internacional, como a transição energética (a substituição dos combustíveis fósseis por renováveis). “Costumo dizer que a transição energética começou no Brasil há 50 anos, com a Itaipu, as usinas nucleares e o Proálcool”, afirmou.

O governador do Paraná, Carlos Massa Ratinho Junior, falou sobre a importante contribuição da Itaipu para a promoção da sustentabilidade no estado. Recente relatório da Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE) sobre a aplicação dos princípios da Agenda 2030 da ONU aponta o Paraná como exemplo de desenvolvimento sustentável. “A sustentabilidade faz parte do DNA da Itaipu. E esse trabalho inspirou outras empresas, como a Copel e Sanepar, a também atuarem com essa visão”, disse o governador, lembrando que o estado tem 94% da geração de energia ligada à fonte hídrica.

O diretor-geral brasileiro da Itaipu, general João Francisco Ferreira, lembrou que os esforços de restauração florestal da Itaipu estão diretamente ligados ao negócio da empresa. Isso porque a conservação dos ecossistemas contribui para a preservação da água e para a longevidade do reservatório, assegurando a produção de energia para o Brasil e para o Paraguai no longo prazo. Ele também destacou o reconhecimento do programa O Homem e a Biosfera, da Unesco, que em 2019 incluiu as áreas protegidas da Itaipu na Reserva da Biosfera da Mata Atlântica.

A campanha

A cerimônia realizada no Centro de Recepção de Visitantes (CRV) da Itaipu marca o encerramento da campanha comemorativa da marca de 24 milhões de árvores plantadas pelo lado brasileiro da binacional, iniciada no último Dia da Árvore. A iniciativa envolveu os empregados da empresa, comunidades e autoridades da região. Porém, como enfatizou o general Ferreira, “o trabalho de restauração continua e será realizado enquanto a Itaipu existir”.

Representantes dos diferentes públicos envolvidos com a restauração em suas diferentes fases, desde 1979, foram homenageados durante a cerimônia: Antonio Brolezi (morador de São Miguel do Iguaçu, participante desde o início da iniciativa); Robinson Matte (empregado que está se aposentando e atuou em vários municípios da região); Jorge Borges dos Santos (que atua na Divisão de Áreas Protegidas desde 1996, especialmente no Refúgio Biológico Bela Vista); e Jandir Schug (contratado da empresa Engenharia e Manejo Florestal – Emafi).

Ao final da cerimônia, os ministros, o governador e o diretor-geral foram convidados a também deixarem suas marcas nas ações ambientais da empresa, plantando árvores no Bosque do Visitante, junto ao CRV. Última autoridade a fazer o plantio, o general Ferreira quebrou o protocolo e convidou a engenheira florestal Veridiana Pereira, da Divisão de Áreas Protegidas da Itaipu, a realizar o plantio da 24ª milionésima árvore, um ipê-amarelo.

Principais números

• 100 mil hectares de florestas preservadas em ambas as margens do reservatório (Brasil e Paraguai).
• 34 mil hectares ou 47.620 campos de futebol é quanto a Itaipu restaurou da Mata Atlântica no Brasil.
• 28% da restauração da Mata Atlântica no PR em 30 anos foram realizados pela Itaipu.
• 400 mil mudas de árvores nativas da Mata Atlântica são produzidas anualmente no Viveiro da Itaipu.
• 1.400 km de extensão é o tamanho da mata ciliar do reservatório apenas no Brasil.

Fotos: Rubens Fraulini/Itaipu Binacional

Destaques, Foz do Iguaçu, Justiça, Paraná,

Ônibus carregado com produtos inflamáveis detido pela Receita Federal em Santa Terezinha

Um ônibus com placas de Quatiguá-PR foi deslacrado hoje, 03/12, pela Receita Federal. O veículo foi retido no dia 14/10, por volta das 8h, na área urbana de STI durante uma operação de rotina da Receita Federal

Os bagageiros estavam carregados com mercadorias inflamáveis sem nenhum tipo de proteção, havia isqueiros, carvões e cigarros eletrônicos. Além disso, também foram encontrados óculos de grau já com as lentes, medicamentos, brinquedos, vestuários com marcas falsificadas e outras mercadorias diversas.

Esses produtos foram introduzidos no país sem o pagamento dos tributos devidos e sem nenhum tipo de fiscalização. Produtos importados sem o devido controle podem ser prejudiciais à saúde do consumidor. Ademais, a sonegação de tributos gera concorrência desleal, uma vez que ao não cumprir com as suas obrigações legais, a empresa fraudulenta cria condições para oferecer produtos com valores abaixo do praticado pelo mercado, prejudicando as empresas cumpridoras de seus deveres.

Os produtos prejudiciais à saúde serão destruídos e os resíduos serão destinados de forma sustentável, evitando danos ao meio ambiente. O restante será aproveitado de forma positiva, em benefício da sociedade por meio da destinação de mercadorias às entidades públicas e organizações sem fins lucrativos. Vale destacar que os produtos falsificados terão as marcas retiradas antes da destinação.

A Receita Federal disponibiliza telefones de contato para denúncias, de forma anônima, por meio dos números (45) 9 9152-2036 e (45) 9 9134-0100.

Essa iniciativa está inserida no âmbito do Programa de Proteção Integrada de Fronteiras (PPIF), instituído pelo Decreto nº 8.903/2016, tem como diretrizes a atuação integrada e coordenada dos órgãos de segurança e de fiscalizações atuantes nas fronteiras, e como foco, o fortalecimento da prevenção, do controle, da fiscalização e da repressão aos delitos transfronteiriços, como contrabando, descaminho, tráfico de drogas, armas e medicamentos, entre outros.

Assessoria

Destaques, Sem categoria,

Roda Gigante de Foz do Iguaçu será inaugurada dia 15 de dezembro

O mais novo atrativo turístico do Destino Iguaçu, a Yup Star Foz do Iguaçu, será inaugurada no próximo dia 15 de dezembro, próximo ao Marco das Três Fronteiras e da Ponte Internacional da Integração Brasil-Paraguai.

A data foi definida esta semana pela Gramado Parks, responsável pelo empreendimento, informa o Diário do Porto.

A Roda Gigante faz parte de um investimento de R$ 200 milhões que a empresa projetou para Foz do Iguaçu, incluindo o resort Aquan, que terá 360 apartamentos e previsão de inauguração para 2023, na modalidade multipropriedade.

As obras para construção da roda-gigante começaram há cerca de um ano. Com o lançamento da atração, a empresa estima contratar 60 colaboradores diretos e ter 40 parceiros indiretos, contribuindo para o desenvolvimento econômico do destino.

A nova roda-gigante do grupo oferece uma tematização especial. A Yup Star Foz está preparada para receber cerca de 500 mil pessoas por ano.

A roda-gigante tem 88 metros de altura, acomoda 288 pessoas, distribuídas por 36 cabines totalmente climatizadas a cada volta e está instalada em uma área total de 5 mil metros quadrados.

Sua visão panorâmica proporcionará ao visitante admirar as belezas naturais da região. Além disso, o local também contemplará um espaço dedicado para alimentação e uma loja de souvenirs.

Destaques, Foz do Iguaçu, Geral,

Contrato do transporte coletivo de Foz do Iguaçu deve ser caducado

A prefeitura deve formalizar nos próximos dias a caducidade do contrato com o Consórcio Sorriso, responsável pela operação do serviço público do transporte coletivo urbano desde 2010. O pedido pelo fim do contrato é a primeira decisão tomada pelo gestor do contrato depois de processo administrativo aberto em junho deste ano.

“O morador de Foz do Iguaçu tem que ser tratado com dignidade por um sistema de transporte eficiente e de qualidade. Ônibus que cumpram horários, itinerários e em número suficiente que evitem superlotação. Com o sistema atual, o iguaçuense acaba pagando a conta duas vezes, na tarifa e nos prejuízos”, afirma o prefeito Chico Brasileiro.

As três empresas do consórcio, conforme o atual contrato assinado em 2010, são responsáveis pela operação e manutenção das linhas de ônibus da cidade até 2025, mas o reiterado descumprimento das obrigações pactuadas motivou o pedido do gestor do contrato pelo fim do mesmo.

Superlotação

Entre as irregularidades levantadas pelo processo administrativo está a retirada de circulação de 54 veículos, sem a anuência do Município, das linhas operadas pelo consórcio. As empresas também descumpriram os decretos e normativas de prevenção aos casos de covid-19, principalmente em relação à capacidade máxima de passageiros por veículo.

Pesquisa com usuários do transporte coletivo, realizada pela prefeitura e Foztrans, apontou que 70% estão insatisfeitos ou muito insatisfeitos com o serviço. Em relação à frequência dos ônibus, 42,1% dos usuários estão insatisfeitos e 23,1% muito insatisfeitos. Sobre a lotação, 65,4% responderam que na maioria das vezes os ônibus estão muito ocupados e 19,7% disseram que estão ocupados em excesso.

Na defesa apresentada ao processo administrativo, o consórcio alegou que, devido à pandemia da covid-19, sofreu prejuízos financeiros por conta da redução da demanda. “Não há como aumentar a tarifa do ônibus e nem subsidiar um sistema com o qual a população está insatisfeita. Isso seria um desrespeito”, disse o prefeito.

Novo sistema

O secretário da Transparência e Governança, José Elias Castro Gomes, defende um novo processo licitatório que garanta segurança, conforto e agilidade – atraindo, inclusive, aqueles que hoje não usam os ônibus. Na pesquisa da prefeitura e Foztrans, 74,8% das pessoas que atualmente não utilizam o transporte coletivo declararam que voltam a usá-lo, caso houvesse melhora nas condições do sistema.

“O consórcio foi notificado e terá 10 dias para responder ao processo de caducidade da concessão. Com o rompimento, a prefeitura deverá fazer a contratação de uma nova empresa para operar as linhas de ônibus por período determinado, até que seja finalizado um novo processo licitatório”, diz José Elias Castro Gomes.

A demanda de passageiros atual do transporte já é de 37 mil passageiros por dia e mesmo assim, o consórcio não ampliou o número de ônibus nas linhas operadas e também em horários de picos. “O consórcio tirou linhas de locais como a Aparecidinha (área rural da cidade) e o Angatuba, onde houve crescimento do número de moradores. As pessoas precisam andar muito para pegar os ônibus e chegar ao trabalho, o que é inadmissível”, disse Chico Brasileiro.

As informações são de GDia

Cultura, Destaques, Foz do Iguaçu, Paraná, Turismo,

Decoração natalina e projeção mapeada encantam moradores e turistas em Foz do Iguaçu

Interatividade com espaços na Praça da Paz, Colégio Bartolomeu Mitre e matriz São João Batista atrai visitantes ao Natal de Águas e Luzes

Em sua segunda noite de apresentações da programação do Natal de Águas e Luzes de Foz do Iguaçu, o espetáculo “Um encanto de Natal” contou novamente com grande público na Praça da Paz. O encantamento continuou para quem estendeu o passeio pelo centro da cidade.

Há poucos metros da praça, os visitantes percorrem um roteiro de luzes e imagens, que segue pela avenida Jorge Schimmelpfeng. As projeções mapeadas na matriz São João Batista e Colégio Bartolomeu Mitre atraem a atenção de uma legião de pessoas com celulares em punho para registrar a novidade. Imagem e som tomam a proporção das fachadas imitando uma grande tela de cinema a céu aberto.

“Faz 35 anos que moro aqui e nunca tinha visto algo parecido com esse Natal. Me emociona ver”, disse a psicopedagoga Amelice Rocha. Acompanhada de amigos, gravou e fez fotos em frente à projeção. “Acertaram em cheio com essas atrações, inovaram em tudo.”

A cada dois minutos o vídeo com temática natalina recomeça e mais pessoas param nas calçadas para acompanhar a história. Desde março morando na cidade, a blogueira Vivian Campos gravou com o celular a projeção e elogiou a iniciativa. “Ficou muito bom, e poder acompanhar isso com muita segurança, é melhor ainda”. A exemplo dela e do marido, outras pessoas paravam nas calçadas para acompanhar as projeções.

Um pouco mais adiante da avenida iluminada com arcos, representando a força das águas, é possível chegar à Praça do Colégio Bartolomeu Mitre, onde a fachada também é utilizada como uma grande tela. No local, outra diversão é passear entre túneis e estruturas de luzes.

Dois casais vindos de Mogi das Cruzes (SP) acompanhavam a movimentação de pessoas na praça, sentados em um dos bancos da praça. “Já conhecíamos a cidade, já viemos três vezes, mas desta vez ficamos surpresos, estão de parabéns pelo Natal”, disse Nilton Jardim, do pequeno grupo.

No túnel de luz – um dos mais procurados pelos visitantes para selfies -, a família da agente de viagens Debora Rodrigues, de São Paulo, se divertia. “A gente fica feliz em ver tanta segurança, num clima tão gostoso. A cidade está bonita, acolhedora. As pessoas também estão cuidadosas, usando máscara e com distanciamento. Gostei muito do que vi.”

Para Débora, além das atrações naturais de Foz do Iguaçu, a receptividade dos iguaçuenses também tem seu lugar de destaque em meio à festa do Natal. “Fomos muito bem recebidos, e todos estão falando do Natal da cidade”.

As projeções mapeadas na igreja e no colégio acontecem diariamente a partir das 21 horas. O Natal de Águas e Luzes é uma realização da Prefeitura de Foz do Iguaçu, Itaipu Binacional, Fundo Iguaçu e parceiros.

Fotos: Christian Rizzi/PMFI

Destaques, Economia, Foz do Iguaçu, Turismo,

Embaixador da Palestina faz visita oficial ao Município de Foz do Iguaçu

Ibrahim Alzeben foi recebido nesta quinta-feira (02) pelo prefeito Chico Brasileiro

Nesta quinta-feira (02), o prefeito Chico Brasileiro, recebeu no Palácio das Cataratas, sede do executivo municipal, o Embaixador da Palestina no Brasil, Ibrahim Alzeben. Durante o encontro oficial foram abordados temas relacionados a cooperações, com destaque a futuras ações de turismo entre Foz do Iguaçu e Jericó.

“Foz do Iguaçu é uma cidade símbolo de harmonia entre os povos e também de turismo. Foz é o Destino do Mundo e queremos estreitar cada vez mais a relação com outros países. Em relação à Jericó que já é cidade-irmã de Foz, vamos ampliar os laços e criar vínculos compartilhados de turismo entre as duas cidades”, comentou o prefeito Chico Brasileiro.

Ibrahim Alzeben agradeceu à hospitalidade de Foz do Iguaçu para com o Estado da Palestina nas diversas ações de promoção e visibilidade da cultura do país.

Turismo Halal

Foz do Iguaçu será o primeiro destino turístico halal do Brasil. Pelo termo assinado em outubro na Expo Dubai, os colaboradores dos estabelecimentos turísticos de Foz (hotéis, restaurantes e similares) serão capacitados em serviços halal, o que vai permitir que a cidade atraia ainda mais turistas árabes.

Presenças

Também participaram do encontro diplomático, o secretário da Administração, Nilton Bobato; o diretor de Assuntos Internacionais, Jihad Abu Ali; e o presidente da Federação Árabe Palestina do Brasil (FEPAL), Ualid Rabah.

Destaques, Foz do Iguaçu, Justiça, Paraná,

Policiais federais cumprem quinze mandados de busca e prisão na manhã desta Sexta, em Foz do Iguaçu

A Polícia Federal deflagrou, na data de hoje (03), a Operação Arroz Verde, para desarticular grupo criminoso especializado no tráfico internacional de drogas e de armas

Cerca de 40 (quarenta) policiais federais cumpriram 11 (onze) mandados de busca e apreensão e 4 (quatro) mandados de prisão preventiva nas cidades de Foz do Iguaçu/PR, Missal/PR e Conceição das Alagoas/MG.

A investigação foi iniciada em maio de 2021, a partir de apreensões de cargas de maconha, de cocaína e de armas, oriundas do Paraguai e destinadas a estados da região sudeste e nordeste.

Verificou-se que o grupo criminoso estaria relacionado com, ao menos, 7 (sete) ocorrências de tráfico internacional de drogas e de armas, nas quais foram apreendidas aproximadamente 5 (cinco) toneladas de maconha, 254 (duzentos e cinquenta e quatro) quilogramas de cocaína e 30 (trinta) armas de fogo, além de vários caminhões utilizados para transporte.

Os investigados possuem frota de cerca de 50 (cinquenta) veículos, entre cavalos mecânicos, carretas, caminhonetes e veículos de passeio, a maior parte deles em nome de “laranjas”.

Os veículos do grupo, além de realizaram transporte de cargas lícitas, eventualmente transportavam também drogas ou armas, geralmente em meio a cargas de arroz para não levantarem suspeitas das equipes de fiscalização.

Ao longo das investigações, surgiram indícios de que 1 (um) dos investigados era foragido da Justiça Brasileira, utilizando identidade falsa desde 2012.

Além da prisão dos líderes do grupo criminoso, foram sequestrados dinheiro, veículos e imóveis dos investigados e de empresas em nome deles e em nome de “laranjas”, supostamente obtidos em razão das práticas criminosas ou utilizados para tráfico de drogas ou de armas.

Os investigados supostamente cometeram os crimes de tráfico internacional de drogas, de associação para o tráfico, de tráfico internacional de armas e de lavagem de dinheiro. Se condenados, poderão receber penas de até 61 (sessenta e um) anos de prisão.
 
*O nome da operação faz referência ao modo utilizado, pelo grupo criminoso, de transporte de grandes quantidades de maconha em meio a cargas de arroz.