Browsing Category

Destaques

Coronavírus, Destaques, Geral, Política,

Congresso do Paraguai aprova lei que destina recursos socioambientais à saúde durante pandemia

A Câmara dos Deputados aprovou nesta quarta-feira (21) projeto de lei que destina os recursos de “Responsabilidade Social Empresarial Socioambiental”, e qualquer outro fundo social, para sua plena utilização na área da Saúde para o duração da pandemia covid-19.

Adianta a Agência IP que a proposta já passou pela Câmara dos Senadores. Com a aprovação pelos deputados, a matéria segue agora para o Poder Executivo para sua homologação ou rejeição.

A utilização total dos recursos socioambientais das binacionais Itaipu e Yacyretá gira em torno de US$ 150 milhões, segundo cálculos parciais dos parlamentares.

Projeto semelhante foi rejeitado na Câmara dos Deputados em 13 de abril e novo documento com o mesmo objetivo foi apresentado ao Senado dois dias depois.

Um grupo de deputados propôs uma modificação na qual o Poder Executivo pode autorizar empresas binacionais a usar esses recursos para a Saúde.

Já o projeto original afirma que esses fundos devem ser usados ​​em sua totalidade durante a declaração de emergência para a pandemia covid-19.

A votação final foi de 40 votos no projeto original, 39 na modificação e 1 abstenção dos 80 deputados que participaram da sessão desta quarta-feira.

Os recursos socioambientais devem ser utilizados para a compra de insumos, elementos de biossegurança e infraestrutura hospitalar.

Da mesma forma, o texto da Lei estabelece que o Poder Executivo deve notificar os diretores gerais e o conselho de administração de ambas as hidrelétricas, do lado paraguaio, a adequar seus regulamentos internos quanto à administração desses recursos.

Brasil, Destaques,

Dia do Descobrimento do Brasil

Hoje comemoramos o Dia do Descobrimento do Brasil, em 22 de abril de 1500. Nesta data as caravelas da esquadra portuguesa, comandada por Pedro Álvares Cabral, chegaram ao litoral sul do atual estado da Bahia, próximo a um morro batizado de Monte Pascoal.

No dia 24 de abril, dois dias após a chegada, ocorreu o primeiro contato dos indígenas brasileiros com os portugueses. De acordo com a Carta de Pero Vaz de Caminha, foi um encontro pacífico e de estranhamento, em função da grande diferença cultural entre os povos.

Destaques, Paraná, Política,

Guto Silva e Bakri discutem hoje a retomada da economia com prefeito e empresários de Foz do Iguaçu

O secretário chefe da Casa Civil, Guto Silva e o líder do Governo na Assembleia Legislativa, deputado Hussein Bakri, estarão nesta quinta-feira (22) em Foz do Iguaçu para discutir, com o prefeito Chico Brasileiro e empresários, projetos e ações para a retomada da economia afetada pela pandemia do novo coronavírus (Covid-19). A tarde ambos se reúnem com prefeitos da região Oeste em São Miguel do Iguaçu.

A agenda de Guto Silva e Bakri começa às 10h, com uma reunião na Prefeitura de Foz do Iguaçu. Em seguida, às 11h, os dois são esperados para uma específica sobre a retomada econômica na Associação Comercial e Empresarial (Acifi). Às 13h se reúnem, em São Miguel do Iguaçu, com prefeitos do Oeste. Eles encerram o roteiro às 16h30, com uma visita às obras da Ponte da Integração Brasil-Paraguai.

Na reunião com o prefeito Chico Brasileiro, Guto e Bakri vão discutir a queda na arrecadação do poder público do Paraná, em função da pandemia. Na última segunda-feira (19), o secretário chefe da Casa Civil entregou, na Assembleia Legislativa, a Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) para 2022.

A peça, que projeta a arrecadação do Governo do Estado no período, prevê um déficit de aproximadamente R$ 4 bilhões. De acordo com o Guto Silva, a LDO teve que ser ajustada por mais um ano em razão dos efeitos do coronavírus e do déficit causado pela queda de arrecadação do ICMS, a principal fonte de receita do Estado.

“Uma queda de R$ 2,7 bilhões. Se somarmos com o ano passado, R$ 3,7 bilhões, o Estado tem um déficit de arrecadação de mais de R$ 6 bilhões”, disse. Segundo o chefe da Casa Civil, graças a recursos captados em instituições financeiras será possível o Estado ampliar a capacidade de investimentos, de R$ 2,6 bilhões para R$ 4,5 bilhões.

As informações são de GDia

Coronavírus, Destaques, Paraná, Saúde,

Governo do Paraná ativa leitos de UTI em 12 municípios que nunca tiveram esse serviço na saúde pública

O Governo do Estado ativou, desde o início da pandemia, 124 leitos de UTI em municípios que nunca tiveram este tipo de apoio para internação. São municípios com população de 10 mil a 47 mil habitantes espalhados por todas as regiões do Paraná.

A estratégia contempla especialmente a política de gestão da regionalização da saúde, conforme diretrizes do Governo do Estado. O objetivo é que as pessoas possam contar com suporte médico/hospitalar mais perto das suas casas, especialmente no período da pandemia da Covid-19.

“É um esforço contínuo desde março de 2020 para levar assistência especializada, com equipamentos e profissionais, para as regiões do Estado, beneficiando todos os municípios, independente do porte, mas sempre de acordo com a necessidade de logística e com foco na regionalização dos serviços de saúde”, afirmou o secretário da Saúde do, Beto Preto.

Doze municípios tiveram estruturas abertas neste pouco mais de um ano da pandemia. O investimento destes leitos de UTI é feito com recursos do Governo do Estado e também do governo federal. O custeio mensal é de aproximadamente R$ 6 milhões.

“Neste período, e enquanto perdurar a pandemia, 12 municípios que nunca tiveram UTI receberam este benefício e estão podendo tratar os casos graves de Covid-19 sem precisar de deslocamento para cidades maiores. Sabemos da urgência que a infecção do coronavírus pode causar e por isso a implantação destes leitos exclusivos para o tratamento da doença”, disse o secretário.

Descentralização – Na macrorregião Leste, pela primeira vez foram ativados leitos UTI nos municípios de Laranjeiras do Sul (10 leitos no Instituto São José) e no município da Lapa, com seis leitos de Unidade de Terapia Intensiva no Hospital São Sebastião, autorizados na semana passada pelo governador Carlos Massa Ratinho Junior.

Na macro Oeste, Assis Chateaubriand conta com 28 leitos de UTI no Hospital Moacir Miqueletto; Palotina, com 10 no Hospital Abrão Delazzari; Chopinzinho, com 10 no Instituto São Rafael; Nova Aurora, com 6 no Hospital Dr. Aurélio; Cerro Azul, com 3 no Hospital Bom Samaritano; e Missal, com 3 no Hospital e Maternidade Nossa Senhora de Fátima.

Já no Noroeste, os leitos de UTI inéditos foram implantados nos municípios de Colorado, com 20 no Hospital Santa Clara; Goioerê, com 10 na Santa Casa, e em Astorga, com 3 no Hospital Cristo Rei.

Outros 15 leitos de UTI também foram abertos pela primeira vez no Hospital Regional do Norte Pioneiro, em Santo Antônio da Platina.

“A decisão de implantação e ativação dos leitos de UTI Covid pela Sesa leva em conta as necessidades regionais, considerando o cenário diário da pandemia”, explicou o diretor de Gestão em Saúde da Sesa, Vinícius Filipak.

As estruturas montadas têm equipamentos que foram cedidos pelo Estado, dentre respiradores e monitores, além de doações que chegaram ao Paraná e foram entregues às instituições, ou ainda que foram adquiridos pelo próprio prestador de serviços.

Balanço – Nesta quarta-feira (21) o Paraná conta com 1.834 leitos de UTI e 2.769 leitos de enfermaria para adultos. A rede exclusiva também tem 22 UTIs e 34 enfermarias pediátricas. São 63 municípios integrados nessa estratégia de atendimento. Mais de 70 mil atendimentos já foram realizados.

As informações são de Agência de Notícias do Paraná

Destaques, Geral, Paraná,

​Corpo de Bombeiros do Paraná recebe simulador para treinamentos virtuais

O Corpo de Bombeiros do Paraná é o primeiro da América Latina a contar com o Simulador FLAIM, de origem australiana, equipamento que permite intercalar treinamentos de campo com simulações virtuais durante a formação e aprimoramento da tropa. Entre outras vantagens, o aparelho possibilita reproduzir ações em diversos ambientes simulados, com a troca instantânea de cenários e o exercício de diferentes situações possíveis de serem encontradas na realidade operacional.

O material foi entregue ao Corpo de Bombeiros nesta terça-feira (20) pelo governador Carlos Massa Ratinho Junior em ato simbólico no Palácio Iguaçu. O investimento do Governo do Estado é de R$ 707 mil.

“Os bombeiros do Paraná historicamente estão à frente do seu tempo. Uma instituição moderna, inovadora, que vai poder aprimorar os treinamentos com o uso de um simulador de realidade virtual. Isso significa uma formação mais aprimorada e um serviço ainda melhor que será entregue à sociedade”, disse Ratinho Junior.

O governador lembrou que a ação dos bombeiros paranaenses nos últimos dois anos extrapolou os limites do Paraná, incluindo operações em outros estados, como o apoio nos resgates das vítimas da tragédia de Brumadinho, em Minas Gerais, e combate aos incêndios na Amazônia e no Pantanal. “É um dos melhores, se não for o melhor Corpo de Bombeiros do País”, destacou.

Com o uso do aparelho a experiência durante o treinamento é potencializada, explicou o coronel Gerson Gross, comandante-geral do Corpo de Bombeiros. Segundo ele, o mundo virtual replica exatamente os equipamentos utilizados pela corporação, como esguicho e mangueira, entre outros. “Até o calor do corpo vai mudando conforme o soldado chega mais próximo do fogo por causa de uma vestimenta que aquece”, disse.

O comandante destacou que o simulador complementa os materiais já à disposição do Laboratório de Combate a Incêndios da Escola Superior de Bombeiros, em Curitiba. A intenção, contudo, é promover caravanas pelo Interior do Estado com a introdução de treinamentos regionalizados, atingindo toda corporação de 3.200 profissionais.

“Podemos treinar em vários cenários sem ter o incêndio real. É algo muito importante para acompanhar o comportamento do bombeiro”, afirmou o coronel.

Chefe do Centro de Ensino e Instrução do Corpo de Bombeiros, o major Eduardo Slomp ressaltou que além da versatilidade tecnológica e da praticidade, o simulador possibilita realizar exercícios que dependeriam de altas demandas logísticas e financeiras de maneira instantânea e com considerável rotatividade de alunos. “É um equipamento inovador. Vai auxiliar e muito nossos bombeiros a aperfeiçoar a técnica de combate a incêndio”, comentou.

Presenças – Participaram da cerimônia o vice-governador Darci Piana; o secretário-chefe da Casa Civil, Guto Silva; o coronel Manoel Vasco de Figueiredo Junior, chefe do Estado-Maior do Corpo de Bombeiros Militar do Paraná; e o chefe do Estado-Maior da Polícia Militar do Paraná, coronel Vanderley Rothenburg.

Fotos: Jonathan Campos/AEN

As informações são de Agência de Notícias do Paraná

Busão Foz, Destaques, Economia, Foz do Iguaçu,

Mototaxistas de Foz do Iguaçu criam aplicativo de transporte de passageiro

O serviço de mototáxi em Foz do Iguaçu precisou se adaptar para continuar atendendo os clientes, que hoje migraram para os serviços de transporte individual por aplicativo.

Adianta a Rádio Cultura que, com o passar do tempo, os mototaxistas se transformaram em motoboys, atendendo a nova demanda de delivery.

Na cidade, cerca de 100 motoqueiros estão aptos para prestar o serviço de transporte de passageiros e outros 328 com a permissão de concessão vencida, esperando a renovação pelo Instituto de Transporte e Transito de Foz do Iguaçu (Foztrans).

Pensando nisso, um grupo de mototaxistas criou o aplicativo Foz Mototáxi, onde o passageiro pode solicitar uma corrida pelo smartphone. O App também tem o serviço de entrega.

Sérgio Lopes, um dos idealizadores do Foz Mototáxi, informou que a demanda aumentou após a paralização do transporte coletivo.

“Tivemos a ideia de criar esse aplicativo para melhorar o nosso movimento e de alguma forma conseguir competir, trabalhar e ter uma renda a mais no dia”, disse.

A corrida mínima é de R$ 5,50. Uma viagem da Avenida Brasil, no centro, até o Porto Meira, por exemplo, sairia em torno de R$ 7. O App está disponível para os sistemas Android e IOS.

Até agora 77 mototaxistas se cadastraram no aplicativo. Para se associar o mototaxista precisa estar cadastrados no Município, através do Foztrans, com motocicleta amarela numerada, placa vermelha e colete de identificação.

Busão Foz, Destaques, Geral, Paraná,

Detran-PR adere ao sistema de notificação eletrônica e desconto de multas chega a 40%. Baixe o APP!

O Departamento de Trânsito do Paraná (Detran-PR) aderiu ao novo Sistema de Notificação Eletrônica Nacional (SNE). Esta solução disponibiliza um desconto de até 40% para pagamento antecipado da multa e também permite que o condutor ou proprietário de veículo tenha acesso a detalhes de suas infrações.

A novidade chega junto com as alterações do Código de Trânsito Brasileiro (CTB), por meio da lei 14.071/2020, que entrou em vigor no último dia 12, data da adesão.

O SNE foi desenvolvido pelo governo federal por meio do Departamento Nacional de Trânsito (Denatran) e Serpro, e depende da adesão dos órgãos de trânsito para que o desconto seja concedido.

“Qualquer serviço que venha a beneficiar a população paranaense é de interesse da nossa gestão e vai ao encontro das diretrizes do governador Carlos Massa Ratinho Junior. Ficamos muito felizes em aderir, até porque sabemos das dificuldades que muitas pessoas têm para quitar seus débitos”, destacou o diretor-geral do Detran-PR, Wagner Mesquita.

Sistema – Para ter acesso ao sistema é necessário fazer um cadastro no portal do governo federal (gov.br) ou ter um certificado digital. Depois disso, é só baixar o aplicativo Carteira Digital de Trânsito (CDT) no celular e utilizar.

Com a conclusão do cadastro, o usuário tem a possibilidade de inserir dados dos veículos em seu nome e fazer o acompanhamento. Ele traz, eletronicamente, informações das notificações de autuações e penalidades dos órgãos autuadores que aderiram ao SNE. O usuário poderá inserir ou excluir os veículos cadastrados a qualquer tempo.

Em breve, estará disponível a apresentação de defesa prévia e o recurso para quando o condutor não reconhecer o cometimento da infração, e não quiser usufruir do desconto, sendo dispensável a apresentação de documentos para tal efeito.

Para aproveitar e ter acesso ao desconto de 40% no pagamento antecipado das multas, disponível para infrações cometidas a partir do dia 12 de abril de 2021, o cidadão deverá reconhecer que cometeu a infração e não apresentar defesa e/ou recurso contra a multa.

As informações são de Agência de Notícias do Paraná

Destaques, Foz do Iguaçu, Itaipu Binacional,

Ponte da Integração Brasil-Paraguai: começa o empurrão da penúltima prancha em Presidente Franco

Técnicos da Itaipu Binacional informaram que na última segunda-feira foi iniciado o deslizamento do penúltimo trecho do deck da Ponte da Integração, em Presidente Franco.

Adianta a La Clave que se trata da terceira de um conjunto de quatro peças que vão constituir a faixa de rodagem da futura ligação rodoviária.

De acordo com o relatório, as obras da passagem de fronteira entre o Paraguai e o Brasil mostram avanço de 55%, no prazo de 20 meses após o início das obras.

Com o terceiro trecho concluído, o tabuleiro da ponte -em Presidente Franco- já tem 81 metros de extensão, sendo 110 a serem construídos.

Continue lendo na La Clave

Destaques, Economia, Foz do Iguaçu,

Em meio a crise do novo Coronavírus, Henandárias, no Paraguai, recebe quatro grandes fábricas

Em meio a crise provocada pelo novo Coronavírus (Covid-19), a cidade paraguaia de Hernandárias acaba de receber quatro grandes fábricas, informa a rádio La Clave.

As empresas estão em processo de instalação na zona industrial de Hernandarias, o que permitirá a geração de centenas de empregos.

De acordo com Jaime Zorrilla, diretor de Indústria, Comércio e Agricultura do Município, as indústrias são de capital paraguaio e estrangeiro, e se somam aos grandes empreendimentos já estabelecidos no local.

A zona industrial de Hernandarias tem apresentado um crescimento rápido nos últimos anos. Está localizada em uma área de cinco mil hectares e possui subestação própria, por isso seduz investidores nacionais e estrangeiros, possibilitando a instalação de novos empreendimentos de grande porte.

Um dos casos é o da empresa Blink Bioscience SA, do ramo de ração animal, cuja construção começou no final do ano passado, em um terreno de cinco hectares.

O investimento é de cerca de 7 milhões de dólares, vindos de capitais brasileiros. No projeto, trabalham 80 trabalhadores, dos quais 80% são hernandarienses. Quando pronto, vai gerar 200 empregos diretos.

Da mesma forma, a indústria paraguaia de fertilizantes Nanofert SA instalou-se em uma propriedade de 16 hectares, com investimento de US $ 4 milhões.

Atualmente, a fábrica está em fase de construção e sua conclusão está prevista para o primeiro semestre de 2021.

Outra planta que está em processo de instalação na zona industrial é a Dongjing SA, de capital chinês, no segmento de baterias e painéis solares.

A este respeito, Jaime Zorrilla, disse que uma equipa de profissionais da China chegará a esta parte do país nas próximas semanas para montar as máquinas.

Da mesma forma, a empresa Soldaduras Alto Paraná, de origem brasileira, alugou um galpão para a fundação do empreendimento. A ideia é que essa empresa entre em operação em mais alguns meses.

Área Industrial

Lá operam 23 indústrias, a maioria delas nacionais. A capital da energia é a única cidade da região que possui zona industrial própria. As fábricas instaladas geram diretamente cerca de 2.500 empregos.

Destaques, Geral, Política,

Paraguai negocia com Cuba compra de vacinas já em fase final de testes

O governo Paraguai iniciou tratativas com Cuba para a compra de vacinas contra a Covid-19, que estão em fase final de teste no país caribenho.

O anúncio feito pelo embaixador paraguaio em Cuba, Bernardino Cano Radil, e trás esperança ao país que tem demonstrado dificuldade em adquirir doses do imunizante.

Radil explicou que as vacinas cubanas “Soberana 2” e “Abdala”, já estão na fase três do processo de controle de eficiência. Essa fase tem uma duração aproximada de 60 dias e logo poderá ser liberada para a comercialização.

De acordo com o embaixador paraguaio, a negociação com o governo cubano já está avançada, para chegue ao país assim que termine os testes.

Após esse período, a Diretoria de Vigilância Sanitária do Paraguai precisará analisar e aprovar a nova vacina.

A intensão do Paraguai é fazer um acordo para entrar no cronograma de produção e distribuição das vacinas cubanas.

As informações são de Radio Cultura