Browsing Category

Geral

Geral, Política,

Jornalista lança pré-candidatura a prefeito de Palmas

O empresário e ex-vereador Cidenei Cristian Allembrandt, o jornalista Alemão do Jornal, anunciou nesta terça-feira (25), durante a programação da Rádio Club FM, a sua disposição em disputar a prefeitura de Palmas, Sul do Paraná, nas eleições de 2020. Esta foi a segunda manifestação pública de pré-candidatura ao Executivo do município.

Pontuando sua carreira empresarial e política, avalia que tem condições de integrar as discussões em torno do apontamento de um nome para a disputa da prefeitura. Para isso, afirma que mantém contato com diferentes setores da sociedade, ouvindo as demandas e colhendo informações.

O ex-vereador reconhece as dificuldades em torno da administração pública, mas julga-se com capacidade para, eventualmente, assumir o cargo de prefeito. “Vamos pegar o exemplo de um pizza, onde se gasta 20% em saúde, 25% educação e 50% em folha de pagamento. Sobra 5%. […] Como gerar emprego? Tem ainda agricultura , cultura, esporte. Como administrar isso?”, considera.

Leia o restante do artigo no site da RBJ

Curitiba, Geral, Política,

MDB de Curitiba dá largada para 2020

“Vamos ter candidatos a prefeito na maioria das cidades do Paraná”, diz João Arruda

O MDB de Curitiba realiza nesta quarta-feira, 26, a partir das 19h na sede do diretório estadual, o primeiro encontro com vistas às eleições municipais de outubro de 2020. “Vamos estabelecer um plano de trabalho de fortalecimento do partido. Teremos coordenadores regionais nos bairros, comissões temáticas e vamos reafirmar o compromisso com a candidatura própria a prefeito”, disse o presidente estadual, o ex-deputado João Arruda.

Do encontro, vão participar os deputados Anibelli Neto e Requião, a vereadora Noêmia Rocha e o vereador Professor Silberto, além de lideranças e da militância de vários setores do partido. No segundo semestre, segundo João Arruda, o MDB vai eleger, através de convenção, um novo diretório que vai escolher a chapa de vereadores e o candidato do partido que disputará a prefeitura de Curitiba.

A escolha dos candidatos a vereador passará pela coordenações que o MDB vai implantar na maioria dos bairros. “Teremos comissões temáticas por segmento que vão contribuir na construção de um plano de governo que terá como prioridades as áreas de educação, saúde pública, transporte, infraestrutura e emprego. Teremos também comissões na área da cultura, do esporte, meio ambiente e todas as outras áreas”.

Candidatos – O partido, adianta João Arruda, terá candidatos a prefeito na maioria – e principalmente nas grandes – cidades paranaenses. Ele citou os pré-candidatos Julio Küller em Ponta Grossa e João Nieckars em Guarapuava. “Nas grandes cidades, com televisão e rádio, vamos ter candidato próprio, Isso vai ajudar a alavancar as candidaturas a vereador”.

“O MDB se tornou atrativo porque não tem muitos parlamentares. Isso faz com que novos grupos, novas pessoas, novas lideranças venham construir o partido e com chances reais de se eleger. Vamos ter chapas de vereador nas maiores cidades do Paraná e os deputados federais e estaduais estão cuidando das cidades menores”, completa João Arruda.

O plano de governo do partido – além da saúde e educação públicas de qualidade – vai focar na geração de emprego e renda. “Já fomos referência em relação à política de incentivos a pequenas empresas. Queremos aprimorar esse trabalho através de campanhas municipais para implantar um modelo semelhante para os municípios, agregando a capacitação, qualificação e incentivo à produção”.

Arco de alianças – O presidente ainda deu a linha do perfil das candidaturas a vereador e a prefeitos pelo partido. “Os candidatos terão que ter afinidades com as bandeiras do MDB na saúde pública, educação, serviço público de qualidade, a causa animal e ambiental, entre outras. A partir do segundo semestre do ano que vem, teremos encontros regionais, cursos de capacitação e campanhas de filiação em todo o estado do Paraná”, adianta.

O MDB, segundo João Arruda, também avalia o arco de alianças para 2020 sem os partidos dos extremos (esquerda e direita). “Queremos assumir uma posição de centro, de equilíbrio, de maturidade, e de construção de uma sociedade através de propostas viáveis, com os pés no chão, sem mentiras, sem falsas promessas, mas com programas que melhorem a vida das pessoas”.

“Vamos dialogar com todos os partidos que queiram um projeto equilibrado, maduro, viável, que apresente respostas diante da realidade que vivemos. A população está decepcionada em relação aos governos Bolsonaro e Ratinho Junior e nós vamos apresentar um projeto para as cidades do Paraná, buscar aliados que tenham o mesmo entendimento, que queiram fortalecer as cidades e as políticas públicas que melhorem a vida das pessoas”, completou João Arruda.

Foto: Eduardo Matysiak

Destaques, Economia, Geral, Política,

Prefeitura investe R$ 10,3 milhões em novo sistema de iluminação pública em Foz do Iguaçu

A Prefeitura de Foz do Iguaçu está investindo R$ 10,3 milhões no novo sistema de iluminação pública com lâmpadas de LED. Nesta etapa, 5.799 pontos de 66 ruas e avenidas de diversos bairros estão sendo contemplados com o sistema, que deve gerar uma economia de aproximadamente 18% na fatura mensal de iluminação. A instalação começou na semana passada.

AQUI para ver mais fotos

Na noite de ontem (24), o prefeito Chico Brasileiro esteve na Avenida das Cataratas vistoriando os serviços que estão em andamento. “Estamos trabalhando incansavelmente para melhorar a iluminação pública de Foz do Iguaçu.

A Prefeitura está investindo neste sistema moderno de LED que trará reflexos positivos no trânsito, na segurança pública, além de melhorar os aspectos estéticos de nossas ruas e avenidas. Com estes investimentos, estamos colocando Foz do Iguaçu entre as cidades do Brasil que mais investem em eficiência energética”, comentou.

Entre as principais vias que receberão o novo sistema de Led estão: Avenidas Paraná, JK, República Argentina, Brasil, Jorge Schimmelpfeng, Costa e Silva, Silvio Américo Sasdelli, General Meira, Mário Filho, Por do Sol, Beija Flor e João Ricieri Maran. O investimento total é de R$ 10.325.990,94 e a previsão é que os trabalhos desta etapa sejam concluídos em até 6 meses.

LUMINÁRIAS EM LED
O novo sistema adotado pela Prefeitura de Foz do Iguaçu busca reduzir o consumo de energia elétrica e consequente, diminuir a despesa com manutenção corretiva e reposição de equipamentos.

O sistema também promove a sustentabilidade e a eficiência no uso de recursos naturais (energia elétrica), com maior economicidade e segurança, além de atender os requisitos técnicos de iluminação pública previstos na ABNT NBR 5101 de 2012.

A substituição das luminárias atuais por luminárias com tecnologia de LED aperfeiçoará a qualidade da iluminação atual e, reduzirá o consumo no mínimo em 55% (cinquenta e cinco por cento) nos pontos em que houver a substituição, correspondendo à uma economia aproximada de 18% do total da fatura mensal de iluminação pública.

Fonte: Assessoria

Destaques, Geral, Internacional, Itaipu,

Diretor-geral brasileiro visita o Parque Tecnológico de Itaipu nesta terça, 25

O diretor-geral brasileiro da Itaipu, general Joaquim Silva e Luna, realiza nesta terça-feira (25), a primeira visita dele às instalações do Parque Tecnológico Itaipu (PTI), importante espaço de pesquisa e tecnologia diretamente ligado à usina.

Um dos principais focos do PTI será, a partir de agora, dar subsídios para a sustentabilidade da hidrelétrica por meio de projetos de automação e inovação durante o processo de atualização tecnológica da binacional, já em andamento.

Silva e Luna está há quatro meses no cargo. A chegada ao local está prevista às 10h, com término da agenda às 11h.

O roteiro do general no Edifício das Águas prevê reuniões, palestras e explanações, apresentação institucional,

Temas da apresentação institucional:
• Missão e atuação do PTI, estrutura organizacional, planejamento estratégico, principais projetos e resultados, governança corporativa, orçamento e convênios, gestão de pessoas, ações tomadas pela nova diretoria.

Destaques, Economia, Geral, Turismo,

Resort Recanto Cataratas investe em ampliação para atender até 1300 hóspedes

Com assinatura ‘Collection’ e abertura prevista para agosto, a nova estrutura terá 224 suítes em estilo contemporâneo compostas por recursos tecnológicos, design e modernidade

O Recanto Cataratas Thermas Resort & Convention, de Foz do Iguaçu (PR), anunciou recentemente a ampliação do empreendimento com a construção de um novo bloco de apartamentos, que começará a funcionar a partir de agosto.

Nomeado como ala Collection, o prédio terá 224 UH’s, todas idênticas e com alto padrão de espaço e de conforto. “Serão suítes em estilo contemporâneo integradas à atual macroestrutura de experiências do nosso resort, tais como qualidade dos serviços de hospedagem, gastronomia, lazer, recursos tecnológicos, entre outros”, destaca o Diretor Comercial do Recanto Cataratas, Edilson Andrade.

Leia mais no site da Revista Hotéis

Estadual, Geral, Política,

Hussein Bakri reafirma disposição ao diálogo com servidores, mas encerrará articulação em caso de greve

O Líder do Governo na Assembleia Legislativa, Deputado Hussein Bakri (PSD), tem se mostrado aberto ao diálogo com o Fórum das Entidades Sindicais do Paraná (FES) desde o início do atual mandato.

Sua articulação tem sido elogiada, inclusive, por parlamentares da oposição e pelo próprio funcionalismo.

No entanto, Bakri é taxativo em afirmar que, se houver deflagração de greve por parte dos servidores, qualquer negociação com o Governo estará automaticamente encerrada.

Bakri defende que já houve avanços, como o não desconto salarial da paralisação de 29 de abril e a revogação da decisão da PGE que prejudicava os PSSs.

Além disso, ele vê com estranhamento a possibilidade de greve com apenas seis meses de mandato do Governador Ratinho Junior (PSD).

“A greve é o último instrumento que você usa. Não estamos com salários atrasados nem nada. O Governo ficou de fazer uma proposta até o fim do mês, e não está em pauta só o reajuste. Agora, se houver greve, zera toda a conversa, claro.”

Brasil, Destaques, Geral, Internacional,

Hospital Municipal de Foz do Iguaçu recebe comitiva chinesa

A comitiva chinesa da Província de Henan esteve na tarde desta quarta-feira, 19, visitando o Hospital Municipal Padre Germano Lauck (HMPGL), onde foi recepcionada pelo diretor-presidente Sergio Fabriz, o diretor Técnico, Fábio Marques, o diretor Administrativo, Nailton da Silva e a coordenadora de enfermagem da instituição, Mariana Fachine.

O encontro foi intermediado pelo diretor de Assuntos Internacionais de Foz do Iguaçu, Jihad Abu Ali.

Após as apresentações, Fabriz fez uma explanação sobre o Hospital, relatando dados e processos assistenciais; o projeto da instituição em tornar-se Hospital de Ensino; a ampliação do número de cirurgias e internamentos assim como a importância da instituição na região da Tríplice Fronteira.

Representando a comitiva chinesa, o diretor da Comissão de Saúde, Kan Quancheng, disse aos anfitriões que o Hospital da Província de Henan é considerado um dos maiores da China, com mais de dois mil médicos em mais de 60 especialidades.

Salientou também que os hospitais públicos da China ainda são melhores do que os privados, e não são 100% SUS: 75% mantidos pelo governo e 25% pelos usuários.

“Os hospitais chineses, referência em saúde pública, investem muito na formação acadêmica dos seus profissionais, com o objetivo da troca de experiência, serviço e aprendizado”, salientou o diretor-presidente do HMPGL.

Fabriz pontuou que o bom relacionamento entre os dois países, poderá trazer oportunidades de futuras parcerias.

Já o diretor de Assuntos Internacionais, Jihad Abu Ali, falou da importância da parceria e cooperação com Henan.. “Estamos nos comprometendo a encaminhar um pedido formal de cooperação e irmanação, para proporcionar um intercâmbio de conhecimento cientifico”, afirmou.

Henan

A Província de Henan é uma das mais importantes da China. Com quase 100 milhões de habitantes, destaca-se pela indústria de manufaturados e pela produção mineral, principalmente ouro e alumínio.

Terminada a reunião, o grupo fez a troca de presentes e seguiram para conhecer os setores assistenciais do Hospital Municipal Padre Germano Lauck.

Brasil, Destaques, Economia, Geral, Turismo,

Veto a gratuidade de bagagem traz boa perspectiva de novos voos no aeroporto de Foz do Iguaçu

Companhia área de baixo custo, que inicia em julho operações em Puerto Iguazú, tem interesse em operar voos em Foz do Iguaçu

O veto do presidente Jair Bolsonaro, a gratuidade de bagagem em voos domésticos prevista na Medida Provisória 863/18 aprovada pela Câmara e Senado, animou o trade turístico de Foz do Iguaçu. A liberação para transporte de bagagens até 23 quilos, era visto com temor pelas companhias aéreas de baixo custo, as low cost.

O texto com ajuste, divulgado na segunda-feira (17), autoriza a participação de até 100% de capital estrangeiros em empresas do setor com sede no país. As informações são de Ronildo Pimentel, no Gazeta Diário.

A medida, na avaliação do vice-presidente da Associação Brasileiras das Agências de Viagens do Paraná (Abav-PR), Felipe Gonzalez, será muito boa para todo o Brasil.

Foz do Iguaçu, como destino turístico, irá sentir de “imediato”, um impacto positivo. “Tem que considerar que somos trinacional onde três aeroportos servem a região”, analisou.

Na avaliação de Gonzalez (foto acima), os incentivos as companhias aéreas é a “solução” para destinos como o nosso.

“Destinos que ainda não estão caracterizados operacionalmente como ‘hub’ (qu recebe muitos voos). As companhias Low Cost auxiliam grandemente para reduzir o preço do bilhete aéreo para o destino”, afirma o agente de viagem.

“Também estimula a concorrência como foi o caso da Web Jet, que em 2008/2009, operou com seis voos diretos desde os principais aeroportos, estimulando a concorrência e ampliando o número de voos para o destino”, lembrou.

De acordo com Gonzalez, a liberação do capital estrangeiro para companhia aérea em solo brasileiro, também será benéfica para o setor. “Isso estimulará investimentos e capacitará as companhias brasileiras e o mercado poderá ser mais competitivo”, completou.

Incentivo
O diretor de Promoção, Marketing e Eventos do Turismo da Secretaria de Turismo, Indústria, Comércio e Projetos Estratégicos, Washington Sena, também afirma que as medidas adotadas pelo governo federal irão impactar positivamente no setor do turismo em Foz do Iguaçu.

“Isso porque já temos negociações em andamento e, se mantivesse a gratuidade, as low costs perderiam o interesse”, disse.

Sena informou que o secretário Gilmar Piolla esteve no Chile esta semana, negociando com as companhias aéreas Latam e JetSmart. A segunda atua no segmento de baixo custo e anunciou para julho operações de voos de Puerto Iguazú até Buenos Aires e Salta, na Argentina, com tarifas a partir de R$ 50,00.

“A JetSmart tem interesse em montar uma operação em Foz do Iguaçu. Se não caísse a gratuidade das bagagens, poderia perder o interesse”, completou.

Procedimento
O veto de Bolsonaro à volta do despacho gratuito de bagagens nas aeronaves gerou controvérsia durante o debate no Congresso Nacional. Pela regra vetada, a gratuidade valeria para bagagem de até 23 quilos em aviões com capacidade acima de 31 lugares, nos voos domésticos.

Com o veto, as empresas aéreas poderão voltar a cobrar pelas bagagens despachadas, ficando os passageiros isentos apenas de bagagens de mão até 10 quilos. O Congresso Nacional, em sessão conjunta de Câmara e Senado, poderá manter ou derrubar o veto presidencial quando vier a analisá-lo. Ainda não há previsão de quando essa matéria será votada.

Brasil, Cultura, Destaques, Educação, Geral, Internacional,

UFPR figura no ranking com a 15ª maior nota entre as universidades brasileiras

A Universidade Federal do Paraná (UFPR) subiu da 36ª para a 26ª posição na edição de 2019 do Latin America University Rankings, realizado pela Times Higher Education (THE), revista inglesa especializada em ensino superior que também edita o THE World University Rankings.

A UFPR figura no ranking com a 15ª maior nota entre as universidades brasileiras. Também é a 13ª melhor entre as instituições públicas. Assim, a UFPR manteve a posição de melhor entre as instituições do Paraná que aparecem no ranking.

Segundo a lista, divulgada nesta terça-feira (18), a nota geral da UFPR subiu de 59.4 em 2018 para 66.8 em 2019. Contribuiu para esse crescimento principalmente a nota relativa ao ensino, que, segundo a publicação, considera aspectos do ambiente pedagógico, entre os quais reputação e proporção de professores doutores. Nesse quesito, a nota da UFPR passou de 68.0 em 2018 para 84.8 em 2019.

O segundo critério em que a UFPR teve mais crescimento foi o de pesquisa — de 76.2 para 80.4. Segundo a THE, nesse campo são levantados questões como o volume, o financiamento e a reputação das pesquisas desenvolvidas pela instituição.

A produtividade é medida por meio das publicações indexadas na base mundial Scopus, da editora Elsevier, que é parceira da publicação. Já a reputação é levantada entre a comunidade científica por meio de um survey anual, o Academic Reputation Survey.

Inovação e internacionalização

Também houve incremento na nota do conceito que avalia a transferência de conhecimento entre a instituição e a indústria (“industry income”). Nesse caso, a nota subiu de 35,3 para 39.

De acordo com a THE, o critério é diretamente vinculado à inovação, uma vez que leva em conta a capacidade de a instituição ajudar o mercado com inovações, invenções e consultoria. Essa avaliação inclui o grau da aposta do mercado na instituição, que é medido pela proporção de financiamento.

A UFPR também evoluiu no item relacionado à internacionalização (“international outlook”). O item abrange ensino e pesquisa, uma vez que considera o apelo da instituição entre estudantes estrangeiros (perspectiva internacional e proporção de estudantes e pessoa internacional) e o nível de colaboração entre cientistas estrangeiros, medido pelas coautorias em publicações. Nesse quesito, a nota da UFPR subiu de 26.0 para 26.4.

Brasil
No Latin America University Rankings 2019, são brasileiras seis das dez universidades com maiores notas gerais. Dessas, cinco são universidades públicas: Universidade de São Paulo (USP), Universidade de Campinas (Unicamp), Universidade Federal de São Paulo (Unifesp), Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) e Universidade do Estado de São Paulo (Unesp).

Sobre o ranking
De acordo com a THE, o Latin America University Rankings 2019 avalia as melhores universidades da região da América Latina e do Caribe. Em 2019, foram avaliadas 150 universidades em 12 países, número superior ao do ano anterior (129 instituições).

A publicação informa que são verificados os mesmos indicadores de desempenho do THE World University Rankings, mas com “pesos diferentes para refletir as características das universidades da América Latina”. As universidades são avaliadas dentro do que a revista considera ser “as missões” dessas instituições: ensino, pesquisa, transferência de conhecimento e perspectiva internacional.

Brasil, Cultura, Geral,

Conheça o BMatch: o aplicativo de relacionamento nacional que será lançado por um iguaçuense

Cerca de 124 milhões de pessoas utilizam aplicativos de relacionamentos no Brasil. A praticidade que essas plataformas proporcionam é o que tem atraído e conquistado cada vez mais adeptos dos apps na busca do date perfeito.

No entanto, é preciso ficar atento com a segurança desses aplicativos, pois, infelizmente existem usuários mal-intencionados, que criam perfis fakes e geram medo e insatisfação com as tradicionais plataformas.

Rafael Law, natural de Foz do Iguaçu, percebeu a dificuldade que era encontrar um aplicativo de relacionamento seguro e de confiança. Afinal, a maioria dos apps não tem uma política rígida sobre a proteção e veracidade dos usuários. Além disso, a maioria deles é voltada apenas para o lado casual.

Com isso, ele viu uma oportunidade de criar algo inovador e seguro, pensando principalmente no público feminino e LGBTS. “A segurança é um dos principais diferenciais do aplicativo. Conversando com amigas mulheres e amigos LGBTS, percebi que isso era um ponto muito importante para eles. Muitos ficavam receosos, pois não sabiam se estavam realmente falando com a pessoa da foto ou se era algum perfil fake” comenta Rafael.

AQUI para ler o restante do artigo