Browsing Category

Geral

Economia, Geral,

OPORTUNIDADE: Vagas disponíveis na Agência do Trabalhador de Foz do Iguaçu

A Agência do Trabalhador divulgou agora pouco as vagas disponíveis em Foz do Iguaçu nesta quarta-feira (8).

Os postos de trabalhos estão abertos em várias categorias. Veja abaixo quais exigem experiência e os requisitos necessários;

✔As vagas sofrem alterações constantemente;
✔Nosso serviço é gratuito;
✔As vagas que possuem um asterisco (*) não necessitam experiência;
✔Mais informações podem ser obtidas pessoalmente na agência ou pelo telefone (45) 3545-5450;
✔Traga a sua Carteira de Trabalho;
✔PCD – Pessoa Com Deficiência.

Apontador de obras
Assistente administrativo – hotel
*Auxiliar de cozinha – feminino, morar na região da Vila Iolanda
Auxiliar de lavanderia – hotel
*Auxiliar de limpeza – feminino, morar na região da Vila Iolanda
Auxiliar de limpeza – feminino, meio período (manhã).
Auxiliar em saúde bucal – ajudante de dentista
Camareira de hotel
*Churrasqueiro – masculino, morar na região da Vila Iolanda
Contador – com experiência
Cozinheiro geral – hotel
Estoquista – PCD – organização de provador
Mecânico de automóvel
Pizzaiolo – com experiência, noturno
Salgadeiro – pizzaria
Zeladora – PCD

Cultura, Economia, Educação, Geral,

Educação financeira será tema de oficina promovida pela Unila na Livraria Kunda em Foz do Iguaçu

A educação financeira estará em destaque no curso que o professor Wolney de Carvalho e estudantes da Universidade Federal da Integração Latino-Americana (Unila) irão ministrar no sábado (17), na Livraria Kunda de Foz do Iguaçu.

A oficina, com o tema “Você sabe para onde vai seu Dinheiro?” terá início às 10h30, na Rua Almirante Barroso, 1473. A participação, que é gratuita, precisa ser confirmada pelo telefone (45) 98404-1473.

A equipe que vai ministrar o curso é formada ainda por Diego Villalba e Eduarda Weber. Abaixo um apanhado sobre o tema e como surgiu a ideia do curso dentro da Unila:

“No Brasil, e no mundo inteiro se está vivendo uma crise econômica que afeta as familias, especialmente as de recursos mais escassos.

Desse modo, a Universidade Federal da Integração Latino-americana (UNILA) abriu um espaço para o projeto de extensão, “DESMISTIFICANDO A ANÁLISE ECONÔMICO-FINANCEIRA PESSOAL: uma assessoria econômico-financeira à comunidade de Foz do Iguaçu (PR)”, que busca auxiliar a comunidade de Foz.

Essa educação financeira, exposta por o professor-coordenador Wolney Carvalho e outros alunos, permite aos trabalhadores administrar melhor a contratação de novas dívidas, efetuando-as de forma mais racional.

Portanto, esse projeto de extensão tem como finalidade a busca de soluções através de assessorias de finanças pessoais/familiares e de palestras junto às escolas, bem como por meio da distribuição de cartilhas sobre o tema, focando-se nas classes C, D e E da cidade de Foz do Iguaçu (PR).”

Brasil, Geral, Justiça, Política,

Bolsonaro descarta Deltan Dallagnol para Procurador Geral da República

Para quem torcia pela indicação do procurador Deltan Dallagnol como novo Procurador Geral da República, se frustrou. É que o presidente Jair Bolsonaro descartou sua indicação pelas redes sociais, anotou Ana Cunha, no blog da Roseli Abrão.

Ao responder um comentário no Facebook que pedia a ele a indicação do chefe da força tarefa da Lava Jato como substituto de Raquel Dodge, Bolsonaro disse que Deltan Dallagnol de “esquerdista tipo Psol”.

Segundo o portal Poder360, como resposta ao comentário, Bolsonaro colou um link para uma publicação da página “Bolsonaro Opressor 2.0”, que é critica a Deltan.

O post, destaca o site, contém uma série de fotos onde Deltan aparece divergindo das diretrizes do governo. Em uma delas, o procurador está ao lado do escritor Matheus Leitão segurando o livro “Em nome dos pais”. A obra critica a ditadura militar no Brasil.

Em sua conta no Twitter, o coordenador da força-tarefa da Lava Jato postou a foto e escreveu que o período “virou uma espécie de fetiche” para aqueles que não o viveram, reporta o Poder360.

Em outro tweet, o procurador compartilhou e elogiou uma reportagem do jornal Folha de S.Paulo sobre as investigações das candidaturas laranjas do PSL, partido do presidente, nas eleições de 2018. O ministro do Turismo, Marcelo Álvaro Antônio, é um dos principais investigados.

Destaques, Geral, Política,

Eleição para conselheiro tutelar tem 18 aprovados para segunda fase em Foz do Iguaçu

Eles terão que apresentar a documentação comprovando experiência mínima de um ano na área de proteção à criança e ao adolescente até 16 de agosto

O Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente (CMDCA) divulgou o resultado das provas objetiva e discursiva, aplicadas no dia 28 de julho para os candidatos inscritos no Processo de Escolha dos Conselheiros Tutelares de Foz do Iguaçu. Dos 108 candidatos, 18 foram habilitados para a segunda fase, que consiste na comprovação de experiência na área de proteção à criança e ao adolescente.

A documentação exigida em Edital deve ser apresentada até o dia 16 de agosto no Protocolo Geral da Prefeitura, na Praça Getúlio Vargas, nº 69, no horário de funcionamento das 8h às 17 horas.

Com as comprovações atestadas, os candidatos estarão aptos para concorrer à eleição geral, no dia 6 de outubro. Após a eleição, o CMDCA ofertará um curso de capacitação de 40 horas, de caráter eliminatório, para todos os eleitos, titulares e suplentes, tendo como exigência a frequência mínima de 75%.

Conselheiro
Com uma carga horária de 40 horas semanais, os conselheiros tutelares eleitos receberão um salário de R$ 4.220,07 para desempenhar um rol de atribuições que primam pela preservação, proteção e promoção dos direitos da criança e do adolescente. Os novos conselheiros trabalharão nos dois Conselhos Tutelares existentes na cidade: O Conselho Tutelar I, situado no Centro, e o Conselho Tutelar II, na região Norte. Serão cinco conselheiros em cada sede.

Comprovações
Além dos documentos pessoais, os candidatos devem apresentar certificações ou declarações que comprovem a experiência, de no mínimo um ano, na área da promoção, proteção e defesa dos direitos da criança e do adolescente.

O candidato também deve ter idade superior a 21 anos, na data da posse; Ter reconhecida idoneidade moral; Residir no Município há, no mínimo, 1 ano ininterrupto; Estar no gozo de seus direitos políticos; Estar em dia com as obrigações eleitorais; Estar quite com as obrigações militares, quando o candidato for do sexo masculino;

Possuir Diploma ou certificado de conclusão de ensino médio em instituição reconhecida pelo Ministério da Educação; Não ter sido penalizado com a destituição da função de Conselheiro Tutelar nos últimos 10 (dez) anos; Não ter sido demitido do serviço público nos últimos 5 anos; Estar apto físico, mental e psicologicamente para o pleno exercício das atribuições da função.

Mais informações no site da Fundação Unespar

Brasil, Cultura, Destaques, Geral,

Jovem de Foz do Iguaçu surpreende jurados no quadro ‘Gonga La Gonga’ do ‘Caldeirão do Huck’ e ganha prêmio

Além de uma das vencedoras, o quadro ainda contou com a apresentação de uma dupla paranaense composta por moradoras de União da Vitória

Neste sábado (10), o Caldeirão do Huck recebeu a presença de três paranaenses que participaram do quadro ‘Gonga La Gonga’.

AQUI para assistir a apresentação

Talento e criatividade foi o que não faltou nas apresentações, anotou o GSHOW.

A jovem Roberta, de 13 anos e que mora em Foz do Iguaçu, se apresentou como a “analista de dados”.

Com a técnica de ilusionismo, a paranaense impressionou os jurados Fabio Porchat, Ana Furtado e Camila Queiroz, que não gongaram a apresentação de Roberta e deram notas altas.

A paranaense foi uma das três atrações que recebeu nota máxima, e por isso, ganhou um troféu e um cheque no valor de R$ 2.019,00.

Já a dupla Bike Angels, de União da Vitória, apostou em um número musical em cima de bicicletas de spinning, mas foi gongada por Fabio Porchat.

Brasil, Destaques, Educação, Geral,

Estudantes da rede municipal serão premiados em concurso de desenho em Foz do Iguaçu

Projeto do TRT tem foco no combate ao trabalho infantil. Premiações serão entregues segunda (12) na Câmara de Vereadores

Dez estudantes da Rede Municipal de Ensino de Foz do Iguaçu receberão, na segunda-feira (12), a premiação do Concurso de Desenho “Trabalho Infantil: Problemas e Soluções”, desenvolvido pelo Tribunal Regional do Trabalho (TRT-PR). O evento integra o Seminário “Criança Feliz/Jovem Aprendiz”, e terá início às 9 horas no Plenário da Câmara de Vereadores.

O Ministro do Tribunal Superior do Trabalho (TST) Breno Medeiros e o Auditor-Fiscal do Trabalho do MTE Rui Alberto Ecke Tavares são presenças confirmadas.

Também participarão do evento a presidente do Tribunal Regional do Trabalho, Desembargadora Rosemarie Diedrichs Pimpão, o Secretário Estadual de Educação do Paraná, Renato Feder e a Secretária Municipal de Educação, Maria Justina da Silva. Na ocasião, também será lançado o concurso estadual de Redação dos Núcleos de Foz do Iguaçu e de Pitanga.

Ao longo da tarde o seminário seguirá com palestras voltadas a magistrados e servidores do Fórum da Justiça do Trabalho de Foz do Iguaçu.

Concurso Desenho
Participaram do concurso alunos dos quintos anos de 30 das 50 escolas municipais de Foz do Iguaçu. Os dez melhores foram escolhidos por uma comissão do TRT, que premiará também os professores que coordenaram as atividades. Os estudantes receberão tablets, enquanto os professores serão presenteados com notebooks.

O Dia Mundial contra o Trabalho Infantil, instituído pela Organização Internacional do Trabalho (OIT), é lembrado em 12 de junho. Segundo dados do IBGE, quase 2,5 milhões de crianças e adolescentes entre 5 e 17 anos estão trabalhando no Brasil. De 2014 a 2018, o Ministério Público do Trabalho (MPT) registrou mais de 21 mil denúncias de casos do gênero.

Foto: Thiago Dutra/AMN

Destaques, Economia, Geral, Política,

VÍDEO: Projeto aprovado na Câmara possibilitará investimento milionário em Foz do Iguaçu

Um terreno cedido pelo município localizado no Jardim Bourbon receberá um investimento milionário por parte da Associação dos Servidores Públicos do Paraná. Será construído um hotel.

A obra poderá ser realizada graças à aprovação de um projeto na Câmara Municipal de Foz do Iguaçu. A lei de zoneamento, uso e ocupação do solo foi alterada.

As mudanças vão permitir a construção de edifício quatro pavimentos onde era permitido no máximo dois andares.

Os investimentos a serem realizados por parte da Associação estão estimados entre R$ 15 milhões e R$ 20 milhões.

Abaixo reportagem da TV Câmara

Destaques, Estadual, Geral, Política,

A eleição da mesa diretora da Câmara de Arapongas, no ano passado, virou caso de política. Entenda esta e outras na CabezaNEWS

Caso de polícia É o que está acontecendo com a eleição de composição da mesa diretora da Câmara de Vereadores de Arapongas, na região de Londrina, realizada em dezembro do ano passado. A Folha de Londrina adianta que a chapa Livramento e Autonomia do Legislativo, encabeçada pela vereadora Angélica Ferreira (PSC), acusa o presidente da Casa, Osvaldo Alves dos Santos (PSC), de não ter gerido o processo de forma idônea.

Polícia II O promotor Tiago Trevisoli Justo, da 1ª Promotoria da Comarca de Arapongas, manifestou a procedência do pedido de anulação da sessão, ao considerar Santos impedido de dirigi-la, por ser candidato a reeleição. O procurador jurídico da Câmara, Juliano André Domingos, discordou.

Esperando A vereadora Angélica Ferreira afirmou que aguarda a decisão do juiz – o processo corre na Vara de Fazenda Pública da cidade.

Mostra aí A 2ª Promotoria de Justiça de Matinhos, órgão do Ministério Público do Paraná, expediu recomendação administrativa ao prefeito Ruy Hauer (PR), solicitando a revogação de um decreto municipal.

Mostra II O MPPR sustenta que o expediente – que impõe “sigilo” a servidores a respeito de atos da administração pública – contraria diversos princípios da Constituição Federal e a Lei Federal nº 12.527/2011 (Lei de Acesso à Informação).

Tudo … O Blog do Tupan destacou ontem (8) uma informação que já ganhou espaço na coluna. O terceiro suplente de vereador pelo PDT de Curitiba, Dalton Borba, deve assumir na próxima semana a vaga deixada pelo agora deputado estadual Goura.

… pronto Assim que a Câmar for comunicada pelo TRE-PR, o presidente Sabino Picolo (DEM) comunica a vacância e convoca Borba para assumir. O atual ocupante, Professor Matsuda, perdeu a vaga por ter trocado o PDT pelo PPL para disputar as eleições proporcionais do ano passado.

De volta Em ato na sala da Presidência, Beni Rodrigues reconduziu, por decisão judicial, os vereadores Darci DRM e Edílio Dall’Agnol, as suas funções no legislativos de Foz do Iguaçu, de onde estavam afastados desde julho de 2017.

Volta II A volta só foi possível por que o Tribunal de Justiça anulou a sessão que havia cassado seus mandatos. Assim, saem da função Anderson Andrade e Adnildo Kako. Na última semana quem retornou a Casa foi a vereadora Anice Gazzaoui, no lugar de Marcelinho Moura.

Ronildo Pimentel
Editor

Estadual, Geral, Política,

Receitas de Romanelli para um Paraná melhor

Pedro Ribeiro do Paraná Portal

O deputado conversa com o Paraná Portal e abre o jogo. Fala da gestão Ratinho Junior, o que precisa mudar, e que se estivesse no Palácio Iguaçu investiria mais no conhecimento e em infraestrutura

O deputado estadual Luiz Cláudio Romanelli (62) não descarta o sonho de ser governador do Estado do Paraná, embora reconheça que, para que isso se torne realidade, existe um caminho muito longo e difícil a percorrer e que exige, também, poder aquisitivo. “Não vou atrás de dinheiro para campanha política e sempre concorri com ajuda de parentes e com recursos próprios. Portanto, dá apenas para a Assembleia Legislativa do Estado”. Já pensou também em concorrer à Câmara Federal, mas desistiu quando começou a colocar os custos na ponta do lápis.

Em sua travessia política, que começou em 1988, quando se elegeu vereador em Curitiba, o advogado e graduado em gestão urbana, nascido em Londrina – foi para Curitiba aos 16 anos de idade – está, hoje, em seu quinto mandato como deputado estadual – perdeu apenas uma eleição, em 1988, quando fez oposição ao então governador Jaime Lerner – e revela seu segredo: trabalhar com objetividade e em busca de resultados.

– Hoje o Governo do Estado está em boas mãos e “acredito muito no trabalho do governador Ratinho Junior. Tenho certeza de que o nosso Estado será bem melhor a partir dos próximos anos, porque sua visão como gestor público sempre foi voltada à sua experiência como parlamentar – deputado estadual e federal – e secretário de Estado do Desenvolvimento Urbano, com foco em ações sociais”.

Romanelli não é nenhum santo na política e já teve vários embates, inclusive com o ex-governador Roberto Requião, onde andaram juntos nas mesmas fileiras quando foi filiado ao MDB (hoje está no PSB). Seu diferencial está no seu pragmatismo e no pensamento de que o povo, o eleitor, quer ser reconhecido e valorizado, não permitindo que lhe surrupiem a autoestima e o suado dinheiro dos impostos que pagam. O eleitor quer respeito, diz.

Nessa forma de trabalho, onde construiu e pavimentou sua carreira política, Romanelli sempre descartou as amarras ideológicas, fugindo do patrulhamento, das esquerdas ou direitas. “Não sou de esquerda e nem de direita e sempre caio fora do debate ideológico, preferindo me pautar em ações que promovam a melhoria de vida das pessoas e na discussão das desigualdades sociais”, pontua. Como gestor governamental na área da política habitacional (foi presidente da Companhia de Habitação do Paraná) acabou conhecendo os reais problemas envoltos no tecido fino da sociedade. Foi secretário de Estado nos governos Beto Richa e Roberto Requião.

Quando disse que não descartava o sonho de se instalar no Palácio Iguaçu, Romanelli fez algumas observações em relação às suas intenções para o bem-estar do Paraná e dos paranaenses. “O Paraná precisa melhorar seus investimentos em ciência e tecnologia e firmar parcerias com as universidades. Entendo que hoje o Paraná está sendo bem gerido, com anúncios de projetos e investimentos em várias áreas, como no agronegócio, que é um dos nossos carros-chefes, mas é preciso investir cada vez mais no conhecimento”, disse.

Embora o governador Ratinho Junior tenha anunciado investimentos de R$ 40 bilhões e geração de 500 mil empregos para os próximos três anos e mais recentemente outros R$ 350 milhões (banco de projetos) em infraestrutura para o transporte das riquezas paranaenses, Romanelli ainda considera a infraestrutura paranaense um dos maiores problemas para a movimentação de riquezas.

“Um governo quer tem meta de investimentos em emprego tende a gerar confiança e estabilidade social, com ganhos políticos. Para mim, Ratinho Junior está no caminho certo, embora não possa dizer o mesmo do presidente Jair Bolsonaro”, observa.

Sobre a gestão Ratinho Junior, a qual afirma estar no caminho Certo, Romanelli pondera em relação a algumas áreas da gestão estadual. “Eu, se fosse o governador, mudaria algumas peças no governo, colocando pessoas mais experientes e aproveitaria também um maior número de profissionais com formação acadêmica e científica, pois gestão pública não é para amadores. É claro que os jovens que estão no governo cumprem seu papel com gasto de energia, enquanto os mais velhos se pautariam na experiência”.

Para Romanelli, como observador da gestão do Executivo estadual, há muitos que dobram os joelhos, mas não tem decência e ordem disciplinar, preferindo as chicanas das maquinações. Isto não funciona mais, disse. “Ser governo, hoje, é um desafio muito grande e este desafio só está sendo vencido pelo governador Ratinho Junior porque ele construiu um novo grupo político no Paraná. Fazia muitos anos que isto não acontecia em nosso Estado”.

Em relação à Assembleia Legislativa do Estado, onde é o primeiro-secretário da casa, participando de todas as ações e decisões da mesa diretora, o deputado afirma que existe um novo conceito de gestão legislativa com a participação dos novos parlamentares que assumiram as cadeiras por conta das redes sociais, fenômeno que mudou a política paranaense e nacional a partir das eleições de 2018. “Eles – esse grupo – ainda está tentando entender como funciona a política e estão fazendo a lição de casa”.

Para Romanelli, a greve do funcionalismo pública está resolvida. Porém, acha que poderá vir um furacão caso o Governo do Estado tenha que mexer na Previdência.

Sobre a corrupção no país, tema de discussão em qualquer roda de debate político, empresarial ou mesmo mesa de bar, o deputado defende a ampliação de mecanismos de controle interno nos governos. “A operação Lava Jato foi uma bênção no combate à corrupção mas, infelizmente, desestruturou a economia do país, matando, literalmente, muitas empresas e gerando desemprego. Só no setor do petróleo, com a Petrobras, houve queda de um milhão de postos de trabalho. Os principais atores desse processo de combate à corrupção avançaram mais do que deviam e chegaram a mexer com as estruturas institucionais da justiça. Mas, é claro, os fins não justificam os meios”.

Destaques, Geral,

Campanha da Fralda: Arrecadação será neste sábado (10) em supermercados de Foz do Iguaçu, a partir das 11 horas

Os bebês internados pelo SUS na UTI neonatal do Hospital Ministro Costa Cavalcanti, em Foz do Iguaçu, são alvo da ação social do Grupo de Escoteiro Cataratas. Para arrecadar fraldas descartáveis utilizadas pelos recém-nascidos, os escoteiros promovem no próximo sábado (10), a Campanha da Fralda.

A 17ª edição do projeto será realizada em frente aos principais supermercados da cidade. Os parceiros da campanha são os Supermercado Líder, Super Muffatos: República Angentina, Vila “A”, Cataratas JL Shopping, JK, Boicy, e, Supermercado Ítalo Centro e Vila “A”, além do Hipermercado Big.

Acompanhados de voluntários do hospital, os escoteiros estarão na entrada das lojas, das 11 às 19 horas, para pedir a colaboração do público na doação de fraldas, de preferência no tamanho RN e P. “O compromisso com o HMCC nessa campanha, é cumprir uma das leis escoteiras: ajudar o próximo em toda e qualquer ocasião”, explicou a vice-presidente do Grupo Escoteiro Cataratas, Adriane Fengler.

No ano passado, a campanha arrecadou quase 22 mil fraldas, que foram suficientes para atender os bebês internados pelo SUS do HMCC. “Mas queremos sempre superar as expectativas dos anos anteriores, porém acima de tudo, agradecemos a cada pacote doado, pois faz toda diferença”, disse Adriane.

Fonte: Assessoria de Comunicação Social HMCC – Débora Black Nascimento – Mtb 8585/PR