Browsing Category

Geral

Cascavel, Geral,

Alerta: golpistas tentam clonar WhatsApp usando nome de vereador de Cascavel

Tiago Almeida informou que não existe nenhum grupo semelhante

Tentativa de golpe aplicado no WhatsApp foi denunciado pelo vereador cascavelense Tiago Almeida, que teve o número utilizado para envio das mensagens falsas.

Contatos do parlamentar informaram terem recebido convites, via aplicativo, para participarem de um suposto grupo com o nome de Tiago Almeida.

De acordo com o vereador, o golpista envia a seguinte mensagem: “Posso te adicionar no novo grupo?”, a partir de então uma segunda mensagem solicita código de confirmação com a frase: “Te enviei o código de acesso ao grupo, só me confirma os dígitos pra eu te adicionar”.

No entanto, ao informar o código recebido a vítima tem o Whatsapp clonado. Tiago Almeida informou que não existe nenhum grupo semelhante e que imagem tirada da tela do celular confirma o recebimento da tentativa de golpe.

Por: Catve

Destaques, Geral,

Acidente com avião mata quatro jogadores e presidente do Palmas Futebol, no Tocantins

O acidente com um avião em uma pista de pouso particular em Luzimangues (Tocantins) neste domingo (24) matou quatro jogadores e o presidente do Palmas. A assessoria do clube informou que estavam a bordo os atletas Lucas Praxedes, Guilherme Noé, Ranule e Marcus Molinari.

Adianta o G1 que, além dos quatro, a aeronave levava ainda o presidente Lucas Meira e o piloto, Wagner Machado.

Os quatro jogadores haviam chegado ao Palmas em 2021. No dia 19, o clube anunciou que Praxedes, Noé e Ranule haviam testado positivo para a Covid-19.

O Palmas estava indo para Goiânia, onde enfrentaria o Vila Nova pela Copa Verde. Nas redes sociais do time foram compartilhadas imagens do último treino realizado no Tocantins neste sábado (23).

O jogo estava marcado para as 16h de segunda-feira (25), em Goiânia. Mas o próprio Vila Nova emitiu nota lamentando o acidente e informando que colaboraria para o adiamento da partida.

No início da tarde deste domingo, a CBF confirmou que o jogo não será realizado na segunda.

Veja quem são os jogadores que morreram no G1

Destaques, Foz do Iguaçu, Geral,

Os semáforos inteligentes no dia a dia das pessoas em Foz do Iguaçu

Na semana passada, os primeiros equipamentos de inteligência artificial instalados na Vila A começaram a funcionar. As equipes técnicas do Foztrans, do Parque Tecnológico Itaipu (PTI-BR) e da empresa contratada trabalharam intensamente para ajustar as configurações desses equipamentos.

Dezenas de luminárias e câmeras inteligentes estão em funcionamento na região. Já os 4 semáforos inteligentes implementados nos cruzamentos das avenidas mais movimentadas da Vila A mereceram uma atenção especial, com objetivo de atingir sua eficiência máxima.

Os semáforos inteligentes são sistemas autossuficientes capazes de entender os fluxos de veículos, aumentando ou diminuindo o tempo dos sinais. O tempo desses semáforos é definido pelo Foztrans, que já conhece os fluxos e os horários de tráfego mais intenso da região.

O que o semáforo inteligente faz é ajustar esse tempo, reconhecendo em tempo real quando é possível deixar um sinal mais tempo aberto ou fechado para agilizar o tráfego de veículos.

Os semáforos inteligentes multam?

Toda nova tecnologia traz uma série de dúvidas sobre sua finalidade e para que servem. Uma das dúvidas frequentes que apareceram nessa última semana é: os semáforos inteligentes irão multar os veículos? A resposta é: não.

O objetivo principal dos semáforos inteligente é aumentar a segurança da região, a partir da agilização do fluxo de veículos e pelo reconhecimento de placas de veículos.

Que outras vantagens esses semáforos apresentam?

O aviso sonoro para pedestres beneficia deficientes visuais, uma vez que é possível ouvir o momento em que o sinal abre para pedestres e o momento em que ele está prestes a fechar, tornando o cruzamento mais seguro para pedestres.

O sistema também consegue detectar ambulâncias para garantir agilidade no transporte de vítimas de acidentes.

Além disso, as câmaras instaladas possuem alta resolução, com capacidade de ver muitos detalhes da imagem, até mesmo aplicado o zoom. Esses detalhes são importantes para colaborar com as polícias e guarda municipal na identificação de suspeitos e na investigação de ocorrências.

“Gradativamente, teremos condições de melhorar o fluxo de trânsito de veículos, a partir das informações coletadas, analisadas e processadas pelo sistema inteligente. Além disso, estaremos oferecendo para Polícia Militar e Guarda Municipal mais uma ferramenta para proporcionar maior segurança para o cidadão”, disse o diretor superintendente do Parque Tecnológico, general Eduardo Garrido.

Parceria

Os semáforos inteligentes integram as iniciativas Programa Vila A Inteligente, promovido pelo PTI-BR e Agência Brasileira de Desenvolvimento Industrial (ABDI), em parceria com a Itaipu Binacional e a Prefeitura Municipal de Foz do Iguaçu.

Para esta primeira fase do projeto, a Fundação Parque Tecnológico Itaipu (FPTI-BR) e a ABDI firmaram um convênio de cooperação técnica e financeira de R$ 6.950.147,48, dos quais R$ 6.002.983,16 são destinados às aquisições e/ou contratações de soluções tecnológicas em Cidades Inteligentes.

Na segunda fase, está previsto um aporte da Itaipu Binacional de R$ 4.329.352,00 para implementação de soluções tecnológicas na Vila A nas áreas de: segurança pública, eficiência energética, mobilidade, integração social, ambiental, empreendedorismo e novos negócios.

Destaques, Foz do Iguaçu, Geral,

Moradores pagam menos para participar da Meia Maratona das Cataratas com inscrição presencial no Marco das 3 Fronteiras

As inscrições para a 13ª edição da Meia Maratona das Cataratas, uma das provas mais fascinantes do mundo, continuam abertas e com benefícios especiais aos habitantes das 14 cidades vizinhas ao Parque Nacional do Iguaçu. Ao realizar a inscrição presencialmente, no Marco das 3 Fronteiras, o morador garante 20% de desconto.

A Meia das Cataratas será realizada no dia 6 de junho, seguindo todos os cuidados para garantir o bem-estar dos participantes. A prova reservará aos corredores momentos únicos de contemplação e contato com a natureza do parque, ao ar livre, com a magia das Cataratas do Iguaçu, o maior conjunto de quedas d’água do mundo, no meio do percurso. Imperdível, não é?

Os valores promocionais são destinados a moradores dos 14 municípios vizinhos do PNI. São eles: Foz do Iguaçu, Santa Terezinha de Itaipu, São Miguel do Iguaçu, Matelândia, Medianeira, Ramilândia, Santa Lúcia, Serranópolis do Iguaçu, Vera Cruz do Oeste, Capanema, Capitão Leônidas Marques, Céu Azul, Lindoeste e Santa Tereza do Oeste. A promoção é válida mediante apresentação de comprovante de residência e documento com foto.

Os interessados poderão optar por enviar terceiros para realizar a inscrição por eles. O emissário precisará levar os documentos pessoais e comprovante de residência da pessoa a ser inscrita. Os participantes que não conseguirem comprovar moradia em uma das 14 cidades vizinhas ao Parque Nacional do Iguaçu terão de fazer a inscrição geral no site oficial da prova: www.meiamaratonadascataratas.com.br.

Destaques, Foz do Iguaçu, Geral,

Foz do Iguaçu e Ciudad del Este querem unidade na fiscalização no trânsito da tríplice fronteira

Fiscalização da Carta Azul e da Carta Verde, seguros obrigatórios nos países do Mercosul, pode integrar os dois órgãos de trânsito

Foz do Iguaçu e Ciudad del Este, no Paraguai, buscam alinhar medidas na fiscalização do trânsito nas duas cidades, além de buscar soluções para os desafios da mobilidade na região da tríplice fronteira.

As iniciativas conjuntas foram avaliadas nesta quarta-feira, 20, pelo diretor superintendente do Foztrans, Licério Santos, junto com o diretor de trânsito da cidade paraguaia, Osvaldo Aquino.

Neste primeiro encontro do novo diretor do Foztrans com autoridades paraguaias foram levantados temas comuns como o tráfego fronteiriço, fiscalização da Carta Azul, exigência da lista de passageiros dos veículos de turismo (vans e táxis) e a prorrogação do prazo de validade do selo de vistoria em táxis.

Foz do Iguaçu, Geral,

Comunidade do Jardim Central de Foz do Iguaçu debate a constituição do Conselho Comunitário de Segurança

Encontro teve participação de representantes das forças de segurança e Poder Público para discutir a segurança da região

Os moradores do Jardim Central abriu, na noite de quarta-feira (20), as discussões para a formação do Conselho de Segurança do bairro, em Foz do Iguaçu.

O encontro, organizado pelo vereador Adnan El Sayed, contou com representantes das polícias Civil e Militar, Guarda Municipal, Prefeitura e lideranças sociais.

O Conselho de Segurança vai incentivar e viabilizar o debate de alternativas e melhorias da segurança do bairro, como instalação de câmeras de monitoramento e rondas.

Durante as discussões, os moradores apresentaram demandas como patrulhamento, combate à assaltos, furtos e roubos e sensação de insegurança no bairro.

Vice-prefeito Delegado Francisco Sampaio fala durante debate sobre segurança no bairro

O Major Adelar Davies, explicou como funciona o atual policiamento da Polícia Militar em Foz do Iguaçu e defendeu a instalação do Conselho de Segurança.

O presidente do Conselho Comunitário de Segurança da região do Campos do Iguaçu, Raul Correa, falou da experiência na constituição do órgão e forma de atuação junto aos moradores.

“Nós recebemos as demandas dos moradores e vamos pessoalmente até a casa das pessoas para acompanhar as mesmas.”, apontou.

O Secretário de Segurança Público de Foz do Iguaçu, Reginaldo José da Silva, falou da complexidade dos cuidados com a segurança em uma área de fronteira e destacou a importância dos conselhos e associações de moradores.

“Nós precisamos de toda essa força da população para melhorar nossos dados e precisamos que a população confie nas forças policiais.”, afirmou.

Para o vice-prefeito, Delegado Francisco Sampaio, é de extrema importância a elaboração de boletins de ocorrência para melhor o planejamento das ações da Polícia Militar e da Guarda Municipal.

Em relação à Prefeitura, ele falou da esperança de melhorias com o início da imunização contra a Covid-19 e disse que irá se empenhar, mas é preciso apoio da população. “Ajudem o Estado constituindo o Conselho”, pediu.

Também estiveram presentes o presidente da Associação de Moradores do Jardim Central, Faissal Ismail, Presidente da ACIFI e morador do bairro, Abdo Rahmen, José Augusto Vicenzi, Diretor da Guarda Municipal, o líder comunitário do bairro Jardim Dona Fátima, Noel, Cleverson Lauermann, investigador de Polícia Civil e o Capitão André Ribas e o Aspirante Gabriel Battesinne, da PM.

O vereador Adnan El Sayed mediou o debate. Para ele, a instalação do Conselho de Segurança para ajudar a resolver os problemas sobre o tema no bairro.

“Hoje tivemos uma iniciativa nova, de debater a possibilidade da implantação do Conselho de Segurança na bairro e vamos avançar para também incluir a Vila Portes”, explicou, que esteve acompanhado de sua equipe do mandato.

Ainda defendeu ainda a transparência e o diálogo com a população e reforçou sua disposição de atuar em defesa do bairro. “Aqui falamos de segurança pública mas vamos nos encontrar nos próximos dias para falarmos de outras demandas legítimas do bairro.”, pontuou.

Destaques, Foz do Iguaçu, Geral,

100fronteiras, revista de Foz do Iguaçu, conquista o primeiro lugar no 1º Prêmio Faciap de Jornalismo

Com a reportagem Ecossistema de Inovação em Foz do Iguaçu, a 100fronteiras conquistou o primeiro lugar na categoria impressa (revistas e jornais), concorrendo com outras 21 reportagens da categoria

No início de dezembro de 2020 a 100fronteiras, juntamente com os demais veículos de comunicação do Paraná, ficou entre as finalistas do 1º Prêmio Faciap de Jornalismo, que tem o objetivo de premiar jornalistas e veículos de comunicação paranaenses que publicaram reportagens no período de 20 de novembro de 2019 a 20 de novembro de 2020. 

E hoje, 21, foi realizada a solenidade de entrega dos premiados, que concorreram em cinco categorias: Impresso (jornal e revista); Televisão, Rádio, Internet e uma categoria destinada aos profissionais que trabalham para o Sistema Faciap.

A solenidade de entrega das premiações foi às 10 horas, no Hotel Rayon, em Curitiba, juntamente com a posse da nova diretoria da Faciap (Federação das Associações Comerciais do Paraná).

Por conta da pandemia, a solenidade também foi transmitida virtualmente e a jornalista da 100fronteiras, Patrícia Buche, participou de forma on-line via zoom. A transmissão também foi aberta ao público pelo Facebook e Youtube da Faciap.

“Os jornalista são responsáveis por levar informações até vocês. Dedicam seu talento a boa reportagem, levando informações valiosas a todos os cidadãos paranaenses, por meio do jornal impresso, revista, rádio, tv, internet, ou do veículo de comunicação das associações comerciais”, destacou a cerimonialista Maria Inês Guiné.

Primeiro Lugar

Com o início da solenidade de entrega das premiações a primeira categoria foi a impressa.

Em terceiro lugar ficou a jornalista Katna Baran, da Folha de S. Paulo/Curitiba, com a reportagem “No PR, mulher eleva em 30% produção de cafés especiais”.

Em segundo lugar o jornalista Anderson Flávio Gonçalves, do Jornal Gazeta do Povo, com a reportagem “Vida nova nos bairros”.

E a jornalista Patrícia Buche conquistou o primeiro lugar com a reportagem Ecossistema de Inovação em Foz do Iguaçu, conquistando o troféu de primeiro lugar, certificado e R$ 5 mil reais.

“Ainda estou meio anestesiada. É um sentimento de muita emoção e gratidão poder participar do 1º Prêmio Faciap de Jornalismo e conquistar o primeiro lugar concorrendo ao lado de grandes veículos de comunicação do Paraná. A revista 100fronteiras carrega em sua bagagem diversos prêmios de jornalismo paranaense e eu me sinto muito grata por poder fazer parte desta história e ganhar pela primeira vez um prêmio como jornalista, profissão que amo”, relatou a jornalista Patrícia Buche.

 “O objetivo da Faciap com esse prêmio é valorizar os profissionais que produzem a boa reportagem, mostrando a realidade vivida pelos paranaenses. Com o tema Inovação no Mundo Empresarial, essa edição priorizou reportagens que envolvem estratégias, empreendedorismo, criatividade, e soluções inovadoras frente à pandemia e aos novos modelos de negócio”, explana a cerimonialista.

Sobre o Prêmio Faciap

A iniciativa do concurso partiu da Federação das Associações Comerciais do Paraná (Faciap). Contou com o apoio institucional do Sindicato dos Jornalistas Profissionais do Paraná (Sindijor) e o patrocínio do Banco Regional de Desenvolvimento do Extremo Sul – BRDE.

O tema escolhido para esse primeiro prêmio foi “inovação no mundo empresarial”. Além disso puderam concorrer subtemas. Eram eles: gestão estratégica, empreendedorismo, criatividade e soluções inovadoras frente à pandemia; novos modelos de negócios (startups, e-commerce); marketing digital; compliance e Lei Geral de Proteção de Dados – LGPD.

Como resultado, ao todo 74 reportagens concorreram ao prêmio de R$ 25 mil. 22 reportagens na categoria Impresso, 20 em Rádio, 6 em Televisão, 12 em Internet e 14 na categoria Sistema Faciap.

Igualmente, os trabalhos ficaram com a Comissão Julgadora, composta por experientes jornalistas e professores de jornalismo paranaenses.

Com isso, o primeiro lugar de cada categoria recebeu R$ 5 mil, além de troféus e certificados que serão entregues a todos os vencedores de segundo e terceiro lugar também.

Por: Revista 100 Fronteiras

Destaques, Foz do Iguaçu, Geral,

Tenente Coronel Haullinson assume o comando do 34º Batalhão do Exército de Foz do Iguaçu nesta sexta-feira, 22

O Tenente Coronel Georgingtown Haullinson Farias assume nesta sexta-feira (22) o comando do 34º Batalhão de Infantaria Mecanizado de Foz do Iguaçu, no Oeste do Paraná.

O ato, convocado pelo comandante da 15ª Brigada de Infantaria Mecanizada, General de Brigada Cláudio Henrique da Silva Plácido, será a partir das 9h da manhã.

Haullinson assume o comando em substituição ao Coronel Macedo de Melo Pontes Feliciano.

A solenidade será realizada internamente, sem a presença de público, de acordo com a Diretriz do Comandante do Exército para Prevenção e Combate à Pandemia de Covid-19 e Manutenção do Nível de Prontidão e Operacionalidade da força Terrestre.

O 34º Batalhão está localizado na região central e sua fundação como Colônia Militar em 1888 está ligada diretamente a formação do povoado hoje denominado Foz do Iguaçu.

Abaixo o convite para a solenidade

Destaques, Foz do Iguaçu, Geral,

Apreensões na fronteira ultrapassaram 90 milhões de dólares no ano de 2020

O resultado foi alcançado graças ao trabalho integrado da RFB e de outros órgãos de segurança

As apreensões de mercadorias e veículos realizadas no ano de 2020 pela Receita Federal do Brasil e outros órgãos de segurança em Foz do Iguaçu, Guaíra e região somaram cerca de US$ 98 milhões (aproximadamente R$ 539 milhões). Guaíra foi responsável por 66% desse quantitativo, local onde as apreensões de cigarro são praticamente a totalidade das ações. Operações de longa duração, como a Fronteira Integrada, Escudo e Hórus, têm papel importante nesse resultado.

O valor acima compreende as apreensões realizadas no âmbito de toda a jurisdição desta Alfândega, que se estende desde Foz do Iguaçu/PR até Guaíra/PR, abrangendo toda a região lindeira ao lago de Itaipu (fronteira do Estado do Paraná com o Paraguai).

Com relação à composição das apreensões, os cigarros representam 60% do total das apreensões registradas no ano de 2020, as apreensões desse produto aumentaram 13%. Outro produto que merece destaque são os medicamentos que também aumentaram em 7% com relação ao ano anterior.

O cigarro sempre aparece em evidência, porém, em 2020, teve um resultado ainda mais expressivo, o que se deve à participação das apreensões de Guaíra, que superou o recorde batido em 2019.

Apesar das paralisações provocadas pelo Coronavírus, durante o ano de 2020 foram realizadas aproximadamente 840 operações de repressão aos ilícitos aduaneiros no âmbito da Receita Federal do Brasil em Foz do Iguaçu, em praticamente todos os municípios situados na área de sua atuação. Grande parte desses trabalhos foi realizado de forma conjunta com órgãos parceiros que atuam no combate aos crimes de contratando e descaminho e tráfico de drogas e armas.

Vale destacar que esses números englobam também as mercadorias recebidas de outras instituições parceiras que atuam no combate ao contrabando e descaminho nesta região fronteiriça, tais como Polícia Federal, Polícia Rodoviária Federal, BPFron, Polícia Militar e Forças Armadas.

Foram, ainda, realizadas, no ano de 2020, pelas equipes operacionais da Receita Federal que atuam na região de Foz do Iguaçu, 22 prisões em flagrante por contrabando, descaminho, tráfico de drogas, medicamentos, armas e munições.

Em 2020, 1922 veículos foram apreendidos por apresentarem algum tipo de irregularidade no transporte de produtos, 43% desse total (823 veículos) são de automóveis de passeio, e 24% (464 veículos) são caminhões, cavalos-mecânico e carretas semirreboque.

Guaíra se destaca no cenário nacional no combate ao contrabando

No ano de 2020 novamente a cidade de Guaíra se destacou pelo combate ao contrabando e descaminho. Em 2020, a Inspetoria da Receita Federal do Brasil contabilizou cerca de US$ 65 milhões (ou R$ 357 milhões) em apreensões de mercadorias e veículos, representando um aumento de mais de 35% quando comparado ao ano anterior. O resultado de apreensões está entre os maiores do Brasil em cidades de fronteira.

O item mais apreendido é o cigarro produzido no Paraguai, produto que tem importação comercial proibida por não ser certificado pelos órgãos anuentes de produtos para consumo. Foram cerca de US$ 50 milhões em cigarros apreendidos no ano, esse valor representa 77 % de todas as apreensões em Guaíra.

Os resultados expressivos podem ser atribuídos ao trabalho conjunto de diversas instituições que atuam no combate aos crimes transfronteriços, com destaque às operações Muralha e Hórus. A integração promove sinergia, coordenação, orientação e aprimoramento dos agentes, além de troca de informações.