Browsing Category

Geral

Cultura, Destaques, Geral,

Carnafalls leva folia aos bairros e atrai mais de 2 mil pessoas em Foz do Iguaçu. Veja fotos!

A segunda-feira de Carnaval foi repleta de alegria e descontração no Centro de Convivência do Idoso (CCI), na Praça da Bíblia (Campos do Iguaçu) e na Praça 7 de setembro (Morumbi), onde moradores e visitantes acompanharam de perto a programação do Carnafalls 2020.

A folia iniciou as 15 horas com baile para a melhor idade no CCI, reunindo cerca de 100 idosos. O repertório eclético apresentou marchinhas, mas também músicas gauchescas e vanerões. O público aprovou. A festa ainda incluiu a escolha da Rainha do Carnaval da Terceira Idade.

No lado de fora, na Praça da Bíblia, um palco foi montado e iniciou a programação às 19 horas.

Com DJ seguido de banda, a folia atraiu moradores de toda região. Famílias inteiras dividiram espaço com grupos de foliões, num clima de descontração e alegria.

No Morumbi, a festa começou com maracatu e reuniu moradores.

As festas nas praças encerraram às 22 horas. Circularam pelos espaços cerca de 2 mil pessoas.

O carnaval nos bairros contou com a participação ativa de forças de segurança, membros do Conselho Tutelar e poder judiciário.

AQUI para ler mais sobre os eventos na AMN

Centro de convivência do idoso E Praça da Bíblia 24-02-2020
Fotógrafo: Nereu Ambrozini

Praça 7 de setembro 24-02-2020
Fotógrafo: Felipe Matheus de Oliveira

Brasil, Destaques, Geral, Saúde,

Iguaçuense isolada por suspeita de Coronavírus deixa a quarentena na base aérea de Anápolis

A modelo Adrielly Eger, de 18 anos, e a amiga dela de Santa Rita, no Paraguai, Melany Umann, 18 anos, devem retornar para a tríplice fronteira

O grupo de 58 repatriados da China que estava em quarentena na Base Aérea de Anápolis foi liberado ontem (23), quatro dias antes do previsto. Entre eles está a modelo iguaçuense Adrielly Eger, de 18 anos. Eger estava em Wuhan, cidade chinesa que está o epicentro do novo coronavírus, (Covid-19).

Modelos de Foz do Iguaçu e Santa Rita (PY) estão entre os resgatados da China devido ao novo coronavírus

Além dela, outra moradora da tríplice fronteira estava isolada em Anápolis. Melany Umann, 18 anos, moradora de Santa Rita, no Paraguai, é amiga de Adrielly, é modelo e também voltou com o grupo brasileiro. Elas devem voltar para Foz do Iguaçu nas próximas horas, informa a Rádio Cultura.

Segundo Ministério da Defesa, o grupo que estava confinado será apoiado por aeronaves da FAB, “em aproveitamento de voos de transporte logístico de material e de militares”.

Os destinos são os seguintes:

Distrito Federal – 20 passageiros, sendo 9 militares, 1 profissional do Ministério da Saúde, 1 profissional da Empresa Brasil de Comunicação (EBC) e 9 repatriados;
São Paulo – 13 passageiros, sendo 11 repatriados, um militar e uma integrante do Ministério da Saúde;
Rio de Janeiro – 11 militares;
Paraná – 5 repatriados;
Santa Catarina – 4 repatriados;
Minas Gerais – 3 repatriados;
Pará – 1 repatriada;
Dois repatriados, transportados para Brasília, seguirão em voos comerciais para o Maranhão e para o Rio Grande do Norte. Um repatriado permanecerá em Anápolis (GO).

Com informações da Agência Brasil

Brasil, Cultura, Destaques, Geral,

Mulher Gato vence 40ª edição do “Meninas Veneno” de Foz do Iguaçu. Veja fotos!

Morador do bairro Jardim América teve apoio da companheira para conquistar o primeiro lugar no concurso de fantasia

A segunda noite do Carnafalls 2020, realizada neste sábado (22), foi marcada por muita descontração e irreverência na Praça da Paz, centro da cidade. Logo após a apresentação da Bateria Mocidade Unida, por volta das 20h, o público prestigiou a 40ª edição do bloco mais tradicional do carnaval de Foz do Iguaçu e região.

Coordenado pelo agente patrimonial da Prefeitura Municipal, Natal Adilson Bassani, o bloco “Meninas Veneno” reuniu 24 homens fantasiados para um desfile feito a base de glíter, purpurina e ousadia.

Vestido dos pés à cabeça de Mulher Gato, Luciano Gonçalves, morador do bairro Jardim América, venceu o concurso após conquistar os jurados com uma apresentação inspirada no personagem dos quadrinhos que fez sucesso na TV e nos cinemas.

“Há três anos que participo do ‘Meninas Veneno”. Dessa vez consegui vencer. Dedico essa vitória à minha esposa que me apoiou e ajudou a montar toda essa produção. É muito divertido poder brincar no carnaval ao lado de amigos. É uma festa que merece ser celebrada e dessa vez o primeiro lugar foi meu”, comemorou.

Dentre os critérios para votação das melhoras fantasias estavam a originalidade e interação do candidato com o público. “A ‘Mulher Gato’ foi sem dúvida a melhor fantasia. Ver um homem de quase dois metros de altura dançando de bota com salto alto e roupa colada é muito engraçado. Todos estavam divertidos, mas a ‘Mulher Gato’ se destacou mais”, contou Jessica Serqueira.

Acompanhada do marido e dos filhos, a comerciante trouxe toda a família para a festa. “O evento está muito bem organizado. Participo do carnaval de Foz há anos e o que chama atenção desta edição é a estrutura montada para o público. Vale muito a pena vir. A diversão é garantida”, afirmou.

Ao lado do filho também fantasiado, Adriano Nascimento não lamentou a derrota no concurso “Meninas Veneno” e garantiu que ano que vem a vitória será sua. “É uma festa entre amigos. Dessa vez trouxe meu filho comigo. O legal é que ele entra na brincadeira e me acompanha. Carnaval é isso, brincadeira e diversão. Ano que vem eu ganho”.

De acordo com a organização do evento, o bloco “Meninas Veneno” arrecadou cerca de 180 quilos de alimento que serão entregues a associações comunitárias.

“O bom disso tudo é que conseguimos unir lazer com uma boa ação social. Quero agradecer a todos os participantes que fizeram desta festa uma das melhores de toda história do ‘Meninas Veneno’”, finalizou Natal Bassani.

O diretor-presidente da Fundação Cultural, Juca Oliveira, parabenizou a organização do bloco e a animação dos foliões.

“Festa bonita é essa. Muita gente na rua se divertindo em segurança. Parabéns a todos que fizeram de mais essa edição do “Meninas Veneno” um dos momentos mais esperados do carnaval de Foz do Iguaçu”.

Neste domingo a animação continua com o tradicional Carnaval da Saudade, na Rua Marechal Deodoro, no centro de Foz, a partir das 15 hs.

O Carnafalls 2020 é uma realização da Prefeitura de Foz do Iguaçu, através da Fundação Cultural e da Secretaria de Turismo, Industria, Comercio e Projetos Estratégicos.

São parceiros do Carnafalls o Foztrans, a Guarda Municipal, as polícias Civil e Militar.

Brasil, Destaques, Economia, Geral, Itaipu, Turismo,

Infraero anuncia para sexta-feira, 28, a inauguração das obras do aeroporto de Foz do Iguaçu

As obras executadas dobraram a capacidade de passageiros no terminal aeroportuário de Foz do Iguaçu

O Ministério da Infraestrutura e a Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária (Infraero) programaram para a próxima sexta-feira (28), a inauguração das obras de modernização e ampliação do Terminal de Passageiros do Aeroporto Internacional de Foz do Iguaçu.

A solenidade, na área de embarque e desembarque, está programada para às 10h. Durante o ato será assinada a Ordem de Serviço para ampliação da pista de pouso e decolagem do terminal, informa Ronildo Pimentel no GDia.

As obras na área interna do terminal estão praticamente concluídas desde dezembro do ano passado. As ações incluíram ampliação das salas de embarque e desembarque, instalação de esteiras de restituição de bagagem na área de desembarque e instalação de quatro novas pontes de embarque. As melhorias resultaram na ampliação do saguão do terminal e nos setores de check-in e inspeção.

De acordo com a Infraero, a capacidade do Aeroporto de Foz do Iguaçu saltou dos atuais 2,5 milhões para cinco milhões de passageiros ao ano. As salas de embarque, que tinham 900 metros quadrados, passaram para 5,4 mil metros quadrados. O valor inicial do investimento foi R$ 32,650 milhões, em recursos da Infraero e da Itaipu Binacional.

A reforma e a ampliação do terminal resultou em mais conforto e segurança aos usuários, qualificando os serviços com uma área comercial mais ampla, afirma Enio Eidt, presidente do Fundo Iguaçu. A organização investiu no desenvolvimento do projeto para a execução das obras.

O secretário de Turismo, Indústria, Comércio e Projetos Estratégicos, Gilmar Piolla, lembra que conectividade aérea é o conceito-chave para o desenvolvimento do turismo. A captação de mais voos depende fundamentalmente de um terminal melhor estruturado para atender à demanda crescente, inclusive de rotas internacionais.

Pista maior
Durante a inauguração será assinada a ordem de serviço para ampliação da pista de pouso e decolagem do Aeroporto de Foz do Iguaçu. O prazo para execução das obras é de 515 dias a partir deste ato.

O valor do contrato é de R$ 53,9 milhões, dos quais a Itaipu entrará com 80% dos recursos (R$ 43,1 milhões), conforme o protocolo de intenções assinado entre a binacional e a Infraero. Itaipu também investiu R$ 15,5 milhões na duplicação da ligação entre o aeroporto e a BR-469 e na ampliação do pátio de manobras de aeronaves.

A empresa responsável pela execução das obras é a Dalba Engenharia e Empreendimentos Ltda., de Guarapuava (com unidades também em Francisco Beltrão, Cascavel, Santa Lúcia, Urupema/SC, Inácio Martins e Ciudad del Este – Paraguai).

Com a modernização, Foz do Iguaçu passará a receber aeronaves de grande porte. Essa é considerada a obra mais importante para transformar o local num hub, nos moldes de outros destinos turísticos bastante disputados, como Miami, nos Estados Unidos, e países da Europa.

Brasil, Cultura, Destaques, Geral, Turismo,

Por que esse Boeing 737-200 está parado num gramado em Foz do Iguaçu?

Ele está parado há anos em Foz do Iguaçu e sendo muito bem preservado, diferente do DC-3 que foi destruído sem o menor pudor no Galeão, pela Massa Falida da Varig. Conheça a história desse “Sucatinha” da FAB que hoje encanta os turistas nas Cataratas do Iguaçu.

Esse avião que você na imagem acima é um Boeing 737-200 que voou por quase 35 anos na Força Aérea Brasileira e foi apelidado de “Sucatinha”. Tendo transportado oito presidentes entre 1976 e 2010 e até o Papa João Paulo II, sua história quase se perdeu, até um empresário assumir a responsabilidade por sua preservação.

Aposentado
Após sua aposentadoria, em 2010, o jato foi encaminhado à Base Aérea de São Paulo. Por algum tempo, ele manteve a boa forma e chegou até a ser apresentado em um evento de Portões Abertos da FAB, mas sem dinheiro e sem cuidados adequados, o avião começou a se deteriorar, aproximando-se de um destino nefasto.

AQUI para ler mais no AEROIN

Geral, Justiça,

PM age rápido e prende quatro rapazes após assaltar hóspedes em hotel de Foz do Iguaçu. Assista!

A Polícia Militar agiu rápido, na noite desta sexta-feira (21) e prendeu em flagrante três rapazes que haviam acabado de assaltar hóspedes dentro de um hotel em Foz do Iguaçu, no Oeste do Paraná.

Para chegar ao grupo, uma porta precisou ser arrombada. Eles usavam duas armas de fogo e um simulacro de pistola. Um dos presos é menor de idade.

Os valores roubados e pertences dos hóspedes foram recuperados. Em função do feriado prolongado de Carnaval, praticamente todos os hotéis, pousadas e hostals estão com lotação máxima.

Abaixo o vídeo da prisão do grupo

Destaques, Geral, Política, Saúde,

Prefeitura e Fundação Municipal de Saúde assinam termo para transferir gestão das UPAS de Foz do Iguaçu

Documento foi publicado ontem no Diário Oficial do Município. Objetivo do governo é dar mais agilidade e eficácia aos processos de gestão das unidades de pronto atendimento

A Fundação Municipal de Saúde (FMS) inicia hoje (21) o processo de transição para gerenciar as Unidades de Pronto Atendimento (UPAs) de Foz do Iguaçu. O Termo de Cooperação entre a Prefeitura Municipal e a FMS foi publicado no Diário Oficial do Município na tarde desta quinta-feira (20) após o Plano Operativo Assistencial (POA) ser aprovado ad referendum pelo Conselho Municipal de Saúde (COMUS).

O documento estabelece um prazo máximo de 90 dias para a substituição gradativa dos serviços profissionais terceirizados (serviços médicos, de limpeza, de recepção, de manutenção, de alimentação, de lavanderia e todos os demais) contratados pelo Município de Foz do Iguaçu para a operação das Unidades de Pronto Atendimento, exceto os da área de atenção odontológica e das farmácias de dispensação pública.

“A proposta pretende dar mais agilidade e eficácia aos processos de gestão das UPAs, melhorando a assistência à população. Tomamos uma decisão muito importante para enfrentar desafios que precisavam ser encarados. A rede de urgência e emergência precisa de instrumentos de gestão mais céleres como os da Fundação Municipal de Saúde. A estrutura burocrática da prefeitura sempre foi um entrave para suprir as demandas desses locais.”, explicou o vice-prefeito e secretário de saúde, Nilton Bobato.

A proposta foi publicada após cumprir o processo de diálogo e debate com os organismos de fiscalização e controle social. O novo modelo de gestão foi apresentado na Câmara Municipal de Vereadores e no COMUS, que aprovou por 15 votos a 9 o ad referendum para que a FMS assuma as UPAs.

Na segunda (17), o termo também havia sido aprovado pelo Conselho Curador do HMPGL. Em 30 dias o COMUS deverá se reunir para deliberar sobre Plano Operativo das UPAs apresentado pela Secretaria Municipal de Saúde.

Legalidade
Durante a plenária, Bobato esclareceu pontos importantes da discussão que geraram polêmicas, como a questão de suposta privatização e também sobre a legalidade da medida.

“A Fundação Municipal de Saúde é pública e o ingresso de trabalhadores se dá por meio de concurso público e processo seletivo. A gestão de unidades de pronto atendimento está prevista no estatuto da Fundação, que também integra a Rede Estadual de Urgência e Emergência”, esclareceu.

O Diretor Presidente da Fundação Municipal de Saúde, Sérgio Fabriz, também falou do compromisso em garantir o suporte e a cooperação para avançar nos fluxos da urgência e emergência.

“A palavra é cooperar e assumimos esse compromisso de integrar as UPAs aos processos do Hospital Municipal. Além da agilidade nas contratações, o termo é fundamental, pois promove a articulação dos fluxos e unificação de protocolos, melhorando a assistência e também gera economia”, acrescentou.

Brasil, Geral, Internacional,

Rotary: 115 anos de serviço humanitário

Gilmar Cardoso

“Não restou muito para que façamos neste mundo, no entanto, o pouco que restou é de infinita importância. Foi atribuída a nós a tarefa de manter a ordem e a decência nesse nosso pequeno e aconchegante mundo” – (Paul Harris)

O Rotary Conecta o Mundo! O lema do presidente Mark Daniel Maloney (2019-20) do Rotary Internacional, desafia os associados a fortalecerem as maneiras de conexão, possibilitando que pessoas talentosas e generosas se unam e entrem em ação por meio dos serviços rotários.

O Rotary Internacional completa 115 anos de fundação neste domingo, 23 de fevereiro. O primeiro clube de prestação de serviços no mundo foi fundado no dia 23 de fevereiro de 1905, quando o advogado Paul Harris (falecido em 27 de janeiro de 1947) reuniu-se com três amigos em um pequeno escritório no centro de Chigaco/EUA e criou o Rotary.

A ideia era criar um grupo profissional de homens de negócios, com o mesmo espírito de amizade que caracterizava as cidades pequenas de sua juventude. Nesta data ele se reuniu com Silvester Schile – Distribuidor de Carvão, Gustavus E. Loehr – Engenheiro de Minas e Hiram E. Shorey – Alfaiate, no escritório de Loehr, em Chicago, para uma primeira reunião, na qual ficou acordado que outras aconteceriam em outros locais. Assim, há 115 anos, nasceu o Rotary Club — e o nome vem daí, rodízio do local das reuniões.

O Segundo Rotary Club foi fundado em São Francisco, em 1908. Quando, em 1910, já haviam 16 clubes, foi decidido que eles deveriam ser reunidos. Mais tarde, ao lado da esposa Jean Thomson, o casal Harris viajou pelo mundo promovendo o Rotary. Eles plantaram árvores da amizade em quase todos os continentes, como símbolo do compromisso da organização com a compreensão e a paz mundial.

   Nos primeiros anos de vida da organização, Paul trabalhou incessantemente para expandir o Rotary tanto nos Estados Unidos como no exterior. Quando a National Association of Rotary Clubs, predecessora do Rotary International, organizou sua primeira convenção, em 1910, Paul foi eleito presidente. Exerceu dois mandatos consecutivos e, na convenção de 1912, recebeu o título de Presidente emérito. Ele foi o único rotário a jamais ser honrado dessa forma numa organização que pudesse divulgar o movimento, nascendo a Associação Nacional dos Rotary Clubs. Em 1910 foi fundado o primeiro Clube fora dos EUA, em Winnipeg, Manitoba, Canadá. Em 1919, surge o primeiro clube na América do Sul, o Rotary Club de Montevidéu, no Uruguai. Em 1922, o nome, Associação Nacional dos Rotary Clubs, foi abreviado para Rotary International.

O legado de Paul Harris é imenso, as suas ideias continuam a frutificar-se pelo mundo inteiro, somos mais de 1.2 milhões de homens e mulheres que pertencem a quase 36.000 Rotary Clubs em mais de 200 países e áreas geográficas e 530 Distritos Rotários. Durante sua vida dedicada ao rotarismo Paul foi condecorado pelos governos do Brasil, Chile, República Dominicana, Equador, França e Peru.

No Brasil, o Rotary está presente e atuante através de 2.379 clubes, quase 53 mil rotarianos e 15 mil rotarianas, distribuídos em 31 Distritos. Contamos ainda com 769 Rotaract Clubs e 8.208 rotaractianos; 584 Interact Clubs e 13.442 interactianos.

                  “Dar de si, antes de pensar em si”. Esse é o lema que norteia os rotarianos. Talvez Paul Harris, lá no dia 23 de fevereiro de 1905, na cidade de Chicago, não tivesse a noção em que o Rotary iria se transformar, mas ele tinha a vontade de fazer com uma pequena ação (um banheiro público) o melhor para sua comunidade e sabia que iria precisar ter com ele pessoas que cultivassem a mesma vontade, a de servir.

      A partir deste 23 de fevereiro, 115 anos atrás, criou-se um novo modo de agir, o rotariano. Homens e mulheres de todo o mundo disponibilizando parte de seu tempo, de seu desejo de servir, de criar novas amizades, de ser solidário, enfim, para ser útil na sociedade em que vivemos. Rotarianos que saem de casa todos os dias, ou que se reúnem todas as semanas preocupados e sempre pensando em como irão fazer para ajudar sua comunidade da melhor maneira possível.

   23 de Fevereiro marca o DIA DO ROTARIANO, Dia da Paz e da Compreensão Mundial e 115 anos de Fundação do Rotary International, a primeira e maior Organização Não Governamental (ONG) no Mundo. A Missão do Rotary International é servir ao próximo, difundir a integridade e promover a boa vontade, paz e compreensão mundial por meio da consolidação de boas relações entre líderes profissionais, empresariais e comunitários.  

      Praticamente tudo mudou nesses 115 anos que se seguiram à fundação do Rotary, exceto os valores da organização. Desde os idos de 1905, continuamos comprometidos com os nossos valores: companheirismo, integridade, diversidade, serviços humanitários e liderança. Embora a nossa máxima Dar de Si Antes de Pensar em Si remonte ao ano 1911, o teor desse lema já estava presente no coração dos quatro primeiros rotarianos e continua vivo entre nós, destaca a mensagem do presidente internacional.

    - Parabéns ao nosso Rotary pelos 115 anos, e a todos os  membros da família rotária!
  • GILMAR CARDOSO, advogado, poeta, membro do Centro de Letras do Paraná, da Academia Mourãoense de Letras e Rotariano
Estadual, Geral, Política,

Projeto de lei aprovado pela Assembleia rende homenagem da Copel ao deputado Hussein Bakri

Autor da lei que estabelece uma faixa de segurança para plantio próximo às redes elétricas, o deputado Hussein Bakri (PSD) foi homenageado pela Copel nesta semana. Com a presença do presidente da empresa, Daniel Slaviero, e do diretor de distribuição, Max Orfali, o parlamentar recebeu uma placa de reconhecimento por garantir “mais segurança e qualidade no fornecimento de energia à população do Paraná, o que se traduz no desenvolvimento do estado”.

“Não há nada mais recompensador para um homem público do que ter seu trabalho reconhecido em prol da coletividade. E isso ganha uma dimensão ainda maior quando parte de uma das empresas públicas mais premiadas do Brasil pela sua atuação de excelência. Na verdade, sou eu quem deve render homenagens à Copel pelos serviços prestados a todos os paranaenses e que venho procurando ajudar na função de Líder do Governo na Assembleia Legislativa”, afirmou Hussein Bakri.

Aprovada por unanimidade pelos deputados estaduais, a Lei 20.081/2019 foi redigida por Bakri em parceria com a Copel e com os órgãos ambientais. O texto estabelece uma faixa de segurança mínima de 15 metros de cada lado da rede e determina que a altura máxima das árvores não poderá ultrapassar 3 metros. Prevê ainda que a poda da vegetação será de responsabilidade do proprietário da terra, exceto nos casos em que houver risco de segurança e a Copel deverá ser acionada. Se as regras não forem cumpridas, a concessionária poderá podar ou mesmo retirar as árvores. O prazo para adequação à nova legislação é de 7 anos.

Segundo a Copel, em algumas regiões do Paraná, a vegetação é responsável por mais de 70% das interrupções no sistema de distribuição de energia elétrica – desde 2014, houve 1,1 milhão de casos. Boa parte deles envolve o reflorestamento de eucaliptos, que, durante vendavais e tempestades, entram em contato com os cabos condutores e deixam casas e fábricas sem luz por várias horas. Há ainda a questão da segurança de pessoas e animais, agravada pelo risco de incêndios florestais.

“Se chega luz às casas, ao comércio, às indústrias de todo o Paraná é por causa da Copel e seus milhares de colaboradores. E, num trabalho conjunto, a Assembleia aprovou esse projeto – agora uma lei –, que vai trazer segurança e qualidade ao fornecimento de energia no estado. Por isso, fizemos questão de agradecer ao deputado Hussein Bakri, que capitaneou todo esse processo”, disse o presidente da Copel.

Destaques, Estadual, Geral, Meio Ambiente,

Calor vai predominar durante o Carnaval em Foz do Iguaçu, afirma o Simepar

O céu azul e o calor forte vão marcar os dias do Carnaval 2020 em Foz do Iguaçu, informa o meterologista Rodrigo Lins, do Simepar (Sistema Meteorológico do Paraná).

As temperaturas no período, de sexta a terça-feira (21 a 25 de fevereiro, respectivamente), vão variar de 24º C a 35º C, prevê o instituto.

O clima será ideal para os mais de 40 mil turistas que são esperados nas Cataratas do Iguaçu durante o feriado.

A foto, que ilustra esta postagem, é do repórter fotográfico Roger Meireles e mostra o amanhecer de Foz do Iguaçu nesta sexta-feira (21).

Estado

Uma frente fria se aproxima de Curitiba neste sábado (22), o que vai deixar as temperaturas mais estáveis.

“As previsões indicam mínimas de 14° C e máximas na casa de 20° C na Capital, o que também se estende ao Litoral. O tempo fica mais nublado, mas também com poucas possibilidades de chuva”, afirmou.

“Mas na segunda-feira essa frente fria deixa o Estado em direção ao oceano e volta a esquentar nessa região”.

AQUI para ver mais do clima no Estado durante o Carnaval