Browsing Category

Internacional

Brasil, Destaques, Economia, Internacional, Itaipu, Meio Ambiente, Turismo,

Itaipu leva soluções integradas em energia, água e mudanças de clima em fórum internacional

O Fórum Político de Alto Nível é a plataforma central das Nações Unidas para dar seguimento à Agenda 2030. O evento abrange mais de 130 reuniões paralelas, 36 exposições e oito atividades especiais

A usina de Itaipu participa de uma agenda de três dias durante o Fórum Político de Alto Nível sobre Desenvolvimento Sustentável da Organização das Nações Unidas (ONU).

O diretor-geral brasileiro da empresa, general Joaquim Silva e Luna, e o diretor-geral paraguaio, José Alberto Alderete, levaram para o evento, nesta segunda-feira (15), propostas de soluções sustentáveis em água e energia que atuem de forma positiva sobre as mudanças climáticas.

Os dois diretores, acompanhados da diretora financeira paraguaia, Monica Perez, apresentaram aos parceiros informações de como a Itaipu vem atuando em prol do desenvolvimento sustentável da região.

O superintendente de gestão ambiental, Ariel Scheffer da Silva, participa como painelista técnico de um dos eventos paralelos. A agenda em Nova York inclui ainda uma reunião, nesta terça-feira (16), entre os diretores-gerais e o Subsecretário-Geral das Nações Unidas para o Desenvolvimento Econômico, Liu Zhenmin.

O programa do fórum começou no último dia 9 prossegue até sexta-feira, 19. O Fórum Político de Alto Nível é a plataforma central das Nações Unidas para dar seguimento à Agenda 2030.

O tema deste ano é “Capacitar pessoas e garantir inclusão e a igualdade”. Além das sessões oficiais, o evento abrange mais de 130 reuniões paralelas, 36 exposições e oito atividades especiais.

A programação da Itaipu, organizada em parceria com o Departamento de Assuntos Econômicos e Sociais das Nações Unidas (Undesa), inclui a 3ª Reunião do Conselho Consultivo da parceria Soluções Sustentáveis em Água e Energia, o evento paralelo “Aumento das ações contra as mudanças climáticas através de soluções integradas de água e energia”, além de reuniões bilaterais com representantes de organismos internacionais e instituições ligadas à água e energia.

A reunião do Conselho Consultivo, com a participação de 25 líderes globais, ocorreu na sala de reuniões da Undesa. Após apresentação do progresso do plano de trabalho 2019, foram definidos planos futuros, direções e recomendações para a Rede Global de Soluções Sustentáveis em Água e Energia.

Lançada em dezembro de 2018, na COP 24, a Rede tem como parceiros organizações, governos e empresas que são referência em água e energia – entre eles, a Itaipu Binacional.

“A usina de Itaipu, que tem uma grande preocupação em tratar, de forma sustentável, de questões diretamente ligadas a sua atividade-fim, que é a produção de energia, preservando a água e sua gente do entorno, tem muito a contribuir para a agenda internacional”, diz o diretor Silva e Luna.

No evento “Aumento das ações contra as mudanças climáticas através de soluções integradas de água e energia: Cumprimento do Acordo de Paris e da Agenda 2030”, foram compartilhados conhecimento e experiência em abordagens integradas de água e energia em apoio à mitigação e adaptação às mudanças climáticas.

A Itaipu
Com 20 unidades geradoras e 14 mil MW de potência instalada, a Itaipu Binacional é líder mundial na geração de energia limpa e renovável, tendo produzido, desde 1984, mais de 2,6 bilhões de MWh.

Em 2016, a usina brasileira e paraguaia retomou o recorde mundial anual de geração de energia, com a marca de 103.098.366 MWh.

Em 2018, a hidrelétrica foi responsável pelo abastecimento de 15% de toda a energia consumida pelo Brasil e de 90% do Paraguai.

Foto: Arceli Pedroso de Oliveira/Itaipu Binacional

Brasil, Destaques, Internacional, Justiça,

Ex-procurador da “Lava Jato italiana” prega até 2 juízes por imparcialidade

A operação Mãos Limpas, ocorrida na Itália na década de 1990, inspirou Sergio Moro em sua atuação como juiz na Lava Jato. O hoje ministro da Justiça a estudou e escreveu em 2004 um artigo sobre o caso italiano, elogiando seus resultados no combate à corrupção e relativizando as críticas ao trabalho dos magistrados que atuaram na investigação.

Gherardo Colombo, 73 anos, era um deles. Ele foi um dos procuradores da Mãos Limpas. Em entrevista ao UOL, ele afirmou que os “ataques” à operação foram muitos.

Ele próprio foi acusado de quebrar o sigilo das investigações. Também teve que responder a um processo disciplinar por ter levantado numa entrevista suspeitas sobre chantagens na política da Itália. Nunca foi condenado.

Segundo ele, assim como na Lava Jato, a Mãos Limpas também foi acusada de abusar de prisões temporárias, das delações premiadas e de manipular a mídia. Também recebeu críticas por supostamente perseguir políticos. Nunca, porém, foi acusada de coordenar atuações de procuradores e juízes –suspeita que hoje paira sobre a operação brasileira.

Afastado do Judiciário desde 2007, Colombo disse que acompanha de longe e quando pode as notícias sobre os diálogos entre Moro e outros membros da força-tarefa da Lava Jato que vêm sendo divulgados pelo site “The Intercept Brasil” há mais de um mês.

Ao trocar emails com a reportagem, o italiano evitou opinar sobre possíveis irregularidades na condução da operação brasileira. Questionado sobre como deve ser a comunicação entre um juiz e um procurador durante uma investigação, ele disse:

“Na minha opinião, um juiz só pode se comunicar com um procurador formalmente, por meio de documentos oficiais. A exceção são as trivialidades”

Leia o restante do artigo no UOL

Brasil, Destaques, Economia, Geral, Internacional,

Itália é o país da União Europeia (UE) que mais concede cidadania a brasileiros

A Itália é o país da União Europeia (UE) que mais concedeu cidadania a brasileiros em 2017, último ano analisado pelo Eurostat em pesquisa divulgada nesta quarta-feira, 10. A Itália respondeu por 46% das cidadanias concedidas a brasileiros, o correspondente a 9.936 títulos. As informações são do UOL.

Essa é a primeira vez em dez anos em que os números italianos superaram os portugueses. De acordo com a pesquisa, Portugal concedeu 6.084 cidadanias. A Espanha aparece em terceiro lugar, com 1.294.

Ainda de acordo com o estudo, o Brasil é o oitavo País em número de cidadanias concedidas pela União Europeia. No total, 825.447 tiveram o direito reconhecido em 2017.

Os 10 países da União Europeia que mais concedem cidadania a brasileiros são:

  1. Itália: 9.936
  2. Portugal: 6.084
  3. Espanha: 1.294
  4. Alemanha: 1.169
  5. Reino Unido: 898
  6. França: 819
  7. Bélgica: 362
  8. Holanda: 284
  9. Suécia: 273
  10. Irlanda: 264

Descendentes italianos
O Brasil conta com 30 milhões de descendentes italianos, concentrados, sobretudo, nas regiões Sul e Sudeste. De acordo com o chefe da embaixada brasileira na Itália, o diplomata Hélio Vitor Ramos Filho, somente em 2018, cerca de 265 mil pessoas solicitaram o reconhecimento da dupla cidadania.

Segundo números de 2018 do Consulado Geral da Itália em São Paulo, pelo menos 112 mil pedidos de cidadania italiana por brasileiros aguardam aprovação. Como cada um desses requerimentos abrange, em média, quatro pessoas, a estimativa é de que cerca de 450 mil descendentes de italianos estejam na fila.

O tempo de espera para obter a cidadania italiana em São Paulo é estimado entre 10 e 12 anos. Em outros consulados brasileiros, como o de Curitiba, o tempo pode ser reduzido para 4 ou 5 anos de fila.

Brasil, Cultura, Destaques, Economia, Internacional, Meio Ambiente,

Uma hora a mais nas Cataratas: Parque Nacional do Iguaçu abrirá mais cedo nas férias de julho

O visitante do Parque Nacional do Iguaçu ganhará uma hora a mais para programar a sua visita ao Patrimônio Natural da Humanidade. A unidade de conservação, que abriga as Cataratas do Iguaçu, abrirá do dia 13 até 21 julho, das 8 às 17 horas, uma hora mais cedo.

A ampliação do horário contribuirá com a qualidade da visitação turística. O visitante terá mais tempo para contemplar as belezas do parque. Para quem quiser ganhar ainda mais tempo e adiantar o planejamento do passeio, uma boa opção é adquirir o ingresso on-line. Há guichê específico para atendimento das pessoas que adquirirem o ingresso pelo site das Cataratas.

Serviço:
Funcionamento do Parque Nacional do Iguaçu nas férias de julho
Data: 13 a 21 de julho de 2019
Visitação turística: das 8 às 17 h

Mais informações Parque Nacional do Iguaçu
www.cataratasdoiguacu.com.br
contato@catarataspni.com.br
Telefone: +55 (45) 3521-4400

Canais nas redes sociais
WhatsApp: +55 (45) 9 9137 3444
Facebook: @CataratasDoIguacu
Instagram: @CataratasdoIguacu
Twitter: @CataratasBrasil

Crédito fotografias: Christian Rizzi

Brasil, Cultura, Destaques, Educação, Internacional, Itaipu,

Exposição Itaipu Natureza tem preço promocional em seu último mês em cartaz

Os visitantes podem conhecer o espaço até 31 de julho. O valor do ingresso é de R$ 15 (meia entrada) para todas as pessoas

A Exposição Itaipu Natureza chega ao seu último mês em cartaz no Piso L2 do Cataratas JL Shopping. Até o dia 31 de julho, os visitantes poderão conhecer o atrativo turístico que traz informações sobre seis biomas brasileiros. E quem for visitar o espaço neste último mês paga preço promocional: o valor cai de R$ 30 para R$ 15 a todos visitantes.

Inaugurada em 10 de janeiro deste ano, a exposição recebeu 9.586 pessoas nos seis primeiros meses do ano. A atração, promovida pelo Parque Tecnológico Itaipu (PTI) em parceria com o Instituto Harpia, é a primeira do Turismo Itaipu fora do complexo turístico, que hoje conta com nove outros atrativos na usina hidrelétrica de Itaipu e redondezas.

A Exposição tem o objetivo de sensibilizar o público sobre a importância de conservar a biodiversidade dos biomas brasileiros (Amazônia, Mata Atlântica, Cerrado, Pampas, Pantanal e Caatinga) e apresentar a conectividade entre os seres humanos e a natureza.

Para isso, conta com uma coleção de animais taxidermizados do biólogo, dentista e diretor presidente do Instituto Harpia de Pesquisa em História Natural, João Galdino. Todos são oriundos de doações ou vítimas de caça ilegal, atropelamentos e envenenamentos.

Também são feitas atividades interativas a partir de recursos tecnológicos como projeção mapeada, imersão 360º e telas interativas, provocando uma imersão nos biomas por meio dos sentidos (visão, tato, olfato e audição).
Instituições de ensino fundamental, médio e superior interessadas podem levar seus alunos para visitar a exposição nos períodos da manhã e da tarde, em visitas guiadas. Para agendar a visita, os professores devem ligar diretamente para o Turismo Itaipu no telefone (45) 3576-7000.

Serviço

Exposição Itaipu Natureza
Término: 31 de julho.
Horários: de segunda a sábado, das 10h às 22h; domingos e feriados, das 14h às 20h.
Local: Cataratas JL Shopping – Piso L2 – Loja L203 – Av. Costa e Silva, 185 – Foz do Iguaçu – PR
Ingressos: R$ 15 (meia entrada) para todos visitantes.
Classificação: Livre
Mais informações: (45) 3576-7000

Foto: Kiko Sierich

Cultura, Destaques, Geral, Internacional,

Megarock confirma a argentina Enoís La Família na edição 2019

Ronildo Pimentel, CabezaNEWS

A edição 2019 do Megarock – Festival de bandas que acontece de de 19 a 21 de julho e vai reunir no Parque de Eventos Charrua em Foz do Iguaçu e que marca a passagem do Dia Mundial do Rock (13 de julho), confirmou a participação da banda argentina Enoís La Familia.

O grupo de Rap e Hip Hop, foi fundado em 2008 no Conurbano Bonaerense, mais precisamente no bairro La Fraternidade de General Rodríguez, na região metropolitana de Buenos Aires. A banda se apresenta no domingo, 21 (último dia do evento) e deve chegar em Foz do Iguaçu no final da tarde de quinta-feira (18)

LEIA TAMBÉM
Fundação Cultural de Foz do Iguaçu lança edital para bandas no Megarock 2019

Enois La Familia traz em sua formação sete integrantes distribuídos em baixo, guitarra, percussão, bateria e vozes. “Musicalmente o que nos influencia é a música latino-americana, mas também temos influências do funk, jazz, blues, tango e rock”, contou Alex Maurício Alves, o Kannibal.

“É uma fusão muito grande”, ressaltou Kannibal. O músico é bastante conhecido da cena underground de Foz do Iguaçu, onde ajudou a formar e atuou com o 0.1. Ele conta que, em 2005, quando o grupo de Rap estava perto de se transformar em uma banda, acabou saindo do Brasil para morar na Argentina.

Mesmo morando nos arredores de Buenos Aires, Kannibal sempre deixou claro que queria seguir tocando Rap, só que em formato de banda. “Eu sentía este desejo pelo fato de que o 0.1 ia se transformar em banda, mas tive que vir por motivos familiar”, informou o músico.

Múltiplas culturas

Kannibal é o único brasileiro da banda, que conta ainda com o uruguaio Maxi Silvera – violão e coro. Os demais integrantes são argentinos. “Após 10 anos de ensaios e muitas apresentações em diversas regiões da Argentina, estamos agora mostrando nosso trabalho aos países vizinhos”, disse.

Sobre tocar em Foz do Iguaçu, onde começou na música, Kannibal disse que vai se sentir em casa, uma vez que a cidade tem “grande parte da minha família, muitos irmãos e amigos”, completou o MC.

A experiência de Kannibal no cenário rapper de São Paulo nos anos 1990, foi fundamental para a união dele com Charly Musson, um MC que também gostava de Break Dance. Logo os dois conheceram músicos jovens de General Rodríguez que estavam em início de carreira.

Alguns permanecem até hoje desde a formação original – Guillermo Bustamante na bateria e Maxi Silvera. logo se somaramo ao grupo Martín Diz no baixo, Mariano González na percussão e Joa Fernández na guitarra elétrica.

A novidade da proposta musical e estética permitiu que o projeto ser eleito vencedor do concurso “Acercarte”, abrindo portas para novas apresentações pelo país.

Entre os locais de destaque por onde o Enois La Familia já tocou estão Luján, Pilar, Villa Ruiz, Moreno, Isidro Casanova, Morón, Haedo, Ramos Mejía, Capital Federal, Córdoba, San Luis e Catamarca.

No palco

Na apresentação que farão em Foz do Iguaçu, no Megarock 2019, a banda traz um EP com cinco músicas autorais já conhecidas do público por onde passaram – uma delas, batizada “Conurbano”, tem um vídeo clip registrado no estúdio Kangrejo Records, com produção de Goy Karamelo (Kasramelo Santo).

Em seu portfolio, a banda destaca que em sua formação convivem o swing brasileiro, o ritimo uruguaio e a aguerrida cena conurbana de Buenos Aires. “Com uma mensagem positiva e um espirito festivo, porém consciente como bandeira, Enois La Familia tem muito amor para dar”, completam na apresentação.

Abaixo os perfis da banda nas redes sociais

https://www.facebook.com/enoislafamilia/
https://www.instagram.com/enoislafamilia/?hl=es-la
https://www.youtube.com/channel/UCGVMcfLKLyE35FbImUmI3Qg

Streamig:
https://open.spotify.com/album/4lAQCO1sMacqCIudxQpy4S?si=I6vnG1rKSju1OG-Ld4VDGQ
https://open.spotify.com/album/3sWGtCyxlnRDx8BsB7Ue7t?si=c4NkcBGTTkGIzZ4rooD4Mw

Brasil, Destaques, Economia, Internacional, Itaipu, Turismo,

Turismo de Itaipu tem semestre histórico e deve fechar o ano com novo recorde

Mais de 444 mil turistas visitaram os atrativos da binacional nos seis primeiros meses do ano – 3,1% acima do mesmo período de 2018

Os atrativos turísticos da Itaipu receberam 444.518 visitantes nos primeiros seis meses de 2019, fazendo deste primeiro semestre o melhor de todos os tempos para o turismo da usina. A visitação ficou 3,1% acima do mesmo período de 2018, ano em que Itaipu bateu recorde de visitação com 1.024.549 pessoas. A expectativa é de novo recorde para 2019.

“Esperamos terminar o ano com mais um recorde na Itaipu. Estamos investindo nos atrativos da usina e nas ações estruturantes da região, porque o desenvolvimento turístico regional integra a nossa missão”, destacou o diretor-geral brasileiro de Itaipu, general Joaquim Silva e Luna. Com as campanhas e melhorias planejadas para o turismo, espera-se superar a marca de 2 milhões de visitantes em um único ano até 2023.

Os números do primeiro semestre consideram as modalidades de visitação turística e institucional provenientes das duas margens, brasileira e paraguaia, de Itaipu. Os destaques do aumento da visitação foram o Ecomuseu (38,8% superior a 2018), a Itaipu Iluminada (acréscimo de 11,7%) e a Itaipu Especial (aumento de 10,7%), todos atrativos atendidos pelo Complexo Turístico Itaipu (CTI) da Margem Esquerda.

Outros atrativos que contribuíram para a alta da visitação foram o Itaipu Panorâmica, que teve acréscimo de 4%, ou 7.190 visitantes a mais que 2018; e a Itaipu Natureza, com visitação de 9.586 pessoas – este atrativo não constava nas opções do ano passado. No geral, o CTI/ME registrou um aumento de 10,1% na visitação, comparando-se o primeiro semestre de 2018 e o de 2019.

Junho movimentado

O mês de junho, último mês do primeiro semestre, foi bastante movimentado no turismo da Itaipu. Passaram pelos atrativos da binacional 70.405 visitantes, a maioria (62,4%) entrando pela margem brasileira. O número é 31,4% superior a junho de 2018. Junho foi o segundo mês de melhor visitação no primeiro semestre, perdendo para janeiro, que recebeu 128.840 visitantes.

Foto: Alexandre Marchetti

Brasil, Destaques, Internacional, Itaipu,

Posse do novo diretor superintendente do PTI será nesta segunda-feira, 08

O novo diretor superintendente do Parque Tecnológico Itaipu (PTI), general Eduardo Castanheira Garrido Alves, toma posse na manhã desta segunda-feira, 08, às 9h. A cerimônia acontece no Espaço Milton Santos no 3º andar do Edifício das Águas do PTI, dentro das instalações da usina.

Participam da solenidade o diretor-geral brasileiro da Itaipu Binacional, general Joaquim Silva e Luna, e toda a diretoria da Itaipu e do PTI. Também foram convidados para o evento superintendentes de áreas da usina relacionadas ao PTI e outros parceiros da instituição.

O general Garrido substitui Flaviano da Costa Masnik, diretor administrativo-financeiro do PTI que ocupou interinamente o cargo desde maio deste ano. Com a vinda de Garrido, fica completa a equipe da diretoria do PTI, que inclui o diretor técnico Rafael José Deitos. Tanto Flaviano como Deitos são funcionários de carreira da Itaipu.

Com bastante experiência na área de gestão financeira, o general Garrido ingressou na carreira militar em 1975. Passou por diversos cargos importantes. Desde março de 2017 atuava no Ministério da Defesa como assessor especial. Deixou a função a convite do general Silva e Luna para comandar o PTI.

Histórico

O general Eduardo Castanheira Garrido Alves ingressou no exército em 1975 pela Escola Preparatória de Cadetes do Exército, em Campinas, São Paulo. Possui bacharel em Ciências Militares pela Academia Militar das Agulhas Negras (1978-1981) e especialização em Educação Física pela Escola de Educação Física do Exército Rio de Janeiro (1989-1990).

Mestrado em Aplicações Militares pela Escola de Aperfeiçoamento de Oficiais (1991), Doutorado em Aplicações, Planejamento e Estudos Militares pela Escola de Comando e Estado-Maior do Exército (1994-1996) e MBA em Planejamento, Orçamento e Gestão Pública pela Fundação Getúlio Vargas (2010).

Foi gestor dos setores de Alimentação, Materiais, Licitações e Financeiro do 1º Grupo de Artilharia Antiaérea, entre 1982 e 1985. Em 1986, gerenciou os setores de Alimentação, Materiais, Licitações e Financeiro do Depósito Regional de Material de Intendência da 1ª Região Militar. Comandou a 1ª Companhia Depósito de Material de Intendência da 1ª Região Militar, em 1987.

Participou da implantação da Aviação do Exército pelo 1º Batalhão de Aviação do Exército e da Base de Aviação do Exército. Entre 1992 e 1994, foi instrutor da Academia Militar das Agulhas Negras.

Comandou o 11º Depósito de Suprimento entre 2006 e 2007. De 2008 a 2011 foi chefe da Seção de Planejamento e Execução do Orçamento do Exército na 6ª Subchefia do Estado-Maior do Exército.

Em março de 2012 foi promovido ao generalato e assumiu a chefia da Assessoria Especial de Orçamento e Finanças do Exército Brasileiro. Em 2015, assumiu a 6ª Subchefia do Estado-Maior do Exército.

Desde março de 2017 atuava no Ministério da Defesa, a qual deixa o cargo de Assessor Especial do Ministro da Defesa para assumir a diretoria do Parque Tecnológico Itaipu.

Cultura, Destaques, Fashion, Internacional, Meio Ambiente, Turismo,

Miss Mundo Argentina realiza gravações nos atrativos de Foz do Iguaçu. Veja fotos!

Candidatas visitaram as Cataratas do Iguaçu e Macuco Safari no primeiro dia de programação

Os atrativos turísticos de Foz do Iguaçu foram escolhidos como cenário para as gravações do Miss Mundo Argentina 2019. O concurso será realizado no final do mês de setembro no país vizinho.

A vencedora representará a Argentina na etapa mundial, no dia 14 de dezembro, em Londres, na Inglaterra.

A organização escolheu a cidade para gravar um programa especial do concurso para ser veiculado na internet e também com repetições no Canal 13 (ElTrece), a segunda maior rede de televisão da Argentina. Serão exibidos episódios a partir do dia 19 de julho até a realização do evento, em setembro.

Além das mídias sociais e do canal de TV, também serão veiculadas campanhas de publicidade e de conteúdo jornalistico em outros veículos de comunicação, gerando uma ampla mídia espontânea para Foz.

No primeiro dia, as candidatas e a equipe de produção visitaram as Cataratas do Iguaçu, no lado brasileiro, o Macuco Safari e a Churrascaria Rafain. A secretaria de Turismo, Indústria, Comércio e Projetos Estratégicos, em parceria com os atrativos, apoia a gravação do programa.

Na programação da organização do evento ainda consta visitas ao Marco das 3 Fronteiras, Parque das Aves, Itaipu Binacional e Kattamaran II, passeio pelos rios Iguaçu e Paraná, além de sobrevoo com a Helisul, nas Cataratas do Iguaçu.

Fonte: Assessoria

Destaques, Geral, Internacional,

Igreja de Puerto Iguazú abre as portas para moradores de rua

A Igreja Ministerio Jesuscristo Pan de Vida, localizada na Avenida Néstor Kirchner, no bairro Unión, de Puerto Iguazú, seguiu uma tendência nacional na Argentina e abriu as portas para receber pessoas em situação de rua.

De acordo com o portal La Voz de Cataratas, foi montada uma operação para sair pelas ruas e recolher os desabrigados de Puerto Iguazú, cidade argentina na fronteira do Brasil, na região de Foz do Iguaçu.

A ação se repetirá em toda as noites de frio. A intenção é garantir um lugar para as pessoas dormirem e contar com um café da manhã no dia seguinte.

No local, os acolhidos recebem diversos refeições, colchões, roupas e outros peças doadas pela comunidade.

A iniciativa, segundo Daniel Peralta, conta com parceria da Prefeitura e polícia de Puerto Iguazú.