Browsing Category

Meio Ambiente

Brasil, Destaques, Economia, Meio Ambiente, Turismo,

Foz do Iguaçu é o destino “mais amado dos brasileiros”

Cataratas do Iguaçu, atração mundial do Parque Nacional do Iguaçu, lidera a lista dos “pontos turísticos nacionais mais amados pelos brasileiros”, em pesquisa divulgada pela Booking nesta semana.

183 milhões de avaliações, colocaram a Maravilha Mundial da Natureza, localizada em Foz do Iguaçu (PR), na fronteira do Brasil com a Argentina, como o destino que apaixona seus visitantes e tem o melhor índice de satisfação entre os brasileiros.

Plataforma – A Booking (www.booking.com) é uma das maiores redes de venda online de viagens do mundo. A Booking reúne em sua plataforma online, tarifas especiais de viagens para todos os destinos e reservas de hospedagens. O site é acessado por viajantes em todo o planeta.

Avaliação – Os destinos foram classificados pela pontuação média. Foram considerados na análise, os 100 destinos domésticos mais avaliados.

Os 7 destinos mais amados dos brasileiros 2019

1 – Cataratas do Iguaçu, Foz do Iguaçu (PR)
2 – Arraial do Cabo (RJ)
3 – Aparecida (SP)
4 – Búzios (RJ)
5 – Curitiba (PR)
6 – Gramado (RS)
7 – Jericoacoara (CE)

Mais informações Parque Nacional do Iguaçu
www.cataratasdoiguacu.com.br
contato@catarataspni.com.br
Telefone: +55 (45) 3521-4400

Canais nas redes sociais
WhatsApp: +55 (45) 9 9137 3444
Facebook: @CataratasDoIguacu
Instagram: @CataratasdoIguacu
Twitter: @CataratasBrasil

Foto: Rafael Bechlin

Brasil, Destaques, Economia, Internacional, Itaipu, Meio Ambiente, Turismo,

Itaipu leva soluções integradas em energia, água e mudanças de clima em fórum internacional

O Fórum Político de Alto Nível é a plataforma central das Nações Unidas para dar seguimento à Agenda 2030. O evento abrange mais de 130 reuniões paralelas, 36 exposições e oito atividades especiais

A usina de Itaipu participa de uma agenda de três dias durante o Fórum Político de Alto Nível sobre Desenvolvimento Sustentável da Organização das Nações Unidas (ONU).

O diretor-geral brasileiro da empresa, general Joaquim Silva e Luna, e o diretor-geral paraguaio, José Alberto Alderete, levaram para o evento, nesta segunda-feira (15), propostas de soluções sustentáveis em água e energia que atuem de forma positiva sobre as mudanças climáticas.

Os dois diretores, acompanhados da diretora financeira paraguaia, Monica Perez, apresentaram aos parceiros informações de como a Itaipu vem atuando em prol do desenvolvimento sustentável da região.

O superintendente de gestão ambiental, Ariel Scheffer da Silva, participa como painelista técnico de um dos eventos paralelos. A agenda em Nova York inclui ainda uma reunião, nesta terça-feira (16), entre os diretores-gerais e o Subsecretário-Geral das Nações Unidas para o Desenvolvimento Econômico, Liu Zhenmin.

O programa do fórum começou no último dia 9 prossegue até sexta-feira, 19. O Fórum Político de Alto Nível é a plataforma central das Nações Unidas para dar seguimento à Agenda 2030.

O tema deste ano é “Capacitar pessoas e garantir inclusão e a igualdade”. Além das sessões oficiais, o evento abrange mais de 130 reuniões paralelas, 36 exposições e oito atividades especiais.

A programação da Itaipu, organizada em parceria com o Departamento de Assuntos Econômicos e Sociais das Nações Unidas (Undesa), inclui a 3ª Reunião do Conselho Consultivo da parceria Soluções Sustentáveis em Água e Energia, o evento paralelo “Aumento das ações contra as mudanças climáticas através de soluções integradas de água e energia”, além de reuniões bilaterais com representantes de organismos internacionais e instituições ligadas à água e energia.

A reunião do Conselho Consultivo, com a participação de 25 líderes globais, ocorreu na sala de reuniões da Undesa. Após apresentação do progresso do plano de trabalho 2019, foram definidos planos futuros, direções e recomendações para a Rede Global de Soluções Sustentáveis em Água e Energia.

Lançada em dezembro de 2018, na COP 24, a Rede tem como parceiros organizações, governos e empresas que são referência em água e energia – entre eles, a Itaipu Binacional.

“A usina de Itaipu, que tem uma grande preocupação em tratar, de forma sustentável, de questões diretamente ligadas a sua atividade-fim, que é a produção de energia, preservando a água e sua gente do entorno, tem muito a contribuir para a agenda internacional”, diz o diretor Silva e Luna.

No evento “Aumento das ações contra as mudanças climáticas através de soluções integradas de água e energia: Cumprimento do Acordo de Paris e da Agenda 2030”, foram compartilhados conhecimento e experiência em abordagens integradas de água e energia em apoio à mitigação e adaptação às mudanças climáticas.

A Itaipu
Com 20 unidades geradoras e 14 mil MW de potência instalada, a Itaipu Binacional é líder mundial na geração de energia limpa e renovável, tendo produzido, desde 1984, mais de 2,6 bilhões de MWh.

Em 2016, a usina brasileira e paraguaia retomou o recorde mundial anual de geração de energia, com a marca de 103.098.366 MWh.

Em 2018, a hidrelétrica foi responsável pelo abastecimento de 15% de toda a energia consumida pelo Brasil e de 90% do Paraguai.

Foto: Arceli Pedroso de Oliveira/Itaipu Binacional

Cultura, Destaques, Educação, Meio Ambiente, Sem categoria,

Começam os preparativos para a XIV Festa do Colono de Foz do Iguaçu

A Secretaria de Agricultura de Foz do Iguaçu em parceria com o Sindicato Rural e a Prefeitura de Santa Terezinha de Itaipu promovem no próximo domingo (28) a tradicional Festa do Colono, na Comunidade Rural de Aparecidinha.

O evento, que chega a sua 14ª edição, contará com a Caminhada da Natureza a partir das 8 horas e almoço com churrasco partir das 12 horas.

Os ingressos para o almoço estão sendo vendidos por membros da comunidade e também no Sindicato Rural a R$ 60 (2,5 kg de costela) e R$ 110 (5 kg de costela). Para o almoço, é necessário que os convidados levem pratos e talheres. Também serão servidos acompanhamentos, como saladas, mandioca e arroz.

A festa é realizada todos os anos em comemoração ao Dia do Colono, celebrado em 25 de julho, e ao Dia do Agricultor, comemorado em 28 de julho. De acordo com a Secretaria de Agricultura, a expectativa é que mais de mil pessoas participem da festa.

“Antes da caminhada, às 7 horas da manhã, será servido um café colonial, com pães, doces, cucas e produtos da agricultura familiar. Durante a festa, os visitantes também poderão adquirir produtos frescos, como queijos, mel, compotas e hortaliças na feira de produtos coloniais”, adiantou o secretário Michieu Platini de Oliveira.

Caminhada
Promovida em parceria com o Instituto Conhecer para Conservar, SOS Mata Atlântica e Secretaria de Esportes, a Caminhada da Natureza é aberta para adultos e crianças (desde que acompanhadas dos pais ou responsáveis).

O trajeto de quase 10 quilômetros na área rural contempla os municípios vizinhos de Foz do Iguaçu e Santa Terezinha de Itaipu. A inscrição para a caminhada é gratuita e pode ser feita na hora.

A Festa do Colono é uma promoção do Governo do Município de Foz do Iguaçu, através da Secretaria de Agricultura e conta também com o apoio da Fundação Cultural e Guarda Municipal.

Cultura, Destaques, Educação, Meio Ambiente,

Oficinas de fotografias com celular, máquinas digitais e mídias sociais agitam a Ilha do Mel. Veja fotos!

A primeira etapa de oficinas do Observatório da Justiça e Conservação, em parceria com fotógrafos renomados e social media, agitou os moradores da Ilha do Mel no final de semana.

Pela manhã, abrindo a série de atividades, aconteceu uma aula de conscientização e incentivo a conservação ambiental.

O fotojornalista Eduardo Matysiak ensinou, no sábado (13), técnicas e percepção para observar cenas que precisam ser comunicadas e democratizadas à opinião pública.

Na oficina, sua segunda etapa será dia 20 (sábado), o fotojornalista explica como usar os recursos do smartphone para garantir imagens de qualidade que se assemelham a fotos produzidas por profissionais.

O curso inclui ainda técnicas de edição e aprimoramento de fotos com os aplicativos disponíveis no smartphone.

O dia contou ainda com oficina de Carolina Corção, do projeto revelando olhares, com uso de câmeras digitais e de mídias sociais com Mikie Okumura.

A atriz Verônica Rodrigues e Claudia Guadagnin, do Observatório de Justiça e Conservação marcaram presença.

Muitas famílias curitibanas aproveitaram o final de semana para aproveitar a Festa da Tainha da Ilha do Mel.

Abaixo fotos registradas por Eduardo Matysiak de participantes da oficina e momentos presenciados pelo fotojornalista no litoral do Paraná

O Curso é uma iniciativa do Observatório de Justiça e Conservação e faz parte da campanha Salve a Ilha do Mel (#SalveAIlhadoMel) contra a instalação de um Porto privado em Pontal do Paraná.

A oficina é dedicada a crianças e jovens de 10 a 14 anos. As inscrições podem ser feitas pelos interessados na Ilha, em Nova Brasília, com o professor Carlos Liegel.

Destaques, Estadual, Geral, Meio Ambiente,

Frente fria começa chegar ao Paraná trazendo chuva e previsão de geada terça-feira (16)

A temperatura está em queda no Rio Grande do Sul e em Santa Catarina, indicando que o frio deve voltar a partir das primeiras horas desta segunda-feira (15) no Paraná.

A previsão dos institutos de meteorologia é de chuva nas próximas horas em Curitiba e outras regiões do Estado, mais próximas á divisa com Santa Catarina.

Na terça-feira (16) volta a gear de forma generalizada no Rio Grande do Sul, interior de Santa Catarina e também no sul do Paraná, preveem os institutos.

Brasil, Cultura, Destaques, Educação, Itaipu, Meio Ambiente, Turismo,

Contato com a natureza e os animais de Foz do Iguaçu: conheça o Refúgio Biológico Bela Vista

Daiane Fardin conheceu as curiosidades e histórias do local

O Refúgio Biológico Bela Vista, em Foz do Iguaçu, completa 35 anos neste mês de julho, e por isso, Daiane Fardin viajou até a região para comemorar este momento com os animaizíneos do local e também para conhecer as histórias e curiosidades que rondam por lá.

O refúgio foi criado em 1984, visando a preservação de plantas e animais depois da formação do Lago de Itaipu, e hoje, além de referência em conservação é também um destino turístico conhecido pelo contato com a natureza.

O passeio pelo local acontece por uma trilha de caminhada dentro da mata que integra o contato natural, a educação ambiental e a cultura de preservação do meio ambiente. Há também o contato com algumas espécies da fauna e flora local.

Assista o programa na página do Estúdio C

Foto: Estúdio C / RPC

Destaques, Economia, Geral, Meio Ambiente, Turismo,

Site Viaje Paraná já recebeu 30 mil acessos e 105 mil visualizações

Em cinco meses, de 12 de fevereiro a 11 de julho, 29.876 pessoas acessaram o portal Viaje Paraná, desenvolvido pela Secretaria de Comunicação e Cultura e pela É-Paraná para concentrar todas as informações turísticas das cidades paranaenses que fazem parte do Mapa do Turismo Brasileiro. Nesse período foram 105.173 visualizações de página.

O site já tem dicas e roteiros de viagem para 119 municípios e a intenção é disponibilizar, até o final do ano, informações sobre os 283 destinos com potencial turístico no Estado.

A plataforma é atualizada diariamente com dicas de passeios, hospedagem e gastronomia das cidades, além de trazer fotos e vídeos dos locais que podem ser visitados. Há opções para todos os gostos e bolsos, do turismo religioso a destinos para famílias e casais, além de alternativas de aventura, natureza e praia. Há ainda páginas exclusivas sobre o Litoral e o Estado, com informações gerais sobre lugares mais visitados e dicas.

Até o momento o alcance do site foi apenas natural, com inserções estratégicas na imprensa, mas o intuito é transformá-lo em ponto de encontro de todas as informações necessárias para o turista. As equipes que trabalham no Viaje Paraná estão construindo um programa de SEO (estratégia para melhorar o ranqueamento em mecanismos de busca) e conteúdos exclusivos para divulgação em mídias digitais nos próximos meses – as páginas no Facebook e Instagram começaram a funcionar há apenas trinta dias e já contam com 1,8 mil seguidores.

Hudson José, secretário de de Estado da Comunicação Social e Cultura, explica que o Viaje Paraná une informações fundamentais de cultura, histórico e gastronomia e uma plataforma atrativa com imagens e vídeos. “É uma página de chegada. Tem as principais atrações turísticas do Estado em textos, vídeos e imagens. O que leva a pessoa a tomar uma decisão pelo destino turístico é beleza. Como se traduz isso? Com imagens”, afirma.

O portal, explica o secretário, atende o compromisso do governador Carlos Massa Ratinho Junior com a geração de emprego e desenvolvimento social através do turismo. “É uma das apostas do governo para atrair investimentos e gerar renda. Pelos exemplos que temos, o setor responde muito rápido a investimentos menos expressivos. E também representa emprego às pessoas localmente, próximas ao empreendedor, o que diminui as faltas, integra as localidades e possibilita mais conforto”, completa.

A orientação é que pelo menos 30% dos recursos da Comunicação sejam investidos na atração de turistas e na criação de mecanismos para fidelizar quem viaja pelo Paraná.

REFERÊNCIA – Aldo Carvalho, diretor de Marketing da Paraná Turismo, afirma que o portal é uma referência em conteúdo sobre o Estado e tem potencial para ajudar o turismo a crescer pelo menos 10% nos próximos dois anos. “O Viaje Paraná concentra um material extremamente atual e funciona para distribuir melhor o nosso potencial. Queremos democratizar o acesso e provocar os próprios destinos a oferecerem melhores serviços para a população”, emenda.

A Paraná Turismo calcula que o Estado atrai 16 milhões de turistas por ano, entre aqueles internos (paranaenses que se deslocam de uma cidade para outra) e externos (outros estados e países). O crescimento projetado, segundo o diretor, passa principalmente por impactar os vizinhos, como paulistas, sul-mato-grossenses e catarinenses.

“O planejamento de turismo para os próximos anos prevê a ampliação do cardápio tradicionalmente ligado a Curitiba, Foz do Iguaçu, Vila Velha e o Litoral. Queremos dinamizar a experiência dos turistas e para isso estamos divulgando lugares que ficariam esquecidos em outros sites. O Viaje Paraná funciona como um catalisador”, completa Carvalho.

LOCAIS MAIS PESQUISADOS – Nestes cinco meses, a homepage já foi acessada 23.583 vezes, seguida por Terra Roxa, Prudentópolis, Primeiro de Maio, Curitiba e Chopinzinho. As três cidades mais procuradas têm vocações diferentes, aspecto marcante do turismo paranaense e do projeto de atração do Estado.

Terra Roxa, no Oeste, é terra da tradicional Feira Moda Bebê, evento que atrai visitantes de diversas regiões do País. Prudentópolis, na região central, possui mais de 100 cachoeiras catalogadas e um circuito de ecoturismo, além de preservar a cultura ucraniana na gastronomia e nas tradições familiares. E Primeiro de Maio, na divisa com São Paulo, é banhada pelos rios Paranapanema e Tibagi, terra de turismo fluvial e esportes aquáticos.

Os paranaenses que mais acessaram o Viaje Paraná até o momento moram em Curitiba, Londrina, Maringá e Cascavel. Também há acessos vindos de São Paulo (1.846 visitantes únicos) e cidades pequenas do Paraná (2.006), não rastreáveis pelo Google Analytics.

Brasil, Cultura, Destaques, Economia, Internacional, Meio Ambiente,

Uma hora a mais nas Cataratas: Parque Nacional do Iguaçu abrirá mais cedo nas férias de julho

O visitante do Parque Nacional do Iguaçu ganhará uma hora a mais para programar a sua visita ao Patrimônio Natural da Humanidade. A unidade de conservação, que abriga as Cataratas do Iguaçu, abrirá do dia 13 até 21 julho, das 8 às 17 horas, uma hora mais cedo.

A ampliação do horário contribuirá com a qualidade da visitação turística. O visitante terá mais tempo para contemplar as belezas do parque. Para quem quiser ganhar ainda mais tempo e adiantar o planejamento do passeio, uma boa opção é adquirir o ingresso on-line. Há guichê específico para atendimento das pessoas que adquirirem o ingresso pelo site das Cataratas.

Serviço:
Funcionamento do Parque Nacional do Iguaçu nas férias de julho
Data: 13 a 21 de julho de 2019
Visitação turística: das 8 às 17 h

Mais informações Parque Nacional do Iguaçu
www.cataratasdoiguacu.com.br
contato@catarataspni.com.br
Telefone: +55 (45) 3521-4400

Canais nas redes sociais
WhatsApp: +55 (45) 9 9137 3444
Facebook: @CataratasDoIguacu
Instagram: @CataratasdoIguacu
Twitter: @CataratasBrasil

Crédito fotografias: Christian Rizzi

Brasil, Destaques, Geral, Meio Ambiente,

Animais do Parque das Aves e do Bosque Guarani recebem cuidados especiais neste inverno

No Parque das Aves, em Foz do Iguaçu, no oeste do Paraná, os animais recebem cuidados especiais para não passarem frio.

Para protegê-los do vento, de acordo com reportagem da RPC Foz do Iguaçu, os especialistas montaram soluções como casinhas aquecidas e toldos transparentes.

A bióloga Roberta Maçanero explicou que as estratégias para aquecer as aves precisam simular o que os pássaros encontrariam no ambiente natural.

Lâmpadas de cerâmica
Para outras espécies o cuidado é ainda maior, principalmente com as aves que chegaram ao parque após serem resgatadas do tráfico de animais.

Para esses pássaros, os funcionários instalaram lâmpadas de cerâmica, que não acendem como as lâmpadas comuns, para não prejudicar o sono.

As lâmpadas de cerâmica são quentes, com temperaturas acima de 50º. Porém, segundo a bióloga, não é esse calor que os pássaros sentem nos viveiros, já que a temperatura da lâmpada se dissipa facilmente no recinto.

Com um termômetro, os biólogos do parque controlam o clima no ambiente.

Os répteis sofrem ainda mais com o frio, já que não tem sangue quente como os mamíferos, e a temperatura do corpo varia de acordo com a temperatura do ambiente externo.

No zoológico do Bosque Guarani, lâmpadas incandescentes com raios infravermelhos ajudam a proteger as jiboias e os jabutis do frio.

Curitiba, Destaques, Geral, Meio Ambiente,

Massa de ar frio se afasta e temperaturas voltam a subir nesta semana no Paraná

Após vários dias de muito frio, os termômetros voltam a subir esta semana no Paraná. Na madrugada desta segunda-feira (8), as menores temperaturas foram registradas em General Carneiro com -5,2 °C, em São Mateus do Sul -3,4 °C e em União da Vitória -2,7 °C.

A partir de hoje o frio intenso vai perder força, segundo a previsão do Simepar. O clima começa a esquentar a partir desta terça-feira (9) com o afastamento do núcleo de massa de ar frio e seco do continente.

Nas regiões Sul, Central e Campos Gerais geadas ainda estão previstas geadas. Segundo o Simepar, em Curitiba, a mínima prevista é de 2ºC e máxima é 16ºC nesta segunda-feira e segue subindo até o final de semana.