Browsing Category

#NaEstrada

#NaEstrada, Destaques, Estadual, Geral,

Mais de 187 mil veículos devem trafegar pela BR 277 no feriadão de Páscoa

A BR-277, que liga o Oeste ao litoral do Paraná, deve ter movimento intenso no feriadão da Semana Santa – de quinta-feira (18) a domingo (21).

A previsão é que 187 mil veículos trafeguem pela via no período.

No trecho entre Guarapuava e Foz do Iguaçu, a expectativa de fluxo maior é no primeiro e no último dia, com acréscimos em relação aos dias normais de 18,2% e 50,4%, respectivamente.

Já na sexta-feira e sábado (19 e 20), a previsão é de fluxo normal de automóveis, afirma a Ecocataratas, que administra o trecho.

A orientação para quem vai para a estrada é precaução, orienta o gerente de atendimento ao usuário da Ecocataratas, Marcelo Belão.

#NaEstrada, Cultura, Destaques, Internacional, Turismo,

Conheça a atração de Foz que alia história, passeio no Rio Paraná e café colonial

Moradores de Foz ganharam final de semana com preços especiais para conhecer o atrativo no lado paraguaio da fronteira

Os moradores de Foz do Iguaçu ganharam um incentivo especial para conhecer um pouco sobre a vida e a obra do cientista suíço Moisés Santiago Bertoni (1857 a 929), que viveu na região de Presidente Franco, no Paraguai. O Kattamaram II promoveu, no final de semana, um passeio cultural ao Porto Bertoni, com custo inferior a 50% para quem reside na cidade. Empresa projeta agregar e ampliar passeios unindo cultura e belezas naturais.

O passeio ao Porto Bertoni, pela manhã, começa com um café colonial servido instantes após a partida do antigo Porto Meira, onde eram realizadas as travessias de balsa entre Brasil e Argentina. Em poucos minutos a embarcação chega a foz do rio Iguaçu, no rio Paraná, de onde pode-se observar o encontro entre os três países de um ângulo diferenciado. As informações são do Gazeta Diário.

Aproximadamente 40 minutos após subir a bordo, os participantes do passeio descem na margem paraguaia da fronteira para contato direto com a natureza e o legado de Moisés Bertoni. “O lugar é sensacional e de uma beleza incrível”, disse a contadora Lohaine Batista, que fez acompanhada fez o passeio pela primeira vez. Ela estava em companhia do marido, o empresário Carlos Batista.

“A trilha é puxada, mas compensa muito quando chega aqui”, ressaltaram os dois, após o percurso de aproximadamente 800 metros da margem do rio até o alto da barranca, onde estão o Museu Bertoni e o e o auditório Winkelfried Bertoni, em homenagem ao também cientista filho de Moisés de Bertoni. “Já fizemos outros passeios pelo rio Paraná. A promoção para quem é de Foz do Iguaçu vale a pena”, concluíram.

“Nossa, o passeio é bem diferente do que a gente imagina”, contaram as recepcionistas e hotelaria Taiana Morales e Bruna Padilha. “Uma ótima atividade. Tudo bem explicativo. Aprendemos muito. Estamos fazendo para conhecer e saber recomendar o passeio aos hóspedes”, completaram.

Legado
O trabalho e os estudos de Moisés Bertoni, deixou um grande legado para o povo paraguaio, para a região e a humanidade, disse a guia Bianca Suares, que há quatro anos recebe visitantes na área do museu. “Só nesta área onde habitou Moisés Bertoni, tem mais de 600 plantas exóticas trazidas por ele”, explicou.

Um dos destaques das pesquisas de Bertoni, segundo ela, foi com relação a stevia, planta que acabou recebendo o sobrenome bertoni, que constatou o alto índice de doce em sua composição. “A stevia bertoni é 200 vezes mais doce que o açúcar”, ressaltou.

O cientista teve uma contribuição fundamental para a criação da Escola Agrícola, mais tarde transformado em curso superior. Um dos filhos de Bertoni, Winkelfried Bertoni, se especializou em pássaros e catalogou, no museu, mais de 120 espécies de aves. “Algumas endêmicas, que só tem nesta região”, afirmou Bianca.

Agregar mais
O passeio ao Porto Bertoni existe há aproximadamente 15 anos, segundo informou Cleverson Teixeira, gerente comercial da Echaporã. De acordo com ele, a empresa estuda alternativas para agregar novas opções de atividades ao atrativo, como a inclusão da cultura e artesanato produzidos pelos indígenas que residem na aldeia próxima ao local.

“Também queremos fazer a trilha de arvorismo, já que a que tem aqui está desativada há muito tempo. O projeto da empresa é fazer mais melhorias com o tempo”, frisou. Os passeios do Kattamaram II ao local são feitos de terça-feira a domingo pela manhã e a tarde. Também é possível fazer com barcos rápidos com saídas de hora em hora.

Não estão descartados novos finais de semana com preços especiais para moradores de Foz do Iguaçu.

Sobre Bertoni
Moisés Santiago Bertoni nasceu na Suíã em 1857 e, decepcionado com as condições políticas e sociais da Europa no final do século XIX, decidiu se mudar para a Argentina com a família. Pouco tempo depois o botânico decidiu morar no Paraguai, onde viveu a maior parte de sua vida.

No local, onde está construído o museu em sua memória, ele desenvolveu grandes projetos de investigação e publicação de obras que foram imortalizadas. Bertoni se destacou em botânica, etnografia e estudo da língua Guarani. Além disso, conseguiu avanços significativos nas áreas de zoologia, etmologia, meteorologia, agricultura e biologia.

Fotos: Nádia Moreira de Souza

       

#NaEstrada, Destaques, Internacional, Turismo,

#NaEstrada Nas terras de Mujica

O blog retoma as atualizações nesta segunda-feira (07), após um pequeno recesso para uma estirada ao Uruguai, as terras do eterno presidente José Mujica, cada vez mais procurado por turistas brasileiros em busca de história, cultura e belezas naturais.

A dica de roteiro, partindo de Foz do Iguaçu no Oeste do Paraná, inclui trechos da Argentina (maior parte pela Ruta 14) e Rio Grande do Sul (na volta) e será contada na série #NaEstrada do Cabeza News.

A tod@s, um Feliz 2019.

Foto: Nádia de Souza

#NaEstrada, Destaques, Geral,

Perfil: Eduardo Matysiak, fotojornalista dos rostos, da luz e da sombra

Fotografar não é apenas o ato de apontar a câmera e apertar o disparador, ou mesmo usar celulares de forma indiscriminada, como ocorre hoje em dia. Fotografar é ter a sensibilidade de fechar um quadro e saber o momento exato de apertar o botão.

Estes são alguns dos atributos do jovem fotógrafo Eduardo Matysiak, que se apaixonou por esta arte antes da adolescência, aos 14 anos. Com apenas 25 anos de idade, Edu já conseguiu aquilo que muitos fotógrafos experientes ainda estão correndo atrás – o reconhecimento pelo seu trabalho.

Com bagagem considerável, incluindo a atuação em campanhas políticas – foram dele as imagens de João Arruda, candidato ao Governo do Estado pelo MDB. Mas é no foco de rostos e o cuidado na luz e na sombra, que Edu mais dedica atenção e esforços.

Sua paixão por detalhes começou em um ensaio inusitado artístico no cemitério, local pouco frequentado, mas que lhe rendeu reconhecimento internacional. Edu também ganhou projeção ao fotografar a última caravana do ex-presidente Lula e a imagem que ganhou as manchetes do teólogo Leonardo Boff, em frente à Polícia Federal em Curitiba.

Eduardo Matysiak tem um estilo único de captar o momento e já produziu material para os senadores Roberto Requião e Gleisi Hoffmann e uma infinidade de parlamentares Brasil afora.

Foto: Orue Brasileiro

#NaEstrada, Destaques, Internacional, Meio Ambiente,

#NaEstrada Com o Plogging de Puerto Iguazú

O Plooging, que une atividade física e ação ambiental, é a atração do final de semana em Puerto Iguazú, no lado argentino da Tríplice Fronteira com Brasil e Paraguai.

Neste sábado (15), acontece a primeira Plogging Iguazú, onde os participantes terão oportunidade de percorrer, a pé ou de bicicleta e recolhendo resíduos sólidos, uma área de 600 hectares de Selva Yryapú.

A saída, informa o La Voz de Cataratas, está prevista para às 7h da manhã no Instituto Missioneiro de Biodiversidade (IMIBIO).

Participam da atividade a Fundação Selva Yryapu, IMIBIO, Iguazu Bike Tour e Exército Argentino.

A campanha de separação de resíduos na floresta quer incentivar a comunidade a aderir cada vez mais ao plogging.

A ação, que permite exercitar ao mesmo tempo que recolhe resíduos, é uma tendência mundial de quem combina o cuidado físico e o respeito a natureza.

#NaEstrada, Destaques, Meio Ambiente, Turismo,

#NaEstrada Circuito Rural de Medianeira

Quem está pelo Oeste do Paraná e gosta de passar momentos agradáveis em contato direto com a natureza, a série #NaEstrada apresenta um pouco do Turismo Rural de Medianeira. O acesso ao circuíto, que reúne diversos empreendimentos, fica bem próximo à área urbana do município, distante cerca de 70 quilômetros de Foz do Iguaçu.

A dica da reportagem e as fotos abaixo são de Aline Teigão

O roteiro criado e ampliado a partir de 2015, é ideal para um dia de passeio e todo envolvido com a temática cultural italiana, população que marcou forte presença na colonização da região.

Com gastronomia típica, apresentações artísticas, atividades de lazer e aventura, passeios, trilhas, contemplação e compras de produtos característicos.

O funcionamento, aos sábados, é com agendamento prévio pelos telefones (45) 98802-2020, 98821-7657 ou 3264-8639.

Sobre a série
#NaEstrada, como o próprio nome diz, é uma editoria criada para mostrar belas paisagens com dicas de locais para passeios e viagens curtas e longas. Que tal dividir a sua aventura, a sua história com os leitores do blog? Entre em contato!

#NaEstrada, Curitiba, Destaques, Estadual, Meio Ambiente, Turismo,

#NaEstrada Onde nasce o rio Iguaçu

O maior e um dos mais belos rios do Paraná, o Iguaçu nasce e acaba dentro do Estado. Suas águas percorrem do Leste ao Extremo-Oeste, em sua foz no leito do rio Paraná.

Na estreia da série #NaEstrada, o Cabeza News traz imagens do local onde está uma das principais nascentes do Iguaçu, na área rural de Piraquara, na região Metropolitana de Curitiba.

   

O local está dentro de uma área privada conhecida como “Paraíso das Trutas” em um dos morros no início da Serra do Mar. O acesso, a partir de Curitiba, é pelo Contorno Leste.

Os visitantes são recebidos em frente ao restaurante especializado em trutas e de onde podem partir para caminhadas em diversas trilhas.

Nos mais de 1.300 quilômetros, as águas do Iguaçu cruzam na divisa do estado de Santa Catarina e na fronteira da Argentina, já no Parque Nacional do Iguaçu, onde formam as Cataratas do Iguaçu, em Foz do Iguaçu.

Fotos: Ronildo Pimentel e Nádia Moreira

Sobre a série
#NaEstrada, como o próprio nome diz, é uma editoria criada para mostrar belas paisagens com dicas de locais para passeios e vagens curtas e longas. Que tal dividir sua aventura, sua história com os leitores do blog? Entre em contato!