Browsing Category

Itaipu Binacional

Leia as últimas notícias sobre Itaipu Binacional no CabezaNews, site de informação com reportagens exclusivas, fotos, vídeos e conteúdos sobre Foz do Iguaçu e sobre o Paraná.

O CabezaNews leva ao público notícias de utilidade pública, curiosidades, turismo, lazer, cultura. Sobretudo com um olhar voltado para a região da tríplice fronteira entre Brasil, Paraguai e Argentina.

Em Foz, nossa cobertura foca os principais acontecimentos da cidade, incluindo eleições 2020, o avanço da pandemia do novo coronavírus, as ações da Itaipu Binacional, bem como a administração do prefeito Chico Brasileiro.

O site não deixa de lado o que acontece no restante do estado do Paraná. Notas exclusivas dos bastidores da política, da Assembleia Legislativa, ações do governo do Paraná e da administração Ratinho Júnior. Assim como as principais notícias nacionais.

O CabezaNews é editado por Ronildo Pimentel, jornalista com mais de 30 anos de atuação em jornalismo impresso e digital.

Destaques, Foz do Iguaçu, Itaipu Binacional,

General Silva e Luna é Cidadão Honorário de Foz do Iguaçu. Veja fotos!

O diretor-geral brasileiro da Itaipu Binacional, General Joaquim Silva e Luna, é Cidadão Honorário de Foz do Iguaçu.

A homenagem, proposta pelo presidente da Câmara de Vereadores, Beni Rodrigues, foi entregue na manhã desta terça-feira (24).

Em função da pandemia do novo Coronavírus, a cerimônia foi bastante restrita e transmitida pelas redes sociais da Câmara de Vereadores.

Abaixo imagens enviadas pela jornalista Patrícia Iunovich

Vereadores Elizeu Liberato e Beni Rodrigues (autor), entregam homenagem ao General Silva e Luna

Histórico

Pernambucano, Silva e Luna escolheu se mudar para Foz do Iguaçu assim que foi nomeado diretor geral-brasileiro de Itaipu pelo presidente Jair Bolsonaro, em fevereiro de 2019. Em um ano e dez meses no cargo, Silva e Luna promoveu grandes mudanças na empresa.

Graças à implantação de uma política de austeridade, baseada na missão da Itaipu e em princípios constitucionais de gestão (legalidade, impessoalidade, moralidade, publicidade e eficiência), conseguiu focar suas decisões e ações transformando megawatts-hora em entregas para a população.

Com a economia e total transparência, investiu em obras estruturantes no Paraná, particularmente em Foz do Iguaçu, com aportes de cerca de R$ 1,4 bilhão, em várias frentes, a começar pelas mais urgentes. Tudo alinhado aos governos federal, estadual e municipal.

Quem é
Silva e Luna nasceu em Barreiros (PE). Nas Forças Armadas, teve uma ampla carreira, chegando a chefe do Estado-Maior do Exército (2011-2014). Já na reserva, o general ocupou o posto de ministro da Defesa (2018-2019).

Obras elencadas
Construção da segunda ponte (Ponte da Integração); da Perimetral Leste; obras do Aeroporto de Foz do Iguaçu (ampliação do Pátio de Manobras, da Pista de Pouso e a duplicação da Rodovia de Acesso); ampliação do Hospital Ministro Costa Cavalcanti; conclusão do Mercado Municipal; revitalização do espaço de lazer conhecido como “Gramadão”; construção de várias ciclovias; duplicação da Rodovia das Cataratas; o início das obras na Estrada Boiadeira e de várias rodovias municipais.

Neste rol entram ainda o projeto Cidade Inteligente; o apoio ao turismo, ao combate à covid-19, ao desemprego, à formação de mão de obra e mais uma infinidade de participações por intermédio de convênios e patrocínios.

Agradecimento
Para Silva e Luna, a “gradativa ampliação de meus conhecimentos sobre esta terra só fez crescer em mim a admiração por nossa gente que, moldada nas lutas pelo desenvolvimento regional, construiu um forte espírito cooperativo”. E acrescenta: “Os desafios de desbravar essa região da tríplice fronteira, enfrentados com altivez, sedimentou o caráter e a têmpera de um povo de várias etnias que, na prática, dilui fronteiras, oxigena corações e mentes e antecipa a tão decantada integração sul-americana”.

Para o general, Foz do Iguaçu confirma e amplia sua condição de espaço de união entre povos de múltiplas nacionalidades, de comunhão construída no convívio com as cidades vizinhas e de convergência generosa com paraguaios e argentinos.

Destaques, Foz do Iguaçu, Itaipu Binacional,

Paraguai começa montagem das vigas transversais na Ponte da Integração

Depois de instalar as vigas longitudinais metálicas de 60 toneladas no lado paraguaio da Ponte da Integração, foram intensificados os trabalhos de montagem das vigas transversais que darão forma a pista da futura ponte que ligará Brasil e Paraguai entre o Porto Meira, bairro de Foz do Iguaçu, e Presidente Franco.

De acordo com os técnicos e engenheiros responsáveis, a colocação das últimas quatro maiores peças metálicas pré-fabricadas, localizadas na caixa de equilíbrio e na torre principal, foi concretada há 10 dias. Para essa operação bastante complicada, foram utilizadas gruas com capacidade para içar 500 toneladas.

Vigas transversais
Logo após essa operação, os operários iniciaram os trabalhos de soldagem (com máquinas de alta precisão, tipo MIG E MAG) de outras sete vigas menores, de cinco toneladas cada uma, para aderência das vigas longitudinais.

A estrutura, bancada com recursos da margem brasileira da Itaipu Binacional, tem investimento previsto de aproximadamente R$ 460 milhões.

Continue lendo no GDia

Destaques, Foz do Iguaçu, Itaipu Binacional,

Primeiro bairro público inteligente do Brasil tem logomarca escolhida pela população

Votação pública ficou disponível entre segunda-feira, 16, e sexta-feira, 20; a opção número dois recebeu o maior número de votos

A disputa para escolher a logo do Programa Vila A Inteligente foi apertada, mas a opção dois saiu na frente e vai dar a cara da iniciativa que transforma a Vila A, em Foz do Iguaçu, no primeiro bairro público inteligente do país. Com a logomarca, fica tudo pronto para a divulgação das ações, que começam a ser vistas pela população da cidade.

A votação da logo foi aberta ao público, justamente para que os próprios cidadãos escolhessem a opção preferida de um projeto que tem como proposta envolver a comunidade, uma vez que as tecnologias que serão implementadas visam promover a melhoria do bem-estar e da qualidade de vida.

A opção dois, que obteve o maior número de votos, foi feita pela publicitária Jaqueline Ferreira dos Santos, do Parque Tecnológico Itaipu (PTI), uma das instituições promotoras do programa, em conjunto com a Agência Brasileira de Desenvolvimento Industrial (ABDI), a Itaipu Binacional e a Prefeitura Municipal de Foz do Iguaçu. A arte da logomarca escolhida usa a ligação de pontos, que representam as tecnologias instaladas, para formar as letras iniciais do nome do bairro (VA).

“Agradecemos aos demais profissionais que com suas expertises e criatividades contribuíram com as outras opções de logomarca para o Vila A Inteligente. Ficamos satisfeitos em observar que começamos a atingir o objetivo de envolver a população no projeto”, afirma o diretor superintendente do Parque Tecnológico, General Eduardo Garrido. “Esse é um projeto da cidade de Foz do Iguaçu, que começa pela Vila A, mas a depender do sucesso é possível estender para outras regiões da cidade e até para outros municípios do país”, complementa.

Em andamento

Na última semana, foi instalado na Concha Acústica do Gramadão da Vila A, o Centro de Controle e Operações (CCO) do programa, espaço onde todas as tecnologias serão monitoradas. Nesta segunda-feira, 23, foi iniciada a substituição dos quatro pontos de ônibus que se tornarão inteligentes. A estrutura terá uma tela com os horários do transporte coletivo, carregador para celular e uma iluminação própria, a fim de aumentar a segurança dos usuários.

Está prevista para esta semana também a implementação dos semáforos inteligentes nos quatro principais cruzamentos do bairro. Além dessas soluções, esta primeira fase da iniciativa, que deverá ser lançada nas primeiras semanas de dezembro, também contempla câmeras de monitoramento de placas e luminárias inteligentes com câmeras com reconhecimento facial.

Destaques, Foz do Iguaçu, Itaipu Binacional,

General Silva e Luna será congratulado com Título de Cidadão Honorário de Foz do Iguaçu nesta terça-feira, 24

O Legislativo Iguaçuense realiza nesta terça-feira, 24 de novembro, sessão solene de entrega do Título de Cidadão Honorário de Foz do Iguaçu ao General Joaquim Silva e Luna. A honraria é de iniciativa do vereador Beni Rodrigues, em reconhecimento aos relevantes serviços prestados ao Município. A cerimônia, que terá início às 9h e será privativa, em virtude da pandemia do novo coronavírus, mas haverá transmissão ao vivo pelos canais oficiais da Câmara: site, Youtube, Facebook e TV Câmara. A imprensa terá livre acesso.

Silva e Luna é General do Exército da reserva e, nos últimos cinco anos antes de assumir a Diretoria Geral Brasileira de Itaipu, serviu no Ministério da Defesa, inclusive como ministro. Desde fevereiro de 2019 está à frente da gestão brasileira da binacional, onde promoveu uma profunda reestruturação administrativa.

Uma das primeiras medidas ao assumir o comando da Itaipu Binacional foi unificar o centro de comando da usina em Foz do Iguaçu. Com isso, houve a transferência de aproximadamente 130 empregados para Foz do Iguaçu, o que também ajudou a movimentar a economia local. E o próprio diretor, ao ser nomeado, optou por morar na Terra das Cataratas. É o primeiro diretor-geral brasileiro a fixar residência em Foz do Iguaçu durante o exercício do cargo.

No comando da usina, o General Silva e Luna vem promovendo um direcionamento maior de recursos para obras estruturantes, como a Ponte da Integração Brasil-Paraguai e a Perimetral Leste. Além disso, há investimentos na ampliação da pista de pouso e decolagem do Aeroporto Internacional de Foz do Iguaçu, na duplicação da BR 469, na modernização e ampliação do Hospital Ministro Costa Cavalcanti e na construção do Mercado Municipal – entre várias outras obras altamente estratégicas para a o desenvolvimento de Foz do Iguaçu e região. São investimentos previstos na ordem de R$ 1,4 bilhão, provenientes de recursos realocados em um ano e oito meses.

O homenageado é natural da cidade de Barreiros, em Pernambuco. Casado com Nadejda Kasakevitch e Luna, ele tem três filhos: Thiago, Saulo e Nathália. Em seus 12 anos como Oficial General da ativa foi comandante da 16ª Brigada de Infantaria de Selva, em Tefé-AM; Diretor de Patrimônio; Chefe de Gabinete do Comandante do Exército e Chefe do Estado Maior do Exército.

E é diante de toda história e trajetória de vida, trabalho e contribuições para o Brasil e neste momento, principalmente para Foz do Iguaçu, que o Legislativo Iguaçuense entrega sua mais alta honraria ao General Silva e Luna, em reconhecimento aos serviços prestados ao município.

Destaques, Foz do Iguaçu, Itaipu Binacional,

Aprovado empréstimo para obras no entorno do lado paraguaio da 2ª ponte, em Presidente Franco

O Senado do Paraguai  aprovou nesta quinta-feira (19) pedido de empréstimo de até US$ 212 milhões para a execução de obras complementares no entorno da Ponte de Integração, que ligará Presidente Franco (Paraguai) e Foz de Iguaçu (Brasil). A proposta, que recebeu 29 votos favoráveis, 10 contrários, além de cinco ausências e uma abstenção, segue agora para a Câmara dos Deputados.

O empréstimo foi assinado pelo Banco de Desenvolvimento da América Latina (CAF) em 14 de agosto de 2020, e pelo Paraguai no dia 24 do mesmo mês. Recorda o portal da rádio La Clave que, em 10 de outubro, o projeto de empréstimo foi oficialmente admitido pelo Congresso Nacional. O ato dos senadores representou uma meia sanção a proposta.

O investimento inclui uma via dupla de 32 quilômetros, uma nova ponte de 500 metros sobre o rio Monday para ligar a Ponte de Integração à Rota PY02, bem como a instalação de uma área de controle aduaneiro primário em Presidente Franco, entre outros trabalhos no entorno do município.

Panorama

A construção da via internacional entre o bairro Porto Meira (Foz do Iguaçu) e Presidente Franco, começou em agosto de 2019. A estrutura será totalmente financiada pelo lado brasileiro da Itaipu Binacional, com custo estimado em R$ 460 milhões, incluindo a Perimetral Leste – ligação rodoviária até a BR-277, incluindo trincheiras e viadutos.

Sem previsão de obras no lado paraguaio, o governo federal demorou para encaminhar ao Congresso Nacional o pedido de empréstimo, o que acabou acontecendo apenas em outubro deste ano. Em função do atraso, existe um temor de que a obra não termine até o primeiro semestre de 2022.

Este é o prazo para entrega da passagem de fronteira, que se aproxima de 50% das obras concluídas. A expectativa das autoridades paraguaias é que o projeto entre na pauta de discussões da Câmara dos Deputados até a próxima semana. 

Por: GDia

Destaques, Foz do Iguaçu, Itaipu Binacional,

Natal de Luzes, Gincana contra a Dengue e presidentes do Brasil e Paraguai em Foz do Iguaçu. Assista!

Assista entrevista com a Superintendente de Comunicação Social da Itaipu, Patricia Iunovich e o Assessor Especial da Diretoria Geral Brasileira, coronel Aureo Ferreira, à Rádio Cultura

Entre os assuntos comentados esteve o Natal de Luzes, que será promovido pela Binacional. Desde outubro o Gramadão da Vila A, tradicional palco da festa natalina promovida pela Itaipu, está em obras, para uma completa revitalização do espaço.

O que fez com que a programação fosse transferida para a área da Catedral. O espetáculo acontece de 5 a 23 de dezembro, das 20h à meia noite.

A Itaipu também está promovendo uma Gincana para o Combate a Dengue. As inscrições para a gincana “Todos Contra a Dengue”, voltada para associações de bairro e entidades sem fins lucrativos de Foz do Iguaçu já estão abertas. O objetivo é mobilizar a população, com ações práticas e educativas, para conter a proliferação do Aedes aegypti, mosquito transmissor da doença.

Durante o programa, Patricia Iunovich anunciou mais uma visita do presidente Jair Bolsonaro em Foz do Iguaçu. Ele deve estar acompanhado da primeira dama Michele Bolsonaro, que virá a cidade pela primeira vez. A visita deve acontecer no dia 1° de dezembro. O presidente irá encontrar o presidente paraguaio Mario Abdo Benítez, que também estará acompanhado da esposa.

Assista a íntegra da entrevista no site da Rádio Cultura

Destaques, Foz do Iguaçu, Itaipu Binacional,

Presidente Jair Bolsonaro deve voltar a Foz do Iguaçu em dezembro, para encontro com Mario Abdo do Paraguai

O presidente Jair Bolsonaro poderá retornar a Foz do Iguaçu no dia 1º de dezembro, onde se encontrará com o presidente Mário Abdo Benitez, do Paraguai.

A informação foi confirmada pela superintendência de Comunicação de Itaipu Binacional, nesta quinta-feira, durante o programa Contraponto, a voz do povo, da Rádio Cultura.

Os presidentes devem visitar a fronteira acompanhados das primeiras-damas, Michelle Bolsonaro e Silvana López Bó de Abdo.

Por: Rádio Cultura

Destaques, Foz do Iguaçu, Itaipu Binacional,

Formato de ligação da Ponte da Integração Brasil-Paraguai começa se tornar realidade. Assista o vídeo!

O formato de ligação da Ponte da Integração Brasil-Paraguai começa a virar realidade um mês após a instalação da primeira peça. A estrutura, a segunda unindo os dois países na região de Foz do Iguaçu, está com 43% das obras concluídas, segundo o boletim de acompanhamento produzido pelo Departamento de Estradas de Rodagem do Paraná (DER-PR). A conclusão está prevista para março de 2022.

A Ponte da Integração está sendo construída na região do bairro Porto Meira (Brasil) e em Presidente Franco (Paraguai), próximo ao Marco das Três Fronteiras, incluindo a Argentina. O investimento na estrutura, uma reivindicação de quase três décadas, será de aproximadamente R$ 460 milhões, incluindo a Perimetral Leste, em recursos da margem brasileira da Itaipu Binacional.

Vídeo produzido por Roger Meireles

A gestão da obra é do governo do Estado e a execução do consórcio Construbase-Cidade-Paulitec. Aproximadamente 450 trabalhadores trabalham diretamente na estrutura. A conclusão da obra está prevista para março de 2022, juntamente com a Perimetral Leste, um acesso direto até a BR-277. 

O diretor-geral brasileiro da Itaipu, general Joaquim Silva e Luna, tem acompanhado o ritmo acelerado das obras. De acordo com ele, todos os cuidados estão sendo observados para garantir o compromisso da binacional de entregar a ponte dentro do prazo previsto no contrato.

“Para nós, é uma grande satisfação ver a ponte tomando forma, gerando empregos e trazendo a perspectiva de dias melhores para a nossa gente da Região Oeste do Paraná”, ressalta Silva e Luna. A estrutura trará ganhos socioeconômicos para toda a fronteira, consequentemente, Paraná, Brasil e Paraguai.

Mais infraestrutura

A segunda ponte representa um investimento de aproximadamente R$ 323 milhões. Outros R$ 140 milhões serão investidos nas obras da Perimetral Leste, que ligará a ponte à rodovia BR-277. O recurso é resultado da política de reestruturação da Itaipu promovida na gestão Silva e Luna na Itaipu, em consonância com as diretrizes de desenvolvimento regional do governo Jair Bolsonaro.

O tabuleiro que vai sustentar a pista de rolagem da ponte começou a ser formado com uma peça de metal e concreto de 1.437 toneladas cada. Ela consiste numa aduela de disparo metálica composta por duas vigas longarinas (as maiores estruturas da ponte que pesam 60 toneladas cada) unidas por sete vigas transversinas.

Toda a estrutura metálica pesa 159 toneladas e mede 20 metros de comprimento por 20,15 metros de largura. Este conjunto é acoplado por 542 cordoalhas de aço a outra estrutura, esta de metal e concreto: são duas vigas longarinas e nove transversinas além de uma laje de concreto de 34 cm de espessura, que pesam um total de 1.278 toneladas e medem 25,40 metros de comprimento por 20,50 metros de largura.

Por: GDia

Destaques, Foz do Iguaçu, Itaipu Binacional,

Cinco empregados da usina de Itaipu recebem comenda da Ordem de Rio Branco

O diretor técnico executivo, Celso Villar Torino, e os assessores especiais, coronéis Ricardo Pereira de Araújo Bezerra, Jorge Ricardo Aureo Ferreira, o capitão Arceli Pedrozo de Oliveira e a chefe da Assessoria de Comunicação Social e de Turismo, Patrícia Iunovich receberam oficialmente nesta terça-feira, 17, a Comenda da Ordem do Rio Branco. A solenidade ocorreu no hall do Edifício da Produção da usina de Itaipu. 

A entrega foi feita pelo secretário-geral das Relações Exteriores, o embaixador Otávio Brandelli. Conselheiros, incluindo o ministro de Minas e Energia, Bento Albulquerque, e diretores da margem esquerda e familiares dos empregados agraciados estavam presentes.

O diretor-geral brasileiro, general Joaquim Silva e Luna, foi o cicerone da grande homenagem. Foi dele a indicação dos nomes para receber a comenda. Torino, o sênior do grupo, falou em nome de todos os condecorados.

“Na insígnia da ordem, há uma escrita em latim que, traduzida para o português, traz o sentimento que espontaneamente surge no coração de quem se dedica à hidrelétrica de Itaipu. Confesso que sinto isso todos os dias, há 31 anos nessa usina: ‘Em qualquer lugar, terei sempre a pátria em minha lembrança’”, disse o diretor. 

Brandelli falou da importância da condecoração e da boa relação entre o Ministério das Relações Exteriores e a Itaipu e da própria comenda em si. “Estamos aqui vendo todos muito agradecidos por essa honraria, mas somos nós que agradecemos aos senhores por essa condecoração; pelos bons serviços prestados à nação”.

Em nome do ministro Ernesto Araújo, também agradeceu a Itaipu pelo investimento na restauração do Complexo Arquitetônico Itamaraty. “É um importante trabalho de conservação histórica e já completamos mais de 30% das obras. Isso não seria possível sem o apoio da Itaipu”, finalizou. 

O diretor-geral brasileiro de Itaipu enalteceu o trabalho de toda a equipe e estendeu a homenagem a todos os empregados comprometidos com o seu dever público. “Todos aqui são merecedores dessa condecoração porque não tem hora para terminar e começar o dia. É uma data muito feliz para todos nós”. E acrescentou: “gesto de amizade e reconhecimento ao trabalho de muitas gerações dentro da Itaipu”. 

O grau das condecorações ocorre em função do tempo de serviço de cada homenageado. Patrícia recebeu a ordem de oficial, Arceli, grau de cavaleiro e os demais de comendadores. Nome da ordem é uma homenagem ao Barão do Rio Branco, patrono da diplomacia brasileira. A condecoração havia sido publicada no dia 13 de outubro pelo presidente Jair Bolsonaro no Di[ário Oficial da União (DOU).

A honraria é um reconhecimento do governo brasileiro a pessoas físicas ou jurídicas, nacionais ou estrangeiras, pela prática de ações e feitos dignos de menção honrosa, além de distinguir serviços meritórios e virtudes cívicas. No caso da Itaipu, a empresa teve direito a indicação pelo reconhecimento à importância estratégica da hidrelétrica.

A publicação pode ser conferida no link.

A honraria

A Ordem de Rio Branco foi instituída no dia 5 de fevereiro de 1963, pelo então presidente João Goulart. Possui os seguintes graus: Grã-Cruz, Grande Oficial, Comendador, Oficial e Cavaleiro, além de uma medalha anexa à Ordem. Também é conferida uma Insígnia da Ordem às corporações militares ou às instituições civis. Fotos: Rubens Fraulini/Itaipu Binacional.
Mais informações sobre a Ordem de Rio Branco estão no site do Ministério das Relações Exteriores: http://www.itamaraty.gov.br/pt-BR/cerimonial/5699-regulamento-da-ordem-de-rio-branco.

Imprensa de Itaipu

Destaques, Foz do Iguaçu, Itaipu Binacional,

Contagem regressiva: montagem da decoração do Natal de Luzes da Itaipu começa nesta sexta-feira, 20

O evento será aberto no dia 5 de dezembro. Projeção mapeada na Catedral Nossa Senhora de Guadalupe vai até dia 23 de dezembro; a decoração natalina permanecerá até a primeira semana de janeiro

A montagem da decoração do Natal de Luzes da Itaipu Binacional começa nesta sexta-feira (20), no terreno da Catedral Nossa Senhora de Guadalupe, em Foz do Iguaçu (PR). Tudo foi planejado com o maior carinho e com todos os protocolos de segurança sanitária para que a festa seja a mais democrática e encantadora possível.

As melhorais no terreno tiveram início nesta segunda-feira (16), como corte de grama e ajustes no relevo. A festa natalina no local está marcada para começar no dia 5 de dezembro. O evento inclui projeção mapeada, sempre das 20h à meia-noite. O espetáculo poderá ser visto de todos os ângulos e jeitos: a pé ou de carro, pelo sistema drive-thru.

As apresentações diárias, com várias sessões, ocorrem até dia 23. Já a decoração permanece até a primeira semana de janeiro. Além da projeção mapeada, com um roteiro surpresa, o terreno da catedral abrigará uma vila de Natal, com barracas de artesanato e elementos decorativos para visitação do público. O prédio do Centro Executivo também será decorado com o mesmo tema.

“A realização da festa é uma forma de movimentar a economia, melhorar a autoestima da população e encantar a todos: moradores e turistas. É o nosso agradecimento por um acolhimento tão carinhoso e respeitoso”, diz o diretor-geral brasileiro de Itaipu, general Joaquim Silva e Luna.

O projeto do Natal de Luzes foi desenvolvido com base numa proposta apresentada pelas áreas de Comunicação Social e Turismo de Itaipu. A produtora responsável pela apresentação é a Visualfarm, empresa de São Paulo (SP) pioneira no Brasil na criação de espetáculos públicos projetivos e no uso do video mapping (mapeamento de vídeo).

Não haverá cobrança de ingresso, mas quem quiser poderá levar um quilo de alimento não perecível. As doações serão repassadas para entidades beneficentes.

O Natal de Luzes da Itaipu integra os esforços da campanha “Vem pra Foz!”, desenvolvida pela Itaipu e parceiros para atrair visitantes ao Destino Iguaçu. O turismo foi um dos setores mais afetados pela crise de covid-19. A cada feriado, desde o lançamento da campanha, o movimento cresce, nos atrativos, hotéis na gastronomia.