Browsing Category

Política

Leia as últimas notícias sobre Política no CabezaNews, site de informação com reportagens exclusivas, fotos, vídeos e conteúdos sobre Foz do Iguaçu e sobre o Paraná.

O CabezaNews leva ao público notícias de utilidade pública, curiosidades, turismo, lazer, cultura. Sobretudo com um olhar voltado para a região da tríplice fronteira entre Brasil, Paraguai e Argentina.

Em Foz, nossa cobertura foca os principais acontecimentos da cidade, incluindo eleições 2020, o avanço da pandemia do novo coronavírus, as ações da Itaipu Binacional, bem como a administração do prefeito Chico Brasileiro.

O site não deixa de lado o que acontece no restante do estado do Paraná. Notas exclusivas dos bastidores da política, da Assembleia Legislativa, ações do governo do Paraná e da administração Ratinho Júnior. Assim como as principais notícias nacionais.

O CabezaNews é editado por Ronildo Pimentel, jornalista com mais de 30 anos de atuação em jornalismo impresso e digital.

Foz do Iguaçu, Política,

Eleições 2020: Chico Brasileiro lidera em pesquisa em Foz do Iguaçu

O prefeito Chico Brasileiro (PSD) lidera com 42.3% em pesquisa de intenção de votos do Instituto Opinião, divulgada nesta quinta-feira, 23, pelo Jornal Primeira Linha.

Em seguida, aparece Paulo Mac Donald Ghisi (Podemos), com 36,5%; Tatiana Frute (Pros), com 4,8%, Sidnei Prestes (Republicanos), com 3,2%; Ranieri (PRTB), com 1,8%; Luiz Henrique Dias (PT), 1,4%; Nelton Friedrich (PDT), 0,5%; Alemão (PCdoB), 0,2%; Cássio Lobato (Patriota) não pontuou.

O Instituto Opinião entrevistou 800 eleitores entre os dias 18 e 20 de outubro. A margem de erro 3,4% e o grau de confiança é de 95%.

A pesquisa está registrada no TSE sob o número PR-09244/2020) e contratada pela BandFM/Rádio StudioFM. Indecisos e não sabem somaram 5,9%, nulo/branco, 3,4% e não opinou, 0,1%.

As entrevistas foram realizadas nas regiões de Três Lagoas, Vila C, São Francisco/Morumbi/Campos do Iguaçu, Porto Meira, Jardim São Paulo/Vila Carimã, Centro/Jardim América/Vila Yolanda e Parque Imperatriz/Vila A.

Na espontânea, Chico Brasileiro mantém liderança com 29,8%, seguido de Mac Donald (27,7%), Tatiana Fruet (1,3%), Ranieri, Sidnei Prestes e Luiz, os três com 0,8%. Os outros candidatos somam 0,6%.

Eleições 2020 em Foz do Iguaçu, Política,

Em Foz do Iguaçu, candidatura do Paulo Mac Donald segue mantida e campanha ganha mais força

Adversário se aproveita de prerrogativas do MP para tentar confundir o eleitor com recursos no TRE. Entenda o caso

A candidatura de Paulo Mac Donald a prefeito de Foz do Iguaçu segue mantida, oficializada pela justiça eleitoral, que agora em 2020, diferente do que ocorreu em 2016, deferiu o pedido já em primeira instância. O Ministério Público e a coligação do atual prefeito recorreram ao TRE de Curitiba. Enquanto isso, a candidatura de Mac Donald permanece como deferida. A campanha Paulo prefeito continua e cada vez mais ganhando força nas ruas. Na tarde desta quarta-feira, 21 de outubro, a coligação Quem Ama Cuida, com a presença de Paulo e a candidata a vice Bibiana, participam de uma caminhada na região do Grande Morumbi.

No estado democrático de direito, é natural que o Ministério Público recorra em segunda instância. Já a atitude do concorrente de Mac Donald é vista como uma tentativa de tumultuar o processo e confundir a opinião do eleitor. Sabendo da força do Paulo nas urnas, não restou outra alternativa para o candidato à reeleição, senão tentar confundir os eleitores de Mac Donald.

Vale lembrar que os recursos repetem os argumentos já avaliados e descartados pelo juiz eleitoral. Mesmo assim, insistem. Usam esses recursos para confundir o eleitor. O juiz de primeira instância, Wendel Fernando Brunieri, já reconheceu a legitimidade da candidatura do Paulo. Ao deferir o pedido de candidatura ele afirmou que as situações alegadas de impugnação, “juridicamente, todas elas encontram-se com seus respectivos efeitos suspensos por decisões judiciais”.

E o juiz decidiu: “Julgo improcedentes os pedidos de impugnação de candidatura e notícia de inelegibilidade, nos termos da fundamentação. Em face da inexistência, no presente momento, de causas de inelegibilidade em face, do candidato ao cargo de Prefeito PAULO MAC DONALD GHISI, DEFIRO SEU REGISTRO DE CANDIDATURA para concorrer ao cargo de Prefeito, sob o número 19, com a seguinte opção de nome: PAULO MAC DONALD”.

E quem decide é o juiz. O Ministério Público só pode pedir, jamais determinar. E o juiz decidiu que Paulo é candidato e pode tomar posse. O resto é inconformismo e tentativa de levar o eleitor na conversa.

Assessoria de Imprensa – Coligação QUEM AMA CUIDA – Podemos – PP – Democratas

Paraná, Política,

Em nova etapa da reforma administrativa, Governo envia à Assembleia projeto para extinguir Imprensa Oficial

O Governo do Estado encaminhou nesta segunda-feira (19) à Assembleia Legislativa um projeto de lei que prevê a extinção do Departamento de Imprensa Oficial do Estado (DIOE). A proposta do Executivo é encerrar a atividade da gráfica e transferir as funções de publicação dos diários oficiais para a estrutura da Casa Civil. O imóvel, localizado no bairro Cabral, em Curitiba, terá uma nova destinação e deverá acomodar outros órgãos estaduais.

A reformulação do órgão é mais uma etapa da reforma administrativa proposta pelo governador Ratinho Junior (PSD) para diminuir os gastos, modernizar e dar mais agilidade à máquina pública. A decisão partiu do Conselho de Administração da Imprensa Oficial, após um estudo para analisar o reposicionamento estratégico da autarquia.

“O Governo preza pela racionalidade do gasto público desde o início do mandato, e isso deve ser uma preocupação ainda maior agora com os efeitos da pandemia. Além de os diários serem publicados na internet há mais de 15 anos, a estrutura da Imprensa Oficial é muito antiga e demanda um investimento que não cabe mais nos dias atuais”, explicou o Líder do Governo na Assembleia, deputado Hussein Bakri (PSD).

A Imprensa Oficial é responsável pela publicação dos diários oficiais, publicidade legal, suplemento de concursos e pela impressão de materiais gráficos do Estado. Porém, desde 2004, os diários oficiais do Estado, de Comércio, Indústria e Serviços e da Assembleia são publicados exclusivamente pelo meio eletrônico.

A publicação dos diários oficiais, uma atividade essencial para a transparência do serviço público, não será afetada pela medida, mas ganhará mais eficiência com a incorporação à administração direta. “O momento atual exige que tenhamos uma estrutura administrativa mais transparente, eficaz e moderna, em que os órgãos públicos desempenhem suas funções de atendimento à população de forma qualificada e adequada às necessidades do cidadão”, diz a mensagem do Governador Ratinho Junior à Assembleia.

A estrutura que será extinta é a do parque gráfico, que é deficitário. No levantamento do Conselho de Administração, foi constatado que as receitas arrecadadas atualmente com as impressões mal cobrem os gastos da manutenção do maquinário, que no ano passado chegaram a R$ 4,2 milhões. Somente dois contratos para a manutenção das impressoras, vigentes até outubro deste ano, vão custar R$ 1,2 milhão.

De acordo com o projeto de lei, os bens móveis, materiais e equipamentos integrantes do patrimônio do extinto DIOE passarão ao patrimônio do Estado. Após o inventário, a Secretaria da Administração será responsável pela destinação dos bens. O prédio onde fica a gráfica deve receber outras repartições públicas, diminuindo os gastos do Estado com locação e também com a frota de veículos.

A proposta, afirmou o presidente do Conselho de Administração do DIOE, Diego Nogueira, é fazer um leilão do maquinário, com lance inicial de R$ 4,8 milhões, e dos veículos inservíveis. “Além de usar esse recurso para outros projetos do Governo, o Estado também vai ter menos os gastos com impressões. A ideia é que os órgãos e secretarias do Governo usem mais o meio digital para a divulgação. Quando o uso de materiais gráficos for necessário, a impressão será feita por licitação, buscando o menor preço”, disse.

Além da economia com a estrutura física, a extinção da autarquia também deve reduzir os gastos com pessoal. Os cargos de Diretor Presidente e de Diretor Administrativo-Financeiro também serão extintos e, em seu lugar, serão criados novos cargos para adequar a estrutura ao novo setor da Casa Civil. Os servidores que atuam nas publicações oficiais serão realocados para a secretaria, para dar continuidade às atividades técnicas e operacionais relacionadas à área. Os demais servidores serão redirecionados para outros órgãos a critério da Secretaria da Administração.

Paraná, Política,

Eleições 2020: Justiça Eleitoral impugna candidatura de Sérgio Onofre em Arapongas

A Justiça Eleitoral decidiu pela impugnação da candidatura do prefeito de Arapongas e candidato à reeleição, Sérgio Onofre (PSC), em decisão publicada nesta segunda-feira (19). A defesa de Sérgio Onofre vai recorrer da sentença.

Na decisão, o juiz eleitoral Luciano Souza Gomes acatou o pedido feito pelo Ministério Público (MP) e do MDB, com base na reprovação das contas da Câmara Municipal de Arapongas pelo Tribunal de Contas do Estado (TCE) quando Onofre era presidente da Casa.

O pedido do MP aponta que o TCE reprovou as contas de Onofre no período entre 2006 a 2008, quando ele era presidente da Câmara de Vereadores. Ainda de acordo com o pedido do promotor, Sérgio Onofre disputou (e venceu) a eleição para prefeito de Arapongas em 2016 através da concessão de uma liminar. Porém, segundo a promotoria eleitoral, a liminar não seria válida para as eleições deste ano.

Contas reprovadas

De acordo com a sentença, a decisão de reprovação das contas de 2006 e 2007 da Câmara dos Vereadores foi reformada pelo próprio TCE. No entanto, persiste ainda a irregularidade das contas de 2008.

“… julgo procedente ação de impugnação de registro de candidatura em face de Sérgio Onofre da Silva e, por consequência, indefiro seu requerimento de registro de candidatura ao cargo de prefeito do município de Arapongas”, sentencia o juiz.

“Tendo em vista a ausência de vícios, defiro o requerimento de registro de candidatura de Jair Milani ao cargo de vice-prefeito; contudo, resta prejudicada tal candidatura em razão da impossibilidade de formação da chapa majoritária, pelos fundamentos já expostos”, completa o juiz.

Destaques, Eleições 2020 em Foz do Iguaçu, Política,

Eleições 2020: Rádio Cultura vai promover dois debates com os candidatos a prefeito de Foz

Programa Contraponto da emissora vai realizar nova rodada de entrevistas do dia 26 de outubro a 6 de novembro

A Rádio Cultura vai promover, até as eleições municipais de 15 de novembro, dois debates entre os candidatos a prefeito de Foz do Iguaçu, no Oeste do Paraná. As apresentações de ideias e propostas serão transmitidas ao vivo na rádio e plataformas digitais: site, YouTube e Facebook.

O primeiro encontro será no dia 26 de outubro, a partir das 20h no Recanto Cataratas Thermas Resort & Convention. O segundo e decisivo debate será no dia 12 de novembro também às 20h, três dias antes da eleição.

Além disto, a equipe de jornalismo da Rádio Cultura vai entrevistar todos os candidatos a prefeito do dia 26 de outubro e 6 de novembro no programa Contraponto – A voz do povo.

No dia da eleição, 15 de novembro, a emissora promete uma cobertura completa do pleito.

Política,

Justiça Federal inocenta ex-prefeito Ivan Rodrigues em São José dos Pinhais

A 9ª Vara Federal de Curitiba, proferiu sentença em Autos de Ação Penal Nº 5043581-50.2018.4.04.7000/PR, inocentando IVAN RODRIGUES da acusação de dispensa de licitação e desvio de verbas da saúde nas contratações realizadas quando prefeito (2009/2012) na área da saúde. Pela Justiça Federal, em sua decisão, o juiz detalhadamente expressou em 100 páginas em sua sentença a única verdade a ser dita: INOCENTE. “Todas as calúnias, acusações falsas e armadilhas políticas, que fui acusado nos últimos 8 anos, a justiça federal me considerou inocente”, declarou Ivan Rodrigues.

O caso

O caso tem início, em período anterior a própria gestão do ex-prefeito Ivan, quando o único Hospital que atendia pelo SUS, mantido por entidade filantrópica sofreu intervenção judicial, vindo inclusive a ser declarada situação de calamidade pública da saúde no Município. No ano de 2005, não possuindo qualquer cargo público ou remuneração, Ivan Rodrigues, compôs a diretoria do Hospital São José, porém, pouco tempo depois deixou o comando do Hospital ao perceber que não existia nenhum interesse por parte dos gestores políticos vontade em trazer melhorias a saúde do Município. A ausência de vontade política em melhorar o sistema de saúde pública de São José dos Pinhais, levou Ivan Rodrigues a candidatar-se ao cargo de Prefeito em 2008. Ao assumir o cargo de Prefeito em 2009, IVAN RODRIGUES, teve como principal compromisso, a melhoria no atendimento à saúde pública do Município.

A Denúncia

Apesar de uma gestão transparente, que trouxe significativa e reconhecida melhoria à saúde, principalmente, culminou em um atendimento de excelência do Hospital São José, que anos antes sofria com a falta de simples gazes e esparadrapos, o Ministério Público do Paraná, com base em denúncias infundadas, muitas delas de origem da velha política tradicionalista de São José dos Pinhais, acusou Ivan Rodrigues de desvio de verbas da saúde. “Vocês não fazem ideia do que é ser acusado injustamente e não poder responder a aqueles amigos que sempre conheceram a minha honra, pois tinha que aguardar o veredicto da justiça. Pois bem, agora posso afirmar em alto e bom som, fui declarado inocente.”

Das provas

A sentença tomou por base documentos e depoimentos, inclusive de médicos contratados na época: “O médico Carlos Frederico Oldenburg Neto. Devidamente compromissada a testemunha disse ter prestado serviços pela Copamed em São José dos Pinhais em 2010, como neonatologista, na Maternidade do Hospital Atílio Talamini. Disse se lembrar de que havia urgência na formação de uma equipe de médicos dessa especialidade, pois havia o serviço em funcionamento, equipamentos, mas não existia médico para atender à demanda, que era relativamente grande. Eram cerca de 200 nascimentos por mês. Além da quantidade insuficiente de médico, muitos estavam saindo, por isso a contratação da Copamed. Compuseram rapidamente uma equipe de 14 ou mais médicos neonatologistas.”

A decisão

A reafirmação de uma gestão competente e preocupada com a população de São José dos Pinhais, veio com a prolação da sentença pela Justiça do Paraná, que além de inocentar IVAN RODRIGUES, enaltece seus feitos: “ (…) não restou comprovado que a decisão pela municipalização, tomada pelo Prefeito IVAN após parecer da procuradoria do município, tivesse como objetivo a burla do sistema de licitações. Diversamente do ressaltado pelo parquet em alegações finais, o Prefeito IVAN não afirma em seu interrogatório que pretendia acabar com o TAC firmado pela gestão anterior, mas sim que a municipalização foi a solução encontrada para acabar com a “situação de improbidade” do hospital.

Também vai ao encontro da boa-fé do réu IVAN o fato deque cada Secretário de Saúde por ele nomeado passa a fazer mais que o anterior no tocante a providências para realização do concurso e cessação das contratações emergenciais. (…)”, declarou a juíza Sandra Regina Soares em sua decisão. Declara Ivan Rodrigues que no período que foi prefeito revolucionou a administração pública de São José dos Pinhais. “O medo era de que eu me reelegesse, que continuasse a demolir os alicerces mesquinhos e interesseiros desse grupo político sinistro que comanda a cidade escondido nas trevas a mais de 20 anos.” destacou Ivan Rodrigues.
Fonte: Jornal Folha de São José do Pinhais, edição nº 558.

Curitiba, Política,

Eleições 2020: Curitiba terá mais quatro debates públicos para prefeito

Pegou! O debate público entre candidatos a prefeito de Curitiba nesta terça-feira, 20, terá pelo menos mais quatro edições: nas Praças Nossa Senhora da Salete e Santos Andrade e nos bairros. As datas, locais e horários serão divulgados nos próximos dias pelos organizadores.

“Semana que vem eu organizo o debate na frente da Prefeitura, vou disponibilizar toda a estrutura necessária”, disse o deputado Fernando Francischini.

O debate da Praça Espanha, a poucos metros da casa do atual prefeito Rafael Greca, foi aprovado pelos oito participantes: Professora Samara (PSTU), Fernando Francischini (PSL), Letícia Lanz (Psol),  Eloy Casagrande (Rede), Camila Lanes (PCdoB), João Arruda (MDB), Professor Mocelin (PV) e Paulo Opuska (PT).   

O candidato Paulo Opuszka (PT) sugeriu realizar outro na semana subsequente, na Praça Santos Andrade, em frente a Universidade Federal do Paraná (UFPR). “A gente convoca para a Santos Andrade, mas eu não queria fazer sozinho, queria convocar tanto o PSTU quanto o PCdoB, que tem força dentro da universidade, para me ajudar “, disse o Professor

Já o candidato João Arruda, que idealizou o primeiro encontro, apontou a necessidade de levar os debates para os bairros. “Todos estão animados para marcar os próximos debate, uma demonstração do sucesso inquestionável dessa iniciativa. Além dos debates que o Francischini e o Opuszka já estão se comprometendo em puxar, é importante levar os debates para os bairros, geralmente esquecidos pelos governantes. Vamos lá para o CIC, o Santa Cândida, Uberaba, Sítio Cercado”, citou alguns exemplos.

Paraná, Política,

Em Guarapuava, Vitor Hugo Burko diz que a campanha continua e está “mais forte do que nunca”

O candidato à Prefeitura de Guarapuava Vitor Hugo Burko reafirmou a força de sua candidatura nesta quarta-feira, 21.

Vitor Hugo disse que a campanha cresce em adesão, pois a população está percebendo que é possível uma política diferente, na qual as pessoas sejam prioridade.

Segundo ele, os eleitores não aceitarão uma campanha baseada nas velhas práticas da política guarapuavana.

Pesquisa mostra intenção de voto em Guarapuava

Vitor Hugo garantiu que a decisão provisória da Justiça será revertida e disse que sua campanha segue normalmente, limpa, baseada no diálogo e em propostas.

“Não venham com hipocrisia e falsidade, pois eu não estou inelegível. Nós vamos disputar as eleições e vamos vencer. E vamos devolver Guarapuava para o seu legítimo dono, que é o guarapuavano”.

Vitor Hugo ainda falou sobre as velhas práticas políticas, que continuam sendo usadas nas disputas eleitorais de Guarapuava, como divulgação de pesquisas eleitorais forjadas e propagação de inverdades. “Sabíamos que seria assim. São as mesmas práticas de sempre. Mas da nossa parte vamos continuar a fazer uma campanha propositiva”.

De acordo com o candidato, Guarapuava precisa voltar a sonhar com um futuro melhor. “Peço a você que não permita que arranquem do seu coração o sonho de uma Guarapuava melhor. Você viu que voltaram as fake News, as mentiras, a enganação. E quem faz esse jogo sujo nas eleições, você pode ter certeza que vai fazer muito pior na prefeitura”.

Candidatura

A defesa do candidato divulgou nota sobre a decisão provisória sobre o registro da candidatura. O recurso em favor de Vitor Hugo será protocolado junto ao TRE (Tribunal Regional Eleitoral). E nada impede que o candidato siga fazendo campanha.

“O indeferimento provisório do registro não impede o candidato Vitor Hugo de continuar plenamente com sua campanha, não havendo nenhum impedimento por conta da decisão do juízo eleitoral de Guarapuava”

Segundo os advogados, “decisões anteriores do TRE em casos semelhantes mostraram-se favoráveis aos fundamentos do recurso, o que nos deixa plenamente confiantes no seu provimento e na liberação definitiva do registro de Vitor Hugo Burko”.

O advogado que representa Vitor Hugo, Allan Quartiero, lembra que em 2011, o atual prefeito Cesar Filho entrou com recurso contra a diplomação de Bernardo Ribas Carli. Em primeira instância, a diplomação foi cassada. Mas depois, junto ao Tribunal, Bernardo reverteu a decisão, vindo a assumir o cargo de deputado.

“E o Cesar agora está tentando fazer a mesma coisa comigo. E ainda tenta usar a imagem de Bernardo, que fez um excelente trabalho, para propor união por Guarapuava. União por quem? Apresentem propostas, lutem por Guarapuava”, diz Vitor Hugo.

Absolvido

O questionamento da candidatura de Vitor Hugo se baseia em uma decisão do TCU, que considerou irregular uma prestação de contas da gestão anterior do candidato. A assessoria jurídica de Vitor Hugo frisou que o candidato foi absolvido criminalmente neste caso e que ele não é acusado de corrupção. “Vitor Hugo Burko foi absolvido criminalmente por não existir dolo nem enriquecimento ilícito”, diz o advogado.

Já na esfera civil, Vitor Hugo não teve oportunidade de se defender, por não ter sido notificado sobre a ação. Por isso, a defesa busca em instâncias recursais a anulação da ação, uma vez que não foi obedecido o princípio constitucional do contraditório e da ampla defesa.

Assessoria de imprensa do candidato Vitor Hugo Burko

Paraná, Política,

Em Arapongas, ex-prefeito Waldyr Pugliesi aposta na experiência política para vencer eleições dia 15

Candidato a prefeito pelo MDB em Arapongas, Waldyr Pugliesi foi o participante desta terça-feira (20) da rodada de entrevistas do TNOnline, dentro do Jornal da Tribuna. Pugliesi já foi prefeito de Arapongas por três vezes, vereador duas vezes, além de deputado estadual e federal constituinte, secretário de estado dos transportes e diretor do porto de Paranaguá. Durante sua participação, o candidato destacou sua experiência na vida pública e diversos feitos em mandatos anteriores.

A respeito do diferencial de sua proposta de gestão, o candidato disse apostar em seu “cabedal” conhecimento da política e da administração pública. “A experiência que eu tenho poucos tem no Paraná porque eu vivi os principais acontecimentos do mundo, estou a par dos acontecimentos atuais e em relação a Arapongas, sei de todos os problemas que existem na cidade”, pontuou.

Quando perguntado sobre geração de emprego e renda, Pugliesi lembrou de sua administração passada ao se referir aos parques industriais da cidade. “Quando eu era prefeito, ia até os parques industriais que construí e via muitos ônibus de outras cidades trazendo trabalhadores porque Arapongas gerava muitos empregos. Eu investia nos pequenos informais, oferecendo apoio para crescer e é isso que pretendo fazer, oferecer apoio da prefeitura para os pequenos empreendedores”, garantiu.

O candidato também destacou os investimentos em habitação realizados durante suas gestões. “Construí muitos conjuntos habitacionais em Arapongas, o que também está ligado ao setor da economia, porque quando a família sai do aluguel, sobra dinheiro para usar no comercio local, fazendo girar a roda da economia e o setor da construção civil também gera empregos”, considerou.

O candidato também respondeu a respeito do pedido de impugnação do candidato a reeleição Sergio Onofre (PSC), feito pelo seu partido, MDB. “Este pedido foi feito junto ao ministério público pelos advogados do partido que acharam por bem fazê-lo. Por mim, todos os candidatos devem participar do pleito, porque eu quero vencer nas urnas”, afirmou Pugliesi.

Na rodada de entrevistas do TNOnline de hoje a candidata a prefeita de Arapongas Angélica Ferreira (PROS) estará respondendo as perguntas do apresentador Gustavo Marçal, dentro do Jornal da Tribuna, a partir das 18h30.

Por: TN Online

Destaques, Política,

Pesquisa aponta liderança de Karla Galende com 61,4% dos votos válidos em Santa Terezinha de Itaipu

Karla Galende lidera as pesquisas na disputa pela prefeitura do município, de acordo com a pesquisa de opinião pública realizada nos dias 18 e 19 de outubro de 2020.

Das 330 pessoas entrevistas pela Radar Inteligência Ltda, Karla Galende (PSDB) obteve 50,6% das intenções de voto e o candidato Izanildo (PSD) com 31,8%. Entre os entrevistados 8,2% res- ponderam como branco/nulo e não sabe/não opinou 9,4%.

Em outra situação considerando somente votos válidos, onde se excluem os brancos/nulos e indecisos (não sabe/não opinou) a candidata karla Galende em percentuais dos votos válidos obteve 61,4% dos votos, sendo que o candidato Izanildo somou 38,6% dos votos.

Além de dizer em quem votarão nas eleições do dia 15 de novembro, os entrevistados da pesquisa Radar Inteligência Ltda, para prefeito de Santa Terezinha de Itaipu responderam também para quem jamais votariam.

A maior rejeição foi do candidato Izanildo com 35,2%, sendo a menor rejeição a de karla Galende com apenas 24,9%. Já 39,9% dos entrevistados responderam como não sabe/não opinou.

A Pesquisa conta com a margem de erro máxima estimada em 4,5 pontos percentuais com um intervalo de confiança de 95%
e foi contratada pelo Jornal Integração do Mercosul com o número de protocolo de registro no TSE PR – 01633/2020.

O Jornal Integração do Mercosul está acompanhando as eleições municipais em toda a sua área de circulação, sendo que as pesquisas publicadas são devida- mente registradas e liberadas pela Justiça Eleitoral.

Por: Portal Costa Oeste