Browsing Category

Saúde

Leia as últimas notícias sobre Saúde no CabezaNews, site de informação com reportagens exclusivas, fotos, vídeos e conteúdos sobre Foz do Iguaçu e sobre o Paraná.

O CabezaNews leva ao público notícias de utilidade pública, curiosidades, turismo, lazer, cultura. Sobretudo com um olhar voltado para a região da tríplice fronteira entre Brasil, Paraguai e Argentina.

Em Foz, nossa cobertura foca os principais acontecimentos da cidade, incluindo eleições 2020, o avanço da pandemia do novo coronavírus, as ações da Itaipu Binacional, bem como a administração do prefeito Chico Brasileiro.

O site não deixa de lado o que acontece no restante do estado do Paraná. Notas exclusivas dos bastidores da política, da Assembleia Legislativa, ações do governo do Paraná e da administração Ratinho Júnior. Assim como as principais notícias nacionais.

O CabezaNews é editado por Ronildo Pimentel, jornalista com mais de 30 anos de atuação em jornalismo impresso e digital.

Coronavírus em Foz do Iguaçu, Destaques, Saúde,

Em dia com mais um óbito, Foz do Iguaçu registra 118 novos casos de Coronavírus

A Vigilância Epidemiológica de Foz do Iguaçu confirma na data de hoje, 28/10/2020, 118 casos de COVID-19, totalizando 9.140 casos da doença no município. Deste total, 8.578 pessoas já estão recuperadas.

Dos novos casos, 59 são mulheres e 59 homens com idades entre 1 e 85 anos. Três pessoas estão internadas e 115 encontram-se em isolamento domiciliar.

Dos casos confirmados ativos, 360 estão em isolamento domiciliar com sinais e sintomas leves e 63 pessoas estão internadas.

Óbito

Foz do Iguaçu registrou mais um óbito de paciente vítima da COVID-19, totalizando 139 mortes pela doença. A vítima é uma mulher de 62 anos, que estava internada no Hospital Ministro Costa Cavalcanti. O quadro se agravou com infecção e choque cardiogênico. O óbito ocorreu no dia 26, às 19h30.

Destaques, Foz do Iguaçu, Saúde,

Cirurgias eletivas serão retomadas no Poliambulatório de Foz do Iguaçu em novembro

Ambulatório de feridas voltará para a unidade e serviços de raio-x e ultrassonografia também serão ofertados no local

A Secretaria e a Fundação Municipal da Saúde de Foz do Iguaçu firmaram esta semana uma nova parceria com o Poliambulatório Nossa Senhora Aparecida, no Porto Meira, para oferta de novos serviços e a retomada das cirurgias eletivas, em novembro.

O espaço também receberá o Ambulatório de Feridas (que deixará a UBS Maracanã), serviços de raio x, ultrassonografia e ambulatório de ortopedia.
Uma sala será aberta para pequenos procedimentos e cirurgias de baixa complexidade. No local já funciona a Unidade de Saúde Padre Monti, o Programa Saúde da Família (PSF) e a Farmácia Popular.

A diretoria de Assistência Especializada da Secretaria de Saúde, responsável pelo Ambulatório de Feridas, também confirmou a montagem de um ambulatório de cardiologia, com a disponibilidade de exames e médicos especialistas.

De acordo com o diretor presidente da Fundação Municipal de Saúde, Sergio Fabriz, serão disponibilizadas cerca de 700 pequenas cirurgias por mês. “As cirurgias de otorrino devem chegar a 120 por mês. Em três meses queremos zerar as filas de pequenas cirurgias dessa especialidade”, disse.

Outra parceria entre Fundação Saúde e a Unioeste vai garantir a participação de acadêmicos de enfermagem, que atuarão no período perioperatório (antes, durante e após os procedimentos). Os acadêmicos serão monitorados por professores e equipe de enfermagem do Hospital Municipal Padre Germano Lauck.

“Acreditamos que com esses serviços, muito de nossa demanda represada devido à pandemia deve ganhar novo ritmo”, comentou o diretor de Gestão em Saúde, Maurício Soares de Oliveira.

Dentro do calendário de serviços a serem ofertados no Poliambulatório, para o mês de dezembro, estão as cirurgias de hérnia, vesícula, vasectomia e laqueadura. A sala para endoscopia também deverá estar instalada. Antes disso, na primeira semana de novembro iniciam os atendimentos para pequenas cirurgias; e na segunda semana, as cirurgias de otorrino.

Mudança

O remanejamento já iniciou para que os serviços possam estar em funcionamento logo na primeira semana de novembro. “Em 15 dias queremos estar com o funcionamento pleno”, comentou Fabriz.

Além de serviços, equipamentos como de ultrassonografia eletiva e raio-x, parados desde o início da pandemia, no Hospital Municipal, serão remanejados ao Poliambulatório para uso imediato. “Antes, esses procedimentos não eram feitos pelo risco. Agora, toda parte eletiva será disponibilizada no Poliambulatório e no hospital fica somente com a tomografia”.

As cirurgias eletivas estavam suspensas devido à pandemia por orientação do Governo do Estado devido à escassez de medicamentos (anestésico e sedativo).

Coronavírus em Foz do Iguaçu, Destaques, Saúde,

Foz do Iguaçu passa de nove mil infectados e confirma mais um óbito provocado pelo novo Coronavírus

A Vigilância Epidemiológica de Foz do Iguaçu confirma na data de hoje, 27/10/2020, 110 casos de COVID-19, totalizando 9.022 casos da doença no município. Deste total, 8.450 pessoas já estão recuperadas.

Dos novos casos, 57 são mulheres e 53 homens com idades entre 1 e 91 anos. Quatro pessoas estão internadas e 106 encontram-se em isolamento domiciliar.

Dos casos confirmados ativos, 372 estão em isolamento domiciliar com sinais e sintomas leves e 62 pessoas estão internadas.

Óbito

Foz do Iguaçu registrou mais um óbito de paciente vítima da COVID-19, totalizando 138 mortes no município. A mulher, de 73 anos, estava internada no Hospital Municipal Padre Germano Lauck desde o dia 22 de setembro. O quadro se agravou com pneumonia, choque séptico e sepse de foco pulmonar. O óbito ocorreu ontem (26), às 20h25.

Destaques, Foz do Iguaçu, Saúde,

Delegação do Ministério do Trabalho de Puerto Iguazú fecha por duas semanas devido caso de Covid-19

A Delegação do Ministério do Trabalho em Puerto Iguazú, fechou suas portas até o dia 9 de novembro, devido um caso positivo de covid-19 que foi confirmado em um dos funcionários.

“Por motivos de prevenção, o escritório ficará fechado de 26 de outubro a 9 de novembro”, explica uma placa fixada na porta da delegação.

Fontes consultadas pelo El Independiente Iguazú indicaram que os 7 funcionários que a delegação tem foram testados, depois de saberem do caso que deu positivo em um deles. Por precaução, o escritório permanecerá fechado até 9 de novembro.

Aviso na entrada da instituição

Fonte: El Independiente

Coronavírus em Foz do Iguaçu, Destaques, Saúde,

CDE registra queda nos casos de Covid, enquanto Foz do Iguaçu apresenta alta

A contaminação por Covid-19 segue em queda em Ciudad del Este, mesmo após a reabertura da Ponte Internacional da Amizade, no dia 15 de outubro.

De acordo com o último boletim epidemiológico do Ministério da Saúde do Paraguai, o departamento de Alto Paraná, cuja capital é Ciudad del Este, está com 342 casos ativos da doença, distribuídos em 16 municípios.

A Rádio Cultura informa que o número é 77% menor do registrado no pico da doença, em agosto.

A capital departamental tem o maior número de casos ativos, com 180 pacientes, seguido de Hernandárias com 35, Minga Guazú com 29, Naranjal com 25, Presidente Franco com 24 e Santa Rita com21.

A ocupação de leitos de UTI destinados a pacientes com Covid-19 no Hospital Regional de Cidade do Leste, também segue em queda. Dos 46 leitos, 23 estão disponíveis.

Segundo a Direção do Instituto de Previsão Social a procura por consultas com sintomas da doença também apresentou diminuição.

Foz do Iguaçu

A contaminação por Covid-19 tem registrado aumento em Foz do Iguaçu. Na segunda-feira (26), a cidade registrou 85 novos casos, totalizando 404 casos ativos. 345 cumprem isolamento domiciliar.

A ala de UTI destinada à Covid-19 do Hospital Municipal Germano Lauck está com 54 pacientes, além de 4 no Hospital Ministro Costa Cavalcanti.

O município registra 137 óbitos pela doença, desde abril.

Por: Rádio Cultura

Coronavírus em Foz do Iguaçu, Destaques, Saúde,

Investimento no controle da pandemia no oeste supera repasses do Estado e União. Foz superou em mais de 136%

Os valores destinados ao enfrentamento da pandemia já são 30% maiores que o montante repassado

Dados do painel de Recursos e Aquisições do Ministério Público do Paraná, em que constam os valores de repasses federais e estaduais aos municípios para a contenção do novo coronavírus, mostram que, na região oeste, os valores destinados ao enfrentamento da pandemia já são 30% maiores que o montante repassado.

Três dos 50 municípios não constam os gastos (Maripá, Lindoeste e Vera Cruz do Oeste) no controle. Desconsiderando-os, os demais receberam o total de R$ 69.882.565,15, mas os gastos já somam R$ 91.074.209,10, uma diferença de R$ 21.191.643,95 arcada pelos municípios.

Mas nem todos gastaram mais do que recebeu. Isso aconteceu com 12 prefeituras, com destaque para Foz do Iguaçu, que mais investiu no combate à pandemia até agora. A Terra das Cataratas aplicou R$ 44.820.486,53, valor 136,6% maior que o que foi recebeu do Estado e da União, uma diferença de R$ 25,877 milhões que saíram dos cofres municipais para complementar as despesas.

Nesse caso, os maiores investimentos foram em infraestrutura, no valor de R$ 35.291.885,29. Somente no Hospital Municipal, referência para o tratamento da doença, o Município abriu 40 novos leitos de UTI e duas novas ala, uma de doenças infecciosas e outra de cuidados especiais, e reformou o Pronto-Socorro. Em gêneros alimentícios foram gastos mais R$ 6 milhões e, em equipamentos hospitalares, outros R$ 1,239 milhão.

Cascavel é o segundo no ranking de investimentos. Foram R$ 9.764.122,86 gastos até o momento, 6,64% a mais do que recebeu de ajuda. Os maiores gastos foram em testes rápidos (R$ 4,350 milhões) e em EPIs (Equipamentos de Proteção Individual), no total de R$ 3.584.373.

Santa Helena aparece na sequência, com R$ 5.604.514,27 investidos, 306,79% a mais do que os repasses recebidos. Somente em infraestrutura foram usados R$ 3.571.580. Palotina gastou R$ 4.371.887,91 no combate à pandemia, 91,8% a mais do que recebeu. Somente em EPIs foram usados R$ 3.131.451.

Ainda entre os que mais investiram contra a covid-19 estão São Miguel do Iguaçu, com R$ 3.868.182,60 (95,73% a mais que o repassado), Marechal Cândido Rondon, com R$ 3.764.070,95 (94,53% a mais) e Corbélia, com R$ 2.896.198,85 (92,95% a mais).

Menos investiram

Na outra ponta da tabela, estão os municípios que menos tiveram despesas no combate à pandemia. Jesuítas, usou R$ 7.125, o que corresponde a 1,33% do total recebido; Ramilândia gastou R$ 4.800 (1,41% do total); Nova Aurora investiu R$ 27.810,44 (3,32% do valore repassado) e, Campo Bonito, R$ 14.700 (3,71% dos repasses). A maioria dos gastos se refere à compra de EPIs, alimentação ou compra de cestas básicas e contratação de prossionais de saúde.

Por: O Paraná

Destaques, Foz do Iguaçu, Saúde,

Em Foz do Iguaçu, 10 morcegos já foram diagnosticados com raiva

O Centro de Controle de Zoonoses Dr. Dorival Jorge Jr informa, que no dia 26/10/2020, foi diagnosticado o 10º morcego positivo para Raiva em Foz do Iguaçu.

O animal foi encontrado em via pública na região da Vila Yolanda.

A vacinação anual de cães e gatos é a maneira mais eficaz de prevenir esta doença. Procure um médico-veterinário de sua confiança e atualize as vacinas do seu pet.

Se você teve contato direto com morcego, procure imediatamente a UPA João Samek.

Se algum pet teve contato direto com morcego, entre em contato com o CCZ.

Se você encontrar algum morcego caído, morto ou doente, entre em contato com o CCZ.

Coronavírus em Foz do Iguaçu, Saúde,

Foz do Iguaçu registra mais um óbito e confirma 85 novos casos de Coronavírus nas últimas 24 horas

A Vigilância Epidemiológica de Foz do Iguaçu confirma na data de hoje, 26/10/2020, 85 casos de COVID-19, totalizando 8.912 casos da doença no município. Deste total, 8.372 pessoas já estão recuperadas.

Dos novos casos, 40 são mulheres e 45 homens com idades entre 1 e 84 anos. Duas pessoas estão internadas e 83 encontram-se em isolamento domiciliar.

Dos casos confirmados ativos, 345 estão em isolamento domiciliar com sinais e sintomas leves e 58 pessoas estão internadas.

Óbito

Foz do Iguaçu registrou mais um óbito de paciente vítima da COVID-19, totalizando 137 mortes pela doença no município. O homem, de 76 anos, estava internado desde o dia 27 de setembro no Hospital Ministro Costa Cavalcanti. O quadro se agravou com insuficiência renal aguda, pneumonia e sepse de foco pulmonar. O óbito ocorreu ontem (25) às 21h10.

Coronavírus em Foz do Iguaçu, Destaques, Saúde,

Foz do Iguaçu volta a registrar aumento nos casos de Covid-19

Na ultima semana, foram registrados 725 novos casos da doença e 12 mortes; Adultos jovens, de 20 a 40 anos são os mais atingidos

Após três semanas em queda nos casos confirmados da Covid-19, a Vigilância Epidemiológica de Foz do Iguaçu voltou a registrar uma alta na média móvel (96.86), além do menor índice de isolamento social desde o início da pandemia (35.3).

A alteração preocupa autoridades em saúde e revela um aumento diário semelhante ao verificado no mês de julho, quando a cidade passou por seu pior histórico no número de casos confirmados da doença. Somente na semana passada (18 a 25/10), Foz do Iguaçu registrou 725 novos casos da doença e 12 mortes. No último sábado, dia 24, foram confirmados 143 casos da doença, o segundo maior número desde o início da pandemia. No dia 16 de julho, o município registrou 168 casos de Covid-19, o maior número até agora.

Até hoje, a cidade registra 8.827 casos de Covid-19. Deste total, 4.046 (45%) corresponde a jovens adultos, de 20 a 40 anos. Para o gerente da Vigilância Epidemiológica, enfermeiro Roberto Doldan, as principais causas desse novo pico estão ligadas ao último feriado, do dia 12 de outubro, e à reabertura da Ponte Internacional da Amizade, com maior circulação de pessoas na fronteira. “Há 15 dias tínhamos registrado queda com mudança de cenário epidemiológico, a média era de 40 casos por dia, e agora passamos do dobro. O aumento é expressivo e preocupante”, comentou.

Exames
A circulação na fronteira também influenciou no aumento dos testes realizados pelo Laboratório Municipal, com uma média de 250 coletas de RT-PCR por dia. “Tivemos um pico de procura de mais de 300 pessoas por dia, que buscam informações pela Central Covid ou vêm até a triagem do Hospital Municipal. Situação como essa tivemos lá em julho, quando vivemos um pico da doença”, comentou o gerente do Laboratório, Rafael dos Santos.

Segundo ele, o impacto maior da reabertura da Ponte da Amizade será sentido nos próximos dias. “Tivemos sim um acréscimo de pessoas vindo do Paraguai, mas tivemos um feriado importante, onde as pessoas não se cuidaram, se aglomeraram e os impactos estamos vendo agora. Temos outro feriado em breve (2 de novembro) e isso deve gerar impactos ainda maiores”, aponta. Já foram realizados em Foz do Iguaçu, 34.997 exames.

Com a abertura da fronteira e a retomada das atividades sociais e econômicas, a preocupação recai na retaguarda com a oferta de leitos para atender a demanda. “Já está em Brasília nosso Plano de Contingência que prevê esse aumento no número de leitos”, explicou Doldan. A ocupação dos leitos de UTI hoje está em 62% e 60% na enfermaria.

Confira os números da Covid em Foz

Março – 13 casos / nenhum óbito
Abril – 36 casos / 2 óbitos
Maio – 79 casos / 1 óbito
Junho – 768 casos / 8 óbitos
Julho – 2.447 casos / 19 óbitos
Agosto – 1.732 casos / 31 óbitos
Setembro – 2.173 casos / 42 óbitos
Outubro – 1.579 casos / 33 óbitos

Total: 8.827 / óbitos: 136

Coronavírus em Foz do Iguaçu, Destaques, Saúde,

Foz do Iguaçu confirma mais um óbito e registra 95 novos casos de Coronavírus nas últimas 24 horas

A Vigilância Epidemiológica de Foz do Iguaçu confirma na data de hoje, 25/10/2020, 95 casos de COVID-19, totalizando 8.827 casos da doença no município. Deste total, 8.280 pessoas já estão recuperadas.

Dos novos casos, 55 são mulheres e 40 homens com idades entre 6 meses e 85 anos. Dos novos casos 1 está internado e 94 encontram-se em isolamento domiciliar.

Dos casos confirmados ativos, 356 estão em isolamento domiciliar com sinais e sintomas leves e 55 pessoas estão internadas.

Óbito

Foz do Iguaçu registrou mais um óbito por Covid-19, totalizando 136 mortes pela doença. A vítima é uma mulher de 65 anos, que foi levada pelo Samu até a Upa João Samek ontem (24). O caso se agravou rapidamente e ela não resistiu aos sintomas da doença. O óbito ocorreu às11h27.