Browsing Category

Turismo

Leia as últimas notícias sobre Turismo no CabezaNews, site de informação com reportagens exclusivas, fotos, vídeos e conteúdos sobre Foz do Iguaçu e sobre o Paraná.

O CabezaNews leva ao público notícias de utilidade pública, curiosidades, turismo, lazer, cultura. Sobretudo com um olhar voltado para a região da tríplice fronteira entre Brasil, Paraguai e Argentina.

Em Foz, nossa cobertura foca os principais acontecimentos da cidade, incluindo eleições 2020, o avanço da pandemia do novo coronavírus, as ações da Itaipu Binacional, bem como a administração do prefeito Chico Brasileiro.

O site não deixa de lado o que acontece no restante do estado do Paraná. Notas exclusivas dos bastidores da política, da Assembleia Legislativa, ações do governo do Paraná e da administração Ratinho Júnior. Assim como as principais notícias nacionais.

O CabezaNews é editado por Ronildo Pimentel, jornalista com mais de 30 anos de atuação em jornalismo impresso e digital.

Destaques, Foz do Iguaçu, Turismo,

Parque Nacional do Iguaçu espera receber 10 mil visitantes no feriado prolongado de Finados

O Parque Nacional do Iguaçu tem uma expectativa de receber, nos três dias do feriado prolongado de Finados, aproximadamente 10 mil visitantes. A unidade de conservação, que abriga as Cataratas do Iguaçu, vai abrir os portões uma hora mais cedo, das 8h às 17h de sábado a segunda-feira, 31 de outubro a 2 de novembro, respectivamente. Este será o primeiro feriadão após a abertura da Ponte da Amizade, entre Brasil e Paraguai.

O Dia de Finados é o terceiro feriado prolongado neste período de retomada das atividades turísticas de Foz do Iguaçu. Em função da pandemia do novo Coronavírus, o principal ícone do turismo do destino foi fechado na segunda metade de março, reabriu por um período em junho, foi fechado novamente no dia 1º de julho e voltou a ter os portões abertos no dia 4 de agosto.

O dia de maior visitação no principal atrativo turístico de Foz do Iguaçu deverá ser o domingo (1º de novembro), de acordo com projeção dos técnicos da concessionária Cataratas do Iguaçu SA. A capacidade de atendimento do Parque Nacional do Iguaçu será de 525 visitantes por hora, totalizando o limite máximo de 5.250 entradas por dia.

Os ingressos são limitados e vendidos exclusivamente on-line, no site www.cataratasdoiguacu.com.br. O visitante precisa realizar a aquisição e agendar o dia e o horário da visita com antecedência. A compra está sujeita à disponibilidade de vagas, informa a concessionária. Não há restrição de idade para fazer o passeio.

Cuidados sanitários

As medidas adotadas tem a intenção de ampliar as vagas de visitação e manter o parque ainda mais seguro para todos, neste período de pandemia do Covid-19. Para um passeio seguro e de qualidade, é obrigatório o uso de máscara em todo o passeio na unidade de conservação. 

O parque passa por um minucioso trabalho de sanitização de todo o circuito turístico, oferecendo ainda mais proteção aos visitantes. O controle de acesso é individual a todas as pessoas, com uma barreira sanitária no Centro de Visitantes. Além disso, o visitante é relembrado seguidamente a manter a máscara (cobrindo boca e nariz) e as mãos higienizadas com álcool gel disponibilizados em todo o parque.

Passe Comunidade

Os moradores das 14 cidades vizinhas à unidade de conservação possuem 90% de desconto no ingresso. Essa categoria também está disponível exclusivamente on-line no site. Mas atenção: é preciso comprovar residência em um dos municípios apresentando o comprovante presencialmente no acesso ao parque.

Por: GDia

Destaques, Foz do Iguaçu, Turismo,

Dreams Park Show amplia horário e lança campanha para parentes de iguaçuenses. Veja fotos!

O Complexo Dreams Park Show, em Foz do Iguaçu, atenderá das 9h às 23h durante o feriado de Finados. A ampliação do horário, de sexta-feira (30) até segunda-feira (2), visa atender a todos os visitantes com segurança e distanciamento social.

No Dia das Crianças, o parque recebeu mais de 7 mil pessoas, contabilizando 11,1 mil ingressos nos sete atrativos: Dreamland Museu de Cera, Maravilhas do Mundo, Vale dos Dinossauros, Dreams Ice Bar (Bar de Gelo), Dino Adventure, Super Carros e o recém-inaugurado Dreams Motor Show.

“Acreditamos que, como este é o último final de semana prolongado do ano, o movimento será semelhante. Para receber a todos com os cuidados que o momento exige, fecharemos mais tarde”, explicou Paula Haito, gerente Comercial do Complexo.

Vale lembrar que o parque é certificado como ambiente seguro para visitação. A entrada é permitida mediante aferição de temperatura e uso de máscara.

Bem Acompanhado

Também durante o feriado, o Dreams Park Show oferecerá desconto de 50% para qualquer turista que estiver acompanhado de um morador de Foz. É a promoção “Bem Acompanhado”.

“Muitos iguaçuenses recebem amigos e familiares em casa e ficam sem saber o que fazer com a galera. Resolvemos dar esta opção de passeio”, disse.

Segundo Paula, vale destacar que moradores de Foz do Iguaçu e dos municípios lindeiros ao Lago de Itaipu e ao Parque Nacional já contam com uma tarifa especial. Adultos pagam R$ 20 e crianças (a partir de quatro anos) R$ 10. No caso do passaporte com cinco atrativos, Museu, Maravilhas, Vale, Ice Bar e Motor Show, o ingresso custa R$ 90.

No Motor Show, o mais novo museu de motocicletas raras e exclusivas da região com experiência gastronômica, o iguaçuense pode entrar de graça mediante agendamento pelo telefone (45) 3527-8100 ou pelas redes sociais do complexo.

Um lugar, muitas aventuras

O Dreams Park Show é um lugar para viver muitas aventuras e experiências.

O Dreamland é um local que mexe com todos os sentidos dos visitantes, faz viajar e reviver momentos marcantes. A cada passo é uma descoberta. Um momento único. De repente, você está diante do seu ídolo. Sim, cara a cara com ele, pronto para uma selfie. Os personagens são iguaizinhos. Até mesmo a altura e o peso da pessoa retratada.

Todos os personagens são feitos em um ateliê exclusivo. Em alguns, casos, o próprio cabeleireiro da pessoa participa do processo. Tudo precisa ser idêntico ao momento da retratação.

O Vale dos Dinossauros é um passeio ao ar livre em meio a natureza, com rios e cachoeiras. Tem até um lagarto que passeia por lá de vez em quando e um pé repleto de mangas. Basta esticar os pezinhos e colher uma fruta direto do pé. Uma ótima pedida para deixar um pouco o isolamento social e curtir um passeio com segurança, diversão, magia e muita história. A família toda pode embarcar nesse universo pré-histórico, inclusive as crianças. Os vovôs e vovós também amam.

O Dino Adventure, dentro do Vale, tem uma trilha de arvorismo e tirolesa. A experiência é radical. São 200 metros de percurso a 12 metros de altura em meio as árvores e bem pertinho da boca dos dinossauros, adultos e crianças podem descer na tirolesa. A impressão é que vai ser engolido pelo Giganotossauro, o maior dinossauro do complexo.

O Maravilhas do Mundo é uma viagem pelos cinco continentes, passando pelos principais monumentos históricos do planeta. Entre eles está o Arco do Triunfo, um dos cartões postais da capital francesa, Paris. Também tem o Coliseu de Roma, a Muralha da China e o Cristo Redentor.

O Bar de Gelo é uma sensação à parte. O visitante esquece do calor de Foz e se sente como se estivesse no Polo Norte, numa temperatura a -15 °C. E o mais bacana é que tudo lá dentro é de gelo e as bebidas são free. Pode beber drinks à vontade em copos de gelo.

O Super Carros chega para completar. Uma opção ousada e divertida.
Para mais informações, acompanhe o Dreams nas redes sociais Facebook e Instagran. O Dreams Park Show fica na Av. das Cataratas, nº 8.100.

Destaques, Foz do Iguaçu, Turismo,

Marco das 3 Fronteiras prepara atendimento especial para o feriadão. Veja fotos do atrativo!

O Marco das 3 Fronteiras, lugar mais charmoso de Foz do Iguaçu, está preparado para receber visitantes e moradores durante todo o feriadão de Finados. Cenários únicos, apresentações culturais e música ao vivo no restaurante Cabeza de Vaca são algumas das atrações imperdíveis do local.

De sábado (31 de outubro) a segunda-feira (2 de novembro), das 15h às 21h, o Marco estará aberto para o público, com capacidade de atendimento de mil e quinhentas pessoas simultaneamente. A medida tem o objetivo de manter o passeio ainda mais seguro para todos neste período de pandemia do coronavírus.

Picanha à brasileira (Foto: Nilton Rolin)

O Restaurante Cabeza de Vaca está aberto oferecendo uma experiência gastronômica, com direito à música ao vivo todas as noites. A casa possui um cardápio singular, com sabores marcantes da fronteira, além de garantir uma vista privilegiada do encontro entre os rios Iguaçu e Paraná.

Visitante na Placa das 3 Fronteiras (Foto: Nilton Rolin)

As tradicionais apresentações culturais, que encantam visitantes do mundo todo homenageando a história e a cultura dos três países da fronteira, começam a partir das 18h30, logo após o pôr do sol latino do Marco.

Polca paraguaia (Foto: Caio Coronel)

Quer saber mais sobre o que fazer no Marco das 3 Fronteiras? Fale com a equipe do atrativo pelo WhatsApp: +55 (45) 9137-3444 (wa.me/554591373444).

Voz e violão no restaurante Cabeza de Vaca (Foto: Kiko Sierich)

Serviço:
Feriadão de Finados – Marco das 3 Fronteiras
Atendimento: todos os dias, das 15h às 21h
Apresentação de danças: a partir das 18h30
Restaurante Cabeza de Vaca: das 16h às 22h

Destaques, Foz do Iguaçu, Turismo,

Rede hoteleira de Foz do Iguaçu deve registrar ocupação de 55% no feriado de Finados

Pesquisa traz otimismo ao setor e revela crescimento em relação à presença dos turistas nos feriados anteriores. Reabertura da Ponte da Amizade e campanha Vem Pra Foz impulsionam retomada do turismo

A retomada do turismo vai ocorrendo de maneira gradual em Foz do Iguaçu. Isso é o que mostra uma pesquisa realizada pelo Sindhotéis (Sindicato de Hotéis, Restaurantes, Bares e Similares), a qual apontou que a média de ocupação da rede hoteleira da cidade no feriado de Finados será de 54,7%.

Apesar de ser uma taxa considerada baixa em comparação com o período pré-pandemia, os números trazem otimismo ao setor e revelam crescimento em relação à presença dos turistas nos feriados anteriores. Em setembro, o registro para o feriado da Independência foi de uma taxa de 30%, e, mais recentemente, o de Nossa Senhora Aparecida bateu a casa de 38,7%.

Assim como nos últimos levantamentos, os hotéis de cinco e quatro estrelas estão entre os mais procurados para o período de sábado (31) a segunda-feira (2), com média de ocupação de 61,9% e 57,7%. Os estabelecimentos de duas e três estrelas aparecem na sequência, com 50,1% e 49,2%.

De acordo com o presidente do Sindhotéis, Neuso Rafagnin, a taxa de ocupação deve ser ainda maior, pois “a maioria dos hoteleiros, principalmente dos estabelecimentos de pequeno porte, nos relataram que esperam uma melhora até sábado em virtude da alta procura que estão recebendo por parte dos turistas”, explica.

Compras no Paraguai: mais uma opção para o turista

Ao contrário dos últimos feriados, neste os visitantes terão a oportunidade de realizar a travessia da Ponte da Amizade para fazer compras em Ciudad del Este, no Paraguai. A circulação para o país vizinho estava restrita desde março, em razão da pandemia de covid-19, e no dia 15 de outubro voltou a ser permitida.

Parque Nacional do Iguaçu – Crédito Nilton Rolin – Cataratas do Iguaçu SA

Durante o feriado, os visitantes poderão ainda conhecer os outros atrativos do Destino Iguaçu, como as Cataratas do Iguaçu, o Parque das Aves, a Itaipu Binacional, o Dreamland, e ainda contemplar o pôr do sol do Marco das Três Fronteiras – um dos mais belos do Brasil.

Vem pra Foz

O processo de retomada do turismo em Foz do Iguaçu conta com o apoio da campanha Vem Pra Foz, promovida pela Itaipu Binacional com apoio do trade turístico do Destino Iguaçu. A ação teve como foco inicial o estímulo ao turismo regional e depois foi responsável pela criação do aplicativo Foz com Desconto, uma plataforma para a venda de atrativos, produtos e serviços com condições especiais. Clique AQUI para saber mais.

Por: Sindhotéis

Destaques, Foz do Iguaçu, Turismo,

Parque Nacional do Iguaçu amplia atendimento e redobra cuidados no feriadão. Veja fotos!

O Parque Nacional do Iguaçu atenderá os visitantes no feriadão de Finados, de sábado (31 de outubro) a segunda-feira (2 de novembro), das 8h às 17h. A capacidade de atendimento da unidade de conservação, que abriga as Cataratas do Iguaçu, será de 525 visitantes por hora, totalizando o limite máximo de 5.250 entradas por dia.

Os ingressos são limitados e vendidos exclusivamente on-line, no site www.cataratasdoiguacu.com.br. O visitante precisa realizar a aquisição e agendar o dia e o horário da visita com antecedência.

A compra está sujeita à disponibilidade de vagas. Não há restrição de idade para fazer o passeio. A medida tem o objetivo de ampliar as vagas de visitação e manter o parque ainda mais seguro para todos, neste período de pandemia do Covid-19.

Orientações para um passeio seguro e de qualidade – É obrigatório o uso de máscara em todo o passeio no Parque Nacional do Iguaçu. A unidade de conservação passa por um minucioso trabalho de sanitização de todo o circuito turístico, oferecendo ainda mais proteção aos visitantes.

O parque faz o controle individual de acesso de todas as pessoas que o visitam com uma barreira sanitária instalada no Centro de Visitantes. Além disso, o visitante é relembrado durante todo o passeio, a manter a máscara (cobrindo a boca e o nariz) e as mãos higienizadas com álcool gel, que são disponibilizados em todo o parque.

Crédito fotografias: Nilton Rolin / Cataratas

Serviço:
Parque Nacional do Iguaçu – Feriadão de Finados 2020
Funcionamento: de sábado a segunda-feira, das 8h às 17h
www.cataratasdoiguacu.com.br
contato@catarataspni.com.br

Destaques, Foz do Iguaçu, Turismo,

Parque das Aves de Foz do Iguaçu espera receber seis mil turistas no feriadão do Dia de Finados

Além de proporcionar uma experiência única com aves da Mata Atlântica, atrativo traz novidades aos visitantes no maior viveiro de imersão do Brasil e a possibilidade de o visitante alimentar cerca de 300 periquitos

O feriado de Finados, em 2 de novembro, irá movimentar ainda mais o Parque das Aves, em Foz do Iguaçu. Após a pandemia que deixou o atrativo fechado por 6 meses, o Parque, que está aberto das 9h às 17h, espera receber cerca de 6 mil turistas do Brasil no intervalo entre os dias 31 de outubro e 2 de novembro.

Este ano, o feriadão prolongado cai em uma segunda-feira, e com o fim de semana serão três dias consecutivos de folga para o turista, visitante de Foz do Iguaçu, conhecer aves da Mata Atlântica, aprender sobre elas e aproveitar momentos de recreação e turismo em contato com a fauna e flora desse bioma diverso e rico.

De acordo com Jurema Fernandes, diretora administrativa do Parque das Aves, o atrativo está preparado para receber os visitantes neste momento de aumento da demanda. “O Parque está todo sinalizado com o distanciamento necessário entre as pessoas, há álcool em gel em diversos pontos espalhados pela trilha e o uso de máscara é obrigatório em todo o percurso”.

A previsão otimista se repete a cada feriado prolongado. No feriadão do Dia das Crianças e da Padroeira, o movimento no atrativo foi 75% superior ao feriado da Independência. “A cada feriado temos superado o nosso volume diário de visitantes e isso, certamente, nos fará chegar a patamares anteriores à pandemia cada vez mais rápido”, diz Jurema.

Novidades

No retorno da pandemia, o Parque das Aves presenteia o visitante com duas novidades únicas no Brasil: o Viveiro Cecropia, maior viveiro de imersão do Brasil e um dos maiores do mundo só com aves resgatadas de tráfico e maus-tratos; e a possibilidade de o visitante alimentar cerca de 300 periquitos dentro do Viveiro Cecropia com um mix de sementes, uma experiência interativa que aproxima o visitante ainda mais da natureza respeitando os limites das espécies.

O Parque está inserido no principal remanescente de Mata Atlântica de interior do Brasil e durante a trilha o visitante encontra uma aventura de descobertas e conhecimentos sobre as espécies de animais que habitam o Parque. Além do Cecropia, o Parque tem outros quatro viveiros de imersão, que são espaços onde o turista fica bem próximo de diversas espécies de aves: Pequenos Marrons, Aves de Rio e Mangues, Viveiros das Araras e o Borboletário.

Segundo Jurema, o Parque proporciona ao visitante uma experiência imersiva no segundo bioma mais biodiverso do mundo. Uma experiência com árvores, plantas, borboletas, insetos e outros elementos da natureza que fazem o turista se encantar com as belezas, os cheiros e sons da floresta.

“O nosso trabalho traz paz, encantamento e momentos inesquecíveis ao visitante. Somos um Centro de Conservação de Aves da Mata Atlântica, por isso, além de viver uma experiência memorável, o visitante ainda está contribuindo na construção de um mundo melhor”, conta.

Venda antecipada

A procura por ingressos neste feriado será grande, então a orientação é que os visitantes comprem as entradas com antecedência, para garantir a data e horário da visita. Os ingressos estão disponíveis no site do Parque das Aves (https://ingressos.parquedasaves.com.br/) e o pagamento pode ser feito com o cartão de crédito.

Geral, Turismo,

Puerto Iguazú recebe primeiro voo regular após sete meses

Primeiros passageiros vieram do aeroporto Ezeiza, na região metropolitana de Buenos Aires.

O Aeroporto Internacional de Puerto Iguazú, na Argentina, voltou a receber no domingo (25), o primeiro voo regular após sete meses com os serviços paralisados devido a pandemia de Covid-19.

Na sexta-feira, chegou o primeiro voo regular à província de Misiones, aterrissando em Posadas e ontem em Iguazú.

O primeiro voo a retornar à fronteira argentina veio de o Aeroporto Internacional Ezeiza, de Buenos Aires, da empresa Aerolíneas Argentinas, com capacidade para 80 passageiros. Destes, 19 desembarcaram em Iguazú.

Os passageiros precisaram passar por um controle sanitário assim que desembarcaram da aeronave.

Por: Rádio Cultura

Destaques, Foz do Iguaçu, Turismo,

Parque Nacional do Iguaçu terá reajuste no ingresso dia 1º de novembro

O ingresso para visitar o Parque Nacional do Iguaçu será reajustado a partir de 1º de novembro de 2020. O valor do ingresso é atualizado com base no Índice Geral de Preços do Mercado (IGP-M), com vistas a repor as perdas da inflação, anualmente.

Os novos valores podem ser conferidos na Portaria nº 1.005, do Ministério do Meio Ambiente, de 8 de outubro de 2020, publicada dia 15 de outubro. AQUI para ver o documento na íntegra.

Visita ao Parque Nacional do Iguaçu – Os ingressos para visitar o parque são vendidos exclusivamente on-line, no site www.cataratasdoiguacu.com.br. E como neste momento a unidade de conservação está com limitação, o visitante precisa realizar a aquisição e agendar o dia e o horário da visita. A compra está sujeita à disponibilidade de vagas.

Central de Atendimento ao Visitante no WhatsApp: +55 (45) 9137-3444 (wa.me/554591373444)

Mais informações:
Parque Nacional do Iguaçu
www.cataratasdoiguacu.com.br
contato@catarataspni.com.br
Telefone: +55 (45) 3521-4400

Fotografia: Nilton Rolin

Destaques, Foz do Iguaçu, Turismo,

Voepass antecipa voos de PG para Foz do Iguaçu para o próximo sábado (24)

A Voepass vai antecipar em um dia o início da nova rota aérea entre Ponta Grossa e Foz do Iguaçu. O voo inaugural estava previsto para ocorrer neste domingo (25), mas foi antecipado pela empresa e remarcado para sábado (24). De acordo com a programação da empresa, o avião vai pousar em Ponta Grossa, vindo de São Paulo, às 14h15, e vai decolar às 14h45 do aeroporto Sant’Ana para o Aeroporto Internacional de Foz do Iguaçu, onde vai pousar às 16h10. Segundo a empresa, a antecipação se deve por um ‘ajuste de malha’. 

Ainda, o primeiro voo vindo de Foz do Iguaçu está previsto para decolar às 8h e pousar em Ponta Grossa às 9h25, a aeronave fica em solo ponta-grossense por 30 minutos, para decolar, em direção ao aeroporto de Congonhas às 9h55, com previsão de pouso às 11h20 na capital paulista. Os voos entre Ponta Grossa e Foz do Iguaçu acontecem às quartas-feiras e sábados, às 11h40. Já a linha de retorno a Ponta Grossa, parte de Foz do Iguaçu às quartas-feiras às 14h30 e aos domingos às 08h.

Horários dos voos para Congonhas

A empresa também confirmou os horários dos voos para o aeroporto de Congonhas em São Paulo, SP. Os voos acontecem de Ponta Grossa para Congonhas às quartas-feiras, partindo as 16h25 e aos domingos, às 9h55. Já os voos que partem de Congonhas serão realizados às quartas-feiras e aos sábados, ambos às 9h45.

Por: D’ponta

Destaques, Paraná, Turismo,

Turismo do Paraná tem retomada gradual e setor acredita em recuperação plena em 2021

É o que mostra a segunda edição da Sondagem dos Impactos da Covid-19, feita pela Paraná Turismo e o Cepatur. Cerca de 70% dos 1.050 empresários que participaram acreditam que a retomada em um ritmo mais forte não é esperada em 2020.

Os resultados da segunda edição da Sondagem dos Impactos da Covid-19 desenvolvida em parceria entre a Paraná Turismo e o Conselho Paranaense de Turismo (Cepatur) mostram que o setor de turismo está retornando as atividades de forma gradual e que o empresariado do Estado acredita em uma retomada plena das somente em 2021. Os dados foram coletados no período de 4 a 16 de setembro.

O período pandêmico afeta diretamente a intenção de viagem do turista em potencial e, consequentemente, o setor do turismo. Diante desse cenário, o retorno das atividades turísticas depende não somente do respeito a protocolos sanitários, mas também de como será o comportamento do turista, o que afeta diretamente os empreendimentos.  

Cerca de 70% dos 1.050 empresários do setor do turismo que responderam à pesquisa acreditam que a retomada em um ritmo mais forte não é esperada em 2020. Ainda de acordo com a sondagem, apenas 18% dos hotéis do Paraná tiveram mais do que 40% de ocupação em setembro, o que demonstra que o movimento de turistas no Estado ainda é tímido, mas que dá algumas demonstrações de recuperação. 

Outro dado que demonstra os impactos da pandemia no turismo é que 65% das empresas do setor demitiram pelo menos uma pessoa no período e que menos de 6% fizeram contratações. A previsão de empresários é que as reposições de vagas de trabalho devam acontecer somente entre janeiro e fevereiro. 

A pesquisa nasceu ainda entre os meses de março e abril, com a intenção de entender as necessidades do empresário e a visão do turista nos momentos iniciais da pandemia, além de ter servido como embasamento para o Projeto de Retomada do Turismo no Paraná. A segunda edição da sondagem, com dados coletados de 4 a 16 de setembro, foi feita por uma necessidade de reavaliação dos resultados da primeira edição.

Gradual

De acordo com a diretora técnica da Paraná Turismo, Isabella Tioqueta, o que se pode perceber a partir dos dados da segunda avaliação é que o setor do turismo está, sim, retornando de forma gradual.

Esse indicativo é corroborado, inclusive, com dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), que aponta aumento de 28% nas atividades turísticas na comparação entre os meses de julho e agosto. “Um dado importante da nossa pesquisa é o de entender que essa necessidade [de o turista se deslocar] vem de alguns segmentos prioritários que buscam a não aglomeração, como turismo de aventura, ecoturismo e turismo rural, que são segmentos trabalhados essencialmente ao ar livre”, explicou Isabella. 

A diretora técnica esclareceu, ainda, o motivo de ter sido feita uma segunda etapa da sondagem. “Foi feita uma reavaliação dessa pesquisa principalmente buscando entender qual é a atual visão do turista e da população paranaense e também qual é a situação que os empresários do setor do turismo vêm passando nesse momento”. 

Guias

A Paraná Turismo lançou também os resultados da Sondagem dos Impactos da Covid-19 com os guias de turismo, que foi feita durante o mês de setembro. Assim como na sondagem feita com os empresários, a maioria dos 140 guias (41%) respondentes também acredita que as atividades turísticas só devem retornar plenamente somente a partir do segundo semestre de 2021.

A pesquisa apontou também que entre os guias respondentes, 32% conseguiram se manter operacionais após o decreto de pandemia pela Organização Mundial da Saúde (OMS), em março. 

Com relação às medidas governamentais mais relevantes para a minimização da crise provocada pela pandemia, 23% acreditam que a principal delas seja a promoção de campanhas publicitárias para incentivar o turismo, enquanto que 17% acreditam que a principal medida seja a disponibilização de auxílio financeiro para capital de giro.

Esses dados refletem outra informação apontada pela pesquisa, a de que 57% dos guias responderam que necessitam de crédito durante o período de pandemia. Até por conta dessa necessidade, 22% tiveram que adotar o corte de custos como principal medida de mitigação dos impactos da pandemia, enquanto que 18% passaram a trabalhar com remarcações ou adiamento de serviços. 

Os dados completos das sondagens dos impactos da Covid-19 no empresariado e nos guias de turismo podem ser solicitados pelo e-mail estatista@turismo.gov.br.