Browsing Category

Cascavel

Leia as últimas notícias sobre Cascavel no CabezaNews, site de informação com reportagens exclusivas, fotos, vídeos e conteúdos sobre Foz do Iguaçu e sobre o Paraná.

O CabezaNews leva ao público notícias de utilidade pública, curiosidades, turismo, lazer, cultura. Sobretudo com um olhar voltado para a região da tríplice fronteira entre Brasil, Paraguai e Argentina.

Em Foz, nossa cobertura foca os principais acontecimentos da cidade, incluindo eleições 2020, o avanço da pandemia do novo coronavírus, as ações da Itaipu Binacional, bem como a administração do prefeito Chico Brasileiro.

O site não deixa de lado o que acontece no restante do estado do Paraná. Notas exclusivas dos bastidores da política, da Assembleia Legislativa, ações do governo do Paraná e da administração Ratinho Júnior. Assim como as principais notícias nacionais.

O CabezaNews é editado por Ronildo Pimentel, jornalista com mais de 30 anos de atuação em jornalismo impresso e digital.

Cascavel, Destaques,

Incêndio de grandes proporções atinge barracão de empresa que produz essência de narguilé em Cascavel

Segundo o Corpo de Bombeiros, havia bastante material inflamável no local e isso facilitou para que as chamas se alastrassem. Ninguém ficou ferido.

Um incêndio de grandes proporções atingiu um barracão em Cascavel, no oeste do Paraná, na madrugada deste domingo (10). Segundo o Corpo de Bombeiros, havia bastante material inflamável no local e isso facilitou para que as chamas se alastrassem. Ninguém ficou ferido.

A equipe dos socorristas disse ainda que tinham seis cilindros de gás no barracão e que deu bastante trabalho para controlar o fogo e evitar que o incêndio atingisse as casas vizinhas.

O barracão faz parte de uma empresa que produz carvão e essência de narguilé.

Até a última atualização da reportagem, não havia informações sobre o que provocou as chamas.

Por: G1 Oeste e Sudoeste

Cascavel, Destaques, Geral,

Com toque de recolher, PM já atendeu 212 ocorrências no oeste. Em Foz, festas tinham 400 e 600 participantes

Diante do agravamento da pandemia, o governo estadual decretou toque de recolher das 23h às 5h em todo o Paraná, além de proibir confraternizações e eventos presenciais que causem aglomerações com grupos de mais de dez pessoas.

Adianta O Paraná que as medidas foram decretadas no dia 2 de dezembro e prorrogadas para até 29 deste mês. Nesse período, a Polícia Militar é responsável por garantir o cumprimento da medida, com apoio de órgãos sanitários estaduais e municipais.

De acordo com a PM, em toda a área de atuação do 5º Comando da PM, que compreende os Batalhões de Cascavel, Foz do Iguaçu, Toledo, Francisco Beltrão e Pato Branco, do dia 3 dezembro, quando a fiscalização teve início até o dia 22, foram atendidas 212 ocorrências por desrespeito às restrições sanitárias em vigor.

O tipo de infrações registradas não foi informado. Mas, dentre elas, estão as festas que reuniram 400 e 600 pessoas no interior de Foz do Iguaçu, registradas na última semana, e ainda o fechamento de estabelecimentos comerciais que registravam aglomeração e não possuíam Termo de Responsabilidade Sanitária.

Esses 212 atendimentos resultaram em 23 termos circunstanciados (autuações por crimes de menor potencial ofensivo) e 34 encaminhamentos de autores às autoridades competentes.

O 5º Comando ressalta que as ações da PM visam sempre, em um primeiro momento, a orientação e conscientização das pessoas sobre suas responsabilidades. Entretanto, nos casos em que as orientações não são suficientes para eliminar os riscos de contágio pela covid-19, é necessária autuação e encaminhamento dos envolvidos.

Mais de 3 mil
O total de ocorrências atendidas pela Polícia Militar na região de atuação do 5º Comando, desde o início da pandemia, chega a 3.073 registros, todas relacionadas ao desrespeito das restrições sanitárias impostas pelo poder público.

Foram confeccionados nesse período 217 termos circunstanciados e o encaminhamento de 405 autores de infrações.

Cascavel, Coronavírus, Saúde,

Morre de Covid-19 empresário e suplente de senador do Podemos

Mensagem enviada pelo Podemos do Paraná

NOTA DE PESAR

É com grande pesar que o Podemos Paraná comunica o falecimento de Plinio Destro, presidente da executiva municipal do partido em Cascavel e suplente do senador Oriovisto Guimarães. Destro estava internado em São Paulo por complicações da Covid-19, onde veio a falecer nesta quinta-feira (24).

O presidente estadual do partido, Cesar Silvestri Filho, lamentou a perda do amigo. “É uma notícia que nos deixa imensamente tristes. Plinio Destro era uma pessoa admirada por todos, foi vice-prefeito de Cascavel, era um empresário de sucesso e vinha trabalhando para fortalecer o partido no município. Mas, acima de tudo, era meu amigo, um grande amigo que fiz em Cascavel, a quem respeitava muito. Meus sinceros sentimentos à família e amigos nesse momento de profunda dor e tristeza.”

Presidência
Podemos Paraná

Cascavel, Geral,

Programa Oeste em Desenvolvimento (POD) tem novo presidente

“Juntos vamos fazer o Oeste ainda mais forte”, afirma Rainer Zielasko, eleito presidente do POD

O Programa Oeste em Desenvolvimento (POD) elegeu a nova diretoria para o próximo biênio. Por unanimidade, o industrial Rainer Zielasko foi escolhido presidente, cargo ocupado por Danilo Vendruscolo em dois mandatos. A reunião virtual foi sediada na Associação Comercial e Industrial de Cascavel (ACIC).

O presidente eleito é executivo da Fiasul Indústria de Fios, em Toledo. Integrarão a diretoria do POD, como primeiro e segundo-vice-presidentes, Elias José Zydek, diretor da Cooperativa Frimesa, de Medianeira, e Alci Rotta Junior, representante da Coordenadoria das Associações Comerciais e Empresariais do Oeste do Paraná (Caciopar).

Em sua explanação, falando pelos membros da mesa diretora eleita, Rainer Zielasko elogiou o trabalho realizado pelo POD, com destaque à atuação dos atuais integrantes da diretoria do programa.

Enfatizou a força do associativismo para a busca de resultados à coletividade e a pujança social e econômica da região.

“O POD é um programa que tem respeito em todo o Paraná, dá visibilidade à região e é uma ferramenta fabulosa de mobilização”, frisou. “Vamos dar continuidade a esse trabalho, que é feito por todos, juntar as forças vivas da sociedade para juntos fazermos o Oeste ainda mais forte”, asseverou Rainer.

A nova diretoria do POD assumirá as funções no próximo dia 1º de janeiro, para o período 2021-2022. A posse festiva está prevista para ser realizada durante a programação do Show Rural Coopavel, marcado para março na cidade de Cascavel.

Balanço

Homenageado por sua atividade à frente do POD, o empresário iguaçuense Danilo Vendruscolo fez um balanço de suas duas gestões, de 2017 a 2020. Ele rememorou que o programa foi criado em 2014 e formalizado há dois anos, período em que se tornou sustentável, passando a ser mantido com recursos dos associados e independente do poder público.

“Hoje, o Oeste tem voz. Nossa maior conquista foi consolidar o POD como um espaço de articulação e união das forças e lideranças para o desenvolvimento, melhoria e transformação na nossa região”, sublinhou. “Minha palavra só pode ser de gratidão a todos que nos acompanham nessa caminhada”, concluiu Danilo Vendruscolo, emocionado.

Ele apresentou relatório das ações nas sete áreas prioritárias do programa, com destaque para infraestrutura, energia, sanidade, pequenos negócios, empreendedorismo e inovação. Vendruscolo enfatizou o fortalecimento institucional do POD, reconhecido para compor o Conselho de Desenvolvimento Empresarial e de Infraestrutura do Paraná, que é presidido pelo governador Carlos Massa Ratinho Junior.

Dedicação ao Oeste

Presente à assembleia, o presidente da Cooperativa Coopavel, Dilvo Grolli, afirmou que a transição das diretorias representa um dia histórico.

“O POD é o maior programa do Brasil de defesa de uma base territorial. Hoje, temos uma casa e um refúgio para nossos problemas e para a defesa de nossos interesses, que é o Programa Oeste em Desenvolvimento”, enfatizou.

O empresário também destacou o papel das lideranças à frente do programa. “O Danilo Vendruscolo, que deixa a presidência, pode ser definido como um símbolo de defesa do Oeste do Paraná, que tem todo o nosso respeito. E Rainer Zielasko, que assumirá o cargo, é um companheiro de grandes jornadas a favor da região”, avalizou.

POD mais forte

O gerente da Regional Oeste do Sebrae, Augusto Cesar Stein, ressaltou que momentos de transição fortalecem as organizações.

“O Sebrae acredita muito nesse programa. O Oeste é uma região que já é forte e quando está unida em torno de suas pautas e prioridades, em torno do POD, ela fica ainda mais forte”, ponderou.

O gestor mencionou a importância das lideranças que fazem parte do Programa Oeste em Desenvolvimento. “O Danilo Vendruscolo reforçou ainda mais o nome do programa e desenvolveu um conjunto de relações importantes, em diversos níveis. Agora, Rainer Zielasko assumirá a presidência contando com uma experiência muito forte na base do associativismo”, pontuou.

Desenvolvimento regional

Ação de governança territorial pioneira no estado, o POD reúne 60 instituições com atuação em 54 municípios da região, que juntos somam mais de 1,3 milhão de habitantes. Voltado para o desenvolvimento, a sustentabilidade e a promoção da qualidade de vida, o programa é formado pelo setor empresarial, poder público e universidades.

(Programa Oeste em Desenvolvimento)

Cascavel, Saúde,

Mais um profissional da imprensa de Cascavel morre vítima da covid-19

O repórter cinematográfico João Luis Riedlinger dos Santos morreu na manhã deste domingo (20) vítima da covid-19.

Segundo informou a Associação dos Jornalistas de Cascavel pelas redes sociais, ele sofreu uma parada cardiorrespiratória por complicações causadas pela covid-19.

João tinha 55 anos, era repórter cinematográfico e presidente do Sintrop (Sindicato dos Trabalhadores em Empresas de Radiodifusão de Cascavel e Região Oeste do Paraná). Ele testou positivo há cerca de um mês e estava internado em Umuarama.

Ele é o terceiro óbito entre profissionais de imprensa de Cascavel por covid-19 nos últimos meses. O radialista Ronaldo Kracieski faleceu no dia 26 de outubro e o repórter cinematográfico Alberto Cattani faleceu na última semana, no dia 16 de dezembro.

Por: Portal 24

Cascavel, Saúde,

Repórter cinematográfico Alberto Cattani, de Cascavel, morre vítima da covid-19

O Repórter Cinematográfico, Alberto Cattani de 53 anos , morreu no Hospital Universitário do Oeste do Paraná (Huop) em Cascavel, no fim da noite de terça-feira (15).

Cattani estava lutando para se recuperar da covid-19, quando não resistiu e morreu.

De acordo com a Acesc (Administração de Cemitérios e Serviços Funerários de Cascavel), o velório acontece na Capela C e o sepultamento está programado para às 11h no Cemitério Central.

Por: Catve

Cascavel, Destaques, Geral,

Shopping diferente vai impulsionar economia e lazer em Santa Tereza do Oeste

Município ganhará também uma piscina térmica pública voltada para a saúde dos idosos, mas que também deve atender pessoas de todas as idades. Obras contam com apoio do Governo do Estado. Espaços serão inaugurados em 2021.

Santa Tereza do Oeste, município com pouco mais de 10 mil habitantes, terá, a seu próprio modo, um pequeno shopping. A solução tem nome mais burocrático, barracão comercial, mas o projeto não é nada simples. A ideia é que ele seja um espaço de convívio das famílias num complexo que contará com um centro cultural e, futuramente, será a “porta de entrada” de um passeio sobre o Parque Nacional do Iguaçu, que margeia a cidade.

O shopping é uma estrutura de um piso nas margens da BR-277 com 916,9 metros quadrados e que será repassado em forma de comodato para empresas exporem e venderem seus produtos. Esse grande bloco de estacas de concreto e tijolos terá 15 boxes com vitrines voltadas para a rodovia que conecta Curitiba a Foz do Iguaçu, a 20 quilômetros de Cascavel. Os espaços têm 61,1 metros quadrados. Todos contam com banheiros.

O projeto está sendo construído no local onde será instalado um centro cultural. Nesse espaço havia competições de rodeio e uma reforma, concluída neste mês de dezembro, ampliou a sua estrutura, que já está pronta para receber o acervo histórico municipal e novos eventos. Essa área do shopping e do centro cultural está sendo cercada em uma nova licitação, que também contempla paisagismo, marcando esse ponto como espaço de convívio e entretenimento.

O investimento da Secretaria de Estado do Desenvolvimento Urbano e de Obras Públicas no barracão é de R$ 1.012.184,74 e as obras, iniciadas há dois meses, já atingiram 20% de execução. Os recursos foram liberados pelo Sistema de Financiamento aos Municípios (SFM), linha operacionalizada pelo Paranacidade e Fomento Paraná. A entrega deve ocorrer no primeiro semestre de 2021.

“É um projeto ambicioso e que está dentro do planejamento estratégico do Estado. É um município pequeno, mas com uma localização privilegiada e com o Parque Nacional do Iguaçu como pano de fundo. É uma ideia que estimulará o comércio e uma disputa sadia pela vitrine da cidade”, afirma o governador Carlos Massa Ratinho Junior.

Segundo o prefeito Elio Marciniak, a ideia é reservar os espaços centrais do barracão comercial para uma pequena praça de alimentação, com intuito de motivar a permanência das pessoas. O projeto conta, ainda, com amplo estacionamento, canteiro com árvores, bancos de espera, lixeiras e iluminação em LED.

“É um barracão comercial em uma região industrial. Essas fábricas poderão usar o espaço para expor seus produtos, mas também queremos atrair outros negócios. Esse é um novo complexo pensado para aproveitar melhor a vizinhança que temos com o Parque Nacional do Iguaçu. Possivelmente teremos uma trilha de visitação integrada ao museu, às lojas e aos restaurantes”, destaca o prefeito.

Continue lendo em: AEN

Cascavel, Política,

Em uma década, contas de Cascavel foram aprovadas sem ressalvas só no atual governo

Nos últimos dez anos, as contas da prefeitura de Cascavel tiveram parecer prévio pela regularidade e foram aprovadas sem ressalvas apenas nos anos de 2018 e 2019. No ano anterior, em 2017, quando foi executado o orçamento deixado pela gestão anterior, houve uma ressalva por conta de um documento que deixou de ser anexado, prontamente corrigido. Nos anos anteriores, sempre houve ressalvas ou recomendações.

O zelo com o dinheiro público é uma determinação do prefeito Leonaldo Paranhos (PSC) que faz fiscalização rígida no cumprimento dos contratos. Paranhos também faz questão de acompanhar a aplicação dos recursos financeiros. Além disso, desde o primeiro dia de governo, o prefeito determinou tolerância zero com a corrupção e sempre pediu para que a população ajudasse a fiscalizar fazendo denúncias.

“O combate à corrupção é responsabilidade de todos nós, ou seja, de quem está no poder público e da sociedade como um todo”, enfatiza o prefeito.

O rigor na fiscalização se aplica, inclusive, aos produtos entregues pelas empresas vencedoras nas licitações, uma vez que o Município ampliou a concorrência e os descontos obtidos nos certames.

“Saímos de uma economia média de 10% para 32% nas licitações, mas aumentamos a fiscalização nos processos de compras. Para isso criamos uma secretaria específica [Casa Civil – Secretaria da Transparência, da Prevenção e Combate à Corrupção], que tem justamente a função de analisar processos e acompanhar a entrega de produtos e serviços”, completa o prefeito.

Cascavel, Destaques, Saúde,

Urgente: Cascavel tem 100% de ocupação dos leitos de UTI para pacientes com Covid-19

Sistema de saúde no Oeste apresenta uma ocupação de 94,77%.

O promotor de Justiça, Ângelo Ferreira, de Cascavel, faz um apelo à população da cidade para que retome os cuidados para evitar a propagação da Covid-19, pedindo para que as pessoas se abstenham das festas de final de ano.

A gravação foi feita na quarta-feira (9) após o anúncio de que não há mais leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) destinados a pacientes de Covid em Cascavel.

Além de Cascavel, outras cidades da região Oeste paranaense estão com ocupação de leitos de UTI exclusivos para Covid-19, com mais de 90% de lotação. Com isso, o sistema de saúde no oeste apresenta atualmente uma ocupação de 94,77%.

Pato Branco – 97,5% leitos de UTI ocupados
Foz do Iguaçu – 94% leitos de UTI ocupados
Toledo – 92,5% leitos de UTI ocupados

Por: Rádio Cultura

Cascavel, Geral,

Crea-PR fiscaliza plantio da Safra Verão na região oeste paranaense

Na região oeste paranaense, a Safra Verão 2020/2021 já começou a ser fiscalizada pelo Conselho Regional de Engenharia e Agronomia do Paraná (Crea-PR). Propriedades rurais estão sendo fiscalizadas com o objetivo de verificar se as atividades no campo estão regulares, checando se os produtores estão cumprindo a legislação no que diz respeito à presença de um profissional responsável pelo plantio. Uma ação importante que, segundo o Engenheiro Agrônomo e coordenador da Câmara Especializada de Agronomia do Crea-PR, Marcos Marcon, traz benefícios para todos os envolvidos. 

“Ter um profissional capacitado prestando assessoria técnica representa várias vantagens. Para o produtor rural, são melhores condições de diminuir custos, aumentar produtividade e aferir lucro maior ao final da safra. Para a sociedade, a principal vantagem é que teremos alimentos mais seguros sendo produzidos, pois há acompanhamento adequado. Para o meio ambiente, é a possibilidade de ter diminuição na aplicação de produtos químicos, menor erosão e mais economia dos recursos naturais”, enumera Marcon. 

As culturas mais fiscalizadas pelo Crea-PR são as fruticulturas, olericulturas, pisciculturas, produção de sementes e mudas. Receituários agronômicos, quadro técnico de empresas e cooperativas completam a lista. São feitas, ainda, visitas em culturas permanentes. Na Safra Verão, as atenções se voltam, especialmente, aos plantios de soja e milho.

Na Safra Inverno 2019, o Crea-PR encontrou 78,6% de irregularidades nas fiscalizações agrícolas. Na regional Cascavel, o índice foi de 71,8 % de irregularidades. Em 2020, em todo o estado, a porcentagem de irregularidades foi de 89,6 %, enquanto que na regional, foi de 94,7%. 

As irregularidades estavam relacionadas ao exercício ilegal da profissão por parte dos produtores rurais ou à falta da Anotação de Responsabilidade Técnica (ART) pelo profissional eventualmente já contratado. Isso significa que, em alguns casos, o agricultor já tinha contratado o Engenheiro Agrônomo, mas ele não teria emitido o documento junto ao Conselho. A ART identifica de forma legal, objetiva e rastreável, que a obra foi planejada e executada por um ou mais profissionais legalmente habilitados pelo Crea, e que cabe exclusivamente a este, ou a estes profissionais a responsabilidade técnica pela obra ou serviço realizado. Também são obtidas informações a respeito da área da propriedade, equipamentos e existência de mão-de-obra familiar ou contratada.

“Em 2020, foram fiscalizadas 552 propriedades e a alta porcentagem de irregularidades se deve ao próprio sistema de fiscalização. Internamente, realizamos um trabalho de inteligência de cruzamento de dados com proprietários e documentações. Dessa forma, direcionamos a fiscalização para aquelas propriedades que já apresentam alguma dificuldade na identificação do profissional responsável ou da ART”, explica o gerente da regional Cascavel do Crea-PR, Engenheiro Civil Geraldo Canci. 

Agora, um novo cruzamento de dados está sendo realizado e, caso não sejam identificadas as informações necessárias, os proprietários serão oficiados para se regularizarem junto ao Conselho, que recomenda que toda propriedade rural com produção de finalidade comercial tenha profissional habilitado para planejar, orientar e controlar os agroquímicos utilizados nas culturas. 

“É importante esclarecer, mais uma vez, que o receituário agronômico é diferente da ART. Os produtores rurais precisam diferenciar as duas documentações: o primeiro é um documento obrigatório para a comercialização de produtos agrícolas e o segundo é a comprovação de que a propriedade tem o devido acompanhamento profissional”, esclarece Marcon. 

Na safra deste ano, em virtude da pandemia, a maior parte o trabalho será feita virtualmente, com visitas presenciais apenas a propriedades com grandes indícios de irregularidades ou histórico de reincidência. Em caso de irregularidades, o Crea-PR realiza abertura de um processo de fiscalização para acompanhar cada situação. O Conselho salienta, ainda, que orientações técnicas e projetos agrícolas devem ser feitos sempre por empresas especializadas, com profissionais capacitados que atuam para o andamento das culturas e do meio ambiente, aumentando, assim, a segurança dos usuários e a qualidade dos produtos. 

“Enquanto Crea, nosso principal papel é oferecer informação, conscientizar sobre a importância do cumprimento das legislações e estar à disposição para oferecer o esclarecimento”, conclui Canci.

No Paraná, o Crea-PR possui quase 16.644 mil profissionais registrados na área da Agronomia. Na regional Cascavel, cerca de 2,3 mil estão devidamente capacitados para atuar nos campos.

AI CREA