Browsing Category

Coronavírus em Foz do Iguaçu

Leia as últimas notícias sobre Coronavírus em Foz do Iguaçu no CabezaNews, site de informação com reportagens exclusivas, fotos, vídeos e conteúdos sobre Foz do Iguaçu e sobre o Paraná.

O CabezaNews leva ao público notícias de utilidade pública, curiosidades, turismo, lazer, cultura. Sobretudo com um olhar voltado para a região da tríplice fronteira entre Brasil, Paraguai e Argentina.

Em Foz, nossa cobertura foca os principais acontecimentos da cidade, incluindo eleições 2020, o avanço da pandemia do novo coronavírus, as ações da Itaipu Binacional, bem como a administração do prefeito Chico Brasileiro.

O site não deixa de lado o que acontece no restante do estado do Paraná. Notas exclusivas dos bastidores da política, da Assembleia Legislativa, ações do governo do Paraná e da administração Ratinho Júnior. Assim como as principais notícias nacionais.

O CabezaNews é editado por Ronildo Pimentel, jornalista com mais de 30 anos de atuação em jornalismo impresso e digital.

Coronavírus em Foz do Iguaçu, Saúde,

Hospital municipal de Foz do Iguaçu terá mais 10 leitos de UTI para Covid-19

Em reunião nesta terça-feira, 23, com o secretário estadual de saúde, Beto Preto, o prefeito Chico Brasileiro garantiu a ampliação

A partir desta quarta-feira, 24, o Hospital Municipal Padre Germano Lauck, em Foz do Iguaçu, vai contar com mais 10 leitos de UTI (Unidade de Terapia Intensiva) para atendimento aos casos de Covid-19. A ampliação foi garantida pelo prefeito Chico Brasileiro em reunião com o secretário de saúde do Paraná, Beto Preto, nesta terça-feira, 23, em Curitiba.

Além dos novos leitos, o município vai receber novos equipamentos – como monitores e respiradores – por meio do Governo do Estado e do Ministério da Saúde. O apoio dos governos estadual e federal é fundamental no momento em que Foz vive o pior cenário da pandemia – com a ocupação na UTI do hospital municipal superior a 100% e 401 casos confirmados nesta terça.

“A partir de amanhã estes novos leitos já estarão em funcionamento. Em paralelo, o hospital também está buscando contratar mais equipes para que outros leitos possam ser abertos”, afirmou o prefeito Chico Brasileiro. O hospital municipal possui atualmente 102 leitos exclusivos para pacientes com coronavírus, sendo 50 de UTI.

Ainda segundo o prefeito, a previsão é que os novos equipamentos cheguem ainda nesta semana. “O secretário Beto Preto tem acompanhado, juntamente com toda a equipe da secretaria, a situação de Foz e de todo o Estado. Foz tem uma atenção especial, devido à questão da fronteira, e estamos criando um conjunto para que possamos fazer esse enfrentamento, com resposta principalmente na assistência”, ressaltou Chico Brasileiro.

O prefeito fez um apelo à população de Foz do Iguaçu para que sejam mantidos os cuidados para evitar a disseminação do coronavírus. “Só quem pode combater esta doença é a própria população. Abrir leitos é uma medida assistencial, mas um recurso que se esgota. A única forma de vencer mesmo é evitar aglomeração e circulação de pessoas, usar máscaras e fazer a higienização das mãos”, complementou.

Coronavírus em Foz do Iguaçu, Saúde,

Em dia com a confirmação de mais quatro óbitos, Foz do Iguaçu registra 225 novos casos de Coronavírus

A Vigilância Epidemiológica de Foz do Iguaçu confirma na data de hoje, 24/02/2021, 225 casos de COVID-19, totalizando 25472 casos da doença no município. Deste total, 24273 pessoas já estão recuperadas.

Dos novos casos, 112 são mulheres e 113 homens, com idades entre 1 meses e 85 anos. Dos 225 novos casos, 222 encontram-se em isolamento domiciliar e 4 internados.

Dos casos confirmados, 691 estão em isolamento domiciliar, com sinais e sintomas leves, e 121 pessoas estão internadas.

Óbitos

Foz do Iguaçu registrou mais 4 óbitos em consequência da COVID-19, totalizando 387 mortes pela doença no município. As vítimas são duas mulheres e dois homens. Uma mulher de 55 anos estava internada no Hospital Municipal Padre Germano Lauck e outra, de 71 anos, estava internada no Hospital Ministro Costa Cavalcanti. Um dos homens tinha 67 anos e faleceu em Londrina; o outro, de 75, estava internado no Hospital Municipal Padre Germano Lauck.

Coronavírus em Foz do Iguaçu, Destaques, Educação,

Em Foz do Iguaçu, já chega a 17 o número de educadores municipais contaminados pela covid-19

Do total, pelo menos 3 estão internados; sindicato da categoria pede aulas remotas e cancelamento do retorno presencial dos alunos previsto para a próxima segunda-feira (01)

“Ninguém quer parar de trabalhar, nós apenas queremos preservar vidas e evitar o colapso do sistema de saúde do município.” A fala de Marli Maraschin de Queiroz, presidente do Sindicato dos Professores e Profissionais da Educação da Rede Pública Municipal de Foz do Iguaçu (SINPREFI) tem se repetido numa sequência de reuniões realizadas desde o início do mês de fevereiro com representantes do executivo municipal.

Desde que as reuniões pedagógicas presenciais iniciaram nas unidades escolares, o SINPREFI já foi informado da contaminação de, pelo menos, 17 educadores municipais: 12 atuam em escolas municipais (4 deles na mesma escola) e 5 em Centros de Educação Infantil (CMEI´s) do município. Desse total, 3 profissionais estão internados, sendo que, de acordo com informações recebidas pelo SINPREFI, um deles aguardava vaga na UTI, em Foz.

SINPREFI defende que sejam mantidas aulas remotas para preservar vidas e evitar colapso no sistema de saúde. (Foto Assessoria)

“A situação dessa professora que não conseguiu vaga na UTI em Foz comprova que o sistema de saúde do município já não consegue mais dar suporte ao número de casos,” defende a diretora de políticas sindicais do SINPREFI, Viviane Jara Benitez.

Segundo ela, a movimentação nas escolas põe em risco não só os profissionais da educação, mas toda a comunidade escolar, incluindo os alunos, os pais e os demais familiares. O boletim divulgado ontem (23) pela Vigilância Epidemiológica de Foz do Iguaçu, aponta 401 novos casos de COVID-19 em 24h.

Para as diretoras sindicais, retomar as aulas na próxima segunda-feira (01) no modelo híbrido (remoto + presencial) apresentado pela Secretaria Municipal de Educação (SMED) cria um perigo de contaminação que pode ser evitado.

O SINPREFI defende que as aulas sigam no modelo adotado no ano passado, com atendimento remoto. A presidente do sindicato reitera que os profissionais da educação não pararam de trabalhar, pelo contrário: tiveram que se reinventar, usar equipamentos próprios, internet de casa, avançar além do horário de trabalho para dar conta dessa demanda que foi uma novidade para todos.

Dirigentes do SINPREFI participam de reunião com sec. de adm., Nilton Bobato e com sec. de educação, Maria Justina, para debater modelo de volta às aulas no município de Foz do Iguaçu. (Foto Assessoria)

“Estamos dispostos a seguir nos sacrificando para preservar vidas. Sabemos que muitos pais nos apoiam nesta decisão e farão o sacrifício junto conosco, como já fizeram!”, defende ela.

O SINPREFI encaminhou ofício à SMED na segunda-feira (22) solicitando atualização diária do número de casos de educadores municipais infectados, mas ainda não foi respondido. Além disso, o sindicato irá buscar, junto aos órgãos de saúde, a possibilidade de fechamento de uma das escolas municipais onde 4 profissionais estão contaminados pela COVID-19.

No dia 10 de fevereiro, em Assembleia Geral, os educadores sinalizaram estado de greve como alerta contra a retomada das aulas presenciais. Além disso, 1.029 profissionais da educação responderam um formulário digital elaborado pelo sindicato e 73,9% do total registraram que são contrários à volta às aulas presenciais. Na próxima sexta-feira (26) haverá nova Assembleia Geral para deliberar sobre indicação de paralisação por prazo determinado ou indeterminado caso o município insista em manter o retorno às aulas de forma presencial.

Quem são os profissionais representados pelo SINPREFI?
O SINPREFI representa cerca de 2.000 profissionais que atuam na área da educação municipal, entre eles: professores, secretários de escola, coordenadores, diretores, agentes de apoio, auxiliares de serviços gerais e merendeiras. Esses profissionais trabalham na Educação Infantil (CMEI´s) e nos anos iniciais do Ensino Fundamental (1º ao 5º ano), portanto são responsáveis por crianças de 6 meses a 10 anos (aproximadamente). A Secretaria Municipal de Educação anunciou o retorno às aulas em formato híbrido (presencial + remoto) para crianças a partir de 4 anos, iniciando no dia 1º de março.

Coronavírus em Foz do Iguaçu, Destaques, Política,

Em Foz do Iguaçu, vereador Adnan El Sayed indica à prefeitura compra direta de vacinas contra a Covid-19

O vereador Adnan El Sayed (PSD) protocolou, nesta quarta-feira (24), na Câmara Municipal de Foz do Iguaçu uma indicação ao prefeito Chico Brasileiro (PSD) para atuar na compra direta de doses de vacinas contra a Covid-19.

O ato legislativo foi encaminhado, segundo o vereador, com base na decisão tomada nesta terça-feira (23) pelo Supremo Tribunal Federal que autorizou estados e municípios a efetuarem a compra direta de vacinas contra a Covid-19 em caso de o Plano Nacional de Vacinação não cumprir as metas de imunização em massa.

“A vacina é vital e essencial para que Foz retome sua vida social e econômica, mas quantidade de doses que chegaram a nossa cidade é pequeno para atingirmos número mais expressivo de pessoas vacinadas.”, explicou.

Adnan protocolou, ainda, um requerimento solicitando informações da Prefeitura sobre o planejamento municipal de imunização e seu andamento.

“O número de internados é alarmante e somente a vacinação em massa poderá conter a proliferação do vírus”, completou Adnan.

Coronavírus em Foz do Iguaçu, Destaques, Saúde,

Foz do Iguaçu registra novo recorde diário com 401 novos casos de Coronavírus em 24 horas

A Vigilância Epidemiológica de Foz do Iguaçu confirma na data de hoje, 23/02/2021, 401 casos de COVID-19, totalizando 25247 casos da doença no município. Deste total, 24113 pessoas já estão recuperadas.

Dos novos casos, 201 são mulheres e 200 homens, com idades entre 8 meses e 85 anos. Dos 401 novos casos, 390 encontram-se em isolamento domiciliar e 11 internados.

Dos casos confirmados, 626 estão em isolamento domiciliar, com sinais e sintomas leves, e 125 pessoas estão internadas.

Óbitos

Foz do Iguaçu registra 383 óbitos em consequência da COVID-19.

Coronavírus em Foz do Iguaçu, Destaques, Geral,

Fundação Municipal de Saúde de Foz do Iguaçu abre processo seletivo simplificado para contratação imediata

As vagas são para técnico(a) em enfermagem, fisioterapeuta e fonoaudiólogo(a); contratação será imediata

A Fundação Municipal de Saúde de Foz do Iguaçu torna pública a realização de Processo Seletivo Simplificado (PSS), divulgado oficialmente no Diário Oficial do Município e no site do Hospital Municipal Padre Germano Lauck.

A necessidade da instituição surge do aumento da demanda assistencial, o que gerou a motivou a contratação de pessoal em caráter emergencial e por tempo determinado, garantindo desta maneira a prestação de serviços de saúde aos seus pacientes.

O PSS será destinado à contratação imediata de profissionais nas seguintes funções: técnico (a) em enfermagem (com e sem experiência), fisioterapeuta e fonoaudiólogo (a). A inscrição não será cobrada.

Inscrições

As inscrições serão efetuadas pessoalmente, a partir desta terça-feira (23), no setor de Protocolo do Hospital Municipal Padre Germano Lauck, localizado na Rua Adoniran Barbosa, nº 370 – Jardim Central, no período das 08h às 12h e das 13h às 16h30.

O candidato deverá apresentar sua ficha de inscrição, devidamente preenchida. O recrutamento se dará por meio de entrevista pessoal. Os profissionais precisam ter disponibilidade para início imediato das atividades.

O edital, bem como todas as demais informações e o requerimento de inscrição, podem ser acessados no site da instituição www.hmpgl.com.br, na aba concursos (PSS 001/2021).

Coronavírus em Foz do Iguaçu, Destaques, Saúde,

Foz do Iguaçu começa semana com mais três óbitos confirmados e 134 novos casos de Coronavírus

A Vigilância Epidemiológica de Foz do Iguaçu confirma na data de hoje, 22/02/2021, 134 casos de COVID-19, totalizando 24.846 casos da doença no município. Deste total, 23.806 pessoas já estão recuperadas.

Dos novos casos, 74 são mulheres e 60 homens, com idades entre 9 meses e 81 anos. Dos 134 novos casos, 129 encontram-se em isolamento e 5 internados.

Dos casos confirmados, 543 estão em isolamento domiciliar, com sinais e sintomas leves, e 114 pessoas estão internadas.

Óbitos

Foz do Iguaçu registrou mais 3 óbitos em consequência da COVID-19, totalizando 383 mortes pela doença no município. As vítimas são uma mulher e dois homens.

A mulher de 55 anos estava internada no Hospital Costa Cavalcanti, e os dois homens, de 74 e 78 anos, estavam internados no Hospital Madre de Dio e Hospital Municipal Padre Germano Lauck.

Coronavírus em Foz do Iguaçu, Destaques, Saúde,

700 mil pessoas impactam no sistema público de saúde de Foz do Iguaçu

Superlotação no hospital municipal obriga instalação de controle sanitário na Ponte da Amizade e medidas restritivas para evitar a transmissão da covid-19

A situação não é nova, mas se revela atormentante nesta pandemia. O Hospital Municipal Padre Germano Lauck, unidade pública de saúde no extremo oeste referência no tratamento da covid, não atende somente a população de Foz do Iguaçu estimada em 250 mil habitantes, mas também os moradores das outras oito cidades da 9º regional de saúde e os brasileiros e até paraguaios que moram do outro lado da fronteira.

Com um o recrudescimento da doença, o hospital se tornou uma das poucas opções para uma população estimada em 705 mil pessoas, os 250 mil moradores de Foz, os 115 mil residentes em Santa Terezinha de Itaipu, São Miguel do Iguaçu, Medianeira, Missal, Ramilândia, Serranópolis do Iguaçu e Itaipulândia; e mais 300 mil brasileiros e até paraguaios que moram num raio de 120 quilômetros da fronteira no país vizinho.

Não há estrutura humana, material e financeira para suportar tamanha demanda, embora reconhecida pelos governos dos dois países, mas pouco se faz para dar condições de atendimento neste sentido, levando o sistema municipal de saúde à beira de um colapso, apesar de todos os investimentos municipais. 

Superlotação – A prefeitura investiu entre material, insumos e recursos humanos mais de R$ 32 milhões: em obras, R$ 5 milhões, e em equipamentos – R$ 6 milhões. Foz do Iguaçu conta hoje com 52 leitos de enfermaria e outros 50 leitos de UTI exclusivos para casos de covid, algo que pode ser usado mesmo após a pandemia. A cidade tinha 20 leitos de UTI, hoje tem 95, nos hospitais municipal e no Costa Cavalcanti.  

A superlotação dos leitos de UTI no hospital municipal deve obrigar a instalação de um controle sanitário na fronteira de Foz do Iguaçu com Ciudad del Este. Desde que a Ponte da Amizade foi reaberta no final de setembro, a Secretaria de Saúde registra um aumento de 40% de casos de covid.

A Vigilância Epidemiológica de Foz do Iguaçu confirmou 55 casos de covid somente neste domingo, 21, totalizando 24.712 casos da doença. Deste total, 23.748 pessoas já estão recuperadas. A regional de saúde informava ainda na sexta-feira, 19, que haviam 72 pacientes nas nove cidades do extremo oeste esperando vagas em leitos-covid. 

Medidas – “Estamos com superlotação no hospital municipal e preocupados porque há praticamente duas semanas, estamos com 100% de lotação. Cai para 90% aí volta. Há uma procura e uma demanda muito grande do Paraguai, tem brasileiros que residem lá e também há casos de paraguaios que vem para cá. Temos que tomar alguma medida restritiva para não colapsar o sistema de saúde”, disse a secretária de Saúde, Rosa Jeronymo na sexta-feira. 

Logo após a esta entrevista, a prefeitura anunciou medidas mais restritivas no combate à transmissão da doença, tais como toque de recolher das 22h às 5h e proibição de bailes e outros eventos que podem provocar aglomerações.

A secretária de Saúde disse ainda que o SUS (Sistema Único de Saúde) não nega atendimento no hospital municipal, mas que algum tipo de restrição precisa ser feita porque também há outro agravante. O sistema não tem mais financiamento para tanto. 

Pedidos – O prefeito Chico Brasileiro (PSD) já foi ao Ministério de Saúde em Brasília, fez um pacto que inclui um plano de contingenciamento e o ministério se comprometeu a repassar recursos para esse tipo de tratamento. Mas até agora não houve qualquer tipo de repasse nesse sentido e o custo-covid já chega a quase R$ 7 milhões mensais ao Município, o que chega a R$ 84 milhões em 12 meses.

“A situação está muito grave porque o Paraná está com a nova variante do vírus e com certeza está já está em Foz do Iguaçu, Temos alertado desde novembro sobre esse novo pico da doença. A contaminação maior agora está em jovens e crianças, mas as pessoas não acreditam e se não tomarmos medidas duras, teremos que fechar a cidade”, alertou Rosa Jeronymo.

A prefeitura encaminhou ao Ministério da Saúde, através da Secretaria de Assuntos Federativos, pedido de monitoramento e de exigência de testes negativos de covid às pessoas que ingressarem ao território brasileiro via Ponte da Amizade.

“Isso é importante porque que em torno de 30% a 40% dos atendimentos da triagem do hospital municipal está sendo ocupada por pessoas que vem de origem de outro país vizinho ou de regiões. Então é importante esse monitoramento sanitário na Ponte da Amizade”, disse Chico Brasileiro.

Coronavírus em Foz do Iguaçu, Saúde,

Foz do Iguaçu registra 55 novos casos de Coronavírus nas últimas 24 horas

A Vigilância Epidemiológica de Foz do Iguaçu confirma na data de hoje, 21/02/2021, 55 casos de COVID-19, totalizando 24.712 casos da doença no município. Deste total, 23.748 pessoas já estão recuperadas.

Dos novos casos, 31 são mulheres e 24 homens, com idades entre 1 e 89 anos. Dos 55 novos casos, 52 encontram-se em isolamento e 3 internados.
Dos casos confirmados, 476 estão em isolamento domiciliar, com sinais e sintomas leves, e 108 pessoas estão internadas.

Óbitos

Foz do Iguaçu registra 380 óbitos pela doença no município.

Coronavírus em Foz do Iguaçu, Saúde,

Foz do Iguaçu tem mais dois óbitos e registra 151 novos casos de Coronavírus nas últimas 24 horas

A Vigilância Epidemiológica de Foz do Iguaçu confirma na data de hoje, 20/02/2021, 151 casos de COVID-19, totalizando 24.657 casos da doença no município. Deste total, 23.687 pessoas já estão recuperadas.


Dos novos casos, 90 são mulheres e 61 homens, com idades entre 10 e 93 anos. Dos 151 novos casos, 143 encontram-se em isolamento e 8 internados.
Dos casos confirmados, 482 estão em isolamento domiciliar, com sinais e sintomas leves, e 108 pessoas estão internadas.

Óbitos

Foz do Iguaçu registrou mais 2 óbitos em consequência da COVID-19, totalizando 380 mortes pela doença no município. As vítimas são 1 mulher de 96 anos e 1 homem de 85 anos, que estavam internados no Hospital Municipal Padre Germano Lauck.