Browsing Category

Eleições 2020 em Foz do Iguaçu

Leia as últimas notícias sobre Eleições 2020 em Foz do Iguaçu no CabezaNews, site de informação com reportagens exclusivas, fotos, vídeos e conteúdos sobre Foz do Iguaçu e sobre o Paraná.

O CabezaNews leva ao público notícias de utilidade pública, curiosidades, turismo, lazer, cultura. Sobretudo com um olhar voltado para a região da tríplice fronteira entre Brasil, Paraguai e Argentina.

Em Foz, nossa cobertura foca os principais acontecimentos da cidade, incluindo eleições 2020, o avanço da pandemia do novo coronavírus, as ações da Itaipu Binacional, bem como a administração do prefeito Chico Brasileiro.

O site não deixa de lado o que acontece no restante do estado do Paraná. Notas exclusivas dos bastidores da política, da Assembleia Legislativa, ações do governo do Paraná e da administração Ratinho Júnior. Assim como as principais notícias nacionais.

O CabezaNews é editado por Ronildo Pimentel, jornalista com mais de 30 anos de atuação em jornalismo impresso e digital.

Destaques, Eleições 2020 em Foz do Iguaçu, Saúde,

Num só dia, duas altas: HMCC tem a 14ª paciente recuperada da covid-19, nesta sexta-feira, 3

Elizandra Correia de Lima ficou internada por dois dias até ganhar bebê, que não foi infectado. Atendimento foi gratuito. Despesas foram bancadas por uma conta da usina de Itaipu.

O Hospital Ministro Costa Cavalcanti (HMCC), mantido pela usina de Itaipu, teve duas grandes comemorações na luta contra a covid-19, nesta sexta-feira, 3. Depois de Marlene da Silva, de 49 anos, ganhar alta pela manhã, de forma quase milagrosa, foi a vez de Elizandra Correia de Lima ser liberada, numa história também bastante emocionante.

Prestes a dar à luz, ela havia sido internada na quarta-feira, 1º de julho. Elizandra ficou na UTI, por dois dias, até ganhar o bebê, que não foi infectado, conforme resultado do exame de RT-PCR. Paciente de Foz do Iguaçu, ela foi atendida no Costa Cavalcanti gratuitamente numa conta bancada pela usina de Itaipu.

Sorridente, a mamãe, agarrada ao filhão – é o segundo dela -, era só alegria na saída do hospital. Do lado de fora, a ansiedade da família também era grande. Elizandra foi a 14ª paciente recuperada de covid-19 a receber alta do HMCC. Aplaudidos pelos familiares e profissionais do hospital, mãe e filho foram para casa.

Primeira alta

Depois de 25 dias internada com covid-19, Marlene da Silva, de 49 anos, deixou o HMCC. As chances de sobrevivência dela eram mínimas. O quadro de saúde dela era muito grave. Na saída, ela foi recebida com uma faixa: “Bem-vinda Marla, Deus te trouxe de volta. Você é nosso milagre”. Paciente do município de Santa Helena, ela foi atendida também de graça. Na cidade, houve ate carretada para recepcioná-la.

Humanização

“As duas histórias fazem parte de uma estatística de humanização da vida”, diz o coordenador Estratégico da Covid-19 da Itaipu, Aureo Ferreira. Itaipu investiu mais de R$ 23 milhões no enfrentamento da covid-19 na região. A ação segue diretriz do governo federal.

Com os recursos da Itaipu foi criada uma ala exclusiva no Hospital Ministro Costa Cavalcanti para atendimentos a pacientes graves da covid-19.

Até o final do mês julho, a unidade hospitalar aumentará de 10 para 15 o número de leitos da Unidade de Terapia Intensiva de tratamento de pessoas com quadro agravado pelo coronavírus. Em relação a leitos de semi-intensivos, o HMCC mantém 12 deles.

Os recursos também foram usados na compra de insumos e equipamentos para atender a 9ª Regional de Saúde e criação de laboratório para testes da covid-19, entre outros.

Ao reconhecimento ao trabalho do HMCC na recuperação de pacientes, o centro hospitalar recebeu duas doações que somam mais de R$ 1 milhão para atendimento do SUS.

Fontes: Assessorias de Comunicação Social de Itaipu e HMCC

Destaques, Eleições 2020 em Foz do Iguaçu, Mundo,

Aumento de casos de Covid-19 na fronteira com Brasil deixa Paraguai em alerta

O Paraguai estava em alerta após um aumento do número de casos de Covid-19 – coincidindo com a chegada do inverno -, com dois mortos e mais de duas centenas de infectados em um dia, a maioria em Ciudad del Este, na fronteira com o Brasil.

“Estes números representam uma bandeira vermelha para todos”, disse neste domingo o ministro da Saúde, Julio Mazzoleni. O Paraguai é o país com menor número de vítimas fatais da pandemia, totalizando 15. O número de infectados chega a cerca de 2 mil.

Mazzolino alertou para o desinteresse paulatino da população em manter os protocolos: “Ao vir para meu gabinete hoje, reparei que metade das pessoas não usavam máscara.”

As aglomerações são a principal forma de contágio, segundo autoridades sanitárias, que anunciaram 231 casos nas últimas 24 horas. A Igreja Católica (80% da população) celebrou missas hoje com as pessoas dentro de seus carros, para preservar o distanciamento.

“Queremos dar uma resposta à necessidade dos fiéis de comunhão direta, o que não conseguem há 100 dias devido à pandemia”, disse o arcebispo de Assunção, monsenhor Edmundo Valenzuela. Os interessados em comungar acenderam os faróis de seus carros e padres se aproximaram dos veículos, reunidos em um estacionamento do aeroporto internacional Silvio Pettirossi para uma missa.

Por: Istoé

Destaques, Eleições 2020 em Foz do Iguaçu, Política,

Foz do Iguaçu poderá ter mais de 10 candidatos a prefeito neste ano

No último sábado (20) mais dois pré-candidatos a prefeito de Foz do Iguaçu foram oficializados. Sidnei Prestes Júnior, do Republicanos, teve seu nome homologado com apoio do PSL e do Democracia Cristã.

Prestes já lançou sua pré-candidatura a prefeito outras vezes, mas desistiu para compor com outros grupos, recorda o GDia.

Outra pré-candidatura oficializada no sábado foi a do professor Luiz Henrique Dias. Por 13 votos a 9, ele bateu o favorito do PT, Hamilton Serighelli, que contava com apoio do MST e tinha certeza de que seria o vencedor desta prévia.

Essas novas candidatura não amedrontam dois candidatos “jurássicos”: Chico Brasileiro (PSD) e Paulo Mac Donald Ghis (Podemos). Brasileiro é candidatíssimo à reeleição e tem falado que sua folha de serviços o credenciam para um novo mandato.

“Pegamos a Prefeitura endividada, uma cidade arrasada e desacreditada. Em pouco tempo, saneamos as finanças, resgatamos a credibilidade e estamos fazendo uma gestão calcada na seriedade, com o maior volume de obras da história”, costuma dizer Chico Brasileiro.

Seu concorrente mais notável é o ex-prefeito Paulo Mac Donald Ghisi, que governou a cidade de 2005 a 2013. Ele também pegou a cidade em frangalhos, recuperou as finanças e imprimiu um ritmo de trabalho nunca visto, realizando uma série de obras, especialmente nas áreas de saúde e educação.

“A população reconheceu nosso trabalho e nos deu duas novas eleições. Na última, fui vencido no tapetão. Agora quero voltar para fazer o que precisa ser feito. Foz precisa crescer, oferecer alternativas…”, diz Mac Donald.

O Democratas é um partido forte e montou uma grande chapa para o Legislativo, sob a coordenação de Matheus Veloso Maria. Uma ala do partido defende o lançamento de candidatura própria, tendo Vilmar Andreola na cabeça. A outra ala quer indica-lo como vice de Chico Brasileiro, posto que  Nilton Bobato não quer abrir mão.
 
Nanicos, “pero no mucho”
 
Há uma série de candidatos “novatos”, que sonham em ocupar o Palácio das Cataratas. Bibiana Orsi (Progressistas) oficializou sua pré-candidatura por meio de uma live nas redes sociais.

O PDT pensa em lançar o veterano Nelton Friedrich, que fez um grande trabalho na diretoria de Coordenação de Itapu e não deixa de ser um nome preparado para a disputa.

Ele foi secretário de José Richa e Constituinte nota 10. Se viabilizar sua candidatura, pode surpreender nos debates.

Ranieri Marchioro tinha uma boa performance para disputar a Prefeitura na sombra de Bolsonaro. O presidente deixou o PSL e Marchioro também largou a sigla, indo para o PRTB.

Cássio Lobato, do Patriotas, vem fazendo oposição cerrada nas redes sociais. Ele não fez uma boa campanha na última eleição para deputado, mas é persistente e tem por trás um bom marqueteiro e pesquisador.

Não podemos esquecer da jovem Tatiana Fruet, esposa do deputado Soldado Fruet. Sua candidatura é uma incógnita.

Assim como é uma incógnita as candidaturas de Joel de Lima (Cidadania) e de Ricardo Albuquerque (PV). Só o tempo, senhor e dono da razão, nos dirá o que povo de Foz do Iguaçu está pensando nesta época de pandemia.