Browsing Category

Foz do Iguaçu

Leia as últimas notícias sobre Foz do Iguaçu no CabezaNews, site de informação com reportagens exclusivas, fotos, vídeos e conteúdos sobre Foz do Iguaçu e sobre o Paraná.

O CabezaNews leva ao público notícias de utilidade pública, curiosidades, turismo, lazer, cultura. Sobretudo com um olhar voltado para a região da tríplice fronteira entre Brasil, Paraguai e Argentina.

Em Foz, nossa cobertura foca os principais acontecimentos da cidade, incluindo eleições 2020, o avanço da pandemia do novo coronavírus, as ações da Itaipu Binacional, bem como a administração do prefeito Chico Brasileiro.

O site não deixa de lado o que acontece no restante do estado do Paraná. Notas exclusivas dos bastidores da política, da Assembleia Legislativa, ações do governo do Paraná e da administração Ratinho Júnior. Assim como as principais notícias nacionais.

O CabezaNews é editado por Ronildo Pimentel, jornalista com mais de 30 anos de atuação em jornalismo impresso e digital.

Destaques, Foz do Iguaçu, Justiça,

Polícia Federal “estoura” casa com munição e grande quantidade em dinheiro na Vila A em Foz do Iguaçu

A Polícia Federal em Foz Iguaçu cumpriu, na manhã desta terça-feira (04/08), mandado de busca e apreensão expedido pela Justiça Federal do Mato Grosso do Sul, em investigação de tráfico internacional de drogas.

Às 7h da manhã, a equipe cumpriu a diligência em uma casa situada no bairro Vila A, em Foz do Iguaçu/PR. No local, os policiais apreenderam R$ 95.510,00 e U$ 10.130,00, uma carabina calibre .44, diversas munições, uma caminhonete Hilux, celulares, computadores e documentos.

Uma pessoa foi presa pelo crime de posse ilegal de arma de fogo de uso restrito tendo em vista a ausência de registro da carabina e das munições.

A busca e apreensão foi solicitada ao Poder Judiciário após a prisão em flagrante de duas pessoas no último domingo (02/08), com aproximadamente 518 kg de cocaína em um avião que interceptado por caças da FAB (Força Aérea Brasileira).

O piloto desobedeceu a ordem e acabou realizando um pouso forçado em uma área na zona rural de Ivinhema/MS. Piloto e copiloto foram capturados e conduzidos até a Delegacia de Polícia Federal de Dourados/MS onde foram autuados em flagrante.

(Com informações da CS/DPF/Foz do Iguaçu)

Destaques, Economia, Foz do Iguaçu,

ACIFI pede ajuda ao governador para retomada econômica em Foz do Iguaçu

A ACIFI encaminhou ao governador do Paraná, Carlos Massa Ratinho Junior, um completo estudo econômico apontando Foz do Iguaçu como o município mais afetado pela pandemia da covid-19 em todo o estado. A radiografia traz mais de dez indicadores expondo a grave realidade socioeconômica da cidade fronteiriça provocada pelo novo coronavírus.

O objetivo da Associação Comercial e Empresarial é sensibilizar o chefe do Executivo estadual quanto à crise sem precedentes na cidade. Os dados comprovam que a população iguaçuense tem sido terrivelmente prejudicada pelos reflexos da Covid-19, ainda mais quando comparado o impacto local ao dos outros 398 municípios paranaenses.

Além de sofrer com o abre e fecha das atividades econômicas, como ocorre em todo o Brasil, Foz padece por causa do fechamento das fronteiras com o Paraguai e a Argentina e da alta dependência do turismo. Assim, deixa de contar com o turismo de compras e com o intercâmbio dos moradores de Ciudad del Este, Puerto Iguazú e localidades da região trinacional.

Nesse sentido, a ACIFI solicitou ao governador do Paraná a adoção imediata de ações e políticas públicas estaduais voltadas ao município, que venham a contribuir com a retomada econômica de Foz do Iguaçu, implementadas por meio dos diversos órgãos e mecanismos que compõem o Governo do Estado e suas instituições de influência.

“Para superar os novos desafios, Foz requer uma atenção do governador Ratinho Junior que leve em conta as características da nossa economia”, diz o presidente da ACIFI, Faisal Ismail, que assina o documento ao lado do presidente do Conselho Superior, Walter Venson. “Nos colocamos à disposição para avançarmos em conjunto na agenda de recuperação econômica e social de nossa cidade”, completa Venson.
 
Indicadores 

O levamento aponta que, entre as 60 cidades com mais emprego formal no Paraná, Foz foi a mais impactada pela perda de vagas com carteira assinada por causa da crise gerada pela covid-19. A pandemia provocou o fechamento de 5.691 vagas de emprego, de janeiro a junho deste ano, conforme dados do governo federal.

O estudo aponta que a Terra das Cataratas caminha para fechar o ano com o pior saldo na balança de empregos. A série histórica disponível no Caged registra 2002 com saldo negativo de 1.147 postos no estoque de emprego. Ou seja, o saldo do semestre é quase cinco vezes superior ao recorde negativo de quase 20 anos atrás.

A radiografia traz ainda outros dados, como a grande quantidade de contratos com redução proporcional de jornada de trabalho e de salário ou suspensão temporária do contrato; aumento do número de encerramento de empresas; redução no ritmo de abertura de CNPJs; trabalhadores do turismo sem renda; alto índice de informalidade; e grande dependência do auxílio emergencial.

Por: GDia

Destaques, Foz do Iguaçu, Turismo,

Parque Nacional do Iguaçu reabre e atrativos voltam a receber turistas

Mais de um mês após o segundo fechamento devido à pandemia do novo Coronavírus, o Parque Nacional do Iguaçu volta a reabrir para visitação nesta terça-feira (04). Com a medida, os principais atrativos do interior, as Cataratas do Iguaçu e o passeio do Macuco Safari voltam a receber turistas. O dia também será marcado pela reabertura do complexo do Marco das 3 Fronteiras.

O Parque Nacional do Iguaçu, fechado dia 18 de março por decisão do Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio) e do Ministério do Meio Ambiente, reabriu em 10 de junho, no aniversário de Foz do Iguaçu. No entanto, um novo decreto, desta vez do Governo do Estado, fechou o comércio não essencial em 144 cidades do Paraná do dia 1º a 14 de julho.

A nova reabertura para visitação pública será de forma gradual, seguindo todos os protocolos da Organização Mundial da Saúde, do Ministério da Saúde e, em especial, do Decreto Municipal 28.337, de 22/7/2020, que estabelece todos os procedimentos de controle sanitário. O ato atende a demanda da sociedade, dos trabalhadores e empresas de turismo de Foz do Iguaçu.

O pedido para abertura foi formalizado inclusive pelo Conselho Municipal de Turismo (Comtur). De acordo com o órgão, Foz do Iguaçu tem sua economia diretamente ligada à atividade do turismo, e esse setor foi um dos mais afetados pela pandemia de covid-19. 

“Dados da última pesquisa de avaliação de impacto no setor registram 34% de demissões de celetistas e 59% de não celetistas, além de 45% de suspensões de contratos de trabalho, agravando ainda mais a situação das empresas e trabalhadores do turismo”, destaca ofício do conselho.

Entendimento

Considerando a demanda da sociedade, a direção do ICMBio, entidade que administra o Parque Nacional do Iguaçu, autorizou a reabertura da unidade de conservação para a visitação pública, de terça-feira a domingo, das 9h às 16h. A redução no horário de funcionamento tem o objetivo de ajustar a visitação às melhores práticas de proteção. 

A unidade seguirá com trabalho minucioso de sanitização de todo o circuito turístico, oferecendo ainda mais proteção aos visitantes. Todo o público será recepcionado no Centro de Visitantes por equipes treinadas para atender e orientar os turistas e moradores da região sobre os procedimentos e cuidados com relação ao coronavírus. 

Integram esse atendimento a medição de temperatura, orientação para manter o distanciamento entre os visitantes, uso correto da máscara cobrindo o nariz e a boca, durante todo o passeio. Vale destacar que é obrigatória a utilização da máscara para acessar o Parque Nacional do Iguaçu. 

Os ingressos serão vendidos exclusivamente on-line no site. O visitante precisará realizar a compra e agendar o dia e o horário da visita. A compra estará sujeita à disponibilidade de vagas. O parque irá trabalhar com o máximo de 350 vagas de ingressos por hora.

Foto: Kiko Sierich / Divulgação

Marco das 3 Fronteiras também vai reabrir hoje

O Marco das 3 Fronteiras também reabre nesta terça (04) para visitação pública de forma gradual e com todos os cuidados necessários à saúde coletiva. O atrativo foi fechado no dia 1º de julho, seguindo as medidas do Decreto nº 4.942, do Governo do Estado do Paraná, publicado dia 30 de junho.

O complexo atenderá o público de terça a domingo, das 15h às 21h. A capacidade de atendimento é de mil pessoas simultaneamente. Nas segundas-feiras, o atrativo permanecerá fechado para visitação turística. Nestes dias de fechamento, as equipes operacionais irão redobrar os cuidados de limpeza, sanitização e higienização de todo o circuito turístico.

O Marco das 3 Fronteiras fará o controle individual de acesso das pessoas que visitarem o atrativo, com uma barreira sanitária. Todos, sem exceção, terão aferida a temperatura, receberão álcool gel para passar nas mãos e serão orientados a passar os calçados no tapete sanitizante. Os profissionais orientam sobre a obrigatoriedade do uso da máscara.

As tradicionais apresentações culturais serão a partir das 17h30, de terça a domingo. O público poderá prestigiar as intervenções artísticas, ao ar livre, com a proteção do distanciamento, demarcado no chão da praça. Toda a estrutura, incluindo a praça gastronômica e o parquinho infantil estarão acessíveis.

Por: GDia

Destaques, Foz do Iguaçu, Itaipu Binacional,

Em apenas um ano, 30% das obras da Ponte da Integração estão concluídos

Construção é financiada pela margem brasileira da Itaipu Binacional. Ritmo é considerado avançado para qualquer país de primeiro mundo.

Prestes a completar um ano, as obras da Ponte da Integração Brasil-Paraguai, na fronteira entre Foz do Iguaçu, no Paraná, e Puerto Presidente Franco, no departamento de Alto Paraná, atingiram 30% do cronograma, 20% em território brasileiro e 10% no lado paraguaio. Os trabalhos começaram em 7 de agosto de 2019 e devem avançar sobre o Rio Paraná, para conectar fisicamente as margens brasileira e paraguaia, em abril de 2021. A expectativa é que a ponte esteja concluída em meados de 2022.

Mesmo em meio a contratempos burocráticos e à pandemia da covid-19 e seus impactos econômicos e logísticos, o andamento da segunda ponte, sobre o Rio Paraná, é considerado um grande sucesso quando comparado até a países de primeiro mundo. Em regime de três turnos, a ponte ganha novos contornos dia a dia. Diretamente, a construção garante emprego para 470 trabalhadores.

Foto: Rubens Fraulini / Itaipu Binacional

“Agilidade com responsabilidade e transparência. É esse o ritmo que queremos dar sempre ao que anunciamos com os nossos parceiros, em especial com o governo federal, que tem dado todas as condições para que possamos remanejar recursos e imprimir esforços conjuntos para fazer as entregas que tanto a nossa gente espera”, diz o diretor-geral brasileiro de Itaipu, general Joaquim Silva e Luna.

Estrutura importante para desafogar o tráfego na Ponte da Amizade, na fronteira entre Foz e Ciudad del Este, a segunda ponte vai trazer mais segurança, benefícios socioeconômicos e mais conforto para os diferentes públicos – do transporte pesado a quem trabalha ou precisa acessar um dos países-irmãos, por via terrestre.

Foto: Rubens Fraulini / Itaipu Binacional

A Ponte da Integração fortalecerá a conectividade regional, hoje restrita, no caso de Brasil e Paraguai, à Ponte da Amizade, construída há 55 anos. Reivindicação antiga da população local, trará benefícios para toda a economia do Mercosul.

A ideia é possibilitar um novo impulso para o desenvolvimento de toda a área fronteiriça (Brasil, Paraguai e também Argentina) para permitir, no futuro, a conexão com o Chile e a Bolívia.

Passo a passo da construção

As obras no canteiro de obra estão em ritmo acelerado. As sapatas já estão concluídas e agora a montagem da grua está sendo preparada para a execução do pilar. Duas das sete transversinas já estão no canteiro de obras.

Na margem esquerda, os apoios 6, 7, 8, 9 e 10 estão prontos. Na prática, isso significa que as duas aduelas de arranque já foram posicionadas sobre a caixa de equilíbrio (apoio 10) e sobre elas estão sendo montadas as vigas transversinas. Na margem direita, no Paraguai, estão sendo concretados os apoios 1 (caixa de equilíbrio) e 5. A terraplanagem dos apoios 2, 3 e 4 já foi concluída.

Com linguagem menos técnica e de forma mais leiga, significa que, na margem brasileira, a parte da ponte que ainda fica apoiada em solo, ou seja, que liga a região do Marco das Três Fronteiras, onde está localizada, até a parte estaiada – está concluída. Os chamados pilares de apoios 6, 7 8 e 9.

O consórcio Construbase-Cidade-Paulitec, responsável pela obra trabalha agora na construção das partes metálicas que farão a ligação destes grandes pilares.

Na margem paraguaia, a fundação dos pilares menores (de 4 a 2) está sendo feita, assim como a concretagem do pilar/torre maior, que é o 5, e a caixa de equilíbrio, que é a parte de concreto que sustenta toda a parte estaiada com o seu peso próprio. Trata-se de uma grande caixa de concreto. A estimativa é que a instalação das duas vigas em suas posições definitivas aconteça em até dois meses.

Como será

A futura ponte internacional terá 760 metros de comprimento e será do tipo estaiada, com vão-livre de 470 metros. Contará com pista de 3,7 metros de largura em cada faixa, acostamento de 3 metros e calçada de 1,70 metro.

Parcerias

A nova ponte entre Brasil e Paraguai é uma obra do governo federal, com gestão do governo do Estado (por meio do Departamento de Estradas de Rodagem – DER) e recursos da Itaipu Binacional. Estão sendo investidos na construção aproximadamente R$ 463 milhões, considerando a estrutura, as desapropriações e a criação de uma perimetral no lado brasileiro.

Histórico

O presidente do Brasil, Jair Bolsonaro, e do Paraguai, Mario Abdo Benítez, participaram da solenidade de lançamento da pedra fundamental da segunda ponte entre os dois países, no dia 10 de maio de 2019. Na solenidade, ela foi batizada de Ponte da Integração Brasil-Paraguai. Os dois países são sócios da usina de Itaipu, maior hidrelétrica em produção de energia acumulada do mundo.

Coronavírus em Foz do Iguaçu, Destaques, Saúde,

Prefeito Chico Brasileiro anuncia flexibilização das medidas para conter a Covid-19 em Foz do Iguaçu

Anúncios foram feitos na noite desta segunda-feira (03), pelo prefeito Chico Brasileiro, durante transmissão ao vivo no Facebook.

A partir desta terça-feira (04), a Prefeitura de Foz do Iguaçu vai flexibilizar várias das medidas de restrição adotadas no combate ao novo coronavírus no município. De acordo com o prefeito Chico Brasileiro, os novos decretos, cancelando proibições para diversos setores, devem ser publicados até amanhã no Diário Oficial.

Durante transmissão ao vivo no Facebook da Prefeitura, na noite desta segunda (03), o prefeito confirmou o fim do “Alerta Vermelho” em vigor desde a semana passada no bairro Três Lagoas, que estava com toque de recolher entre as 21h e as 5h.

O “Mapa de Calor” desta segunda-feira apontou queda no número de casos na região nordeste da cidade, o que foi avaliado como positivo. A região do Porto Meira aparece com a cor vermelha, mas não terá, pelo menos por enquanto, a decretação de toque de recolher ou proibição do comércio à noite.

Chico Brasileiro comemorou, também, a diminuição no total geral de casos ativos (pessoas em fase de transmissão da doença) de covid-19 em Foz do Iguaçu, o que possibilita o cancelamento de algumas das normativas estabelecidas em razão da pandemia. “Estamos indo e às vezes voltando. Agora, é a hora de ir”, afirmou.

Entre as principais ações anunciadas, a liberação até a meia-noite do funcionamento dos estabelecimentos gastronômicos (que hoje precisam fechar às 22h). A autorização é válida para restaurantes, lanchonetes, trailers e food trucks. As entregas (delivery) poderão funcionar durante as 24 horas para todos os serviços.

Outra novidade é a autorização temporária para que os estabelecimentos gastronômicos utilizem parte da calçada para ampliar seu espaço de atendimento aos clientes, desde que não comprometa a mobilidade do pedestre. A obrigatoriedade de distanciamento ampliado entre as mesas continua em vigor.

O transporte coletivo, a partir desta terça (04), estará autorizado a voltar a rodar até a 00h30. Hoje (03), as linhas continuam circulando somente até as 22h. Segundo o prefeito, a partir de quarta (05), será ampliada a capacidade de utilização dos ônibus, do limite atual (quantidade de bancos disponíveis) para 50% da lotação máxima permitida.

Chico Brasileiro comunicou, também, que a equipe do Foz Cataratas Futsal, que disputará, a partir deste mês, a Liga Nacional e a Série Ouro do Campeonato Paranaense, está autorizada a retomar os treinos com bola, seguindo os protocolos de segurança.

Ao longo desta semana, segundo o prefeito, serão feitos estudos para outras liberações, com a definição de protocolos específicos para clubes (sem incluir os salões de eventos), estruturas de lazer e retorno das quadras esportivas.

“Esses setores que ainda estão proibidos, a gente vai começar um processo de discussão de protocolos sanitários, para que seja possível voltar com as atividades”, explicou Chico. “Se o número de casos continuar caindo, vamos continuar flexibilizando. Se voltar a subir, teremos de adotar novas medidas restritivas”.

Por: RCI

Destaques, Foz do Iguaçu, Geral,

Paixão por Fusca: clube Darling Beetle Foz do Iguaçu

O Clube intitulado Darling Beetle Foz surgiu em 29 de maio de 2019, veio de encontro com uma ideia das líderes Natali Cujari e Bruna Regina que queriam reunir mulheres, que do mesmo modo que elas, são apaixonadas por Fusca. Hoje o clube já conta com 50 integrantes.

A Revista 100fronteiras entrevistou as coordenadoras do clube, Natali Cujari e Lola Aleixo, que nos contaram um pouco dessa história tão bela entre a mulher e o automóvel.

Porque escolheram o Fusca?

Foi o Fusca quem nos escolheu. Primeiramente pensava em ter um grupo feminino de carro antigo no geral, mas acredito que o diferencial era ser somente fuscas, e era para ser, tanto que até hoje fico de boca aberta na quantidade de mulheres que são proprietárias de Fusca aqui em Foz do Iguaçu.

Qual ano e cor foi o seu primeiro, Fusca?

Meu primeiro Fusca foi um branco 1984, o qual vendi para comprar o que tenho atualmente (branco e azul 1969), conta Natali Cujari.

Continue lendo na Revista 100 Fronteiras

Destaques, Foz do Iguaçu, Turismo,

Macuco Safari reabre nesta terça, 04, seus passeios tradicionais dentro do Parque Nacional do Iguaçu

Da Assessoria

O Macuco Safari retorna as atividades amanhã, dia 04/08, atendendo todas as normas e exigências dos órgãos de fiscalização federais, estaduais e municipais.

Algumas observações sobre o nosso retorno:

  • Funcionamento: de terça à domingo: das 09:00 às 16:00;
  • Não será necessário realizar reservas;
  • Neste momento inicial, os passeios de Cachoeirismo e Rafting estarão suspensos;
  • É obrigatório o uso de máscara durante todo o percurso, inclusive durante o passeio de barco;
  • Todos os visitantes terão sua temperatura aferida no inicio do passeio;
  • Os passeios de barco foram reduzidos a 50% da capacidade para atender as exigências de distanciamento;
  • Foram espalhados por todo o percurso do passeio dispensers de álcool gel e totens para higienização das mãos;
  • A equipe de colaboradores foi novamente treinada e instruída para atender o visitante conforme as exigências de distanciamento.
Coronavírus em Foz do Iguaçu, Saúde,

Foz do Iguaçu registra 46 novos casos de Coronavírus em 24 horas

A Vigilância Epidemiológica de Foz do Iguaçu confirma na data de hoje, 03/08/2020, 46 casos de COVID-19, totalizando 3.492 casos da doença no município. Deste total, 3.210 pessoas já estão recuperadas.

Dos novos casos, 20 são mulheres e 26 homens com idades entre 3 e 85 anos. Apenas 4 pessoas estão internadas e as demais estão em isolamento domiciliar.

Dos casos confirmados ativos, 191 estão em isolamento domiciliar com sinais e sintomas leves e 59 pessoas estão internadas.

Óbito

Foz do Iguaçu registrou na noite deste domingo (2), o óbito de uma paciente, vítima da Covid-19, totalizando 32 óbitos em consequência da doença. Trata-se de uma mulher de 44 anos, internada desde o dia 26 de junho no Hospital Municipal Padre Germano Lauck. Encaminhada pela Unidade de Pronto Atendimento (UPA) e com resultado positivo para Covid-19, a paciente apresentava dispneia e relatava falta de ar com piora nos últimos dias e dor torácica.

A paciente era hipertensa e diabética. Devido ao quadro agravado, a paciente evoluiu com parada cardiorrespiratória, não resistindo apesar de todos os esforços da equipe, vindo a falecer às 19h45, deste domingo.

Coronavírus em Foz do Iguaçu, Destaques, Saúde,

Foz do Iguaçu contra o Coronavírus: Mais de 90% dos casos confirmados com Covid-19 estão recuperados

Desde o início da pandemia, em março, Foz do Iguaçu registrou 3.446 casos do novo Coronavírus. Deste total, 3.140 pessoas já estão recuperadas, o que representa 90% dos casos. Dos casos ativos, 210 estão em isolamento domiciliar com sintomas e sinais leves da doença e 58 moradores estão internados. 

A taxa de letalidade do município é de 0.90, bem abaixo das médias do Paraná (2.53), do Brasil (3.50) e do Mundo (3.89). 

Os últimos boletins da vigilância epidemiológica também registraram uma queda expressiva na média de novos casos de Coronavírus em comparação com as duas primeiras semanas do mês julho, quando os números ultrapassaram a marca de 130 pessoas infectadas por dia. Na última semana, houve uma redução pela metade, com cerca de 50 registros por dia. 

Mesmo registrando uma tendência de queda, a prefeitura reforça a manutenção dos cuidados sanitários para prevenção do contágio do Coronavírus entre as pessoas. Foi essa condução transparente e com mensagens claras à população, através de lives diárias, que também fez a cidade registrar os melhores índices de isolamento social do Paraná, e a contribuir para conter a disseminação do vírus.

Os números representam a superação de uma das suas piores fases, mas também revelam que a cidade sairá muito mais forte dessa batalha. Desde o início da pandemia, a prefeitura investiu para fortalecer a rede e ainda em janeiro, implantou o Plantão Coronavírus. 

Ao invés de optar pela construção provisória de hospitais de campanha, a cidade implantou a Unidade de Terapia em Doenças Infecciosas (UTDI) e a Unidade de Cuidados Especiais (UCE), investindo em uma estrutura duradoura que permitirá no futuro ampliar a capacidade de realização de cirurgias eletivas e transformará o Hospital Municipal no terceiro maior do Paraná.

Outro legado da pandemia foi à ampliação do laboratório do hospital em cooperação técnica com a Unila e credenciamento junto ao LACEN para realização de testes RT-PCR. Isso permite p maior agilidade nos diagnósticos de síndromes respiratórias agudas graves, além da Covid.

Foz do Iguaçu, Política,

Soldado Fruet garante R$ 5 milhões para combate à pandemia em Foz do Iguaçu e região

A atuação do deputado estadual Soldado Fruet (PROS) no combate à pandemia da Covid-19 já garantiu cerca de R$ 5 milhões em recursos dos Governos Federal e Estadual para Foz do Iguaçu e municípios da região. “Desde que foi declarada a emergência de saúde pública global, em março, tenho atuado em várias frentes no enfrentamento ao coronavírus. Além dos projetos de lei, requerimentos, ofícios e tratativas que temos feito, viabilizamos estas verbas importantes para reforçar a saúde e a segurança pública aqui no Oeste”, destacou o parlamentar, após participar do evento online em que a Assembleia Legislativa (ALEP) formalizou o repasse de R$ 100 milhões para o Estado comprar vacinas contra a Covid-19, na manhã desta segunda-feira (3).

Ainda em março, atendendo a um pedido do secretário da Saúde de Foz do Iguaçu e com apoio do deputado federal Pedro Lupion, o deputado do PROS obteve do Ministério da Saúde a homologação de 17 leitos de UTI do Hospital Municipal Padre Germano Lauck exclusivos para pacientes com Covid-19, o que representou um repasse inicial próximo de R$ 2,5 milhões ao município, com possibilidade de prorrogação enquanto durar a pandemia.

Em parceria com o deputado federal Aroldo Martins, o Soldado Fruet assegurou quase R$ 1 milhão para a saúde pública na região. Para o Hospital Municipal de Foz, o Ministério da Saúde liberou R$ 812 mil para a Prefeitura comprar diversos equipamentos, como endoscópios, monitores para UTI, camas hospitalares elétricas, autoclave, cardioversores, ultrassom, elevadores para transposição de leito, BIPAPs com monitor gráfico, lavadoras ultrassônicas e cicloergômetros. Outra emenda federal que atendeu a um pedido do Soldado Fruet destinou R$ 150 mil para a atenção básica em saúde do município de Matelândia.

Além disso, indicações do Soldado Fruet ao programa estadual Paraná Mais Cidades garantiram recursos para a compra de 15 viaturas para municípios atendidos pelo 14º Batalhão de Polícia Militar (BPM) e uma ambulância do Siate para Foz do Iguaçu e região, totalizando investimentos da ordem de R$ 1,5 milhão.