Browsing Category

Saúde

Brasil, Destaques, Itaipu, Saúde,

Hospital mantido pela Itaipu espera receber cerca de dois mil exames para covid-19, até quarta-feira (8)

Todos esses testes serão colocados à disposição da Vigilância Epidemiológica. O fluxo de atendimento será definido pelo Laboratório Central do Estado (Lacen)

O Hospital Ministro Costa Cavalcanti (HMCC), mantido pela usina de Itaipu, em Foz do Iguaçu (PR), aguarda até quarta-feira (8) a chegada de 1,5 mil a 2 mil testes de Real Time – PCR, que indica diagnóstico da covid-19 em até duas horas. Todos esses testes serão colocados à disposição da Vigilância Epidemiológica para atendimento dos pacientes suspeitos. O fluxo será definido pelo Laboratório Central do Estado (Lacen). Além disso, poderá ser utilizado também para identificação da doença em pacientes internados no HMCC e no Hospital Municipal.

O Costa Cavalcanti, por meio de seu laboratório de Saúde Única, do Centro de Medicina Tropical, está habilitado a fazer os testes PCR desde a semana passada. Os exames ajudarão no mapeamento epidemiológico da doença e na tomada de decisões dos municípios da 9ª Regional de Saúde do Paraná para o enfrentamento da doença.

Atualmente, três testes estão sendo utilizados no Brasil: o PCR, imunológico e o teste rápido. Todos são capazes de diagnosticar a doença, mas diferem na coleta, na análise e também no tempo de resultado. O PCR é considerado o mais confiável. O HMCC tem capacidade para fazer até 480 exames desse tipo por dia. É um dos únicos do interior do Paraná credenciados para fazer essa testagem.

Até domingo (5), de acordo com o último boletim divulgado pela Vigilância Epidemiológica, Foz do Iguaçu contabilizava 25 casos da doença. Do total de 286 notificações, 215 foram descartadas. Atualmente, 46 casos estão sendo investigados. Duas pessoas estão internadas. A contagem dos casos do novo coronavírus começou em 29 de fevereiro, com o primeiro caso suspeito encaminhado para ser examinado. A primeira confirmação veio em 12 de março, mas só veio a público no dia 18 do mesmo mês.

Segundo o diretor-superintendente do HMCC, Fernando Cossa, o estoque dos 2 mil exames (outros 2 mil devem chegar em breve) deve atender a demanda dos municípios da 9ª Regional, para identificar os casos suspeitos. Se for necessário, mais kits serão adquiridos.

Para o diretor-geral brasileiro, general Joaquim Silva e Luna (foto acima), os exames comprados pelo HMCC vão dar mais tranquilidade para a população, pois estarão à disposição da Vigilância Epidemiológica.

“Estamos acompanhando atentamente os cenários internacional, nacional e locais da doença. Itaipu contribui e vai continuar contribuindo sempre para o desenvolvimento do Oeste do Paraná. Cuidar da saúde da nossa gente faz parte da nossa missão e é tão ou quanto mais importante que qualquer outra ação nesse momento tão sensível”, diz o general.

Preparado para enfrentar a crise da covid-19, o HMCC criou uma ala exclusiva para internamento de pacientes com a doença. São 27 leitos, 15 só na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) e 12 de semi-intensiva. O HMCC também administra um fundo emergencial encaminhado pela Itaipu de aproximadamente R$ 15 milhões voltados para a reestruturação da instituição e para ajudar Foz do Iguaçu e municípios vizinhos no enfrentamento à pandemia do novo coronavírus.

A Fundação de Saúde Itaiguapy, que administra o HMCC, já adquiriu equipamentos de proteção individual, materiais e medicamentos, incluindo 35 aparelhos de ventilação mecânica, 50 monitores multiparamétricos e 40 camas hospitalares.

Para se antecipar à pandemia em Foz, o HMCC contratou aproximadamente 80 colaboradores e médicos plantonistas para atuar em setores específicos no tratamento à covid-19, além de uma infectologista e um coordenador de medicina interna dedicados exclusivamente ao combate à doença. Mais de 200 pessoas estão em treinamento, aptas para uma possível crise.

O HMCC está repassando para Foz e região equipamentos de proteção individual, máscaras cirúrgicas, luvas e monitores, entre outros. Também fez um convênio com um hotel para hospedagem de profissionais de saúde que atuam na linha de frente do combate à pandemia.

Com a reestruturação, o Hospital Costa Cavalcanti tem agora dois prontos atendimentos, um para pacientes sem sintomas respiratórios, que funciona no Centro Clínico, e o outro voltado para os casos de sintomas respiratórios, anexo ao HMCC.

A 9ª Regional abrange Foz, Itaipulândia, Matelândia, Medianeira, Missal, Ramilândia, Santa Terezinha de Itaipu, São Miguel do Iguaçu e Serranópolis do Iguaçu.

Geral, Notícias, Saúde,

Sobe para dois pacientes internados e para 25 o total de confirmados com coronavírus em Foz do Iguaçu

Homem de 52 anos e mulher de 29 anos são novos infectados

Da Comunicação Social da Prefeitura

A Vigilância Epidemiológica de Foz do Iguaçu confirma, na data de hoje 04/04/2020, mais dois novos casos positivos de Covid-19. Com estes resultados, sobe para 25 o número de casos confirmados da doença no município. Outros 40 casos estão em análise e 210 foram descartados.

Os novos casos tratam-se de um homem de 52 anos e uma mulher de 29 anos. O paciente está internado no Hospital Municipal Padre Germano Lauck desde o dia 27 de março. Ele foi internado com sintomas de Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG) e permanece em isolamento.

Foram coletadas amostras para investigação de outras doenças respiratórias, incluindo a Covid-19. O paciente está na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) da ala COVID com uso de ventilação mecânica. A Vigilância Epidemiológica está investigando a transmissão da doença neste caso.

A mulher, de 29 anos, procurou atendimento médico no dia 30 de março, com sintomas respiratórios leves depois de retornar de uma viagem a São Paulo.

Ela foi classificada como caso suspeito, realizou a coleta para diagnóstico e foi orientada quanto aos cuidados de prevenção e isolamento domiciliar por 14 dias. A equipe da Vigilância Epidemiológica segue monitorando a paciente, que apresenta sintomas leves.

Dos 25 casos confirmados em Foz do Iguaçu, 10 já foram liberados do isolamento domiciliar, estão assintomáticos e recuperados; 13 permanecem em isolamento domiciliar e apresentam sintomas leves e 2 pacientes estão internados, um no Hospital Municipal e outro no Hospital Ministro Costa Cavalcanti.

Boletim da Vigilância Epidemiológica de Foz do Iguaçu

Brasil, Destaques, Economia, Geral, Notícias, Saúde,

Coronavírus: Maioria dos líderes caminhoneiros apoia isolamento e discorda do presidente Bolsonaro

Manifestação dos caminhoneitos em abril de 2018. Foto: Armando Paiva/Raw Imagem/Estadão Conteúdo

Ainda que mantenha prestígio em algumas alas dos representantes dos caminhoneiros do Brasil, o presidente Jair Bolsonaro não conta com apoio de maior parte da categoria quando o assunto é a reabertura do comércio, defendida por ele, na contramão das medidas de isolamento contra o coronavírus.

Em conversas com sete representantes da classe, a coluna ouviu apoio da maioria às medidas de prevenção à covid-19, doença causada pelo novo vírus, destaca Chico Alves no UOL.

“A melhor prevenção é o isolamento”, prega Diumar Bueno, presidente da Confederação Nacional de Transportadores Autônomos (CNTA). “Não vejo dos caminhoneiros nenhum apelo para voltar o funcionamento do comércio, já que as atividades essenciais estão sendo mantidas”.

A CNTA é a principal entidade nacional da categoria. Congrega federações de todos os estados e 150 sindicatos de todo o país.

AQUI para ler o restante do artigo

Destaques, Estadual, Saúde,

Paraná registra aumento de 752% nas confirmações de coronavírus

Os casos confirmados de coronavírus no Paraná aumentaram 752% nos últimos 15 dias. De acordo com cálculos de Vinicius Cordeiro no Paraná Portal, no dia 20 de março, existiam 36 confirmações de Covid-19, mas o número chegou à 307 nesta sexta-feira (3).

O número representa o maior aumento entre os estados da região Sul do Brasil. O Rio Grande do Sul teve crescimento de 687% (passou de 49 para 386, enquanto Santa Catarina teve alta de 652% (passou de 40 para 301). Os dados são das Secretarias estaduais de Saúde.

Ou seja, mesmo com um número menor de casos em relação ao Rio Grande, o Paraná foi quem teve o maior crescimento da doença.

Destaques, Estadual, Justiça, Saúde,

Por suspeita de preso com Coronavírus, juíza suspende visitas à delegacia de Pinhais

A juíza Carolina Gabriele Spinardi Pinto deferiu pedido formulado pela Defensoria Pública do Paraná para adoção de medidas preventivas, com destaque à suspensão das visitas, à delegacia de Pinhais. A Defensoria expôs no pedido que recentemente dois presos apresentaram sintomas que levaram à suspeita de que estivessem com COVID-19.

Na decisão, a magistrada lembra que as condições sanitárias das carceragens brasileiras ficam muito aquém das determinações constitucionais, não oferecendo condições dignas para a recuperação de seus detentos, o que foi reconhecido, inclusive, pelo Supremo Tribunal Federal no julgamento da liminar na ADPF 347 ao tratar do “Estado de coisas inconstitucional do sistema prisional”.

“A situação já precária de higiene e superlotação se torna ainda mais preocupante diante da atual pandemia causada pelo vírus SARS-cov-2, trazendo riscos graves não só para os presos, como também para os agentes carcerários, servidores da polícia e visitantes. Com efeito, o risco de disseminação da doença a partir da contaminação dos detentos é séria exigindo pronta atuação dos órgãos do sistema prisional”, completa.

AQUI para ler mais no site da Amapar

Brasil, Saúde,

Ministério da Saúde descobre que coronavírus chegou ao Brasil em janeiro

Até então, o primeiro caso confirmado conhecido de contaminação pela covid-19 no país era de fevereiro

O Brasil registrou o primeiro caso de covid-19 no fim de janeiro. Segundo dados divulgados nesta quinta-feira pelo Ministério da Saúde, houve uma hospitalização em razão da doença na quarta semana do ano. Até então, o primeiro caso do novo coronavírus no Brasil, que já matou 299 pessoas, tinha sido confirmado no fim de fevereiro.

O Ministério da Saúde explicou que está fazendo uma investigação retroativa de casos de síndrome respiratória aguda grave (SRAG). Nesse processo, foi encontrado um caso de janeiro.

Desde o começo do ano, houve 23.999 hospitalizações por SRAG. Delas, houve confirmação de covid-19 em 1.587, ou 6,6% do total. Fora o caso de janeiro, todos os demais são a partir da oitava semana, ou seja, já no fim de fevereiro. Nessa semana, houve uma hospitalização.

Depois disso, os números subiram. Na semana seguinte, foram quatro internações. Na décima, 42. Na décima primeira, 355 hospitalizações. Na décima segunda, 710. Na décima terceira, 433. E na décima quarta, que é a semana atual, já são 41. Os números podem mudar, porque nem todos os casos foram investigados.

Fonte: Exame

Geral, Notícias, Política, Saúde,

Saúde já vacinou 87% dos idosos contra a gripe em Foz do Iguaçu

Em menos de duas semanas do início da primeira fase da Campanha Nacional de Vacinação contra a Influenza, a Secretaria Municipal de Saúde (SMSA) já imunizou 87% da população idosa

De acordo com o boletim do Programa Municipal de Imunização, foram aplicadas 17.713 doses entre as pessoas acima de 60 anos. Os números refletem o sucesso da estratégia da vacinação feita de casa em casa para esse grupo de risco em Foz do Iguaçu. 

“Foz foi o primeiro município a adotar essa medida para garantir o isolamento do idoso e protegê-lo contra o Coronavírus. Fazer a vacinação de casa em casa também é essencial para que todos os idosos sejam imunizados, pois a saúde está indo ao encontro deles”, enfatizou o vice-prefeito e secretário municipal de saúde, Nilton Bobato. 

Nesta primeira fase, que teve início em 23 de março e segue até o dia 16 de abril, a campanha também é voltada aos profissionais de saúde. Ao todo, foram 4.924 doses aplicadas nesse grupo, representando 79% da cobertura. 

Além da vacinação de casa em casa, no último final de semana o município  realizou a ação no sistema Drive-Thru e conseguiu atender 5.800 idosos. Até o final da primeira etapa, devem ser vacinados cerca de 22 mil idosos.

Dúvidas

A Secretaria orienta os moradores que tiverem dúvidas sobre a vacinação a ligarem para as unidades de saúde mais próximas de casa. “É preciso ter calma que a vacina vai chegar até os idosos. É muito importante que se mantenham em casa e se tiverem dúvidas, liguem para as unidades, mas não saiam de suas residências”, afirmou Bobato. 

Etapas

Na segunda fase da campanha, que inicia em 16 de abril, serão vacinados os professores, profissionais das forças de segurança, portadores de doenças crônicas não transmissíveis e outras condições clínicas especiais.

Na terceira fase, que inicia em 09 de maio, serão vacinadas as crianças de 6 meses a menores de 6 anos, gestantes, puérperas, povos indígenas, adolescentes e jovens de 12 a 21 anos sob medida socioeducativas, população privada de liberdade, funcionários do sistema prisional e adultos de 55 a 59 anos de idade.

O “Dia D” acontecerá no dia 09 de maio (sábado). A Secretaria está definindo como será o funcionamento da vacinação para os demais grupos e anunciará o formato nas próximas semanas.

Brasil, Destaques, Estadual, Saúde,

Prefeitura de Londrina anuncia morte de homem de 37 anos por Covid-19. Paraná tem cinco óbitos e Braisl 359

Engenheiro eletricista foi internado em um hospital no dia 26 de março, foi transferido para UTI no dia 30 e morreu nesta sexta (3)

Um homem de 37 anos morreu em Londrina, no norte do Paraná, vítima da Covid-19, nesta sexta-feira (3), segundo a prefeitura. Essa é quinta morte pela doença registrada no estado, informa o G1 PR.

De acordo com a Secretaria Estadual de Saúde, até esta sexta-feira, Londrina tem 30 casos confirmados da doença. No Paraná, 307 pessoas foram infectadas pelo novo coronavírus e quatro pessoas morreram vítimas

A Secretaria Municipal de Saúde informou nesta sexta-feira (3) que há 36 casos, destes 15 estão isolados em casa, 15 estão internados, e cinco receberam alta.

O prefeito Marcelo Belinatti (PP) ainda anunciou a prorrogação do decreto que determinou o fechamento do comércio e indústrias de serviços não essenciais até o dia 12 de abril.

Brasil

O Ministério da Saúde anunciou que subiu para 359 o número de mortes em decorrência do novo coronavírus no Brasil — aumento de 60 mortes confirmadas nas últimas 24 horas.

No total, são 9.056 casos oficiais confirmados no país até agora, segundo o governo — 1.146 casos novos de ontem para hoje — com uma mortalidade de 4%.

Brasil, Destaques, Itaipu, Saúde,

Engenheiro de Itaipu organiza produção caseira de máscaras contra a covid-19

Tácio Fonseca Demarchi e a esposa, Katiane Moreira Demarchi, já produziram mais de cem peças na linha de montagem improvisada na cozinha da casa

O engenheiro eletricista Tácio Fonseca Demarchi, da Divisão de Laboratório da Itaipu Binacional, e a esposa, Katiane Moreira Demarchi, aproveitaram a quarentena para exercer uma atividade cada vez mais importante em tempos de pandemia: a solidariedade.

Eles transformaram a cozinha da casa em uma pequena fábrica de máscaras de proteção para os profissionais que estão na linha de frente no combate ao coronavírus: enfermeiros, técnicos de saúde e médicos. Toda a produção é direcionada para o Hospital Municipal de Foz do Iguaçu.

A ideia surgiu quando a médica Wang Chih Hui, de Foz do Iguaçu, divulgou um pedido de informações sobre fornecedores de acetato e perguntou se alguém se voluntariava para a produção de máscaras. Foi então que o casal se interessou pela causa, entrou em contato com a médica e aceitou participar da iniciativa.

A inspiração veio de um projeto do Hospital de Clínicas de Porto Alegre, que também incentiva a produção caseira de máscaras para a proteção dos profissionais de saúde.

Em Foz, a aquisição dos materiais foi viabilizada a partir de um pedido de doação publicado nas redes sociais. Muitas pessoas e empresas se interessaram pelo projeto e enviaram, na medida do possível, dinheiro e equipamentos.

As máscaras são compostas por materiais simples e de fácil manuseio: polietileno (espaguete de piscina), elástico de roupa, acetato e fita dupla face. Na primeira semana de quarentena, Tácio e Katiane produziram 120 peças para o hospital municipal. A próxima meta é a produção de mais 370 unidades.

O engenheiro salienta que as máscaras não têm o padrão da Anvisa e devem ser usadas juntamente com as máscaras cirúrgicas. Ou seja, trata-se de uma proteção adicional. Mas a peça caseira oferece uma importante barreira para proteger olhos, nariz e boca de respingos de secreção. Uma ajuda e tanto para os profissionais da saúde.

Tácio diz esperar que a pandemia passe logo, para que a vida volte ao normal, mas apoia as medidas de isolamento adotadas pelo município e pela Itaipu para proteger a saúde da população. “As medidas são necessárias e acredito que atingirão o seu objetivo de minimizar a propagação do vírus e reduzir a pressão no sistema de saúde pública”, afirmou.

Destaques, Geral, Notícias, Saúde,

Boletim confirma 10 novos casos de Coronavírus em Foz do Iguaçu. Dois são por transmissão local

O Boletim Diário da Vigilância Epidemiológica confirmou, nesta sexta-feira (03), 10 novos casos de Covid-19, infecção provocada pelo novo Coronavírus em Foz do Iguaçu.

Do total, oito são importados (contraídos em outras regiões) e dois são considerados transmissão local, de pessoas que não saíram mas mantiveram contato com alguém que veio de outras cidades ou países.

Todos os pacientes foram orientados quanto aos cuidados de prevenção e isolamento domiciliar por 14 dias, sendo monitorados diariamente pela equipe da Vigilância Epidemiológica, permanecendo durante todo o monitoramento com sintomas leves.

O município contabiliza até agora, 23 casos confirmados da doença, ainda sem evidências de transmissão comunitária. Já foram descartados 181 casos e 63 permanecem em investigação.

Entre os casos confirmados, 10 já foram liberados do isolamento domiciliar, estão assintomáticos e recuperados; 12 permanecem em isolamento domiciliar com sintomas leves e 1 paciente está hospitalizado, também em isolamento.