Browsing Category

Sem categoria

Curitiba, Destaques, Geral, Paraná, Sem categoria,

Polícia Civil do Paraná prende em Curitiba grupo de criminosos que criavam sites falsos para golpes

Vendiam eletroeletrônicos, desde banheiras jacuzzi até televisores de R$ 70 mil. As prisões ocorreram em Curitiba. A PCPR estima que mais de mil pessoas, de diversos lugares do país, já tenham sido vítimas.

A Polícia Civil do Paraná (PCPR) prendeu sete pessoas em operação contra empresários suspeitos de criar sites falsos para venda de eletroeletrônicos, desde banheiras jacuzzi até televisores de R$ 70 mil. As prisões ocorreram na manhã desta sexta-feira (27), em Curitiba. A PCPR estima que mais de mil pessoas, de diversos lugares do país, já tenham sido vítimas dos criminosos. 

Os policiais cumpriram três mandados de prisão temporária, dois de busca e apreensão e quatro bloqueios de contas bancárias. Quatro pessoas foram presas em flagrante durante a ação. Também foram apreendidos notebooks, celulares, máquinas de cartão, documentos e cartões de crédito. 

O grupo vai responder pelos crimes de estelionato tentado e consumados, associação criminosa, lavagem de dinheiro e falsificação de documentos particulares.

Investigação

A PCPR apurou que os indivíduos estavam planejando um novo site para aplicar golpes na última sexta-feira do mês de novembro, a Black Friday, dia popular para realizar compras com desconto.

O trio estaria se dividindo para atender clientes por meio de chats, aplicativo de mensagens e e-mail. Além disso, estariam simulando envio de mercadorias em nome de uma transportadora conhecida através de um site possivelmente clonado. 

Vítimas

Durante as diligências, a PCPR encontrou ainda mais de 200 reclamações registradas por vítimas sobre os sites em que os criminosos operavam. As reivindicações foram encontradas em uma rede própria para esse tipo de assunto. 

Até o momento, 50 vítimas foram ouvidas na delegacia especializada da PCPR. Com a divulgação desta operação, espera-se que outras compareçam até a unidade.

Brasil, Destaques, Geral, Saúde, Sem categoria,

Ponte Tancredo Neves: proposta de protocolo sanitário será entregue a autoridades da Argentina

Em reunião do Conselho de Desenvolvimento Trinacional (Codetri), nessa quarta-feira, 25, representantes da sociedade civil organizada das Três Fronteiras – Argentina, Brasil e Paraguai – concluíram a proposta de protocolo de segurança sanitária para a Ponte Internacional Tancredo Neves. A via está fechada desde março, devido à pandemia.  

O documento será encaminhado oficialmente ao governo estadual de Misiones – província da qual faz parte a cidade de Puerto Iguazú – e à Embaixada da Argentina no Brasil. Após a análise, esse regramento será concluído conjuntamente entre o poder público e a sociedade civil. 

O protocolo foi elaborado pelo Codespi, Codefoz e Codeleste, que são os conselhos de desenvolvimento de Puerto Iguazú, Foz do Iguaçu e Ciudad del Este. A Câmara de Comércio, Indústria e Comércio Exterior (CCI) e a Câmara de Turismo, da cidade argentina vizinha, também assinam a proposta. 

Estão previstas medidas sanitárias para turistas e moradores da região trinacional durante o acesso à ponte, quando a via for reaberta. O protocolo sugere duas etapas para a retomada da circulação, com regras e exigências distintas em cada fase, submetidas ao controle e monitoramento das autoridades em saúde da Argentina e Brasil. 

“É uma proposta que estamos apresentando ao governo do nosso país, para debate e avaliação”, frisa Pablo Bauzá, presidente do Codespi. “Fazemos parte de uma fronteira única, formada pelos três países e cidades da região. Estamos pensando principalmente nos moradores da região, que tem uma vida cotidiana compartilhada”, expõe.

No texto, o protocolo enfatiza que a meta é fazer uma abertura segura e controlada da Ponte Tancredo Neves. “O objetivo é impulsionar toda a cadeia de serviços, incluindo hotéis, agências de turismo, táxis, remises, guias, atrativos, comércio, gastronomia e serviços em geral.”

Três Fronteiras 

De acordo com o presidente do Conselho de Desenvolvimento Econômico e Social de Foz do Iguaçu (Codefoz), Mario Camargo, as instituições que atuam nas Três Fronteiras trabalham em parceria. A intenção é restabelecer o fluxo fronteiriço, intercambiando experiências e definindo normas sanitárias seguras. 

“Com mais de oito meses, o fechamento da Ponte Tancredo Neves provoca efeitos econômicos e sociais gravíssimos”, reflete Mario. “Quem mais sofre somos nós, moradores da fronteira. Por isso, entendemos que juntos podemos estabelecer medidas responsáveis e seguras para retomarmos a conexão entre as três cidades vizinhas”, pondera. 

Por: GDia

Economia, Foz do Iguaçu, Sem categoria,

Black Weekend Foz do Iguaçu vai durar 5 dias

Entre os dias 25 e 29 de novembro, operadora ofertará até 70% de desconto nos pacotes, passeios e transportes em Foz do Iguaçu.

A operadora iguaçuense Loumar Turismo está preparando mais uma ação comercial com os seus parceiros comerciais de um dos destinos turísticos mas visitados do Brasil: a Black Weekend Foz do Iguaçu, uma espécie de Black Friday, mas com a diferença que serão cinco dias de venda.

Para participar da ação e resgatar os valores promocionais a operadora lançou uma lista VIP. Como isso funciona? Será necessário se inscrever no link. Após o cadastro, a Loumar repassa diariamente mais infos sobre a promoção mais esperada do ano.

Live commerce

Durante a quarentena, a operado estudou formas de contato com os seus clientes e observou que a maneira de comprar mudou. O que resultou em um jeito de vender Foz do Iguaçu através de lives. O que já é tendência nos Estados Unidos e na China entrou no Brasil através dá primeira Live Commerce de turismo do mundo, que foi realizada em agosto. Naquele momento a Loumar reuniu mais de 12 mil pessoas em um programa ao vivo vendendo atrativos de Foz.

A Black Weekend de Foz do Iguaçu vai acontecer de 25 a 29 de novembro, mas é no dia 25 que se poderá fazer melhores compras com mais possibilidades de descontos. “Durante a live do primeiro dia, que começará a partir das 20h e terá duas horas de duração, os pacotes, atrativos ou transportes estarão ainda mais baratos e a cada compra, nossos clientes levarão brindes que poderão ser resgatados aqui em Foz”, conta o diretor de marketing e comunicação do Grupo Loumar, Garon Piceli.

Alguém falou em brindes? Sim, quem comprar durante a live Commerce do dia 25/11, vai ganhar um copo colecionável. Aliás, a Black Weekend vai oferecer vários brindes personalizados elaborados especialmente para esta ação, “mas alguns itens poderão ser limitados”, alerta Garon Piceli.

Indique para um amigo

Neste ano a novidade fica por conta do programa de indicação, onde qualquer pessoa pode convidar amigos e familiares a se cadastrarem na Black de Foz do Iguaçu.  Cada cadastro vale 1 ponto e a cada meta alcançada valerá brindes, confira:

– 05 amigos cadastrados: o cliente ganha um copo colecionável;
– 10 amigos cadastrados: ganha um copo colecionável + café do Café com Passagem;
– 15 amigos cadastrados: ganha um copo colecionável + café do Café com Passagem + Salgadinhos;
– 25 amigos cadastrados: Você ganha um copo colecionável + café do Café com Passagem + salgadinhos + Camiseta Exclusiva.

“Ficou interessado? Então mãos à obra. Manda o link: https://pages.viral-loops.com/black-weekend-2020, para os amigos e vai somando seus pontos e brindes, mas atenção, você terá que retirar em Foz do Iguaçu, onde será recebido com toda pompa no Café com Passagem”, convida o guia de turismo e especialista, Elmo Waltrick Porto Junior.

A ação Black Weekend reforça o marketing do Destino Iguaçu

Na primeira Live Commerce que a Loumar Turismo realizou no dia 27 de agosto, envolveu num único dia, mais de 12 mil pessoas. O modelo da ação, que também é replicado por grandes varejistas brasileiros,  teve como objetivo, colocar o Destino Iguaçu como opção turística para centenas de brasileiros e impulsionou a venda também em dezenas de agências de viagens de diferentes regiões.

Esse formato de ação de marketing e venda de produtos e serviços está sendo desenvolvidos e aplicados em várias partes do Brasil e também do mundo. Para não ficar para trás e deixar o bonde passar, a Loumar Turismo está aproveitando o momento da Brack Friday, para chamar a atenção do mercado nacional nesse momento de incertezas e inseguranças.

Com parcerias das empresas do setor de turismo de Foz do Iguaçu e Ciudad del Este, a operadora iguaçuense está fazendo, pela segunda vez, um marketing agressivo no mercado. O objetivo é fazer chegar à um número ainda maior, para mostrar que o Destino Iguaçu está pronto para receber turistas. “Nesse momento todos os destinos turísticos do Brasil estão aproveitando a Black Friday para atrair o turista para sua cidade, nós criamos esta ação conjunta com os parceiros. Juntos vamos chamar muito a atenção e mostrar que a cidade está pronta e segura para recebe-los”, comenta o CEO da Loumar Turismo, Marcelo Valente.

Sobre a Loumar Turismo

A Loumar Turismo é uma agência de turismo receptivo, 100% especializada em Foz do Iguaçu e região trinacional, incluido Ciudad del Este no Paraguai e Puerto Iguazú na Argentina.

Com quase duas décadas de experiência, a Loumar Turismo conta com uma equipe de profissionais experientes e especialistas para solucionar qualquer dúvida sobre o Destino Iguaçu.

Texto: Silvana Canal
FOTOS: Rafael Guimarães

Sem categoria,

Candidatos a prefeito de Curitiba recebem R$ 12,7 milhões de ‘fundão’

No primeiro mês da campanha, os candidatos a prefeito de Curitiba arrecadaram um total de R$ 13,7 milhões em receita para custear os gastos da disputa, segundo dados das prestações parciais de contas entregues à Justiça Eleitoral.

Adianta o Bem Paraná que desse total, quase R$ 12,79 milhões, ou 93%, vieram do chamado Fundo Especial de Financiamento de Campanha (FEFC), mais conhecido como “fundo eleitoral” ou “fundão” destinado ao financiamento das campanhas eleitorais dos candidatos.

Para este ano, o Congresso reservou mais de R$ 2 bilhões para candidatos a vereador, prefeito em vice em todo o País.

Dos 16 candidatos a prefeito de Curitiba, três não receberam recursos do fundo eleitoral: João Guilherme (Novo), professor Mocellin (PV) e Zé Boni (PTC). João Guilherme arrecadou R$532.507,14, sendo R$445.000,00 em recursos próprios. Zé Boni teve R$5.063,50, sendo R$3.400,00 em recursos próprios. Mocellin recebeu R$ 20 mil em doação de pessoa física.

Em todo o Paraná, a receita dos candidatos a vereador e prefeito no período foi de R$ 83.425.869,97. Desse total, R$ 52.958.569,75 foram para as campanhas de candidatos a prefeito, e R$ 30.467.300,22 a vereador.

Desse total, vieram dos partidos R$ 40.918.295,55; outros R$ 22.477.608,97 vieram de doações de pessoas físicas e R$ 16.721.612,39 em recursos próprios. Os candidatos também receberam R$ 3.053.660,76 de outros candidatos e R$ 247.102,63 através de campanhas de financiamento coletivo.

Só em Curitiba, os candidatos já arrecadaram R$ 18.905.455,20, sendo R$ 5.643.226,00 na disputa por uma vaga no Legislativo. Dos 36.981 candidatos, 17.040 declararam terem recebido recursos nesse início de campanha.

PLACAR
Veja quanto arrecadou cada candidato a prefeito de Curitba:
Camila Lanes (PC do B)
Fundo eleitoral R$ 80.000,00
Carol Arns (Pode)
Fundo eleitoral R$ 1.600.000,00
Total R$ 1.627.500,00
Christiane Yared (PL)
Fundo eleitoral R$ 3.000.000,00
Diogo Furtado (PCO)
Fundo eleitoral R$ 1.000,00
João Guilherme (Novo)
Recursos próprios R$ 445.000,00
Total R$ 532.507,14
Eloy Casagrande (Rede)
Fundo eleitoral R$ 15.000,00
Total R$ 16.350,00
Fernando Francischini (PSL)
Fundo eleitoral R$ 2.866.663,33
Total R$ 2.891.243,33
Goura (PDT)
Fundo eleitoral R$ 1.200.000,00
Fundo partidário R$ 8.000,00
Financiamento coletivo R$ 35.317,96
Total R$ 1.254.162,04
João Arruda (MDB)
Fundo eleitoral R$ 1.150.000,00
Diretório Estadual R$ 63.320,00
Total R$ 1.213.320,00
Letícia Lanz (PSOL)
Fundo eleitoral R$ 21.092,32
Total R$ 23.461,32
Marisa Lobo (Avante)
Fundo eleitoral R$ 200.000,00
Total R$ 220.859,48
Paulo Opuszka (PT)
Fundo eleitoral R$ 656.000,00
Professora Samara (PSTU)
Fundo eleitoral R$ 7.000,00
Total R$ 9.150,00
Professor Mocellin (PV)
Pessoa física R$ 20.000,00
Rafael Greca (DEM)
Fundo eleitoral R$ 2.000.000,00
Total R$ 2.159.500,00
Zé Boni (PTC) R$5.063,50
Recursos próprios R$3.400,00
Fundo eleitoral R$ 12.796.755,65
Total R$ 13.710.116,81
Dados: TSE

Por: Bem Paraná

Sem categoria,

Morre Eduardo Teixeira, presidente do PTB de Foz, vítima de acidente com parapente

Eduardo Luiz Teixeira da Silva, ex-presidente do Partido Trabalhista Brasileiro (PTB) em Foz do Iguaçu e ex-diretor do Foz Habita faleceu na noite deste domingo (9), em decorrência do acidente com um parapente. Ele tinha 44 anos.

Além de Eduardo, que no acidente teve 60% do corpo queimado, o acidente teve uma segunda vítima: o advogado e professor da Unifoz, Egídio Arguello.

Mais informações em breve.

Paraná, Sem categoria,

Procuradoria Especial da Mulher lança, em parceria com o Secovi, campanha de proteção aos direitos da mulher

A Procuradoria Especial da Mulher lançou nesta segunda-feira (20) uma campanha em parceria com o Sindicato da Habitação e Condomínios (Secovi/PR). A ação faz parte da programação ao Dia Estadual de Combate ao Feminicídio, dia 22 de julho.

A parceria prevê a distribuição de cartazes e material de divulgação dos direitos à proteção integral da mulher e dos canais de denúncia. O objetivo é mobilizar o maior número de condôminos sobre a importância da data e sobre o boletim eletrônico, a mais nova ferramenta de combate à violência contra a mulher, proposta pela Procuradoria da Mulher junto à Secretaria Estadual de Segurança Pública.

Com a atenção redobrada à violência doméstica durante esse período de isolamento social, causado pela pandemia da civid-19, a Procuradoria da Mulher da Alep, lança essa campanha para aprender romper com este ciclo de violência que aumentou 25% no período da quarentena. Estamos mobilizando todos os municípios para que atuem em suas regiões e principalmente os condôminos para aderir a esse movimento de proteção e de denúncia. Pois a máscara de proteção contra o covid pode tapar a nossa boca, mas não vamos nos calar”, disse a procuradora da mulher da Assembleia Legislativa, a deputada Cristina Silvestri. Participe e ajude a divulgar. Segue abaixo o nosso cartaz da campanha.

Paraná, Política, Sem categoria,

Anibelli Neto destaca ação que reduziu tarifa da Copel

O deputado Anibelli Neto, do MDB, ocupou a tribuna da sessão virtual desta segunda-feira da Assembleia Legislativa para destacar a ação judicial que reduz entre 3,5% e 4,1% a tarifa de energia da Copel.

O deputado lembrou que foi em 2009, no governo do MDB, que foi proposta esta ação e que desobriga a empresa de continuar recolhendo PIS e Cofins sobre o ICMS que incide na tarifa de energia elétrica.

“Este é mais um motivo de orgulho do nosso MDB”, disse Anibelli, destacando as políticas sociais do governo do partido que, lembrou, não aumentou as tarifas de energia ou de água.

Segundo a própria Copel, a medida beneficia diretamente todas as classes de consumidores e a diminuição no preço da tarifa vale já a partir de julho, com benefício na fatura de agosto.

Destaques, Economia, Foz do Iguaçu, Sem categoria,

𝐂hico Brasileiro vai publicar decreto para retorno do comércio de Foz do Iguaçu na quarta-feira, 15

O prefeito Chico Brasileiro (PSD) disse neste sábado, 11, que deve publicar um decreto na segunda-feira, 13, restabelecendo o retorno do comércio na quarta-feira, 15.

O retorno está previsto após o fim da  validade do decreto estadual de quarentena restritiva que termina na terça-feira, 14.

Segundo o prefeito, no programa semanal pela Rádio Cultura, dados técnicos de Foz do Iguaçu serão apresentados para ao Estado mostrando que as restrições não sejam prorrogadas na cidade.

“Acredito que quarta-feira, 15, iremos voltar a normalidade em Foz. Estamos trabalhando com todos os argumentos técnicos para isso. Foz, embora esteja em estágio de alerta, embora esteja em um estágio que precisa tomar todos os cuidados, mas vamos trabalhar para que ele não seja prorrogado e se encerre na terça-feira, 14”, destacou Chico Brasileiro pelo telefone.

O prefeito disse que o decreto municipal vai estabelecer algumas medidas restritivas. Mas diz que o foco de transmissão não está no comércio. “Vamos emitir na segunda-feira, 13, um decreto municipal de como será a reabertura a partir de quarta-feira, 15.

Medidas restritivas devem continuar, mas não no comércio, percebemos que comércio não é o grande foco de transmissão. Temos que nos preparar para outros focos de transmissão. Porém, vamos manter os cuidados no comércio” argumentou.

Chico Brasileiro ressaltou que Foz do Iguaçu preparou o sistema de saúde para suportar a quantidade de casos. Ele destaca que embora os números tenham subido nos últimos dias, a saúde do município não entrou em colapso.

“Não precisamos mandar nenhum paciente para outras cidades, pelo contrário, Foz do Iguaçu recebeu pacientes de outras regionais. Isso demonstra que fizemos um bom trabalho aqui”, defendeu.

Destaques, Foz do Iguaçu, Itaipu Binacional, Sem categoria,

Filhote de lontra resgatado em Pontal do Paraná será apresentado terça-feira, 7, no Refúgio Biológico da Itaipu

O filhote de lontra resgatado em Pontal do Paraná, no litoral do Estado, será apresentado na próxima terça-feira (7), às 9h no Refúgio Biológico da Itaipu, em Foz do Iguaçu.

O resgate do animal foi necessário após o mesmo dar sinais de que não tem condições de retornar a natureza, conforme relatou o portal Correio do Litoral.

Abaixo mais da sobre a apresentação e o Refúgio Biológico da Itaipu

O Refúgio Biológico Bela Vista (RBV), da Itaipu Binacional, recebeu um filhote de lontra no dia 24 de junho, encaminhado pelo Centro de Reabilitação, Despetrolização e Análise de Saúde de Fauna Marinha da UFPR, localizado no balneário de Pontal do Sul, em Pontal do Paraná.
O animal foi encontrado em Guaratuba, no litoral do Paraná, em maio, após ser retirado das margens de um canal de água doce por pessoas que acreditavam que a lontra estava sozinha e era muito pequena. Levado à unidade da UFPR, o filhote foi devidamente tratado.

Por ter cerca de apenas dois meses, sem a presença da mãe e indefeso, o filhote – uma fêmea – não tem condições de sobreviver sozinho. A ausência da mãe faz com que ele não aprenda os comportamentos básicos para sobreviver na natureza.

Mas não foi difícil achar um lar definitivo para ele. A parceria entre Itaipu e UFPR possibilitou a chegada do animal a Foz do Iguaçu, onde, no RBV, viverá em um amplo espaço desenhado para as necessidades da espécie e enriquecido com elementos naturais de seu hábitat.

O RBV já tinha duas lontras macho em seu plantel e, agora, com a chegada da fêmea, surge a possibilidade de iniciar um projeto de reprodução em cativeiro para a futura reintrodução de indivíduos na natureza. É mais um presente para o RBV, que completou 36 anos no último dia 27.

Meio Ambiente, Paraná, Sem categoria,

Retirada e corte de árvores nativas devem ser feitos pelos órgãos ambientais

No Paraná, 179 atendimentos por queda de árvores foram registrados pela Defesa Civil Estadual. Árvores nativas só podem ser removidas do local com a autorização dos órgãos ambientais municipais e estadual.

As chuvas e ventos fortes desta semana causados por um ciclone extratropical derrubaram árvores e fizeram estragos em diversas cidades do Paraná. Em algumas regiões os ventos chegaram a 120 quilômetros por hora. O recolhimento e o corte de árvores nativas derrubadas pela tempestade, principalmente as ameaçadas de extinção, como Araucárias e Imbuias, devem ser autorizados pelos órgãos ambientais municipais e estadual.

“Em cidades como Curitiba, Guarapuava, Londrina, Maringá, Cascavel e Foz do Iguaçu é preciso comunicar às secretarias municipais de meio ambiente. Já nas cidades em que a prefeitura não emite essas autorizações para árvores nativas, é preciso entrar em contato com os escritórios regionais do IAT”, explica José Volnei Bisognin, diretor de Licenciamento e Outorga do Instituto Água e Terra (IAT).

De acordo com ele, a população só pode fazer o corte da árvore que caiu com os ventos se ela estiver causando alguma interferência, mas ainda assim é necessário avisar aos órgãos ambientais competentes.

“A população pode requerer o aproveitamento próprio do material caído em áreas particulares, inclusive das espécies ameaçadas de extinção, como pinheiros, por exemplo, a partir da plataforma SGA em até cinco árvores, ou pelo Sinaflor quando houver mais de cinco indivíduos de qualquer espécie nativa. As árvores caídas em áreas públicas, como ruas e praças, são de responsabilidade exclusiva dos órgãos municipais”, orienta o diretor.

Também é possível acionar a Defesa Civil do município e o Corpo de Bombeiros, caso a árvore esteja causando riscos.

Veja a lista dos escritórios regionais do Instituto Água e Terra AQUI e também confira quais são as espécies nativas do Paraná AQUI.

DANOS – O ciclone que atingiu Paraná nesta semana afetou 14.392 pessoas de 70 municípios. Ao todo, 3.469 casas foram danificadas.

De acordo com a Defesa Civil Estadual, até a manhã desta quinta-feira (02) foram registrados 179 atendimentos em todo o Paraná de queda de árvores em residências e/ou obstrução de vias urbanas.

O Batalhão de Polícia Rodoviária Estadual (BPRv) também registrou bloqueios por queda de árvores no Sudoeste do Estado, no município da Lapa (Região Metropolitana de Curitiba), nas PRs-423 e 427; na PR-151 em São Mateus do Sul; em Palmas, entre o trevo da PR-449 e o Posto Rodoviário; na PR-412; na PR-272; e em Cruzmaltina, na PRC-272.