Browsing Category

Sem categoria

Destaques, Sem categoria,

Roda Gigante de Foz do Iguaçu será inaugurada dia 15 de dezembro

O mais novo atrativo turístico do Destino Iguaçu, a Yup Star Foz do Iguaçu, será inaugurada no próximo dia 15 de dezembro, próximo ao Marco das Três Fronteiras e da Ponte Internacional da Integração Brasil-Paraguai.

A data foi definida esta semana pela Gramado Parks, responsável pelo empreendimento, informa o Diário do Porto.

A Roda Gigante faz parte de um investimento de R$ 200 milhões que a empresa projetou para Foz do Iguaçu, incluindo o resort Aquan, que terá 360 apartamentos e previsão de inauguração para 2023, na modalidade multipropriedade.

As obras para construção da roda-gigante começaram há cerca de um ano. Com o lançamento da atração, a empresa estima contratar 60 colaboradores diretos e ter 40 parceiros indiretos, contribuindo para o desenvolvimento econômico do destino.

A nova roda-gigante do grupo oferece uma tematização especial. A Yup Star Foz está preparada para receber cerca de 500 mil pessoas por ano.

A roda-gigante tem 88 metros de altura, acomoda 288 pessoas, distribuídas por 36 cabines totalmente climatizadas a cada volta e está instalada em uma área total de 5 mil metros quadrados.

Sua visão panorâmica proporcionará ao visitante admirar as belezas naturais da região. Além disso, o local também contemplará um espaço dedicado para alimentação e uma loja de souvenirs.

Sem categoria,

Governador assina contrato que aumenta repasses de recursos do Estado ao Hospital Costa Cavalcanti, de Foz do Iguaçu

O governador Carlos Massa Ratinho Junior e o secretário de Estado da Saúde, Beto Preto, assinam nesta sexta-feira (3) o novo contrato do Estado com o Hospital Costa Cavalcanti, de Foz do Iguaçu. Haverá um incremento de recursos, passando de R$ 2.883.889,08 para R$ 3.460.205,32 por mês, totalizando um investimento de R$ 34.578.974,40 nos próximos 60 meses.

O investimento garante a abertura de quatro novos leitos de UTI neonatal, chegando agora a 12 leitos de UTI neonatal, e mais novos 5 leitos de UTI pediátrica.

Os repasses do Tesouro Estadual vão permitir ainda a ampliação de procedimentos ambulatoriais e hospitalares na média e na alta complexidades.

As informações são de AEN

Sem categoria,

Ministro da Saúde cumpre agenda em Cascavel e mais seis municípios do interior do Paraná

O ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, desembarca nesta quinta-feira (25) em Cascavel para uma série de agendas em mais seis municípios no interior do Paraná nesta sexta-feira (26).

A chegada de Queiroga e comitiva no Oeste do estado está prevista para às 20h30. Após o pernoite, o ministro segue de helicóptero às 7h30 de Cascavel para Ubiratã. Ainda pela manhã vai até Pitanga e Laranjeiras.

Às 14h a comitiva deve chegar em Dois Vizinhos, de onde segue para Francisco Beltrão e Santo Antônio do Sudoeste.

No final da noite, às 18h15, deve retornar a Cascavel para visitar o Hospital Universitário e seguir, às 19h, para Porto Alegre (RS).

Queiroga estará acompanhado do deputado federal Ricardo Barros, líder do governo na Câmara e outras autoridades.

Abaixo, em PDF, a íntegra da agenda:

Destaques, Geral, Paraná, Sem categoria,

VÍDEO: Foz do Iguaçu FC leva três, mas arranca empate pela Terceira Divisão do Paranaense. Assista os gols!

O Foz do Iguaçu Futebol Clube arrancou um empatou heróico na tarde de sábado (20), valendo pela primeira partida da semifinal do Campeonato Paranaense da Terceira Divisão.

O time da fronteira reagiu contra o Laranja Mecânica, em Arapongas, depois de sair perdendo por três gols. O empate veio com gols de Xavier, duas vezes, e André, todos no segundo tempo.

Assista todos os gols no vídeo abaixo:

O jogo da volta será no próximo sábado (27), no Estádio do ABC em Foz do Iguaçu, a partir das 15h30.

Quem vencer avança para as finais da Terceira Divisão.

Em caso de novo empate, por qualquer placar, a decisão será nos pênaltis.

Quem chegar a final da Terceira Divisão garante vaga na Segunda Divisão do Paranaense.

Geral, Paraná, Política, Sem categoria,

Fórum de Mulheres de Partidos Polítidos será lançado segunda, 29, na Assembleia Legislativa

Um espaço suprapartidário de mulheres que juntas poderão mapear, construir e articular projetos para valorizar e atrair mais mulheres para os espaços de poder. Esta é a proposta do Fórum Paranaense de Instâncias de Mulheres de Partidos Políticos, que será lançado no dia 29 de novembro, em Curitiba.

O objetivo principal do Fórum é auxiliar e enfrentar os obstáculos que as mulheres têm para se candidatar e se eleger para cargos no executivo e legislativo no país, mas além disso, o Fórum quer ser um suporte para a apresentação de propostas relevantes para mudança do cenário político brasileiro tendo à frente dessas discussões e decisões, as mulheres, as maiores eleitoras do Brasil.

A posse das integrantes do evento organizado pela Procuradoria da Mulher da Assembleia Legislativa do Estado do Paraná, dentro da programação dos 16 Dias de Ativismo pelo Fim da Violência contra as Mulheres,evento organizado pela Procuradoria da Mulher da Assembleia Legislativa do Estado do Paraná.

Sem categoria,

Foz do Iguaçu registrou 7 novos casos e um óbito de Coronavírus em 24 horas

A Vigilância Epidemiológica de Foz do Iguaçu confirma na data de hoje, 31/10/2021, 7 casos de covid-19. No total, são 45.110 casos da doença no município desde o início da pandemia. Destes, 43.856 pessoas já estão recuperadas.

Todos os 7 novos casos são mulheres, com idades entre 19 e 71 anos. Todos estão em isolamento domiciliar.

Do total de casos ativos, 69 pessoas estão em isolamento domiciliar, com sinais e sintomas leves, e 33 estão internadas.

Óbito

Foz do Iguaçu registrou 1 óbito em consequência da covid-19. A vítima é uma mulher de 47 anos. No total, são 1.152 mortes pela doença no município desde o início da pandemia.

Colunistas, Luiz Claudio Romanelli, Paraná, Política, Sem categoria,

Vamos encerrar esta página terrível da história do Paraná, diz Romanelli sobre pedágios

O deputado Luiz Claudio Romanelli (PSB) afirmou nesta sexta-feira, 28, que o fim dos atuais contratos de concessões de rodovias no Paraná é um momento histórico. “Vamos encerrar esta página terrível da história do Paraná”, afirmou em entrevista para a Rádio Graúna FM de Cornélio Procópio.

Romanelli também repercutiu a decisão do conselheiro Nestor Baptista, do Tribunal de Contas do Estado (TCE), de barrar a participação das atuais concessionárias de pedágio na nova concorrência para exploração de rodovias do Paraná. “Estamos numa luta enorme para impedir que estas empresas continuem administrando nossas estradas. Sabemos que elas não cumprem os contratos”, disse.

De acordo com Romanelli, a Frente Parlamentar sobre os Pedágios, criada pela Assembleia Legislativa, tem atuado fortemente para que a futura licitação, que está sob a responsabilidade do governo federal, não permita a participação das empresas que hoje atuam nos pedágios do Paraná. O deputado aponta que elas deixarão um passivo de quase R$ 10 bilhões para a sociedade paranaense.

“O fato é que a sociedade paranaense foi, por 24 anos, enganada por essas concessionárias”, reforçou Romanelli ao criticar inclusive o acordo de leniência feito entre as companhias e o Ministério Público Federal, que liberaria as empresas a entrar nas licitações. “Não cumpriram os contratos e não cumprem nem o acordo de leniência. Temos que nos livrar delas”, destaca.

Inidôneas – Na quinta-feira, o conselheiro do TCE determinou que as atuais concessionárias de pedágio estão proibidas de participar de novo processo licitatório para a concessão das rodovias paranaenses. Baptista se manifestou em processo protocolado pelo deputado estadual Soldado Fruet, que é membro da Frente Parlamentar sobre os Pedágios. “O Tribunal de Contas está dizendo que as empresas são inidôneas. Esperamos que este entendimento seja mantido”, declarou Romanelli.

A proibição atinge as concessionárias Rodonorte, Ecocataratas, Ecovia, Viapar, Econorte e Caminhos do Paraná. Segundo o TCE, a decisão está sendo comunicada à Agência Reguladora de Serviços Públicos Delegados do Paraná (Agepar), ao Departamento de Estradas de Rodagem (DER-PR) e à Controladoria-Geral do Estado (CGE-PR).

No despacho, o conselheiro lembrou que as empresas já estavam proibidas de licitar e contratar com o governo estadual, mas que no ano passado a CGE revogou a decisão, alegando que as concessionárias procuraram o Estado para solucionar pendências dos contratos.

Foz do Iguaçu, Paraná, Saúde, Sem categoria,

Encerramento do Outubro Rosa na região Sul marca aproximação de pacientes com profissionais de saúde de Foz

Os eventos contaram com palestras de conscientização e permitiram também momentos de contato maior entre o público-alvo com as equipes das UBS

As ações da campanha Outubro Rosa nas Unidades Básicas de Saúde (UBS) da região Sul em Foz do Iguaçu foram encerradas com novos ensinamentos e celebrações. No mês de conscientização sobre o câncer de mama, as equipes de saúde realizaram nesta segunda-feira, 25, uma palestra para abordar os principais pontos sobre a doença, como o conceito ampliado de saúde e o autocuidado para a detecção precoce.

A ação foi nas sedes das associações de moradores do Conjunto Bubas e do Profilurb. As mulheres ainda puderam aproveitar uma aula de zumba, praticar exercícios físicos e participar de uma confraternização com lanches e brindes.

Para a secretária municipal de Saúde, Rosa Maria Jerônymo, a campanha Outubro Rosa, feita em todas as regiões da cidade, tornou-se muito efetiva por conta dessa aproximação dos profissionais com a população que deve ser atendida.

“É um momento em que damos a garantia para elas de que estaremos aqui para sempre atender da forma mais humanizada e atenciosa que pudermos. Também é uma forma de conhecerem quais são os serviços que as UBS oferecem e como a rede municipal de saúde está preparada para atendê-las”, destacou Rosa.

O trabalho no Conjunto Bubas e no Profilurb foi conduzido pelos enfermeiros João Barp e Cínthya Strada, com apoio dos profissionais das UBS Ouro Verde, Padre Monti e Profilurb 1, além da participação dos agentes comunitários de saúde e da equipe multiprofissional do distrito.

“Nossa prioridade é sempre prestar o melhor atendimento para nossos pacientes, por isso essas ações de educação em saúde são tão importantes. As pessoas precisam de informação. É para isso que estamos aqui, para melhorar a qualidade de vida da comunidade, nem que seja um pouquinho com cada ação”, explicou o enfermeiro João Barp.

Desde o início do mês, as equipes da região Sul promoveram outros eventos no Outubro Rosa para abranger todos os usuários da área. Foram cinco caminhadas com a comunidade para tratar de forma mais leve sobre os cuidados precoces com a doença, como a importância das atividades físicas.

A campanha também foi marcada pelo Dia D de atendimentos, além da ampliação da agenda dos exames preventivos, já realizados regularmente em cada unidade.

“Cada equipe trabalha de forma multiprofissional, fora do consultório, para além de tratar, também prevenir e promover saúde”, ressaltou a fisioterapeuta Rafaelly Vieira.

Sem categoria,

Apalavrado com o Podemos, Moro vai assinar filiação em novembro para disputar eleições

O ex-juiz Sergio Moro está apalavrado com o Podemos e desembarca no Brasil em novembro para assinar sua ficha de filiação ao partido. Interlocutores de Moro e parlamentares da legenda assumem que as conversas avançaram ao longo das últimas semanas e o que até então era uma sinalização do ex-ministro da Justiça em se filiar evoluiu para um compromisso em disputar as eleições de 2022.

Moro se juntará ao Podemos com a finalidade de disputar a Presidência da República. Alguns no Podemos dizem que se, por acaso, ele perceber que a perspectiva de furar a polarização entre o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) e o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) for difícil, ele poderá vir a concorrer como governador ou senador pelo Paraná.

A possibilidade de Moro não concorrer à Presidência, porém, é remota. Ele está convencido de que pode conseguir romper a polarização. Um dos motivos que o persuadiu a disputar o cargo é o resultado de uma pesquisa eleitoral interna do Podemos que o coloca na terceira colocação, com 10% das intenções de voto, segundo afirmam um senador e um deputado do partido.

Leia mais em Gazeta do Povo

Sem categoria,

Audiência debate regularização da Ocupação Bubas e acesso aos serviços públicos de Foz do Iguaçu

Encontro realizado de forma remota terá transmissão ao vivo pela TV Assembleia, site e redes sociais do Legislativo na terça-feira (26) a partir das 9 horas

“A maior ocupação do Paraná precisa ser reconhecida e integrada ao espaço urbano”, disse o deputado Tadeu Veneri, presidente da Comissão de Direitos Humanos e da Cidadania, da Assembleia Legislativa do Paraná, ao propor a realização de uma audiência pública para debater a regularização da Ocupação Bubas, em Foz do Iguaçu.

O encontro será realizado de forma remota na terça-feira (26) a partir das 9 horas e terá transmissão ao vivo pela TV Assembleia, site e redes sociais do Legislativo.

A Ocupação Bubas é a maior ocupação urbana do Paraná e abrange uma área de aproximadamente 40 hectares, onde estão abrigadas, em condições precárias, mais de 1.800 famílias ou oito mil pessoas. A área foi alvo de pedido de reintegração de posse julgado improcedente, com decisão confirmada pelo TJPR e já transitada em julgado. O pedido de audiência foi feito pela Comissão de Conflitos Fundiários do TJPR.

“Precisamos discutir sobre o que deve ser feito para a integração desta comunidade aos espaços institucionais de Foz do Iguaçu. Temos que debater como serão feitas as indenizações, urbanização, oferta de serviços públicos como energia elétrica, água tratada e saneamento básico. Também é necessário definir qual seria o regime jurídico para garantir a permanência da comunidade na área. Propomos, assim, um amplo debate sobre a situação da ocupação Bubas, envolvendo o Poder Executivo, o Legislativo, tanto o municipal quanto o estadual, o Poder Judiciário, o Ministério Público Estadual, a Defensoria Pública e, sobretudo, a sociedade de Foz do Iguaçu por suas associações, empresários, e organizações não−governamentais e, mais, importante, envolvendo os cidadãos que lá vivem”, disse Veneri.

A audiência terá a participação do coordenador do Centro de Apoio Operacional das Promotorias de Justiça de Proteção aos Direitos Humanos do MPPR, o procurador de Justiça Olympio de Sá Sotto Maior Neto; da coordenadora do Núcleo Itinerante das Questões Fundiárias e Urbanísticas da Defensoria Pública, Olenka Martins; do desembargador do TJPR, Abraham Lincoln Calixto; do diretor do Centro de Direitos Humanos e Memória Popular de Foz do Iguaçu, Hamilton Serighelli; além de representantes das comunidades Sul Associações; Ocupação Bubas; Vila do Bosque e representantes da Copel e Sanepar.