Browsing Category

Turismo

Destaques, Economia, Geral, Turismo,

Resort Recanto Cataratas investe em ampliação para atender até 1300 hóspedes

Com assinatura ‘Collection’ e abertura prevista para agosto, a nova estrutura terá 224 suítes em estilo contemporâneo compostas por recursos tecnológicos, design e modernidade

O Recanto Cataratas Thermas Resort & Convention, de Foz do Iguaçu (PR), anunciou recentemente a ampliação do empreendimento com a construção de um novo bloco de apartamentos, que começará a funcionar a partir de agosto.

Nomeado como ala Collection, o prédio terá 224 UH’s, todas idênticas e com alto padrão de espaço e de conforto. “Serão suítes em estilo contemporâneo integradas à atual macroestrutura de experiências do nosso resort, tais como qualidade dos serviços de hospedagem, gastronomia, lazer, recursos tecnológicos, entre outros”, destaca o Diretor Comercial do Recanto Cataratas, Edilson Andrade.

Leia mais no site da Revista Hotéis

Brasil, Destaques, Economia, Internacional, Itaipu, Turismo,

Itaipu recebe visitação recorde no feriadão de Corpus Christi

Com mais de 11,5 mil visitantes, o movimento turístico de Itaipu durante o feriado prolongado de Corpus Christi foi o maior deste período e o segundo melhor resultado do ano, atrás somente do Carnaval, quando 15,9 mil pessoas visitaram a usina.

De quinta-feira (20) a domingo (23) passaram pelo Complexo Turístico Itaipu (CTI) 11.528 pessoas, 2,1% acima da expectativa (11.279 visitantes). O dia de maior movimento foi o sábado (22), com 4.321 turistas. Os números são do CTI, responsável pelas visitas turísticas com entrada pela margem brasileira da usina.

A visitação no feriado de Corpus Christi de 2019 foi 7,32% maior em comparação com o mesmo período de 2017. O ano de 2018 não foi considerado em função da greve dos caminhoneiros, que aconteceu na mesma época e comprometeu o fluxo de turistas.

Desta vez, os visitantes que aproveitaram os dias de folga para passear na usina puderam escolher entre os atrativos Itaipu Panorâmica, que possibilita uma visão externa de umas maiores obras da engenharia do mundo; Itaipu Iluminada; Refúgio Biológico; Ecomuseu; Polo Astronômico. O CTI também oferece a exposição Itaipu Natureza, instalada até julho no Shopping JL Cataratas, em Foz do Iguaçu.

O próximo feriado prolongado do ano será em 15 de novembro, mas terá um dia a menos – de sexta-feira (15) a domingo (17).

O resultado de agora aproxima ainda mais Itaipu de um novo recorde histórico anual de visitação. Nos cinco primeiros meses de 2019, Itaipu recebeu 263.409 turistas, diante dos 244.443 visitantes em 2018.

Ao longo do ano passado, a binacional recebeu 1.024.549 pessoas, todas as modalidades de visitação (turística e institucional) e nas duas margens (brasileira e paraguaia).

Destaques, Economia, Internacional, Turismo,

Cataratas do Iguaçu recebe a maior visitação turística no feriado de Corpus Christi

O Parque Nacional do Iguaçu registrou, este ano, a maior visitação turística no feriado de Corpus Christi da série histórica a partir de 2016.

Da quinta-feira (20), ao domingo (23), 31.572 pessoas cruzaram o portão da unidade de conservação, em direção às passarelas e mirantes de contemplação das Cataratas do Iguaçu.

O índice superou em mais de 19% o recorde de 2017 (25.639) e a projeção de visitas para o feriadão, que era de 25 mil ingressos

Em 2018, em função da greve dos caminhoneiros, o Parque do Iguaçu recebeu 17.087 nos quatro dias do feriado de Corpus Christi.

Abaixo a estatística enviada pela Cataratas SA, concessionária da área de visitação das Cataratas do Iguaçu:

Corpus Christi 2019 – Parque Nacional do Iguaçu
20/06 (Quinta-feira): 6.629 visitantes
21/06 (Sexta-feira): 9.613 visitantes
22/06 (Sábado): 10.147 visitantes
23/06 (Domingo): 5.138 visitantes

Histórico de visitação total – Corpus Christi
2016: 18.283 visitantes
2017: 25.639 visitantes
2018: 17.087 visitantes
2019: 31.572 visitantes

Brasil, Destaques, Economia, Turismo,

Passagens de Curitiba para Foz do Iguaçu a partir de R$ 239 nas férias de julho. Veja as datas disponíveis!

Excelente oportunidade de visitar as incríveis Cataratas do Iguaçu! Encontramos passagens aéreas para Foz do Iguaçu a partir de apenas R$ 239 ida e volta, com as taxas inclusas saindo de várias cidades brasileiras! O melhor é que há muitas datas nas férias de julho, quando é raro ter esse tipo de tarifa.

O menor valor é de voos saindo de Curitiba, mas tem passagens com origem em São Paulo por R$ 299 nas férias de julho, ou do Rio de Janeiro e mais cidades a partir de apenas R$ 303 ida e volta, taxas incluídas! As informações são do Melhores Destinos.

Agende sua viagem no Site

Brasil, Destaques, Economia, Geral, Turismo,

Veto a gratuidade de bagagem traz boa perspectiva de novos voos no aeroporto de Foz do Iguaçu

Companhia área de baixo custo, que inicia em julho operações em Puerto Iguazú, tem interesse em operar voos em Foz do Iguaçu

O veto do presidente Jair Bolsonaro, a gratuidade de bagagem em voos domésticos prevista na Medida Provisória 863/18 aprovada pela Câmara e Senado, animou o trade turístico de Foz do Iguaçu. A liberação para transporte de bagagens até 23 quilos, era visto com temor pelas companhias aéreas de baixo custo, as low cost.

O texto com ajuste, divulgado na segunda-feira (17), autoriza a participação de até 100% de capital estrangeiros em empresas do setor com sede no país. As informações são de Ronildo Pimentel, no Gazeta Diário.

A medida, na avaliação do vice-presidente da Associação Brasileiras das Agências de Viagens do Paraná (Abav-PR), Felipe Gonzalez, será muito boa para todo o Brasil.

Foz do Iguaçu, como destino turístico, irá sentir de “imediato”, um impacto positivo. “Tem que considerar que somos trinacional onde três aeroportos servem a região”, analisou.

Na avaliação de Gonzalez (foto acima), os incentivos as companhias aéreas é a “solução” para destinos como o nosso.

“Destinos que ainda não estão caracterizados operacionalmente como ‘hub’ (qu recebe muitos voos). As companhias Low Cost auxiliam grandemente para reduzir o preço do bilhete aéreo para o destino”, afirma o agente de viagem.

“Também estimula a concorrência como foi o caso da Web Jet, que em 2008/2009, operou com seis voos diretos desde os principais aeroportos, estimulando a concorrência e ampliando o número de voos para o destino”, lembrou.

De acordo com Gonzalez, a liberação do capital estrangeiro para companhia aérea em solo brasileiro, também será benéfica para o setor. “Isso estimulará investimentos e capacitará as companhias brasileiras e o mercado poderá ser mais competitivo”, completou.

Incentivo
O diretor de Promoção, Marketing e Eventos do Turismo da Secretaria de Turismo, Indústria, Comércio e Projetos Estratégicos, Washington Sena, também afirma que as medidas adotadas pelo governo federal irão impactar positivamente no setor do turismo em Foz do Iguaçu.

“Isso porque já temos negociações em andamento e, se mantivesse a gratuidade, as low costs perderiam o interesse”, disse.

Sena informou que o secretário Gilmar Piolla esteve no Chile esta semana, negociando com as companhias aéreas Latam e JetSmart. A segunda atua no segmento de baixo custo e anunciou para julho operações de voos de Puerto Iguazú até Buenos Aires e Salta, na Argentina, com tarifas a partir de R$ 50,00.

“A JetSmart tem interesse em montar uma operação em Foz do Iguaçu. Se não caísse a gratuidade das bagagens, poderia perder o interesse”, completou.

Procedimento
O veto de Bolsonaro à volta do despacho gratuito de bagagens nas aeronaves gerou controvérsia durante o debate no Congresso Nacional. Pela regra vetada, a gratuidade valeria para bagagem de até 23 quilos em aviões com capacidade acima de 31 lugares, nos voos domésticos.

Com o veto, as empresas aéreas poderão voltar a cobrar pelas bagagens despachadas, ficando os passageiros isentos apenas de bagagens de mão até 10 quilos. O Congresso Nacional, em sessão conjunta de Câmara e Senado, poderá manter ou derrubar o veto presidencial quando vier a analisá-lo. Ainda não há previsão de quando essa matéria será votada.

Curitiba, Destaques, Economia, Estadual, Turismo,

Segmentos de lazer, gastronomia e turismo não serão afetados com Portaria da União

A portaria editada pelo Ministério da Economia (604/2019), autorizando o trabalho aos domingos e feriados para determinados setores, não interfere nos quadros de colabores das áreas de lazer, gastronomia e turismo nos municípios do Paraná.

A referida portaria da União, “não altera nem aborda a respeito da escala de folgas, pagamento em dobro nem compensação de jornada de trabalhos em domingos e feriados”, afirma parecer do Jurídico da Associação Brasileira de Bares e Casas Noturnas (Abrabar/SindiAbrabar).

A medida serve “tão somente para fins de autorização” permanente do trabalho aos domingos e feriados “para determinados setores, que em parte antes estavam impedidos, conforme artigo 68 da CLT (Consolidação das Leis Trabalhistas)”, ressalta Fábio Aguayo, presidente da Abrabar/SindiAbrabar e vice-presidente da Federação das Empresas de Hospedagem, Gastronomia, Entretenimento e Similares do Paraná (Feturismo).

De modo geral, lembra Aguayo, setores sem autorização normativa continuam sem poder trabalhar aos domingos e feriados em hipótese alguma. “Salvo em caso de força maior ou necessidade imperiosa do serviço, vide artigo 67 da CLT”, orienta o parecer.

“Portanto, aludida portaria não interfere para o setor de bares e restaurantes nos Municípios do Paraná”, destaca Aguayo. Que completa: “estes segmentos já dispõe de autorização de trabalho aos domingos e feriados prevista em Convenções Coletivas de Trabalho vigente”.

Destaques, Economia, Internacional, Turismo,

Puerto Iguazú a Buenos Aires por R$ 50; Empresa de baixo custo estreia na Tríplice Fronteira

Companhia aérea manterá frequências toda semana para Buenos Aires e Salta; Valor inicial do bilhete gira em torno de R$ 50 por trecho

A JetSmart Airlines, companhia de baixo custo, iniciou a operação das mais novas rotas na Argentina.

A empresa chilena manterá voos de Puerto Iguazu, fronteira com Foz do Iguaçu, com a capital Buenos Aires e Salta, outro destino turístico do país vizinho.

As ligações foram apresentadas, ontem (18), por representantes da JetSmart para o trade turístico da Terra das Cataratas.

Os voos sairão quatro vezes por semana (quarta, quinta sábado e domingo) de Puerto Iguazu para o aeroporo El Palomar, em Buenos Aires, a partir de julho.

Até o final do mês a empresa mantém três frequências nesta rota. A ligação de Iguazu para Salta, no norte do país vizinho, será ofertada aos passageiros duas vezes por semana (quartas e sábados).

As operações serão realizadas com a aeronave Airbus A320, com capacidade para 140 passageiros. A empresa tem a mais nova frota desse modelo de avião na América do Sul.

O valor inicial do bilhete é de aproximadamente R$ 50 com taxas inclusas por trecho. A tarifa cobre apenas bagagem de até cinco quilos.

“As operações serão realizadas com três aeronaves Airbus A320 novas compradas pela empresa. Começamos nesta semana com os voos em Puerto Iguazu e vamos conectar o norte da Argentina e a capital Buenos Aires com o Destino Iguaçu”.

“Queremos que mais gente conheça Iguazu, e também Foz do Iguaçu, e que os brasileiros visitem Salta e Buenos Aires”, disse o gerente Geral, Gonzalo Perez Corral.

“Temos uma proposta de preços baixos porque temos uma operação eficiente, com novas aeronaves que conseguem uma economia significativa de combustível”.

“É por isso que muitas pessoas aproveitarão nossos preços para viajar, comprando seus ingressos exclusivamente em www.jetsmart.com”, acrescentou o gerente.

Em relação a operação da Jetsmart em território brasileiro, Gonzalo Perez Corral, disse que ainda não há nada oficial no planejamento, mas admitiu uma rota em estudo ligando Santiago, no Chile, á Foz do Iguaçu.

Conectividade
As novas rotas vão permitir a vinda de mais turistas argentinos para o Destino Iguaçu, com preços acessíveis, tornando Foz do Iguaçu um portão de entrada para o Brasil. Além do mais, os voos da JetSmart serão importantes para que viajantes de outros países, que estejam na Argentina, incluam Foz do Iguaçu no seus roteiros.

“Com esses voos, podemos atrair turistas argentinos para o Brasil, tendo Foz como porta de entrada. Já estamos trabalhando com destinos do Nordeste para explorar essa ligação”.

“Além disso, o baixo custo da passagem da JetSmart pode ser mais um estímulo para o turista vir a Foz, podendo esticar a viagem até a Argentina por um custo muito acessível”.

“Temos muito a trabalhar com essas novas possibilidades que se abrem”, avaliou o diretor de Marketing e Eventos da Secretaria de Turismo, Indústria, Comércio e Projetos Estratégicos, Washington Sena.

Reflexos positivos
Na avaliação do vice-presidente do Conselho Municipal de Turismo, Licério Santos, o anúncio da operação da JetSmart terá reflexos positivos para Foz do Iguaçu e região.

“O início da operação da JetSmar no aeroporto de Puerto Iguazu refletirá no turismo de Foz e região. Isso porque muitos passageiros que chegam na cidade vizinha utilizam a hotelaria local, especialmente estrangeiros, e assim também ganhamos mais uma opção para o turismo receptivo de Santiago via Buenos Aires”.

“A conexão com Salta é um novo produto que passa a ser comercializado pelo receptivo movimentando diversos setores, entre elas gastronomia, hotelaria, transporte e outros”, observou Santos.

Sobre a JetSmart Airlines
A JetSMART Airlines é a companhia aérea da América do Sul, de baixo custo, fundada pela Indigo Partners, que opera a mais nova frota da Airbus nas Américas.

JetSMART tem operações na Argentina e no Chile e transportou mais de 3 milhões de passageiros, de acordo com dados referentes ao mês de janeiro de 2019.

O objetivo da companhia aérea é adquirir 100 aeronaves para transportar 100 milhões de passageiros até 2026.

Foto: Christian Rizzi

Destaques, Economia, Geral, Turismo,

Com a inauguração de novos hotéis, Foz do Iguaçu somará 32 mil leitos

A rede hoteleira de Foz do Iguaçu, no oeste do Paraná, contará com seis novos empreendimentos até meados de 2020.

Com os investimentos no setor, o número de leitos deve passar dos atuais 27,5 mil para 32 mil. As informações são de G1 PR e RPC Foz do Iguaçu.

Na lista estão um hotel de luxo e um econômico do Grupo Viale – que já conta com dois na cidade -, outro da rede Mabu, um da rede Hard Rock, um resort ligado ao complexo Dreamland e um segundo Recanto das Cataratas, este também na linha de hospedagem de luxo.

A onda de investimentos, justificam representantes do setor, segue a estimativa de uma demanda crescente de viagens pelo Brasil, impulsionada tanto por brasileiros como por estrangeiros.

Com pontos turísticos como as Cataratas do Iguaçu – em 2018 foram quase 2 milhões de visitantes – e a Usina de Itaipu, Foz do Iguaçu atrai turistas também pela localização: a tríplice fronteira Brasil, Paraguai e Argentina.

“A tendência é que a gente consiga captar mais novos negócios e se enquadrar, realmente, entre os pólos hoteleiros no Brasil”, afirmou Luciano Ferreira, gerente comercial de uma das redes hoteleiras que estão investindo em empreendimentos na cidade.

Em outra rede, que investiu na expansão das unidades hoteleiras que já possui em Foz do Iguaçu, a expectativa também é positiva. O diretor comercial Edilson Andrade ressalta a importância dos investimentos.

“O turismo é sempre um desafio. Eu acho que existe uma aposta no destino Foz do Iguaçu, com apelo irresistível para o brasileiro, o mercado internacional, vir cada vez mais para cá”, disse.

O presidente do Sindicato de Hotéis, Restaurantes, Bares e Similares de Foz do Iguaçu e Região (Sindhotéis), Neuso Rafagnin, afirma que “cada apartamento usado hoje na hotelaria, precisa de 1,5 colaborador. Se nós teremos nos próximos meses, mais de três mil leitos, nós teremos uma média de cinco mil empregos gerados”.

Brasil, Destaques, Economia, Itaipu, Turismo,

Complexo Turístico Itaipu espera 11,2 mil no Corpus Christi. Veja os horários

O Complexo Turístico Itaipu (CTI) também deverá registrar um aumento de 5%, no total de visitação durante o Corpus Christi de 2019, no comparativo com anos anteriores.

De acordo com projeção do Parque Tecnológico de Itaipu (PTI), mais de 11,2 mil pessoas são esperadas nos quatro dias do feriadão – de quinta-feira à domingo (20 a 23, respectivamente).

A movimentação na quinta-feira (20) deverá superar os 1,8 mil acessos. A sexta e o sábado serão os dias de maior procura – 3,3 mil e 4 mil turistas, respectivamente. No domingo são esperados mais de duas mil visitas.

As opções na usina incluem o passeio Itaipu Panorâmica e Itaipu Especial, experiência virtual no Polo Astronômico, as tradicionais visitas ao Refúgio Biológico Bela Vista e ao Ecomuseu, Itaipu Iluminada e Itaipu Kattamaram.

Panorama

Para o feriado, a Itaipu Panorâmica terá saídas a cada 15 minutos, começando às 8h30. O passeio no barco Kattamaram, no entanto, não estará em funcionamento, pois o local está fechado para manutenção.

Confira o horário dos demais atrativos para o Corpus Christi:

Itaipu Especial: 8h30, 9h30, 10h30, 13h, 14h e 15h.

Itaipu Refúgio Biológico: 9h30, 10h30, 14h30, 15h30.

Itaipu Ecomuseu: aberto das 9h às 18h.

Polo Astronômico: aberto das 10h e 16h.

Polo Astronômico noturno: 19h30 (sexta e sábado).

Itaipu Iluminada: 19h30 (sexta e sábado).

Brasil, Destaques, Economia, Internacional, Turismo,

Tríplice Fronteira escolhida para programa de inovação internacional

Foz do Iguaçu, na Tríplice Fronteira entre Brasil, Paraguai e Argentina é uma das cidades escolhidas para participar do Innovact II, programa de inovação desenvolvido pela União Europeia (UE) em conjunto com a Comunidade de Estados Latino-Americanos e Caribenhos (CELAC).

A iniciativa busca identificar e desenvolver cadeias de valor transfronteiriças, favorecendo associações EU-América Latina.

O foco das ações nessa cidade será no desenvolvimento do turismo, através das soluções criadas na área de TIC (Tecnologias da Informação e Comunicação) e embarcadas no contexto de cidades inteligentes e sustentáveis.

A informação é da Assespro (Associação das Empresas Brasileiras de Tecnologia da Informação), principal articulador institucional da área de tecnologias informáticas no Paraná, ao lado da Governança Estadual de TIC.

O lançamento do Innovact II aconteceu em dezembro de 2018. No início de 2019, houve um contato com as regiões escolhidas, para conhecimento e desenvolvimento de trabalhos locais, mapeamento e seleção das cadeias de valor e identificação das regiões associadas à UE.

O encerramento acontecerá em abril de 2020 e até lá serão realizadas, trimestralmente, reuniões nos locais.

A ideia é promover, com base em exemplos da experiência europeia, o desenvolvimento de estratégias, planos de ação e projetos ou programas concretos que possam ser implementados em um curto prazo, visando o desenvolvimento das cadeias de valor escolhidas em cada região.

O programa pretende alcançar instituições políticas e autoridades nacionais e regionais, mas, principalmente, instituições e atores do setor público e privado que possam ser beneficiados com a promoção de inovação e competitividade comercial.

A inovação é uma das prioridades do programa, porque se mostra essencial à perspectiva de crescimento inteligente.

O Brasil não teve nenhuma região incluída na primeira edição do Innovact que aconteceu em 2017 e 2018, mas ganhou espaço nessa segunda edição, em que Foz do Iguaçu e toda a Tríplice Fronteira entre Brasil, Argentina e Paraguai são um dos pontos focais do programa.

Izoulet Cortes Filho, Diretor Adjunto de Projetos e Negócios Internacionais da Assespro–PR, afirma que a linha de atuação voltada para o turismo e o setor de TIC se deve ao fato de que a cidade tem sido ambiente de experimentação de tecnologia para cidades inteligentes e sustentáveis, como acontece com o Laboratório Vivo de Cidades Inteligentes, iniciado também em dezembro de 2018.

Foz do Iguaçu é o segundo destino turístico do Brasil, na qual estão as Cataratas do Iguaçu, uma das sete maravilhas da Natureza e sede do Parque Tecnológico Itaipu (PTI),

Esses recursos já existiam no PTI antes, mas passaram a estar associados por um Centro de Controle e Operações. O objetivo é que o Laboratório continue a ser palco de novas experimentações.

Vitarque Coelho, Coordenador Geral de Sistemas Produtivos e Inovativos do MDR (Ministério de Desenvolvimento Regional), acredita que o turismo, que é muitas vezes frágil, pode ser bastante favorecido pelas inovações tecnológicas.

“O setor de turismo é complicado, porque muitas vezes se investe nele, mas não há retorno. Há muitas soluções de TIC, no entanto, que podem ser efetivas no seu desenvolvimento. Existem muitos aplicativos, por exemplo, que podem ser utilizados para impulsionar o turismo, pois oferecem facilidades para quem está viajando. Um exemplo são os aplicativos de motoristas particulares, já bem conhecidos pela população. Mas há muitas outras atividades que podem ser exploradas, como: aplicativo para aluguel de carro, para passeios, para encontrar guias etc.”, afirma Coelho.

Para Izoulet, a iniciativa é de extrema relevância para o estado do Paraná. “É muito importante que o Innovact esteja atuando em Foz, porque vai ativar oportunidades apresentadas pelos desafios do plano de ação da Governança de TIC, conectando o setor de TIC e o Paraná dentro de uma sistemática de cidades inteligentes, conectadas e sustentáveis”, conclui.