Browsing Category

Turismo

Destaques, Economia, Estadual, Política, Turismo,

Aeroporto de Foz do Iguaçu é destaque entre terminais do Paraná, revela estudo

Estudo inédito sobre a aviação civil comercial constatou queda de 16% em embarques nos últimos seis anos no Estado

O Aeroporto Internacional de Foz do Iguaçu é destaque entre os terminais das cinco principais cidades do Paraná. A estrutura apresentou evolução positiva em decolagens e embarques de passageiros e cargas. No geral, os terminais do Paraná apresentaram queda de 16% em embarques e aumento do valor das passagens. As afirmações tem como base em estudo inédito com foco na aviação civil comercial, com indicadores do intervalo temporal de 2014 a 2018.

A análise incluiu pelo menos 30 milhões de dados da Anac (Agência Nacional de Aviação Civil) e levou em consideração os números dos aeroportos de Cascavel, Curitiba, Foz do Iguaçu, Londrina e Maringá. O estudo (AQUI para ver a íntegra), que tem informações detalhadas deles desde o ano 2000, foi promovido pela equipe de apoio do deputado estadual Homero Marchese, sob a coordenação do economista João Ricardo Tonin. As informações são de Ronildo Pimentel, no Gazeta Diário.

Em 2018, o Aeroporto de Foz do Iguaçu teve mais de 8,6 mil decolagens. O desempenho mostrou uma evolução consolidada em relação aos últimos anos. Em 2017 foram 8,3 mil decolagens a partir do Destino Iguaçu. Os dois anos mostraram uma recuperação vertiginosa em relação ao ano de 2016, que caiu para 7,5 mil decolagens, após alcançar 8,2 mil em 2015.

Em relação aos embarques de passageiros, o terminal iguaçuense alcançaram 1,2 milhão em 2018, contra 1,1 milhão em 2017. A partir de 2014, início do período da análise, o número de pessoas que voaram a partir de Foz do Iguaçu tem apresentado aumento estável. Naquele ano foram 900 mil embarques, subiu para um milhão em 2015, caiu novamente para 900 mil em 2016.

Em alta
O embarque de cargas no terminal de Foz do Iguaçu, em 2018, foi o maior desde 2015, aponta o estudo. Naquele ano, de acordo com a estatística, foram embarcadas 163 toneladas de cargas, passando para 174 toneladas em 2016, 179 toneladas em 2017 e chegando ao volume de 188 toneladas no ano passado.

O recorde absoluto do volume de cargas embarcadas no terminal brasileiro da Tríplice Fronteira aconteceu em 2004, com 555 toneladas de produtos e mercadorias. Em 2006, foram embarcadas 391 toneladas, o segundo melhor desempenho da série histórica a partir do ano 2000.

Em 2015, sob a gestão do ex-governador Beto Richa, o Paraná elevou de 7% a 18 a tarifa do imposto cobrado sobre Querosene de Aviação (QAV). A medida fez o consumo do produto retrair nos aeroportos do Estado.

Em Foz do Iguaçu, a curva do consumo foi positiva, em consequência do aumento no volume do embarque de cargas. Em 2018, considerando toda a série histórica, foram comercializados 34.520 metros cúbicos de QAV. De 2014 para frente, o volume cresceu 19,4%. À época haviam sido 27.826 metros cúbicos.

Em baixa
A realidade da aviação civil do Paraná é outra, se comparada aos números de Foz do Iguaçu. De 2014 a 2018, o número de decolagens domésticas e internacionais a partir dos aeroportos paranaenses caiu 16%. De acordo com levantamento, foram 57.223 decolagens no primeiro ano da análise, ante 48.051 no ano passado.

A queda no número de embarques foi acompanhada por aumento do preço das passagens. Nas 128 principais linhas dos cinco maiores aeroportos do estado (Curitiba, Foz do Iguaçu, Londrina, Maringá e Cascavel), houve aumento da passagem ou interrupção do serviço em 103 delas (80% do total das linhas analisadas).

Para o deputado Homero Marchese, a situação pode piorar, já que outros Estados têm adotados planos para estimular a atuação das companhias áreas. Estados como Ceará, Bahia, São Paulo e Espírito Santo anunciaram cortes no ICMS do QAV.

“O Estado precisa pensar em um plano para a aviação. O fundamental é impulsionar principalmente os voos regionais. Isso passa por redução do ICMS, mas com a exigência de contrapartidas efetivas por parte das companhias”, afirma o deputado.

Brasil, Destaques, Economia, Internacional, Turismo,

Foz do Iguaçu receberá primeiro fórum brasileiro de investimentos no turismo

Evento, inédito no país, reunirá empresários, gestores públicos e representantes de organismos como Banco Mundial, BID, CAF, BNDES e fundos de investimentos nacionais e internacionais

Foz do Iguaçu será palco do primeiro fórum brasileiro de desenvolvimento do turismo. Entre os dias 15 e 17 de maio, a cidade receberá a primeira edição do Encontro de Líderes. O evento, inédito no país e que deverá se tornar anual, será realizado no Wish Resort Golf & Convention.

As vagas são limitadas e as inscrições gratuitas pelo site do Mercado & Eventos, indo no diretório “Encontro de Líderes.

No evento, são esperados empresários, gestores públicos, investidores, representantes de organismos como Banco Mundial, Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), Confederação Andina de Fomento (CAF), BNDES, Banco do Nordeste, Caixa Econômica Federal, Prodetur, agências de fomento e fundos de investimentos nacionais e internacionais. Já estão confirmadas presenças de fundos de investimentos dos Estados Unidos, Canadá e China.

A organização do Encontro de Líderes é do jornal Mercado & Eventos em parceria com a Promo Marketing Inteligente, e conta com apoio do Ministério do Turismo, Confederação Nacional do Comércio (CNC), Governo do Ceará, Frente Parlamentar do Turismo, Associação Nacional dos Secretários e Dirigentes de Turismo – Anseditur, e Prefeitura Municipal de Foz do Iguaçu, dentre outros.

Na agenda estão previstos painéis, palestras e entrevistas com conteúdo técnico sobre como e onde captar investimentos. Ainda estão programadas reuniões de negócio e a promoção de ações para o desenvolvimento sustentável do turismo.

Pensando grande
O secretário de Turismo, Indústria, Comércio e Projetos Estratégicos de Foz do Iguaçu, Gilmar Piolla, destaca que a ideia é que o evento cresça e se consolide como um grande fórum de investimentos do Brasil e da América do Sul. “Nossa referência são os fóruns de investimentos de Cannes, Davos e Dubai. Estamos pensando grande”, afirma.

Ainda de acordo com Piolla, o Encontro de Líderes “é uma oportunidade única para apresentarmos novos projetos de infraestrutura e de empreendimentos que vão transformar Foz do Iguaçu. Temos investimentos da ordem de R$ 1,5 bilhão, tanto do setor público como da iniciativa privada, previstos para acontecer nos próximos três anos”, observa.

Atração de investimentos
“Queremos agregar e gerar conhecimento e ideias para que o setor tenha um crescimento contínuo”, disse Gisele Lima, diretora da Promo. Roy Taylor, presidente do M&E, por sua vez, destacou a necessidade dos destinos em atrair investimentos privados e de melhorar o ambiente de negócios no Turismo.

Segundo ele, o Encontro de Líderes trará justamente esta discussão para gerar ideias e soluções. “A geração de negócios é o objetivo final de todo empreendedor. No entanto, um ambiente altamente regulado e burocrático espanta investimentos e, consequentemente, trava o avanço desta indústria no Brasil”.

Programação
A programação começa com um jantar de boas vindas no dia 15 de maio, onde estarão presentes autoridades e grandes nomes do setor. No dia 16, será realizado um painel com representantes do governo federal, bancos nacionais e internacionais e fundos de investimento para falar sobre diretrizes, formatos de captação e estratégias para o desenvolvimento do Brasil através do turismo.

No mesmo dia, investidores subirão ao palco para falar sua visão sobre o mercado e o que eles buscam no setor. Fechando a primeira parte do evento, instituições financeiras falarão sobre a liberação de recursos no painel “Financiamentos para o Setor Turístico como fator essencial de crescimento sócio econômico”.

Abrindo a segunda parte do Encontro de Líderes, a CNC falará sobre conhecimento e qualificação para o desenvolvimento do setor turístico. O quinto painel volta a falar sobre financiamentos, mas desta vez abordando quais as fontes de recursos para um desenvolvimento sustentável.

Um dos destaques do evento será o painel “Competitividade do Brasil no Mercado Internacional para incremento de ingresso de divisas”. Fechando o dia, serão apresentados cases de sucesso dos setores públicos e privado para o desenvolvimento do turismo.

O dia 17 será inteiramente focado em investimentos, captação de recursos e apoio técnico para apostar no setor. Fundos de Investimentos, agências de fomento abordarão temas como “Cenários, comportamento e tendências do mercado por fundos de investimentos”, “Programas e linhas de crédito para o desenvolvimento do setor” e “Financiamentos e apoio técnico para projetos focados na melhoria da qualidade de vida e desenvolvimento sustentável na transversalidade do turismo”. Haverá ainda um painel sobre investimentos em Foz do Iguaçu e nas três fronteiras.

Brasil, Destaques, Economia, Itaipu, Turismo,

Movimento de turistas na Itaipu sobe 17,5% no feriado de Páscoa

Nos três dias do feriadão, o Complexo Turístico Itaipu (CTI) recebeu 8.905 visitantes

O feriado prolongado da Páscoa, de 19 a 21 de abril, levou 8.905 visitantes aos atrativos do Complexo Turístico Itaipu (CTI), na margem brasileira da usina, instalada em Foz do Iguaçu (PR). O número é 17,45% superior ao do mesmo feriado no ano passado e superou as expectativas do CTI, que previa um aumento de 5% em relação a 2018.

O passeio que mais atraiu visitantes à usina foi a Itaipu Panorâmica, com 5.424 pessoas, ante 4.905 registradas no ano anterior – um aumento de 10,6%. A Sexta-feira Santa foi o dia mais movimentado, com um público total de 3.496 visitantes. Os três dias apresentaram aumento no número de turistas, em relação a 2018, quando passaram pela usina 7.582 pessoas.

Proporcionalmente, no entanto, o passeio que teve maior aumento na visitação foi o Ecomuseu. No ano passado, o atrativo recebeu 872 visitantes; neste ano, o acumulado foi de 1.238, salto de 42%.

Os dados consideram apenas as visitas turísticas recebidas pelo lado brasileiro de Itaipu e não contabilizam também as visitas institucionais do período.

Ações

Para receber o público, o Complexo Turístico Itaipu organizou uma programação especial para o feriado, com ampliação dos horários de atendimento. O passeio Itaipu Panorâmica teve saídas a cada 15 minutos durante os três dias – a primeira às 8h30 e a última às 17h.

Mais informações, reservas e compras de ingresso antecipadas pelo site www.turismoitaipu.com.br.

Foto: Caio Coronel

Brasil, Destaques, Economia, Internacional, Meio Ambiente, Turismo,

Mais de 30,5 mil visitaram as Cataratas no feriado da Páscoa

Acessos no Parque Nacional do Iguaçu ficaram abaixo de 2018, mas alcançou a expectativa

A chuva forte que caiu sobre Foz do Iguaçu no último dia do feriado prolongado de Páscoa, atrapalhou um pouco a visitação no Parque Nacional do Iguaçu, principal atrativo turístico do Destino Iguaçu. De sexta-feira (19) a domingo (21), 30.547 pessoas cruzaram os portões da unidade de conservação, em direção à área de contemplação das Cataratas do Iguaçu.

No comparativo do mesmo feriado em 2018, os números totais indicaram uma queda de aproximadamente de 6,2% (1.737 a menos). No ano passado, 32.284 turistas foram até o atrativo no feriado prolongado de Sexta-Feira Santa e Páscoa, que aconteceu entre o final de março e o início do mês de abril. As informações são de Ronildo Pimentel, no Gazeta Diário.

O primeiro dia do feriado da Semana Santa é tradicionalmente o que tem o melhor desempenho na visitação. De acordo com a assessoria de comunicação da concessionária Cataratas SA, na sexta-feira (19), 15.752 pessoas foram até o atrativo. No sábado (20) foram contabilizados 10.130 acessos, mais 4.665 no domingo (21).

Nacionalidades
Os brasileiros, segundo a estatística da concessionária, representaram pouco mais da metade dos acessos ao Parque Nacional do Iguaçu (30.547). De 19 a 21 de abril deste ano, foram 15.687 ingressos. Em 2018, o atrativo recebeu 11.503 turistas brasileira (diferença de aproximadamente 26%).

Os argentinos, com 7.879 e os paraguaios, com 3.046, completam o índice das três nacionalidades que mais visitaram as quedas nos últimos três dias. O atrativo recebeu ainda visitantes do Uruguai (415), Espanha (294), Alemanha (277), Estados Unidos (246) e França (227). No total, foram contabilizados acessos de pessoas representando mais de 50 nacionalidades.

Perspectiva
O feriado prolongado da Semana Santa é considerado um dos melhores do Destino Iguaçu, fora da alta temporada. Para este ano, a expectativa do setor, era que aproximadamente 30 mil turistas visitassem o Parque Nacional do Iguaçu.

Foto: Marcos Labanca

Destaques, Economia, Educação, Geral, Turismo,

Macuco Ecoaventura Capanema comemora sucesso do 1° Camping Show

Evento reuniu aproximadamente 450 pessoas no Camping Wesling

Ação ecológica, café colonial, mateada, almoço com costelão de chão, matinê com o grupo regional O Planaltino, passeios de barco e flashback ao cair da tarde, rechearam a programação do 1º Camping Show promovido pela empresa Macuco Ecoaventura nas dependências do Camping Wesling, em Santa Clara, no município de Capanema, neste domingo (11/04).

Abrindo a maratona de diversão e lazer com um compromisso socioambiental, as 8h um grupo formado por alunos do Centro Universitário Internacional (Uninter), Faculdade Iguaçu (FI), Universidade Paranaense (Unipar) e adolescentes que integram o projeto Formando Cidadãos, realizou um mutirão de limpeza no rio Iguaçu.

Macuco Ecoaventura disponibilizou para o evento vários modelos de embarcações que integram sua frota. Durante a ação ecológica e nos passeios ao longo do dia foram utilizados caiaque, standup padle, e embarcações rápidas.

O evento reuniu aproximadamente 450 pessoas, vindas de Capanema, Planalto, Realeza e Foz do Iguaçu. O Iate Clube de Capanema apoiou o evento.

Nível de conscientização invejável

A ação ecológica revelou uma grata surpresa. Ao contrário do que ocorreu em 2017, quando foi realizada uma atividade semelhante, desta vez, foi encontrada uma quantidade inexpressiva de resíduos, tanto no rio quanto na margem brasileira.

Para o soldado da Policia Militar e coordenador do projeto Formando Cidadão, de Capanema, Carlos Pereira Damen, o resultado da ação foi gratificante. “ A ausência de lixo nos trouxe grande satisfação. Isto significa que as pessoas estão se conscientizando, que iniciativas como esta são importantes e podem sim, trazer resultados positivos”.

O soldado explica que, para os assistidos do projeto Cidadão, a atividade figurou como uma ação pedagógica.

Já o Macuco Safari Capanema comemora o sucesso do evento. “O resultado desse nosso primeiro evento, que contou com a parceria do Camping Wesling, superou as nossas expectativas. Ficamos bem satisfeitos com o resultado e já estamos pensando em outros projetos voltados para as famílias da região” comemorou o gerente comercial da empresa Cleverson Teixeira.

Formando cidadãos

Menina dos olha da 4ª Companhia da Polícia Militar de Capanema, o projeto Formando Cidadão, tem em seu coordenador, Carlos Pereira Damen, o soldado Damen, um de seus maiores entusiastas. Criado pela Polícia Militar, o projeto não tardou a ganhar o apoio das prefeituras da região Sudoeste do Paraná. Implantado há 16 anos em Francisco Beltrão, sede da 4ª Companhia da Policia Militar, em 2013 foi replicado em Capanema e logo, adotado pelo município.

O Formando Cidadão, voltado para adolescentes com idades entre 12 e 17 em situação de vulnerabilidade.

De acordo com o Soldado Damen, adotam a filosofia da disciplina militar. “O horário em que não estão na escola, passam conosco. Eles participam do dia a dia dos policiais, almoçam na companhia e vivem a rotina da Polícia militar”, explica.

Damen conta ainda que atuam em consonância com a Polícia Comunitária, uma nova versão da polícia, mais próxima da comunidade

O objetivo do projeto é preparar esses adolescentes e buscar inseri-los no mercado de trabalho aos 17 anos. “No período em que permanecem conosco, além de oferecer várias atividades, introduzimos noções de responsabilidade, compromisso e pontualidade, questões de grande importância na disciplina militar” enfatiza o soldado.

Evasão- O número de evasão é pequeno. São raros os que desistem do curso. O coordenador explica que encerram o curso no final do ano e a maioria retorna para efetuar nova matrícula.

Resultado- Cinco adolescentes oriundos do projeto já se encontram colocados no mercado de trabalho.

Orgulhoso Damen conta que em visita aos locais em que se encontram os seus ex-alunos só ouve elogios. “Os chefes chegam dizendo que são meninos muito bons, responsáveis, trabalhadores e comprometidos”.

O Formando Cidadão em entre seus alunos vários adolescentes que chegaram no início do projeto. Atualmente atendem 31 adolescentes e vários novatos. Este ano aceitaram alguns que ainda não completaram 12 anos, porém, encontravam-se em situação de grande vulnerabilidade.

Prefeitura aposta na nova geração

O auxiliar administrativo da Prefeitura de Capanema, Júlio Rocha, atua no projeto desde o seu início, em 2013. Trabalhando ao lado do soldado Damen na coordenação, Rocha é apaixonado pela iniciativa. “Tenho a certeza de que esse trabalho contribuirá para um futuro mais promissor para esta geração e, consequentemente, para a sociedade”, afirma ele.

Para a Prefeitura, segundo o auxiliar administrativo, este é um dos projetos de grande importância. “ A Prefeitura acredita que está aí, em projetos como esse, a mudança da Nação. Atualmente, os pais não estão conseguindo reger, colocar normas corretas para os filhos. Acolhendo adolescentes que vivem um problema social muito sério, estamos criando um futuro muito melhor para a sociedade. Acreditamos que está aí a nossa contribuição para a mudança”, ressaltou Júlio Rocha.

Destaques, Economia, Turismo,

Gol anuncia cinco novos voos para Foz do Iguaçu

Número de operações extras ainda vai crescer, pois falta definir os voos diretos para as capitais do Nordeste

A Gol Linhas Aéreas confirmou cinco novos voos para Foz do Iguaçu. As operações serão realizadas entre os meses de julho e agosto com o objetivo de atender a grande procura de viajantes pelo destino no período de férias.

Malha de voos extras ainda vai crescer, pois falta definir os voos diretos para capitais do Nordeste. Ao todo, já são 402 voos extras da companhia confirmados para os meses de julho e agosto, o que representa mais de 60 mil novos assentos diários para o destino.

“A Gol investe em Foz do Iguaçu porque é um destino de fluxo turístico contínuo e crescente, afirma Cláudio Neves Borges”, diretor institucional da Gol Linhas Aéreas.

Os novos voos partem dos aeroportos de São Paulo, do Rio de Janeiro e Curitiba. Da capital paulista, principal emissivo para Foz do Iguaçu, serão três novos voos diários, sendo dois novos voos do aeroporto de Congonhas e um novo voo do aeroporto de Guarulhos. No total, a Gol terá três voos diários de Congonhas e quatro diários a partir de Guarulhos.

Do Rio de Janeiro, serão dois novos voos, totalizando cinco operações do aeroporto do Galeão para a Terra das Cataratas. Desses, três voos serão diários, um seis vezes por semana e outro uma vez semanal.

“Com ampliação da malha a partir do Galeão, a Gol assume o lugar da Avianca, que deixou de operar naquele aeroporto e era uma importante conexão com mercados internacionais e com estados do nordeste”, afirma o secretário de Turismo, Indústria, Comércio e Projetos Estratégicos, Gilmar Piolla.

O secretário acredita que o voo extra do Galeão se tornará definitivo após esse período, preenchendo espaço que era ocupado pela Avianca. Nos próximos dias, a Gol também anunciará a disponibilidade de voos extras do Nordeste até Foz do Iguaçu, informa.

“Os novos voos atendem nossas metas e expectativas de continuar crescendo nos principais mercados. Com a conclusão da expansão do nosso Aeroporto até o final do ano, abrimos espaço para dobrar o número de voos e passageiros nos próximos 5 anos”, afirma Enio Eidt, presidente do Fundo de Desenvolvimento e Promoção Turística do Iguaçu – Fundo Iguaçu.

Horários dos voos
Os voos do aeroporto de Congonhas (SP) com destino a Foz do Iguaçu ocorrerão às 11h30, 13h10 e às 16 horas. O retorno do terminal iguaçuense acontecerá às 13h40, 15h10 e também às 18h05. Já as saídas extras do aeroporto de Guarulhos (SP) serão realizadas nos seguintes horários: 01h20, 09h55, 15h50 e 20h45. No sentido inverso acontecerá às 06h05, 12h10, 18h00 e 23 horas.

O embarque no Galeão (RJ) com destino a Foz do Iguaçu ocorrerá às 00h25, 03h05, 07h15, 15h50 e 21h20. A volta de Foz do Iguaçu para o Rio de Janeiro será realizada às 00h10, 03h15, 05h55, 10h05 e 18h35.

A Gol também confirmou como regular a rota entre Curitiba a Foz do Iguaçu, que passará a contar com seis frequências semanais, exceto aos sábados na vinda e domingo na volta. Saída de Curitiba será sempre às 23h15 com retorno às 05h25.

Os bilhetes estarão disponíveis em breve para compra em todos os canais da companhia – aplicativo e site (www.voegol.com.br), nas Lojas Voe Gol e nas agências de viagem.

Foto: Christian Rizzi

Destaques, Geral, Turismo,

Blue Park terá primeiro Luau à beira da praia no feriado de Páscoa

A festa será no sábado e vai misturar música e diversão

O feriado de Páscoa contará com uma extensa programação no Blue Park, em Foz do Iguaçu. As atividades começam na sexta-feira (19) e seguem até domingo (21).

São jogos, brincadeiras e festas que vão contagiar quem estiver no parque. Um dos destaques da agenda é o Luau que será realizado no sábado à noite (20).

A festa que será das 19 às 23 h, terá a praia termal como cenário principal e música ao vivo para dar ritmo ao evento.

Os visitantes que estiverem no parque poderão ficar e aproveitar o Luau sem custo adicional.

Quem quiser apenas curtir a festa pode comprar ingresso na bilheteria, o custo é de 50 reais por pessoa e ainda ganha 50% de desconto no bilhete de entrada e estacionamento, para curtir o parque no domingo de Páscoa (21/04).

Clientes Blue Pass, portadores do passaporte, têm acesso livre ao parque e ao Luau.

“Nós do Blue Park estamos sempre pensando em satisfazer o nosso cliente com opções inovadoras. Entregamos a 1ª fase do Blue Park com grande antecedência, na sequência organizamos o Reveillon, Carnaval e agora estamos prontos para o feriado de Páscoa. Tudo isso de frente para a praia, eventos inéditos para Foz e região”, avaliou Elvio Andrade, gerente geral do Blue Park.

Serviço:
Blue Park Foz
Rua Carlos Hugo Urnau, 756 – Dona Amanda, Foz do Iguaçu – PR, 85853-000
Telefone: (45) 3521- 2060
Facebook: www.blueparkfoz.com.br
Instagram: @blueparkfoz
Site: https://www.blueparkfoz.com.br

Brasil, Destaques, Economia, Internacional, Itaipu, Turismo,

Atrativos de Itaipu se preparam para receber 8 mil turistas no feriadão de Páscoa. Veja fotos!

Complexo turístico preparou horários especiais dos passeios para receber o fluxo de visitantes entre a Sexta-feira Santa (19) e o domingo (21)

Os atrativos da Itaipu Binacional estarão preparados para receber quase 8 mil turistas neste feriado prolongado de Páscoa – um crescimento de 5% em relação ao mesmo período no ano passado, quando 7.582 visitantes estiveram na usina. A projeção é para o movimento entre a Sexta-feira Santa (19) e o Domingo de Páscoa (21).

Para receber o público, estimado em 7.961 pessoas, o Complexo Turístico Itaipu, administrado pelo Parque Tecnológico Itaipu (PTI), terá uma programação especial para o feriado, com ampliação dos horários de atendimento.

O passeio Itaipu Panorâmica, por exemplo, um dos mais procurados e que proporciona uma visão privilegiada externa da usina, terá saídas a cada 15 minutos durante os três dias – a primeira às 8h30 e a última às 17h. O pico da visitação deve ocorrer na Sexta-feira Santa, quando é estimado o fluxo de mais de 3.500 pessoas.

A hidrelétrica oferece oito opções de roteiro para os visitantes, que vão desde passeios para conhecer a grandiosidade da usina, como o Itaipu Panorâmica e Itaipu Especial, a uma experiência virtual no espaço, no Polo Astronômico.

Atualmente, os visitantes de Foz do Iguaçu podem conferir a exposição de animais taxidermizados, com a mostra “Itaipu Natureza”, organizada em parceria com o Instituto Harpia e instalada no Cataratas JL Shopping, na região central.

Além destes passeios na usina, o Complexo Turístico oferece visitas ao Refúgio Biológico Bela Vista e ao Ecomuseu, ambas estruturas da Itaipu.

Mais informações, reservas e compras de ingresso antecipadas pelo site www.turismoitaipu.com.br.

Confira os horários dos passeios da Itaipu para o feriado:

Itaipu Panorâmica: saídas a cada 15 minutos, com o primeiro passeio iniciando às 8h30 e o último passeio saindo às 17h;

Itaipu Refúgio Biológico: sexta e sábado, com seis saídas – 8h30 / 9h30 / 10h30 / 13h30 / 14h30 / 15h30. No domingo: 9h30 / 10h30 / 14h30 / 15h30;

Itaipu Especial: sexta e sábado: 8h30, 09h, 10h, 11h, 13h, 13h30, 14h, 15h e 16h. Domingo: 8h30, 9h30,10h30,13h,14h e 15h;

Itaipu Ecomuseu: 9h às 18h;

Itaipu Polo Astronômico: terça a domingo: 10h e 16h; noite – sextas e sábados: 19h30;

Itaipu Iluminada: sextas e sábados, às 19h30;

Itaipu Kattamaram: 10h30, 11h30, 13h30, 14h30, 15h30, 17h (pôr do sol).

Exposição Itaipu Natureza (Cataratas JL Shopping): de segunda-feira a sábado, das 10h às 22h; domingo e feriados, das 13h às 20h. Ingressos a R$ 15 (valor promocional para o mês de abril).

* (Com informações do PTI)

Fotos: Kiko Sierich/Itaipu Binacional

Brasil, Cultura, Destaques, Itaipu, Turismo,

TEDxUnila inova e tem grandes chances ter outra edição em 2020

Mais de 300 pessoas se envolveram no projeto, que ajuda a disseminar boas ideias

A primeira edição do TEDxUnila, ocorrida neste sábado, 13, no Cineateatro dos Barrageiros, no Parque Tecnológico Itaipu (PTI), teve um resultado além do esperado, tanto pela adesão à iniciativa quanto pela qualidade das palestras.

Um grupo de mais de 300 pessoas, direta e indiretamente, se engajou às ideias propostas pelo TEDx (Tecnologia, Entretenimento e Planejamento), que merecem ser disseminadas, conforme o conceito do TED, que é uma plataforma mundial de discussões. Iniciada como uma conferência no Vale do Silício, na Califórnia, ela acontece em todos os continentes como um espaço para a discussão de propostas de influência positiva na sociedade.

Em Foz, o evento teve como tema “Emergindo das Fronteiras”. A escolha do nome, segundo os idealizadores, foi uma estratégia para inspirar e fazer as pessoas a refletir a região a partir da territorialidade, pertencimento, suas idiossincrasias, diversidade e outros aspectos de se viver numa localidade de fronteira, que une três países – Brasil, Paraguai e Argentina, com dificuldades como o próprio estigma da região, problemas como preconceitos e barreiras.

A iniciativa foi de um grupo de estudantes de diversos cursos da Unila, entre eles de Engenharia Química e Engenharia Física, Química e Cinema, entre outros. Em breve, os vídeos, com 16 palestras (chamadas de talkies) de até 18 minutos cada, serão publicados no canal TEDx no Youtube, que tem mais de 18 milhões de inscritos.

O TEDx Unila teve a colaboração de vários voluntários, entre eles empresários e pessoas físicas. Sem os patrocinadores e apoiadores, a realização do evento não seria possível. Contribuíram com apoio financeiro, tempo e serviços patrocinadores como o Sicredi, o Hotel Foz do Iguaçu, a Loumar Turismo, a Produsom, a Modelo Corretora, além da própria Unila e o Parque Tecnológico Itaipu (PTI).

Palestraram no TEDx Unila, entre outros, o jornalista Mauri Konig, um dos maiores ganhadores de prêmios em sua área; o engenheiro de Itaipu e professor da Unioeste Jorge Habib; o reitor da Unila, Gustavo Vieira; o chefe do Parque Nacional do Iguaçu, Ivan Baptiston; o secretário de Turismo de Foz, Gilmar Piolla; o professor Francisney Nascimento; e o ex-deputado e ex-diretor de Coordenação de Itaipu, Nelton Friedrich.

O principal legado do TEDx Unila foi unificar num só evento vários e diversificados conhecimentos e experiências sobre a fronteira sob diversas óticas. Foi também mais uma forma de divulgar Foz e a fronteira para um amplo público, mostrando as riquezas culturais da região, onde habitam pessoas de mais de 70 etnias, além do turismo, os atrativos, como as Cataratas e a usina de Itaipu, maior usina do mundo em produção de energia renovável do planeta, o Parque Tecnológico Itaipu, um espaço de soluções tecnológicas e de empreendedorismo e a própria tríplice fronteira, rica por sua própria concepção e posicionamento geográfico.

Brasil, Cultura, Destaques, Educação, Internacional, Turismo,

Vai começar a edição 2019 das pesquisas nas pontes internacionais de Foz do Iguaçu

De 1º a 6 de maio, as aduanas das pontes internacionais da Amizade (Brasil e Paraguai) e Tancredo Neves (Brasil com Argentina) serão alvo de mais uma pesquisa sobre o trânsito entre os três países.

A pesquisa, que acontece há 20 anos, é coordenada pelo pró-reitor da UDC e propriedade intelectual do Centro Universitário Dinâmica das Cataratas.

O levantamento de dados envolve aproximadamente 150 estudantes e professores de diversos cursos da UDC.

São quatro pesquisas que novamente levantarão dados sobre o tráfego de veículos e pessoas que atravessam as vias. Também serão levantados dados sobre o perfil de quem passa pela região.

A pesquisa é realizada com autorização e parcerias da RF, PF, PRF, Anvisa, Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Dnit, Comtur, Acifi, Prefeitura Municipal, Polo Iguass, Codefoz, Fundo Iguassu, consulados paraguaio e argentino e demais órgãos.

Assista reportagem sobre a pesquisa