Browsing Category

Turismo

Brasil, Destaques, Educação, Internacional, Meio Ambiente, Turismo,

Macuco do Brasil e Argentina realizam treinamento para resgate com segurança no rio Iguaçu. Veja fotos!

Aproximadamente 70 colaboradores participaram da capacitação que aconteceu há poucos metros das quedas das Cataratas do Iguaçu

Equipes das empresas que operam passeios nos lados brasileiro e argentino do rio Iguaçu, logo abaixo das quedas das Cataratas do Iguaçu, participaram de um treinamento conjunto com simulação de acidente e resgate de vítimas nesta terça-feira (10).

Aproximadamente 70 colaboradores do Macuco Safari e da Iguazu Jangle foram mobilizados na capacitação. A agilidade na comunicação e o deslocamento das embarcações receberam avaliação positiva dos organizadores.

O treinamento, promovido pelo segundo ano consecutivo, busca aprimorar a comunicação e reduzir o tempo de chegada até as vítimas. Durante a prática foram utilizados 36 bonecos bonecos em tamanho natural.

“Do meu ponto de vista, achei que foi muito importante por envolver os dois países, tanto na parte de comunicação como na de resgate”, disse a enfermeira e socorrista Bruna Gabriela da Silva Marquardt.

“Os profissionais tem que ter essa proximidade entre eles, o que facilita bastante o trabalho”, frisou. O exercício, de acordo com Bruna, ajuda ainda a quebrar tabus. “Muitas pessoas acham que existe uma rivalidade entre nós (brasileiros e argentinos). E não tem! Esta parceria, esta prática, ajuda na interação entre eles”.

A socorrista, que é responsável pela segurança do Macuco Safari, avaliou como muito bom o tempo entre a comunicação e o deslocamento das embarcações de ambos os lados. “A gente sempre tem um barco que fica de reserva para resgate”, informou.

Agilidade
Bruna destacou que a embarcação brasileira leva uma vantagem sobre a da argentina, por ser menor. “Nosso barco tem rapidez e praticidade para resgatar pessoas da água, isto não quer dizer que o da Argentina não é assim. A agilidade é fundamental e todas as possibilidades são levadas em conta”, afirmou.

Ela conta ainda que a cada três meses a equipe do Macuco recebe uma simulação de salvatagem, “que é parecida com a de hoje. Simulamos pessoas na água e resgate”. A rotina de treinamentos ajuda aperfeiçoar as técnicas dos colaboradores. “Ajuda a perderem um pouco do medo, melhorar o posicionamento da embarcação, a comunicação com a equipe”.

“O que importa, em uma situação de emergência não é a nacionalidade. Não existem fronteiras. Existem pessoas a serem ajudadas”, disse. Bruna comenta ainda que a ideia é fazer mais treinamentos conjuntos, principalmente no período do inverno, quando se tem mais disponibilidade de tempo.

“Também pretendemos, futuramente, realizar esses treinamentos com pessoas, num lugar mais calmo, para simular uma fratura ou uma convulsão”. A capacitação envolveu toda a equipe – embarcador, eletricista, mecânico, piloto, copiloto, condutores de aventura (rafting) e equipe de socorro.

Melhorar os resultados
O gerente geral do Iguazu Jungle, Ignácio Nacho, disse que os resultados dos treinamentos são muito bons para a empresa argentina. “Começamos a fazer o exercício conjunto no ano passado, de forma mais interna. Este ano quisemos fazer mais formal, com apresentações ao ICMBio, Parque Nacional e à Prefectura Naval Argentina”, disse.

A intenção é, a cada ano, buscar novas técnicas para melhorar o desempenho das equipes, “sempre enfocando a agilidade no resgate e o aperfeiçoamento. Somos das poucas empresas que operam em rios na Argentina e buscamos maneiras de nos profissionalizar cada vez mais”.

Nacho afirmou ter percebido uma melhora significativa entre a comunicação e o deslocamento das embarcações até o local da ocorrência.

“Fizemos o resgate e buscamos agilizar o deslocamento até a finalização do socorro com o encaminhamento da vítima ao hospital. Foi muito bom o exercício. Ficamos muito contentes com os resultados. Na hora da emergência, o que conta é a união de todos, independente de país”, completou.

As informações são de Ronildo Pimentel com Assessoria, no GDia

Fotos: Roger Meireles

Brasil, Destaques, Itaipu, Turismo,

Estrelas de luzes e cores brilham na abertura do Natal do Gramadão

Está aberta oficialmente a temporada de Natal da Itaipu

Entre o espetáculo do entardecer cor âmbar e o início de uma noite pincelada pela lua cheia no céu da fronteira, um show de luzes sincronizadas dava o tom natalino que vai encantar todas as noites do Gramadão da Vila A de Itaipu, em Foz do Iguaçu, até 6 de janeiro.

Às 20h30 desta terça-feira (10), no entorno do espaço já era Natal. O momento foi bastante aplaudido pelo público. Itaipu abria oficialmente a programação que terá, neste sábado (14), no mesmo horário, um auto natalino cheio de magia.

O acendimento das luzes e a decoração natalina no Gramadão são alguns dos momentos mais aguardados das festividades natalinas da cidade – que se integram oficialmente ao Natal de Foz e da Catedral Nossa Senhora de Guadalupe, também inaugurado nesta mesma data. O Natal de Foz começa nesta quarta-feira (11) e tem o patrocínio da binacional.

O diretor-geral brasileiro, general Joaquim Silva e Luna, fez oficialmente o acendimento simbólico da decoração do Natal da Itaipu. O secretário de Governo Municipal, Marco Antônio Jahnke, representou o prefeito da cidade, Chico Brasileiro.

Para Silva e Luna, é um dever de Itaipu contribuir para tornar o Natal mágico em Foz do Iguaçu, sede da usina. “Neste ano tivemos muitas conquistas e temos que compartilhar essa alegria com a nossa gente.”

Na sequência, o general e o secretário municipal participaram do início da programação natalina da Catedral, a 200 metros do Gramadão, ao lado do padre Clodoaldo Isidoro Frassetto.

O pároco comemorou o apoio da Itaipu na decoração da igreja este ano. “Vivemos essa festa cristã e, para nós, é uma alegria ter uma parceria desse peso nessa programação. Nossa catedral também tem um apelo turístico pela arquitetura e mesmo em obras ela recebe a visita de fiéis e pessoas de todas as religiões. Todos são bem-vindos”.

O Natal de Foz é uma realização da Prefeitura Municipal de Foz do Iguaçu, Fundação Cultural, com patrocínio de Itaipu Binacional, Eletromil, Produssom, apoio institucional do Foztrans, Guarda Municipal, Polícia Militar e apoio da Solutudo, Rede Regional de Cultura e Patrimônio da BP3 e Conselho de Desenvolvimento dos Municípios Lindeiros.

Auto de Natal

O espetáculo chamado “Natal está no ar”, da companhia Felchak Produções, de Guarapuava (PR), será a atração do próximo sábado. O show de magia conta, de forma lúdica, a história de uma avó e seu neto em uma viagem pelas estrelas.

O enredo será apresentado por atores e bailarinos com o uso de malabares e coreografias aéreas. Ao final, haverá queima de fogos. A cerimônia terá a presença de diretores da Itaipu.

Decoração natalina

A cada ano, Itaipu vem inovando na decoração do Gramadão, na Vila A, para deixar o Natal de Foz ainda mais encantador. São três pinheiros gigantes, com mais de 17 metros, instalados ao lado da Concha Acústica. As árvores e os postes também são iluminados.

As pessoas poderão passar sob uma bola de natal de seis metros de diâmetro. Na catedral de Nossa Senhora de Guadalupe, a decoração terá pináculos de quatro e seis metros de altura e outra árvore natalina.

Fotos: Sara Cheida/Itaipu Binacional

Brasil, Destaques, Meio Ambiente, Turismo,

Parque das Aves oferece blocos de gelo com frutas para aves se refrescarem no calor

Com esse enriquecimento ambiental, os animais do atrativo têm opções para se refrescarem durante o verão e ainda despertam a curiosidade dos visitantes

Para ajudar a diminuir o calor de Foz do Iguaçu, comum nesta época do ano, a equipe da Divisão de Bem-estar Animal do Parque das Aves oferece blocos de gelo com frutas para as aves se deliciarem e se refrescarem durante o verão.

E os visitantes do atrativo terão a oportunidade de acompanhar as aves interagindo com esse enriquecimento ambiental nesta quarta-feira, 11/12, às 10h, no Viveiro das Araras.

Os itens são feitos com variadas frutas da estação que fazem parte da dieta das aves nesta época do ano, porém a diferença é que são congeladas com água. Paloma Bosso, diretora técnica do Parque das Aves, explica que a ideia é ofertar os blocos de gelo nos dias mais quentes para que as aves experimentem diferentes sensações, texturas e sabores.

“Oferecer os alimentos de formas diferentes das quais as aves estão acostumadas a receber as incentivam a explorarem o novo e cultiva uma de suas principais características: a curiosidade”, diz a médica veterinária Roberta Manacero, responsável pela Divisão de Bem-estar Animal.

Além das frutas congeladas, que são incluídas na programação de enriquecimento ambiental oferecida às aves pela Divisão de Bem-estar Animal durante os meses mais quentes do ano, os animais também ganham água fresca, sombra e aspersores, um tipo de chuveirinho que umidifica o ar. Tudo para amenizar o calor de Foz do Iguaçu.

O que é enriquecimento ambiental?

Muito importante para o bem-estar dos animais, o enriquecimento ambiental incentiva ainda seus comportamentos naturais, oferecendo estímulos físicos, nutricionais, cognitivos, sensoriais e/ou sociais.

Por exemplo, o enriquecimento ambiental com os blocos de gelo pode ser considerado do tipo nutricional, pois oferece uma forma diferente de oferecer o alimento da ave, e também do tipo sensorial, pois proporciona sensação térmica e texturas diferenciadas.

“No caso das frutas congeladas, além dos itens convencionais do cardápio das aves, como banana, mamão e uva, são oferecidos novos itens sazonais também congelados, e apresentamos outros não habituais, como guabiroba, jabuticaba, amora, melancia e uva passa, para que elas possam explorar sabores diferentes, além da textura do bloco de gelo. Assim há possibilidade de estimular mais de um sentido do corpo através de uma única atividade”, complementa Roberta.

A Divisão de Bem-estar Animal desenvolve uma programação de enriquecimento ambiental semanal, aplicando métodos e itens apropriados para cada espécie que habita o Parque das Aves. Para que seja mantida a imprevisibilidade necessária à atividade, evitando que os animais se acostumem aos itens, a programação é variada, apesar de constante, e os tipos de estímulos oferecidos também alteram bastante. Tudo para manter os animais física e emocionalmente saudáveis.

Uma das técnicas mais empregadas pela equipe do Parque das Aves é a de estimular o comportamento natural de procura pelo alimento o máximo possível. Em seu ambiente natural, papagaios e araras passam grande parte do seu dia em busca de comida. “Por isso, nossos colaboradores encorajam este comportamento nas aves, proporcionando desafios equilibrados ao servir a dieta dos animais de maneiras inusitadas, como inseridas em bolas de feno, escondidas em pinhas, bem como em locais e horários variados”, conta Paloma.

O enriquecimento ambiental permite desafios e novidades que simulam situações que ocorreriam na natureza, porém é muito importante que o ambiente também ofereça oportunidade de escolha ao animal, permitindo assim um maior controle de seu ambiente. Outro aspecto importante a ser considerado é a quantidade de enriquecimento a ser ofertado: ele precisa ser proporcional ao número de animais presente no recinto, pois todos precisam ter acesso aos itens ofertados.

Bem-estar das aves

O Parque das Aves sempre manteve o bem-estar dos animais como prioridade em todos os processos. Isso significa investimento em uma equipe multidisciplinar integralmente dedicada para otimizar a qualidade de vida de cada animal que habita o Parque, oferecendo nutrição adequada, ambiente apropriado, além de saúde física e comportamental.

Fazem parte dessa equipe técnica: um zootecnista, que prepara os cardápios balanceados das aves, veterinários e biólogos, que cuidam do ambiente, saúde física e comportamental

dos animais. Todos colaborando para aumentar o grau de bem-estar dos animais. Por isso que o monitoramento e as avaliações diárias da equipe permitem manter um alto grau de bem-estar aos habitantes do Parque das Aves.

Na busca por melhorar cada vez mais o trabalho técnico e oferecer o melhor para os animais que habitam o Parque, o atrativo se candidatou ao processo de certificação estabelecido pela Associação Latinoamericana de Parques Zoológicos e Aquários (ALPZA). O recebimento desse certificado internacional no mês de maio atestou que o Parque está de acordo com os padrões de excelência em bem-estar animal que um zoológico deve ter.

Serviços

O quê: Enriquecimento de verão no Parque das Aves Data: 11/12, quarta-feira Horário: 10h Local: Parque das Aves Preço: Gratuito mediante compra do ingresso para o Parque das Aves (compre seu ingresso em tickets.parquedasaves.com.br)

Sobre o Parque das Aves

Com 25 anos de atuação e 250 colaboradores, o Parque das Aves é a única instituição do mundo focada na conservação de aves da Mata Atlântica. Possui 16 hectares de mata restaurada, 1.300 aves de 130 espécies diferentes, com três viveiros de imersão e um borboletário.

O objetivo do Parque das Aves é atuar investindo significativamente para criar um impacto positivo para as aves da Mata Atlântica, principalmente as 120 espécies e subespécies em risco de extinção.

O Parque das Aves recebe 830 mil visitantes por ano, sendo o atrativo mais visitado de Foz do Iguaçu depois das Cataratas.

Cultura, Destaques, Geral, Itaipu, Turismo,

Encantos de Natal: Gramadão de Itaipu ganha luzes natalinas nesta terça, 10

Diretor-geral brasileiro, general Joaquim Silva e Luna, inaugura Natal da Itaipu no Gramadão às 20h com o acendimento da decoração

Quem está acostumado com o fim de tarde iluminado no Gramadão da Itaipu, na Vila A, ficará ainda mais encantado nesta terça-feira (10). A partir das 20h, um pouco após o espetáculo do pôr do sol mais bonito da cidade, serão acesas as luzes da decoração natalina.

A solenidade terá a participação do diretor-geral brasileiro de Itaipu, general Joaquim Silva e Luna, entre outras autoridades, marcando o início do Natal da Itaipu no Gramadão, que integra o Natal de Foz 2019. A decoração ficará no local até 6 de janeiro e todos estão convidados a prestigiar essa grande festa. A Itaipu é a principal patrocinadora do Natal de Foz.

“O Natal é uma festa que nos conecta aos valores familiares. Um momento de magia e encantamento que a Itaipu quer compartilhar com a nossa gente e os turistas que vierem visitar Foz do Iguaçu”, diz Silva e Luna.

E complementa: “será uma grande satisfação receber nossa população no Gramadão, que é uma casa de todos nós”. O diretor também vai prestigiar a iluminação de Natal da Catedral Nossa Senhora de Guadalupe, na Vila A, que será inaugurada na sequência.

A iniciativa é também da Itaipu, que esse ano além do Natal de Foz, faz parte da programação natalina da Catedral.

No sábado (14), o Gramadão recebe, também às 20h, o auto de Natal, um espetáculo chamado “Natal está no ar”, da companhia Felchak Produções, de Guarapuava (PR). O show de magia conta, de forma lúdica, a história de uma avó e seu neto em uma viagem pelas estrelas.

O enredo será apresentado por atores e bailarinos com o uso de malabares e coreografias aéreas. Ao final, haverá queima de fogos. A cerimônia terá a presença de diretores da Itaipu.

O Natal de Foz é uma realização da Prefeitura Municipal de Foz do Iguaçu, Fundação Cultural, com patrocínio de Itaipu Binacional e apoio institucional de Foztrans, Guarda Municipal, Polícia Militar, Rede Regional de Cultura e Patrimônio da BP3 e Conselho de Desenvolvimento dos Municípios Lindeiros.

O início da decoração natalina no Gramadão é um dos momentos mais aguardados das festividades natalinas.

Nesta quarta-feira (11), às 20h, o espetáculo “Além do Arco-Íris” dá início ao Natal de Foz na Praça da Paz, no centro da cidade. Também haverá a chegada do Papai Noel, a inauguração da iluminação de Natal, da Vila do Noel e da Feira Especial de Natal.

A festa termina com um show de fogos. A programação do Natal de Foz vai até 19 de janeiro com espetáculos diários. Confira a programação: www.nataldefoz.com

Decoração natalina

A cada ano, Itaipu vem inovando na decoração do Gramadão, na Vila A, para deixar o Natal de Foz ainda mais encantador. Serão três pinheiros gigantes – um com 17 metros de altura e outros dois de 14 metros, instalados ao lado da Concha Acústica.

As árvores e os postes também serão iluminados. Além disso, as pessoas poderão passar sob uma bola de natal de seis metros de diâmetro. Na catedral de Nossa Senhora de Guadalupe, que fica na Vila A, a decoração terão pináculos de quatro e seis metros de altura e outra árvore natalina.

Geral, Turismo,

Dino Adventure, nova atração do Dreamland, abre quarta, 11

São 60 metros de arvorismo e 95 metros de tirolesa a 15 metros de altura sobre o Vale dos Dinossauros: uma visão panorâmica da pré-história

O Dino Adventure, novo atrativo do complexo turístico Dreamland, em Foz do Iguaçu, abre para o público nesta quarta-feira, 11. O circuito que une arvorismo e tirolesa em um cenário improvável e em meio à selva, funcionará das 8h às 18h.

A atividade já começa a 12 metros de altura, com uma vista privilegiada do Vale do Dinossauros (trilha que conta com mais de 40 réplicas dos animais que habitaram a terra há 50 milhões de anos). O passo seguinte é enfrentar os 60 metros em pontes de arvorismo que testam o equilíbrio e a coragem do visitante. Para finalizar, uma tirolesa de 95 metros de comprimento a 15 metros de altura.

A aventura tem duração de aproximadamente 30 minutos e o custo de R$50. Estudantes e professores têm desconto especial. O ingresso pode ser adquirido dentro do Vale dos Dinossauros, no quiosque do atrativo.

Segundo a diretora do Complexo, Paula Haito, o Dino Adventure, é a sexta atração do Dreamland em Foz do Iguaçu. Museu de Cera, Dreams Ice Bar, Maravilhas do Mundo, Vale dos Dinossauros e Super Carros contemplam um mix de experiências focadas ao turismo. “Nossa meta é oferecer diversão aos nossos visitantes. O Dino Adventure é um atrativo diferente e ousado. É realmente de tirar o fôlego”, avalia.

PARA SE AVENTURAR
Podem participar da aventura, pessoas com no mínimo 1,20m de altura e peso máximo de 95kg. Também é necessário assinar um termo de responsabilidade confirmando a aptidão para o esporte de aventura.

E para enfrentar o Dino Aventura é necessário usar calcado fechado, de preferência tênis. O Dino Adventure empresta “crocs” e vende bermudas caso o turista precise para a atividade. As medidas de segurança são recomendadas pela fiscalização e pelo Corpo de Bombeiros. Mais de 200 pessoas fizeram testes no Dino Adventure e a operação garante segurança em primeiro lugar.

SERVIÇO
Para visitar o Vale dos Dinossauros o valor é de R$ 95,60 para turistas. Moradores de Foz do Iguaçu, Puerto Iguazú, Ciudad del Este, municípios lindeiros ao Lago de Itaipu e ao Parque Nacional têm desconto especial. Para mais informações, ligue grátis no 0800 200 2019.

Brasil, Destaques, Internacional, Turismo,

Foz do Iguaçu se consolida como um dos principais destinos de golfe do país

Cidade está confirmada para mais duas etapas do Golfe Brasil, que encerrou o circuito nacional, no Wish Resort Golf Convention, neste fim de semana

Em termos globais, o turismo de golfe movimenta US$ 70 bilhões por ano. No Brasil já são 25 mil golfistas e 120 campos da modalidade. De olho neste mercado, Foz do Iguaçu desponta para se transformar em um dos principais destinos de golfe do Brasil.

Prova disso é que a Terra das Cataratas se garantiu como sede de uma das etapas do Golfe Brasil do próximo ano, e também de 2021. Neste final de semana, a cidade ainda sediou, no Wish Resort Golf Convention, a final do Golfe Brasil, torneio que reuniu 72 competidores brasileiros e estrangeiros de países vizinhos.

“Com um dos melhores campos de golfe do Brasil, Foz do Iguaçu pretende despertar atenção de golfistas do mundo inteiro. São mais de 50 milhões de adeptos dessa prática esportiva, que aqui pode ser complementada pelos segmentos de ecoturismo e aventura, lazer e termal, compras e eventos, além de jogos e gastronomia”, reforça o secretário de Turismo, Indústria, Comércio e Projetos Estratégicos, Gilmar Piolla.

Golfe Brasil

Idealizado pelo fundador do grupo CVC e da GJP Hotels & Resorts, o empresário Guilherme Paulus, o Golfe Brasil, campeonato com jogadores amadores que vai rodar o Brasil, foi lançado em setembro deste ano. Nesta edição foram realizadas quatro etapas (Itu, Rio de Janeiro, Aquiraz, região metropolitana de Fortaleza, e Foz do Iguaçu).

Mas para 2020 já estão previstas seis etapas, incluindo também o Distrito Federal e Santa Catarina. Foz do Iguaçu sediará a segunda competição. No ano seguinte, 2021, serão oito etapas, somando-se além de todos esses destinos, a Bahia e o Rio Grande do Sul.

O torneio foi criado para integrar os jogadores de golfe com o turismo. A ideia é percorrer os principais destinos de golfe, alinhando um fim de semana repleto de programações de lazer, aos 80 jogadores, em média, que devem participar de cada competição.

“Não podemos pensar em um campo de golfe apenas como local para a partida. Assim como o turismo, o esporte movimenta também uma grande cadeia de segmentos da economia de cada destino, onde serão realizadas as etapas”, afirmou Guilherme Paulus.

Melhor Hotel de Golfe do Brasil

Além de toda infraestrutura, atrativos e parque hoteleiro, Foz do Iguaçu tem o melhor hotel de golfe do Brasil. O Wish Resort Foz do Iguaçu, hotel da rede GJP Hotels & Resorts, localizado em Foz do Iguaçu (PR), detém o prêmio concedido pela World Golf Awards 2017, a maior especialista do setor no mundo.

Fonte: Assessoria
Foto: Christian Rizzi

Brasil, Geral, Turismo,

Paranaense é eleito para compor a diretoria nacional da CNTur

O empresário Fábio Aguayo, que é vice-presidente da Feturismo, acaba de ser eleito para compor a diretoria nacional da Confederação Nacional do Turismo (CNTur).

A definição aconteceu nesta quinta-feira (5) em Brasília (DF). A posse deverá ser realizada em 2020 na capital do país, ainda sem uma data definida.

Na foto, da esquerda para a direita, Fábio Aguayo, o presidente nacional da CNTur, Nelson de Abreu Pinto e o advogado Carlos Zucolotto Júnior, novo conselheiro Jurídico da entidade.

Brasil, Destaques, Economia, Turismo,

Foz do Iguaçu e Guarapuava são reconhecidas em prêmio nacional de turismo

Na Semana Nacional do Turismo, o Paraná concorreu com projetos selecionados entre as Iniciativas de Destaque do Prêmio Nacional de Turismo. Ações de Foz do Iguaçu e de Guarapuava foram selecionadas entre mais de trezentos inscritos. A cerimônia de premiação aconteceu nesta quarta feira (04) em Belo Horizonte (MG).

Foram escolhidos 33 projetos, em 11 categorias, de vários estados do Brasil. Foz do Iguaçu foi a vencedora com a Gestão Integrada do Turismo, além de ter concorrido ainda com os projetos Cataratas Day, Festival das Cataratas, Trilha Jovem Iguassu, Revitalização do Marco das Três Fronteiras e Hackatour Cataratas.

Guarapuava concorreu nas categorias com as iniciativas Melhoria do ambiente de negócios e atração de investimentos, com o programa Guarapuava Turística 2026, que conquistou segundo lugar, além de Turismo de Base Local, com o projeto Caminho de São Francisco.

O Prêmio Nacional do Turismo tem por objetivo reconhecer iniciativas do setor e profissionais que tenham inovado ou trabalhado de forma proativa para o desenvolvimento do turismo. De acordo com a organização, além do reconhecimento, o objetivo é divulgar e replicar tais iniciativas em outros destinos brasileiros, como forma de contribuir para melhorar as condições do turismo em seus territórios, gerando engajamento e atuando em benefício do desenvolvimento do setor.

“Grande evento em nível nacional e que mostra a força do Paraná com a representatividade das cidades de Foz do Iguaçu e Guarapuava, que foram reconhecidas como polos turísticos importantes e com grandes projetos de desenvolvimento do turismo”, disse o presidente da Paraná Turismo Jacob Mehl.

As Iniciativas de Destaque premiaram projetos que contribuíram de forma significativa para o turismo brasileiro e forma implementadas por entes públicos, privados ou do terceiro setor nos últimos 24 meses.

Fonte: AEN

Brasil, Destaques, Educação, Internacional, Turismo,

Parque e Marco das 3 Fronteiras integram o Dia Nacional da Pessoa com Deficiência. Veja fotos!

O Dia Nacional da Pessoa com Deficiência (DNPD) proporcionou experiências especiais para cerca de 100 moradores de Foz do Iguaçu, no Parque Nacional do Iguaçu e no Marco das 3 Fronteiras, durante dois dias (3 e 4 de dezembro).

Os alunos da APAE (Associação de Pais e Amigos do Excepcionais) fizeram um passeio pelo Parque Nacional do Iguaçu na companhia de seus professores. A visita na unidade de conservação contou com boas histórias, alimentação e muita diversão.

A turma da Fundação Nosso Canto (Centro de Adaptação Neurológica Total) viveu momentos inesquecíveis visitando o Marco das 3 Fronteiras. O passeio teve direito a atividades de educação ambiental e lanches para toda a turma.

Iniciativa – A ação, da Cataratas do Iguaçu S.A e Marco das 3 Fronteiras, integra a ação coordenada pelo Sistema Integrado de Parques e Atrações Turísticas (SINDEPAT), com o apoio da Associação das Empresas de Parques de Diversão do Brasil (ADIBRA), e ocorre simultaneamente em diversos parques temáticos e atrações turísticas do Brasil.

Saiba mais sobre as atividades que acontecem no Marco das 3 Fronteiras e Parque Nacional do Iguaçu. Entre em contato pelo WhatsApp: +55 45 9 9137 3444.

Fotografias: Amanda França e Leonel Salvador

Destaques, Geral, Turismo,

Final do Golfe Brasil Torneio 2019 será no Iguassu Falls Golf Club em Foz do Iguaçu

Torneio iniciado em setembro busca unir o turismo com o esporte

O Golfe Brasil Torneio 2019, campeonato nacional do esporte, já tem sua final agendada para o próximo sábado (7), no Iguassu Falls Golf Club, anexo ao Wish Foz do Iguaçu.

Promovido pelo Iguassu Falls Golf Club, um dos melhores campos de golfe do País, o evento chega à etapa final depois de passar por São Paulo, Rio de Janeiro e Ceará, totalizando 4 etapas.

Com o objetivo de integrar os jogadores de golfe com o mercado de turismo, o campeonato já reuniu quase 500 participantes nesta edição 2019.

Em 2020, o circuito aumenta e terá 6 etapas, incluindo também a cidade de Buenos Aires, na Argentina, sendo: Curitiba (PR), Brasília (DF), São Paulo (SP), Buenos Aires (AR), Rio de Janeiro (RJ) e Foz do Iguaçu (PR). No ano seguinte, em 2021, serão 8 etapas, somando-se além de todos esses destinos, a Bahia e o Rio Grande do Sul.

A cada partida são ofertados prêmios diversos e ainda viagens para o destino da etapa seguinte especialmente para a categoria nearest to the pin. Já o grande campeão desta etapa final será presenteado com uma viagem para Portugal (com acompanhante), aéreo em classe executiva TAP, cinco diárias de hospedagem em hotel da rede Dom Pedro Hotels (Dom Pedro Villamoura), no Algarve, e 5 green fees nos cinco campos da rede hoteleira portuguesa.

O Golfe Brasil Torneio 2019 é uma realização da GJP Holding Participações. As inscrições são limitadas, basta acessar o site www.torneiogolfebrasil.com.br ou pelo telefone (45) 3521-3414.