Browsing Category

Economia

Leia as últimas notícias sobre Economia no CabezaNews, site de informação com reportagens exclusivas, fotos, vídeos e conteúdos sobre Foz do Iguaçu e sobre o Paraná.

O CabezaNews leva ao público notícias de utilidade pública, curiosidades, turismo, lazer, cultura. Sobretudo com um olhar voltado para a região da tríplice fronteira entre Brasil, Paraguai e Argentina.

Em Foz, nossa cobertura foca os principais acontecimentos da cidade, incluindo eleições 2020, o avanço da pandemia do novo coronavírus, as ações da Itaipu Binacional, bem como a administração do prefeito Chico Brasileiro.

O site não deixa de lado o que acontece no restante do estado do Paraná. Notas exclusivas dos bastidores da política, da Assembleia Legislativa, ações do governo do Paraná e da administração Ratinho Júnior. Assim como as principais notícias nacionais.

O CabezaNews é editado por Ronildo Pimentel, jornalista com mais de 30 anos de atuação em jornalismo impresso e digital.

Busão Foz, Destaques, Economia, Foz do Iguaçu,

Puerto Iguazú, na Argentina, tenta atrair fábrica brasileira de calçados ‘Beira Rio’, de olho nos empregos

A fabricante brasileira de calçados ‘Beira Rio’ informou que instalará uma unidade na Argentina. O anúncio foi feito durante uma vídeo conferência entre representantes do governo argentino e da empresa, na quarta-feira (21).

Participaram do encontro virtual o ministro do Desenvolvimento Produtivo da Argentina, Matias Kulfas; o embaixador da Argentina no Brasil, Daniel Scioli; o secretário de Indústria, Ariel Schale; o presidente da Calçados Beira Rio, Roberto Argenta; a diretora Comercial e de Marketing, Maribel Silva e o diretor de Indústria, João Henrich.

De olho na geração de emprego e renda, a prefeitura de Puerto Iguazú, na fronteira com Foz do Iguaçu, formalizou ao governo nacional e provincial, faça os trâmites necessários para que a cidade seja a sede da fábrica na Argentina.

A nova unidade poderá produzir 3 milhões de calçados por ano. A Beira Rio possui 11 unidades industriais no Rio Grande do Sul e vende seus calçados para 85 países.

As informações são de Radio Cultura

Economia, Paraná,

Agências do Trabalhador têm 3.370 vagas de empregos no Paraná

A semana está com diversas vagas ofertadas pelas Agências do Trabalhador, vinculadas à Secretaria de Justiça, Família e Trabalho. Estão disponíveis 3.370 oportunidades de empregos com carteira assinada nas empresas do Paraná.

Dessas vagas, 579 estão disponíveis nas agências de Curitiba e Região Metropolitana. As que mais ofertam vagas são de Marechal Cândido Rondon (822 vagas), Cascavel (418 vagas), Curitiba (258), Palotina (219), Matelândia (178 vagas), Apucarana (137), Umuarama (132), Foz do Iguaçu (129), São José dos Pinhais (108) e União da Vitória (101).

Já as principais vagas disponíveis são para auxiliar de linha de produção (2.172 vagas), auxiliar administrativo (159 vagas) e alimentador de linha de produção (136).

“Intermediamos vagas com a parceria de empresas do Paraná. Gerar empregos é o melhor programa social que um governo pode encampar. Isso é fundamental para que possamos oportunizar ao trabalhador neste momento”, diz o secretário da Justiça, Família e Trabalho, Ney Leprevost.

Atendimentos – Devido à pandemia, os atendimentos presenciais nas Agências do Trabalhador estão suspensos. Os interessados em vagas ofertadas devem buscar orientações entrando em contato junto as Agências do Trabalhador de seu Município, pelo site http://www.justica.pr.gov.br/Pagina/Escritorios-Regionais, pelo aplicativo Sine Fácil (disponível gratuitamente para celulares Android e IOS) ou pelo site www.empregabrasil.mte.gov.br.

Em Curitiba e Região Metropolitana, o atendimento é feito pelo chat http://sac.trabalho.pr.gov.br ou através dos fones (41) 3883-2200, 3883-2212, 3883-2224 e 3883-2233, de segunda a sexta-feira, das 09h às 17h.

Seguro desempregos – Já o atendimento do Seguro Desemprego está acontecendo de forma presencial, somente com agendamento pelo site www.justica.pr.gov.br/trabalho. O interessado também pode habilitar o Seguro Desemprego através do Aplicativo Carteira de Trabalho Digital, disponível nas lojas de aplicativos de seu Celular Android ou IOS.

Oferta de Vagas – Empresários e trabalhadores de todo o Paraná que procuram ou ofertam vagas e que estiverem com dificuldade de finalizar o atendimento nas ferramentas digitais, tais como Portal Emprega Brasil, e aplicativos da Carteira de Trabalho Digital, Sine Fácil e Paraná Serviços, podem receber o suporte técnico por meio do Chat do Trabalhador, no site da Secretaria da Justiça, Família e Trabalho. Para acessar o chat, basta entrar no link: http://sac.trabalho.pr.gov.br

Em Curitiba, para realizar oferta de vagas poderá ser realizado contato através dos telefones (41) 3883.2220, 3883.2228, 3883.2239 e 3883.2236.

Busão Foz, Destaques, Economia, Foz do Iguaçu,

Abertura de novas lojas no Shopping Catuaí Palladium fomenta mais de mil novos empregos diretos e indiretos

No ano em que comemora seu 5º aniversário, o Shopping Catuaí Palladium tem diversos motivos para celebrar: recebeu duas novas lojas âncoras – a varejista de moda, C&A, que trouxe para Foz do Iguaçu a primeira loja conceito do Brasil, com espaços digitais e experiências inéditas; e a gigante Cellshop Duty Free, o maior free shop do país em fronteira terrestre, com arquitetura inspirada nos modelos Europeus, incorporando na loja o passeio por uma das 7 Maravilhas do Mundo, as Cataratas: um verdadeiro case de inovação. Para o próximo semestre está prevista a inauguração de mais uma âncora no Catuaí Palladium, segunda loja franca, a Hype Duty free, que promete trabalhar com mix especializado em produtos orientais, além da chegada de um renomado restaurante internacional.

Com as mais novas marcas regionais, nacionais e internacionais, o shopping contabiliza um número surpreendente de inaugurações recentes: A Página Livrarias, Alisson Acosta Exclusive Salon, Cellshop Duty Free, C&A, Claro, Conforto da Pele, Falls Café, Lond Woman, Markdown, Nuestra Casa, Pandora, Studio da Beleza, Tapetes Schmitz, Asmar’s Doceria Árabe, Havanna Cafeteria e Kami Sushi. Em breve serão anunciadas novidades em serviços e alimentação. Apenas entre as novas operações já inauguradas são geradas mais de mil vagas diretas e indiretas às famílias iguaçuenses; sendo que contabilizando todo o empreendimento e as lojas, o número de empregos diretos ultrapassa 2,5 mil, chegando a 6 mil vagas indiretas.

Desde a fase de construção do Catuaí Palladium, considerado um dos maiores shoppings do Paraná, pertencente ao Grupo Tacla e Grupo Catuaí, o empreendimento foi planejado para atender às expectativas da comunidade e contribuir na geração de empregos e movimentação de diversos setores da economia. Desde o início das obras, em janeiro de 2014, o shopping atuou na geração de aproximadamente 10 mil empregos diretos e indiretos durante as diferentes fases da construção, trabalhando com mão de obra local e trazendo novas e maiores perspectivas no desenvolvimento econômico e social da cidade. “A chegada do shopping trouxe para a região ainda mais perspectiva de crescimento. Estamos evoluindo junto com a nossa cidade, viabilizando a transformação na vida de muitas famílias”, comenta a superintendente do Catuaí Palladium, Daiane Ashidate.

As informações são de GDia

Economia, Paraná,

Senar-PR abre inscrições para 38 cursos gratuitos de capacitação

O Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar-PR) abriu inscrições para 38 cursos gratuitos de capacitação. Conforme o serviço, as aulas serão ofertadas em formato remoto entre 3 e 31 de março.

São oferecidas vagas limitadas em diferentes áreas de aprendizado, como cursos na área de gestão rural, informática, matemática e português. Veja todos os cursos abaixo.

De acordo com a entidade, os alunos podem assistir às aulas em diferentes formatos, como videoaulas ou textos interativos, e em qualquer horário e local. Para participar, é necessário ter um computador com acesso à internet.

Cursos
Veja abaixo os cursos oferecidos:

Agrinho – A integração do filme em ambientes digitais de aprendizagem
Agrinho – aprendizagem colaborativa e mapas conceituais
Agrinho – atuação dos educadores facilitando a autoria colaborativa de jogos pelos alunos
Agrinho – Complexidade, transdisciplinaridade e produção do conhecimento
Agrinho – escola digital e o educador 3.0
Agrinho – escola e tecnologias digitais na infância
Agrinho – Escola, educação e ética: Contributo para uma reflexão pedagógica
Agrinho – estilos de aprendizagem e as tecnologias
Agrinho – Geração móvel 2.0 – O “poder” do digital na criação de cenários sustentáveis de inovação pedagógica
Agrinho – Habilidades de RRI, metodologia de projetos de design e escolarização aberta
Agrinho – inovação na educação básica e tecnologias educacionais: aplicando os 4 Rs do REA
Agrinho – Instruir, mediar ou comunicar: contributo para uma reflexão sobre o ato de ensinar
Agrinho – interatividade e metodologia de projetos
Agrinho – mapas do conhecimento
Agrinho – novas linguagens, novos desafios: a internet no contexto escolar
Agrinho – portfólio como ferramenta metodológica e avaliativa
Agrinho – tecnologias digitais, linguagens e currículo
Gestão da propriedade rural – competência para o sucesso no trabalho
Gestão da propriedade rural – integração no trabalho
Gestão da propriedade rural – mercado de trabalho para jovens
Gestão da propriedade rural – princípios de qualidade e administração no trabalho
Inclusão digital – Excel intermediário
Inclusão digital – informática básica: o computador e os dispositivos de hardware e software
Inclusão digital – informática básica: Windows
Inclusão digital – primeiros passos na internet
Inclusão digital – primeiros passos no Excel
Inclusão digital – primeiros passos no Word
Inclusão digital – Word intermediário
Matemática para a vida – estatística
Matemática para a vida – geometria analítica e fórmulas
Matemática para a vida – matemática financeira
Matemática para a vida – medidas de áreas e volumes
Matemática para a vida – porcentagem
Matemática para a vida – regra de três
Português sem complicação – clareza de expressão
Português sem complicação – memorandos, relatórios, planilhas e gráficos
Português sem complicação – parágrafo, pontuação, concordância verbal e nominal
Programa Agrinho – Todos contra a dengue

As informações são de G1 Globo

Busão Foz, Destaques, Economia, Foz do Iguaçu,

Mototaxistas de Foz do Iguaçu criam aplicativo de transporte de passageiro

O serviço de mototáxi em Foz do Iguaçu precisou se adaptar para continuar atendendo os clientes, que hoje migraram para os serviços de transporte individual por aplicativo.

Adianta a Rádio Cultura que, com o passar do tempo, os mototaxistas se transformaram em motoboys, atendendo a nova demanda de delivery.

Na cidade, cerca de 100 motoqueiros estão aptos para prestar o serviço de transporte de passageiros e outros 328 com a permissão de concessão vencida, esperando a renovação pelo Instituto de Transporte e Transito de Foz do Iguaçu (Foztrans).

Pensando nisso, um grupo de mototaxistas criou o aplicativo Foz Mototáxi, onde o passageiro pode solicitar uma corrida pelo smartphone. O App também tem o serviço de entrega.

Sérgio Lopes, um dos idealizadores do Foz Mototáxi, informou que a demanda aumentou após a paralização do transporte coletivo.

“Tivemos a ideia de criar esse aplicativo para melhorar o nosso movimento e de alguma forma conseguir competir, trabalhar e ter uma renda a mais no dia”, disse.

A corrida mínima é de R$ 5,50. Uma viagem da Avenida Brasil, no centro, até o Porto Meira, por exemplo, sairia em torno de R$ 7. O App está disponível para os sistemas Android e IOS.

Até agora 77 mototaxistas se cadastraram no aplicativo. Para se associar o mototaxista precisa estar cadastrados no Município, através do Foztrans, com motocicleta amarela numerada, placa vermelha e colete de identificação.

Destaques, Economia, Foz do Iguaçu,

Em meio a crise do novo Coronavírus, Henandárias, no Paraguai, recebe quatro grandes fábricas

Em meio a crise provocada pelo novo Coronavírus (Covid-19), a cidade paraguaia de Hernandárias acaba de receber quatro grandes fábricas, informa a rádio La Clave.

As empresas estão em processo de instalação na zona industrial de Hernandarias, o que permitirá a geração de centenas de empregos.

De acordo com Jaime Zorrilla, diretor de Indústria, Comércio e Agricultura do Município, as indústrias são de capital paraguaio e estrangeiro, e se somam aos grandes empreendimentos já estabelecidos no local.

A zona industrial de Hernandarias tem apresentado um crescimento rápido nos últimos anos. Está localizada em uma área de cinco mil hectares e possui subestação própria, por isso seduz investidores nacionais e estrangeiros, possibilitando a instalação de novos empreendimentos de grande porte.

Um dos casos é o da empresa Blink Bioscience SA, do ramo de ração animal, cuja construção começou no final do ano passado, em um terreno de cinco hectares.

O investimento é de cerca de 7 milhões de dólares, vindos de capitais brasileiros. No projeto, trabalham 80 trabalhadores, dos quais 80% são hernandarienses. Quando pronto, vai gerar 200 empregos diretos.

Da mesma forma, a indústria paraguaia de fertilizantes Nanofert SA instalou-se em uma propriedade de 16 hectares, com investimento de US $ 4 milhões.

Atualmente, a fábrica está em fase de construção e sua conclusão está prevista para o primeiro semestre de 2021.

Outra planta que está em processo de instalação na zona industrial é a Dongjing SA, de capital chinês, no segmento de baterias e painéis solares.

A este respeito, Jaime Zorrilla, disse que uma equipa de profissionais da China chegará a esta parte do país nas próximas semanas para montar as máquinas.

Da mesma forma, a empresa Soldaduras Alto Paraná, de origem brasileira, alugou um galpão para a fundação do empreendimento. A ideia é que essa empresa entre em operação em mais alguns meses.

Área Industrial

Lá operam 23 indústrias, a maioria delas nacionais. A capital da energia é a única cidade da região que possui zona industrial própria. As fábricas instaladas geram diretamente cerca de 2.500 empregos.

Brasil, Destaques, Economia,

Petrobras chega a ganhar R$ 20 bilhões em valor de mercado apenas no 1º dia de Silva e Luna no comando

As declarações de Silva e Luna sobre alocação de capital, desinvestimentos e política de preços deixaram uma impressão positiva para os investidores e estão impulsionando o desempenho das ações da Petrobras, que chegou a ganhar mais de R$ 20 bilhões em valor de mercado durante o pregão. Às 16h05, o valor da companhia atingiu pouco mais de R$ 318 bilhões, ante R$ 297 bilhões do fechamento de sexta.

No fechamento, o valor de mercado havia diminuído para R$ 313,6 bilhões, ainda assim uma expressiva alta de R$ 16,5 bilhões ante o fechamento de sexta. Apesar da valorização, a marca ainda está distante dos R$ 383 bilhões que a petroleira valia antes das notícias sobre a troca de presidente, em 18 de fevereiro.

As informações são de Terra Brasil Notícias

Curitiba, Destaques, Economia,

Câmara aprova PL que autoriza casas noturnas e bares funcionarem como restaurantes em Curitiba

Abrabar apoia a iniciativa; Estabelecimento deverá atender medidas de enfrentamento à pandemia previstas em legislação

A Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Câmara Municipal aprovou, por unanimidade nesta terça-feira (20), projeto de lei (PL) que concede autorização extraordinária para bares e casas noturnas funcionem como lanchonetes e restaurantes durante a pandemia da Covid-19. A proposta, iniciativa conjunta dos vereadores Alexandre Leprevost (SD) e Tico Kuzma (Pros), vai ao plenário.

A Associação Brasileira de Bares e Casas Noturnas (Abrabar) pede o apoio dos parlamentares na aprovação do PL. O presidente Fábio Aguayo comemorou a decisão da CCJ. “Agora será possível fazer até parcerias para oferecer serviço de alimentação. É uma oportunidade para empreender nesse momento tão difícil”, disse.

De acordo com a iniciativa, a autorização ocorrerá enquanto durar a situação de emergência em saúde pública devido à pandemia, estando condicionada à readequação dos espaços, que devem estar caracterizados para a nova atividade. O estabelecimento deve atender a legislação e orientações, protocolos e normas da Secretaria Municipal da Saúde (SMS) e Secretaria da Saúde do Paraná (Sesa).

“É um projeto de lei de muita importância para os bares e casas noturnas. É uma segurança jurídica”, ressalta Aguayo. De acordo com ele, a categoria já garantiu uma liminar obtida pela Abrabar, que dá oportunidade aos estabelecimentos que tem alvarás secundários poderem trabalhar como lanchonete ou restaurante.

Reféns

O dirigente sindical lembra que os bares e casas noturnas sempre ficam refém da interpretação do fiscal, que é  subjetivo. A nova normativa pode abrir outras oportunidades, diz. “O que é um bar ou uma casa noturna? Muitos desses não tem espaço na cozinha, mas podem se associar com outras empresas que também tenham dificuldade de atender a demanda”.

O setor precisa trabalhar, ressalta Aguayo. “Estamos endividados, muitos dos estabelecimentos vão até 2023, no mínimo, para pagar tudo, empréstimos, aluguéis atrasados, impostos”, afirmou.

A Abrabar estima que mais de 75% dos estabelecimentos de Curitiba já fecharam as portas. “Muita gente não conseguiu pagar nem o salário de março. Então, precisamos dessa compreensão, desse entendimento, da razoabilidade porque o transporte público está tendo todo apoio do mundo já o nosso setor não tem nada”.

‘Contas na porta’

O presidente do SindiAbrabar, Gustavo Grassi, lembra que as despesas do setor continuaram, mesmo tudo tendo que ficar fechado há mais de um ano. “Os aluguéis batem na porta, os impostos, as contas de luz e água … Tudo batendo na porta e você não tem como estar funcionando”, ressaltou.

De acordo com o líder sindical, não tem como abandonar o ponto. “Existe um investimento maior em cima disto. Agora, se a Prefeitura consegue autorizar o funcionamento, num formato menor de restaurantes, lanchonetes, os empresários vão trabalhar correto”, completou.

Economia, Paraná,

No Paraná, pagamento do IPVA será retomado nesta quinta-feira, 22

O pagamento do Imposto sobre Propriedade de Veículos Automotores (IPVA) 2021 será retomado nesta quinta-feira (22), com o início do vencimento da terceira parcela, seguindo a ordem do final das placas até o dia 28 de abril.

No mês passado os proprietários de veículos no Paraná ganharam uma folga no pagamento do imposto. Em razão do acirramento da pandemia da Covid-19, a Secretaria da Fazenda postergou em um mês o vencimento das parcelas.

Assim, as três parcelas restantes tiveram seus prazos adiados em um mês: a terceira, que deveria ser paga em março, teve seu prazo postergado para abril, e assim sucessivamente até a quinta e última parcela, em junho. Enquanto em muitos estados a cobrança já foi feita em sua integralidade, os contribuintes paranaenses ganharam mais três meses para a quitação.

O objetivo do adiamento foi de oportunizar ao contribuinte a manutenção de suas obrigações tributárias com o Estado, considerando a vigência do Decreto nº 4.319, de 23 de março de 2020, que declarou estado de calamidade pública, e as medidas restritivas visando o enfrentamento da emergência de saúde pública do Decreto nº 6.983, de 26 de fevereiro de 2021.

A proposta não acarreta renúncia de receita, mas apenas o deslocamento dos vencimentos parcelados do IPVA 2021. Os demais critérios previstos na legislação, como acréscimos financeiros e quantidade de parcelas permaneceram os mesmos.

Como pagar – Em dezembro do ano passado, a Secretaria da Fazenda autorizou o pagamento do IPVA 2021 em até cinco parcelas mensais – até então, o parcelamento máximo era de três meses. O aumento das parcelas foi implementado para facilitar a vida do contribuinte paranaense tendo em vista as dificuldades causadas pela continuidade da pandemia do coronavírus.

Importante lembrar que os contribuintes não receberão boleto para efetuar o pagamento, nem qualquer outro tipo de correspondência. Para emitir a guia, basta acessarhttp://www.fazenda.pr.gov.br/ipva. É preciso ter em mãos o número do Renavam, que consta no Certificado de Registro e Licenciamento de Veículos (CRLV)

Apenas com o número do Renavam também é possível pagar o imposto diretamente nos caixas ou canais de atendimento de sete bancos credenciados: Banco do Brasil, Itaú, Santander, Bradesco, Sicredi, Banco Rendimento e Bancoop.

A quitação do IPVA é requisito obrigatório para emissão certificado de licenciamento de veículo pelo Detran/PR.

Confira o calendário atual do IPVA 2021.

As informações são de Agência de Notícias do Paraná

Coronavírus, Economia, Paraná,

Traiano participa de lançamento de pacote para ajuda a vulneráveis e garante apoio da Assembleia

O presidente da Assembleia, deputado Ademar Traiano, participou hoje, junto com o governador Carlos Massa Ratinho Junior, no Palácio Iguaçu, do lançamento de um novo pacote social para ajudar as famílias mais vulneráveis. Serão R$ 109 milhões divididos em seis ações para amenizar os efeitos da pandemia na vida dos cidadãos. 

Segundo Traiano, “a Assembleia, dada a urgência e a relevância dessas ações, no que dependeu da Assembleia, a tramitação das medidas que viabilizaram esse pacote tramitaram com celeridade máxima para amenizar o sofrimento do nosso povo”. O deputado enfatizou também a preocupação social do governo do Estado que, “durante todo o decurso dessa pandemia, vem tomando medidas para amenizar as consequências sociais dessa catástrofe sanitária”.

A maior parte dos recursos do pacote, no valor de R$ 62 milhões, será destinada para a proteção de crianças e adolescentes em situação de risco. É o maior aporte do FIA em 30 anos. O Estado também vai distribuir cestas básicas para famílias de 12 mil crianças e adolescentes, de 0 a 18 anos, portadores de alguma deficiência e que estejam matriculados em instituições de ensino especializadas. A intenção é garantir a segurança alimentar neste período de pandemia. A estimativa é beneficiar cerca de 300 associações. Serão R$ 3,48 milhões oriundos do FIA

Também como forma de aumentar a renda dos mais vulneráveis, o Governo do Estado começou a pagar em abril um complemento ao programa Bolsa Família, do governo federal. Estão sendo atendidas mensalmente 24.500 famílias, inicialmente até dezembro, totalizando R$ 10 milhões ao longo de 2021. O benefício, explicou o governador Ratinho Junior, não requer adesão por parte dos municípios. “É uma transferência direta e automática às pessoas que já recebem Bolsa Família e estão dentro dos critérios estabelecidos”, disse.

Serão atendidas famílias em situação de extrema pobreza, com renda per capita inferior a R$ 99 por mês. O valor médio do auxílio é estimado em R$ 45, variando de caso a caso, de acordo com os rendimentos. Os recursos são do Tesouro do Estado.

Participaram também do evento o vice-governador Darci Piana;  o desembargador José Laurindo de Souza Netto, presidente do Tribunal de Justiça do Paraná; o procurador-geral de Justiça, Gilberto Giacoia; o subprocurador-geral de Justiça para Assuntos Administrativos, José Deliberador Neto; os secretários Guto Silva (Casa Civil), Valdemar Bernardo Jorge (Planejamento e Projetos Estruturantes), Marcel Micheletto (Administração e Previdência) e João Evaristo Debiasi (Comunicação Social e Cultura); a procuradora-geral do Estado, Letícia Ferreira; o superintendente de Diálogo e Interação Social, Mauro Rockenbach; o presidente da Associação dos Municípios do Paraná (AMP) e prefeito de Jesuítas, Junior Weiller; o deputado estadual Hussein Bakri (líder do Governo); e demais deputados estaduais.