Browsing Category

Educação

Leia as últimas notícias sobre Educação no CabezaNews, site de informação com reportagens exclusivas, fotos, vídeos e conteúdos sobre Foz do Iguaçu e sobre o Paraná.

O CabezaNews leva ao público notícias de utilidade pública, curiosidades, turismo, lazer, cultura. Sobretudo com um olhar voltado para a região da tríplice fronteira entre Brasil, Paraguai e Argentina.

Em Foz, nossa cobertura foca os principais acontecimentos da cidade, incluindo eleições 2020, o avanço da pandemia do novo coronavírus, as ações da Itaipu Binacional, bem como a administração do prefeito Chico Brasileiro.

O site não deixa de lado o que acontece no restante do estado do Paraná. Notas exclusivas dos bastidores da política, da Assembleia Legislativa, ações do governo do Paraná e da administração Ratinho Júnior. Assim como as principais notícias nacionais.

O CabezaNews é editado por Ronildo Pimentel, jornalista com mais de 30 anos de atuação em jornalismo impresso e digital.

Educação, Paraná,

Bolsista do Geração Olímpica, atleta da canoagem de Foz do Iguaçu tem chance de medalha em Tóquio

A atleta Ana Sátila, bolsista do programa Geração Olímpica, segue sendo uma esperança de medalha para o Brasil nos Jogos Olímpicos de Tóquio. Ela avançou às semifinais da canoagem slalom C1 feminino em disputa durante a madrugada desta quarta-feira (28).

A paranaense fez dois bons tempos nas suas descidas – sendo a segunda com melhor desempenho – e se classificou em 4º lugar dentre as 18 atletas que passam de fase. A próxima etapa será já na madrugada desta quinta-feira. Ana Sátila deve competir aproximadamente às 2h.

No começo da semana, Ana Sátila foi eliminada na semifinal da canoagem slalom K1, no Centro de Canoagem Slalom Kasai.

Vôlei de praia – Ágatha Bednarczuk, também paranaense e bolsista do Geração Olímpica, volta à disputa nesta quinta-feira (29), às 9h (horário de Brasília). A dupla Ágatha e Duda terá sua primeira “final” na atual edição das Olimpíadas após uma vitória e uma derrota. O confronto diante da dupla canadense, Heather Bansley e Brandie Wilkerson, será decisivo para a classificação para a fase eliminatória.

Paraná – A delegação de atletas paranaenses que está em Tóquio é a maior da história do Estado. Ao todo, 35 representantes do Paraná na capital japonesa. Do grupo deste ano, 34 são bolsistas do programa Geração Olímpica.

Programa do Governo do Estado desenvolvido pela Superintendência Estadual do Esporte, o Geração Olímpica é a maior iniciativa em nível estadual de incentivo ao esporte na modalidade bolsa-atleta do País. Em 2021 está completando dez anos. Nesse período, mais de 10 mil atletas e técnicos do Paraná receberam bolsas em forma de apoio financeiro.

As informações são de Agência de Notícias do Paraná

Busão Foz, Destaques, Educação, Foz do Iguaçu,

Colégio da Polícia Militar de Foz do Iguaçu abre inscrições para Processo Classificatório 2021/2022

Estão abertas as inscrições para o processo classificatório de ingresso ao Colégio da Polícia Militar de Foz do Iguaçu.

São 120 vagas para o 6º ano do ensino fundamental a tarde, e 60 vagas para a 1ª série do ensino médio pela manhã.

Do total de vagas, serão destinadas no mínimo 5% para candidatos da educação especial.

As inscrições podem ser realizadas o até o dia 11 de outubro de 2021.

As provas serão dia 7 de novembro de 2021.

As provas serão compostas por questões de resposta objetiva, de múltipla escolha, de Matemática, Língua Portuguesa, Ciências, Geografia, História.

Poderá ser concedida isenção da taxa de inscrição aos candidatos que comprove não poder arcar com tal ônus, apresentando no ato da inscrição a certidão de cadastro válido e ativo no Cadastro Único para programas Sociais do Governo Federal.

Dúvidas podem ser esclarecidas pelo fone do 5º CPM, no número 045 99104-1093, tanto por ligação ou por whatsapp.

Não perca o prazo!

AQUI para ver os detalhes da inscrição

Fonte: Assessoria 5 Colégio da Polícia Militar do Paraná C E-EF M

Destaques, Educação, Foz do Iguaçu, Meio Ambiente,

Formação em educação ambiental intensifica gestão de resíduos nos prédios públicos de Foz do Iguaçu

Programa de Educação Ambiental na Administração Pública já tem mostrado resultado entre os servidores municipais

A maior adesão à gestão de resíduos nos prédios públicos, com a destinação correta dos resíduos, e a campanha “Caneque-se”, para evitar o uso de copos plásticos pelos servidores, são alguns dos resultados do Programa de Educação Ambiental na Administração Pública, realizado pela equipe de educação ambiental da Secretaria Municipal de Meio Ambiente, no primeiro semestre deste ano.

O curso de formação foi ofertado a representantes das unidades de ensino, secretarias, autarquias e fundações municipais. Eles são os pontos focais do programa e têm o papel de multiplicar as ações e atividades desenvolvidas nos momentos de formação para todos os colegas servidores do ambiente de trabalho.

Participaram das ações no primeiro semestre de 2021, no total, 205 pontos focais do programa, de 144 unidades de órgãos públicos. Indiretamente, 4.198 servidores são atingidos pela formação, a partir da distribuição dos conteúdos pelos colegas.

Roseli Barquez da Divisão de Educação Ambiental avaliou de forma positiva a participação dos servidores no programa. “Recebemos as devolutivas das atividades por meio de relatórios e foi impressionante como foram enraizadas as ações nos prédios públicos municipais”, afirma.

Entre os conteúdos apresentados na formação, está o Programa Municipal de Gestão de Resíduos, como foco na coleta seletiva nos prédios públicos e a metodologia da coleta de resíduos recicláveis porta a porta. Já foi percebida uma intensificação das ações de gestão dos resíduos e também a adesão à campanha Caneque-se. Foram distribuídos 4.198 adesivos da campanha para os servidores dos prédios que participaram da formação.

A Política Municipal de Educação Ambiental, com foco na elaboração do Programa Municipal de Educação Ambiental, foi outro tema abordado no curso. O histórico da elaboração da Política de Educação Ambiental do Município foi compartilhado com o público da educação formal.

Também foi feita uma pesquisa para o diagnóstico da educação ambiental na rede formal vinculada à rede pública básica, com a participação de 2.010 professores da rede municipal de ensino.

A Secretária de Meio Ambiente, Ângela Meira, entende Educação Ambiental como imprescindível para o desenvolvimento de políticas públicas. “Neste sentido, a gestão municipal tem apoiado os momentos de formação em Educação Ambiental Formal e Não Formal, não medindo esforços para a expansão das ações socioambientais em âmbito municipal”.

Educação, Paraná, Saúde,

Acadêmicos de Medicina e Nutrição da Unioeste vão atuar no Hospital Regional do Sudoeste

A Secretaria de Estado da Saúde e a Superintendência de Ciência, Tecnologia e Ensino Superior firmaram um termo que permite que alunos de Medicina e Nutrição da Universidade Estadual do Oeste do Paraná (Unioeste) realizem atendimentos supervisionados no Hospital Regional do Sudoeste (HRS), em Francisco Beltrão. O documento tem vigência de cinco anos e foi assinado nesta segunda-feira (26).

O hospital, que é vinculado à Fundação Estatal de Atenção em Saúde do Paraná (Funeas), disponibilizará a infraestrutura da unidade para que os alunos, acompanhados dos professores, tenham acesso aos pacientes e informações relacionadas aos atendimentos.

“A regionalização dos serviços de saúde e o fortalecimento do ensino são propostas do governador Ratinho Junior e não tenho dúvidas de que essa parceria vai viabilizar que o Hospital Regional seja uma referência de hospital escola, auxiliando no atendimento da unidade e na formação destes profissionais na área da saúde”, disse o secretário estadual da Saúde, Beto Preto.

Além da ampliação do atendimento no hospital, este trabalho permitirá mais oportunidades de estágio na área da saúde em toda a região Sudoeste do Estado, que passará a ser polo de educação.

O superintendente de Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, Aldo Nelson Bona, destacou a importância da parceria para ampliar as possibilidades de atendimento de saúde para a população da região.

“A assinatura do termo de cooperação é de grande relevância não só pelo aspecto de atendimento à população, porque vai ampliar as possibilidades de melhor atendimento, mas porque envolve o processo de formação de profissionais na área da saúde”, disse.

“É uma parceria que caminha para que o Hospital Regional do Sudoeste se torne um hospital-escola. Ganha o hospital, ganha a população atendida e ganha a universidade, que passa a ter um centro maior para os campos de prática de formação dos seus estudantes da área da saúde”, acrescentou.

Futuro – Segundo a Superintendência, atualmente existe uma parceria entre as instituições que possibilita a residência médica em cirurgia geral. Agora, com este novo termo, a intenção é ampliar os serviços para maior abrangência das atividades dentro do hospital, incluindo alunos de áreas multiprofissionais como fisioterapia, psicologia e enfermagem.

Além disso há, ainda, um pedido ao Ministério da Educação para aumento das ofertas de estágio em graduação e pós-graduação a fim avançar nas vagas para as áreas de cirurgia, ortopedia e pediatria.

“Desde o início do curso de Medicina, temos interesse em um hospital-escola na região. Este termo é uma continuação do trabalho que já vem sendo feito e permitiu que a universidade formasse três turmas de medicina”, afirmou o vice-reitor da Unioeste, Gilmar Ribeiro de Mello.

COVID-19 – O HRS possui atualmente 33 leitos de UTI e três enfermarias para atendimento exclusivo à Covid-19. A diretora da unidade, Cintia Jaqueline Ramos, falou sobre o trabalho do hospital no enfrentamento à pandemia, e a ampliação da parceria com a universidade.

“Desde os primeiros casos confirmados da Covid-19, tivemos equipamentos, medicamentos e contratação rápida, e precisamos destacar este trabalho, que foi realizado de maneira imediata pela Secretaria da Saúde e a Unioeste. Vamos aproximar ainda mais e aperfeiçoar o que já temos trabalhado, ajustando e qualificando o serviço dentro do hospital”, afirmou.

Presenças – Participaram da assinatura o deputado estadual Nelson Luersen; o diretor-presidente da Funeas, Marcello Machado; o diretor-administrativo, Valmir Alberto Thomé; e o diretor-técnico, Geraldo Gentil Biesek. Da Secretaria da Saúde participaram o chefe de gabinete, César Neves, a diretora-técnica do HRS, Carla Patrícia Alves e Souza, e a diretora acadêmica Luciana Pinheiro.

As informações são de Agência de Notícias do Paraná.

Destaques, Educação, Foz do Iguaçu,

UNILA abre inscrições para cursos de português para estrangeiros

A UNILA está com inscrições abertas para dois cursos de português voltados para a comunidade: preparação para o exame que fornece o Certificado de Proficiência em Língua Portuguesa para Estrangeiros (Celpe-Bras); e português brasileiro para migrantes e refugiados. As aulas no próximo semestre não serão presenciais. Inscrições e cursos são gratuitos.

Para quem deseja se preparar para fazer o exame do Celpe-Bras, as inscrições (https://bit.ly/cursos_portugues) estão abertas até o dia 2 de agosto. O curso é direcionado para pessoas em condições de migração e, especialmente, para estudantes que desejam ter o certificado de nível de proficiência para seguir com os estudos universitários no Brasil. Também é voltado a profissionais cujos conselhos de classe possam exigir o documento para fins de validação de diploma. Estão disponíveis 70 vagas e as aulas serão no período de 14 de agosto a 8 de outubro.

A coordenadora do projeto, professora Laura Ferreira, conta que o curso vem sendo ofertado na UNILA desde 2011 e que, há três anos, passou a contar com duas edições anuais. Ela também explica que a maioria das aulas será realizada com atividades assíncronas, permitindo mais flexibilidade para os inscritos.

“Como a prova tem o foco nas atividades de escrita, o curso é uma boa oportunidade para desenvolver essa habilidade. No curso, fazemos muitos simulados das tarefas da prova, e assim dá para a pessoa saber, aproximadamente, qual é a proficiência dela a partir dos parâmetros do exame”, conta Laura.

Sobre a aplicação da prova do Celpe-Bras, é preciso ficar atento ao cronograma do Inep (https://bit.ly/inep_celpe), órgão que coordena essa atividade. A aplicação do novo exame está prevista para os dias 7 a 9 de dezembro. As inscrições começaram nesta segunda (26) e prosseguem até o dia 6 de agosto. A UNILA é um polo de aplicação das provas e deve retomar essa atividade, paralisada desde 2019 em função da pandemia.

Migrantes e refugiados

O curso de português brasileiro para migrantes e refugiados está com inscrições abertas (https://bit.ly/cursos_portugues) até o dia 21 de agosto. São ofertadas 50 vagas, especialmente para o acolhimento de residentes fronteiriços, migrantes, refugiados e portadores de visto humanitário. A ideia é que os candidatos desenvolvam competências necessárias para que possam usar o português como língua estrangeira com diferentes propósitos, a exemplo de saúde, estudos e trabalho. O curso será ministrado pela plataforma Google Sala de Aula e segue uma metodologia de ensino por tarefa, sendo possível a matrícula de novos estudantes a qualquer momento.

A carga horária total do curso é de 20 horas, divididas em quatro módulos de cinco horas cada um, que vão tratar o uso da língua estrangeira em situações similares ao cotidiano. Os módulos são: Abrigo e acomodação; Alimentação, saúde e bem-estar; Educação e capacitação; e Emprego.

De acordo com a coordenadora do curso, professora Tatiana Carvalhal, o projeto teve início em 2019, em parceria com a Secretaria Municipal de Assistência Social. A coordenadora explica que, além das tarefas, os materiais culturais relacionados a cada módulo serão construídos coletivamente, de forma a tratar do tema migração e para impulsionar discussões em torno de contatos culturais que as situações de deslocamento promovem, contribuindo para o acolhimento daqueles que chegam ao país e à região.

Serviço:

Preparatório Celpe-Bras
Inscrições: até 2 de agosto por meio do Sistema Sigaa (https://bit.ly/cursos_portugues)
Vagas: 70
Aulas: 14/08 a 08/10

Português brasileiro para migrantes e refugiados

Inscrições: até 21 de agosto por meio do sistema Sigaa (https://bit.ly/cursos_portugues)
Vagas: 50
Aulas: 14/08 a 04/10

Busão Foz, Cultura, Educação, Foz do Iguaçu, Paraná,

Sebrae/PR realiza evento para auxiliar empreendedores da música

Músicos, bandas, duplas e outros do segmento da música do Paraná podem se inscrever para participar do “Venha se tornar um artista relevante para o seu público”, um circuito de capacitações realizado pelo Sebrae/PR, a fim de ajudar os participantes a profissionalizarem a atuação no mercado. O evento será online, nos dias 27, 28 e 29 de julho, sempre às 19 horas.

O assistente do Sebrae/PR, Luciano do Marco Campos, destaca que a oportunidade é tanto para quem está começando quanto para quem já tem uma carreira e pretende revisar a trajetória empreendedora.

“O mundo da música é concorrido, e, com a pandemia, os profissionais do setor precisam se reinventar. Por isso é importante pensar em melhorar a gestão, redefinir o modelo de negócio ou adotar outras estratégias. Os participantes vão sair das capacitações com aprendizado para aplicar imediatamente”, diz.

No dia 27, o encontro terá como tema “Mapa de engajamento”. Será a vez de aprender sobre empreendedorismo artístico, público-alvo, conceito artístico, divulgação orgânica, atração estratégica, marketing de guerrilha e planejamento, com o produtor musical Fábio Fonzare e Gabriel Camargo, da Escola de Música Gabriel Camargo.

Já no dia 28, Marina Mattoso, sócia e diretora da Jangada Comunicação, que atende clientes como Gilberto Gil, Maria Rita, Adriana Calcanhotto, UBC, Claudia Leitte e Fernandinho, falará sobre “Marketing digital musical e plataformas digitais”. Ela vai apresentar ferramentas de planejamento de conteúdo, de criação e edição e conteúdo e ferramentas disponíveis no Spotify, fará treinamento rápido de Instagram, Twitter, Facebook e TikTok, além de abordar boas práticas gerais de marketing digital.

“O mercado da música é repleto de profissionais amadores no melhor sentido da palavra. As pessoas trabalham porque amam este setor. Busco trazer ferramentas e raciocínio estratégico para estes amantes de suas profissões”, comenta Marina.

O circuito fecha com mão na massa, no dia 29, com “Planejamento e Roadmap”. Na oportunidade, o musicista e consultor Bruno Aldana ensinará sobre planejamento, metodologia de gestão OKR (Objectives and Key Results), indicadores, processo de gestão hoshin kanri e ferramentas de controle como Google Agenda, Pipefy e Trello.

Assessoria

Busão Foz, Destaques, Educação, Foz do Iguaçu,

UNILA abre inscrições para transferência e reaproveitamento de diploma em cursos de graduação

A UNILA abriu as inscrições para o processo seletivo para o ingresso em cursos de graduação por meio de transferência, aproveitamento de diploma, reopção e reingresso. Há vagas nos 29 cursos da Universidade. A data limite para a inscrição é 13 de agosto para todos os cursos, com exceção de Medicina, que tem calendário específico. Inscrição e cursos são gratuitos. Informações completas no edital PROGRAD 061/2021 (https://bit.ly/prograd_61).

A modalidade transferência externa é voltada a estudantes que já estejam cursando o ensino superior em outra instituição pública ou privada, brasileira ou estrangeira, e queiram estudar na UNILA. A modalidade aproveitamento de diploma destina-se a quem já possui uma graduação e deseja iniciar um novo curso.

Ex-estudantes da Universidade que desejam retornar ao seu curso podem se inscrever na modalidade reingresso, e aqueles que estudam na UNILA e querem mudar de curso podem fazer a reopção de curso. A ocupação das vagas será realizada de maneira sequencial: inicialmente, serão ocupadas por candidatos aprovados na modalidade reopção de curso, seguida por reingresso, transferência e aproveitamento de diploma.

Cada curso de graduação possui critérios específicos de seleção. Portanto, os candidatos devem ler atentamente o edital e seus anexos, que descrevem todas as etapas, critérios de classificação e documentação a ser apresentada na inscrição e para comprovação dos itens exigidos.

Em caso de dúvidas, o candidato pode contatar o Departamento de Seleção de Alunos, preferencialmente por meio do WhatsApp, pelo número +55 (45) 3522-9659.

Busão Foz, Destaques, Educação, Foz do Iguaçu,

Exclusividade – Seja um doutor através do Doutorado Institucional em Direito UDC – Mackenzie

O Doutorado Interinstitucional em Direito EXCLUSIVO do Centro Universitário UDC e da Universidade Presbiteriana Mackenzie está com as inscrições abertas até 10 de agosto. O curso tem a duração de 3,5 anos e será idêntico em São Paulo e Foz do Iguaçu, no mesmo período. 

O Programa é voltado à pesquisa em Direito Político e Econômico com duas linhas de pesquisa: Cidadania modelando o Estado; e Poder econômico e seus limites. É pré-requisito para ingressar no curso que o pesquisador seja Mestre em Direito. As inscrições são realizadas no site do Centro Universitário UDC.

Segundo a Reitora do Centro Universitário UDC Professora Rosicler Hauagge do Prado: “Trabalhamos de forma muito semelhante à Universidade Mackenzie que é muito exigente e detalhista ao escolher seus parceiros. Pensamos em cada detalhe, exigindo excelência em nossa instituição para oferecer o melhor aos alunos. Ter cursos de Doutorado na UDC hoje é uma realidade que nos dá muito orgulho”.  

O corpo docente da Universidade Mackenzie vai se deslocar de São Paulo a Foz do Iguaçu não apenas para lecionar, mas também para desenvolver pesquisas através de grupos de pesquisa, estágios de docência, publicações em conjunto e outras atividades. “É uma operação muito complexa e que exige muito da equipe. Temos coordenadores locais e as aulas serão aqui. É um sonho. Um Curso intenso na área do Direito que atenderá a todos os operadores do Direito como juízes, delegados, advogados, promotores, enfim, esse é um momento nobre na capacitação de toda a região oeste do Paraná”, comenta o Pró-reitor do Centro Universitário UDC Prof. Doutor Fábio Prado.   

O Dinter em Direito da Universidade Presbiteriana Mackenzie é um dos cursos mais importantes e mais bem avaliados do Brasil. “Em nosso último processo seletivo tivemos o maior resultado da história, com 100% das vagas de mestrado e doutorado preenchidas. Isso porque estamos muito bem colocados no mundo em rankings internacionais e somos referência nacional e internacional”, disse o Pró-reitor da Universidade Mackenzi Prof. Doutor Felipe Chiarello de Souza Pinto.

Segundo o Coordenador do Programa de pós-graduação da Mackenzie em Direito político e econômico, Prof. Dr. Fábio Bechara: “Sem dúvida nenhuma essa é uma grande oportunidade para nós, do Mackenzie. Vamos repetir com a UDC o mesmo sucesso que tivemos no mestrado há alguns anos. Será uma grande jornada. O grande propósito do nosso programa é fazer com que toda atividade de pesquisa e produção científica seja influenciadora de políticas públicas, nos níveis, locais, estaduais, federais e internacionais”.

“Há uma multiplicidade de temas a serem pesquisados no Dinter, temas novos e inovadores nas mais variadas vertentes do direito novas tecnologias, lei geral da proteção de dados, concorrência, compliance, assuntos ligados a cidadania, ao estado e assuntos políticos, ou seja, inúmeras possibilidades de pesquisa”, explica a Coordenadora do Doutorado Interinstitucional em Direito UDC/Mackenzie em Foz do Iguaçu Profa. Dra. Isadora Minotto G. Schwertner. 

Pesquisa

Segundo o Prof. Dr. José Carlos Francisco Coordenador do Doutorado Interinstitucional em Direito UDC/Mackenzie: “Toda pesquisa tem por finalidade evoluir com conhecimento, aprimorar o que já existe, fazer novas descobertas em áreas de interesse, os temas do Programa tratam de assuntos relevantes. O Dinter terá a possibilidade de produzir estudos da região de fronteira (e outras), de Foz do Iguaçu vinculadas no contexto de sociedade, estado, poder econômico, tudo muito bem articulado”. 

O Programa de pós-graduação da Universidade Presbiteriana Mackenzie é referência.  “O programa recebe fomentos de pesquisas direcionadas a agências como a CAPES, Cnpq e FatesSP”, salienta a Coordenadora dos Programas de Pós-Graduação da Universidade Presbiteriana Mackenzie Profa. Dra. Maria Cristina Triguero Veloz Teixeira. 

Destaques, Economia, Educação, Foz do Iguaçu, Itaipu Binacional, Turismo,

Iniciativa da Itaipu e Polo Iguassu vai beneficiar 2.250 profissionais do turismo

Itaipu investirá 4,7 milhões no projeto, que irá garantir bolsas de R$ 550 durante os três meses da capacitação

A Itaipu Binacional e o Instituto Polo Iguassu lançaram, nesta quinta-feira (22), o Capacita Foz, uma iniciativa de educação on-line, com atividades ao vivo e gravadas, e que deverá beneficiar 2.250 profissionais do turismo de Foz do Iguaçu, em áreas do trade turístico e afins. O projeto, com duração de dois anos e investimentos de R$ 4,7 milhões por parte da Itaipu, também fornecerá uma bolsa de R$ 550 reais por três meses a esses profissionais que foram impactados pelas limitações impostas pela pandemia de covid-19.

O Capacita Foz aprofunda as atividades de capacitação promovidas em duas edições do Capacita Guias pelo Instituto Polo Iguassu, com apoio da Itaipu. Juntamente com o lançamento, ocorreu a entrega de certificados da segunda turma, que formou mais 66 profissionais (além dos 147 da primeira). Eles foram capacitados sobre novas formas de apresentar os atrativos de Foz, além dos cuidados para promover uma experiência segura para os turistas.

Agora, com o Capacita Foz, a ideia é levar conhecimento para outras áreas que se beneficiam da atividade turística. Por meio de uma plataforma de ensino a distância, os participantes terão acesso a diversos conteúdos. Na primeira fase, que se inicia em agosto, será a capacitação em si, com atividades para recepcionistas, mensageiros, camareiras, garçons, motoristas de aplicativos, artesãos, produtores rurais, entre outros. Uma avaliação do perfil socioeconômico irá selecionar participantes para receber a bolsa de R$ 550 por três meses.

“Este é um projeto perfeitamente alinhado com a vocação de Foz do Iguaçu para o turismo e Itaipu, que tem como missão investir no desenvolvimento regional sustentável, não poderia ficar de fora de uma iniciativa como essa”, afirmou o diretor-geral brasileiro, general João Francisco Ferreira. “A gente se sente feliz em investir em algo assim porque são recursos bem empregados e que trarão retorno. Creio que Foz do Iguaçu vai sair dessa dificuldade da pandemia para voos muito mais altos.”

De acordo com a diretora executiva do Polo Iguassu, Fernanda Fedrigo, após a capacitação, os profissionais passarão por uma atividade de gamificação: os participantes ganham selos e pontuações que qualificam o profissional dentro da plataforma. Dessa forma, a plataforma funcionará, também, como vitrine de vendas e banco de talentos. “A educação está no DNA do Polo Iguassu e a educação é libertadora. Por meio dela, podemos oferecer condições para superar essa situação em que o setor foi impactado pela pandemia”, afirmou.

O lançamento ocorreu no Centro Executivo da Itaipu. E, além do diretor-geral brasileiro da Itaipu e da diretora executiva do Polo Iguassu, contou com a participação da diretora de Promoção, Marketing e Eventos da Secretaria Municipal de Turismo, Cristiane Santos, do presidente do Conselho Municipal de Turismo e gerente-geral do Complexo Turístico Itaipu, Yuri Benites, e da representante do Sebrae-Paraná, Camila Giacomeli.

A abertura das inscrições para o Capacita Foz será divulga nas redes sociais do Polo Iguassu (@poloiguassu) nas próximas semanas.

Formandos

Dos 66 formandos do Capacita Guias, cinco foram convidados a representar a turma na cerimônia de entrega dos certificados. Natural de Itabuna, Ana Maria Ferreira de Souza (46) falou em nome dos colegas. “Agradeço muito pelo curso, por essa oportunidade de estar aprendendo. Daqui para frente, é com os profissionais, o guia que cada um se tornará”, afirmou a guia, que trabalhou por 14 anos como gerente de operações na Loumar Turismo e atua como guia há seis anos, atendendo turistas que falam português, espanhol e inglês.

Arlete Fritzen tem 58 anos e é natural de Foz. Ela trabalha como guia há 22 anos, é formada em hotelaria e atua principalmente com turistas que falam inglês, especialmente da Austrália, Grã-Bretanha e Estados Unidos. “Antes, eu trabalhava só com whatsapp e achava que estava bem. O Capacita Guias veio para mostrar a importância de trabalhar em conjunto com as empresas de turismo para potencializar a imagem do Destino Iguaçu nas redes sociais, mostrando os passeios para quem está do outro lado do mundo. Então, aprendi a tirar fotografias e usar outros meios de comunicação. Foi maravilhoso”, afirmou.

Já Keiko Edna Kimura Kanno, 54 anos, atua principalmente com turistas de língua japonesa. “A gente acha que sabe de tudo, mas todo dia é dia de aprender. E esse curso trouxe muito conhecimento. Todo aprendizado vai me ajudar muito e já quero fazer o Capacita Foz também”, disse Keiko, que atua como guia desde 2007.

Educação, Foz do Iguaçu, Geral,

Cursos de panificação e confeitaria ofertados pela prefeitura começam nesta quinta-feira

Aulas acontecerão na Carreta do Conhecimento, estacionada na Rua Barão do Rio Branco; dez vagas ainda estão abertas para o curso de elaboração de doces

A Secretaria de Assistência Social de Foz do Iguaçu inicia nesta quinta-feira (22) os cursos de panificação e confeitaria ofertados gratuitamente em parceria com o SENAI (Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial).

As aulas acontecerão na Carreta do Conhecimento, estacionada na Rua Barão do Rio Branco, ao lado da Praça da Paz, e terão duração de quatro horas cada. Para o curso de Elaboração de Doces, 10 vagas ainda estão disponíveis para a população em geral. As inscrições podem ser feitas em qualquer um dos cinco CRAS (Centros de Referência da Assistência Social).

Nesta quinta-feira (21), iniciam as três primeiras turmas dos cursos de Elaboração de Salgados, Elaboração de Doces e Fabricação de Bolos e Pães Naturais e Integrais. Cada capacitação tem a duração de 14 dias, com carga horária de 40 horas, e aulas nos períodos da manhã, tarde e noite.

“Foram abertas 180 vagas para os cursos da carreta do conhecimento. Muitas pessoas buscam essa qualificação para entrar no mercado de trabalho, mudar de carreira ou buscar uma alternativa para complementar sua renda”, comentou o diretor de Gestão da Secretaria de Assistência Social, André dos Santos.

Carreta do Conhecimento

Os cursos de panificação serão ministrados na “Carreta do Conhecimento”, unidade móvel da Federação das Indústrias do Estado do Paraná – FIEP que conta com sala de aula integrada à cozinha laboratório. Para garantir o distanciamento social e os demais protocolos sanitários todas as turmas terão apenas 20 alunos.

Inscrições

As 10 vagas remanescentes para o curso de Elaboração de Doces foram abertas para a população em geral, mas as demais foram priorizadas para pessoas inscritas no Cadastro Único ou beneficiárias de programas do Governo Federal, como o Bolsa Família. O pré-requisito para matrícula é ter 16 anos e, no mínimo, o Ensino Fundamental II incompleto.

Para agosto, serão abertas 120 vagas para outros cursos profissionalizantes: Assistente Administrativo, Aperfeiçoamento em Recursos Humanos, Modelagem em Costura Roupas Íntimas, Modelagem em Costura Ginástica, Refrigeração e Pacotte Office.

Documentos necessários para inscrição

  • RG (Original e cópia);
  • CPF (Original e cópia);
  • Comprovante de Residência (Original e cópia);
  • Histórico Escolar (Original e cópia);
  • Certidão de Nascimento ou Casamento.

Caso sejam menores de idade:

  • RG e CPF dos pais ou responsáveis legais (original e fotocópia) e documento comprobatório da guarda em caso de responsáveis que não sejam pais do aluno.
  • O menor deve estar acompanhado por um responsável legal.

Caso sejam estrangeiros:

  • Cédula (Original e cópia);
  • CPF (Original e cópia) *Receita Federal ou consulado – (45) 3520-4300;
  • Comprovante de Residência (Original e cópia);
  • Histórico Escolar (Original e cópia);
  • Certidão de Nascimento ou Casamento.