Browsing Category

Itaipu Binacional

Leia as últimas notícias sobre Itaipu Binacional no CabezaNews, site de informação com reportagens exclusivas, fotos, vídeos e conteúdos sobre Foz do Iguaçu e sobre o Paraná.

O CabezaNews leva ao público notícias de utilidade pública, curiosidades, turismo, lazer, cultura. Sobretudo com um olhar voltado para a região da tríplice fronteira entre Brasil, Paraguai e Argentina.

Em Foz, nossa cobertura foca os principais acontecimentos da cidade, incluindo eleições 2020, o avanço da pandemia do novo coronavírus, as ações da Itaipu Binacional, bem como a administração do prefeito Chico Brasileiro.

O site não deixa de lado o que acontece no restante do estado do Paraná. Notas exclusivas dos bastidores da política, da Assembleia Legislativa, ações do governo do Paraná e da administração Ratinho Júnior. Assim como as principais notícias nacionais.

O CabezaNews é editado por Ronildo Pimentel, jornalista com mais de 30 anos de atuação em jornalismo impresso e digital.

Destaques, Foz do Iguaçu, Itaipu Binacional,

Em obras: Mirante do Vertedouro da Itaipu começa a ganhar cara nova. Veja fotos do projeto!

Equipe do PTI-BR desenvolveu todo o projeto, com base em relatos dos visitantes, para garantir um passeio ainda mais agradável na usina

Não tem como competir: aberto, o vertedouro da usina de Itaipu é incomparável como atrativo da usina. E o seu mirante, agora, está passando por uma grande revitalização pra fazer jus ao seu atrativo principal. O projeto de repaginação do local, feito pelo Parque Tecnológico Itaipu (PTI-BR), vai proporcionar aos turistas e moradores de Foz do Iguaçu e região, uma experiência ainda mais única do espaço. O “novo” mirante do vertedouro deve ficar pronto em março de 2021, ou seja, dentro de cinco meses.

Desde o início do ano, o local está passando por mudanças: todo o piso, por exemplo, foi trocado e agora é do tipo paver, pensando em uma melhor acessibilidade aos visitantes – esta parte das obras foi executada pela Itaipu. Em setembro, o PTI, que é responsável pela administração dos atrativos turísticos da hidrelétrica em conjunto com a Itaipu, iniciou um novo conjunto de melhorias no espaço.

Todo o projeto foi elaborado pela equipe de profissionais de engenharia e arquitetura da área de Infraestrutura, Segurança e Serviços do Parque Tecnológico. Conforme explica a engenheira Daniele Gotardo Martinez, as ações foram planejadas com base em relatos dos próprios visitantes para assegurar a excelência no atendimento dos turistas na maior geradora de energia elétrica do mundo.

A área total que está sendo revitalizada é de aproximadamente 400 m², com um investimento de pouco mais de R$ 1,5 milhão. Atualmente, a área próxima ao vertedouro tem uma infraestrutura simples e, por isso, o tempo de parada dos visitantes era restrito – apenas para alguns registros, principalmente no pórtico fotográfico.

Com a revitalização, a intenção é que os turistas desfrutem mais esse espaço, onde estão sendo construídos uma rampa para uma visão mais ampla do vertedouro, com dois metros de altura, bancos, lanchonetes itinerantes, banheiros e estruturas para proteção em dias de chuva, a fim de propiciar um tempo maior de permanência no espaço. Também será edificado um palco que poderá ser utilizado para shows e eventos organizados pela Itaipu e pelo PTI.

Novos pontos de ônibus com cobertura serão instalados, com infraestrutura de wi-fi disponível aos turistas e os fluxos do transporte serão otimizados, garantindo maior autonomia do visitante durante sua visita.

A reforma do Mirante do Vertedouro dá início a uma série de ações que o Parque Tecnológico Itaipu, como gestor do Complexo Turístico Itaipu, pretende promover para incrementar a experiência dos turistas na usina. Estão previstas também obras no Mirante Central, adequações no Centro de Recepção de Visitantes e a inserção de tecnologias.

“Entre as atuações do PTI-BR está o desenvolvimento de soluções para o aprimoramento do turismo, atividade que tem importância fundamental para a economia de Foz do Iguaçu e região. Como gestores dos atrativos da usina, estamos comprometidos com a melhoria contínua dos serviços oferecidos aos nossos visitantes”, diz o diretor superintendente do PTI, general Eduardo Garrido.

Para o diretor-geral brasileiro de Itaipu, general Joaquim Silva e Luna, “essas melhorias vão garantir uma experiência única da nossa gente e de viajantes do mundo inteiro na usina de Itaipu”.

Fotos: Kiko Sierich e divulgação

Destaques, Foz do Iguaçu, Itaipu Binacional,

Itaipu apresenta projetos de reforma e ampliação do Ecomuseu e lança websérie e kits pedagógicos

Detalhamento será feito nesta terça-feira (20), às 9h, em cerimônia para comemorar os 33 anos do Ecomuseu. Evento terá a participação do diretor-geral brasileiro, general Joaquim Silva e Luna.

O Ecomuseu de Itaipu passará por uma série de obras de reforma e ampliação, incluindo nova fachada, nova entrada de visitantes, construção de prédio anexo para exposições e ações educativas, loja de suvenires, bistrô com produtos regionais e um auditório para 150 pessoas.

O detalhamento dos projetos e o cronograma das obras serão apresentados nesta terça-feira (20), às 9h, em cerimônia para comemorar os 33 anos do Ecomuseu. O evento terá a participação do diretor-geral brasileiro, general Joaquim Silva e Luna, e do diretor de Coordenação, general Luiz Felipe Carbonell.

Os projetos estão em fase de conclusão e a expectativa é que as obras comecem em meados do ano que vem. O novo prédio vai abrigar um auditório e iniciativas ligadas à ciência e tecnologia. Parte do acervo de projetos de mobilidade elétrica e energias renováveis, como o primeiro avião elétrico da América Latina, será transferida para o local.

Novos lançamentos

Também nesta terça-feira, durante a cerimônia de aniversário do Ecomuseu, será feito o lançamento da lançamento da websérie “Conhecendo o Ecomuseu” e do kit “Guias pedagógicos da Itaipu Binacional”. A websérie terá quatro episódios, com cinco minutos cada. O kit conterá material de apoio às visitas institucionais ao próprio Ecomuseu e será distribuído em instituições de ensino do Oeste do Estado.

Programação de aniversário

As comemorações de aniversário dos 33 anos do Ecomuseu foram marcadas por uma série de novidades, como o lançamento do Guia Ilustrado, distribuído a todos os visitantes; do jogo de realidade alternativa Itaipu Sustenta-Habilidades, voltado para crianças e adolescentes; e do tour virtual ao Ecomuseu. A visita on-line pode ser feita a partir de links no site da própria Itaipu (www.itaipu.gov.br) e do Complexo Turístico (www.turismoitaipu.com.br).

Destaques, Foz do Iguaçu, Itaipu Binacional,

Governo do presidente Jair Bolsonaro condecora servidores de Itaipu com a Ordem de Rio Branco

A edição do Órgão Oficial da União (DOU) desta quarta-feira (14) veicula decreto assinado na terça (13) pelo presidente Jair Bolsonaro concedendo a Ordem de Rio Branco a cinco servidores da Itaipu Binacional

O reconhecimento do governo brasileiro é para pessoas físicas ou jurídicas, nacionais ou estrangeiras, pela prática de ações e feitos dignos de menção honrosa, além de distinguir serviços meritórios e virtudes cívicas.

No grau de Comendador receberam a homenagem o diretor técnico executivo, Celso Villar Torino; o chefe de gabinete da Diretoria Geral Brasileira, coronel Ricardo Pereira de Araújo Bezerra; e o assessor especial da Diretoria Geral Brasileira, coronel Jorge Ricardo Aureo Ferreira.

O grau de Oficial foi concedido à chefe da Assessoria de Comunicação Social, Patrícia Liliana Iunovich; e o grau de Cavaleiro ao assistente do diretor-geral brasileiro, capitão Arceli Pedrozo de Oliveira.

A publicação pode ser conferida no link.

Nome da ordem é uma homenagem ao Barão do Rio Branco, patrono da diplomacia brasileira. Foto: Divulgação / Itamaraty

A honraria

A Ordem de Rio Branco foi instituída no dia 5 de fevereiro de 1963, pelo então presidente João Goulart. Possui os seguintes graus: Grã-Cruz, Grande Oficial, Comendador, Oficial e Cavaleiro, além de uma medalha anexa à Ordem. Também é conferida uma Insígnia da Ordem às corporações militares ou às instituições civis.

O objetivo é homenagear os que, por qualquer motivo ou benemerência, tenham se tornado merecedores do reconhecimento do governo brasileiro.

Mais informações sobre a Ordem de Rio Branco estão no site do Ministério das Relações Exteriores.

Destaques, Foz do Iguaçu, Itaipu Binacional,

Dia histórico na fronteira. Ponte da Amizade reabre e anima negócios na região entre Brasil e Paraguai

Reabertura para este dia 15 era promessa dos presidentes do Brasil, Jair Bolsonaro, e Mario Abdo Benitez, do Paraguai. A expectativa agora é pela retomada do turismo de compras

Depois de quase sete meses, mais precisamente seis meses e 27 dias, foi reaberta a Ponte da Amizade, a fronteira mais movimentada entre Brasil e Paraguai e que liga Foz do Iguaçu (PR) a Ciudad del Este (Alto Paraná), nesta quinta-feira, 15, como haviam prometido os presidentes do Brasil, Jair Bolsonaro, e Mario Abdo Benitez, do Paraguai. Nesta primeira etapa, a liberação ocorre das 5h até às 14h. Com a adoção de horário de verão no Paraguai, os dois países estão com o mesmo fuso horário.

Embora inicialmente anunciada como aberta para moradores fronteiririços, por se tratar de cidades-gêmeas, a migração paraguaia informou que não tem como fiscalizar a origem de quem entra no país. A reabertura era uma das principais reivindicações da população local por causa da interdependência econômica da região.

Uma das apostas é a retomada do turismo de compras, com a adoção de todos os protocolos sanitários. A Itaipu Binacional e parceiros desenvolveram a campanha Vem pra Foz, estimulando a vinda gradativa de viajantes para a região. A cidade toda se preparou para esse período de pandemia da covid-19, motivo do fechamento das fronteiras. Feriado a feriado, a movimentação vem aumentando e animando o trade turístico como um todo.

A Itaipu também investiu recursos de mais de R$ 25 milhões no enfrentamento à covid-19, com criação de leitos para pacientes graves da doença, distribuição de insumos e equipamentos para unidades de saúde do Oeste do Paraná.

Os hospitais municipais e regionais dos dois lados da Ponte da Amizade também se prepararam para esse momento.

“Estamos bastante confiantes de que o turismo, vocação natural de Foz do Iguaçu, ganhará um forte impulso com a reabertura, que representa uma esperança para a economia local e para nossa gente”, diz o diretor-geral brasileiro de Itaipu, Joaquim Silva e Luna.

E acrescenta: “Com segurança, vamos conseguir vencer esse desafio”. Os compradores brasileiros movimentam 90% do comércio paraguaio. Em alguns setores do comércio de Foz, os paraguaios representam 30% da movimentação.

Portarias

Em edição extraordinária do Diário Oficial da União, em 14 de outubro, A Portaria 478 autoriza a circulação de paraguaios na Ponte da Amizade (foto). Já a restrição para a entrada de estrangeiros por rodovias, por outros meios terrestres ou por transporte aquaviário, foi estendida por mais 30 dias.

Já pelo protocolo do governo paraguaio, os pedestres não poderão entrar no país vizinho, só poderão circular em veículos. Medida vale inicialmente por 15 dias.

Fonte: Asessoria de Itaipu
Fotos: Patrícia Iunovich e Cida Costa

Destaques, Foz do Iguaçu, Itaipu Binacional,

Capacitação de guias de turismo financiada por Itaipu com bolsa mensal começa no dia 20

Inicialmente serão beneficiados 135 profissionais. Há outras 15 vagas remanescentes. Iniciativa reúne binacional, Polo Iguassu, Sebrae, Comtur e ICMBio.

Já está tudo pronto para o início da capacitação dos guias de turismo de Foz do Iguaçu (PR). O curso financiado pela Itaipu Binacional começa no dia 20 de outubro. O edital foi lançado no dia 6 e, em menos de uma semana, o processo foi finalizado. Do total de 184 inscrições, 135 foram habilitadas. As vagas remanescentes serão preenchidas após nova seleção e validação.

Além do treinamento, os guias receberão bolsa de estudo por três meses (outubro, novembro e dezembro), no valor de R$ 450, num total de R$ 1.350 por profissional. O recurso repassado pela Itaipu para a ação é de R$ 202,5 mil. A categoria foi bastante prejudicada pela pandemia da covid-19, mas aos poucos os turistas estão voltando à cidade. Um dos incentivos é dado pela Campanha Vem para Foz, de Itaipu e parceiros.

A iniciativa promovida pela usina de Itaipu, por meio de convênio com o Instituto Polo Internacional Iguassu, conta com apoio do Sebrae. “Com essa capacitação, os guias vão poder melhorar o portfólio para atender da melhor maneira a nossa gente que está fazendo turismo, cansada de ficar em casa”, diz o coronel Aureo Ferreira, assessor especial do diretor-geral brasileiro, general Joaquim Silva e Luna.

Foram selecionados os inscritos que atenderam aos requisitos do edital, verificados a partir de consulta ao registro de Guias do Cadastur, Parque Nacional do Iguaçu e Portal da Transparência do governo federal. Para estar apto ao curso, era necessário ter inscrição no Cadastur e ter trabalhado como guia de turismo no ano de 2020. Além disso, não poderia ter vínculo empregatício ou estar recebendo seguro-desemprego, auxílio emergencial previsto na Lei 13.982/20 e nem receber benefício previdenciário ou assistencial, com exceção do Bolsa Família.

Aulas

A capacitação terá duração de três meses, com aulas às terças e quintas-feiras. Cada aula terá duração de duas horas (das 18h30 às 20h30). A bolsa de estudos é vinculada à frequência de pelo menos 75% no curso, com a entrega de dois trabalhos ao final da capacitação.

Qualificação

Os guias vão aprender sobre novas formas de apresentar os atrativos turísticos de Foz do Iguaçu e serão qualificados para a melhoria do atendimento e satisfação dos visitantes.

Os profissionais também vão aprender a trabalhar com rotas alternativas dentro do Parque Nacional do Iguaçu (PNI): as trilhas San Martin e a Trilha da Bananeira, e de outras já existentes.

Após o período da pandemia, a categoria poderá oferecer aos visitantes este novo circuito, com as novas trilhas. O Instituto Chico Mendes da Conservação da Biodiversidade (ICMBio), entidade que administra o PNI, apoia a iniciativa e espera com isso estimular a visitação da população no parque e, consequentemente, aumentar a demanda por esse serviço.

O Polo Iguassu foi escolhido para administrar o convênio por ser uma entidade sem fins lucrativos, que atua há 24 anos no apoio às iniciativas, instituições e movimentos orientados para a integração, estruturação e desenvolvimento da Região Trinacional do lguaçu (Brasil, Paraguai e Argentina) e do Mercosul.

Parte da capacitação será feita em parceria com o ICMBio e entidades como o Sebrae e o Conselho Municipal de Turismo (Comtur).

Fotos: Kiko Sierich / PTI

Destaques, Foz do Iguaçu, Itaipu Binacional,

Empresa que fez o Cristo Redentor “abraçar o Rio de Janeiro” produzirá o Natal de Luzes da Itaipu. Assista!

Com experiência e grandes apresentações no portfólio, a produtora transformará a fachada da Catedral Nossa senhora de Guadalupe em uma tela de projeção mapeada, ilustrando uma narrativa com mensagens de esperança, que promete encantar turistas e moradores

A Visualfarm, empresa de São Paulo (SP) pioneira na criação de espetáculos públicos projetivos e no uso do vídeo mapping no Brasil, será a produtora responsável pelo espetáculo do Natal de Luzes da Itaipu, que vai acontecer de 5 a 23 de dezembro, das 20h às 24h, na Catedral Nossa senhora de Guadalupe, na Vila A, em Foz do Iguaçu (PR). O resultado do processo licitatório para a contratação da empresa foi publicado nesta quarta-feira (14).

Com grandes apresentações no portfólio – como o “abraço do Cristo Redentor”, para a campanha Carinho de Verdade, no Rio de Janeiro (RJ) –, a Visualfarm transformará a fachada da catedral em uma tela de projeção mapeada, ilustrando uma narrativa que traz mensagens de esperança e promete encantar turistas e a população iguaçuense.

Assista abaixo a projeção mapeada do Cristo Redentor:

Do Gramadão para a Catedral

O Gramadão da Vila A, tradicional palco do Natal de Itaipu, passará por uma grande transformação a partir deste mês e, com isso, ficará por aproximadamente dez meses interditado.

Por isso, a festa natalina promovida pela binacional acontecerá a poucos metros dali, na Catedral Nossa senhora de Guadalupe. Além da rica decoração temática, o destaque deste ano será a projeção mapeada na fachada da catedral.

Em três faces da estrutura, frente e duas laterais, será contada a história da fronteira, com seus atrativos turísticos e a diversidade de etnias. Mas o destaque será o que a festa natalina mais tem de emoção: sonho e esperança.

“Esses dois temas são mais do que imprescindíveis na pós-pandemia da covid-19, que mudou a economia do mundo e deu novos significados à vida. Nossa gente deu ainda mais valor a coisas simples, e a mais importante delas é viver, ser solidário e dedicar sua existência a práticas boas”, diz o diretor-geral brasileiro de Itaipu, general Joaquim Silva e Luna.

“Esse será mais um período importante para a nossa economia, que dá sinais de recuperação e mostras de que ninguém mais aguenta ficar em casa”, afirma.

A Campanha Vem pra Foz vem demonstrando isso, com os números da retomada do turismo dos últimos feriados, de acordo com o general. “Quando nos unimos, ficamos mais fortes e os resultados aparecem. Nossa gente e nossos visitantes merecem uma linda festa de Natal”, conclui.

O Natal de Luzes de Itaipu será a mais inovadora e sustentável celebração natalina já preparada pela usina para presentear a cidade e a região de fronteira entre Brasil, Paraguai e Argentina.

O terreno da Catedral Nossa Senhora de Guadalupe será a Vila do Natal de Luzes. O padre Clodoaldo Isidoro Frassetto é um dos mais entusiastas com a escolha do local para abrigar a programação natalina da usina de Itaipu. “É uma oportunidade de aproximação maior com a comunidade e também de transformar esse ponto num atrativo turístico religioso.”

Projeção

A técnica de projeção mapeada permite lançar imagens em uma estrutura tridimensional, que é previamente mapeada por um software. Enquanto a projeção plana não possibilita a manipulação da luz, a mapeada (ou video mapping) permite que a luz seja direcionada exatamente para a área que receberá o conteúdo visual, criando a ilusão de que o vídeo se encaixa na estrutura.

Na catedral, a projeção será feita em três faces – frontal e duas laterais -, em diferentes ângulos e perspectivas, permitindo assistir ao espetáculo de diversos pontos. A área da catedral também receberá decoração temática de luzes, com Papai Noel, bola colorida gigante e outros brinquedos, além de barraquinhas de artesanato.

A projeção será mantida até o dia 23, mas a decoração permanece até a primeira semana de janeiro, para ajudar a movimentar o turismo no local. Todos os protocolos sanitários serão adotados, para proporcionar segurança aos visitantes.

Imagens: Divulgação/Visualfarm

Destaques, Foz do Iguaçu, Itaipu Binacional,

Data histórica: Há 38 anos começava a formação do reservatório da usina de Itaipu Binacional

As 5h45m do dia 13 de outubro de 1982 foram fechadas as 13 comportas do canal de desvio da usina de Itaipu. A partir desta data começava a formação do reservatório de Itaipu no trecho entre Foz do Iguaçu a Guaíra, com uma área de 1.350 km2, sendo 770 km2 no lado brasileiro e 580 km2 no lado paraguaio.

A previsão inicial para o enchimento total do reservatório era de 90 dias. Mas a ocorrência de chuvas fortes e contínuas – a maior enchente em 40 anos – levaram a operação a ser concluída em apenas 14 dias.

Em toda a extensão formaram-se 66 pequenas ilhas, sendo 44 no lado brasileiro e 22 no lado paraguaio. Também foi sepultada uma das mais belas maravilhas naturais do país, as Sete Quedas, localizadas em Guaíra.

Enquanto a população de Guaíra lamentava o fim das Sete Quedas e o final de uma grande atividade turística, os moradores de Foz do Iguaçu, Ciudad del Este e Puerto Franco, à jusante da barragem, viram o rio esvaziar em uma ocorrência nunca antes registrada.

Pedras enormes, pedaços de barcos afundados e muito lixo surgiram ao longo do leito quase vazio do rio Paraná. Grande número de iguaçuenses desceram às margens para ver a grande novidade.

Operação pega bicho

Com o lago em formação foi necessário um  grande trabalho de resgate para salvaguardar animais silvestres da fauna da região que seriam mortos com o represamento do rio Paraná.

Itaipu montou então a operação Mymba-Kuera, expressão que, em guarani, significa “pega bicho”. Foram resgatados milhares de animais, mas a operação acabou prejudicada porque foi planejada para 90 dias e teve de acabar em apenas 14.

Segundo a Itaipu, foram salvos mais de 23 mil animais. Nos anos seguintes, quando o nível das águas no reservatório começou a se estabilizar, a Itaipu iniciou o trabalho de reflorestamento e recuperação da mata ciliar, seriamente devastada por uma política agrícola agressiva do passado.

“De lá pra cá, foram 44 milhões de árvores plantadas em terras brasileiras e paraguaias. Nos dias atuais, isso já configura 110 mil hectares de florestas com espécies nativas. Os mais de 1.300 quilômetros que formam a área que circunda o lago estão cobertos por, em média, 200 metros de mata ciliar”, diz um artigo na página da Diretoria de Coordenação.

“A biodiversidade passou a ser preservada com pesquisa e por corredores que permitem a dispersão dos genes da flora e fauna. Além disso, oito reservas e refúgios biológicos são mantidos no Brasil e no Paraguai, que juntos somam mais de 41 mil hectares de mata protegida”, acrescenta o artigo.

O atlas dos remanescentes florestais da mata atlântica produzido pela SOS Mata Atlântica informou, recentemente, que o Paraná foi o estado que mais contribuiu para a restauração desse tipo de mata no país, com 75.612 hectares. Quase 30% dessa área correspondem às ações da Itaipu.

Por: GDia

Destaques, Foz do Iguaçu, Itaipu Binacional,

Com tour virtual, turista já pode visitar o Ecomuseu de Itaipu sem sair de casa. Veja fotos da exposição!

Passeio está aberto a partir desta quarta-feira (14). Iniciativa faz parte das comemorações de 33 anos do Ecomuseu.

A partir desta quarta-feira (14), turistas de qualquer parte do mundo poderão visitar o Ecomuseu de Itaipu sem sair de casa. O tour virtual em 360º pode ser feito a partir de links nos sites da Itaipu e do Complexo Turístico Itaipu. Ou diretamente clicando neste endereço.

A iniciativa faz parte da programação de aniversário do Ecomuseu, que nesta sexta-feira (16) completa 33 anos. E segue uma tendência mundial: a visita on-line virtual é uma estratégia adotada pelos principais museus e ganhou força, neste ano, por causa da pandemia de covid-19.

Ao acessar a plataforma, o visitante poderá percorrer os corredores e salas de exposição do Ecomuseu, conhecer detalhes do acervo e saber mais sobre a história da região, desde os primeiros habitantes, o processo de ocupação da terra, até a construção da usina de Itaipu.

Entre os destaques do passeio, estão uma sessão do Ciência na Esfera, com imagens animadas da Terra e de outros planetas, fotos, maquetes, depoimentos de pioneiros e artefatos arqueológicos. Placas informativas instaladas em diferentes pontos do Ecomuseu também poderão ser acessadas – basta clicar no ícone que aparece na tela.

A programação de aniversário começou na última sexta-feira (9) com o lançamento do guia ilustrado do Ecomuseu. O material impresso será entregue aos turistas que visitarem presencialmente o atrativo, contendo informações detalhadas sobre o circuito. Empregados de Itaipu também receberam o guia.

Na segunda (dia 12), foi lançado o “Itaipu Sustenta-Habilidades”, um jogo de realidade alternativa (ARG, na sigla em inglês) voltado para crianças e adolescentes. O link do game está disponível nos sites e redes sociais da Itaipu, Parque Tecnológico Itaipu (PTI) e Conselho de Desenvolvimento dos Municípios Lindeiros.

No dia 20, haverá uma cerimônia com a presença de diretores da Itaipu e autoridades convidadas para comemorar o aniversário do Ecomuseu. No evento, será feito o lançamento da websérie “Conhecendo o Ecomuseu” e do kit “Guias pedagógicos da Itaipu Binacional”. Também serão detalhados os projetos de reforma e ampliação previstos para o espaço.

Destaques, Foz do Iguaçu, Itaipu Binacional,

Diretor de Coordenação de Itaipu visita obras em bairros de Foz do Iguaçu

Acompanhamento dos trabalhos garante a entrega das estruturas dentro do prazo e em conformidade com os projetos

O diretor de Coordenação da Itaipu Binacional, general Luiz Felipe Carbonell, visitou, na manhã desta terça-feira (13), as obras que a empresa está realizando na região norte de Foz do Iguaçu. O roteiro incluiu a nova sede da Fundação Itaipu Brasil de Previdência Complementar (Fibra), o Mercado Municipal, as ciclovias no bairro Itaipu A e na avenida Tancredo Neves, as casas populares na Itaipu C e, na usina, o novo pátio de pintura.

Entre essas obras de infraestrutura, a segunda ponte sobre o Rio Paraná, a Perimetral Leste e a duplicação do trecho de 8,7 Km da Rodovia das Cataratas (BR-469), a Itaipu, margem brasileira, está investindo mais de R$ 1 bilhão em obras estruturantes.

Segundo Carbonell, o acompanhamento dessas obras é de essencial importância. “Essas vistorias permitem que possamos avaliar não só a qualidade do serviço que está sendo feito, mas também ver se todos os prazos estão sendo cumpridos”, comentou o diretor.

Parte da equipe da Diretoria de Coordenação acompanhou o general nas visitas. A gerente do Departamento de Obras e Manutenção, Janine Groenwold, falou sobre o andamento das obras e deu explicações gerais a respeito das características específicas de cada iniciativa. Os fiscais de obras Eduardo Viali, Emerson Volkweis e José Carlos Costa informaram detalhes de cada empreendimento.

Para realizar a maior parte das obras, a Itaipu contrata, via licitação, empresas terceirizadas. A equipe da binacional fica responsável pelo planejamento e acompanhamento dos trabalhos. “Em alguns casos, o acompanhamento é mensal, como na sede da Fibra; em outros, nossos técnicos visitam o local quase que diariamente”, explicou Janine.

O trabalho de acompanhamento inclui não apenas a verificação dos prazos, mas também a conferência da qualidade dos materiais utilizados, a forma como os projetos estão sendo seguidos, o cuidado nos acabamentos e até mesmo com o espaço da obra, que deve ser organizado e seguro para os trabalhadores.

“Com a equipe que a Itaipu tem e a excelência das empresas que estão trabalhando nessas obras, nós temos mais certeza ainda que vamos entregar estruturas muito bem planejadas e construídas, que vão transformar as atividades da nossa cidade”, concluiu o diretor.

Assessoria Itaipu

Destaques, Foz do Iguaçu, Itaipu Binacional,

Campanha “Vem pra Foz” dá resultado e principais atrativos registram mais de 28 mil visitantes no feriadão

Resultado representa um aumento de 61% sobre a movimentação de turistas no último feriado prolongado, de 7 de setembro

A campanha “Vem pra Foz”, promovida pela Itaipu Binacional com apoio do trade turístico do Destino Iguaçu, já mostrou resultados neste feriado prolongado de 12 de outubro, dia de Nossa Senhora Aparecida. Os quatro principais atrativos da cidade (o Parque Nacional Iguaçu – PNI, Parque das Aves, Itaipu e Marco das Três Fronteiras) registraram, juntos, 28.348 visitantes de sábado (10) a segunda-feira (12), um aumento de 61% sobre o último feriado, quando registraram conjuntamente 17.886 turistas.

No PNI, foram 11.844 visitantes de 10 a 12 de outubro, contra 7.289 de 5 a 7 de setembro. Na mesma comparação, o Parque das Aves recebeu 7.512 turistas, contra 4.105 no feriado anterior. Na Itaipu, aumento de 3.800 para 4.717. E, no Marco das Três Fronteiras, de 2.692 para 4.275.

Pelo perfil dos visitantes observado tanto no PNI como na Itaipu, a maioria dos turistas é da região ou do estado do Paraná, público que corresponde ao foco da campanha “Vem pra Foz”.

Foto: Kiko Sierich

“Foz do Iguaçu se preparou para receber o turista com segurança, e o movimento crescente é sinal de que o público está respondendo e contribuindo com a retomada gradual da economia regional. Foz oferece opções turísticas ao ar livre, de contato com a natureza, que são bastante indicadas para o momento pós-pandemia”, afirmou o diretor-geral brasileiro da Itaipu, general Joaquim Silva e Luna.

Com os bons resultados obtidos neste último final de semana, a expectativa é de uma movimentação ainda maior no próximo feriado, no dia 2 de novembro, que também cairá em uma segunda-feira.

“O brasileiro demonstrou que está ansioso para viajar, e a cidade mostrou que está preparada para receber. Estamos todos de parabéns. É o turismo alavancando a retomada econômica com responsabilidade”, acrescentou o presidente do Conselho Municipal de Turismo de Foz do Iguaçu (Comtur), Paulo Angeli.

Lançada no final de agosto e produzida pela Itaipu Binacional, a campanha teve como foco inicial o estímulo ao turismo regional e, a partir da segunda fase, iniciada em setembro, conta com o aplicativo Foz com Desconto, uma plataforma para a venda de atrativos, produtos e serviços com condições especiais. Além do Comtur, outras instituições locais como o Instituto Visit Iguassu e a Associação Comercial e Empresarial de Foz do Iguaçu (Acifi) fazem parte da iniciativa.

“A campanha ‘Vem pra Foz’ e o aplicativo Foz com Desconto demonstram efetividade comprovada pelo crescimento do número de visitantes neste feriado de outubro, e deverá ampliar o movimento no feriado de Finados, inclusive reiniciando a demanda do turismo receptivo, com a implementação dos novos voos para o Destino”, concluiu o presidente do Visitors Bureau, Felipe Gonzalez.