Browsing Category

Mundo

Leia as últimas notícias do Mundo no CabezaNews, site de informação com reportagens exclusivas, fotos, vídeos e conteúdos sobre Foz do Iguaçu e sobre o Paraná.

O CabezaNews leva ao público notícias de utilidade pública, curiosidades, turismo, lazer, cultura. Sobretudo com um olhar voltado para a região da tríplice fronteira entre Brasil, Paraguai e Argentina.

Em Foz, nossa cobertura foca os principais acontecimentos da cidade, incluindo eleições 2020, o avanço da pandemia do novo coronavírus, as ações da Itaipu Binacional, bem como a administração do prefeito Chico Brasileiro.

O site não deixa de lado o que acontece no restante do estado do Paraná. Notas exclusivas dos bastidores da política, da Assembleia Legislativa, ações do governo do Paraná e da administração Ratinho Júnior. Assim como as principais notícias nacionais.

O CabezaNews é editado por Ronildo Pimentel, jornalista com mais de 30 anos de atuação em jornalismo impresso e digital.

Coronavírus, Mundo, Saúde,

Presidente Abdo Benítez agradece a cooperação dos Estados Unidos que ajudará a salvar vidas no Paraguai

O Presidente Mario Abdo Benítez agradeceu ao governo dos Estados Unidos a cooperação enviada ao Paraguai em medicamentos e insumos para o atendimento de pacientes com coronavírus internados em terapia intensiva.

“Agradecemos a cooperação dos Estados Unidos com o Paraguai, neste momento difícil”, disse Marito nesta sexta-feira (16), em mensagem postada em sua conta oficial no Twitter.

A este respeito, ele enfatizou que esses medicamentos para cuidar de pacientes em terapia intensiva com covid-19 ajudarão a salvar vidas.

A Embaixada dos Estados Unidos, por meio do Office of Defense Cooperation (ODC), doou 1,3 milhão de dólares em medicamentos para pacientes em terapia intensiva.

O Encarregado de Negócios dos Estados Unidos no Paraguai, Joe Zalazar, ratificou o apoio do Governo de seu país ao povo paraguaio em sua luta contra a pandemia global.

“O governo paraguaio solicitou nossa ajuda, como fazem amigos e associados em momentos de necessidade. Estamos atentos. Estamos trabalhando o mais rápido possível para ajudar mais ”, afirmou o diplomata.

As informações são de Agência de Notícias do Paraná

Geral, Mundo,

Morre aos 99 anos o príncipe Philip, marido da rainha Elizabeth II

De acordo com o Palácio de Windsor, Duque de Edimburgo morreu ‘pacificamente no Castelo de Windsor’

“É com profunda tristeza que Sua Majestade a Rainha anunciou a morte de seu amado marido, Sua Alteza Real, o Príncipe Philip, Duque de Edimburgo. Sua Alteza Real faleceu pacificamente esta manhã no Castelo de Windsor”, informou a família real britânica, em sua conta no Twitter.

Entre fevereiro e março, Philip passou quatro semanas internado em hospitais de Londres para tratamento de uma infecção e para fazer um procedimento cardíaco. Ele havia recebido alta hospitalar no dia 16.

Em breve entrevista coletiva, o primeiro-ministro britânico, Boris Johnson, agradeceu a contribuição do príncipe Philip aos países que formam o reinado. “Nós agradecemos como nação pela vida do príncipe Philip”, disse Johnson.

Filho do príncipe André da Grécia e Dinamarca e da princesa Alice de Battenberg, Philip Mountbatten nasceu na Grécia como membro das famílias reais grega e dinamarquesa, além de seu parentesco com diversas outras linhagens reais da Europa.

Batizado na Igreja Ortodoxa Grega, ainda com um ano de idade Philip foi forçado a deixar a Grécia juntamente com sua família durante a Revolução de 11 de Setembro de 1922, contrária à monarquia. Na infância e juventude, foi enviado para estudar em diferentes países europeus e, por certos períodos, teve contato reduzido com seus pais.

Seu pai, André, morreu em 1944, aos 62 anos, enquanto a mãe, Alice, morreu em 1969, aos 82 anos.

Em 1939, na Inglaterra, Philip ingressou na Marinha Real Britânica, onde se formou na Real Escola Naval de Dartmouth como um cadete de destaque em sua turma. Naquele mesmo ano, teve início a Segunda Guerra Mundial, na qual o nobre serviu no Mediterrâneo e no Pacífico e se envolveu em batalhas.

Ele esteve presente na baía de Tóquio em 1945, quando a rendição do Japão foi assinada.

Já no período de cadete, Philip começou a se corresponder com a então princesa Elizabeth, filha mais velha e herdeira do rei George VI. Os dois se conheceram durante uma visita da realeza britânica à Real Escola Naval de Dartmouth, quando Elizabeth tinha 13 anos e Philip, 18.

A partir de então, os dois começaram a trocar cartas com consentimento do rei George VI. Logo após a Guerra, em 1946, Philip pediu a mão de Elizabeth em casamento, mas, após solicitação do rei, aguardou até o ano seguinte, quando a princesa completou 21 anos, para oficializar o noivado.

Continue lendo em CNN Brasil

Destaques, Mundo,

Força Aérea Paraguaia confirma sete óbitos em queda de avião próximo à Assunção

A Força Aérea Paraguaia (FAP) confirmou na tarde desta terça-feira (09) a identidade de sete pessoas falecidas e de um sobrevivente após a queda de um avião, na propriedade da Aeronáutica, na cidade de Luque, próximo à capital Assunção.

Adianta o Última Hora que o General da Aeronáutica Juan Pablo Paredes González, comandante da Força Aérea do Paraguai (FAP), confirmou a a identificação das vítimas. Ele ressaltou que a Aeronáutica disponibiliza todos os recursos para elucidar o motivo do acidente.

Avião cai em propriedade da Força Aérea Paraguaia

A tripulação era formada pelo Coronel de Graduação do Comando do Estado-Maior General Aníbal Antonio Pérez Trigo, junto com o Tenente 1º Piloto Militar Willian Martín Ouebe Román, e como passageiros estavam os mais altos Diplomatas de Estado-Maior Alfredo Darío Céspedes, 1º Tenente de Aviação Marcos Samuel Romero, Tenente da Aviação Manuel Guzmán Sotelo Riveros, Major da Aviação Suboficial Pedro Nelson López Morales, Funcionário Público Críspulo Almada e o civil José Daniel Zaván, este último conseguiram sobreviver ao acontecimento.

“Em primeiro lugar, quero apresentar minhas sinceras condolências a todos os parentes de nossos colegas que nos deixaram, estamos tristes, estamos de luto, pela perda de nossos colegas, vidas humanas valiosas, profissionais”, disse ele em um coletiva de imprensa realizada na tarde desta terça-feira, na sede da Aeronáutica.

Continue lendo no Última Hora

Destaques, Mundo,

Nos EUA, Homem com suspeita de Covid-19 morre em voo e passageiros se desesperam

A morte de um homem dentro de um voo da United Airlines levou ao desespero as outras dezenas de passageiros. A mulher da vítima disse aos paramédicos que ele estava com sintomas de Covid-19.

O avião, que partiu de Orlando com destino a Los Angeles, na última segunda-feira (20/12), fez um pouso de emergência em Nova Orleans após a tripulação tomar conhecimento do estado de saúde da vítima. As informações são do portal UOL.

A mulher falou que ele tinha um exame marcado para saber se estava ou não com a doença provocada pelo coronavírus. Relatos de outras pessoas a bordo do avião dizem que o homem estava tremendo, suando e com dificuldade para respirar antes da decolagem.

Após o pouso de emergência, médicos foram autorizados a entrar no avião, mas o passageiro foi declarado morto no hospital. Segundo a companhia aérea, o homem e a família mentiram sobre o seu estado de saúde ao preencher o formulário para o voo. Vários passageiros questionaram os protocolos da companhia após o incidente.

Destaques, Mundo, Saúde,

Argentina anuncia fim da quarentena

O presidente argentino Alberto Fernández anunciou que o país sairá oficialmente da quarentena, considerada a mais longa do mundo.

“Verificamos que, nas duas última semanas, a quantidade de casos caiu aproximadamente 30% no país. Vamos manter em isolamento social apenas em duas cidades: Bariloche e Puerto Deseado. Esta nova etapa vai até 20 de dezembro”, afirmou.

O anúncio de Fernández ocorre em meio a críticas por ter organizado o velório de Diego Maradona na Casa Rosada.

Para o médico Claudio Santa Maria, professor da Fundação Instituto Superior de Ciências da Saúde, a aglomeração no meio da pandemia pode causar “uma catástrofe sanitária” na Argentina.

Por: O Antagonista

Mundo, Paraná,

ARTIGO: A eleição de Biden é ruim para Bolsonaro mas boa para o Brasil

Luiz Claudio Romanelli*

“A mudança não ocorrerá se esperarmos por outra pessoa ou outro momento. Nós somos os únicos que estamos esperando. Nós somos a mudança que buscamos. ” – Barack Obama

A vitória democrata é boa para o Brasil ou nada muda nas relações entre os dois países?

Acredito que a eleição de Joe Biden pode ser uma notícia ruim para Bolsonaro mas é boa para o Brasil.

Desde que foi eleito, Bolsonaro alinhou-se incondicionalmente a Trump. Jamais escondeu sua admiração pelo presidente norte-americano e adotou e apoiou, sem qualquer questionamento, as posições políticas e ideológicas de Trump. Na política externa, voltamos a ser quintal dos americanos.

Trump e Bolsonaro têm muito em comum. Ambos negam o aquecimento global, subestimam a pandemia do coronavírus, desrespeitam direitos das minorias e desdenham direitos humanos, criticam a China e vêem a “ameaça” comunista em cada esquina.

Com a vitória de Biden essa pauta ideológica e política se esvai. Ruim para Bolsonaro, bom para o Brasil.

Na campanha eleitoral norte-americana, Bolsonaro e seus filhos agiram como líderes de torcida de Trump. A tal ponto que a Comissão de Relações Exteriores da Câmara dos EUA emitiu uma mensagem pedindo que a família do presidente brasileiro não interferisse na campanha norte-americana.

Obviamente que esses movimentos não passaram despercebidos por Biden e pelos democratas- que não nutrem nenhuma simpatia por Bolsonaro, seja por suas posições negacionistas em relação a temas como o aquecimento global e as queimadas na Amazônia, seja pela apologia a torturadores e o desrespeito aos direitos humanos. Ruim para Bolsonaro.

Biden provavelmente num primeiro momento vai dar um gelo em Bolsonaro e pode, inclusive, hostiliza-lo, como já fez na campanha, quando no debate com Trump. Na ocasião , ele afirmou que a comunidade internacional daria 20 bilhões ao Brasil para o pais não queimar mais a Amazônia. “ E se não parar vai enfrentar consequências econômicas significativas”, disse.

A questão ambiental e o desmatamento na Amazônia serão, certamente, os pontos mais sensíveis na relação entre os dois países.

Para Welber Barral, estrategista de comércio exterior do Banco Ourinvest e ex-secretário de Comércio Exterior entre 2007 e 2011, com Biden na presidência os Estados Unidos irão se aproximar da União Europeia. “ Com isso, haverá um alinhamento dos países em torno da pauta ambiental”, afirmou, em reportagem da IstoÉ dinheiro. Bom para o Brasil.

Ruim para Bolsonaro.

O governo brasileiro estará disposto a sofrer sanções econômicas internacionais e ainda mais repúdio da comunidade europeia caso se recuse a conter o desmatamento da Amazônia?

A eleição de Biden pode ser a oportunidade para que o Brasil consolide o fundo internacional para o desenvolvimento sustentável para a Amazônia e volte a ter o respeito da comunidade internacional. Bom para o Brasil.

Independente da antipatia ou mesmo da ojeriza de Biden por Bolsonaro, o agora eleito presidente norte-americano é um homem pragmático que reconhece a importância do Brasil como um parceiro estratégico na América Latina.

Em seus quatro anos de mandato Trump limitou-se a expulsar imigrantes ilegais e a reforçar o controle de fronteiras e visitou apenas uma vez a América do Sul, em 2018, no encontro do G-20 em Buenos Aires.

Já Biden, durante o período em que foi vice-presidente de Barack Obama, visitou os países da América Latina 16 vezes em oito anos, incluindo o Brasil.

Aqui, em 2014, entregou para a presidenta Dilma Rousseff um material contendo 43 documentos detalhando informações sobre tortura e assassinatos durante a ditadura militar. Foi um ato de forte simbolismo, já que os EUA colaboraram para o gole de 64 e respaldaram os governos militares e Dilma foi presa e torturada pela ditadura.

A vitória de Biden, acredito, não deverá trazer consequências imediatas nas relações comerciais entre EUA e Brasil. Os Estados Unidos são o segundo parceiro comercial do Brasil e um aumento dos negócios bilaterais vai depender mais da dinâmica da recuperação da economia e da diversificação da pauta de exportação do que necessariamente da política do próximo governo.

Alguns temas podem esfriar, como a entrada do Brasil na Organização para Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE).

Mas o fundamental, neste momento, é que Bolsonaro aja com civilidade e cortesia e desenvolva uma relação amigável com o presidente norte-americano, para manter uma relação amistosa, cordial e ponderada. Será bom para Bolsonaro e bom para o Brasil.

*Luiz Claudio Romanelli, advogado e especialista em gestão urbana, é deputado estadual e vice-presidente do PSB do Paraná

Destaques, Mundo,

Presidente Mario Abdo quer uma lei para interceptar narco-aviões em espaço aéreo paraguaio

Cerca de 20 voos com carga ilegal entram no espaço aéreo a cada mês. O Poder Executivo busca aprimorar o sistema de controle com radares e equipamentos

O presidente Mario Abdo Benítez quer uma lei de demolição para interceptar os narco-aviões em operação no país. Anota o Última Hora que quase todos os países da região possuem sistema jurídico e tecnologia de ponta para aprimorar o controle do espaço aéreo.

Ontem (26) houve uma reunião do Conselho de Segurança com o Chefe de Estado onde se analisou a necessidade de fortalecer a capacidade operacional e tecnológica e a compra de radares.

O encontro com o presidente ocorre após a operação da Polícia Antinarcóticos, que apreendeu mais de 2.500 quilos de cocaína no porto privado de Villeta dentro de carregamentos de carvão.

O ministro da Secretaria Nacional Antidrogas (Senad), Arnaldo Giuzzio, disse que parte da ideia de ter mais tecnologia foi apresentada ao presidente. “Nossos aviões têm seus anos e acho importante apostar na tecnologia”, disse.

Continue lendo no Última Hora

Destaques, Mundo,

Mortos achados em contêiner no Paraguai pensavam que estavam indo da Sérvia para a Itália

Os sete imigrantes encontrados mortos num contêiner, no Paraguai, armazenaram alimentos e água para uma viagem que seria de 10 horas, da Sérvia até a Itália. A viagem durou quase três meses e terminou no Paraguai, há uma semana.

O jornal ABC Color entrevistou um amigo dos sete homens, Ismail Maouchi, que vive na Sérvia, mas nasceu na Bósnia Herzegovina. Ele disse que os amigos acreditavam que o contêiner seguiria de trem até Milão, na Itália, país que escolheram por ser mais tolerante com os imigrantes ilegais.

Corpos em decomposição são achados em container

Os sete entraram no contêiner, carregado com fertilizantes, na cidade de Sid, a 115 quilômetros de Belgrado, capital da Sérvia.

A intenção era viajar escondidos até Zagreb, na Croácia, depois Liubliana, na Esclovênia, e dali a Milão, numa viagem de 950 quilômetros, que duraria cerca de 10 horas.

Ao invés de o trem seguir para a Itália, no entanto, ele foi para o porto da Croácia, onde os contêineres (eram cinco, no total, um deles com os imigrantes) foram embarcados num navio com destino ao Paraguai.

No mapa preparado pelo jornal ABC Color, o percurso do “contêiner da morte”.

Continue lendo: H2Foz

Destaques, Foz do Iguaçu, Mundo,

Bizarro: No Paraguai, corpos em decomposição são achados em container que saiu da Sérvia

A carga saiu de navio da Sérvia, no sudeste europeu, no dia 21 de julho e chegou ao porto de Villeta, no Rio Paraguai, no dia 19 deste mês.

Pelo menos sete corpos em decomposição foram encontrados nesta sexta-feira (23) em um container com fertilizantes em Asunción, capital do Paraguai. A carga saiu de navio da Sérvia, no sudeste europeu, no dia 21 de julho e chegou ao porto de Villeta, no Rio Paraguai, no dia 19 deste mês. Foram encontrados documentos de identificação com os corpos que indicam serem do Egito e de Marrocos.

Após o desembarque em Villeta, o container seguiu até a capital, onde foi entregue à empresa importadora do fertilizante. Quando os funcionários abriram o compartimento, hoje de manhã, encontraram o primeiro cadáver. A polícia foi chamada e logo depois foram localizados os restos mortais de pelo menos outras seis pessoas. A principal suspeita até agora é que os mortos seriam imigrantes que viajaram ilegalmente para a América do Sul.

Designado para acompanhar o caso, o promotor de Justiça Marcelo Saldívar disse ao jornal ABC Color que havia comida dentro do container. Segundo ele, esse fato levanta outra suspeita de que os passageiros clandestinos tinham se preparado para uma viagem curta, ou seja, deveriam ficar em algum outro país mais perto da Sérvia.

Por: Rádio Cultura

Destaques, Mundo,

Entrada e saída de Madrid, na Espanha, é restringida para conter a Covid-19

A cidade de Madrid e outros nove grandes municípios da sua região na Espanha, vivem neste sábado (03) o primeiro dia de proibição de entrada e saída de pessoas, salvo por motivos justificados, para tentar conter a forte incidência de novas infecções da segunda epidemia do coronavírus (Covid-19).

As medidas entraram em vigor as 22h de sexta-feira (02), embora sejam motivo de tensão política, uma vez que foram instituídas pelo Ministério da Saúde espanhol e rejeitadas e recorridas judicialmente pelas autoridades regionais de Madrid.

As primeiras horas de aplicação decorrem normalmente e com alguns controles policiais aleatórios nas áreas de fronteira dessas populações, relata a imprensa local.

As limitações serão aplicadas por 14 dias e podem ser prorrogadas em função da evolução da situação epidêmica nesta região autônoma, a mais afetada pela epidemia na Espanha e na Europa.

A saúde relatou 11.325 novas infecções por coronavírus em todo o país na sexta-feira (3.722 nas 24 horas anteriores), até 789.932 desde o início da epidemia, com 32.086 mortes.

Madrid continua a liderar em casos novos, com 22%, do total espanhol, embora menos de um dia antes, quando representava 34%.

A Espanha lidera a incidência de epidemia na União Europeia com 269,5 infectados por 100.000 habitantes nos últimos 14 dias, à frente da França (225,4). A média regional de Madri é de 692,1 casos, amplamente superada em vários bairros da capital da Espanha e cidades vizinhas no sul e leste.

Leia mais em: Ñanduti TV