Browsing Category

Paraná

Leia as últimas notícias sobre o Paraná no CabezaNews, site de informação com reportagens exclusivas, fotos, vídeos e conteúdos sobre Foz do Iguaçu e sobre o Paraná.

O CabezaNews leva ao público notícias de utilidade pública, curiosidades, turismo, lazer, cultura. Sobretudo com um olhar voltado para a região da tríplice fronteira entre Brasil, Paraguai e Argentina.

Em Foz, nossa cobertura foca os principais acontecimentos da cidade, incluindo eleições 2020, o avanço da pandemia do novo coronavírus, as ações da Itaipu Binacional, bem como a administração do prefeito Chico Brasileiro.

O site não deixa de lado o que acontece no restante do estado do Paraná. Notas exclusivas dos bastidores da política, da Assembleia Legislativa, ações do governo do Paraná e da administração Ratinho Júnior. Assim como as principais notícias nacionais.

O CabezaNews é editado por Ronildo Pimentel, jornalista com mais de 30 anos de atuação em jornalismo impresso e digital.

Paraná, Política,

Pré-candidatos ao Governo do Paraná já têm os seus marqueteiros

Informa o blog do Zé Beto que três pré-candidatos ao governo do Paraná já escolheram os seus profissionais de marketing e comunicação

Já estão devidamente escolhidos e trabalhando os profissionais de marketing político e comunicação responsáveis pelas campanhas ao Governo do Paraná em 2022. O governador Ratinho Jr. terá a força de 3 profissionais experientes: o publicitário argentino Jorges Gerez; Juca Pacheco, da agência GPac (principal cabeça de comunicação de Rafael Greca); além do atual secretário de Estado da Comunicação, João Evaristo Debiasi.

Roberto Requião não utilizará serviços profissionais de fora. Vai com a companhia leal de Benedito Pires. Cesar Silvestri Filho, o ex-prefeito de Guarapuava e antigo cacique do Podemos que pulou o muro e se abraçou ao PSDB de Beto Richa, delegou a missão ao experiente Luiz Inácio de Melo, que o acompanha desde o início de sua carreira política.
Todos já estão de mangas arregaçadas.

As informações são de Blog do Zé Beto

Destaques, Educação, Paraná,

Curitibano é convocado para Equipe Olímpica Permanente de Boxe do Brasil

O técnico Adailton Gonçalves, beneficiário do Programa Municipal de Incentivo ao Esporte da Prefeitura de Curitiba, foi convocado para a Equipe Olímpica Permanente de Boxe do Brasil. Ele já embarcou para uma base de treinamento e vai ficar 14 dias em conjunto com a equipe húngara na cidade de Budapeste (Hungria).

Após as próximas duas semanas de treinamentos, os atletas e técnicos brasileiros terão o primeiro grande teste no tradicional 66TH Bocskai Istvan Memorial International Boxing Tournament, que acontece na cidade de Debrecen (Hungria), a partir do dia 7 de fevereiro.

Esta será a primeira atividade internacional da equipe brasileira desde a reapresentação do time, que ocorreu no dia 10 de janeiro, no Centro de Treinamento da Equipe Olímpica Permanente, em São Paulo.

A equipe que embarcou para a Hungria tem 9 atletas da categoria masculino e mais 5 da categoria feminino, acompanhados ainda por 5 integrantes da equipe técnica.

As informações são de XV Curitiba

Foz do Iguaçu, Paraná, Saúde,

Centro Cultural Beneficente Islâmico suspende visitações internas na Mesquita

O motivo é o avanço da Covid-19 em Foz do Iguaçu e a suspensão é temporária

O Centro Cultural Beneficente Islâmico (CCBI) de Foz do Iguaçu suspendeu nesta terça-feira (25) as visitas internas à Mesquita da cidade, um ponto turístico bastante procurado no município.

A previsão de retorno e liberação deve ocorrer a 0partir do dia 7 de fevereiro. As visitas externas, no pátio e escadaria da mesquita seguem liberadas. Ainda assim, é recomendável o uso de máscara, distanciamento e uso de álcool em gel nas mãos.

Foz do Iguaçu já registrou até segunda-feira (24) 59.002 casos de Covid-19 e 1.175 mortes causadas pela doença.

Confira abaixo a nota na íntegra do CCBI:

Tendo em vista que nos últimos dias na cidade de Foz do Iguaçu-PR, o aumento no número de casos da COVID-19, o CCBI resolve:

  1. Suspensão das atividades de visitações INTERNAS iniciando no dia 25/01/2022 com data prevista de retorno no dia 07/02/2022;
  2. As visitações INTERNAS ficarão suspensas durante esse período – por enquanto – até que os casos de COVID estejam estáveis;

Essa determinação aprovada pela diretoria do CCBI viabilizando o bem estar dos visitantes e colaborando com a saúde pública do município.

As visitações permitidas serão EXTERNAS, no pátio e escadaria da MESQUITA, ainda sim, mantendo todos os cuidados recomendados pela OMS.

Qualquer outra informação ou dúvida, a secretaria do CCBI se disponibiliza pelos telefones: (45) 3573-1126 ou (45) 99974-7747.

Destaques, Foz do Iguaçu, Itaipu Binacional,

General João Francisco Ferreira pede exoneração da Itaipu Binacional

Nesta terça-feira (25), o diretor-geral brasileiro da Itaipu Binacional, general João Francisco Ferreira, comunicou o seu pedido de exoneração do cargo, por razões pessoais. Ferreira ocupava o posto desde 7 de abril de 2021, sucedendo o general Joaquim Silva e Luna, então nomeado para a presidência da Petrobras.

Durante o período em que esteve no cargo, a Itaipu alcançou a marca de 2,8 bilhões de MWh gerados desde o início da operação da usina, consolidando-se como a hidrelétrica que mais produziu energia no mundo, e conquistou as melhores marcas históricas de produtividade – a relação entre a quantidade de água que passa pelas unidades geradoras e a energia efetivamente gerada.

Na sua gestão, a Itaipu também reforçou o apoio às ações de combate à covid-19 na região de Foz do Iguaçu, o que foi determinante para a diminuição acentuada do número de casos de infecção e de internações hospitalares.

Todas as obras viabilizadas financeiramente pela Itaipu tiveram importantes avanços no período, como a Ponte da Integração Brasil – Paraguai, a revitalização do Gramadão e diversas outras.

As ações na gestão ambiental e de desenvolvimento territorial também progrediram e um dos símbolos desse trabalho foi o atingimento da marca de 24 milhões de árvores plantadas nas áreas protegidas da margem brasileira da binacional.

Também avançou o processo de licitação referente ao Plano de Atualização Tecnológica da usina, com a iminente assinatura do contrato com o consórcio vencedor.

E sob a gestão de Ferreira, a Itaipu participou ativamente da organização e promoção do Natal de Águas e Luzes, um presente para toda a região Oeste do Estado do Paraná, contribuindo para o retorno do turismo e para a recuperação da economia regional, tão abalada pela pandemia da covid-19.

O general Ferreira agradece o apoio e o comprometimento dos parceiros da usina, em especial à Família Itaipu, como se refere ao grupo de empregados.

Destaques, Foz do Iguaçu, Paraná, Saúde,

Grupo protesta contra comprovante de vacinação e Foz segue em alta da covid

Um grupo de pessoas saiu as ruas na manhã desta segunda-feira (24) para protestar contra a exigência do comprovante de vacinação ou testes negativos de covid-19 em serviços públicos de Foz do Iguaçu. O ato, que começou em frente à Câmara de Vereadores, ocorre em meio a disparada de novos casos e internações em Unidades de Terapia Intensiva (UTIs) por complicações da doença. O município registrou 11 óbitos em janeiro e 1.175 desde o início da pandemia.

A Vigilância Epidemiológica confirmou ontem 711 novos casos de covid-19, totalizando 59.002 registros da doença no município desde o início da pandemia. No acumulado de 1º a 24 de janeiro, Foz do Iguaçu contabiliza 13.219 casos – média de 550,79 por dia. Do total de infectados, 53.354 pessoas já estão recuperadas, índice superior a 90,4%.

Dos novos casos, 416 são mulheres e 295 homens, com idades entre um mês e 95 anos. Entre eles, 703 encontram-se em isolamento domiciliar e oito internados. Do total de casos ativos, 4.427 pessoas estão em isolamento domiciliar, com sinais e sintomas leves, e 46 estão internadas. O boletim confirmou mais um óbito por conta da covid, totalizando 11 no mês – 0,46 por dia. A vítima é um homem de 57 anos.

Mobilização

O grupo protestou contra a exigência do comprovante de vacinação, que passou a valer nesta segunda-feira (24). Após um período de concentração em frente ao prédio da Câmara, os manifestantes ocuparam por um período o plenário da Casa de Leis. Muitos dos participantes do ato estavam aglomerados e sem a máscara facial, que reduz a propagação do vírus.

De acordo com a normativa, publicada sexta-feira (21) no Diário Oficial do município, só não será exigido o comprovante de vacinação em serviços essenciais nas áreas da saúde, educação e segurança pública. A exigência também passou a valer para o acesso em eventos sociais, esportivos, clubes e espaços com shows e danças, casas noturnas e lounges.

Caso a pessoa não tenha o comprovante de vacinação, que pode ser obtido gratuitamente pelo aplicativo de celular ConectSUS, ela pode apresentar um teste negativo de covid-19 feito nas últimas 24 horas. No comércio em geral e atrativos turísticos de Foz do Iguaçu não é necessário apresentar o documento, conforme o decreto.

Logo após ocupar o plenário da Câmara de Vereadores, os manifestantes seguiram a pé até a frente da Prefeitura Municipal. Além de palavras de ordem, eles ostentavam cartazes contra a exigência e em defesa do tratamento precoce com hidroxicloroquina, que não tem eficácia contra a doença segundo a medicina. A Polícia Militar não informou quantas pessoas participaram do protesto.

Desde o início da campanha de vacinação em janeiro do ano passado, Foz do Iguaçu recebeu 533.228 doses. Deste total, 504.764 já foram aplicadas, segundo o Painel da Vacinação da Secretaria Municipal de Saúde. Até o momento, a cidade contabiliza 218.292 pessoas com imunização completa (duas doses ou dose única) e 54.941 pessoas com dose de reforço (terceira dose).

Internados

Com o avanço de novos casos, Foz do Iguaçu voltou a conviver com outro fator preocupante, a alta de ocupação de leitos de UTI e de Enfermaria. De acordo com o Painel Coronavírus, das 50 camas especiais dotadas de respiradores, 60% estavam em utilização na tarde de ontem. Dos 72 leitos de Enfermaria disponíveis nos hospitais Municipal Padre Germano Lauck e Ministro Costa Cavalcanti, 36 estavam em utilização (50% do total).

Dos 66 pacientes internados em Foz do Iguaçu, 10 são de Medianeira, São Miguel do Iguaçu, Santa Terezinha de Itaipu e de outras localidades. Três pacientes (dois de Foz do Iguaçu e um de Santa Terezinha de Itaipu) estavam internados em leitos de pediatria.

As informações são de GDia

Destaques, Foz do Iguaçu, Itaipu Binacional, Paraná, Turismo,

Natal de Águas e Luzes de Foz é aprovado por mais de 90% do público, indica pesquisa

Números são de levantamento on-line feito durante os 35 dias de programação. Feirantes também apoiam a iniciativa liderada por Itaipu, Prefeitura de Foz e Fundo Iguaçu

Uma pesquisa on-line com o público do Natal de Águas e Luzes de Foz do Iguaçu mostrou que 92,8% dos moradores que responderam ao questionário e 89,3% dos turistas ou excursionistas ficaram satisfeitos ou muito satisfeitos com a festa natalina, promovida pela Itaipu Binacional, Prefeitura e Fundo Iguaçu.

A consulta ficou disponível na internet nos 35 dias de programação, de 1º de dezembro a 5 de janeiro, com participação voluntária. Quase mil pessoas acessaram o levantamento e mais de um terço respondeu que visitou os locais decorados e/ou assistiu a um ou mais eventos de Natal.

“Um espetáculo memorável”, escreveu um dos participantes, nos comentários da pesquisa. “Se o destino fidelizar esta programação ano a ano será perfeito”, disse outro. Para um terceiro, chamou a atenção o ambiente descontraído e familiar: “Me senti um turista em minha própria cidade”.

Apesar da amostra reduzida, frente à estimativa de 300 mil expectadores, de acordo com a organização, a consulta reflete a percepção das equipes envolvidas no trabalho. “A festa encantou o público, que compareceu em peso aos espetáculos e aos locais com decoração natalina. E provou que tem potencial para entrar definitivamente no calendário de eventos da cidade e se transformar numa nova atração turística”, destacou o diretor-geral brasileiro de Itaipu, general João Francisco Ferreira

O prefeito de Foz do Iguaçu, Chico Brasileiro, reforça: “Somos conhecidos internacionalmente pelas belezas naturais das Cataratas do Iguaçu e pela grande obra de engenharia humana, que é a usina de Itaipu – entre tantos outros atrativos. A cidade tem tudo para se tornar referência também como destino natalino”.

Outro levantamento, feito junto a 66 comerciantes que participaram das feirinhas de Natal no Gramadão da Vila A e Avenida JK, indicou que 93% dos feirantes consideraram ótima ou boa a iniciativa e a organização dos espaços. A maioria (57%) teve lucro diário de R$ 500; 31% de R$ 500 a R$ 1 mil; 7% de R$ 1 mil a R$ 2 mil; e 3% indicou lucros superiores a R$ 2 mil.

O sucesso do Natal é corroborado por indicadores do próprio turismo, principal atividade econômica da cidade. A ocupação dos hotéis em dezembro, segundo a Secretaria de Turismo, chegou a 67%, o melhor desempenho em 12 anos, superando o mesmo período de 2018 e de 2019 (64,8% e 63,3%), anos pré-pandemia de covid-19.

O número de viajantes que passaram pelo Aeroporto Internacional de Foz do Iguaçu, em dezembro de 2021, foi 59% superior ao registrado em dezembro de 2020. Na rodoviária, o salto foi de 69%.

Os atrativos da cidade também tiveram forte alta de visitação no último mês do ano. Na Itaipu Binacional, lado brasileiro, o acréscimo foi de 65% em relação a dezembro de 2020. O Parque Nacional do Iguaçu, que abriga as Cataratas do Iguaçu, recebeu mais de 112 mil visitantes, salto de 88% em relação ao mesmo período do ano anterior.

“Plantamos uma boa semente, por isso já tivemos uma boa colheita. O Natal de Águas e Luzes no futuro agregará valor ao nosso produto turístico e com isso teremos cada vez mais excelentes finais de ano em nossa região”, declarou o presidente do Fundo Iguaçu – Fundo de Desenvolvimento e Promoção Turística do Iguaçu, empresário Enio Eidt.

O secretário municipal de Turismo, Paulo Angeli, disse que o Natal trouxe resultados visíveis e tangíveis. “O mais grandioso, que deve ser celebrado, é a união. A gestão do evento, desde seu planejamento, financiamento, divulgação e execução, foi resultado da integração das instituições que compõem a gestão integrada do turismo de Foz do Iguaçu”, relacionou, citando a Itaipu Binacional, Prefeitura, Fundo Iguaçu, Visit Iguassu, Fundação Cultural e Conselho Municipal do Turismo (Comtur).

A chefe das assessorias de Turismo e Comunicação Social da Itaipu, Patrícia Iunovich, também chamou a atenção para o envolvimento das entidades, para viabilizar a festa natalina em tempo recorde, e o apoio da comunidade, que abraçou o Natal com entusiasmo e participou ativamente das atividades. “Formou-se uma corrente do bem e o resultado superou as nossas expectativas. Oferecemos entretenimento de qualidade, que encantou o público e reavivou o espírito natalino. Isso tudo depois de um ano tão desafiador, como foi 2021.”

O diretor da Fundação Cultural, Juca Rodrigues, assinalou a “grande diversidade e pluralidade artística e cultural” da programação, que deu visibilidade ao talento dos artistas da cidade. “Sem falar nos espetáculos de abertura e enceramento do Natal, que simbolizaram momentos de emoção ímpar e inesquecíveis ao público”, mencionou.

Para o presidente do Conselho Municipal de Turismo (Comtur), Yuri Benítez, “a repercussão positiva do Natal junto a moradores e turistas de diversas localidades, aliada à qualidade da decoração e apresentações, auxiliam para, definitivamente, consolidar a data como um marco para a visitação a Foz do Iguaçu.”

Investimentos e retorno de mídia

Nos 35 dias de programação, o Natal de Foz ofereceu ao público mais de 150 atrações, em diferentes pontos da cidade. Uma carreta-palco levou a festa para lugares muitas vezes esquecidos, como a ocupação do Bubas, a Vila C e o bairro Três Lagoas. O investimento total foi de aproximadamente R$ 14 milhões, sendo R$ 9 milhões de Itaipu.

O retorno pode ser mensurado pela satisfação do público (atestado na pesquisa), no aquecimento da economia local, na retomada da movimentação turística e da arrecadação dos atrativos, e também na resposta de mídia espontânea em veículos de imprensa.

De acordo com levantamento feito pela área de Comunicação da Itaipu, de 1º de julho a 31 de dezembro, o Natal de Águas e Luzes foi tema de quase 1,2 mil reportagens em metade dos Estados brasileiros e diversos países (como Paraguai, Argentina, Espanha e Inglaterra).

Essas matérias foram publicadas em mais de 200 veículos de comunicação, tiveram um potencial de público de 30 milhões de pessoas e valoração (caso fossem publicadas como anúncios pagos) de R$ 5,7 milhões. “Os números ainda são parciais e não incluem o resultado de mídia social, mas dá uma dimensão do sucesso da operação”, observou Patrícia Iunovich.

Destaques da programação

Um dos destaques da programação foi o show com o cantor Daniel, no dia 19 de dezembro, que levou mais de 15 mil pessoas ao Gramadão da Vila A. Foi a primeira apresentação do músico para um público aberto desde o início da pandemia de covid-19.

“Foz do Iguaçu é uma cidade muito especial. Além da energia, além da natureza, podemos encontrar várias nacionalidades aqui, e espero levar a todas uma mensagem de paz, de otimismo e de amor, que tanto precisamos”, declarou o sertanejo, intérprete de sucessos como “Adoro amar você”, “Eu me amarrei” e “Casava de novo”.

Daniel e o padre Reinaldo Manzotti, que celebrou missa seguida de show no dia 22 de dezembro, também no Gramadão, gravaram vídeos antes das apresentações, convidando o público a participar dos eventos pelas redes sociais.

A programação teve ainda a Banda Sinfônica do Exército, autos de Natal na Avenida Jorge Schimmelpfeng, projeções mapeadas no Colégio Bartolomeu Mitre e na matriz São João Batista, decoração temática na Praça da Paz, Gramadão, Avenida Brasil e Praça da Bíblia – entre outras atrações.

Outro grande destaque foi binacional e envolveu um dos maiores símbolos da integração de Brasil e Paraguai: a iluminação cênica da Ponte Internacional da Amizade, de 10 de dezembro a 15 de janeiro, que também contou com recursos da Itaipu Binacional.

O projeto de iluminação foi apresentado em setembro pelo Conselho de Desenvolvimento do Leste (Codeleste) ao Conselho de Desenvolvimento Econômico e Social de Foz do Iguaçu (Codefoz), prontamente encampado pela gestão integrada do turismo e aprovado pelos dois diretores-gerais da Itaipu, general Ferreira (Brasil) e embaixador Manuel María Cáceres Cardozo (Paraguai).

O Natal de Águas e Luzes teve ainda um recorte social, com a arrecadação de alimentos não perecíveis e brinquedos. Um dos pontos de coleta foi na roda-gigante instalada no Gramadão da Vila A. Foram arrecadados, com a inciativa, quase sete toneladas de alimentos e três mil brinquedos. Todo o material foi distribuído para famílias em situação de vulnerabilidade.

Vale mencionar que as principais atrações do Natal de Águas e Luzes ocorreram em dezembro, quando a vacinação contra a covid-19 já estava avançada no País, o que permitiu a retomada das atividades com público em ambiente aberto, e antes da atual onda de contaminações provocada pela variante ômicron.

Foz do Iguaçu, Mundo,

Aduana argentina é evacuada após caminhão derramar carga química

O acesso à aduana argentina da Ponte Internacional Tancredo Neves precisou ser interditado no início da tarde de segunda-feira (24), após um caminhão com carga química vinda do Brasil derrubar o produto de um dos tonéis sobre a pista.

O caminhão carregava 6 toneladas de hidroxietil metacrilato, 5.760 kg de resina e 2.268 kg de alcatrão. Sobre a pista foram derramados 200 litros do hidroxietil, cerca de 90% do conteúdo de um dos tonéis.

O Corpo de Bombeiros de Iguazú constatou a perfuração da carga perigosa que seguia em direção à Argentina. O local foi evacuado em um raio de 300 metros da aduana.

A Secretaria de Obras de Puerto Iguazú enviou ao local uma retroescavadeira para fazer a contenção do líquido através de uma dique de terra. O Corpo de Bombeiros de Foz do Iguaçu que tem equipamentos adequados para acidentes químicos, foi acionado para ajudar na limpeza da pista.

Após a situação controlada o caminhão pode sair do local e a aduana foi liberada para o trânsito.

As informações são de Rádio Cultura

Brasil, Destaques, Paraná, Política,

Com aproximação do MDB, cresce articulação pelo comite Lula/Ratinho Júnior no Paraná

A conversa que parecia restrita aos bastidores da política nativa começou a ganhar forma nesta terça-feira (25), após o governador Ratinho Junior (PSD) convidar o MDB para participar de seu governo.

Lideranças sociais e partidárias querem aproveitar o momento, e a isenção do governador na disputa presidencial de 2022, para lançar o comitê Lula/Ratinho Júnior no Estado, adianta o Boca Maldita.

Na manhã desta terça-feira (25), no Centro Cívico, uma primeira reunião informal contou com participação de quadros filiados ao MDB e ao PSB, com a missão de colocar em prática o voto conjunto do petista para presidente e em Ratinho Júnior para governador.

A ideia do time é aglutinar, de forma independente, lideranças do PSB, PSD, PV, Rede, PCdoB e de outras legendas que devem fazer parte da coligação de Lula.

No caso do MDB, apesar do partido ter lançado a candidatura da senadora Simone Tebet à presidência, no plano estadual sempre esteve próximo de Lula.

O time aposta em boa aceitação já que num passado distante Ratinho Júnior e Ratinho pai tiveram boas relações com Lula. Além disso, o ex-presidente está empatado em Curitiba com Bolsonaro e Moro, segundo pesquisa do IRG.

A decisão de Ratinho em manter-se neutro se dá pela profusão de candidatos ao Planalto em partidos aliados do governador.

O PL com Bolsonaro e o Podemos e o Podemos com Sérgio Moro são apenas dois dos partidos que apoiam Ratinho no plano estadual mas têm projetos nacionais isolados. Além disso, o próprio PSD, a que o governador é filiado, lançou a candidatura de Rodrigo Pacheco, ainda incerta.

Nem Ratinho Jr, nem o PT do Paraná participam das tratativas do “comitê Lula Ratinho”. O PT, inclusive, deve apoiar a candidatura de Roberto Requião ao Palácio Iguaçu.

Foz do Iguaçu, Paraná, Saúde,

Homem de 34 anos entre as três vítimas da covid nas últimas 24 horas em Foz do Iguaçu. Veja o Painel Coronavírus

A Vigilância Epidemiológica de Foz do Iguaçu confirma na data de hoje, 25/01/2022, 984 casos de covid-19. No total, são 59.986 casos da doença no município desde o início da pandemia. Destes, 54.444 pessoas já estão recuperadas.

Dos 984 novos casos, 576 são mulheres e 408 homens, com idades entre 06 meses e 99 anos. Entre eles, 981 pessoas estão em isolamento domiciliar e 03 internados.

Do total de casos ativos, 4.316 pessoas estão em isolamento domiciliar, com sinais e sintomas leves, e 48 estão internadas.

Óbitos

Foz do Iguaçu registrou 3 óbitos em consequência da covid-19 nas últimas 24 horas. As vítimas são 01 mulher de 99 anos e 2 homens de 34 e 53 anos. No total, são 1.178 mortes pela doença no município.

Confira abaixo o painel Coronavírus Foz do Iguaçu

Destaques, Paraná, Saúde,

Estado do Paraná reativa 310 leitos para Covid-19 e gripe H3N2; 100 são UTIs

O Governo do Estado reativou mais 310 leitos para atendimento preferencial à Covid-19 e H3N2 desde sábado (22). São 210 enfermarias e 100 Unidades de Terapia Intensiva (UTI). Agora, o Paraná possui 599 UTIs e 806 enfermarias.

“Com o aumento no número de casos confirmados de Covid-19 e Influenza no Estado, precisamos deixar mais leitos à disposição para continuar garantindo que nenhum paciente fique desassistido”, disse o secretário de Estado da Saúde, Beto Preto.

Estes leitos foram distribuídos nos seguintes municípios: Apucarana (29 enfermarias), Bandeirantes (20 enfermarias), Cascavel (20 UTIs e 28 enfermarias), Cornélio Procópio (11 enfermarias), Dois Vizinhos (8 enfermarias), Foz do Iguaçu (60 UTIs e 67 enfermarias), Guaraniaçu (16 enfermarias), Maringá (10 enfermarias), Nova Aurora (10 UTIs e 10 enfermarias), Palotina (10 UTIs) e Ponta Grossa (11 enfermarias).

A Secretaria de Estado da Saúde (Sesa) já havia anunciado a reabertura de leitos devido à predominância da variante Ômicron e a epidemia de Influenza H3N2.

Desde o início deste ano, 554 leitos já foram reativados, sendo 167 UTIs e 387 enfermarias. A previsão é que pelo menos mais 205 leitos clínicos retomem o atendimento ainda neste mês.

“Mais do que disponibilidade de leitos, precisamos contar com a colaboração das pessoas em continuarem se vacinando, seja com a segunda dose ou dose de reforço, além do uso de máscaras e cuidados não farmacológicos”, ressaltou Beto Preto.

As informações são de AEN