Browsing Category

Política

Leia as últimas notícias sobre Política no CabezaNews, site de informação com reportagens exclusivas, fotos, vídeos e conteúdos sobre Foz do Iguaçu e sobre o Paraná.

O CabezaNews leva ao público notícias de utilidade pública, curiosidades, turismo, lazer, cultura. Sobretudo com um olhar voltado para a região da tríplice fronteira entre Brasil, Paraguai e Argentina.

Em Foz, nossa cobertura foca os principais acontecimentos da cidade, incluindo eleições 2020, o avanço da pandemia do novo coronavírus, as ações da Itaipu Binacional, bem como a administração do prefeito Chico Brasileiro.

O site não deixa de lado o que acontece no restante do estado do Paraná. Notas exclusivas dos bastidores da política, da Assembleia Legislativa, ações do governo do Paraná e da administração Ratinho Júnior. Assim como as principais notícias nacionais.

O CabezaNews é editado por Ronildo Pimentel, jornalista com mais de 30 anos de atuação em jornalismo impresso e digital.

Coronavírus, Destaques, Política,

Ratinho Junior prorroga o decreto de lockdown no Paraná até quarta, 10

O governador Ratinho Junior e o secretário estadual de Saúde, Beto Preto, anunciaram nesta sexta-feira (5) que as medidas restritivas para enfrentamento ao novo Coronavírus (Covid-19) prosseguem até a quarta-feira (10).

O decreto atual venceria às 5h da manhã de segunda-feira (8), mas o governo decidiu estendê-lo por mais dois dias para reduzir a circulação de pessoas nas ruas.

Após o dia 10, no entanto, o estado deve afrouxar as restrições, permitindo o funcionamento do comércio (incluindo bares e restaurantes) e a volta às aulas (no modelo híbrido), pelo menos até a quarta-feira seguinte, dia 17.

O governo estabelece, no entanto, o fechamento do comércio no sábado e domingo. Também determina o toque de recolher diário, ainda entre as 20 horas e as 5 horas da manhã seguinte

O advogado Gilmar Cardoso, colaborador do Cabeza News, acompanhou ao vivo a entrevista coletiva dode Ratinho Jr e Beto Preto e destaca as principais medidas anunciadas:

O atual decreto, que proíbe a abertura de atividades não essenciais, é válido até a madrugada da próxima segunda-feira (8).

No atual momento, o Paraná tem 811 pacientes a espera de leitos de enfermaria ou UTI.

Medidas econômicas

– R$30 milhões injetados pelo Estado com juros subsidiados via FOMENTO, para comércio, em especial micro e pequeno;

– R$10 milhões nas mesmas condições para MEI e emprendedor individual;

– 40 mil empreendedores que adquiriram empréstimos em 2020, a FOMENTO vai suspender por 2 meses o pagamento para aliviar o fluxo de caixa;

– R$100 milhões do BRDE e R$20 milhões da FOMENTO para antender turismo e hotelaria;

– Copel e Sanepar vão parcelar os débitos, incluindo março, por 60 meses, além da proibição dos cortes que já são previstos em lei, para famílias de baixa renda;

Sobre o decreto

– Estamos em uma segunda onda com a cepa do virus do Amazonas. E o Paraná é o primeiro estado a ser atingido, a cepa é 4 a 6x mais forte na transmissão, além da agressividade;

– Já foram abertos mais de 200 leitos de UTI desde o dia 10/02, mais 400 de enfermaria nos últimos 12 dias, os leitos de UTI custam praticamente meio milhão ao mês a cada 10 leitos para serem mantido;

– Fizemos abertura de leitos em Palmas e na regional de Francisco Beltrão;

– Além disso estamos enfrentando um esgotamento de RH, pois está faltando profissional de saúde;

– O reflexo de hoje se refere há infecções de 15 dias atrás e as medidas somente vão ter reflexo daqui a 10 ou 15 dias;

Medidas

– Há uma prorrogação do decreto até a madrugada de quarta 15/03, abrindo o comércio na quarta, com regras a serem seguidas principalmente em municípios com mais de 50 mil habitantes, em razão do transporte público;

– O comércio não essencial poderá abrir entre 10 da manhã e 17 da tarde a partir de quarta-feira;

– O toque de recolher e a proibição de venda de bebidas continuam a ser a partir das 20hs até 5 da manhã;

– O comércio deverá continuar fechado nos sábados e domingos;

– A volta às aulas retorna na quarta-feira 15/03, com até 30% de crianças em sala de aula presencialmente, com rodízio no modelo híbrido e não obrigatório;

– A SESP continuará sendo rígida na fiscalização a fim de evitar aglomerações.

Coronavírus em Foz do Iguaçu, Destaques, Política,

Prefeito Chico Brasileiro aponta ‘canalhas das fakes news’ em Foz

O prefeito Chico Brasileiro chamou de “canalhas das fakes news” as pessoas que espalham nas redes sociais mentiras sobre tratamentos alternativos da covid, inventam tabelas de datas de vacinação, que as prefeituras reforçam os caixas com os repasses contra o coronavírus e ainda negam a importância da vacina neste momento de recrudescimento da doença em Foz do Iguaçu e no país

“Isso é coisa de canalhas. É canalhice de alguém que espalha que hospital ganha com quanto mais gente morrer, quanto mais gente internada é melhor. Isso é gente do submundo. São pessoas que não têm coração , totalmente insensíveis, e ficam espalhando mentiras a toda hora para criar confusão”, disse Chico na entrevista ao Jornal da Cultura.

Chico Brasileiro classifica as mentiras como tentativas para desestabilizar quem está trabalhando dia e noite dia para poder colocar dar assistência às pessoas acometidas pela doença e seus familiares. “É gente desocupada. Isso não parte de gente que trabalha e tem responsabilidade. Infelizmente, tem esse tipo de pessoa que espalha que não adianta se cuidar porque todo mundo vai pegar a covid”.

As notícias falsas confundem as pessoas, segundo o prefeito que bom senso e sensibilidade com a vida humana. “Vamos nos comprometer com o próximo. Esse momento custa muito para a economia, mas a gente tem que fazer um grande sacrifício para vencer a pandemia. A vacina está lenta mas avançando e daqui a pouco, vamos vencer mas não podemos ter centenas de pessoas mortas. Hoje, temos 150 famílias procurando por informações de seus entes queridos que estão internados Será que isso é pouco?”, questiona.

“A gente vê sofrimento de famílias e tem pessoas que continuam estimulando que isso é bobagem, que isso não é nada que os governos estão fazendo o que querem prejudicar o povo, porque são contra os empresários. Só quero que essas pessoas coloquem a mão na consciência Será que essas pessoas podem ser chamadas de cristãos?”, completou.

Coronavírus, Política,

Governadores apelam ao presidente Bolsonaro por compra de mais vacinas

Governadores de 14 estados enviaram na quinta-feira (4) carta ao presidente Jair Bolsonaro solicitando a compra pela União de mais doses de vacina contra o coronavírus.

“Os Entes Federados têm envidado todos os seus esforços, mas estão no limite de suas forças e possibilidades”, escrevem no documento.

Os signatários da carta afirmam que a quantidade de doses de vacina aplicadas hoje no país é baixa e chamam a atenção para a crise que alguns estados enfrentam na lotação de ocupação de leitos de UTI.

Continue lendo no Congresso em Foco

Política,

Presidente Jair Bolsonaro confirma viagem à Argentina no final do mês

Agenda ocorrerá no dia 26 de março para celebrar 30 anos do Mercosul

O presidente Jair Bolsonaro confirmou nesta quinta-feira (4), durante sua live semanal nas redes sociais, que viajará para a Argentina no dia 26 de março. Ele participará das atividades comemorativas dos 30 anos de fundação do Mercosul, bloco de países que reúne Argentina, Brasil, Paraguai e Uruguai. 

“Vou estar agora, está previsto, dia 26 de março, estar em Buenos Aires, nossa querida Argentina. Estaremos lá celebrando 30 anos da criação do Mercosul. Todo mundo sabe que a covid-19 causou dificuldades econômicas em todo o mundo e nós torcemos para que a Argentina tenha sucesso nas suas negociações com o FMI [Fundo Monetário Internacional], que a situação financeira da Argentina está bastante complicada. O êxito econômico de países aqui na América do Sul, entre eles a Argentina, é interessante para todos nós da América do Sul. O Brasil obviamente é um dos grandes interessados”, afirmou.

Bolsonaro também comentou sobre o encontro que terá com o presidente argentino, Alberto Fernández. “Será a primeira vez que iremos conversar com o presidente da Argentina, logicamente ele queira, e eu quero, uma conversa reservada, nós dois num canto e publicamente vamos tratar das questões econômicas dos nossos países”, disse. 

Vacinas

Durante a live, o presidente brasileiro defendeu as ações do governo federal na aquisição de vacinas. Segundo ele, ainda este mês o país deve expandir em 20 milhões o número de doses disponíveis. 

“Temos contratados no corrente ano, o ministro [da Saúde, Eduardo] Pazuello, 400 milhões de doses até janeiro do ano que vem e temos 178 milhões em tratativas. Neste mês de março, agora, teremos, no mínimo, 20 milhões de doses disponíveis. E, para o mês seguinte, teremos, no mínimo, mais 40 milhões de novas doses”, disse.

As informações são de Agência Brasil

Curitiba, Política,

Dossiê das Mulheres, projeto da Agenda Marielle Franco, tramita na Câmara de Vereadores de Curitiba

A iniciativa é inspirada no projeto Dossiê da Mulher Carioca, da ex-vereadora Marielle Franco, aprovado postumamente, em 2018

Nesta quarta-feira (3), por ocasião da posse da nova coordenação da Procuradoria da Mulher da Câmara Municipal de Curitiba (CMC), e em razão da proximidade do Dia Internacional da Mulher, celebrado em 8 de março, a vereadora Professora Josete (PT) anunciou o protocolo do projeto de lei que cria o Dossiê das Mulheres.

Pela proposição, passa a ser obrigação do Município reunir, anualmente, todas as estatísticas públicas relacionadas ao gênero feminino, e publicá-las no Diário Oficial do Município (005.00066.2021).

A iniciativa é inspirada no projeto Dossiê da Mulher Carioca, da ex-vereadora Marielle Franco, aprovado postumamente, em 2018, pela Câmara Municipal do Rio de Janeiro. Naquele ano, ela e o motorista Anderson Gomes foram assassinados, num crime de repercussão nacional que continua sem solução.

Desde então, o Instituto Marielle Franco, criado para manter viva a memória da política, tem incentivado a reprodução dos preceitos defendidos por ela por meio de uma agenda comum. Em Curitiba, Josete é uma das duas vereadoras eleitas que aderiu à Agenda Marielle Franco – a outra é Carol Dartora (PT).

“A produção do Dossiê das Mulheres em Curitiba visibilizará periodicamente as estatísticas de violência contra as mulheres, a partir dos fontes das políticas públicas, contribuindo para a construção de políticas públicas intersetoriais mais eficazes de acolhimento e proteção”, diz Josete, na justificativa da proposição.

“Também auxiliará na identificação de possíveis assimetrias entre regiões do município e entre os diferentes perfis de mulheres, evidenciando as prioridades e enfoques de atuação do poder público”, garante a parlamentar.

Continue lendo na Câmara Municipal de Curitiba

Coronavírus em Foz do Iguaçu, Política,

Presidente da Comissão de Saúde da Câmara de Foz do Iguaçu fiscaliza UPA Morumbi e elogia dedicação da equipe

Nesta quinta-feira, 4, o presidente da Comissão de Saúde da Câmara Municipal, vereador Valdir de Souza Maninho, esteve na UPA Morumbi verificando a situação depois que o espaço passou a ser utilizado para triagem da Covid-19.

Após analisar os setores e conversar com usuários e servidores públicos, Maninho elogiou a dedicação da equipe da UPA que está se desdobrando para prestar o melhor atendimento possível.

“O momento é difícil devido à pandemia, mas sou testemunha do esforço e da dedicação de toda a equipe que ali está atuando na linha de frente. Estão todos de parabéns pelo esforço e comprometimento, uma demonstração de amor ao serviço público e ao próximo”, declarou Maninho que foi recebido pelo coordenador da UPA, Adriano Pavan.

O vereador verificou também as condições de trabalho e as informações de que estaria faltando material. De acordo com Maninho, “é preciso sempre uma atenção permanente para isso. Existem as dificuldades, mas constatamos que os trabalhadores têm sim material e equipamentos necessários para o atendimento”.

“Não procede a reclamação de falta de EPIs (equipamentos de proteção individual), nem máscaras ou mesmo falta de bebedouro. Também há estoque de oxigênio. Checamos os itens e estavam todos atendidos. Não falta absolutamente nada e o que vimos foi uma equipe muito dedicada atendendo as pessoas”.

Paraná, Política,

Vacina e economia caminham lado a lado

Esta mais que na hora do Estado do Paraná vacinar sua população e sair do ciclo de caos econômico

Por Requião Filho

O Governo do Estado do Paraná anunciou um semi-lockdown, autorizando apenas o funcionamento de atividades “essenciais”. Esta determinação, que parece uma repetição de 2020, tem causado transtornos aos pequenos e médios empresários paranaenses, justamente por não trazer um planejamento posterior.

Vejam, não estou afirmando que a medida não é necessária para diminuir as infecções decorrentes do COVID-19. Acontece que, da forma como as coisas estão sendo feitas pelo Governo, sem qualquer auxílio para a sobrevivência da população, acabam restando apenas duas escolhas para as pessoas: ou arriscam suas vidas com o COVID ou padecem de fome, sem condições para sobreviver.

O aumento nas tarifas de água e luz, no combustível e alimentos, aliados a falta de esperança na vacinação, já que o Governo do Estado preferiu abrir mão da produção da vacina russa (e aderiu ao inócuo plano nacional do Governo Federal), tornam a vida dos comerciantes um verdadeiro inferno.

Repita-se: o isolamento social, o uso de máscaras, a higienização das mãos são medidas extremamente necessárias. Mas também é preciso que se agilize com urgência a compra da vacina para imunizar a população. Não dá pra esperar!

Além disso, medidas econômicas que diminuam o impacto na vida dos pequenos empreendedores, como a isenção ou redução dos impostos, a facilitação de crédito, o congelamento das tarifas de água e luz, dentre outras possibilidades reais de ajuda emergencial. Se isso não ocorrer, ficaremos em um looping eterno de abre-fecha, até o momento em que as empresas fechem as portas de vez.

Prova disso é que no ano novo, nas eleições e no Carnaval, já conhecendo a data do colapso da saúde no Estado, preferiu o Governador insistir em deixar tudo funcionando e, agora, na semana do pagamento dos empregados, finge que não tem qualquer culpa em toda essa situação e pede paciência e colaboração aos comerciantes.

Se o Estado fornecer meios de sobrevivência aos pequenos e deixar de priorizar as isenções bilionárias as multinacionais, é certo que terá a colaboração da população. Mas isso, assim como a vacina, fica apenas nos sonhos dos paranaenses. Pelo visto, além da evidente falta de leitos de UTI e de vacina, também falta um Governo de verdade no Paraná.

* Requião Filho, advogado, é deputado estadual pelo MDB do Paraná.

Destaques, Paraná, Política,

Governador Ratinho Junior reforça que cortes de luz, água e gás estão proibidos durante a pandemia

Como mais uma medida para colaborar com a população paranaense, o Governo do Estado reforça que o fornecimento de luz, água e gás não poder ser interrompido no Paraná enquanto durar a pandemia de coronavírus. A lei número 20.187/2020, assinada por todos os deputados estaduais, foi sancionada pelo governador Carlos Massa Ratinho Junior e entrou em vigor em abril do ano passado.

“É mais um auxílio para as famílias, especialmente aquelas mais carentes, que passam por esse momento tão duro da pandemia. No Paraná a proibição do corte desses serviços tem força de lei. Enquanto durar a pandemia, essa regra segue valendo”, afirmou Ratinho Junior.

Estão enquadrados no benefício famílias com renda de até três salários mínimos (R$ 3.300) ou até meio salário mínimo por pessoa (R$ 550); pessoas com mais de 60 anos; com coronavírus, doenças graves ou infectocontagiosas; com deficiência; trabalhadores informais; comerciantes enquadrados como micros e pequenas empresas, além de microempreendedores individuais. Cabe ao Estado regulamentar o pagamento parcelado das dívidas geradas durante o período.

Planos de saúde – Além disso, a lei proíbe também a cobrança de taxas adicionais por parte dos planos de saúde para o atendimento de pacientes infectados pela Covid-19, bem como estabelecimentos de saúde da rede privada a recusarem pessoas suspeitas de terem contraído a doença.

Ainda com base na lei, os estabelecimentos comerciais e industriais passarão a ter a obrigação de esterilizar equipamentos, especialmente balcões, máquinas de pagamento, comandas, carrinhos e cestas de compras, visando a prevenção de doenças contagiosas.

Quem não cumprir as determinações estará sujeito à multa de até 500 UPF/PR (Unidade Padrão Fiscal do Paraná). Com base na UPF/PR de 2021, os valores ultrapassam R$ 55 mil.

 Média móvel de casos no Paraná aumentou 48,5% em duas semanas 

Outras Medidas – O Governo do Estado preparou um novo pacote de medidas para ajudar empresas e cidadãos a enfrentar a crise. Duas delas já estão em vigor e as próximas serão oficializadas ainda nesta semana.

Na terça-feira (02) foi publicado o Decreto 6.999/2021, que suspende até o dia 31 de março o ajuizamento de execuções fiscais e a apresentação de protesto de certidões de dívida ativa do Estado. Além disso, a Secretaria de Estado da Fazenda adiou em um mês os prazos de pagamento das parcelas a vencer do IPVA 2021 (terceira, quarta e quinta).

Também será publicado nos próximos dias o adiamento do pagamento do ICMS devido por pequenas empresas optantes do Simples Nacional e o parcelamento do ICMS devido por Substituição Tributária.

As informações são de Agência de Notícias do Paraná

Cascavel, Política,

Pazuello confirma visita a Cascavel

O ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, confirmou agenda em Cascavel na próxima quinta-feira (4), a convite do prefeito Leonaldo Paranhos (PSC). O voo da FAB com a comitiva está previsto para chegar às 13 horas, no Aeroporto de Cascavel. O prefeito conduzirá a visita do ministro a uma das UPAs, ao Centro de Vacinação Covid e à obra do Cisop.

Ao longo da última semana, Paranhos já havia solicitado ao ministro 15 novos respiradores e monitores, que prontamente liberados já estão sendo instalados na cidade. Na pauta de trabalho, um novo pedido de equipamentos para ampliação de UTIs e uma remessa extra de vacinas contra a covid-19.

Coronavírus em Foz do Iguaçu, Destaques, Política,

Câmara indica vereadores para acompanhar e fiscalizar a compra de vacinas contra a Covid-19 em Foz

O presidente da Câmara Municipal, Ney Patrício, assinou,nesta terça-feira (02) a indicação dos vereadores Adnan El Sayed (titular) e Maninho (suplente) que irão acompanhar e fiscalizar o processo de negociação e compra de imunizantes ao novo Coronavírus (Covid-19) pela Prefeitura de Foz do Iguaçu.

Adnan é autor da indicação ao Executivo sobre a compra das vacinas e Maninho é presidente da Comissão que trata da Saúde no Legislativo.

“Vamos acompanhar de perto o processo de imunização da população de Foz porque somente com a vacinação em massa poderemos ter a tranquilidade de seguirmos o processo de desenvolvimento econômico da cidade.”, explicou Adnan.

“Vamos somar esforços para que nossa população seja vacinada e que possamos voltar às atividades sociais e econômicas”, reiterou vereador Maninho.