Browsing Category

Saúde

Leia as últimas notícias sobre Saúde no CabezaNews, site de informação com reportagens exclusivas, fotos, vídeos e conteúdos sobre Foz do Iguaçu e sobre o Paraná.

O CabezaNews leva ao público notícias de utilidade pública, curiosidades, turismo, lazer, cultura. Sobretudo com um olhar voltado para a região da tríplice fronteira entre Brasil, Paraguai e Argentina.

Em Foz, nossa cobertura foca os principais acontecimentos da cidade, incluindo eleições 2020, o avanço da pandemia do novo coronavírus, as ações da Itaipu Binacional, bem como a administração do prefeito Chico Brasileiro.

O site não deixa de lado o que acontece no restante do estado do Paraná. Notas exclusivas dos bastidores da política, da Assembleia Legislativa, ações do governo do Paraná e da administração Ratinho Júnior. Assim como as principais notícias nacionais.

O CabezaNews é editado por Ronildo Pimentel, jornalista com mais de 30 anos de atuação em jornalismo impresso e digital.

Coronavírus, Foz do Iguaçu, Saúde,

Foz do Iguaçu registrou 27 novos casos e nenhum óbito por Coronavírus em 24 horas

A Vigilância Epidemiológica de Foz do Iguaçu confirma na data de hoje, 01/12/2021, 27 casos de covid-19. No total, são 45.457 casos da doença no município. Destes, 44.260 pessoas já estão recuperadas.

Dos 27 novos casos, 17 são mulheres e 10 homens, com idades entre 9 meses e 73 anos. Entre eles, 26 estão em isolamento domiciliar e 01 internado.

Do total de casos ativos, 27 pessoas estão em isolamento domiciliar, com sinais e sintomas leves, e 12 estão internadas.

Óbitos

Foz do Iguaçu não registrou óbitos em consequência da covid-19 nas últimas 24 horas. No total, são 1.158 mortes pela doença no município desde o início da pandemia.

Destaques, Foz do Iguaçu, Paraná, Saúde,

Painéis gratuitos promovem debate sobre violência em Foz

No próximo dia 2 de dezembro, na UniAmérica Descomplica, ocorrerá a Ação de Prevenção à Violência, aberta à comunidade em dois períodos

Em alinhamento com a campanha internacional contra a violência de gênero, promovida pela ONU Mulheres, iniciada no dia 25 de novembro e encerrando 10 de dezembro, Dia Mundial dos Direitos Humanos, a UniAmérica

Descomplica Centro Universitário promove, no próximo dia 2 de dezembro, painéis de debate em dois períodos: pela manhã a partir das 8h30, e a noite a partir das 19h30.

Essa iniciativa é coordenada pelo curso de Psicologia da instituição e serão apresentados vários painéis abordando temáticas, como: a prevenção à violência infantil, na adolescência, contra a mulher e o idoso.

“A Organização Mundial de Saúde define a violência contra a mulher como todo ato de violência baseado no gênero que tem como resultado o dano físico, sexual, psicológico, incluindo ameaças, coerção e privação arbitrária da liberdade, seja na vida pública seja na vida privada. Por isso, queremos aproveitar mais uma vez esse momento para abordar sobre a conscientização dos vários tipos de violência que existem”, comenta Lissia Pinheiro, psicóloga e coordenadora do curso de Psicologia da UniAmérica Descomplica.

O evento é totalmente gratuito e aberto à comunidade, visando conscientizar, orientar e contribuir para prevenção à violência.

Serviço

Ação de Prevenção à Violência – Gratuito

Data: 2 de dezembro de 2021

Endereço: UniAmérica Descomplica Centro Universitário – Avenida das Cataratas, 1.118, Foz do Iguaçu, PR

Horários

Manhã: 8h30 à 10h30

Noite: 19h30 à 21h30

Foz do Iguaçu, Paraná, Saúde,

Equipe de Licitação do Hospital Municipal recebe capacitação sobre o Sistema de Informações Digitais

Processos licitatórios serão feitos por meio do sistema, garantindo maior segurança e transparência

A equipe do setor de Licitações do Hospital Municipal Padre Germano Lauck, administrado pela Fundação Municipal de Saúde de Foz do Iguaçu, participou nesta terça-feira (30) de uma capacitação referente a condução e aplicação do processo licitatório por meio do Sistema de Informações Digitais (SID).

O treinamento foi conduzido pelo diretor de Licitação e Contratos do Município, Raphael Buiar Pereira de Camargo, e se estendeu aos setores de Compras, Tecnologia da Informação, Gestão de Projetos e o setor Jurídico da instituição.

De acordo com a chefe de Licitação da instituição, Letícia Caroline Lacoski, “a unidade hospitalar está trabalhando nesse movimento de adequação desde a implantação do sistema, por meio do qual os processos licitatórios serão em formato digital, garantindo maior segurança e transparência a todo o conjunto”.

Desde o início de novembro, o hospital municipal adotou o Sistema de Informações Digitais, desenvolvido pela Secretaria Municipal de Tecnologia da Informação e implantado na Prefeitura de Foz do Iguaçu desde o início do ano, com o objetivo de integrar dados administrativos e assistenciais, resultando na otimização de atendimentos, maior segurança dos dados dos pacientes e na redução de custos operacionais.

Também foi abordada a atualização da nova Lei de Licitações, que traz mudanças que precisam ser incorporadas para a melhoria das contratações públicas. “Iremos continuamente oferecer capacitações às equipes para o melhor desempenho das atividades e o avanço na informatização dos processos da Fundação. É um ganho à gestão pública”, pontuou o diretor-presidente da Fundação Municipal de Saúde, Amon Mendes Franco de Sousa.

Foz do Iguaçu, Saúde,

Vigilância de Foz do Iguaçu identifica viajante vindo da África

A Vigilância Epidemiológica de Foz do Iguaçu identificou um dos dois viajantes que estiveram no mesmo voo vindo da África do Sul com um homem contaminado com a variante ômicron, da Covid-19.

As duas pessoas desembarcaram em Foz do Iguaçu no último dia 27, quando ainda não estava vigente as novas determinações da Anvisa, de monitoramento de passageiros vindos de países africanos. Como ainda não era obrigatória a quarentena, não havia detalhamento de endereço do destino final dessas pessoas.

O chefe da Vigilância em Foz do Iguaçu, Roberto Doldon, informou que foi pedido ajuda da Polícia Federal e Anvisa para identificar os viajantes. Um deles foi localizado na terça-feira.

A pessoa é moradora de Foz do Iguaçu e trabalha no Paraguai. Mesmo estando assintomático ele fará o teste para a Covid-19, nesta quarta-feira. O resultando sai em 24 horas e enquanto isso a pessoa deverá guardar quarentena.

As informações são de Rádio Cultura

Foz do Iguaçu, Justiça, Saúde,

O natal em Foz é de todos nós: seja um zelador!

Os organizadores do Natal de Águas e Luzes de Foz do Iguaçu pedem o apoio da imprensa para solicitar à população que seja zeladora do evento. Nos últimos dias, foram registrados alguns furtos de fiação e danos às estruturas montadas no centro da cidade.

Se todos cuidarem do Natal, o evento será permanente e mágico durante todos 35 dias em que a decoração ficará instalada – tanto para aproveitamento dos moradores de Foz como dos turistas que visitam a cidade.

O Natal de Águas e Luzes é realizado pela Prefeitura de Foz do Iguaçu, Itaipu Binacional, Fundo Iguaçu, e demais parceiros. A abertura oficial do evento está marcada para esta quarta-feira (01), na Praça da Paz, às 20h.

Natal de Águas e Luzes de Foz do Iguaçu – prestigie, tire a sua selfie e cuide da maior festa natalina da história da cidade!

Destaques, Foz do Iguaçu, Paraná, Saúde,

Foz do Iguaçu deve cancelar carnaval de 2022, diz prefeito Chico Brasileiro

Variante ômicron avança na África e Europa e prefeito reforça a manutenção de cuidados contra o coronavírus como uso de máscaras e a higiene das mãos

Na reunião do Comitê de Crise ao Enfrentamento à Covid nesta quarta-feira, 1º de dezembro, o prefeito Chico Brasileiro vai propor o cancelamento do carnaval de 2022. A medida, segundo o prefeito, servirá para evitar a circulação da variante ômicron que avança na África e Europa.

“Não estamos vivendo um momento de muita segurança em relação a esta pandemia. Estamos vendo o que está acontecendo no mundo e em outros países”, disse Brasileiro.

Outros destinos turísticos – Antonina (PR), Paranaguá (PR), Salvador (BA), Recife (PE) e Olinda (PE) – também decidiram cancelar a festa entre 25 de fevereiro e 2 de março de 2022. No estado de Minas Gerais, 32 cidades já cancelaram a folia, em São Paulo, 77 cidades até agora tomaram a mesma decisão. O prefeito do Rio de Janeiro, Eduardo Paes, adiantou também que “se não tiver condições, não vai ter (o carnaval)”.

“Nós temos que redobrar os cuidados, temos que manter o uso da máscara, a higiene das mãos, a higiene geral, para evitar que esse vírus possa realmente voltar a nos atacar de forma que possa pressionar o sistema de saúde”, afirmou Brasileiro, em vídeo postado nas redes sociais.

Chico Brasileiro, no entanto, reiterou que Foz do Iguaçu está indo bem no enfrentamento do vírus – com 99,9% da população imunizada e já foram aplicadas 442.669 vacinas, entre primeira e segunda doses, dose única e reforço.”Estamos muito bem, estamos com uma boa vacinação, no caminho em que Foz está voltando ao normal. Não vamos voltar atrás, vamos seguir no controle”.

“Por isso, vou apresentar para aprovação do comitê a suspensão do carnaval como uma medida de prevenção para evitar que algo realmente de ruim em relação a pandemia possa acontecer no futuro. Foz do Iguaçu não vai baixar a guarda nos cuidados da covid. Manter os cuidados é manter a cidade funcionando”, completou o prefeito.

Foz do Iguaçu, Paraná, Saúde,

Foz do Iguaçu registrou 5 novos casos de coronavírus em 24 horas

A Vigilância Epidemiológica informa que, após investigações complementares dos óbitos ocorridos em Foz do Iguaçu, foram identificados 3 óbitos registrados em Foz do Iguaçu de pessoas residentes em outras localidades.

Esses óbitos foram excluídos dos dados do município e referenciados aos locais de origem.

Desta forma, houve alteração do total de casos confirmados e óbitos em Foz do Iguaçu. A cidade registra, na data de hoje, terça-feira (30) 45.430 casos confirmados e 1.158 óbitos desde o início da pandemia.

Nas últimas 24hs, foram identificados 05 casos novos de covid-19. Dos 45.430 casos confirmados da doença no município, 44.243 pessoas já estão recuperadas.

Dos 5 novos casos, 3 são mulheres e 2 homens, com idades entre 12 e 69 anos. Todos estão em isolamento domiciliar.

Do total de casos ativos, 15 pessoas estão em isolamento domiciliar, com sinais e sintomas leves, e 14 estão internadas.

Óbitos

Foz do Iguaçu não registrou óbitos em consequência da covid-19 nas últimas 24 horas. No total, são 1.158 mortes pela doença no município desde o início da pandemia.

Coronavírus, Foz do Iguaçu, Saúde,

Saúde reabre agendamento para vacinação covid nesta terça-feira (30) em Foz

Doses serão aplicadas até sexta-feira (04) na maior parte das UBS; aqueles que não conseguirem agendar também podem procurar diretamente as unidades

A Secretaria Municipal de Saúde reabriu nesta terça-feira (30) o agendamento para a vacinação contra a covid-19 para pessoas a partir de 12 anos de idade que ainda não tomaram a primeira dose e para a dose de reforço daqueles que tomaram a segunda dose há pelo menos cinco meses.

O agendamento pode ser feito no site www.vacinacao.pmfi.pr.gov. As pessoas que estão com a segunda dose atrasada também poderão marcar data, horário e local para receber a vacina. As doses serão aplicadas na maior parte das 29 Unidades Básicas de Saúde do município, entre terça e sexta-feira (03).

A secretária municipal de Saúde, Rosa Maria Jerônymo, informa que o agendamento foi aberto para que as pessoas possam se organizar e evitem transtornos para receber a imunização. Mas, conforme ela, aqueles que buscarem as unidades de saúde serão atendidos mesmo sem o horário agendado. Também poderão antecipar a segunda dose aqueles que têm a data na carteirinha de vacinação marcada até o dia 18 de dezembro.

“A intenção é que o maior número de pessoas possível compareça para tomar as doses de reforço. Todos aqueles que tiverem tomado a segunda dose há pelo menos cinco meses podem recebê-la”, afirma Rosa.

“O reforço é fundamental para que possamos manter o número reduzido de casos e de óbitos pela covid, especialmente agora que se aproximam as festividades. E vale ressaltar: precisamos continuar nos cuidando, com o uso de máscara e a frequente higienização das mãos”, ressalta a secretária.

Balanço

Foz do Iguaçu recebeu até hoje 471.625 doses de vacina contra a covid, das quais 442.669 doses já foram aplicadas. Da população adulta estimada pelo Ipardes, 109,2% recebeu a primeira dose, e 99,9% estão completamente imunizados, com as duas doses. Em relação à vacinação dos adolescentes, 83,69% recebeu a primeira dose e 8,16% estão totalmente imunizados.

Destaques, Foz do Iguaçu, Paraná, Saúde,

Vigilância busca duas pessoas que desembarcaram em Foz após contato com suspeito de variante ômicron

A Vigilância Sanitária de Foz do Iguaçu procura duas pessoas que desembarcaram no aeroporto da cidade, após terem viajado no mesmo voo de um homem que veio da África do Sul e testou positivo para a Covid-19. O Ministério da Saúde investiga se o passageiro que desembarcou em Guarulhos (SP) está com a variante ômicron, originária da África.

Ao todo, seis passageiros que tiveram contato com o homem infectado com o coronavírus desembarcaram no Paraná, quatro no Aeroporto Internacional Afonso Pena, na região de Curitiba.

A coordenadora do Centro de Informações Estratégicas do Centro de Vigilância em Saúde de Foz do Iguaçu, Carmensita Gaieviski, informou que o município tenta localizar essas duas pessoas. “A portaria não estava vigente, mas achamos importante localizar esses passageiros para realizar o teste PCR”, disse.

A Anvisa recomendou na segunda-feira (29) a suspensão de voos de 10 países africanos e que as pessoas que tenham passado por estes locais façam quarentena quando chegarem ao destino.

As informações são de Rádio Cultura

Foz do Iguaçu, Meio Ambiente, Paraná, Saúde,

Projeto quer proibir cultivo e plantio de árvores maléficas às abelhas e ao meio ambiente

Um projeto que tramita nas comissões da Câmara, aguardando parecer para ir à deliberação do plenário, quer proibir em toda extensão territorial do município a produção de mudas e também o plantio de árvores da espécie Spathodea Campanulata. A iniciativa é da vereadora Protetora Carol Dedonatti (PP). Na Justificativa, a parlamentar destaca que a proposta tem por finalidade buscar o equilíbrio do ecossistema e a preservação de insetos polinizadores no município.

“Estudos científicos comprovam que essa planta é tóxica ao meio ambiente. Ela produz alcalóides que se misturam ao néctar e para algumas espécies de beija-flor também é tóxico. Em Santa Catarina, em 2019, saiu uma lei estadual proibindo o plantio. Em Londrina, desde 2013 de mesmo teor”, explica o biólogo Joaquim Buchaim. “A gente quer que com esse projeto seja proibido plantio dessas árvores que matam as abelhas e consequentemente causa um desequilíbrio”, diz a proponente da matéria, Protetora Carol Dedonatti.

De acordo com o Projeto Lei nº 177/2021, a relação de dependência das abelhas e plantas é inquestionável. As abelhas retiram seus recursos alimentares das flores, enquanto as plantas têm garantido o serviço de polinização realizado pelas abelhas, permitindo sua reprodução.

Ainda conforme o texto, as maiores vítimas dessa planta são as abelhas nativas e a morte delas pode trazer problemas para o ambiente natural por comprometer a polinização de outras espécies.