Browsing Category

Saúde

Leia as últimas notícias sobre Saúde no CabezaNews, site de informação com reportagens exclusivas, fotos, vídeos e conteúdos sobre Foz do Iguaçu e sobre o Paraná.

O CabezaNews leva ao público notícias de utilidade pública, curiosidades, turismo, lazer, cultura. Sobretudo com um olhar voltado para a região da tríplice fronteira entre Brasil, Paraguai e Argentina.

Em Foz, nossa cobertura foca os principais acontecimentos da cidade, incluindo eleições 2020, o avanço da pandemia do novo coronavírus, as ações da Itaipu Binacional, bem como a administração do prefeito Chico Brasileiro.

O site não deixa de lado o que acontece no restante do estado do Paraná. Notas exclusivas dos bastidores da política, da Assembleia Legislativa, ações do governo do Paraná e da administração Ratinho Júnior. Assim como as principais notícias nacionais.

O CabezaNews é editado por Ronildo Pimentel, jornalista com mais de 30 anos de atuação em jornalismo impresso e digital.

Busão Foz, Destaques, Foz do Iguaçu, Saúde,

Hospital Municipal de Foz do Iguaçu recebe doação do Sindicato dos Auditores da Receita Federal

Foram recebidos R$ 56 mil em equipamentos que poderão ser utilizados no atendimento a casos de pacientes graves com covid-19

Novos equipamentos foram recebidos nesta segunda-feira (19) pelo Hospital Municipal de Foz do Iguaçu, referência no atendimento a casos de covid-19, como doação feita pelo Sindicato dos Auditores da Receita Federal em Foz do Iguaçu (Sindifisco).

No total, foram R$ 56 mil em equipamentos que poderão auxiliar no atendimento a casos graves de infecção por coronavírus, como um vídeo laringoscópio e um cardioversor.

A entrega oficial aconteceu no Hospital Municipal com a presença do diretor-presidente da instituição, Sergio Fabriz; do diretor técnico Fábio Marques; do presidente do Sindicato dos Auditores da Receita Federal, Flávio Bernardino de Carvalho; e do integrante do sindicato Alfonso Burg.

“Os auditores fiscais da Receita Federal em Foz reiteram, por meio desse gesto, o compromisso com a causa pública, defendida dia a dia no exercício de nossas atribuições, quer na arrecadação de tributos para custeio de serviços públicos essenciais, como a saúde por exemplo, quer no controle aduaneiro de fronteiras”, enfatizou o presidente sindical, Flávio Bernardino de Carvalho.

De acordo com Carvalho, os auditores acreditam que a doação de equipamentos e insumos hospitalares possa ser replicada por outros potenciais doadores privados, auxiliando o setor público, especialmente em momentos críticos, como no caso do enfrentamento à pandemia da covid-19. “É possível contornar com agilidade os trâmites burocráticos que, por vezes, emperram as aquisições feitas pelo poder público, como por exemplo a instauração de processos para abertura ou dispensa de licitações”.

O diretor do Hospital Municipal, Sergio Fabriz ,agradeceu aos auditores pelo gesto e parceria com a instituição, “São doações como essas que impactam positivamente na assistência direta ao paciente e, em especial neste caso, na qualidade do atendimento aos pacientes graves com covid”, disse Fabriz.

Os equipamentos doados pelo Sindifisco são: vídeo laringoscópio, utilizado para visualizar em tempo real as vias áreas de um paciente e suas respectivas características, por meio de um monitor de alta resolução; e um cardioversor, que age como uma terapia elétrica, interrompendo a arritmia e devolvendo o ritmo normal de pulsações do coração.

Busão Foz, Coronavírus em Foz do Iguaçu, Saúde,

Foz do Iguaçu confirma mais seis óbitos e registra 55 novos casos de coronavírus nas últimas 24 horas

A Vigilância Epidemiológica de Foz do Iguaçu confirma na data de hoje, 19/04/2021, 55 casos de covid-19. No total, são 33.033 casos da doença no município desde o início da pandemia. Destes, 31.855 pessoas já estão recuperadas.

Dos 55 novos casos, 30 são mulheres e 25 homens, com idades entre 1 e 83 anos. Entre eles, 54 pessoas estão em isolamento e 1 internada.

Do total de casos ativos, 290 pessoas estão em isolamento domiciliar, com sinais e sintomas leves, e 149 estão internadas.

Óbitos

Foz do Iguaçu registrou 6 óbitos em consequência da covid-19. As vítimas são 4 mulheres de 59, 63, 69 e 73 anos e 2 homens de 62 e 78 anos. No total, foram 739 mortes pela doença no município desde o início da pandemia.

Paraná, Saúde,

Paraná envia maior quantitativo de insumos em 24 horas desde o início da pandemia da Covid-19

O Governo do Estado enviou nesta sexta e sábado (17) o maior quantitativo de insumos em 24h para o combate da Covid-19 desde o início da pandemia. Ao todo foram distribuídos aos municípios 975.190 unidades, sendo 319.050 medicamentos elencados no “kit de intubação”, além de 363.340 vacinas contra a Covid-19 e 292.800 vacinas contra a Influenza.

“Cada minuto é importante nesta batalha. Quanto mais pessoas forem vacinadas, diminuiremos ainda mais a contaminação do vírus e reduziremos a morbidade e mortalidade, garantindo que menos pessoas desenvolvam a doença de modo grave, precisem de internamento ou faleçam”, disse o governador Carlos Massa Ratinho Junior. 

A logística de recebimento e envio dos insumos é organizada pela Secretaria de Estado da Saúde (Sesa) junto com o Centro de Medicamentos do Paraná (Cemepar), que conta com o apoio de diversas áreas do Governo para que o transporte ágil, seja terrestre ou aéreo. 

A média de tempo entre a chegada dos medicamentos e vacinas ao Cemepar e a entrega às Regionais de Saúde tem sido, em muitos casos, de 24h ou menos. Isso só é possível graças à colaboração de todos os profissionais envolvidos e empenhados na missão.

“O Estado tem realizado uma força-tarefa de aceleração não só na vacinação, mas no envio dos imunizantes para que chegue até os paranaenses no menor tempo possível e também dos medicamentos que auxiliam no tratamento de pacientes internados em estado grave”, afirmou o secretário de Estado da Saúde, Beto Preto.

Medicamentos – Os medicamentos que integram o chamado “kit de intubação” estão escassos em todo o País desde o ano passado. No Paraná nenhum paciente ficou desassistido ou precisou de intervenção hospitalar sem que fosse disponibilizado este tipo de medicamento.

“Desde o ano passado estamos realizando ações para viabilizar estes medicamentos e garantir que nenhuma unidade fique desabastecida. Somente neste envio, o valor gasto pela Sesa em medicamentos passa de R$ 1,4 milhão”, ressaltou o secretário.

Vacinas – O Paraná recebeu, até o momento, mais de 2,8 milhões de doses da vacina contra a Covid-19 e enviou 664,8 mil doses da vacina contra a Influenza aos municípios.

Segundo a Rede Nacional de Dados em Saúde (RNDS), até a manhã deste sábado (17), o Paraná já havia vacinado 141.198 pessoas contra a Influenza, que necessita de apenas uma dose para imunização. Nesta primeira etapa, que iniciou no último dia 12 deste mês e deve seguir até o dia 10 de maio, serão imunizadas crianças de seis meses a menores de seis anos de idade (cinco anos, 11 meses e 29 dias), gestantes, puérperas, povos indígenas e trabalhadores da saúde. 

Já de acordo com o Vacinômetro do Paraná, 1.361.116 pessoas foram vacinadas contra a Covid-19 com pelo menos a primeira dose, e 420.841 com a segunda dose, somando 1.781.957 doses aplicadas do imunizante no Estado. Os públicos atendidos até agora são idosos com mais de 60 anos, forças de segurança e salvamento e armadas e trabalhadores de saúde. 

As informações são de Agência de Notícias do Paraná

Paraná, Saúde,

Morre o jornalista Luiz Fernando Cardoso vitima da covid-19

Faleceu nesta tarde o jornalista Luiz Fernando Cardoso, mais uma vítima da covid-19. Ele fez 40 anos em 12 de março, e dias depois foi hospitalizado.

Editor do site Café com Jornalista, Luiz Fernando Cardoso de Oliveira nasceu em Pato Branco. Formado em Jornalismo pela Unidep, foi repórter e editor em veículos como a Gazeta Democrática, RIC/Record, TV Maringá (Band), na assessoria de imprensa do Sindicato dos Servidores Municipais de Maringá, além de ter sido colaborador da Folha de S. Paulo. Em Maringá tornou-se conhecido como repórter do extinto O Diário do Norte do Paraná, onde cobria principalmente política e administração. LFC escreveu três livros (e-books) de crônicas publicados na Amazon: “Orfeu & Violeta”, “Quero Café!” e “Nas Curvas de Maringá”, além do livro “Sismmar: 30 Anos de Luta”.

PS – Os sites da Agência Estadual de Notícias e da Prefeitura de Maringá registraram pesar pelo falecimento de Luiz Fernando. O corpo será cremado nesta segunda-feira.

As informações são de Maringá News

Coronavírus em Foz do Iguaçu, Destaques, Saúde,

Média móvel de casos de Covid segue em queda em Foz do Iguaçu, mas óbitos ainda preocupam

A média móvel de casos da Covid-19 segue em queda em Foz do Iguaçu. No sábado (17) a Vigilância Epidemiológica contabilizou 74 novas infecções. Na tarde de ontem (18), o boletim apontou 46 casos confirmados em 24 horas: 19 mulheres e 27 homens, com idades entre 1 e 75 anos.

Desde o início da pandemia já foram registrados 32.978 casos do novo coronavírus no município. Deste total, 31.775 pessoas tiveram êxito na recuperação. Atualmente, 314 pessoas estão isolamento domiciliar, com sinais e sintomas leves da doença. Outras 156 estão internadas.

Apesar da redução na faixa de infecção, o número de óbitos ainda preocupa por conta da oscilação. Na última sexta-feira (16), Foz registrou cinco mortes em decorrência da Covid. As vítimas tinham idades entre 47 e 78 anos. No sábado (17) foram sete mortes, de vítimas na faixa etária dos 40 aos 69 anos.

Nesse domingo foram computadas duas mortes. O que chama a atenção é a idade de uma das vítimas: uma jovem de 28 anos. A mulher, que, de acordo com o obituário municipal era “do lar” é uma das vítimas mais jovens a morrer pela doença na cidade. O óbito aconteceu no Hospital Municipal às 4h17 do dia 18. O boletim não informa se a vítima tinha outras comorbidades.

O crescimento de casos graves entre pessoas abaixo dos 30 anos tem preocupado os profissionais de saúde, que alertam para a necessidade de manter as medidas sanitárias. No total, Foz já contabilizou 733 mortes em decorrência de complicações causadas pela Covid.

“Eu peço que as pessoas evitem churrasco de final de semana, porque temos visto os casos graves aumentarem e o sofrimento das famílias que perdem seus entes queridos. Usem máscara, melhorem a limpeza das mãos, dos objetos pessoais e usem álcool em gel. Fiquem em casa e cuidem-se”, alerta o médico Kézio Medeiros Lacerda, da UPA Walter Cavalcante.

As informações são de GDia

Coronavírus, Destaques, Saúde,

Coronavírus: Israel encerrou neste domingo (18) com o uso obrigatório de máscaras em espaços abertos

O Ministério da Saúde de Israel anunciou, neste sábado (17), que a partir deste domingo (18) não é mais obrigatório o uso de máscara facial ao ar livre em todo país, embora seu uso continue a ser obrigatório em locais fechados.

Adiantam as agências internacionais de notícias que, de acordo com o ministro da Saúde, Yuli Edelstein, em comunicado à sociedade, a decisão foi tomada com base em recomendações de especialistas. 

“As máscaras têm como objetivo nos proteger contra o coronavírus, então, depois que os especialistas em saúde concluíram que elas não são mais necessárias ao ar livre, decidimos permitir de acordo com a recomendação”, disse ele. 

“O nível de morbidade em Israel é muito baixo graças ao nosso sucesso na campanha de vacinação e, portanto, podemos relaxar mais restrições”, continuou Edelstein.

No entanto, ele emitiu uma mensagem de advertência e pediu aos cidadãos “que ainda usem uma máscara para poder entrar em edifícios fechados. Juntos, vamos manter a morbidade baixa “, disse ele.

Continue lendo no La Clave

Busão Foz, Coronavírus, Saúde,

Paraguai soma 246,8 mil infectados e 5.177 óbitos por complicações da Covid

O Ministério da Saúde Pública informou que, das 6.494 amostras colhidas nas últimas horas, 2.278 deram resultados positivos para o novo Coronavírus (Covid-19) e mais 67 óbitos de pacientes por complicações da doença.

O relatório divulgado na sexta-feira (16), adianta a La Clave, menciona que todas as novas infecções correspondem a casos da comunidade e que estão cumprindo com o isolamento.

Com essas novas infecções, o Paraguai registra 246.806 casos do coronavírus, desde o início da pandemia, em março do ano passado. O número de pacientes internados é de 2.917, dos quais 501 estão em Unidade de Terapia Intensiva (UTI).

Da mesma forma, também foi registrada a morte de 67 pessoas, 27 mulheres e 40 homens, ocorrendo 5.177 mortes em todo o país. Quanto às pessoas que superaram o quadro viral, o relatório refere-se a um total de 202.109 com 1.850 novos recuperados.

As Informações são de La Clave

Busão Foz, Coronavírus em Foz do Iguaçu, Saúde,

Foz do Iguaçu confirma mais dois óbitos e registra 46 novos casos de coronavírus nas últimas 24 horas

A Vigilância Epidemiológica de Foz do Iguaçu confirma na data de hoje, 18/04/2021, 46 casos de covid-19. No total, são 32.978 casos da doença no município desde o início da pandemia. Destes, 31.775 pessoas já estão recuperadas.

Dos 46 novos casos, 19 são mulheres e 27 homens, com idades entre 1 e 75 anos. Todos estão em isolamento.

Do total de casos ativos, 314 pessoas estão em isolamento domiciliar, com sinais e sintomas leves, e 156 pessoas estão internadas.

Óbitos

Foz do Iguaçu registrou 2 óbitos em consequência da covid-19. As vítimas são 2 mulheres, de 28 e 79 anos. No total, foram 733 mortes pela doença no município desde o início da pandemia.

Busão Foz, Coronavírus em Foz do Iguaçu, Destaques, Saúde,

Foz do Iguaçu confirma mais sete óbitos neste sábado (17) e registra 74 novos casos de coronavírus

A Vigilância Epidemiológica de Foz do Iguaçu confirma na data de hoje, 17/04/2021, 74 casos de covid-19. No total, são 32.932 casos da doença no município desde o início da pandemia. Destes, 31.726 pessoas já estão recuperadas.

Dos 74 novos casos, 36 são mulheres e 38 homens, com idades entre 2 meses e 88 anos. Entre eles, 63 estão em isolamento e 11 internados.

Do total de casos ativos, 318 pessoas estão em isolamento domiciliar, com sinais e sintomas leves, e 157 estão internadas.

Óbitos

Foz do Iguaçu registrou 7 óbitos em consequência da covid-1919. As vítimas são 3 mulheres, de 40, 63 e 65 anos, e 4 homens, de 53, 58, 64 e 69 anos. No total, foram 731 mortes pela doença no município desde o início da pandemia.

Coronavírus, Destaques, Paraná, Saúde,

Paraná intensifica vacinação de idosos com mais de 60; veja distribuição por Regional

Mais 363.340 doses de vacinas contra o coronavírus foram distribuídas às 22 Regionais de Saúde do Paraná nesta sexta-feira (16). A 13ª remessa recebida pelo Ministério da Saúde é composta por 138.090 doses da CoronaVac, produzida pelo Instituto Butantan/Sinovac, e 225.250 doses da Covishield, produzida pela Universidade de Oxford/AstraZeneca/Fiocruz.

As doses da Coronavac são subdivididas em três grupos de primeiras doses e dois de segundas doses. As primeiras doses são destinadas a pessoas de 60 a 64 anos (12.120 doses, equivalente a 1,86% dessa população), trabalhadores das forças de segurança e salvamento e Forças Armadas (2.510 doses, correspondente a 6% dos profissionais no Estado) e trabalhadores de saúde (8.910 doses, equivalente a 3% do grupo).

Já as doses de reforço devem completar a imunização de 6.320 trabalhadores da saúde e 108.230 pessoas de 65 a 69 anos. Parte das doses de Coronavac recebidas do Ministério da Saúde foram destinadas à reserva técnica e continuam armazenadas no Centro de Medicamentos do Paraná (Cemepar).

As doses da Covishield, por sua vez, são totalmente destinadas à primeira dose. São 222.215 doses para pessoas de 65 a 69 anos, o que deve cobrir cerca de 46% deste grupo no Estado. Também foram incluídas 3.035 doses para pessoas de 60 a 64 anos, 0,49% do total desta população.

As doses foram distribuídas por via terrestre para 11 regionais: Paranaguá, Metropolitana, Ponta Grossa, Irati, Guarapuava, União da Vitória, Pato Branco, Francisco Beltrão, Londrina, Telêmaco Borba e Ivaiporã. Por avião, foram enviadas para as demais regionais: Foz do Iguaçu, Cascavel, Campo Mourão, Umuarama, Cianorte, Paranavaí, Maringá, Apucarana, Cornélio Procópio, Jacarezinho e Toledo.

Beto Preto, secretário estadual de Saúde, destacou nesta sexta (16) a melhora nos indicadores da pandemia, mas reforçou que, além da vacinação, todo cuidado ainda é necessário. “Estamos vendo o resultado de 40 dias de restrições mais rígidas na diminuição de casos mais graves. É um pouco por conta da vacinação, um pouco pelas restrições dos decretos, um pouco pelos cuidados dos cidadãos, mas o vírus continua circulando. Segundo o balanço dos testes do IBMP [Instituto de Biologia Molecular do Paraná], continuamos com 30% de positividade em todos os testes realizados. Até 5%, a pandemia está controlada. Por isso, estamos em alerta todos os dias”, afirmou.

Influenza – As Regionais também receberam imunizantes para o combate a outro vírus: o Influenza. São 292.800 doses da vacina da gripe, que funcionam com dose única, sem precisar de reforço. A primeira fase da vacinação, que vai até 10 de maio, inclui crianças de seis meses a cinco anos, trabalhadores de saúde, indígenas, gestantes e puérperas.

Medicamentos – Também foram enviadas 319 mil unidades de medicamentos referentes ao kit intubação, utilizados em pacientes com quadros graves de Covid-19.

Vacinação – Até esta sexta-feira (16), 1.358.411 paranaenses haviam recebido pelo menos a primeira dose dos imunizantes. O número corresponde a 29,31% da população inserida nos grupos prioritários da vacinação, e a 13% da população paranaense.

Das primeiras doses já distribuídas, 94,6% foram aplicadas. Das segundas doses, a taxa de aplicação está em 41,2% (411.697) – uma vez que requerem um intervalo de tempo entre as doses, sendo de 21 dias para a Coronavac e 12 semanas para a Covishield.

A expectativa da secretaria estadual da Saúde é de vacinar, até o fim de maio, todos os 4.635.123 paranaenses incluídos nos grupos prioritários.

Corujão – A estratégia de vacinação contra a Covid-19 ganhou mais um incentivo nesta quinta-feira (15) com a estreia do Corujão da Vacinação: a extensão, até meia-noite, do horário de aplicação de doses pelos municípios. Doze municípios aderiram à campanha: Campina Grande do Sul, Colombo, Cornélio Procópio, Jacarezinho, Londrina, Maringá, Morretes, Paranaguá, Pinhais, Piraquara, Pontal do Paraná e Quatro Barras.

A ação se soma também à campanha de domingo a domingo, que estimula os municípios a aplicarem a vacina também aos finais de semana.

“Vacina no estoque não imuniza ninguém. Ela imuniza apenas se estiver aplicada no braço dos paranaenses”, afirmou Beto Preto. “Tanto o Corujão como a campanha de domingo a domingo são iniciativas que têm como premissa fazer chegar a informação de que precisamos vacinar. Os horários alternativos estimulam as pessoas a saírem de casa para isso. Hoje, muitos não estão comparecendo na data marcada para a segunda dose. Nós precisamos tomar a segunda dose no prazo correto para garantir a imunidade plena destas pessoas”.

Confira a quantidade de doses nesta remessa:

1ª RS – Paranaguá – 9.305 doses

2ª RS – Metropolitana – 108.795 doses

3ª RS – Ponta Grossa – 17.480 doses

4ª RS – Irati – 4.870 doses

5ª RS – Guarapuava – 13.285 doses

6ª RS – União da Vitória – 5.335 doses

7ª RS – Pato Branco – 8.815 doses

8ª RS – Francisco Beltrão – 12.095 doses

9ª RS – Foz do Iguaçu – 12.910 doses

10ª RS – Cascavel – 17.070 doses

11ª RS – Campo Mourão – 12.000 doses

12ª RS – Umuarama – 9.730 doses

13ª RS – Cianorte – 5.180 doses

14ª RS – Paranavaí – 9.275 doses

15ª RS – Maringá – 28.610 doses

16ª RS – Apucarana – 12.920 doses

17ª RS – Londrina – 33.685 doses

18ª RS – Cornélio Procópio – 8.615 doses

19ª RS – Jacarezinho – 10.030 doses

20ª RS – Toledo – 13.520 doses

21ª RS – Telêmaco Borba – 5.015 doses

22ª RS – Ivaiporã – 4.800 doses

TOTAL – 363.340 doses.

As informações são de Agência de Notícias do Paraná