1 cabeza 2022 (150 px × 50 px) (1)

Chile recebe primeiras doses e anuncia vacinação a partir desta quinta (24)

O Presidente do Chile, Sebastián Piñera, anunciou que nesta quinta-feira, 24 de dezembro, chegarão ao país as primeiras 10 mil doses da vacina Pfizer-BioNTech e o início imediato do processo de vacinação. Com isso, o Chile deve ser o primeiro país sul-americano a iniciar a vacinação contra o coronavírus.

“O avião chegará ao Chile amanhã por volta das 7 da manhã, e estamos prontos e preparados para iniciar um processo de vacinação”, disse o presidente, em comunicado no Palácio de La Moneda, acompanhado dos ministros da Saúde, Enrique Paris, e das Relações Exteriores, Andrés Allamand.

O chefe de Estado explicou que serão destinadas as primeiras 10 mil doses “ao pessoal médico que trabalha em Unidades de Tratamento Intensivo com pacientes críticos”.

“Nossa intenção é vacinar 100% desse pessoal médico das regiões de La Araucanía, Biobío e Magallanes e um terço do pessoal médico da Região Metropolitana”. Essas são as regiões do país que mais tem sofrido com a doença”.

“Conseguimos garantir mais de 10 milhões de doses da vacina Pfizer BioNTech e também mais de 10 milhões de doses da vacina Sinovac. Se somarmos a isso os convênios e contratos que temos com outros laboratórios como o AstraZeneca Oxford ou como É o caso da Janssen Johnson & Johnson e com o acordo que temos com a COVAX, estamos em condições de garantir que teremos mais de 30 milhões de doses de vacinas em nosso país ” , explicou Piñera.

“A vacina no Chile vai ser voluntária e gratuita. E, portanto, o Estado vai fornecer vacinas para todas as pessoas ”, concluiu o presidente.