1 cabeza 2022 (150 px × 50 px) (1)

Com mais de 3 mil empregos gerados neste ano, Foz se destaca entre as dez cidades mais promissoras do Paraná

Com um saldo positivo de 3.080 empregos criados neste ano, Foz do Iguaçu conquistou destaque entre as dez cidades mais promissoras do Paraná. A recuperação econômica do município vem ocorrendo de forma gradativa desde janeiro, com pequenas oscilações, mas nada que impeça a fronteira de fechar no azul com muitas oportunidades para diversas áreas.

Em outubro, último mês analisado pelo Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), a cidade criou 210 vagas com carteira assinada, ficando atrás apenas de Curitiba (+2.604), Londrina (+1.110), São José dos Pinhais (823), Toledo (674), Ponta Grossa (659), Pinhais (339), Pato Branco (225) e Colombo (223). Destaca o GDia

Durante todo o ano, o setor de serviços foi o que mais cresceu, continuando em grande destaque também em outubro. O departamento de alojamento e alimentação, que engloba a rede hoteleira, bares e restaurantes, foi o que mais contratou no último mês, com um total de 134 vagas ofertadas de forma direta. Entre janeiro e outubro foram 1.761 contratações.

Veja também

Seguindo a linha, o segundo lugar é ocupado pelo comércio, tendo como destaque o departamento voltado à reparação de veículos automotores, que abriu 99 oportunidades no mês passado. Em todo o ano foram abertas 1.010 vagas.

Em parte, o resultado positivo é reflexo dos feriados prolongados, que movimentaram o turismo na Terra das Cataratas. A expectativa para as férias de dezembro e janeiro é bastante alta entre os empresários, que já deram início às contratações temporárias para garantir um bom atendimento.

Com investimento em decoração caprichada para o Natal e festas grandiosas, uma boa parcela dos hotéis da fronteira já está com inúmeras reservas. Bom para o turista, que pode se divertir com conforto e tranquilidade, e melhor ainda para os iguaçuenses, que tem mais vagas de trabalho disponíveis e oportunidade de crescimento.

O acumulado de empregos em Foz em 2022 é resultado de 31.268 contratações, frente a 28.188 desligamentos. No comparativo entre meses, a cidade começou o ano de forma positiva, com 281 contratações. Em fevereiro veio o primeiro salto, com 707 empregos gerados. Em março houve um declínio e a cidade perdeu 54 postos formais.

Entre abril e julho o município voltou a abrir vagas, mas de forma mais retraída. Nestes quatro meses respectivamente foram formalizadas um total de 603 contratações com carteira assinada. Em agosto, a recuperação de setores ganhou força e 683 postos formais foram abertos. Em setembro a situação foi parecida, com criação de 650 vagas.

Paraná avança

O Paraná teve saldo positivo de 10.525 empregos em outubro, o terceiro estado que mais gerou empregos no mês. Com o resultado, já soma 147.955 empregos gerados em 2022, se consolidando como o maior empregador da região Sul.

Cenário no Brasil

No Brasil, o saldo de empregos em outubro foi de 159.454 vagas, chegando a 2.320.252 postos de trabalho acumulados entre janeiro e setembro de 2022. Em todo o país, o salário médio de admissão em outubro foi de R$ 1.932.