1 cabeza 2022 (150 px × 50 px) (1)

Estamos vivendo na emergência, afirma Lísias de Araújo Tomé

Estamos vivendo na emergência, afirma o diretor geral do Hospital de Retaguarda de Cascavel Lísias de Araújo Tomé.

O hospital de retaguarda completou uma semana de funcionamento, e neste pouco tempo está com todos os leitos de UTI (Unidade de Terapia Intensiva) e semi-intesivo lotados.

O Médico afirma que os 14 pacientes internados, tiveram resultado positivo para Covid-19 e respiram por ventilação mecânica. Os 28 leitos de enfermaria também estão com pacientes.

Diante de todos os casos confirmados pelo vírus, Lísias alerta para a quantidade de pessoas que se acidentaram nos últimos dias. O aumento de motocicletas circulando, fazendo entregas, e a falta de atenção no trânsito, por angustia ou desespero está causando um impacto muito grande na saúde.

“A gente pede para a população, que tenha um pouco mais de atenção, porque cada vez que se acidentar alguém é um leito a menos para Covid, é remédio a menos para combater o vírus.

Cascavel atualmente é o epicentro do Covid-19 no Estado

Segundo o boletim divulgado pela Prefeitura de Cascavel, a ocupação do total de leitos adultos disponíveis, na esfera pública e privada, no município é de 83,8%, ou seja, das 124 vagas, 104 estão em uso.

Por: Catve