1 cabeza 2022 (150 px × 50 px) (1)

Foz do Iguaçu tem mais de 208 mil veículos em circulação

Foz do Iguaçu conta com uma frota de 208.668 veículos em circulação. Os dados correspondem ao último levantamento realizado pelo Departamento de Trânsito do Paraná (Detran-PR), divulgado em julho deste ano. O número cresceu em 5.119 novos utilitários quando comparado ao mesmo mês de análise em 2021.

Informa o GDia que cerca de 73% dos veículos que rodam no município, o que corresponde a 152.719 do total, possuem mais de 10 anos de fabricação. Os mais antigos datam dos anos de 1927 e 1228. O restante, cerca de 55.949 utilitários foram fabricados entre 2013 e 2022.

Veja também

Os automóveis de passeio são os mais populares na fronteira, somando um total de 123.607 carros em circulação. O segundo lugar é ocupado pelas motocicletas, que oferecem praticidade no dia a dia. Somente deste tipo de utilitário há 36.250 em Foz.

Ganham destaque ainda as caminhonetes, com 13.109 representantes; caminhonetas (7.621), motonetas (5.461), semi-reboques (6.215), caminhões (4.187), reboques (3.430), ônibus (1.573), micro-ônibus (1.197), quadriciclos (20) e outros.

O volume de veículos na cidade chega a quase um por morador e compete com cidades de porte um pouco maior, como Cascavel que tem um total de 268.660 utilitários, Londrina, com 424.439; Maringá, com 342.439; e Toledo, com frota de 120.333.

Paraná tem a segunda maior proporção de veículos por habitante no País

Com aproximadamente sete veículos para cada dez habitantes, o Paraná é a segunda unidade federativa do país com maior proporção de veículos. Em todo o Brasil, apenas o estado vizinho de Santa Catarina possui uma proporção maior de veículos, com quase oito veículos para cada 10 catarinenses.

Em número absoluto, o Paraná se destaca ainda com a terceira maior frota de veículos no país, atrás apenas dos estados de São Paulo (31,41 milhões de veículos) e Minas Gerais (12,45 milhões), que apresentam, no entanto, uma população consideravelmente superior a paranaense: enquanto o estado sulista soma 11,6 milhões de habitantes, São Paulo tem 46,7 milhões e Minas, 21,4 milhões.

Veículos isentos de IPVA já são maioria no estado

O número de carros velhos, com idades acima de 10 anos de fabricação vem crescendo no estado do Paraná. Em 2011, os automóveis com menos de 5 anos representavam cerca de 32% da frota total, já no ano passado esse percentual caiu para 15,8%. Veículos com fabricação entre os anos 2.000 e 2010 são mais de 2 milhões e meio no estado.

Ainda que esse envelhecimento venha acontecendo de maneira consecutiva ao longo da última década, é principalmente a partir de 2016 que esse movimento se intensifica, num reflexo direto da crise econômica que havia assolado o país nos anos anteriores. E os impactos disso tudo acabam sendo sentidos, direta ou indiretamente, por toda a sociedade.

Utilitários e infrações

Os veículos com placas estrangeiras são os mais multados em Foz segundo o Departamento de Trânsito do Paraná (Detran). Carros com placas do Paraguai e da Argentina somam juntos mais de R$ 22,8 milhões em multas de trânsito aplicadas em Foz do Iguaçu nos últimos cinco anos.

De acordo com o Departamento de Trânsito de Foz do Iguaçu (Foztrans), cerca de 90% das multas aplicadas são por excesso de velocidade e avanço do sinal vermelho. Sem convênio com os dois países, as autoridades iguaçuenses não conseguem cobrar os valores das infrações praticadas no município.