1 cabeza 2022 (150 px × 50 px) (1)

Justiça decreta prisão preventiva de bolsonarista que matou petista em Foz do Iguaçu

A Justiça decretou a prisão preventiva do agente penitenciário Jorge Guaranho, que matou o guarda municipal Marcelo Arruda durante a festa de aniversário dele em Foz do Iguaçu (PR) neste fim de semana. A informação é do Ministério Público do Paraná.

O promotor Tiago Lisboa disse, durante entrevista coletiva, que um juiz plantonista aceitou o pedido de conversão da prisão em flagrante para prisão preventiva na noite de ontem. Guaranho está hospitalizado em estado grave sob escolta, segundo Lisboa.

Veja também

O Ministério Público do Paraná afirmou que apura se o crime teve motivação política. Para o promotor Lisboa, a investigação deve ser “de fácil resolução”, mas precisam esclarecer a razão pela qual Guaranho estava no local. De acordo com o MP, o agente seria membro de uma associação na região, vizinha de onde aconteceu o caso.

As informações são de UOL