1 cabeza 2022 (150 px × 50 px) (1)

Lula diz que não vai barganhar liberdade proposta por procuradores da Lava Jato. Na CabezaNEWS

Não saio O ex-presidente Lula informou ao seus advogados ontem (30 de setembro), que não irá aceitar a progressão de seu regime do fechado para o semiaberto. A medida está prevista na petição assinada sexta (27) pelos procuradores da força-tarefa da Operação Lava Jato.

Não saio II Após visita, o advogado Cristiano Zanin Martins disse não ter recebido intimação da Justiça para apresentar manifestação sobre requerimento feito pelos procuradores, mas ressaltou que seguirá a orientação de Lula.

Não saio III Segundo Zanin, será apresentada “exatamente” a posição do ex-presidente. “Ele não aceita qualquer condição imposta pelo Estado, porque não reconhece a legitimidade do processo que o condenou e que o trouxe ao cárcere, onde ele está neste momento”, disse o advogado.

Sem entrevista Em uma fala breve, presidente Jair Bolsonaro se negou ontem a dar entrevista aos jornalistas, alegando só voltar a fazê-la quando a imprensa descrever “o que de fato foi dito na ONU”. A justificativa, segundo ele, é a “deturpação” dos fatos feita pela mídia.

Deturpação “Imprensa, eu gosto muito de vocês, mas tudo é deturpado. Quando vocês fizerem uma matéria real do que aconteceu na ONU, eu dou entrevista a vocês”, disse Bolsonaro aos presentes, em referência a cobertura de seu discurso de abertura na Assembleia Onu.

Eliminado O WhatsApp se cansou da epidemia de fake news em sua rede automaticamente por contas robôs e baniu ao menos 125 mil contas por mês no país a partir de outubro de 2018.

Sem chance A 8ª Turma do TRF-4 negou recurso da defesa do ex-ministro José Dirceu de Oliveira e Silva, em julgamento dia 25 de setembro. Com isso, ele deve começar a pagar cerca de R$ 4,5 milhões referente a custas processuais, multa penal e reparação de danos.

Alagamentos Nesta terça (1º de outubro), a Comissão Especial da Câmara de Vereadores apresenta o relatório final e medidas contra os alagamentos em Foz do Iguaçu. A CE é formada por João Miranda (Presidente), Jeferson Brayner (relator) e Rogério Quadros (membro). O ato será ás 8h30. Às 9h começa a sessão ordinária normal.

Tarifa zero O primeiro-secretário da Assembleia, Luiz Claudio Romanelli, recebeu ontem representantes da UPES, para tratar da audiência pública que vai discutir a tarifa zero no transporte coletivo do país, na quarta (2 de outubro). Participaram do encontro o presidente e o secretário de comunicação da entidade, Wellington Tiago e Leonardo Costa.

Ronildo Pimentel
Editor