1 cabeza 2022 (150 px × 50 px) (1)

Mesmo em um país polarizado, 35% querem Moro candidato a presidente

Brazilian Federal Judge Sergio Moro speaks as he attends a Judiciary seminar in Sao Paulo, Brazil August 15, 2017. REUTERS/Paulo Whitaker

Em tese, isso garante o nome do ex-juiz como o nome alternativo a polarização

Um levantamento feito pelo Paraná Pesquisas aponta que, para 35,5% da população, o ex-ministro Sergio Moro deve ser candidato a presidente em 2022.

Os dados foram divulgados pelo instituto nesta segunda-feira (1° de novembro). Se esse percentual se traduzir em votos, Moro conta com chances reais de estar num eventual segundo turno do pleito.

Os números mostram ainda que 57,7% não desejam ver o ex-juiz da Lava Jato candidato. 6,8% não souberam ou não quiseram responder.

Lembrando que nas últimas pesquisas presidenciais dos principais institutos, os dois nomes que lideram e aparecem na frente somam juntos 63%, o que significa que estão dentro da margem de erro do atual cenário.

A pesquisa indiretamente demonstra a potencialidade de uma alternativa a polarização ou fortalecimento da terceira via.

Ao todo, foram ouvidas 2.462 pessoas entre 26 e 29 de outubro. O índice de confiança da sondagem é de 95% e a margem de erro é de 2%.