1 cabeza 2022 (150 px × 50 px) (1)

O impacto da crise no turismo em Foz do Iguaçu

Felipe González

A história do turismo de Foz do Iguaçu passa por uma série de crises e oscilações que impactaram significativamente o nosso setor, mas nada se compara a 2020. A pandemia mudou todo e qualquer cenário no mundo.

Quando iniciamos a gestão à frente do Visit Iguassu, em janeiro de 2020, com uma chapa composta por uma diretoria de jovens empresários – já experientes e cheios de idealismo – tínhamos planos e trabalhamos duro por dois meses e meio até nos depararmos com a pandemia. Sem saber das consequências, passamos a viver um turbilhão de sentimentos e tomamos decisões difíceis na instituição e em nossas empesas.

O ano foi duro com o turismo de Foz do Iguaçu. Esse impacto, com as fronteiras, hotéis e atrativos turísticos fechados e sem voos, trouxe consequências incalculáveis e que ainda serão sentidas por um bom tempo.  Agora, a pergunta que fica é: o que iremos levar disso tudo, o que aprendemos com 2020?

Acredito que foi um ano que nos presenteou com ensinamentos. Aprendemos a fazer com seriedade uma gestão de crise. A olhar para dentro e perceber que precisávamos arrumar a nossa casa. A voltar alguns passos, para reaprender a começar e de um ponto onde nunca estivemos. Só assim, demos início a uma retomada e colocamos a economia desta cidade para girar novamente.

Já estamos olhando à frente. Já vemos ações executadas com sucesso. Tudo porque em plena pandemia não paramos. Para se ter uma ideia, entre os meses de abril e junho, o Visit Iguassu recebeu a confirmação para ser sede de 4 novos eventos que acontecerão no ano 2021, agora são 28 no total, somados aqueles que já constam em calendário.

A pandemia mostrou a forte atuação dos empresários e gestores do turismo junto ao governo municipal, principalmente com o setor de saúde, para que tivéssemos protocolos sanitários seguros e responsáveis, pensando nos colaboradores e nos clientes do nosso destino. Hoje é possível afirmar que o setor turístico de Foz do Iguaçu é um dos mais seguros do Brasil. Todos estamos cumprindo à risca os protocolos sanitários.

O ano foi de aprendizado e de união, e quero demonstrar minha gratidão as mais de 140 empresas associadas do Visit Iguassu. Essa Diretoria que represento, só tem a agradecer a participação e envolvimento de todos. O apoio e a confiança junto ao Visit Iguassu e a cooperação com as instituições que compõem a Gestão Integrada estão permitindo um retorno mais rápido e responsável do nosso setor. Não tenho como imaginar esse recomeço sem essa união. União mais uma vez chancelada com um papel fundamental de Itaipu Binacional, sempre atuante, que colocou um olhar muito positivo sobre o turismo, realizando ações e investimentos que estão dando um verdadeiro suporte que precisamos para ganhar folego, seguir trabalhando e gerando emprego e renda. A união de esforços e a cooperação é o que manteremos em 2021 e é o que rege a Gestão Integrada do Turismo de Foz do Iguaçu.

(*) Felipe Gonzalez é empresário do segmento de agência de viagem e atual Presidente do Instituto de Promoção do Iguaçu – Visit Iguassu