1 cabeza 2022 (150 px × 50 px) (1)

Observatório Social de Foz quer conquistar prêmio nacional de boas práticas pelo terceiro ano

Trabalho inscrito pede que mais dinheiro de licitações públicas fique em Foz do Iguaçu; comunidade pode votar clicando no vídeo.

O Observatório Social do Brasil em Foz do Iguaçu (OSB – FI) concorre ao 5.º Prêmio Nacional de Boas Práticas, iniciativa que avalia e reconhece trabalhos de entidades de controle social de todo o país. A instituição iguaçuense postula a terceira conquista, tendo já faturado as edições realizadas em 2019 e 2021.

Neste ano, o OSB – FI concorre com o trabalho “Acompanhamento de Compras Públicas”, a partir do sistema Inteligência de Dados Aplicados em Indicadores de Licitações (IDAIL). Desenvolvida em parceria com a NK Consultoria Financeira, que atua como voluntária, essa ferramenta identificou que somente 20% dos recursos de licitações municipais ficaram em Foz do Iguaçu em 2020.

O resultado foi levado pelo Observatório Social a instituições públicas, empresariais e da sociedade civil, a fim de formar alianças para reverter esse quadro. Os dados serviram de sustentação para alterar a legislação municipal, já em vigor, que dá vantagem competitiva a micros e pequenas empresas iguaçuenses nos certames.

A comunidade pode ajudar o Observatório Social. É bem simples: basta abrir o vídeo no YouTube, e dar um like (gostei) até 29 de agosto. Na primeira etapa, serão selecionados os conteúdos com mais interações. Depois, a escolha dos vencedores será técnica, com base em critérios como impacto social e potencial de replicação nas cidades.

“Contamos com participação do cidadão iguaçuense porque, ao votar, ele estará avalizando o pleito, pedindo para que mais dinheiro das licitações permaneçam em nossa cidade, gerando emprego e renda aqui”, destaca o presidente do Observatório Social, Jaime Nascimento. “São vozes que se somam em torno dessa bandeira, que beneficia todos”, frisa.

De acordo com o dirigente da entidade, que atua como controlador social voluntário, os dados do IDAIL são utilizados para demandar políticas públicas e ações governamentais para aumentar o número de empreendedores iguaçuenses participando e vencendo as licitações. Maior volume de recursos na cidade reflete em oportunidades para a população.

“Por sua eficácia e importância do tema, estamos compartilhando essa ferramenta e a metodologia com outros observatórios sociais brasileiros”, revela. “Incentivar a economia local e valorizar o papel dos empreendedores da cidade no desenvolvimento são compromissos do Observatório Social”, declara Jaime Nascimento.

Entrega do prêmio em Foz

Neste ano, o 5.º Prêmio Nacional de Boas Práticas tem um simbolismo adicional para os controladores sociais do município, já que os vencedores serão reconhecidos durante evento em Foz do Iguaçu. A cidade foi escolhida para sediar, de 29 de agosto a 1.º de setembro, o 6.º Congresso Pacto pelo Brasil Presencial e 13.º Encontro Nacional dos Observatórios Sociais.

Com uma ampla programação, abordando transparência, combate à corrupção, educação fiscal e eficiência na gestão dos gastos públicos e na prestação de serviços à população, os eventos simultâneos deverão reunir cerca de 500 participantes de todo o Brasil. Os palestrantes e convidados são referências nacionais e internacionais em suas áreas.

Acompanhe o trabalho
Site: fozdoiguacu.osbrasil.org.br
Redes sociais: Facebook osbfozdoiguacu e Instagram Osbfozdoiguacu
E-mail: fozdoiguacu@osbrasil.org.br
Telefone: (45) 98823-5350 (WhatsApp) e 3198-9185