1 cabeza 2022 (150 px × 50 px) (1)

Prefeitura de Foz intensifica ações de saúde da mulher durante o Outubro Rosa

Lançamento da campanha aconteceu nesta segunda-feira (03) com palestra às servidoras e sensibilização sobre o auto cuidado e a prevenção da doença

A Secretaria Municipal da Saúde lançou nesta segunda-feira (03) a campanha Outubro Rosa, que marca o mês de conscientização e prevenção do câncer de mama e câncer do colo do útero. O evento, realizado no auditório da Polícia Federal, contou com palestra e ações de sensibilização sobre o autocuidado e a prevenção da doença.

A secretária municipal de Saúde, Jaqueline Tontini, enfatizou a programação nas 29 unidades básicas de saúde, que durante todo o mês terão os atendimentos intensificados ao público feminino. “O Outubro Rosa é um momento muito importante para a mulher voltar o olhar para si e cuidar da sua saúde. Todas as unidades também terão esse olhar especial, para o acolhimento, uma escuta qualificada, referenciar a mulher para algum exame, que pode ser o preventivo ou a mamografia”, explicou.

Veja também

Seguindo as diretrizes do Ministério da Saúde, os exames preventivos de colo de útero serão disponibilizados prioritariamente para mulheres de 25 a 64 anos, com vida sexual ativa, definida como a população-alvo da campanha. Já as mamografias serão solicitadas para mulheres a partir dos 40 anos de idade, sem fator de risco para câncer de mama.

No dia “D” da campanha, em 15 de outubro, as unidades estarão abertas das 9h às 15h para atendimento prioritário às mulheres. “É importante lembrar que a pandemia prejudicou a busca por esses exames, mas agora conseguimos fazer essa grande retomada. Nossa orientação é que todas as mulheres oportunizem esses momentos e busquem as unidades de saúde”, declarou Jaqueline.

Promoção à Saúde

Durante o lançamento do Outubro Rosa, também foram apresentados dados sobre o câncer de mama no Brasil, o mais incidente entre as mulheres. De acordo com o INCA (Instituto Nacional do Câncer), para este ano são estimados 66.280 novos casos no país, o que representa uma taxa ajustada de incidência de 43,74 casos por 100 mil mulheres, com taxas mais altas nas regiões Sul e Sudeste.

“Em 2021, tivemos mais de 53 mil novos casos de câncer de mama no Brasil. Em Foz do Iguaçu, foram 106 novos casos diagnosticados no ano passado” detalhou a gerente do Programa Saúde da Mulher, Lara Camila de Oliveira.

Fotos: Thiago Dutra/PMFI

Além dos exames de saúde, algumas medidas podem contribuir para a prevenção da doença, como uma alimentação saudável, a realização de atividade física, peso adequado, redução do consumo de bebidas alcoólicas e a amamentação.

Palestra

A abertura do Outubro Rosa contou com a presença de secretárias municipais, diretoras, servidoras e servidores de diversas secretarias. A analista comportamental Solange Limberger conduziu um bate-papo sobre “Como ser mulher na sociedade 5.0”.