1 cabeza 2022 (150 px × 50 px) (1)

Provas da Operação Pecúlio de Foz do Iguaçu embasam nova operação da Polícia Federal no Paraná, Goiás e DF

(Foto: Marcello Casal Jr / Agência Brasil)

Um catatau de provas colhidas no âmbito da Operação Pecúlio de Foz do Iguaçu embasa uma nova operação da Polícia Federal em cidades do Oeste e Sudoeste do Paraná, em Valparaíso de Goiás (GO) e no Distrito Federal (DF).

A força-tarefa deflagrada nesta quinta-feira (11), denominada “operação Antessala”, investiga uma organização criminosa suspeita de cobrar “vantagens indevidas” a empresários sob o pretexto de influenciar decisões de servidores públicos em Brasília.

Ao todo, sete mandados de busca e apreensão expedidos pela 15ª Vara da Justiça Federal de Brasília estão sendo cumpridos no DF, além de Valparaíso de Goiás, Goiânia (GO) e oeste e sudoeste do Paraná, informa o G1.

As buscas, segundo a PF, são para esclarecer se servidores públicos estão envolvidos nas fraudes ou se o grupo apenas alegava a influência para obter as vantagens indevidas.

A “operação Antessala”, apontou que o esquema agia, pelo menos, desde 2015.

A Operação Pecúlio da PF e Ministério Público Federal (MPF) deflagrada em 2016, resultou na prisão de ex-prefeitos e ex-vereadores suspeitos de praticar irregularidades em processos licitatórios.