1 cabeza 2022 (150 px × 50 px) (1)

Secretaria da Educação de Foz recebe comitiva de Cascavel para troca de experiências

Estratégias adotadas pela gestão e sistemas de abastecimento de dados foram alguns dos assuntos abordados durante o encontro, nesta segunda-feira (19)

A Secretaria Municipal da Educação recebeu, nesta segunda-feira (19), uma comitiva da Prefeitura de Cascavel para troca de experiências sobre gestão escolar e avaliações a respeito do IDEB – Índice de Desenvolvimento da Educação Básica, divulgado na última semana pelo Ministério da Educação.

A secretária Maria Justina da Silva, a diretora de Ensino Fundamental Eliziane Diesel e a coordenadora pedagógica Marilisse Venson conduziram a reunião, realizada na sede da Secretaria, no complexo Bordin. Elas apresentaram algumas das estratégias que tem contribuído para o aprendizado dos alunos, como o reforço escolar no contraturno e aos sábados, as visitas técnicas às unidades escolares, as avaliações diagnósticas e as formações continuadas com os professores.

Veja também

O encontro teve a participação da secretária da educação de Cascavel Márcia Aparecida Baldini, da coordenadora de Ensino Fundamental, Francielle Beckert e da diretora do departamento pedagógico, Rosane Brandalize Correa.

As representantes da Secretaria da Educação de Cascavel também conheceram os sistemas de abastecimento de dados que geram as estatísticas de evolução pedagógica nas escolas de Foz do Iguaçu. “Essas tabelas são preenchidas pelos servidores que realizam as visitas pedagógicas e servem de base para a equipe de formação trabalhar com os professores. Com esses relatórios, as escolas também se organizam para fomentar conteúdos de maior dificuldade entre os alunos”, explicou Justina.

Temas como o IDEB e os desafios da educação no pós-pandemia também foram debatidos durante a reunião. Foz do Iguaçu atingiu a nota 6,7, a maior entre os municípios mais populosos do Paraná e Cascavel alcançou a nota 6,3, uma queda de 0,2 em relação ao Ideb de 2019, quando o índice foi de 6,5.

“Apesar de todas as dificuldades propostas pela pandemia, conseguimos ainda ter a menor perda possível. Agora temos que analisar as maiores dificuldades e traçar um planejamento para trabalhar e melhorar os resultados nos próximos anos”, disse a secretária de educação de Cascavel, Márcia Aparecida.

Cascavel possui 332 mil habitantes, conta com 64 escolas e 19 mil alunos matriculados do 1º ao 5º ano. Em Foz do Iguaçu, cuja população estimada é de 258 mil habitantes, são 50 escolas e cerca de 17 mil alunos.